• Nenhum resultado encontrado

DADOS DA AÇÃO DE EXTENSÃO. Período: 02/05/2017 a 30/11/2017

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "DADOS DA AÇÃO DE EXTENSÃO. Período: 02/05/2017 a 30/11/2017"

Copied!
22
0
0

Texto

(1)

DADOS DA AÇÃO DE EXTENSÃO DADOS GERAIS

Código:PJxxx-2017

Título:IFC e Esporte: uma grande jogada

Categoria:PROJETO Abrangência:Local

Ano:2017 Período:02/05/2017 a

30/11/2017 Unidade

Proponente:COORD GERAL DE ENSINO - SRS / CAMP/SRS Unidade

Orçamentária: Outras Unidades Envolvidas:

Área do CNPq:Ciências da Saúde Área Principal:EDUCAÇÃO

Nº Bolsas

Solicitadas:1 Concedidas:Nº Bolsas0

Tipo de Cadastro:SUBMISSÃO DE NOVA PROPOSTA Público Alvo

Interno:Discentes e servidores

Público Alvo Externo: Comunidade no entorno do CSRS Público Estimado Externo:20 pessoas Público Estimado Interno:200 pessoas Público Real Atingido:Não informado Grupo Permanente

de Arte e Cultura:NÃO Fonte de Financiamento:

FINANCIAMENTO INTERNO (Santa Rosa do Sul Edital n° 05/2017 -

Categoria B seleção de projetos de Extensão) Renovação:NÃO

Linha de Atuação:Arranjos Produtivos Locais - APL Faz parte de

Programa de Extensão?

(2)

Situação:SUBMETIDA MUNICÍPIO REALIZAÇÃO

Estado Município Bairro Espaço Realização

Santa Catarina SANTA ROSA DO SUL Ginásio de esportes CSRS

DETALHES DA AÇÃO

Resumo:

O presente projeto busca desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido. O projeto conta com aulas semanais de modalidades esportivas como: basquetebol, futsal, futebol, jiu-jitsu, voleibol, tênis de mesa, xadrez, entre outras (a serem definidas conforme haja colaboradores que integrem ao projeto), organização de eventos esportivos e participação em eventos externos de mesma natureza. Os alunos participantes do projeto são selecionados por ordem de inscrição junto ao Coordenação de Assistência ao Educando - CGAE, sendo ofertadas 24 vagas por modalidade. Podem participar alunos dos cursos ofertados pelo campus, assim como servidores e moradores da comunidade em que se localiza o IFC-SRS.

Justificativa:

O projeto justifica-se pelo caráter pedagógico do esporte, que têm como finalidade a formação integral do ser humano, o que vai ao encontro do projeto pedagógico da instituição. As práticas esportivas possibilitam o resgate do caráter lúdico dos movimentos do ser humano, o esporte é um meio de amplo poder de socialização, que contribui com o pleno exercício da cidadania. Assim como, a prática de esportes é fundamental para uma vida saudável. Muitas dos jovens que vivem em uma instituição de ensino integral como o IFC campus Santa Rosa do Sul estão, em certa medida, expostos a ociosidade no que se refere à atividade física. Por este motivo, a prática do esporte deve ser incentivada, como meio de complementar a educação, de forma especial para hábitos de vida ativa. O Esporte possibilita ao jovem o estabelecimento de conceitos e valores que podem contribuir para a formação de um cidadão ético e responsável socialmente. Conceitos como liderança, cooperação, solidariedade, trabalho em equipe e qualidade de vida, podem ser fortalecidos no ambiente educativo proporcionado pelo esporte. O incentivo à permanência no ambiente escolar através de projetos voltados ao esporte favorece o desenvolvimento integral do aluno, pois sua participação nesses programas deve estar vinculada ao aprendizado escolar, aumentando a identificação com o ambiente, proporcionando uma maior valorização de professores e funcionários e outros participantes dos projetos. Além do que, o esporte é uma ferramenta estratégica como meio “de agregar, fortalecer, construir, ampliar e preservar a imagem de uma instituição, personalidade, marca ou produto” (POIT 2006, p.54), agregando valores à marca ou a imagem, aumentando o reconhecimento do público e proporcionando maior credibilidade. Assim, no intuito de contribuir constantemente com desenvolvimento integral do ser humano e divulgar a marca IFC, o Instituto Federal Catarinense Campus Santa Rosa do Sul - CSRS por meio de seu departamento de extensão, constitui e promove o projeto em questão.

