Instalação e configuração rápida

40 

Texto

(1)

Instalação e

configuração rápida

Módulo principal do

Gerenciador ambiental

(2)

This manual is available in English on the enclosed CD.

Dieses Handbuch ist in Deutsch auf der beiliegenden CD-ROM verfügbar.

Este manual está disponible en español en el CD-ROM adjunto.

Ce manuel est disponible en français sur le CD-ROM ci-inclus.

Questo manuale è disponibile in italiano nel CD-ROM allegato.

本マニュアルの日本語版は同梱の CD-ROM からご 覧になれます。

Instrukcja Obs

ł

ugi w jezyku polskim jest dostepna na CD.

Данное руководство на русском языке имеется на прилагаемом компакт-диске.

O manual em Português está disponível no CD-ROM em anexo.

Bu kullanim kilavuzunun Türkçe'sä, äläxäkte gönderälen CD äçeräsände mevcuttur.

(3)

Índice

Informações preliminares . . . .1 Visão geral . . . .1 Componentes . . . .1 Outros opcionais . . . .2 Documentação adicional . . . .2 Recicle os produtos . . . .2 Inspeção no recebimento . . . .2

Certificado para uso com o InfraStruXure . . .2

Componentes dos painéis frontal e traseiro . .3 Painel frontal . . . .3

Painel traseiro . . . .3

Instalação—Módulo principal . . . .5

Instalação com montagem com prendedores sem ferramentas . . . .5

Instalação com montagem em rack . . . .5

Instalação—Módulo TU . . . .7

Conexão de módulos TU . . . .7

Adição de fontes de alimentação . . . .9

Como fazer o cabeamento do Modbus . . . . .10

Instalação—Acessórios. . . .11

Sensores . . . .11

Luz de alarme (opcional) . . . .14

Entradas do usuário (opcional) . . . .15

Configuração rápida . . . .16

Visão geral . . . .16

TCP/IP . . . .16

Assistente de configuração IP do dispositivo da APC 17 utilitário do arquivo .ini . . . .17

BOOTP e DHCP . . . .17

Acesso local ao console de controle . . . .20

Acesso remoto ao console de controle . . . .20

(4)

Acesso ao Módulo Principal configurado . . 22

Visão geral . . . .22

Interface da Web . . . .22

Telnet e SSH . . . .23

SNMP (Simple Network Management Protocol) 24 FTP e SCP . . . .24

Modbus . . . .25

Como recuperar após perder uma senha . . 26

Especificações . . . 27

Módulo principal do Gerenciador ambiental 27 Sensores . . . .28

Política de suporte à vida . . . 29

Política geral . . . .29

Exemplos de dispositivos de suporte à vida 29 Garantia de fábrica de dois anos . . . 31

Termos da garantia . . . .31

Garantia intransferível . . . .31

Exclusões . . . .31

(5)

Informações preliminares

Visão geral

Use o Módulo principal do Gerenciador ambiental para monitorar e controlar o ambiente através de dispositivos periféricos, inclusive sensores de temperatura e umidade e dispositivos de controle ambiental. Você pode aumentar o número de racks monitorados adicionando módulos de temperatura/umidade (módulos TU) à sua configuração.

Componentes

Quantidade Item

1 Módulo principal (AP9340)

1 Cabo de configuração RS232

2 Suportes para rack padrão de 46,5 cm 4 Parafusos Philips 8-32 × 1/4

2 Prendedores para montagem sem

ferramentas (pré-instalados) 1 Sensor de temperatura (AP9335T) 1 Sensor de temperatura/umidade

(AP9335TH)

1 Cabo de energia IEC 320-C13 a IEC 320-C14 com 1,8 m

1 Cabo de energia NEMA 5-15P a IEC-C13 com 1,8 m

2 Terminadores A-Link

10 Abraçadeiras para cabos 4 Suportes adesivos para cabos 1 Suporte adesivo para sensor de

temperatura

1 Suporte adesivo para sensor de temperatura/umidade

2 Ancoragens para parede

(6)

Informações preliminares

Outros opcionais

Os seguintes opcionais estão disponíveis para o Módulo principal:

• Módulo TU (AP9341)

• Sensor de temperatura (AP9335T)

• Sensor de temperatura/umidade (AP9335TH) • Sensor de temperatura com display digital (A-Link)

(AP9520T)

• Sensor de temperatura/umidade com display digital (ALink) (AP9520TH)

• Luz de alarme (AP9324)

• Kit de chaves para porta (AP9513) • Fonte de alimentação (AP9505i)

Documentação adicional

Para obter informações adicionais sobre interfaces de gerenciamento, contas de usuário, personalização de instalação, utilitários de configuração, transferências de arquivo e o Assistente de configuração de IP do dispositivo, consulte o Gerenciador ambiental: Guia do

Usuário do Módulo principal, disponível no CD Utilitário fornecido ou no website da APC:

www.apc.com.

Para obter informações adicionais sobre segurança, consulte o Manual de Segurança, disponível no CD

Utilitário ou no website da APC: www.apc.com.

O mapa de registros Modbus está disponível no website da APC: www.apc.com.

Recicle os produtos

Inspeção no recebimento

Inspecione a embalagem e seu conteúdo para verificar se houve danos no transporte e certifique-se de que as peças incluídas na remessa correspondem a todas as peças listadas na tabela de componentes na página 1. Comunique imediatamente ao agente de transporte qualquer dano ocorrido durante o transporte. Comunique à APC ou ao revendedor da APC se houver conteúdo faltando, danos ou outros problemas.

Certificado para uso com o InfraStruXure

Este produto está certificado para uso em sistemas InfraStruXure da APC. Se você possuir o InfraStruXure Manager como parte do seu sistema, as instruções de

Os materiais usados no transporte são recicláveis. Guarde-os para uso posterior ou descarte-os de modo adequado.

(7)

Componentes dos painéis

frontal e traseiro

Painel frontal

Use os prendedores para montagem sem ferramentas do painel frontal do Módulo principal para instalá-lo em um rack ou gabinete APC ou sem utilizar quaisquer espaços-U. Painel traseiro + + 12 24N O G N D C O M N C 1– +2–+3– +4– + D 0 G N D D 1 Environmental Manager ae m 0048 a Item Descrição  Entrada da linha

CA Fornece energia para o Módulo principal; consulte “Especificações” na página 27 para obter

informações sobre tensão.

