Ganhadores do IPTU Premiado 2022 levam prêmios para casa

Texto

(1)

18 de Junho de 2022 Ano XI | Edição Nº 629

Artur Nogueira Edição digital

www.jornalmais.net SÁBADO

Ganhadores do IPTU Premiado 2022 levam prêmios para casa

A Prefeitura de Artur Nogueira entregou os prêmios do programa de incentivo “IPTU Pre- miado” neste domingo

(12). A ação aconteceu durante a Feira Livre, na Rua Duque de Caxias.

A entrega contou com a presença do prefeito Lu-

cas Sia, da chefe de ga- binete Mayra Barbosa, e dos vereadores Melinho Tagliari, Beto Baiano, Tenente Marcelo e Nei-

dão do Gás, além de secretários municipais.

A moradora Francis- ca Benedita da Silva foi a ganhadora do maior

prêmio da edição, e re- cebeu o Carro 0 KM. Já os contribuintes Elcio Alves Vieira e Cristiane de Oliveiro Souza Vie-

ira foram premiados com uma geladeira; e o morador José Barbosa Aragão recebeu uma Smart TV.

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Se- cretaria de Esporte e Lazer, inaugurou, na tarde desta sexta-feira (10), o primeiro Centro de Formação Es- portiva da cidade. O proje- to está alocado na quadra da Escola Modelo, onde serão realizadas atividades esportivas ao menos três

vezes na semana.

Participaram da ceri- mônia de inauguração o prefeito Lucas Sia, o se- cretário de Esporte Caio Rodrigues, os vereadores Tenente Marcelo, Beto Baiano, Zezé da Saúde e Miltinho Turmeiro, além de secretários municipais.

O Centro de Formação

Esportiva é um projeto da Secretaria Estadual de Esportes, realizado em parceria com a Prefeitura de Artur Nogueira, com investimentos de R$ 250 mil, destinados para a aquisição de materiais esportivos, uniformes de jogos, treinamentos e via- gens.

Página 6

Página 5

Prefeitura inaugura Centro de Formação

Esportiva em Artur Nogueira

Página 3

Página 7

Judocas nogueirenses conquistam medalhas

em competições no final de semana

Judocas do Projeto Judô Esporte Social de Artur Nogueira parti- ciparam de dois even- tos entre esse sábado (11) e domingo (12): o Campeonato Paulista por Faixas e o VI Tor- neio de Judô de Mogi Guaçu. A participação dos atletas garantiu mais 3 medalhas (pra- ta e bronze) para o município nogueiren-

se - referência na mo- dalidade na região. O Campeonato Paulista por Faixas foi reali- zado pela Federação Paulista de Judô no sábado, na cidade de Itapecerica da Serra.

O grande destaque da vez foi Michel Victor Barbosa, de 24 anos.

O jovem não disputava um campeonato oficial há mais de 3 anos.

Gibis do Dr Água,

idealizados pelo Saean e Prefeitura, incentivam

crianças a preservar o meio ambiente

Cumprindo o objetivo de educação ambiental, os gibis do “Dr. Água em: As Aventuras de Nogueiri- nha” foram estudados por alunos da Rede Municipal de Ensino durante a Se- mana do Meio Ambiente 2022. Com tiragem inicial

de 5 mil exemplares - dis- tribuídos em 24 escolas municipais -, a obra foi idealizada pelo Serviço de Água e Esgoto de Ar- tur Nogueira (Saean), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

De acordo com a secretária

de Educação Débora Saci- lotto, os professores traba- lharam temáticas ligadas ao desperdício de água, reciclagem e mudanças climáticas. “Os gibis foram ferramentas fundamentais durante a Semana do Meio Ambiente”.

Página 4

Educação de Artur

Nogueira divulga novo processo seletivo

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Edu- cação, abriu um novo processo seletivo para cargos de motorista de ônibus, agente de apoio escolar e agente de desenvolvimento infantil, em caráter

temporário e em re- gime de trabalho da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT). As inscrições devem ser realizadas a partir des- ta segunda-feira (13) até o dia 21 de junho, das 8h às 17h.

Para participar, o can-

didato deverá preen- cher uma ficha de ins- crição, disponibilizada na sede da secretaria de Educação, situada na Avenida XV de No- vembro, nº 1.400, no Jardim Planalto (pré- dio da Escola Modelo).

(2)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

2

www.jornalmais.net

J ornal m ais

Expediente

Editora: RC Vicenzotti & Cia Ltda CNPJ 10.530.067/000191 Fundação: 07/02/2009

Comercial: (19)3896-1916 | (19) 9 97720540

www.jornalmais.net

Tiragem 3.000 exemplares - distribuição gratuíta

A RTIGO s

A intolerância humana e as consequências nos ambientes escolares

Não espere ser ensinado, busque o conhecimento

A vida está cara

Luciano Rocha Vivemos com a realidade incômoda das agressões con- stantes sofridas em ambiente escolar, o famoso “BULLYNG ESCOLAR” está cada vez mais presente e traz grande preocu- pação dentro e fora das escolas. Segundo a literatura, não há termo equivalente na língua portuguesa, bul- lyng pode ser definido como “um conjunto de atitudes agressivas, intencionais e repeti- tivas, adotado por um ou mais alunos contra outro(s), causando dor, angústia e sofrimen- to”. Caracteriza-se por insultos, intimidações, apelidos cruéis e con- strangedores, gozações que magoam profun- damente, acusações injustas, atuação de grupos que hostilizam, ridicularizam e inf- ernizam a vida de out- ros alunos, levando-os à exclusão, além de danos físicos, psíqui- cos, morais e materiais.

Muitas podem ser as formas de olhar esta re- alidade, já falei em out-

ras oportunidades so- bre a SÍNDROME DO PEQUENO PODER, onde como forma de sentir-se mais PODER- OSO do que realmente se é o ser humano aca- ba por oprimir quem está abaixo dele seja na hierarquia familiar ou no trabalho, fato que afeta mais intens- amente as crianças que por esta óptica estão na base da PIRÂMIDE DO PODER se sujeitan- do aos maus tratos de quem estando infeliz com sua condição de PEQUENO PODER, desconta nelas suas frustrações, vivência que as ensina a agir da mesma forma. Tam- bém já falei em outra oportunidade sobre a questão do “BODE EX- PIATÓRIO” que pode ser entendido como a maneira que encon- tramos para CULPAR o “outro” por nossas frustrações, encon- trando razões para depositar todo nosso descontentamento com nossa realidade na pes- soa, grupo religioso, partido político, time de futebol, raça, entre outros que escolhemos

para serem os BODES EXPIATÓRIOS de nos- sas frustrações.

A manifestação desses comportamen- tos – BULLYNG - re- flete na maioria das vezes a realidade do dia a dia em família e na sociedade de modo ger- al, a INTOLERÂNCIA com o diferente não é exclusividade de alunos dentro da escola, é algo que vemos constante- mente e infelizmente aprendemos a aceitar como se fosse NOR- MAL. A sociedade em que estamos inseridos é um reflexo do que so- mos individualmente, as mazelas da alma humana podem ser CONTEMPLADAS na selvageria pela disputa de PODER seja qual for o poder a ser alcança- do, o desrespeito com o diferente é aprendido nas ENTRELINHAS DA VIDA, a criança cresce vendo esta re- alidade e muitas vezes sendo vítima direta da INFERNAL DISPUTA PELO PODER. Não é tão simples esclarecer as razões e dar soluções para a realidade do bullyng, mas convido o

leitor para uma reflex- ão sobre o assunto. Não dá para agir hipocri- tamente diante deste problema se realmente se pretende resolvê-lo, como disse antes, este comportamento nas escolas reflete o que se vive no dia a dia.

