Relatório do Seminário Nacional de Educação Profissional a Distância

Texto

(1)

Salvador, 13 de junho de 2007.

Att: Prezados(as) colegas do CEFET-BA De: Profª Elenise Barreto B. Anunciação

Relatório do Seminário Nacional de Educação Profissional a Distância

Nos dias 4, 5 e 6 de Junho de 2007, no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, ocorreu o Seminário Nacional de Educação Profissional a Distância, promovido pelos Secretários de Educação a Distância e de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, com apresentações de experiências de educação profissional na modalidade a distância, construção de estratégias de utilização da modalidade distância, discussão do programa nacional de formação técnica de nível médio (TecMed) e orientação a proponentes de programas de educação a distância.

Apresentação da profª Ana Lúcia (CEFET-RN):

ProCefet: Uma experiência de construção de material didático.

Modalidade: Educação inicial e continuada de trabalhadores na modalidade a distância.

Público Alvo: Alunos que cursam o ensino fundamental em escolas públicas que estão matriculados no 9º ano, também em escolas públicas, e pretendem ingressar no Cefet-Rn.

Objetivo: Revisão dos conteúdos de matemática e língua portuguesa, aliada a reflexão ética e política.

Histórico:

• 1987- iniciou-se o curso presencial- pró-técnico

• 1994- incluíram-se as tele-aulas no pró-técnico

• 1995-Foi elaborado como material didático 20 fascículo semanais no jornal- próCefet

• 2002-Foi adotado o livro

• 2005- 5 fascículos a cada 20 dias e 18 tele-aulas semanais.

• 2007- Voltou-se a adotar o livro

Mídia interativa: Telefone, carta, e-mail.

(2)

Material 1997/2004:

• Português

• Matemática

• Iniciação Tecnológica e cidadania.

Material 2005/2006: Temas Geradores

• Gestão, comércio e serviços (DAGESC)-Turismo.

• Recursos Naturais (DAREN)-Controle ambiental Geologia e Mineração.

• Construção civil (DACON)- Edificações

• Tecnologia Industrial (DATIN)- Eletrotécnica e Mecânica

• Tecnologia da informação (DAINF) Temas transversais:

1- Aspectos culturais do Rio Grande do Norte 2- Aspectos culturais do Brasil

3- Aspectos culturais do Mundo

4- O que é ser estudante de Educação a Distância (EAD)

5- Saúde, qualidade do meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

6- Tecnologia, sociedade, ética e cidadania.

Os temas Geradores e transversais serão trabalhados e serão feitas as avaliações, as Tele- Aulas são transmitidas pela TV universitária, num total de 18 aulas.

Localização das unidades do CEFET-RN:

• Natal

• Zona norte

• Curais novos

• Ipanguaçu

• Mossoró

Fundamentos políticos pedagógicos comuns:

-Preocupação com um grupo menos favorecido da sociedade, numa perspectiva de inclusão social.

-Busca de formação integral, abrindo conteúdo da formação feral e da formação profissional.

-Integração das áreas profissionais com os conteúdos de Matemática, Português, aliado a uma reflexão ética e política.

(3)

Apresentação da profª Maria Lúcia Cavalli Neder (Universidade Federal do Mato Grosso):

Dimensões da EAD:

• Dimensão política:

-Tentativa de ampliar a democrática educação superior e incluir os estudantes que estão em Municípios distantes.

-Formar professores do Estado do Mato Grosso em nível superior.

• Dimensão pedagógica:

-O foco é promover educação que é uma prática social que se desenvolve num contexto político, econômico e cultural.

EAD- Modalidade de organização curricular, na qual os sujeitos da prática pedagógica constroem sentidos, a partir de um processo de “inter-ação”, mediado por tecnologias por textos didáticos específicos, bibliografias e Webgrafias de apoio.

Material didático:

Textos escritos ⇒ Hipertextos⇒Textos áudio visuais⇒Textos orais

Para a construção colocada acima se faz uma teia com outros elementos: CD-ROM, revistas, seminários, vídeo conferências, livros, vídeos educativos, filmes, etc.

Avaliação de aprendizagem:

Orientação Acadêmica:

Sujeito da prática educativa que, no processo de relação com os outros sujeitos, contribui para a produção de significados sociais. (Relação professor/aluno=1/25 no máximo).

Biblioteca:

1 exemplar de material impresso para cada 10 alunos.

Uso de ambientes virtuais de aprendizagem.