 Saída comutada Fornece energia para um dispositivo a uma amperagem máxima total de 10 A. Ative um dispositivo conectado quando os eventos configurados são ativados (por exemplo, ligue um ventilador quando a temperatura se elevar acima de 24°C).

 Saída de tensão Fornece 12 VCC ou 24 VCC (75 mA) para um dispositivo conectado.

Saída do relé Conecta a dispositivos externos controlados por relé.

 Porta periférica Conecta a um dispositivo opcional.

 Portas dos

sensores Conecte seis sensores de temperatura ou temperatura/ umidade (AP9335T ou AP9335TH).

 Entradas do

usuário Conecte quatro dispositivos sensores. Suporta o seguinte: • Contatos secos

• Sinais digitais de 0 a 5 V • Tensão analógica de 0 a 5 VCC • Sensores de loop de corrente de 4

a 20 mA.

Consulte o Gerenciador ambiental:

(8)

Componentes dos painéis frontal e traseiro

 Porta de rede

10/100 Base-T Conecte o Módulo principal à rede; os LEDs de status e de link indicam o tráfego na rede.

• LED de status—pisca nas cores laranja e verde na inicialização; indica o status da conexão de rede (verde aceso—endereço IP estabelecido; verde piscando— tentando obter um endereço IP). • LED de link—pisca para indicar o

tráfego na rede (verde—operando a 10 mbps; laranja—operando a 100 mbps).

 Porta do console

RS-232 Porta serial usada para definir as configurações iniciais da rede usando o cabo de configuração incluído.

 Chave Reset

(reinicialização) Reinicia o Módulo principal.  LED de energia Indica se a unidade está recebendo

energia (verde–recebendo energia; apagado–não está recebendo energia).

 Portas A-Link Bus de expansão para a adição de módulos TU (AP9341), sensores de temperatura (AP9520T) e sensores de temperatura/umidade

(AP9520TH) da APC. O bus fornece comunicação e energia aos módulos TU usando cabos CAT5 padrão com cabeamento direto (straight-through).

 Porta da luz de

alarme Conecte uma luz de alarme (AP9324).

(9)

Instalação—Módulo principal

Você pode instalar o Módulo principal na parte frontal ou na parte traseira do rack ou gabinete, usando a opção de montagem em rack, que usa 1 U de espaço de rack, ou a opção de montagem com prendedores sem

ferramentas, que não usa espaços-U (a opção de montagem com prendedores sem ferramentas está disponível apenas com racks e gabinetes APC NetShelter VX e SX).

Instalação com montagem com prendedores sem ferramentas

1. Deslize os dois prendedores de montagem nos furos localizados no canal de cabos no painel traseiro do rack.

2. Encaixe o Módulo principal no lugar pressionando-o para baixpressionando-o até que fique travadpressionando-o na ppressionando-osiçãpressionando-o.

Instalação com montagem em rack

1. Remova os prendedores para montagem sem ferramentas localizados na parte frontal da unidade. 2. Prenda os suportes (fornecidos) em cada

extremidade do Módulo principal, usando dois parafusos para cada suporte.

3. Escolha um local no rack para o Módulo principal. Nota

Esta opção talvez não esteja disponível com todos os racks.

(10)

Instalação—Módulo principal

4. Insira porcas quadradas (fornecidas com o rack) nos trilhos de montagem verticais acima de um número na parte superior de um espaço-U no rack e abaixo do mesmo número na parte inferior do espaço-U. 5. Alinhe os furos de montagem dos suportes com as

porcas quadradas instaladas e insira quatro parafusos de montagem (fornecidos com o rack) para prender os suportes no rack.

Nota

O Módulo principal ocupa um espaço-U. Um furo pré-marcado (ou um número, em racks mais novos) no trilho vertical do rack indica a metade de um espaço-U.

(11)

Instalação—Módulo TU

Adicione módulos TU ao Módulo principal para monitorar outros racks. O Módulo principal pode suportar, no máximo, 32 módulos TU (com fontes de alimentação adicionais).

Conexão de módulos TU

Para conectar o módulo TU ao Módulo principal: 1. Conecte o primeiro módulo TU a qualquer porta

com a marca A-Link na parte traseira do Módulo principal, usando um cabo direto (“patch cable”) padrão Ethernet CAT5 (ou equivalente). Não use um cabo cruzado (“crossover”) para a conexão.

2. Conecte o cabo do Módulo principal ao conector A-Link superior com a marca (indicando “entrada”) no módulo TU. Ligue o conector A-Link inferior com a marca (indicando “saída”) ao próximo módulo TU.

3. Conecte um terminador APC à porta A-Link não usada em cada extremidade da seqüência.

Não é necessário que o Módulo principal esteja no início da cadeia de módulos em cascata. É possível conectar módulos TU em cascata a partir das duas portas A-Link do Módulo principal. Sempre conecte o Módulo principal ao conector de entrada no módulo TU, conforme descrito na etapa 2.

Nota

A-Link é um barramento CAN (Controller Area Network) proprietário da APC. Dispositivos compatíveis com o A-Link não são dispositivos Ethernet e não podem coexistir em um barramento Ethernet com outros dispositivos de rede, como hubs e switches.

Nota

O comprimento máximo combinado de todos os cabos A-Link é 1000 m.

Nota

Não é possível conectar Módulos principais em cascata Módulo principal. Instale somente um Módulo principal por sistema.

(12)

Instalação—Módulo TU

 Porta A-Link usada para conectar um terminador APC.

 Módulo principal que monitora os dispositivos conectados.

 Cabo CAT5 (ou equivalente) que conecta ao módulo TU.

 Módulo TU a ser monitorado pelo Módulo principal.

Cabo CAT5 (ou equivalente) que conecta ao próximo módulo TU na configuração em cascata.

 Esta porta pode ser usada para conectar a um módulo TU ou a um terminador APC.

Módulo (AP9340) Módulo TU (AP9341) Módulo TU (AP9341) principal

(13)

Instalação—Módulo TU

Adição de fontes de alimentação

Para evitar problemas de comunicação, conecte o módulo TU ao Módulo principal ou a um módulo TU que faça parte do sistema antes de conectar uma fonte de alimentação estabilizada à entrada 24 VCC.