Os pais não conseg- uem educar seus fil- hos emocionalmente e, tampouco, sentem-se habilitados a resolver- em conflitos por meio do diálogo e da nego- ciação de regras. Op- tam muitas vezes pela arbitrariedade do NÃO ou pela permissividade do SIM, não oferecen- do nenhum referencial de convivência pautado no diálogo, na com- preensão, na tolerân- cia, no limite e no afeto.

A escola também tem se mostrado in- abilitada a trabalhar com a afetividade. Os alunos mostram-se agressivos, reproduz- indo muitas vezes a ed- ucação doméstica, seja por meio dos maus-tra- tos, do conformismo, da exclusão ou da falta de limites revelados em suas relações interpes- soais.

O s p r o f e s s o r e s não conseguem de- tectar os problemas, e muitas vezes, tam- bém demonstram des- gaste emocional com o resultado das várias situações próprias do seu dia sobrecarre- gado de trabalhos e dos conflitos em seu ambiente profission- al. Muitas vezes, devi- do a isso, alguns pro- fessores contribuem com o agravamento do quadro, rotulando com apelidos pejorativos ou reagindo de forma agressiva ao compor- tamento indisciplinado de alguns alunos. O bulliyng escolar, como todas as outras formas de intolerância com o diferente, traz con- seqüências danosas variadas á vida dos envolvidos. À “vítima”, pode desencadear no âmbito escolar o desin- teresse pela escola, o déficit de concentração e aprendizagem, a que- da do rendimento e a evasão escolar. No âmbito da saúde física e emocional, a baixa na resistência imunológi- ca e na auto-estima, o stress, os sintomas

psicossomáticos, tran- stornos psicológicos, a depressão e o suicídio.

Para os “agressores”, ocorre o distanciamen- to e a falta de adaptação aos objetivos escolares, a supervalorização da violência como forma de obtenção de poder, o desenvolvimento de habilidades para futu- ras condutas delituo- sas, além da projeção de condutas violentas na vida adulta. Para os

“espectadores”, que é a maioria dos alunos, estes podem sentir in- segurança, ansiedade, medo e estresse, com- prometendo o seu pro- cesso socioeducacion- al. Para resolver este problema crescente nas escolas creio ser necessário um verda- deiro envolvimento nas questões relacio- nadas e principalmente vejo a NECESSIDADE URGENE DE ABAN- DONAR A HIPOCRI- SIA e reconhecer nossa participação direta e/

ou indireta nesse prob- lema seja como pais, educadores, cidadãos de uma sociedade que estimula a INTOL- ERÂNCIA.

Por Bandrui de Gergóvia

Muitas pessoas per- manecem acomodadas dentro de um conheci- mento limitado porque estão estudando com um bom professor ou em alguma boa esco- la. Ficam esperando o professor passar o conteúdo do dia e a es- cola conceder a nota de aprovação e o diploma ao final. Isso é muito pouco!

É por isso que aca- bam tendo um desem- penho mediano. Medío- cre significa “na média”, ou seja, nada de difer- ente ou excepcional.

Pode não ser ruim, mas também não é bom. E por isso mesmo, quem é medíocre nunca será o melhor — porque não consegue nem ser bom o suficiente para se de- stacar.

Todas as pessoas bem-sucedidas têm essa característica: sen-

tem prazer em aprender e descobrir coisas, e se aprofundar no conhec- imento. Isso se deve ao fato de que o cérebro, assim como o corpo, adora exercícios.

Assim como a mus- culatura do corpo se acostuma com o desem- penho em uma ativi- dade física e passa a desejar mais, o cérebro

— por causa dos mes- mos hormônios — sente prazer quando desa- fiado para mais e mais

aprendizados.

É muito comum ver pessoas sedentárias começarem a fazer uma atividade física leve, como uma caminhada, e depois sentirem cada vez mais vontade de praticar esportes e faz- er treinamentos físicos mais intensos.

Também a pessoa que começa a estudar um idioma estrangeiro sempre sentirá vontade de aprender uma se- gunda língua, e depois

uma terceira, e assim por diante.

Depois que um anal- fabeto digital aprende a dominar seus conhe- cimentos básicos de computador e internet, passa a querer aprender novos aplicativos, pro- gramas e mídias.

I s s o a c o n t e c e porque, assim como o corpo, a mente se vicia em aprender cada vez mais. É um caminho infinito, prazeroso, il- imitável. É um caminho

sem volta.

Por isso, não seja medíocre: seja acima da média. Descubra esse prazer de apren- der. Não engesse suas asas... Abra espaço em sua vida para o conheci- mento e o aprendizado.

Liberte-se e voe alto!

B a n d r u i d e Gergóvia é pesquisado- ra da cultura celta há 36 anos e autora do livro O Maior Rei Celta

Por Luiz Carlos Motta*

A palavra carestia, muito usada nas dé- cadas de 1970 e 1980, infelizmente está de volta ao nosso dia a dia. Os mais recentes levantamentos feitos pelo Dieese (Depar- tamento Intersindical de Estatística e Estu- dos Socioeconômicos) mostram que os preços dos alimentos contin- uam em lamentável alta, enquanto a in- flação, por outro lado, vai reduzindo o poder de compra dos assal- ariados. Lembro-me de uma frase famosa do saudoso comen- tarista Joelmir Bet- ting, que em situações como essa, há mais de 40 anos, dizia que os preços estavam sub- indo pelo elevador, enquanto os salários

subiam pela escada.

Aumentos

Em São Paulo, a cesta básica apresen- tou alta de 5,62%, em abril, comparada a março. Foi a cesta mais cara entre as capitais pesquisadas e atingiu o valor de R? 803,99.

Em comparação com abril de 2021, repre- senta uma elevação de 27,09%. Entre os 13 produtos que com- põem a cesta básica, 12 tiveram aumento nos preços médios, na comparação que o Dieese fez com os preços de março. Ve- jam só que situação preocupante a escalada dos aumentos em 30 dias: batata (24,15%), t o m a t e ( 1 6 , 0 9 % ) , leite integral (9,21%), óleo de soja (8,29%), feijão carioquinha (7,43%), farinha de

trigo (5,78%), arroz agulhinha (4,43%), café em pó (2,52%), pão francês (2,39%), carne bovina de pri- meira (2,23%), man- teiga (1,04%), açúcar refinado (0,71%).

No acumulado dos últimos 12 meses, tam- bém foram registradas elevações em 12 dos 13 produtos da cesta bási- ca, com índices que chegam a 125%, como no caso do tomate.

A situação fica mais grave quando com- paramos o custo dos alimentos com o poder de compra de quem ganha um salário-mín- imo, atualmente em R? 1.212,00, em São Paulo. Em abril, esse trabalhador dedicava 145 horas e 56 minutos para adquirir a cesta básica. Em março de 2022 o tempo de tra- balho necessário foi de

138 horas e 10 minutos, e, em abril de 2021, de 126 horas e 31 minu- tos. Esse cenário piora, quando consideramos as altas no preço dos combustíveis e do gás de cozinha.

Constituição

A C o n s t i t u i ç ã o e s t a b e l e c e q u e o salário-mínimo deve ser suficiente para su- prir as despesas de um trabalhador e da família com alimen- tação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

Por isso o salário-mín- imo deveria ser, no mínimo, 5,3 vezes o valor que é pago hoje, ou seja, deveria ser de R? 6.535,40, segun- do calcula o próprio Dieese.

Ainda, segundo a mesma fonte, os tra-

balhadores brasileiros detêm hoje, um outro triste recorde: pos- suem o menor poder de compra do salário frente aos alimentos dos últimos 17 anos. O trabalhador gasta 70%

da sua renda somente com a compra da ces- ta básica, sobrando muito pouco para os demais itens do orça- mento.