Processual

Descritivo

Cumulativo Compreensivo

Dimensão I

(processo de estudo) Dimensão III

(Seminários temáticos, Investigação) Dimensão II

(síntese escrita)

(4)

Apresentação do profº José Carlos Ciccarino (Escola Técnica/Universidade Federal do Paraná)

Curso oferecido na modalidade EAD:

- Curso Técnico de Gestão Pública Municipal- A prefeitura oferece o curso para seus funcionários e no caso de funcionários estaduais o governo do estado oferece bolsas.

Atualmente: 2500 alunos Estrutura:

• Conselho editorial

• Material específico para EAD

• Duração 3 anos- 8 volumes- 3 disciplinas

• Aulas instrutivas para Tele-Aula (com pontuação)

• Tem alguns tutores da Escola Técnica/UFPR

• Toda a parte pedagógica, administrativa e controle acadêmico é responsabilidade da Escola Técnica/UFPR

• A prefeitura e parceiros- tem responsabilidade sobre a infraestrutura das Tele-Aulas.

• O curso é dividido em módulo e cada módulo se divide da seguinte forma: 25% da carga horária do módulo é destinada a atividade auto instrutiva (AI), 25% da carga horária do módulo é destinada a atividade supervisionada(AS) e 50% da carga horária do módulo é destinada a Tele-Aulas.

• As Coordenações dos cursos administram as ações didáticas dos cursos técnicos.

• São atribuições dos professores: Elaborar o livro didático utilizado durante a tele aula, elaborar os slides, elaborar as estruturas auto-instrutivas, corrigir e elaborar as provas de suas disciplinas, apresentar as Tele-Aulas, etc.

• Tutores: São os mediadores do processo e em sua grande maioria são os professores. Suas atribuições são: Manter o diálogo com o estudante, obedecer ao cronograma, esclarecer dúvidas e outras.

• Monitores: São responsáveis pela organização e coordenação das Tele-Salas, verificar se todo o material encontra-se em perfeito estado de funcionamento. Tem-se ainda um antenistas contratado para ajustar a sintonia da antena.

• Central de atendimento: O call center faz a integração monitor, tutor, professor e estudante. (0800-643-0007).

(5)

Apresentação Profº Renato (Centro Paula Souza- Rede estadual de São Paulo)

São oferecidos cursos Técnicos modulares em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, Fundação Roberto Marinho e o Centro Paula Sousa.

Cursos: - Administração Empresarial, -Gestão para empresas e –Secretariado/Assessoria Modalidades:

Aberta livros TV Globo,

Futura

Ambiente virtual

On Line livros DVD Ambiente

virtual

Tutor

Presencial livros DVD Ambiente

virtual

TEC-Sala Orientador

Material didático: (Foi contratado uma empresa) -Possibilita o desenvolvimento de competências -Estímulo a pesquisa (Projeto)

-Mobiliza: conhecimentos/habilidades e atitudes- Diagnóstico

Componentes estruturais:

-Sistema de avaliação: Exames presenciais -Certificação por módulo

-Administração escolar e registro acadêmico -Monitoramento permanente

e-mail: cpsead@centropaulasouza.sp.gov.br (11) 3327-3063 ou 3327-3064

Diretor: Renato Nogueira (19)2957-8470/ e-mail: renatosaldini@uol.com.br

(6)

Apresentação Profª Cristini Barreto (Fundação de apoio á Escola técnica do Rio de janeiro-FAETEC)

Curso: Curso de formação inicial e continuada de trabalhos Modalidade: Semi-presencial

Parcerias: SECTI-FAETEC-CEDERJ (Centro de Educação Superior a distância do estado do Rio de Janeiro)

Objetivos:

-Atender as demandas de empregabilidade e desenvolvimento regional.

-Atender trabalhadores que anseiam qualificação profissional.

- Presidiários em seu último ano de cumprimento de pena, visando a sua socialização.

Metodologia:

Carga horária=260 horas

Pólos Regionais: Nova Iguaçu, Vilar dos Teles, Imbariê, Belford Roxo, Santa Cruz, São Gonçalo.

Atividades práticas: Nos pólos regionais- em laboratórios móveis ou montados

Atividades teóricas: Material didático impresso e digital +interação tutor e outros alunos.

Cursos oferecidos:

• Bombeiro Hidráulico

• Promotor de vendas

• Operador de Tele marketing e outros Projeto Institucional

Pré-requisito: 7ª série do ensino fundamental, mínimo 17 anos e necessidade de alfabetização digital.

Material paradidáticos:

• Livros do tipo “como fazer”

• Conteúdo abordado tópico a tópico

• Ampla utilização de elementos imagéticos

Estratégia para maior proficiência leitora: Módulo de proficiência leitora, antes dos módulos específicos.

