Esta é uma tradução do relatório de provas sucinto nº de 3 de Abril de 2009

Texto

(1)

ift Rosenheim GmbH Gerentes:

Dipl.-Ing. (FH) Ulrich Sieberath Dr. Jochen Peichl Theodor-Gietl-Str. 7-9 D-83026 Rosenheim Tel. +49 8031 / 261-0 Fax +49 8031 / 261-290 www.ift-rosenheim.de Sede: 83026 Rosenheim AG Traunstein, HRB 14763 Sparkasse Rosenheim Cta. 3822 BLZ (Cód. ident. banc.) 711 500 00

Laboratorio de ensayos, verificación y certificación acreditado con el nº: BAY18 Notificación en Europa: Nº 0757

Relatório de prova sucinto

Resistência à carga do vento, hermeticidade à água,

permeabilidade ao ar, forças de manobra, resistência à carga vertical, resistência a aberturas e fechos repetidos, resistência mecânica dos dispositivos de segurança Nº 101 32799sp

Esta é uma tradução do relatório de provas sucinto nº 101 32799 de 3 de Abril de 2009

Cliente aluplast GmbH Auf der Breit 2 76227 Karlsruhe Elemento

Janelas e portas de varanda com os tipos de abertura:

de batente, oscilo-batente, fixo e de duas folhas com montante central activo, corredora paralela basculante.

Denominação do

sistema IDEAL 5000 / IDEAL 6000 Material do

caixilho PVC-U/branco Descrição do

sistema Consulte o anexo 3

Particularidades

Amostra de ensaio 2-5 de perfis conforme a EN 12608, classe B (espessura das superfícies visíveis  2,5 mm, das superfícies não visíveis  2,0 mm). Amostra de ensaio 1 2 3 4 Representação Dimensões das janelas em [mm] 1484 x 2384 884 x 2384 1492 x 2384 2589 x 2184 Prova Classificação EN12210 Resistência à carga do vento C4 / B5 C5 / B5 C5 / B5 C5 / B5 EN12208 Hermeticidade à água E 900 E 750 E 750 E 750 EN12207 Permeabilidade ao ar 4 4 4 4 EN13115 Forças de manobra 2 1 1 1 EN13115 Carga vertical, torção 4 4 4 4 EN12400 Resistência a aberturas e fechos repetidos 2 2 2 2 EN13049 Impacto de corpo mole e pesado 2*

* Esta propriedade foi comprovada exemplarmente no corpo de prova 2 Resistência mecânica dos dispositivos de segurança Cumpre as

exigências Cumpre as exigências Cumpre as exigências Cumpre as exigências A directiva ift FE-06/1 (Agosto de 2005) “Comprovação das uniões em T

mecânicas e soldadas ponta a ponta em janelas de PVC” Cumpre as exigências Prova de contraste contra um obstáculo e prova de impedimento ao fecho

conforme RAL-RG 607/3: 1995-02 “Normas de qualidade e ensaio para

ferragens batentes e oscilo-batentes. Cumpre as exigências ift Rosenheim

3 de Abril de 2009

Jörn Peter Lass, Dipl.-Eng. (FH) Robert Kolacny, Dipl.-Eng. (FH) Chefe do centro de provas Engenheiro de provas Centro janelas e fachadas do ift Centro janelas e fachadas do ift

Bases

EN 14351-1 : 2006-03, Janelas e portas exteriores – Norma de produto Normas de ensaio: EN 1026 : 2000-06 EN 1027 : 2000-06 EN 12211 : 2000-06 EN 12046–1 : 2003-11 EN 14608 : 2004-03 EN 14609 : 2004-03 EN 1191 : 2000-02 RAL-RG 607/3 Representação Indicações de uso

Este relatório de provas serve para a comprovação das propriedades acima mencionadas para janelas conforme a EN 14351-1: 2006-03. Validez

Os resultados de prova podem ser transferidos conforme a matriz de transferência (ponto 2). Não se tiveram em consideração sinais de envelhecimento ou influências meteorológicas.

Indicações de publicação Aplica-se a folha informativa ift “Condições e observações sobre o uso da documentação de provas de ift”.

Conteúdo

O certificado de prova do sistema contém 91 páginas.

Anexo 1 Relatórios justificativos de base

Anexo 2 Matriz de transferência Anexo 3 Extracto da descrição

do sistema Anexo 4 Características

importantes do sistema

(2)

Anexo 1 Hoja

Relatório justificativo sucinto Empresa

Relatórios justificativos de base

1 de 1

101 32799sp, tradução de 8 de Maio de 2009 aluplast GmbH, 76227 Karlsruhe

1

Relatórios justificativos tomados como base

Representação Tipo de produto Autorização mediante relatórios

justificativos / pareceres periciais 1

Produto provado Elemento de janela: folha de janela oscilo-batente situada na parte superior com travessa divisora em cruz e vidro fixo subjacente (com união de travessa mecânica). Dimensões ext. (l x a) 1484 mm x 2384 mm. Relatório justificativo 155 32799 de 22 de Fevereiro de 2008.