D i a n t e d e s s e quadro, tenho defen- dido árdua e continua- mente, no movimento sindical e no Congresso Nacional a urgente re-

tomada da valorização do salário-mínimo e a ampliação dos pro- gramas de distribuição de recursos emergen- ciais e de alimentos.

Não temos mais tempo a perder. Não podemos permitir que a cares- tia continue conde- nando a população mais necessitada a um agravamento da sua já degradada condição humana.

*Luiz Carlos Motta é Deputado Federal (PL/SP).

(3)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

3

www.jornalmais.net

J ornal m ais

PREMIAÇÃO: Entrega aconteceu neste domingo (12), durante a Feira Livre; premiação inclui carro 0km, geladeira e smart TV

Ganhadores do IPTU Premiado 2022 levam prêmios para casa

A Prefeitura de Artur Nogueira entregou os prêmios do programa de incentivo “IPTU Pre- miado” neste domingo (12). A ação aconteceu durante a Feira Livre,

na Rua Duque de Cax- ias.

A entrega contou com a presença do pre- feito Lucas Sia, da chefe de gabinete Mayra Bar- bosa, e dos vereadores

Melinho Tagliari, Beto Baiano, Tenente Marce- lo e Neidão do Gás, além de secretários munici- pais.

A moradora Francis- ca Benedita da Silva foi a ganhadora do maior prêmio da edição, e re- cebeu o Carro 0 KM. Já os contribuintes Elcio Alves Vieira e Cristiane de Oliveiro Souza Vie- ira foram premiados com uma geladeira; e o morador José Barbo- sa Aragão recebeu uma Smart TV.

O sorteio foi efetuado através da Loteria Fed- eral no dia 30 de abril e passou por um perío- do de apuração antes do anúncio, a fim de con-

statar se os moradores sorteados se adequavam aos requisitos para a premiação. A divulgação dos nomes aconteceu via live transmitida no facebook da Prefeitura e do Portal Nogueirense, cujo resultado também foi replicado em sites de notícias.

Vale destacar que, para concorrer, era necessário que os pa- gamentos dos tributos municipais estivessem dentro do prazo. Além disso, não podiam par- ticipar da premiação prefeito e vice-prefeito;

vereadores; ocupantes de cargos comissio- nados na Prefeitura, Câmara e autarquias;

além dos membros da comissão organizadora, fiscalizadora, julgadora e responsável pela real- ização dos sorteios dos prêmios.

VALORIZAÇÃO A Lei 3.496 é de auto- ria do vereador Melinho Tagliari e tem por ob- jetivo auxiliar, incen- tivar e incrementar a arrecadação de tributos municipais. Além disso, a legislação – sanciona- da pelo prefeito Lucas Sia visa estimular os contribuintes que esti- verem em dia e/ou pa- garem pontualmente os impostos deles.

“Incentivamos o pa- gamento em dia do im-

posto, premiamos os bons contribuintes, e temos aplicado os re- cursos de forma efi- caz, de modo que Artur Nogueira continue se desenvolvendo. Esten- do meus parabéns aos vencedores. Eles fazem parte do crescimen- to constante de nossa amada cidade”, frisou o prefeito Lucas Sia.

Puderam participar dos sorteios pessoas físicas ou jurídicas, pro- prietários, locatários ou possuidores de imóveis inscritos no Cadastro Imobiliário Fiscal da Prefeitura nogueirense, contribuintes do IPTU e da Taxa de Coleta e Re- moção do Lixo.

Placas solares instaladas em casas da CDHU reduzem o valor da conta de luz

Parlamentar pede fim de cancelas em pedágios com cobrança automática

Da Redação

As placas fotovoltaicas implantadas nos conjun- tos habitacionais de casas da Companhia de Desen- volvimento Habitacional e Urbano (CDHU) con- tribuem para a econo- mia de energia elétrica e permitem aos moradores gastarem menos com a conta de luz.

Estudos sobre o perfil do consumo de energia elétrica entre os mora- dores das casas construí- das pela CDHU reve- laram o consumo médio de 140 kWh por mês. As placas fotovoltaicas in- staladas nas unidades habitacionais têm capaci- dade de gerar, em média mensalmente 80kWh. A

economia é potencializa- da com lâmpadas LED, que são instaladas antes da entrega das moradi- as e proporcionam uma diminuição estimada de 10kWh no consumo.

Dessa forma, chega-se a um consumo médio de 50 kWh por mês, faixa mínima de tarifa de en- ergia elétrica.

“Os moradores ficam dentro da faixa de co- brança mínima de tarifa de energia elétrica, que corresponde a 50 kw/h mês. Isso muda o dia a dia e reflete na economia fi- nanceira da família. Mes- mo que haja um pequeno aumento do consumo, ainda assim a economia é significativa”, explica Sílvio Vasconcellos, pres-

idente da CDHU.

Marlenice Hesse, moradora em um conjun- to habitacional da CDHU em Torre de Pedra, está muito feliz com a placa solar. Ela desembolsava antes da instalação da placa, cerca de R? 140 e agora no máximo R? 60.

“Com o dinheiro que es- tou economizando, pago a conta de agua e outras coisas necessárias para minha casa”, disse.

O gerador instala- do nas casas da CDHU é composto por duas placas fotovoltaicas. Um medidor bidirecional, instalado pela conces- sionária, mede tanto a energia injetada na rede, quanto o consumo geral da residência. O exce-

dente gerado durante o dia é transferido para a rede de fornecimento da distribuidora, sendo esse abatido do valor da conta de energia da casa auto- maticamente. Ou seja, o sistema não depende do usuário para ser bem aproveitado.

Fonte limpa e ren- ovável, a tecnologia é utilizada desde 2018, quando todas os no- vos projetos de casas da CDHU passaram a con- tar com sistema fotovol- taico. Já foram entregues 95 empreendimentos, totalizando 8.391 uni- dades habitacionais com o equipamento. Estão previstos outros 73 em- preendimentos, que cor- respondem a 3.954 uni-

dades habitacionais, já em construção.

“É mais um recurso tecnológico que permite economia para as famílias que necessitam de apoio.

O sistema fotovoltaico se torna ainda mais impor- tante diante do atual mo- mento de crise”, explica o secretário de Estado da

Habitação, Flavio Ama- ry.Esta é mais uma ini- ciativa da Companhia visando à sustentabili- dade e à preservação do meio ambiente, aliadas à redução dos custos de consumo e manutenção para os futuros mora- dores.

Da Redação

O governo estadu- al poderá proibir a uti- lização de cancelas nas praças de pedágio adap-

tadas aos sistemas de cobrança automática e de livre passagem (free flow). A iniciativa, que é resultado do Proje- to de Lei 283/2022, do

deputado Edmir Chedid (União), em análise na Assembleia Legislativa (Alesp), prevê a mesma proibição aos demais sistemas compatíveis

com a passagem livre de veículos.

Como alternativa à proibição de cancelas, as empresas poderão fazer o registro fotográfico do veículo e a identificação do responsável, nos ter- mos estabelecidos em regulamento próprio, observada a legislação geral de proteção de da- dos pessoais. “Esta será a forma para que as em- presas cobrem a tarifa na hipótese de erro de fun- cionamento do sistema ou evasão”, comentou o parlamentar.

Nas rodovias concedi- das antes da entrada em vigor da Lei, a retirada das cancelas ficará fac- ultada à eventual revisão de contrato com o gov- erno. “As cancelas im- pedem a fluidez do trân- sito e são desnecessárias frente à tecnologia que é utilizada pelas empresas

de cobrança automática.

Após a aprovação da Lei, a proposta terá o prazo de um ano para entrar em vigor no Estado de São Paulo”, afirmou.