Módulos específicos: Usar o material impresso sob uma perspectiva de letramento e conteúdos voltados para a prática.

e-mail: cbarreto@cederj.rj.gov.br ou (55) 21 2299-4576

(7)

Apresentação de Profª Graça (Secretaria de ciência Tecnologia e meio ambiente do Estado de Penambuco-SECTMA)

Curso: Curso técnico de informática

Modalidade: semi-presencial com aula presencial conectado Módulo 1-Automação de escritório

Módulo 2-Administrador de Lan ponto a ponto Módulo 3-Desenvolvedor de soft e desktop

Depois de concluído os módulos 1, 2 e 3= Técnico em informática Um sistema de controle acadêmico em parceria faz a freqüência on line.

Público: 80% das vagas para alunos da rede pública, cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio ou egresso do ensino médio e não estar cursando o ensino superior.

Ambiente virtual: Moodle

Avaliação: - A cada término da disciplina, -Atividade presencial, -Avaliação presencial Freqüências:

- Tele-Aulas = obrigatórias

- Atividades complementares supervisionadas pelos tutores a distância.

Estrutura dos TELE-CENTROS:

-1 supervisor de EAD -1 Secretário escolar

-2 mediadores(ensino médio concluído- para preparar as salas e ver se o satélite está transmitindo)

-1 técnico de informática

-Sala de estudo e tutoria para os alunos tirarem as dúvidas.

Graça Nery

e-mail: gracasnery@cefetpe.br ead@sectma.pe.gov.br

(81) 8828-5078

(8)

O Secretário de Educação a Distância (Sr. Carlos Eduardo Bielschowsky) anunciou a conformação da rede de oferta de cursos técnicos de nível médio, na modalidade de educação à distância: Edital Nº 1/2007-SETEC/SEED, publicado DOU 27/4/07.

Segundo a Secretaria de Educação a Distância (SEED), são pontos relevantes para a educação à distância:

• Parte laboratorial completa - podendo ser um laboratório móvel

• Material didático

• Infra-estrutura

• Módulo introdutório

• Modalidades: Concomitante e subseqüente (ver projetos casados)

• Avaliação presencial rigorosa

Apresentação de Sr. Hélio:

Os temas estruturantes do programa ensino técnico a distância são:

-Organização do sistema -Editais de chamadas públicas -Processo seletivo cursos e escolas -Supervisão avaliação sistema -Financiamento

-Apoio às escolas selecionadas -Bolsas FNDE

-Pesquisa em EAD -Ações divulgações

-Capacitação das equipes EAD -Sistemas eletrônicos gestão -Missões estratégicas

Do objeto: Selecionar propostas das Partes A e B do Edital.

Parte A - Adequação de escolas públicas de ensino básico para ensino profissional técnico á distância.

Parte B - Cursos técnicos de nível médio, na modalidade de educação á distância, de Instituições públicas (Federais, Estaduais e Municipais)- Subseqüentes ou concomitantes ao ensino médio.

(9)

CRONOGRAMA

FASE ATIVIDADE DATA DE INÍCIO DATA FINAL

1 Divulgação 25/04/07 30/06/07

2 Envio das propostas 02/07/07 31/08/07

3 Avaliação dos projetos 03/09/07 28/12/07

4 Divulgação dos resultados 07/01/08 ---

A partir de janeiro de 2008 se inicia as atividades de adequação das escolas.

Quanto ao financiamento, a idéia é potencializar recursos. Na parte B do Edital- infra estrutura, no convênio com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi instalado computadores em rede, equipamentos de vídeo conferência. Para gasto com pessoal- pagamento com bolsas (lembrando que não se deve ter redução com carga horária na Instituições, pois os professores estarão recebendo as bolsas).

Uma vez enviado os projetos ao MEC deve-se procurar os Conselhos Estaduais de Educação e tentar aprovar a modalidade concomitante.

Os consórcios são bem vindos, com compartilhamento de recursos e material didático.

Parte A - responsabilidade financeira do proponente e a parte B-financiado pelo MEC por custeio e bolsas.

Os CEFET´S não devem utilizar recursos da expansão da rede para educação á distância.

O decreto Nº 5622 diz que preferencialmente deve se atender o ensino subseqüente e concomitante.

A SETEC começará a fazer em julho o catálogo nacional do ensino técnico.

O Secretário de Educação a Distância (Sr. Carlos Eduardo Bielschowsky) encerrou o seminário dizendo que será encaminhado um documento Seed/Setec, para as instituições envolvidas apreciarem, com as propostas encaminhadas pelos grupos de trabalhos que sintetizou a discussão da plenária.

Atenciosamente,

Profª Elenise Barreto Barbosa Anunciação

Imagem

Referências