Se o sistema incluir luzes ou dispositivos ligados ao conector de saída de tensão +12 VCC ou +24 VCC, conecte uma fonte de alimentação estabilizada (AP9505i) à entrada 24 VCC a cada três módulos TU. Se o sistema não incluir luzes ou conexões de saída de tensão, conecte uma fonte de alimentação estabilizada (AP9505i) à entrada 24 VCC a cada dez módulos TU. Warning

Advertência

Na primeira vez em que um módulo TU recebe energia, ele solicita um endereço de identificação exclusivo do Módulo principal. Ele usa esse endereço para se comunicar com o Módulo principal. Se o módulo TU não fizer parte do sistema quando receber energia pela primeira vez, ele não poderá garantir que seu endereço de identificação é exclusivo e talvez ocorram problemas de

comunicação.

 Conecte o módulo TU ao sistema.

 Adicione uma fonte de alimentação estabilizada (AP9505i) onde necessário.

User Inputs 24 VDC Input 1 2 3 4 – + – + – + + D 0 G N D D 1 + Alarm Beacon Voltage Output User Inputs 24 VDC Input 1 2 3 4 – + – + – + + D 0 G N D D 1 + Alarm Beacon Voltage Output ae m 0 078a + + 12 24GNNO D C O M N C Módulo principal (AP9340) Módulo TU (AP9341) Módulo TU (AP9341)

(14)

Instalação—Módulo TU

Como fazer o cabeamento do Modbus

A interface Modbus suporta RS-485 de dois fios mais terra. O Modbus pode ser configurado para comunicação em 9600 ou 19200 bps. A configuração padrão é 9600 bps.

O Modbus requer resistores de terminação e polarização no barramento master. Cada extremidade do barramento requer um resistor de 150 ohms e o barramento também requer um resistor de 400 a 650 ohms de D1 até +5 VCC e de D0 até GND (terra). UNIT 2 499 OHM +5V 499 OHM GND D0 D1 UNIT 1 CONTROLLER 150 OHM G N D D D 0 1 GN D D D 0 1 SHIELD TO GND TWISTED PAIR D0 & D1 SHIELD TO GND TWISTED PAIR D0 & D1 ae m 0 06 9a BLINDAGEM PARA TERRA BLINDAGEM PARA TERRA UNIDADE 1 UNIDADE 2 PAR TRANÇADO D0 E D1 CONTROLADOR PAR TRANÇADO D0 E D1

See alsoConsultar também

Para obter mais informações, consulte o padrão Modbus em www.modbus.org. Clique no link “Modbus Standard Library” [Biblioteca do padrão Modbus] e procure o

Modbus Serial Line Implementation Guide

[Guia de Implementação da Linha Serial Modbus].

(15)

Instalação—Acessórios

Sensores

Seleção de um local para o sensor:

Instale o sensor em um local que represente o ar a ser monitorado. Evite colocar o sensor em qualquer lugar que possa afetar a sua leitura, como janelas próximas, entradas de salas, dutos de ar, outras fontes de calor ou na luz do sol direta.

Para instalar um sensor no trilho vertical de um rack APC:

1. Determine um local no trilho vertical que permitirá a você rotear e prender o cabo de 4 m de forma organizada.

2. Retire o protetor do lado adesivo de um suporte de sensor e pressione o suporte do cabo firmemente no trilho vertical.

3. Passe uma abraçadeira para cabos através do suporte do sensor.

4. Prenda o sensor no suporte do sensor com a abraçadeira. Aperte e corte a abraçadeira para cabos.

5. Passe o cabo do sensor através da abertura no pilar frontal do rack.

6. Passe os cabos entre o trilho do suporte vertical e o painel lateral. Cada cabo do sensor pode ser estendido até 15 m, no máximo, usando acoplamentos RJ-45 e cabos CAT5 padrão. Para instalar um sensor na porta de um rack APC:

1. Para um desempenho ideal do sensor, instale-o próximo à parte superior da porta do rack. A parte

ae

m

018

(16)

Instalação—Acessórios

2. Passe uma abraçadeira para cabos através dos furos da porta, pulando um furo no meio.

Se você tiver um sensor de temperatura/umidade, coloque o sensor no centro da abraçadeira para cabos e puxe-a em volta de um sulco no corpo do sensor.

Se você tiver um sensor de temperatura, puxe a

abraçadeira para cabos em volta do cabo do sensor, a cerca de 1,25 cm do sensor. 3. Aperte e corte a abraçadeira para cabos.

4. Para passar o cabo do sensor, escolha um local na parte interna do batente da porta que esteja nivelado com o sensor.

5. Retire o protetor do lado adesivo de um suporte de

ae m 007 3a aem 00 74 a

(17)

Instalação—Acessórios

7. Com a porta totalmente aberta, passe os cabos do sensor através da abertura no pilar frontal do rack.

8. Passe os cabos entre o trilho do suporte vertical e o painel lateral. Cada cabo do sensor de 4 m pode ser estendido até 15 m, no máximo, usando

acoplamentos RJ-45 e cabos CAT5 padrão. Para instalar sensores em outro local:

1. Use um dos seguintes métodos, dependendo do tipo de superfície na qual você está montando o sensor:

Para montar o sensor em uma parede ou outra

superfície lisa, retire o protetor do adesivo do suporte do sensor e coloque o suporte do sensor na parede.

Para montar o sensor em uma parede áspera ou superfície porosa, instale primeiro a ancoragem na parede. Em seguida, prenda o suporte adesivo do sensor na ancoragem na parede usando o parafuso cabeça chata fornecido.

2. Passe uma abraçadeira para cabos através do suporte do sensor e prenda o sensor com a abraçadeira. Aperte a abraçadeira para cabos e corte o excesso.

Passe de forma organizada o cabo do sensor e conecte o sensor ao dispositivo APC.

Nota

Se você usar mais de um sensor por rack, passe o cabo do sensor o mais longe possível do centro do rack primeiro. Quando passar o cabo do sensor o mais perto possível do centro do rack, prenda todos os cabos do sensor na abraçadeira para cabos. ae m 0 07 6 a

(18)

Instalação—Acessórios

Luz de alarme (opcional)

1. Instale a luz de alarme em uma posição visível na parte superior ou na parte interna do rack. 2. Se você instalar a luz na parte superior, passe seu

cabo através dos furos fornecidos, conforme mostrado na figura a seguir.