O Projeto de Lei já re- cebeu o parecer favorável da Comissão de Consti- tuição, Justiça e Redação (CCJR), da Assembleia Legislativa. Antes de che- gar em Plenário – votação final entre os parlamen- tares –, no entanto, pre- cisa passar pela análise das comissões perma- nentes de Transportes e Comunicações (CTC) e de Finanças, Orçamento e Planejamento (CFOP), que poderá ocorrer até o fim deste ano.

Justificativa

Em seu argumento, o parlamentar declarou que, em abril deste ano, uma empresa conces- sionária iniciou os testes

do pedágio na modali- dade “free flow”. “Isso mostra que as empre- sas estão avançando na maneira de cobrança a partir da remoção das cancelas. Afinal, o intuito é justamente garantir a cobrança de acordo com a distância percorrida nas rodovias, o que cor- robora minha proposta”, disse.

Edmir Chedid tam- bém é o autor do Proje- to de Lei 940/2015, que determinava a retirada das cancelas das praças de pedágio adaptadas ao sistema de cobrança automática das rodovias do Estado. A iniciativa foi aprovada em 2015, mas vetada pelo governo estadual. “O veto foi der- rubado em 2018 e a Lei 16.768 promulgada em 18 de junho. Essa Lei, no entanto, foi impugnada”, concluiu.

(4)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

4

www.jornalmais.net

J ornal m ais

Educação de Artur Nogueira divulga novo processo seletivo

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Educação, abriu um novo proces- so seletivo para cargos de motorista de ônibus, agente de apoio escolar e agente de desenvolvi- mento infantil, em caráter temporário e em regime de trabalho da Consol- idação das Leis de Tra- balho (CLT). As inscrições devem ser realizadas a partir desta segunda-feira (13) até o dia 21 de junho, das 8h às 17h.

Para participar, o can- didato deverá preencher uma ficha de inscrição, disponibilizada na sede da secretaria de Educação, situada na Avenida XV de

Novembro, nº 1.400, no Jardim Planalto (prédio da Escola Modelo).

No momento da in- scrição, será necessário apresentar o currículo e os documentos compro- batórios para pontuação (cópia carteira profission- al), que conste o período trabalhado, ou outro doc- umento que comprove o tempo de serviço no cargo desejado.

Vale destacar que a classificação será medi- ante a acumulação de pon- tos, sendo que não haverá realização de provas. Os critérios de pontuação, bem como outros detalhes referentes ao processo seletivo, podem ser con-

feridos no edital a partir da página 71.

CONFIRA AS VAGAS -Motorista II (02 va- gas); carga horária sem- anal de 44 horas; salário de R$1.757,88; Ensino Fundamental Incompleto e possuir Carteira Nacio- nal de Habilitação válida, categoria de “B” e “D”, que permita a condução de veículos automotores;

e Curso de Condutor de Transporte Escolar.

- A g e n t e d e A p o - io Escolar (04 vagas);

carga horária semanal de 44 horas; salário de R$1.422,03; Ensino Fun- damental Completo. ??

-Agente de Desenvolvi-

mento Infantil (15 vagas);

carga horária semanal de 40 horas; salário de R$1.652,37; Ensino Médio Completo.

Das vagas totais previs- tas, 5% (cinco por cento) são destinadas a candida- tos com deficiência, nos termos da Constituição Federal e Leis Específicas, observadas a exigência de compatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo, a ser aferida em perícia médica oficial.

RESULTADO

O processo seletivo des- tina-se ao preenchimento temporário e emergencial, e o cargo será convocado conforme a necessidade

da Prefeitura. A relação dos candidatos que tiver- em a inscrição deferida ou indeferida será divul- gada em 22 de junho e

a classificação final dos candidatos será divulgada em 27 de junho uma única vez, no diário oficial do Município.

SELEÇÃO: Há vagas para motorista de ônibus, agente de apoio escolar e agente de desenvolvimento infantil; candidatos devem se inscrever a partir desta segunda-feira (13) até o dia 21 de junho

Jaguariúna criou 138 vagas de trabalho com carteira assinada no mês de abril. Os dados foram divulgados pelo Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Econo- mia. Com o resultado, a

cidade soma um total de 277 novas vagas criadas neste ano.

O número de empre- gos gerados em abril corresponde a pratica- mente o mesmo número registrado na somatória dos três primeiros me- ses do ano, o que indica

um crescimento mais robusto no mercado de trabalho a partir do se- gundo trimestre.

Foram registradas em abril 1.296 admis- sões e 1.158 demissões, ainda segundo o Caged.

De acordo com a Se- cretaria de Desenvol-

vimento Econômico e Social de Jaguariúna, os números confirmam uma retomada progres- siva da economia local, com o avanço da vaci- nação contra a Covid-19 e a flexibilização das re- gras de distanciamento social.

Jaguariúna cria 138 vagas com carteira assinada em abril

Águas Holambra realiza manutenção preventiva em ETAs com método PIG

A equipe técnica da concessionária Águas de Holambra realizou, nos dias 04 e 05 de junho, uma intervenção pre- ventiva nas adutoras de água bruta da captação do Lago do Holandês e Camanducaia. O objeti- vo é manter a segurança operacional nos proces- sos de abastecimento de água na cidade de Hol- ambra.

Sob a gestão da área de Operações, o pro- cedimento envolveu a limpeza das paredes in- ternas da tubulação das

adutoras de água bruta das ETAs Tulipas e Cen- tro, com o método PIG (do inglês “Pipeline In- spection Gauge”). Esse método permite a real- ização de operações de manutenção das tubu- lações, de forma rápida e efetiva, garantindo a sua funcionalidade e re- duzindo a necessidade de intervenções não pro- gramadas.

“Com os resultados obtidos na primeira in- tervenção que fizemos, constatamos que o mét- odo PIG de fato é eficaz

e apresenta uma solução praticamente imediata, que permite aprimorar- mos ainda mais os pro- cessos operacionais.

Acreditamos que, ao in- vestirmos nesse proces- so, estamos conferindo ao sistema uma perfor- mance mais estável e se- gura, do ponto de vista operacional”, diz Alan.

Sobre o PIG

O método consiste na instalação de quatro ti- pos de peças diferentes, chamadas “PIG”. Cada peça tem uma função

específica. Após o des- monte de um trecho de tubulação, a peça “PIG”

é implantada na rede de água e ‘viaja’ a distância de um quilômetro du- rante 40 minutos. É a própria água, bombea- da desde a estação ele- vatória, até a estação de tratamento (ETA), que impulsiona a peça, por todo o percurso. Quan- do o PIG chega no pon- to final da tubulação, na ETA, a peça é removida manualmente e a oper- ação é considerada con- cluída.

Em Holambra o atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30 na

Junta Militar

Termina no dia 30

de junho o prazo para o processo de Alistamen-

to Militar Obrigatório para jovens que com- pletam 18 anos de

idade em 2022. Em Holambra o atendi- mento é realizado de segunda a sexta-fei- ra, das 8h às 16h30 na Junta Militar, que fica na Praça dos Pioneiros, s/nº. É preciso apre- sentar RG, CPF e com- provantes de residên- cia e de pagamento da taxa. O procedimen- to também pode ser feito pela internet, no endereço www.alis- tamento.eb.mil.br. O valor para emissão do certificado de dispensa é de R$ 5,37, sujeito a mudanças a cada tri- mestre.

O Serviço Militar é o período de um ano em que o brasileiro re- cebe treinamento em

Organização Militar da Marinha, Exército ou Aeronáutica para de- fender a Pátria. “Aqui em Holambra, no ato do alistamento, os jovens são dispensados por excesso de contingên- cia na região”, explicou a encarregada da Jun- ta de Serviço Militar, Nádia Cíntia Possato Stotzer. “O município é não-tributário, ou seja: não contribui com a convocação para o Serviço Militar inicial”, explicou.