Os resultados de prova podem ser transferidos conforme a matriz de transferência (ponto 2). Devem-se observar as tabelas de dimensões da descrição do sistema.

2

Produto provado Porta de varanda oscilo-batente de uma folha. Dimensões exteriores (l x a) 884 mm x 2384 mm

Relatório justificativo 101 32799/3 R1 de 23 de Fevereiro de 2008.

Os resultados de prova podem ser transferidos conforme a matriz de transferência (ponto 2). Devem-se observar as tabelas de dimensões da descrição do sistema.

3 Janela de batente/oscilo-batente de duas folhas

com montante central activo. Dimensões exteriores (l x a) 1492 mm x 2384 mm Relatório justificativo 101 32799/5 R2 de 28 de Fevereiro de 2008.

Os resultados de prova podem ser transferidos conforme a matriz de transferência (ponto 2). Devem-se observar as tabelas de dimensões da descrição do sistema.

4

Produto provado Porta de varanda corredora paralela basculante de uma folha Dimensões exteriores (l x a) 2589 mm x 2184 mm

Relatório justificativo 101 32799/4 de 27 de Outubro de 2007.

Os resultados de prova podem ser transferidos conforme a matriz de transferência (ponto 2). Devem-se observar as tabelas de dimensões da descrição do sistema.

5

Produto provado Amostra de ensaio para a comprovação da união mecânica dos montantes Dimensões exteriores (a x a) 1200 mm x 1200 mm

Relatório justificativo 103 32799 de 9 de Março de 2006.

Foram cumpridos os requisitos estabelecidos na directiva para a comprovação das uniões mecânicas em janelas de PVC (FE-06/1).

O relatório justificativo sucinto é aplicado aos tipos de produto determinados na lista de tipos de produto, descritos detalhadamente nos justificativos que servem de base. As variantes de versão permitidas estão mencionadas na lista de tipos.

O presente relatório de provas sucinto não permite a emissão de conclusões relativas a outras características de rendimento e qualidade da construção aqui considerada.

(3)

A n ex o 2 P ag in a R el at ó rio d e p ro va s u cin to E m p re sa M at riz d e t ra n sf er ên ci a 1 de 3 10 1 32 79 9s p, tr ad uç ão d e 8 d e M aio d e 20 09 alu pla st G m bH , 7 62 27 K ar ls ru he Transferência possível para Elemento provado Nº de ordem 1) 5)

x

1)

x

1)

x

1)

x

1)

x

1) 3) 6)

x

1) 4) 5)

x

1) 2) 3) 7) Nº de ordem 2

x

1) 8)

x

1) 8)

x

1) 8)

x

1) 2) 3) 6) 8)

x

1) 4) 5) 8)

x

1) 2) 3) 7) 8)

Transferência possível para o tamanho de folha provado ou mais pequeno, sempre que as distâncias de bloqueio e o formato sejam semelhantes, se observe o peso da folha e a qualidade de fabrico se mantenha invariável. Devem-se respeitar as dimensões especificadas na descrição do sistema para os diferentes perfis de folha.

1) Com e sem travessas divisoras do vidro 5) Vidro fixo em cima e/ou em baixo

2) Distribuição simétrica e assimétrica 6) Vidro fixo de um ou de ambos os lados

3) Montante concebido adequadamente do ponto de vista estático 7) Com montantes, não como janela com montante 4) Travessa concebida adequadamente do ponto de vista estático central activo

8) Como porta de varanda (não é possível um vidro fixo subjacente)

2

M

a

tri

z d

e

tr

a

n

s

fe

n

c

ia

(4)

A n ex o 2 P ag in a R el at ó rio d e p ro va s u cin to E m p re sa M at riz d e t ra n sf er ên ci a 2 de 3 10 1 32 79 9s p, tr ad uç ão d e 8 d e M aio d e 20 09 alu pla st G m bH , 7 62 27 K ar ls ru he Transferência possível para Elemento provado Nº de ordem 3

x

1) 2) 4) 5)

x

x

1) 2)

x

x

1) 2) 4) 6)

Transferência possível para o tamanho de folha provado ou mais pequeno, sempre que as distâncias de bloqueio e o formato sejam semelhantes, se observe o peso da folha e a qualidade de fabrico se mantenha invariável. Devem-se respeitar as dimensões especificadas na descrição do sistema para os diferentes perfis de folha.