3. Conecte o cabo na porta da luz de alarme. 4. Você pode estender o cabo até 100 m, no máximo,

(19)

Instalação—Acessórios

Entradas do usuário (opcional)

Existem quatro pontos de conexão de entrada do usuário fornecidas no Módulo principal. Essas entradas usam conexões rosqueadas. Cada uma delas pode ser configurada opcionalmente como:

• Entrada de contato seco de 5 V (normalmente aberto [NA] ou normalmente fechado [NF]) • Entrada digital de 0 a 5 VCC

• Entrada analógica de 0 a 5 VCC

• Entrada de loop de corrente de 4 a 20 mA As figuras abaixo e na próxima página mostram exemplos de conexões para contatos secos NA e NF, entrada de loop de corrente de 2 fios de 4 a 20 mA e entrada de loop de corrente de 4 fios de 4 a 20 mA.

Contato normalmente aberto (NA) Fechado para alarme

Contato normalmente fechado (NF) Aberto para alarme

Sensor de 2 fios de 4 a 20 mA

(20)

Configuração rápida

Nota: desconsidere os procedimentos desta seção se você possui o APC InfraStruXure Central ou InfraStruXure Manager como parte do seu sistema. Consulte a documentação do seu dispositivo

InfraStruXure para obter mais informações.

Visão geral

Antes que o Módulo Principal possa operar em uma rede, você deve ajustar as seguintes configurações do TCP/IP:

• Endereço IP do Módulo Principal • Máscara de sub-rede

• Gateway padrão

•Nota: se um gateway padrão não estiver disponível, use o endereço IP de um computador localizado na mesma sub-rede que o Módulo Principal e que esteja em funcionamento regular. O Módulo Principal usa o gateway padrão para fazer um teste da rede quando há pouco tráfego.

•Cuidado:não use o endereço de retorno automático de dados (127.0.0.1) como endereço de gateway padrão do Módulo Principal. Isso desativa o Módulo Principal e exige que você reinicialize as configurações TCP/IP para os seus

valores padrão usando um login serial local.

•Consulte “Recursos de monitoramento” na “Introdução” do gerenciador ambiental: Guia do

usuário do Módulo Principal para

obter mais informações sobre a função de monitoramento do gateway padrão.

TCP/IP

Utilize um dos seguintes métodos para definir as configurações de TCP/IP necessárias para o Módulo principal:

• Assistente de configuração de IP do dispositivo APC (consulte “Assistente de configuração IP do dispositivo da APC” na página 17).

(21)

Visão geral

Assistente de configuração IP do dispositivo da APC

Você pode usar o assistente de configuração de IP do dispositivo APC em um computador com Windows® 2000, Windows Server 2003 ou Windows XP para definir as configurações básicas de TCP/IP do Módulo Principal.

Nota: a maioria dos firewalls de software precisa ser temporariamente desativada para que o Wizard identifique os Módulos Principais não-configurados.

1 .Insira o CD de utilitários em um computador na sua rede.

2 . Se a função de execução automática estiver ativada, a interface de usuário do CD será iniciada quando você inserir o CD. Caso contrário, abra o arquivo contents.htm no CD. 3 . Clique em Assistente de Configuração IP

do Dispositivo e siga as instruções.

Nota: se deixar a opção Start a Web browser when finished (Iniciar navegador da Web ao concluir) ativada, você poderá usar apc como User Name (nome de usuário) e Password (senha) para acessar o Módulo Principal pelo navegador.

utilitário do arquivo .ini

Para configurar vários Módulos Principais, ou para configurar um Módulo Principal a partir de um arquivo de configuração do usuário, consulte o gerenciador ambiental: Guia do Usuário do Módulo Principal, disponível no CD de utilitários incluído.

BOOTP e DHCP

Nota

BOOTP e DHCP, a configuração geral padrão para determinar como as configurações de TCP/IP são definidas, considera que um servidor DHCP ou BOOTP corretamente configurado está disponível para fornecer configurações de TCP/IP para os Módulos principais Módulo principal.

Se esses servidores não estiverem disponíveis, consulte “Assistente de configuração IP do dispositivo da APC” na página 17, “Acesso local ao console de controle” na página 20 ou “Acesso remoto

(22)

Visão geral

A configuração padrão, BOOTP e DHCP, faz com que o Módulo principal tente descobrir um servidor corretamente configurado. Ele procura primeiro um servidor BOOTP, em seguida, um servidor DHCP, e repete esse padrão até descobrir um servidor BOOTP ou DHCP.

BOOTP. Você pode usar um servidor BOOTP compatível com RFC951 para definir as configurações de TCP/IP do Módulo principal.

1. Digite os endereços MAC e IP do Módulo principal, as configurações de máscara de sub-rede e gateway padrão e um nome de arquivo de bootup opcional no arquivo BOOTPTAB do servidor BOOTP.

2. Quando o Módulo principal é iniciado, o servidor BOOTP fornece a ele as configurações de TCP/IP.

Se você especificou um nome de arquivo de bootup, o Módulo principal tentará transferir esse arquivo do servidor BOOTP usando TFTP ou FTP. O Módulo principal considera todas as configurações especificadas no arquivo de bootup.

See alsoConsultar também

Para usar um arquivo de configuração do usuário (.ini) como arquivo de inicialização BOOTP ou DHCP, usando um servidor FTP/TFTP, consulte a seção de configuração do TCP/IP do Gerenciador ambiental: Guia do Usuário do Módulo principal, disponível no CD Utilitário incluído ou no website da APC, www.apc.com.

Nota

Para obter mais informações, consulte “BOOTP” na página 18 ou “DHCP” na página 19.

Nota

Se não estiver disponível um servidor BOOTP, consulte “Assistente de configuração IP do dispositivo da APC” na página 17, “Acesso local ao console de controle” na página 20 ou “Acesso remoto ao console de controle” na página 20 para definir as configurações de TCP/IP.

See alsoConsultar também

O endereço MAC pode ser obtido na parte inferior do Módulo principal ou no folheto de Garantia da Qualidade incluído na embalagem.

(23)

Visão geral

DHCP. Você pode usar um servidor DHCP compatível com RFC2131/RFC2132 para definir as configurações de TCP/IP do Módulo principal.