O alistamento mil- itar está previsto no Artigo 143 da Constitu- ição, é regulamentado pela Lei nº 4.375/1964 e é obrigatório para todo cidadão do sexo

masculino nascido no Brasil que completa 18 anos. Quem não real- izá-lo dentro do prazo está sujeito a multa e não poderá, por exemp- lo, obter ou prorrogar a validade do passaporte, prestar exame, matric- ular-se em qualquer estabelecimento de en- sino, se inscrever em concursos públicos, receber qualquer tipo de prêmio ou favorec- imento do governo em suas diferentes esferas, bem como assinar con- trato com instituições governamentais e obter registro de trabalho.

Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (19) 3902-4169.

(5)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

5

www.jornalmais.net

J ornal m ais

INAUGURAÇÃO: Projeto está alocado na quadra da Escola Modelo, onde serão realizadas atividades esportivas ao menos três vezes na semana

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, inaugurou, na tarde desta sexta-feira (10), o primeiro Centro de Formação Esporti- va da cidade. O projeto está alocado na quadra da Escola Modelo, onde serão realizadas ativida- des esportivas ao menos três vezes na semana.

Participaram da ce- rimônia de inauguração o prefeito Lucas Sia, o secretário de Esporte Caio Rodrigues, os vere- adores Tenente Marce- lo, Beto Baiano, Zezé da

Saúde e Miltinho Tur- meiro, além de secretá- rios municipais.

O chefe do Executi- vo destaca que o Centro visa a formação de atle- tas, bem como o incenti- vo à prática de esporte.

“Nossos jovens contarão com um espaço equipa- do e professores prepa- rados. Acreditamos que o esporte seja um agen- te transformador e é por isso que não medimos esforços para viabializá- -lo aos nossos jovens”, enfatizou Sia.

O Centro de For- mação Esportiva é um

projeto da Secretaria Estadual de Esportes, realizado em parceria com a Prefeitura de Ar- tur Nogueira, com in- vestimentos de R$ 250 mil, destinados para a aquisição de materiais esportivos, uniformes de jogos, treinamentos e viagens.

“Para que Artur No- gueira fosse contempla- da com esse valor, foi necessário que enviás- semos um projeto, que foi avaliado e aprovado pela secretaria estadu- al”, explicou o titular da pasta.

O Centro atenderá cerca de 100 jovens e adolescentes - já cadas- trados em oficinas do município - em contra- turno escolar, com ênfa- se na saúde, disciplina, inclusão e qualidade de vida.

O projeto oferece aos participantes alimen- tação, transporte para torneios e amistosos, uniformes e demais ma- teriais e estruturas ne- cessários para a prática esportiva. Além disso, há acompanhamento técnico especializado com professores, ins-

trutores e treinadores experientes.

O Centro de Forma-

ção Esportiva está loca- lizado na Avenida 15 de Novembro, 1.400.

De Pedreira

A maravilhosa cida- de de Vitória, no Espí- rito Santo, está pronta e de braços abertos para receber os participan- tes do 31º Campeonato Brasileiro de Kickboxing e 25º Campeonato Sub- 17. Contando com o

apoio da Prefeitura de Pedreira o atleta pe- dreirense de Kickboxing Luiz Gustavo Cerqueira Cezar e o professor Fai- xa Preta 1? Dan João Paulo Pignata do CT War Team embarcaram nesta quarta-feira, 15 de junho, para compor a Delegação Paulista de Kickboxing com mais

220 atletas do Estado, rumo a Vitória no Espí- rito Santo.

Luiz Gustavo dispu- tará duas modalidades na categoria até 74 qui- los, sendo o único repre- sentante paulista nes- sas categorias. O atleta e professor João Paulo Pignata tem o apoio da Prefeitura de Pedreira,

representada por sua Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Câma- ra Municipal de Pedrei- ra e Academia Kratos.

O evento acontece no período de 16 a 19 de ju- nho, nas dependências do Ginásio do Tancre- dão e contará com a par- ticipação de 1.255 atle- tas de todos os Estados.

De Engenheiro Coe- lho

Depois de mais uma vitória na Taça EPTV Campinas de Futsal, En- genheiro Coelho dispu- ta uma vaga na final da competição contra Lou- veira. O jogo já tem data

definida e vai ser dispu- tado na próxima segun- da-feira (20). Porém, a organização da compe- tição ainda não definiu o local do jogo. A outra semifinal acontece entre Iracemápolis e Indaiatu- ba.Na noite de segun-

da-feira (13), o Ginásio Poliesportivo Gov. Má- rio Covas, ficou lotado, para receber a equipe da casa, em jogo das quar- tas de final contra o time de Paulínia. O time do sub-17, das escolinhas de futebol da Secretaria Municipal de Esporte e

Lazer, fez o jogo preli- minar. Em seguida, foi a vez do jogo principal.

O jogo teve um iní- cio tenso, com Paulínia marcando o primeiro gol. Logo em seguida, o jogador Renan Santos, conseguiu empatar. Da- niel Dias marcou o se-

gundo, aos 15min e Re- nan marcou, novamente, ao 16min, deixando o placar em 3 a 1 no fim do primeiro tempo.

No início do segundo tempo, Paulínia voltou a marcar, deixando o jogo tenso novamente.

Porém, aos 15min do

segundo tempo, Daniel marcou o quarto gol e aos 19min, Renan An- tônio fechou a partida, marcando o quinto gol.

Durante todo a parti- da, a torcida fez a dife- rença, gritando, torcen- do e apoiando o time da cidade.

Prefeitura inaugura Centro de Formação Esportiva em Artur Nogueira

Atleta pedreirense é convocado para compor a Delegação Paulista de Kickboxing

Engenheiro Coelho disputa vaga na final contra Louveira

A Secretaria Munici- pal de Esportes e Lazer da Prefeitura de Pe- dreira iniciou na último final de semana o Cam- peonato de Futebol Ve- teranos 2022, contan- do com a participação de 8 (oito) equipes.

Segundo o regula- mento, todas as equi- pes estarão jogando en- tre si em Chave Única, com as partidas tendo duração total de 80 minutos, ou seja, 40

minutos cada tempo, uso obrigatório de ca- neleiras, além da apre- sentação do Cartão de Vacinação contra a CO- VID-19.

Estarão classificadas as 4 (quatro) primeiras equipes com melhor pontuação para a dis- puta das semifinais. As partidas serão disputa- das nos campos do Jar- dim Triunfo, Jardim Andrade e Esporte Clu- be Santa Sofia.

A primeira rodada aconteceu no último fi- nal de semana na Praça de Esportes “Luiz Ge- raldo”, no bairro Jar- dim Triunfo, com os seguintes resultados:

Arsenal 2x2 Esporte Clube Jardim Andrade;

Kobayashi 0x5 Triun- fo; Futebol e Churrasco 3x4 Mata Grama; Es- porte Clube Santa Sofia 4x2 Guerreiros da Fé.

A Praça de Espor- tes “João Castelo” no

bairro Jardim Andrade estará sediando a se- gunda rodada da com- petição, no sábado, 25 de junho, às 14 horas - Mata Grama x Triun- fo; 15h30 - Arsenal x Veteranos Kobayashi.

No domingo, dia 26, te- remos mais dois jogos, às 8 horas - Esporte Clube Santa Sofia x Fu- tebol e Churrasco; 10 horas - Guerreiros da Fé x Veteranos Jardim Andrade.

22 gols foram marcados na primeira rodada do Campeonato Municipal de Futebol Veteranos 2022

De Santo Antônio de Posse

Acontece neste domin- go, dia 19, mais uma edição do Pedal Solidário com organização da Prefeitura Municipal de Santo Antô- nio de Posse por meio do Departamento de Esportes e Lazer, e apoio da Radical Livre, farmácia Drogatom

e a escola de inglês KNN Posse.