5) Com e sem travessas divisoras do vidro 5) Vidro fixo em cima e/ou em baixo

6) Distribuição simétrica e assimétrica 6) Vidro fixo de um ou de ambos os lados

7) Montante concebido adequadamente do ponto de vista estático 7) Com montantes, não como janela com montante 8) Travessa concebida adequadamente do ponto de vista estático central activo

(5)

A n ex o 2 P ag in a R el at ó rio d e p ro va s u cin to E m p re sa M at riz d e t ra n sf er ên ci a 3 de 3 10 1 32 79 9s p, tr ad uç ão d e 8 d e M aio d e 20 09 alu pla st G m bH , 7 62 27 K ar ls ru he Transferência possível para Elemento provado

x

1) 2) 3)

x

1) 2) 3)

x

1)

Transferência possível para o tamanho de folha provado ou mais pequeno, sempre que as distâncias de bloqueio e o formato sejam semelhantes, se observe o peso da folha e a qualidade de fabrico se mantenha invariável. Devem-se respeitar as dimensões especificadas na descrição do sistema para os diferentes perfis de folha.

9) Com e sem travessas divisoras do vidro 5) Vidro fixo em cima e/ou em baixo

10) Distribuição simétrica e assimétrica 6) Vidro fixo de um ou de ambos os lados

11) Montante concebido adequadamente do ponto de vista estático 7) Com montantes, não como janela com montante 12) Travessa concebida adequadamente do ponto de vista estático central activo

(6)

Anexo 4 Página

Certificado de prova Empresa

Características importantes do sistema

1 de 2

101 32799sp, , tradução de 8 de Maio de 2009 aluplast GmbH, 76227 Karlsruhe

* Se se utilizarem ferragens de outro fabricante é necessário comprovar a sua aptidão conforme EN 13126-1 etc seq. e DIN EN 1670.

4

Características importantes do sistema

Caixilhos

Perfis de caixilho Perfis principais provados:

Caixilhos: 150402, 150403, 150410, 150412, 160403 Caixilhos folha: 150423, 150424, 150425, 150431, 150432,

160425,160432 Perfil inversor: 160466

Perfis em T: 150444,160443,140441,160446,160445 Uniões de perfis Caixilhos e caixilhos da folha cortados em ângulo e

soldados

Elemento de união em T (consulte o anexo 3).

Forma de encaixe Franquia 12 +1,5 , 12 –0,5

Junta de encaixe Incorporada por extrusão, TPE, soldada em ângulo com o caixilho da folha ou com o caixilho, juntas de EPDM enroladas em fábrica, colocadas sem corte a ângulo à volta do ângulo e juntadas topo a topo em cima e coladas.

Escoamento do encaixe O escoamento é realizado por ranhuras escalonadas para o interior e para o exterior, com umas dimensões mínimas de 5 mm x 25 mm, e as ranhuras exteriores desalinhadas em 50 mm. A distância máx. entre as ranhuras é de 700 mm, e o escoamento do caixilho para o exterior é realizado mediante 2 ranhuras.

A prova foi realizada com ranhuras de 5 mm x 30 mm e um escoamento do caixilho mediante 3 ranhuras. Compensação da pressão Junta dupla exterior desenganchada em cima de 2 x 50

mm (consulte os relatórios justificativos), observe as disposições da descrição do sistema.

Reforço

Dimensões de inserção Aprox. 10 mm de distância ao ângulo interior. Aparafusamento Perfis brancos: intervalos máximos de 350 mm

Perfis de folha brancos: intervalos máximos 300 mm

Ferragens

Produto* Provado com Roto NT, Roto Frank AG Euro Jet, Gretsch Unitas GmbH

Autopilot, Winkhaus Technik GmbH Favorit, Siegenia GmbH

(7)

Anexo 4 Página

Certificado de prova Empresa

Características importantes do sistema

2 de 2

101 32799sp, , tradução de 8 de Maio de 2009 aluplast GmbH, 76227 Karlsruhe

* Se se utilizarem ferragens de outro fabricante é necessário comprovar a sua aptidão conforme EN 13126-1 etc seq. e DIN EN 1670.

Fixação A placa de ferragem é fixada com parafusos de Ø 4,2 mm através de uma lâmina de PVC.

Na dobradiça angular o aparafusamento é realizado com 3 parafusos de Ø 4,2 mm no perfil de reforço e 1 parafuso de Ø 4,2 mm no perfil de PVC.

O aparafusamento das chapas-testa é realizado através de uma lâmina de PVC com os parafusos de Ø 4,2 mm. O aparafusamento do suporte da folha é realizado através de três lâminas de PVC com parafusos de Ø 4,2 mm.

Distancia máx. de bloqueio 860 mm

Vidro Unidade de vidros isolantes

Junta do vidro exterior Junta de batente incorporada por extrusão, TPE, soldada com o caixilho e juntas EPDM colocadas em fábrica.

Junta do vidro interior Listéis de suporte do vidro com juntas de TPE

incorporadas por extrusão, listéis de suporte do vidro, cortados em ângulo.

Compensação da pressão A ventilação e desarejamento do encaixe do vidro são realizadas em cima e em baixo, horizontalmente, com pelo menos 2 ranhuras escalonadas, fresadas de 5 mm x 20 mm.

Imagem

Referências

temas relacionados :