1. O Módulo principal envia uma solicitação DHCP que usa os seguintes dados para se identificar:

Um identificador de classe de fornecedor (APC por padrão)

Um identificador de cliente (por padrão, o valor

do endereço MAC do Módulo principal)

Um identificador de classe de usuário (por padrão, a identificação do firmware do aplicativo do Módulo principal)

2. Um servidor DHCP corretamente configurado responde com uma oferta DHCP que inclui todas as configurações de que o Módulo principal precisa para a comunicação em rede. A oferta DHCP também inclui a opção Informações específicas do fornecedor (opção DHCP 43). Por padrão, o Módulo principal irá ignorar ofertas DHCP que não encapsulam o cookie da APC na opção Informações específicas do fornecedor usando o seguinte formato hexadecimal:

Opção 43 = 01 04 31 41 50 43 onde

o primeiro byte (01) é o código

o segundo byte (04) é o tamanho

os bytes restantes (31 41 50 43) são os

cookies da APC See alsoConsultar

também

Esta seção resume brevemente a comunicação do Módulo principal com um servidor DHCP. Para obter mais detalhes sobre como um servidor DHCP é usado para definir as configurações de rede de um Módulo principal, consulte “Configuração de DHCP” no

Gerenciador ambiental: Guia do Usuário do Módulo principal.

See alsoConsultar também

Consulte a documentação do servidor DHCP para adicionar um código à opção Informações específicas do fornecedor. Para desativar a exigência de cookie da APC para futuras ofertas DHCP, desative a configuração Exigir cookie específico do fornecedor para aceitar o endereço DHCP. Essa configuração fica disponível na interface Web quando você selecione a guia Administração, a opção Rede na barra de menus superior, TCP/IP na barra de menus lateral e BOOTP e DHCP ou DHCP em TCP/IP.

(24)

Visão geral

Acesso local ao console de controle

Você pode usar um computador local que se conecta ao Módulo principal através da porta serial na parte traseira da unidade para acessar o console de controle.

1. Selecione uma porta serial no computador local e desative todos os serviços que utilizam essa porta.

2. Use o cabo de configuração (RS-232) para conectar a porta selecionada à porta serial no painel traseiro do Módulo principal.

3. Execute um programa do tipo terminal (como o HyperTerminal®) no computador e configure a porta selecionada para 9600 bps, 8 bits de dados, sem paridade, 1 bit de parada e sem controle de fluxo e salve as alterações.

4. Pressione ENTER para exibir o prompt de Nome de usuário.

5. Use apc para o Nome de usuário e a Senha. 6. Consulte “Console de controle” na página 21 para

finalizar a configuração.

Acesso remoto ao console de controle

A partir de qualquer computador na mesma rede que o Módulo Principal, você pode usar ARP e Ping para atribuir um endereço IP a um Módulo Principal, e depois usar o Telnet para acessar o console de controle do Módulo Principal e definir as configurações necessárias de TCP/IP.

Nota: Depois que o Módulo Principal tiver seu endereço IP configurado, você poderá usar Telnet, sem usar antes ARP e Ping, para acessar esse Módulo Principal.

1 . Use o endereço MAC do Módulo Principal no comando ARP para definir o endereço IP.

Por exemplo, para definir um endereço IP 156.205.14.141 para um Módulo Principal que tenha um endereço MAC 00 c0 b7 63 9f 67, use um dos seguintes comandos:

–Formato de comando Windows®:

arp -s 156.205.14.141 00-c0-b7-63-9f-67

–Formato de comando LINUX:

arp -s 156.205.14.141 00:c0:b7:63:9f:67

Para o endereço MAC, consulte a parte inferior do Módulo Principal ou procure no envelope de Garantia de Qualidade incluído

(25)

Visão geral

ping 156.205.14.141 -s 113

3. Use o protocolo Telnet para acessar o Módulo Principal em seu novo endereço IP. Por exemplo:

telnet 156.205.14.141

4. Use apc para User Name (Nome do usuário) e Password (Senha).

5. Consulte a seção “Console de controle” para finalizar a configuração.

Console de controle

Após fazer logon no console de controle, conforme descrito em “Acesso local ao console de controle” na página 20 ou “Acesso remoto ao console de controle” na página 20:

1. Selecione Rede no menu Console de controle. 2. Selecione TCP/IPno menu Rede.

3. Se você não estiver usando um servidor BOOTP ou DHCP para definir as configurações de TCP/IP, selecione o menu Modo de inicialização. Selecione Modo de inicialização manual e, em seguida, pressione ENTER para retornar ao menu TCP/IP. (As alterações entrarão em vigor quando você fizer logoff.)

4. Defina os valores de endereço IP do sistema,

máscara de sub-rede e gateway padrão.

5. Pressione CTRL-C para sair para o menu Console de controle.

6. Faça logoff (opção 4 no menu Console de controle).

Nota

Se você desconectar um cabo durante o procedimento descrito em “Acesso local ao console de controle” na página 20, conecte novamente esse cabo e reinicie o serviço associado.

(26)

Acesso ao Módulo

Principal configurado

Visão geral

Depois que o Módulo Principal estiver em execução na sua rede, você pode acessar o Módulo Principal configurado por meio das seguintes interfaces:

• Interface Web (protocolo HTTP ou HTTPS) • Telnet ou Secure SHell (SSH)

• SNMP

• FTP ou SCP (Secure CoPy, cópia segura) para atualizar o firmware

• Modbus

Para obter mais informações sobre as interfaces, consulte o

gerenciador ambiental: Guia do

Usuário do Módulo Principal.

Interface da Web

Use o Microsoft® Internet Explorer® 5.5 e mais recentes (apenas em sistemas operacionais Windows®), navegadores baseados em Mozilla que oferecem suporte para Firefox 1.x (em todos os sistemas operacionais) ou Netscape® 7.x e mais recentes (em todos os sistemas operacionais) para acessar a interface da Web do Módulo Principal. Outros navegadores normalmente disponíveis também poderão funcionar, mas ainda não foram totalmente testados pela APC.

Quando usar o navegador da Web para configurar as opções do Módulo Principal ou para visualizar os registros de eventos e dados, você poderá usar um dos seguintes protocolos:

• O protocolo HTTP (ativado por predefinição), que fornece autenticação pelo nome de usuário e senha, mas sem criptografia.