A iniciativa tem como foco ajudar quem precisa com doações, além de ger- ar entretenimento e lazer para os ciclistas. Todo val- or arrecado será revertido em doações para a APAE e o Lar São Vicente de Paulo.

Para se inscrever acesse (https://www.

sympla.com.br/even- t o / 2 - p e d a l - s o l i d a r - io---sto-ant-de-pos- s e / 1 5 6 1 7 3 9 ? f b - c l i d = I w A R 3 G n - qBL934sPeGh3tb4x- f34TcXxsfp2ubzPaFLG- zmYHbmt3II7qXp-IZ9g).

No dia do evento diri- ja-se ao credenciamento no local das 6h30 às 7h30, apresente o comprovante

da sua inscrição e retire a sua pulseira, ela garante a participação em sorteios, pontos de apoio: água e fruta e carros de apoio.

Vocês vão prestigiar umas das rotas mais famo- sas e belas de Santo Antô- nio de Posse, chamada Arapongas, um percurso que atravessa as fazendas tradicionais, paisagens en-

cantadoras, pontos fluvi- ais, além de ser local para fotos perfeitas.

O trajeto será marcado com setas e placas:

- 28,4 km de distância - 450m de altimetria - 12% de asfalto - 88% de terra

- 3 pontos de apoio para o ciclista

- Equipe STAFF - Apoio mecânico

Não esqueça dos itens obrigatórios de segurança:

- Capacete - Óculos - Luva

Matéria: Anderson Ol- iveira

MTB: 0092086/SP

Prefeitura e iniciativa privada promovem 2º

pedal solidário para arrecadar valores que serão

revertidos para APAE e Lar São Vicente de Paulo

(6)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

6

www.jornalmais.net

J ornal m ais

ESPORTES: Campeonato Paulista por Faixas e o VI Torneio de Judô de Mogi Guaçu aconteceram neste sábado (11) e domingo (12)

Judocas do Projeto Judô Esporte Social de Artur Nogueira partici- param de dois eventos entre esse sábado (11) e domingo (12): o Campe- onato Paulista por Faixas e o VI Torneio de Judô de Mogi Guaçu. A participa- ção dos atletas garantiu mais 3 medalhas (prata e bronze) para o município nogueirense - referência na modalidade na região.

O Campeonato Paulis- ta por Faixas foi realiza- do pela Federação Pau- lista de Judô no sábado, na cidade de Itapecerica da Serra. O grande desta- que da vez foi Michel Vic- tor Barbosa, de 24 anos.

O jovem não disputava um campeonato oficial há mais de 3 anos.

“Michel é fruto da pri- meira geração de atletas do projeto. Teve uma

participação muito vi- toriosa por anos, mas se afastou devido a profis- são. Manteve seus trei- namentos de domingo, único dia livre de com- promissos profissionais.

Seu retorno as competi- ções foi motivo de grande alegria para toda a equi- pe”, contou o professor Rodolpho Lavoura.

Michel venceu todas as lutas por ippon até

chegar a final. Na disputa pelo ouro, o nogueiren- se enfrentou o judoca da Praia Grande. Apesar de um bom início e com um volume de luta maior, Michel foi surpreendido e ficou com a medalha de prata, tornando-se vice- -campeão Paulista Faixa Marron da categoria até 100kg.

TORNEIO

No domingo, foi a vez dos judocas mais novos lutarem o VI Torneio de Mogi Guaçu. O evento contou com a participa- ção de mais de 800 atle- tas, desde a categoria Bi- riba até o Sênior (adulto).

Dessa vez o destaque nogueirense foi Evilyn da Silva Santana. A jovem de 14 anos venceu 3 lutas até chegar a final da cate- goria sub15 Meio Médio.

Contra a judoca de Ati- baia, Evilyn encontrou dificuldades, não conse- guiu atacar e foi supera- da, ficando com a meda- lha de prata.

“Evilyn começou o judô aos 6 anos, na EMEF Ederaldo Rosset- ti. De lá pra cá vem se en- volvendo cada vez mais, tanto nos treinamentos competitivos, como nas aulas para as crianças de iniciação. Hoje, Evilyn demonstrou toda garra e força de uma garota

extremamente meiga e educada, motivo de or- gulho para todos que a acompanham”, definiu o professor André Jr.

Ainda em Mogi Guaçu, Sophia Mariely também conquistou a medalha de bronze para a equipe nogueirense. “Após um período muito longo de isolamento social causa- do pela pandemia, esta- mos retornando as ati- vidades com segurança.

Fico muito feliz em poder acompanhar e comemo- rar vitórias como a dos nossos judocas nesse fi- nal de semana. O Esporte tem total apoio da admi- nistração Lucas Sia, que comemora cada conquis- ta para Artur Nogueira”, comentou o secretário de Esportes, Caio Rodri- gues.

O projeto é mantido pela Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Esportes.

Judocas nogueirenses conquistam medalhas em competições no final de semana

Secretaria de Esportes e Lazer de Pedreira está promovendo o Campeonato Municipal de

Futebol de Salão Veteranos

Atletas da AEJAR conquistam medalhas no Torneio de Judô de Mogi Guaçu

Equipes de Vôlei de Pedreira vencem seus jogos na Copa ADR

De Pedreira

Com a participação de 7 (sete) equipes, a Secretar- ia de Esportes e Lazer da Prefeitura de Pedreira está promovendo o Campe- onato Municipal de Fu- tebol de Salão Veteranos 2022, com os jogos sendo

disputados na Quadra de Esportes do Clube Náu- tico Joaquim Carlos e no Ginásio de Esportes “Ver- melhão” do Esporte Clube Santa Sofia.

Na segunda-feira, 13 de junho, a rodada foi dis- putada no Ginásio de Es- portes “Vermelhão”, com

os seguintes resultados:

Guerreiros da Fé-B 2x4 Guerreiros da Fé-A; Grê- mio Choop 3x5 Soiças;

Jardim Andrade 2x2 Plas- new.A competição volta a ser disputada na quarta-feira, 22 de junho, na Quadra de Esportes do Clube Náutico

Joaquim Carlos, com os seguintes jogos: 20 horas - Grêmio Choop x Jardim Andrade; 20h40 - Soiças x Plasnew. Na quinta-feira, dia 23, às 20 horas, estarão jogando Turma da Pedra x Guerreiros da Fé - A, na Quadra do Clube Náutico Joaquim Carlos.

De Pedreira

No dia 12 de junho, nas dependências do Ginásio Furno, em Mogi Guaçu, foi disputado mais um Torneio de Judô em par- ceria com a XV Delegacia Regional Grande Campi- nas, contando com a par- ticipação de aproxima- damente 800 atletas.

A equipe pedreirense não ficou de fora e con-

quistou excelentes re- sultados, tendo como Campeão o atleta João Pedro Pires de Camar- go Durante, na catego- ria Sub-18 Meio Médio.

Vice-campeões: Isabelle Proença Silva, Sub-9 Super Ligeiro e Heitor Cunha Marques, na Sub- 15 Super Pesado. Con- quistaram o Terceiro Lugar os atletas: Elisa de Freitas Rodrigues,

Sub-13 Meio Pesado;

Matheus Cardoso dos Santos, Sub-13 Pesado e Murilo Cunha de Sena, Sub-13 Super Pesado.

Também estiveram participando da com- petição os atletas Isado- ra Carolini Neri, Sub-13 Super Pesado e Analice Cunha de Sena, Sub-18 Pesado.

A equipe foi acompan- hada pelos professores

Diogo Loner e Acácio Rodrigo, tendo João Fernando Falanga co- laborando com o evento, trabalhando como Ofi- cial Técnico. “Agradeço o apoio dos pais dos at- letas, da Prefeitura de Pedreira através da Sec- retaria Municipal de Es- portes e Lazer e o Traja- no Center”, ressaltou o professor Acácio Rodri- go.

