Sociedade moderna é o grupo de pessoas que convive em uma limitação geográfica

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Sociedade moderna é o grupo de pessoas que convive em uma limitação Sociedade moderna é o grupo de pessoas que convive em uma limitação geográfica, que interagem entre si e juntos controem um sistema de geográfica, que interagem entre si e juntos controem um sistema de produção sustentável.

produção sustentável.

Em outras palabras, é qualquer país, cidade ou estado que viva nos

Em outras palabras, é qualquer país, cidade ou estado que viva nos nossosnossos tempos

tempos

1 - Individualismo 1 - Individualismo

O individualismo é conceito que exprime a afirmação do indivíduo ante a O individualismo é conceito que exprime a afirmação do indivíduo ante a sociedade e o Estado. Liberdade, propriedade privada e limitação do poder do sociedade e o Estado. Liberdade, propriedade privada e limitação do poder do Estado - eis a tônica do Individualismo. Há tendência em se vincular ou relacionar Estado - eis a tônica do Individualismo. Há tendência em se vincular ou relacionar ca

capipitatalilismsmo o e e inindidivividudualalisismo mo bem bem cocomo mo sosocicialalisismo mo e e cocoleletitivivismsmo. o. MaMas s aqaquiui trataremos do conceito expresso por Louis Dumont

trataremos do conceito expresso por Louis Dumont in, O individualismo: umain, O individualismo: uma  perspectiva antropológica da ideologia moderna

 perspectiva antropológica da ideologia moderna11[[1]1], onde ao lado do conceito de um, onde ao lado do conceito de um indivíduo que constitui o valor supremo - caracterizando o individualismo - teremos indivíduo que constitui o valor supremo - caracterizando o individualismo - teremos o indivíduo que se encontra na sociedade como um todo, caracterizando o holismo. o indivíduo que se encontra na sociedade como um todo, caracterizando o holismo. É do indivíduo que não pode ser submetido a ninguém, sendo as suas regras É do indivíduo que não pode ser submetido a ninguém, sendo as suas regras pessoais que movem a sua existência que

pessoais que movem a sua existência que trataremos.trataremos.

O individualismo é o mais ocidental dos valores. Esta primazia do indivíduo O individualismo é o mais ocidental dos valores. Esta primazia do indivíduo con

constistitui tui o o cercerne ne da da herherançança a judjudaicaico-co-crisristã. tã. LouLouis is DumDumont ont aceacentuntuou ou comcomo o oo individualismo se tornou o valor fundador das sociedades modernas. Quando o individualismo se tornou o valor fundador das sociedades modernas. Quando o ind

indivíivíduo duo se se encencontontra ra na na socsociediedade ade comcomo o um um todtodo, o, tratrata-ta-se se de de holholismismo o e e nãonão individualismo. Neste sentido, os dois conceitos se opõem. E, em sua obra Louis individualismo. Neste sentido, os dois conceitos se opõem. E, em sua obra Louis Dumont apresenta um estudo sobre o desenvolvimento do conceito moderno de Dumont apresenta um estudo sobre o desenvolvimento do conceito moderno de indivíduo e conclui: "

indivíduo e conclui: "se o individualismo deve aparecer numa sociedade do tipose o individualismo deve aparecer numa sociedade do tipo tr

tradadicicioionanal, l, hoholiliststa, a, seserá rá em em opopososicicão ão à à sosociciedaedade de e e cocomo mo umuma a esespécpécie ie dede suplem

suplemento em ento em relaçrelação a ão a ela, ou ela, ou seja, sob a seja, sob a forma de forma de indivíindivíduo-fduo-fora-dora-do-mundo-mundo.o. Será possível pensar que o individualismo começou desse modo no ocidente? É  Será possível pensar que o individualismo começou desse modo no ocidente? É   precisamente isso o que vou tentar mostrar; quaisquer que sejam as diferenças no  precisamente isso o que vou tentar mostrar; quaisquer que sejam as diferenças no conteúdo das representações, o mesmo tipo sociológico que encontramos na Índia conteúdo das representações, o mesmo tipo sociológico que encontramos na Índia - o indívíduo-fora-do-mundo - está inegavelmente presente no cristianismo e em - o indívíduo-fora-do-mundo - está inegavelmente presente no cristianismo e em torno dele no começo da nossa era." 

torno dele no começo da nossa era." 22[2][2]

Da compreensão que exprime a afirmação do indivíduo ante a sociedade e o Da compreensão que exprime a afirmação do indivíduo ante a sociedade e o Estado temos que o individualismo se opõe ao nacionalismo. Louis Dumont nos diz Estado temos que o individualismo se opõe ao nacionalismo. Louis Dumont nos diz o seguinte:

o seguinte:

""  Al  Alguéguém m opõopõe e ao ao indindiviividuadualislismo mo o o nacnacionionalialismosmo, , sem sem expexpliclicaçãação. o. SemSem dúvida, é preciso entender que o nacionalismo corresponde a um sentimento dúvida, é preciso entender que o nacionalismo corresponde a um sentimento de grupo que se opõe

de grupo que se opõe ao sentimeao sentimento "indivinto "individualisdualista". Na realidta". Na realidade, ade, naçãonação,, no sentido preciso e moderno do termo, e o nacionalismo - distinto do no sentido preciso e moderno do termo, e o nacionalismo - distinto do simpl