• O protocolo HTTPS, que fornece segurança adicional por SSL (Secure Sockets Layer), criptografa nomes de usuário, senhas e dados sendo transmitidos e autentica o Módulo Principal usando certificados digitais. Para acessar a Interface da Web e configurar a segurança do dispositivo na rede:

(27)

Acesso ao Módulo Principal configurado

Para obter mais informações sobre como selecionar e configurar a segurança da rede

, c

onsulte o Manual de Segurança disponível no CD de utilitários ou no site da APC na Web, www.apc.com.

Telnet e SSH

Você poderá acessar o console de controle por meio dos protocolos Telnet ou Secure SHell (SSH), de acordo com o protocolo que estiver ativado. Selecione a guia Administration (Administração), a opção Network (Rede) na barra de menu superior e, em seguida, a opção access (acesso) sob Console no menu de navegação esquerdo. O protocolo Telnet é o protocolo padrão ativado. Ativar o protocolo SSH desativa automaticamente o protocolo Telnet.

Protocolo Telnet para acesso básico. O protocolo Telnet fornece um modo de segurança básico para autenticação por meio de nome de usuário e senha, mas não fornece os benefícios da criptografia de alta segurança. Para usar o Telnet a fim de acessar um console de controle do Módulo Principal:

1 . Mediante a apresentação do comando, use a seguinte linha de comando e pressione ENTER:

endereço telnet

Como endereço, use o endereço IP ou o nome DNS (se configurado) do Módulo Principal.

2 . Digite o nome do usuário e senha (por padrão, apc e apc para um administrador, ou device [dispositivo] e apc para um usuário de dispositivos).

SSH para um acesso de alta segurança.

Se você usar o modo de alta segurança do protocolo SSL para a interface da Web, use o Secure SHell (SSH) para acessar o console de controle. O modo SSH criptografa os nomes de usuário, senhas e dados transmitidos.

A interface, as contas de usuário e os direitos de acesso do usuário são os mesmos, quer você acesse o console de controle por meio dos protocolos SSH ou Telnet. No entanto, para usar o protocolo SSH, você deve primeiro configurar o SSH e ter o programa do cliente SSH instalado em seu computador.

(28)

Acesso ao Módulo Principal configurado

SNMP (Simple Network Management Protocol)

Somente SNMPv1. Após adicionar a MIB PowerNet® a um navegador padrão SNMP MIB, você poderá usar esse navegador para acessar o Módulo Principal. Todos os nomes de usuários, senhas e nomes de comunidades do SNMP são transferidos pela rede como texto sem formatação. O nome da comunidade de leitura padrão é public (público); o nome da comunidade de leitura/gravação padrão é private (privado).

Somente SNMPv3. Para o SNMP GETs, SETs e receptores de ajustes de registro, o SNMPv3 usa um sistema de perfis de usuário para identificar os usuários. Um usuário do SNMPv3 deve ter um perfil atribuído no programa do software MIB para executar GETs e SETs, navegar no MIB e receber ajustes de registro. As configurações padrão são

no authentication (sem autenticação) e no privacy (sem privacidade).

Nota: para usar o SNMPv3, é necessário um programa MIB que suporte o SNMPv3.

O Módulo Principal suporta apenas a autenticação MD5 e a criptografia DES.

SNMPv1 e SNMPv3. Para usar o InfraStruXure Central ou o InfraStruXure Manager para gerenciar um Módulo Principal na rede pública de um sistema InfraStruXure, é necessário ter um SNMPv1 ativado na interface da unidade. O acesso de leitura permite que os dispositivos InfraStruXure recebam ajustes de registro do Módulo Principal. O acesso de gravação é exigido quando você define o dispositivo InfraStruXure como receptor dos ajustes de registro. Para ativar ou desativar um acesso SNMP, você precisa ser um administrador Selecione a guia Administration (Administração), o menu Network (Rede) na barra de menus superior e use a opção access (acesso) em SNMPv1 ou SNMPv3 no menu de navegação à esquerda.

FTP e SCP

Você poderá usar o FTP (ativado por padrão) ou o Secure CoPy (SCP) para transferir o novo firmware do

(29)

Acesso ao Módulo Principal configurado

Para usar o InfraStruXure Manager para gerenciar o Módulo Principal, você deve ter o Servidor de FTP ativado na interface do Módulo Principal. Para ativar ou desativar o acesso ao servidor FTP, você deve ser um administrador. Na guia Administration (Administração), selecione o menu Network (Rede) na barra de menus superior e use a opção FTP Server (Servidor FTP) do menu de navegação à esquerda.

No gerenciador ambiental: Guia do

usuário do Módulo Principal, consulte

as seguintes seções:

• Para tranferir o firmware, consulte “Transferências de arquivos”.

• Para recuperar uma cópia do registro de dados ou eventos, consulte “Usar FTP ou SCP para recuperar arquivos de registro”.

Modbus

O Modbus permite exibir o Módulo principal através da interface de serviços de gerenciamento do prédio. É somente leitura.

A interface Modbus suporta RS-485 de dois fios mais terra.

Nota

O Modbus pode ser configurado para funcionar em 9600 ou 19200 bps.

See alsoConsultar também

Para acessar o mapa de registros Modbus, vá até o website da APC, www.apc.com, e procure o código AP9340.

(30)

Como recuperar após perder

uma senha

Você pode usar um computador local ou um computador que se conecta ao Módulo principal através da porta serial para acessar o console de controle.

1. Selecione uma porta serial no computador local e desative todos os serviços que utilizam essa porta. 2. Conecte o cabo serial (RS-232) à porta selecionada

no computador e à porta de console RS-232 do Módulo principal.

3. Execute um programa do tipo terminal (como o HyperTerminal) no computador e configure a porta selecionada da seguinte forma:

9600 bps 8 bits de dados

sem paridade 1 bit de parada

sem controle de fluxo

4. Pressione ENTER repetidamente, se necessário, para exibir o prompt de Nome de usuário. Se não for possível exibir o prompt de Nome de usuário, verifique o seguinte:

A porta serial não está sendo usada por outro

aplicativo.

As configurações do terminal estão corretas, conforme especificado na etapa 3.

Está sendo utilizado o cabo correto, conforme

especificado na etapa 2.

5. Pressione a chave Reset. O LED de status piscará alternadamente em laranja e verde. Pressione o botão Reset uma segunda vez imediatamente enquanto o LED está piscando para restaurar temporariamente os valores padrão de nome de usuário e senha.