De Pedreira

As equipes de vôlei Sub-18 e Adulto Masculi- no de Pedreira venceram seus jogos na estreia da Copa ADR (Associação

Desportiva Regional), disputados durante o úl- timo final de semana na cidade de Amparo.

Segundo informou a treinadora e coordenado- ra do Projeto Pro Esporte

de Vôlei, professora Elen Uttembergue, pela Cate- goria Sub-18, vitória de Pedreira sobre Amparo pelo placar de 3 a 0, com parciais de 25x20, 25x11 e 25x19; Pela Categoria

Adulto Masculino, Pe- dreira também venceu a equipe de Jacutinga pelo placar de 3 a 0, com par- ciais de 25x12, 25x18 e 25x23.

O secretário de Es-

portes e Lazer Valdir Car- los Volpato, parabenizou as equipes de Vôlei de Pedreira e a professora Elen Uttembergue pe- los importantes resul- tados. “Os interessados

em participar das aulas do Projeto Vôlei devem entrar em contato com o telefone: (19) 99747-1719 e realizar sua inscrição”, destacou Patão.

De Pedreira

A Prefeitura Munic- ipal de Santo Antônio de Posse está promov-

endo o Campeonato Municipal de Fute- bol de Salão Femini- no, reunindo equipes de várias cidades da

região.

Com o comando da treinadora Miche- li Bosso, a equipe de Pedreira está partici-

pando da competição buscando experiência.

“Nosso time é jovem, foi montado há pouco tempo e nosso objetivo

é que as meninas gan- hem confiança e assim consigam conquistar bons resultados”, de- stacou Micheli.

Jogando contra o time de Santo Antônio de Posse a equipe de Pedreira foi derrotada pelo placar de 2 a 1.

Equipe feminina de Futebol de Salão de Pedreira está disputando o Campeonato Municipal de Santo

Antônio de Posse

(7)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

7

www.jornalmais.net

J ornal m ais

Gibis do Dr Água, idealizados pelo Saean e Prefeitura, incentivam crianças a preservar o meio ambiente

EDUCAÇÃO: Revistas em quadrinhos foram usadas por professores das escolas municipais durante a Semana do Meio Ambiente

Cumprindo o obje- tivo de educação am- biental, os gibis do “Dr.

Água em: As Aventuras de Nogueirinha” foram estudados por alunos da Rede Municipal de En- sino durante a Semana do Meio Ambiente 2022.

Com tiragem inicial de 5 mil exemplares - dis- tribuídos em 24 escolas municipais -, a obra foi idealizada pelo Serviço de Água e Esgoto de Ar- tur Nogueira (Saean), em parceria com a Secre- taria Municipal de Edu- cação.

De acordo com a se- cretária de Educação Débora Sacilotto, os professores trabalha-

ram temáticas ligadas ao desperdício de água, reciclagem e mudanças climáticas. “Os gibis fo- ram ferramentas funda- mentais durante a Sema- na do Meio Ambiente.

Com eles, os professores puderam trabalhar os as- suntos de forma lúdica e descomplicada, afinal, os alunos se divertiam e aprendiam ao mesmo tempo”, disse.

A presidente do Sae- an, Gabriela Montoya, acredita que o trabalho que vem sendo desen- volvido com as crianças, principalmente por meio de projetos como o gibi, trarão bons frutos para as gerações futuras.

“O Saean fica extre- mamente feliz em ver que um dos principais objetivos do gibi tem sido cumprido fielmente: que é o de educar as crian- ças nogueirenses. Elas serão os responsáveis pelas ações econômicas, políticas e administrati- vas do futuro. A revista tem feito com que elas se conscientizem sobre a importância de preser- var o meio ambiente e de usar os recursos naturais de forma racional”, frisa a superintendente.

O prefeito Lucas Sia parabeniza a elaboração do material que tem al- cançado milhares de es- tudantes. “É sempre im-

portante semear ideias com informações educa- tivas e que promovam a educação ambiental. As revistas multiplicarão ainda mais iniciativas de preservação e conserva- ção do meio ambiente, além de conscientizar a população e as nossas crianças sobre o uso ra- cional da água”, destaca.

O GIBI

O livro foi dividido em três capítulos e possui 28 páginas. A primeira his- tória debate o uso cons- ciente da água e apre- senta formas de como preservá-la. Já a segun- da, aborda as mudanças climáticas e a escassez da

água como consequência de tais mudanças. Por fim, a última história re- trata o tema reciclagem, onde os personagens aprendem sobre coleta seletiva e sobre o reapro- veitamento de materiais.

Para apresentar todas as temáticas de forma alegre e descontraída, a equipe de produção deu vida ao personagem No- gueirinha, um menino disposto a aprender com tudo e todos. Ele mora com o pai mecânico; a mãe dona de casa; a irmã cadeirante; o irmão ado- lescente que costuma de- morar no banho; além da irmã bebê e do Faíscão – o cachorro de estimação

cheio de humor.

A revistinha con- ta ainda com aparições surpresas do famoso Dr.

Água, a gota animada que ensina toda a família a economizar o recurso hídrico. Outros persona- gens acabam ganhando destaque, como o funcio- nário do Saean, que tira dúvidas sobre a autar- quia, e o consciente Ju- quinha – amigo japonês de Nogueirinha.

Ao final do gibi, a criança pode realizar atividades de colorir e caça-palavras. A ideia, segundo a secretaria e o Saean, é fazer das revis- tas um projeto fixo, com lançamentos anuais.

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Assistên- cia e Desenvolvimento Social, informa que os beneficiários do pro- grama estadual Vale- -Gás têm até o dia 15 de junho para retirarem os cartões no Núcleo Ad- ministrativo. Após a re- tirada, o morador deve ainda fazer o desblo- queio do cartão até dia 24 de junho.

A pasta destaca que, caso a retirada e des-

bloqueio não sejam fei- tos até as datas limites informadas acima, os cartões serão cancela- dos. A retirada deve ser feita na sede da secre- taria - alocada no Nú- cleo Administrativo -, na Rua Nossa Senhora das Dores, Nº 629, no Centro. O atendimento é das 8h às 17h.

O PROGRAMA De autoria do gover- no do Estado, o benefí- cio de R$ 300, pago em

3 parcelas bimensais de R$ 100, garante a com- pra de botijões de gás de cozinha (GLP 13kg) para as famílias em si- tuação de extrema po- breza e pobreza (renda mensal per capita de até R$ 178), que este- jam inscritas no CadÚ- nico (sem o Bolsa Fa- mília).

As famílias que aten- deram aos critérios de elegibilidade terão acesso ao cartão para o saque nos terminais

de autoatendimento do Banco do Brasil.

“É um programa so- cial de grande impor- tância na vida dessas famílias. Nossa equipe da Assistência Social está engajada e tem orientado os morado- res contemplados sobre o benefício. Em caso de dúvidas, estamos de portas abertas para esclarecê-las”, frisou o chefe da pasta, Amaril- do Boer.

O secretário acres-

centa que mais infor- mações podem ser obtidas pelo telefone

(19) 3827-9700, ramal 9727, ou de forma pre- sencial.

De Jaguariúna

Logo no início da ma- nhã os primeiros alunos da carreta Via Rápida do programa Minha Chance, do governo do Estado de São Paulo, já estavam no parque San- ta Maria, em Jaguariú-

na, para iniciar o dia de muito aprendizado.

As aulas do curso de camareira começaram às 8h e além de rece- berem material exclu- sivo, todos já puderam aprender na prática a função que irão desem- penhar quando conse-

guirem o novo emprego.

Além do curso de ca- mareira, também have- rá o de Bartender às 13h e Garçom e Garçonete às 18h.