(2)

ccomomo o vavalloror. . A A nanaççãão o é é prprececisisamamenente te o o titipo po de de sosoccieiedadade de glglobobaal l  co

corrrresesponpondedentnte e ao ao reireino no do do inindidivividudualalisismo mo cocomo mo vavalolor. r. NãNão o só só elela a oo acompanha historicamente, mas a interdependência entre ambos impõe-se, acompanha historicamente, mas a interdependência entre ambos impõe-se, de sorte que se pode dizer que a nação é a sociedade global composta de de sorte que se pode dizer que a nação é a sociedade global composta de  pessoas que se consideram como indivíduos." 

 pessoas que se consideram como indivíduos." 33[[3]3]

Embora seja conceito que permeie a sociedade ocidental, o individualismo Embora seja conceito que permeie a sociedade ocidental, o individualismo nã

não o se se rerevevelolou u de de um um didia a papara ra ououtrtro o em em nonosssso o memeioio, , popois is ""a a confconfiguraçiguraçãoão individualista de idéias e valores que nos é familiar não existiu sempre nem individualista de idéias e valores que nos é familiar não existiu sempre nem aparece

aparece de um dia para de um dia para outro. Fez-se remontar outro. Fez-se remontar a origem do "individualisa origem do "individualismo" a ummo" a um época mais ou menos remota, segundo, sem dúvida, a idéia que dele se fazia e a época mais ou menos remota, segundo, sem dúvida, a idéia que dele se fazia e a definição que se lhe dava." 

definição que se lhe dava." 44[4][4]. E mais: ". E mais: "Pode sustentar que o mundo helenísticoPode sustentar que o mundo helenístico es

estatavava, , no no quque e tatangnge e às às pespessosoas as ininststruruídídasas, , tãtão o imimprpregegnanado do desdessa sa memesmsmaa concepção que o cristianismo não teria podido triunfar, a longo prazo, nesse meio, concepção que o cristianismo não teria podido triunfar, a longo prazo, nesse meio, se tivesse oferecido um

se tivesse oferecido um indiviindividualidualismo de smo de tipo diferentetipo diferente. . Eis uma Eis uma tese muito fortetese muito forte que parece à pr

que parece à primeira vista contradizer concepções bem estabelecidas." imeira vista contradizer concepções bem estabelecidas." 55[ [ 5]5]

TTemos, assim, um paralelo entre o indemos, assim, um paralelo entre o indivíduo moderno ocidental e ivíduo moderno ocidental e o indivíduoo indivíduo tra

tradicdicionional al da da antantiga iga socsociediedade ade indindianiana. a. SegSegundundo o DumDumontont, , o o tertermo mo indindivíivíduoduo designa duas coisas ao mesmo tempo: um objeto fora de nós e um valor. O designa duas coisas ao mesmo tempo: um objeto fora de nós e um valor. O primeiro é um sujeito empírico que fala, pensa e quer, é o modelo individual da primeiro é um sujeito empírico que fala, pensa e quer, é o modelo individual da espécie humana, que se encontra em todas as sociedades. O

espécie humana, que se encontra em todas as sociedades. O segundo é o ser moralsegundo é o ser moral ind

indepeependendentente, , autautônomônomo, o, nãonão-so-socicial, al, que que reprepresresententa a a a ideideoloologia gia modmodernerna a dodo homem e da sociedade.

homem e da sociedade.

CARACTERÍSTICA

CARACTERÍSTICAS DA S DA SOCIEDADE MODERNASOCIEDADE MODERNA Desalentadoras são as

Desalentadoras são as características da sociedade modernacaracterísticas da sociedade moderna, porque, ..., porque, ...

se a coletividade se orgulha dos

se a coletividade se orgulha dos seus progressos físicos,seus progressos físicos, o homem se encontra, moralmente, muito distanciado dessa

o homem se encontra, moralmente, muito distanciado dessa evoluçãoevolução.. Semelhante anomalia é a conseqüência inevitável da ignorância das

Semelhante anomalia é a conseqüência inevitável da ignorância das criaturas,criaturas, com respeito à sua própria natureza, desconhecimento deplorável que as incita a com respeito à sua própria natureza, desconhecimento deplorável que as incita a todos os desvios.

todos os desvios. Vivendo apenas entre as coisVivendo apenas entre as coisas relativas à matériaas relativas à matéria, submergem, submergem nas superficialidades prejudiciais ao seu

nas superficialidades prejudiciais ao seu avanço espiritualavanço espiritual. Ignoram, quase que. Ignoram, quase que totalmente, o que sejam as

totalmente, o que sejam as suas forças latentes e as suas possibilidades infinitas,suas forças latentes e as suas possibilidades infinitas, adormecendo ao canto embalador dos

adormecendo ao canto embalador dos gozos falsos dogozos falsos do ““eu pessoaleu pessoal””, e apenas os, e apenas os

sofrimentos

sofrimentos e as dificuldades as obrigam a e as dificuldades as obrigam a despertar para a existência espiritual, nadespertar para a existência espiritual, na qual reconhecem quanta alegria dimana do

qual reconhecem quanta alegria dimana do exercicio do Bemexercicio do Bem e da prática dae da prática da virtude

virtude, entre as santas lições da verdadeira, entre as santas lições da verdadeira fraternidadefraternidade..

[71 - página 146]

(3)

1 1 2 2 3 3 4 4 5 5

Imagem

Referências

temas relacionados :