6. Pressione ENTER tantas vezes quantas forem necessárias para exibir novamente o prompt de Nome de usuário e, em seguida, use o padrão apc para nome de usuário e senha. (Se você demorar mais de 30 segundos para fazer logon depois que o prompt de Nome de usuário for exibido

novamente, será necessário repetir a etapa 5 e fazer logon outra vez.)

7. No menu Console de controle, selecione Sistema e, em seguida, Gerenciador de usuários.

(31)

Especificações

Módulo principal do Gerenciador ambiental Elétricas

Tensão de entrada, nominal 100–240 VCA; 50/60 Hz Consumo máximo total de

corrente 10 A

Tensão máxima de saída Definida pela tensão de entrada

Corrente máxima de saída 10 A

Físicas

Dimensões (A × L × P) 4,42 × 43,20 × 4,42 cm

Peso 1,10 kg

Peso para transporte 2,70 kg

Dimensões para transporte

(A × L × P) 6,70 × 45,00 × 22,50 cm

Ambientais

Altitude (acima do nível médio do mar) Operação Armazenamento 0 a 3000 m0 a 15 000 m Temperatura Operação Armazenamento –15 a 65°C0 a 45ºC Umidade Operação

Armazenamento 0 a 95%, não condensante0 a 95%, não condensante

Conformidade

Aprovações CE, cUL testado para CSA

C22.2 No. 60950-1, UL 60950-1, FCC Parte 15 Classe A, ICES-003 Classe A, VCCI Classe A, EN 55022 Classe A, EN 55024, EN 61000-3-2, EN 61000-3-3, AS/NZS 3548, VDE testado para EN60950–1

(32)

Especificações

Sensores

Temperatura/umidade (AP9335TH)

Exatidão da temperatura ±±2ºC, de 0 a 40ºC Exatidão da umidade ±4% UR, 20 a 90% UR, a

25ºC ±8% UR, 30 a 80% UR, de 15 a 30ºC Temperatura de operação do sensor –10 a 70ºC Entrada do usuário tempo de resposta 200 mS Comprimento máximo do cabo 15,2 m Temperatura (AP9335T) Exatidão da temperatura ±2ºC, de 0 a 40ºC Temperatura de operação do sensor –10 a 70ºC Comprimento máximo do cabo 15,2 m A-Link Comprimento máximo do cabo 1000 m Luz Comprimento máximo do cabo 100 m

Contatos das portas

Comprimento máximo

do cabo 100 m

Tensões de saída

Tensões 12 VCC, 24 VCC

Corrente 75 mA no total para carga de

(33)

Política de suporte à vida

Política geral

A American Power Conversion (APC) não recomenda o uso de qualquer um de seus produtos nas seguintes situações:

• Em aplicações de suporte à vida em que uma falha ou um problema de funcionamento do produto da

APC possa de modo razoavelmente esperado causar falha do dispositivo de suporte à vida ou afetar significativamente sua segurança ou eficácia. • Em cuidados diretos ao paciente.

A APC não venderá seus produtos, com seu

conhecimento, para utilização em tais aplicações, a não ser que receba garantias por escrito consideradas satisfatórias pela APC de que: (a) os riscos de ferimentos ou danos tenham sido minimizados, (b) o cliente assumirá todos esses riscos e (c) a

responsabilidade da American Power Conversion esteja adequadamente protegida sob tais circunstâncias.

Exemplos de dispositivos de suporte à vida

O termo dispositivo de suporte à vida inclui mas não se limita a analisadores de oxigênio neonatais,

estimuladores de nervos (seja para uso em anestesia, analgesia ou outras finalidades), dispositivos de autotransfusão, bombas de sangue, desfibriladores, detectores e alarmes para arritmia, marca-passos, sistemas de hemodiálise, sistemas de diálise peritoneal, ventiladores neonatais, incubadores, ventiladores (para adultos e crianças), ventiladores para anestesia, bombas de infusão e quaisquer outros dispositivos designados como “críticos” pelo FDA dos EUA.

Proteção contra correntes de fuga e dispositivos de cabeamento de grau hospitalar podem ser encomendados como itens opcionais em muitos sistemas de no-break da APC. A APC não afirma que unidades com tais modificações sejam certificadas ou listadas como sendo de grau hospitalar pela APC ou por qualquer outra organização. Portanto, essas unidades não atendem aos requisitos para uso em cuidados diretos ao paciente.

(34)
(35)

Garantia de fábrica de

dois anos

Esta garantia se aplica apenas aos produtos que forem usados de acordo com as especificações deste manual.

Termos da garantia

A APC garante que seus produtos são isentos de defeitos de materiais e de mão-de-obra por um período de dois anos a partir da data de compra. A APC consertará ou substituirá os produtos com defeito que estiverem cobertos por esta garantia. Esta garantia não abrange equipamentos que tenham sido danificados por acidente, negligência ou utilização indevida, nem equipamentos que tenham sido alterados ou modificados de qualquer modo. O conserto ou a substituição de um produto com defeito não estende o período original da garantia. As peças fornecidas sob os termos desta garantia poderão ser novas ou recondicionadas.

Garantia intransferível

Esta garantia se aplica somente ao comprador original, que deve ter registrado devidamente o produto. O produto pode ser registrado no site da APC na Web, www.apc.com.

Exclusões

A APC não será responsável se seu teste e exame revelarem que o defeito do produto não existe ou que foi causado por mau uso, negligência, instalação ou teste impróprios por parte do usuário ou terceiros. Além disso, a APC não será responsável, nos termos desta garantia, por tentativas não-autorizadas de consertos ou modificação ou uso de voltagem ou conexão inadequadas, condições de operação local inapropriadas, atmosfera corrosiva, consertos, instalação, exposição aos elementos, desastres, incêndio, roubo ou instalação contrários às recomendações ou especificações da APC ou, em qualquer caso, se o número de série da APC tiver sido alterado, apagado ou removido, ou qualquer outra causa que não esteja de acordo com o uso indicado.