Os três cursos de qualificação terão 16 dias de duração cada e são oferecidos pela Se-

cretaria de Desenvol- vimento Econômico e Social de Jaguariúna, em parceria com a As- sociação Comercial e Industrial (ACIJ). Os alunos que tiverem 75%

de presença receberão uma bolsa-auxílio de R$ 210,00.

Beneficiários do Vale-Gás têm até dia 15 para retirar cartão em Artur Nogueira

Carreta via rápida inicia aulas para quem busca recolocação no mercado de trabalho

Centro Cultural de Pedreira recebe inscrições para teste

de elenco do espetáculo

“Simplesmente Encanto”

De Pedreira

A Prefeitura de Pedrei- ra, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e do Centro Cultural, está rece- bendo inscrições para teste de elenco do Espetáculo Musical “Simplesmente Encanto”.

O espetáculo será livre-

mente inspirado no filme

“Encanto” de Walt Disney.

Os interessados em in- tegrar o elenco podem se inscrever até a quinta-fei- ra, dia 16 de junho, através do seguinte formulário:

https://docs.google.

com/.../1FAIpQLSeQDuw- zKy2Zrj.../viewform.

De acordo com a Sec-

retaria de Cultura, podem participar alunos do Centro Cultural matriculados nos cursos de dança, música e artes visuais, moradores de Pedreira e região. “Quem fizer a inscrição para o tes- te deve se dirigir à Unidade II do Centro Cultural, das 15h30 às 21h, para retirar o material de estudo para a

realização do teste”, destaca o secretário municipal João Paulo Nascimento.

As audições presenciais acontecerão no domin- go, dia 19 de junho, às 9 horas, na Unidade II do Centro Cultural, localizada na Rua Maria Ana Gaspar- ini, número 69, no Jardim Emília.

(8)

Sábado, 18 de Junho de 2022 -

8

www.jornalmais.net

J ornal m ais

CULTURA: O espetáculo gratuito traz o encantamento dessa cultura ancestral, que vem da Escócia, Irlanda e País de Gales

Sesi Cosmópolis recebe Contação de História sobre lendas celtas

A Estação Sesi de Cul- tura de Cosmópolis re- ceberá em 30 de junho, quinta-feira, às 14h, a Contação de História “O Caldeirão de Gundestrup e outras Lendas Celtas” da Cia Hespérides. O espetá-

culo gratuito, com cerca de uma hora de duração, traz o encantamento des- sa cultura ancestral, que vem da Escócia, Irlanda e País de Gales. Com músi- ca, brincadeiras e muita interatividade com o pú-

blico, a Cia vai apresentar a tradição e a magia con- tidas na mitologia celta, que atravessou séculos e hoje é respeitada em todo mundo.

Pesquisas revelam que os celtas são um povo

que deixou pouca cultu- ra escrita, pois tudo foi mantido pela força da memória de seus druidas.

Reside exatamente aí a sua grande magia: o que nasceu com eles veio até o mundo contemporâ-

neo pela força de suas tradições e oralidade. E é para sentir esta magia que a Cia. Hespérides convida todos para se debruçarem nesses encantos e encon- tros.

Sobre a Cia. Hes- pérides

Assim como as deusas mitológicas Hespérides, as pesquisadoras e con- tadoras de histórias Va- nessa Meriqui e Drika Nunes, criadoras da Cia.

Hespérides, buscam ser instrumentos da arte nar- rativa e se apresentam com diferentes repertóri- os em eventos literári- os, escolas, bibliotecas e centros culturais de todo país. Ambas as conta- doras têm formação em Comunicação Social, são atrizes e pós-graduadas

emA Arte de Contar Histórias – Aborda- gens Poética, Literária e Performática. Vanessa Meriqui é também escri- tora de livros infantis.

Serviço

“O Caldeirão de Gun- destrup e outras Lendas Celtas” (Cia Hespérides)

Data: 30 de junho, quinta-feira

Horário: 14h

Local: Estação Sesi de Cultura de Cosmópolis

Avenida da Saudade, 1107 - Parque Residencial Rosamélia

Entrada gratuita e classificação livre

Contatos: (19) 3812 1949 | WhatsApp 19 99907 5575

cosmopolis-cultura.se- sisp.org.br

Alunos da rede pública participam de palestra sobre Arqueologia

De Engenheiro Coelho Os alunos do ensino fundamental da EMEI- EF ‘Mariza Franco de Ol- iveira Paes’ e da EMEIEF

‘José Forner’, tiveram uma aula diferente nesta semana. Eles receberam a visita do arqueólogo Me. Anderson Rogério de Oliveira Tognoli, para uma palestra sobre a im- portância do patrimônio arqueológico.

Durante a pales- tra, Tognoli apresentou para os alunos, através de várias peças arque- ológicas encontradas na região, a importância de preservação e conser-

vação do patrimônio cul- tural. “Eu converso com os alunos sobre o papel da Arqueologia, do ar- queólogo em nossa socie- dade e sobre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IP- HAN), órgão responsável por fiscalizar estes bens.

Através de algumas peças arqueológicas rel- acionadas a Tradição Tupiguarani, disponibili- zadas para fins didáticos pelo Museu Franco de Godoy do município de Mogi Guaçu, eles podem conhecer de perto esses artefatos, saber do uso de cada utensílio, e sobre o processo de construção.

Também apresento um panorama em relação aos sítios arqueológicos cadastrados em nossa região, e dos grupos que viveram por aqui”.

Tognoli é doutoran- do em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universi- dade de São Paulo (MAE- USP), e está desenvol- vendo um Projeto de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológi- co (PAIPA) em uma área em Engenheiro Coelho.

Essa investigação tem como objetivo, verificar a presença de vestígios arqueológicos que in- diquem uma ocupação

humana no passado, e por sua vez, atender as exigências do IPHAN para liberação de uma área para um empreen- dimento residencial. “Eu já fiz análise em cerca de 80% da área, e até o momento, não foi encon- trado material. Caso seja verificado, nos comuni- camos o IPHAN sobre os achados e posterior- mente é realizado um projeto de gestão do pat- rimônio arqueológico”.

Segundo Luceli Apa- recida Dingos Teresani, diretora da EMEIEF Ma- riza Franco de Oliveira, os alunos adoraram a palestra. “Foi muito in-

teressante ver a reação dos alunos podendo ver de perto essas peças ar- queológicas. Eles ador- aram”.

Após a conclusão dos trabalhos interventivos e

não interventivos, todas as informações serão en- caminhadas na forma de um relatório ao IPHAN, no qual, poderá emitir a autorização para o início das obras.

Sábado tem apresentação de Dança no Teatro de Jaguariúna

De Pedreira

A Prefeitura de Pe- dreira, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e do Centro Cultural, está receben- do inscrições para teste de elenco do Espetáculo Musical “Simplesmente Encanto”.

O espetáculo será livremente inspirado no filme “Encanto” de Walt Disney.

Os interessados em integrar o elenco podem

se inscrever até a quin- ta-feira, dia 16 de jun- ho, através do seguinte formulário: https://

docs.google.com/.../

1 F A I p Q L S e Q D u w z - Ky2Zrj.../viewform.

De acordo com a Sec- retaria de Cultura, po- dem participar alunos do Centro Cultural ma- triculados nos cursos de dança, música e ar- tes visuais, moradores de Pedreira e região.

“Quem fizer a inscrição para o teste deve se di-

rigir à Unidade II do Centro Cultural, das 15h30 às 21h, para reti- rar o material de estudo para a realização do tes- te”, destaca o secretário municipal João Paulo Nascimento.

As audições presen- ciais acontecerão no do- mingo, dia 19 de junho, às 9 horas, na Unidade II do Centro Cultural, localizada na Rua Maria Ana Gasparini, número 69, no Jardim Emília.

Imagem

Referências

temas relacionados :