(36)

Garantia de fábrica de dois anos

AS GARANTIAS EXPRESSAS DA APC NÃO SERÃO AMPLIADAS, DIMINUÍDAS NEM AFETADAS, E NENHUMA OBRIGAÇÃO OU RESPONSABILIDADE SURGIRÁ EM DECORRÊNCIA DOS SERVIÇOS TÉC-NICOS PRESTADOS PELA APC OU PELA ORIENTAÇÃO OU SERVIÇOS ASSOCIA-DOS AOS PRODUTOS. AS PRESENTES GARANTIAS E RECURSOS LEGAIS SÃO EXCLUSIVOS E SUBSTITUEM TODAS AS DEMAIS GARANTIAS E RECURSOS LEGAIS. AS GARANTIAS ACIMA DESCRI-TAS CONSTITUEM A ÚNICA E EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DA APC E REPRE-SENTAM OS ÚNICOS RECURSOS LEGAIS DO COMPRADOR QUANTO A QUALQUER VIOLAÇÃO DOS TERMOS DE TAIS

GARANTIAS. AS GARANTIAS DA APC APLICAM-SE EXCLUSIVAMENTE AO COMPRADOR, E NÃO SE ESTENDEM A TERCEIROS. EM NENHUMA HIPÓTESE A APC, SEUS EXECUTIVOS, DIRETORES, AFILIADOS OU FUNCIONÁRIOS SERÃO RESPONSÁVEIS POR QUAISQUER DANOS INDIRETOS, ESPECIAIS, CONSEQÜENCIAIS OU PUNITIVOS DECORRENTES DO USO, MANUTENÇÃO OU INSTALAÇÃO DOS PRODUTOS, MESMO QUE TAIS DANOS SEJAM ORIGINADOS POR CONTRATO OU VIOLAÇÃO CONTRATUAL, INDEPENDENTEMENTE DE CULPA, NEGLIGÊNCIA OU RESPONSABILIDADE ESTRITA OU DE A APC TER SIDO

NOTIFICADA OU NÃO DA POSSIBILIDADE DE OCORRÊNCIA DE TAIS DANOS.

ESPECIFICAMENTE, A APC NÃO SE RESPONSABILIZA POR QUAISQUER CUSTOS, TAIS COMO PERDAS DE VENDAS OU LUCROS CESSANTES, PERDA DE EQUIPAMENTO, PERDA DE USO DE EQUIPAMENTO, PERDA DE PROGRAMAS DE SOFTWARE, PERDA DE DADOS, CUSTOS DE REPOSIÇÃO, RECLAMAÇÕES DE TERCEIROS OU QUALQUER

(37)

Garantia de fábrica de dois anos

Pedidos de cobertura da garantia

Os clientes que tiverem pedidos de cobertura da garantia poderão acessar a rede de atendimento ao cliente da APC na página Support (Suporte) do site da APC na Web, www.apc.com/support. Selecione seu país no menu suspenso de seleção de países, na parte superior da página da Web. Selecione a guia Support (Suporte) para obter informações de contato do serviço de

(38)

Interferência de

radiofreqüência

Alterações ou modificações nesta unidade que não tenham sido expressamente aprovadas pela parte responsável por atendimento a normas podem fazer com que o usuário perca a autorização para operar este equipamento.

USA— FCC

This equipment has been tested and found to comply with the limits for a Class A digital device, pursuant to part 15 of the FCC Rules. These limits are designed to provide reasonable protection against harmful interference when the equipment is operated in a commercial environment. This equipment generates, uses, and can radiate radio frequency energy and, if not installed and used in accordance with this user manual, may cause harmful interference to radio

communications. Operation of this equipment in a residential area is likely to cause harmful interference. The user will bear sole responsibility for correcting such interference.

Canada— ICES

This Class A digital apparatus complies with Canadian ICES-003.

Cet appareil numérique de la classe A est conforme à la norme NMB-003 du Canada.

Japan— VCCI

This is a Class A product based on the standard of the Voluntary Control Council for Interference by Information Technology Equipment (VCCI). If this equipment is used in a domestic environment, radio disturbance may occur, in which case, the user may be required to take corrective actions.

この装置は、情報処理装置等電波障害自主規制協 議会(

VCCI

)の基準 に基づくクラス

A

情報技術装置です。この装置 を家庭環境で使用すると、電波 妨害を引き起こすことがあります。この場合に は、使用者が適切な対策を講ず Warning Advertência

(39)

Australia and New Zealand

Attention: This is a Class A product. In a domestic

environment this product may cause radio interference in which case the user may be required to take adequate measures.

European Union

This product is in conformity with the protection requirements of EU Council Directive 89/336/EEC on the approximation of the laws of the Member States relating to electromagnetic compatibility. APC cannot accept responsibility for any failure to satisfy the protection requirements resulting from an unapproved modification of the product.

This product has been tested and found to comply with the limits for Class A Information Technology

Equipment according to CISPR 22/European Standard EN 55022. The limits for Class A equipment were derived for commercial and industrial environments to provide a reasonable protection against interference with licensed communication equipment.

Attention: This is a Class A product. In a domestic

environment this product may cause radio interference in which case the user may be required to take adequate measures.

(40)

Serviço de Atendimento ao

Cliente Mundial da APC

O Serviço de Atendimento ao Cliente para este ou qualquer outro produto da APC está disponível sem custo de uma das seguintes maneiras:

• Visite o website da APC para acessar documentos na Base de Conhecimento da APC e para enviar solicitações ao Serviço de Atendimento ao Cliente.

– www.apc.com (sede corporativa)

Visite os websites localizados da APC de países específicos para obter em cada um deles informações sobre o Serviço de Atendimento ao Cliente.

– www.apc.com/support/

Suporte global para pesquisas na Base de

Conhecimento da APC e uso de suporte por e-mail. • Entre em contato com um centro de Serviços de

Atendimento ao Cliente da APC por telefone ou e-mail. – Centros regionais:

– Centros locais específicos do país: vá para

www.apc.com/support/contact para obter informações sobre contato.

Entre em contato com o representante da APC ou outro distribuidor do qual adquiriu o produto APC para obter informações sobre como acessar o Serviço de Atendimento ao

Linha Direta de Suporte ao Cliente

InfraStruXure

(1)(877)537-0607 (ligação gratuita) Sede da APC nos

E.U.A. e Canadá (1)(800)800-4272 (ligação gratuita)

América Latina (1)(401)789-5735

(EUA) Europa, Oriente Médio

e África (353)(91)702000 (Irlanda) Japão (0) 35434-2021 Austrália, Nova Zelândia, área do Pacífico Sul (61) (2) 9955 9366 (Austrália)

Imagem

temas relacionados :