(3)

Fundamentação Teórica: O esporte é uma manifestação social de grande expressividade que atualmente está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas. Detentor de um vasto repertório de experiências constituídas ao longo da história da sociedade, que geram uma riqueza de possibilidades de intervenção junto ao ser humano nos diferentes contextos. Segundo Hassenpflug (2004) é possível apreender sua importância pelas inúmeras inter-relações que mantém com a dimensão social, política e econômica na sociedade atual, e o significado que possui na vida das pessoas em todo o mundo. Variadas são as relações do esporte com os mais diferentes contextos, entre os quais, a educação. Neste sentido, Hassenpflug (2004, p.13) destaca que: [...] o esporte é, mais do que uma ferramenta, um método privilegiado que contribui de forma significativa para a educação integral das novas gerações, preparando-se para enfrentar com competência os desafios presentes em sua vida pessoal, social e profissional. Ainda neste sentido, cabe ressaltar que não é de hoje que o esporte passou a ser visto como algo a mais do que apenas um esforço físico, configurando-se também como um meio de alcançar outros fins, como o de se educar pelo esporte, caracterizando um legado (DACOSTA et al., 2008). Entretanto, cabe ressaltar que há um consenso na literatura da área que o esporte não é educativo a priori, ou seja, ele pode ser educativo ou não, o que determina a sua qualidade é a maneira como é vivenciado e os valores que o norteiam (GONZÁLEZ et al., 2014; SCAGLIA et al., 2014). Acredita-se que o esporte na escola, deva pautar-se por princípios do esporte educativo e não do esporte de rendimento, que pauta-se pela sobrepujança, selecionamento, instrumentalização e especialização, precoces e exageradas. Deve-se pautar em condutas pedagógicas que favoreçam para que o ato de jogar seja sentido e gere significado ao jogo jogado e ao jogador, não mais reduzindo o ensino de esportes a transmissão de conhecimentos prontos ou imitações de gestos esportivos, em que o aluno seja apenas um receptor passivo, acrítico e ingênuo. Como diria Reverdito et al. (2013), aprender esporte implica conhecimentos, saberes e valores produzidos culturalmente, com a finalidade de realizar, na humanidade, a humanização dos seres humanos. É por meio de ações desta natureza, como está aqui apresentada, que podemos estimular o desenvolvimento de uma cultura esportiva, democratizando o acesso ao esporte, e por consequência melhorar a qualidade de vida de cada um de seus beneficiados e, por que não também, a qualidade da oferta do esporte em nossa sociedade, ou seja, de um esporte que agrega, forma, e não simplesmente, classifica e exclui.

Metodologia:

O projeto contará com aulas semanais de modalidades esportivas como: voleibol, tênis de mesa, xadrez, entre outras (a serem definidas conforme haja colaboradores que integrem ao projeto). Os alunos participantes do projeto serão selecionados por ordem de inscrição junto a Coordenação de assistência ao Educando - CGAE, sendo ofertadas 24 vagas por modalidade. Podem participar alunos dos cursos ofertados pelo campus, assim como servidores e moradores da comunidade em que se localiza o IFC-SRS. Sendo que, caso haja um demanda maior do que a oferta haverá uma lista de espera. Os critérios para permanência no projeto e participação em eventos externos seguem o documento de normas para liberação de alunos para participação em atividades extraclasse. As aulas consistirão de um a dois encontros semanais, tendo cada sessão, duração de aproximada de 1 hora e 30 minutos, os quais acontecerão no Ginásio Poliesportivo do IFC - Campus Santa Rosa do Sul. As sessões de treino consistem em atividades adaptadas que permitam a inclusão de todos e aprendizagens gradativas, de acordo com o ritmo de cada um. Sendo programadas para que os participantes possam experimentar situações que estimulem os princípios de cooperação, respeito, superação,coeducação,

(4)

emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade. Ainda dentro das possíveis atividades a serem vivencias, será programada a organização de eventos esportivos internos e participação em eventos esportivos municipais, regionais, estaduais e nacionais, como: Campeonato municipal, Jogos escolares de Santa Catarina – JESC, Jogos dos Institutos Federais etapa Sul – JIF SUL, entre outros. Assim como, participarão na elaboração de oficinas esportivas a serem desenvolvidas para alunos do ensino fundamental pertencentes à rede pública de ensino.

Referências:

DACOSTA, L. et al. Legados de megaeventos esportivos. Brasília: Ministério do Esporte, 2008. GONZALEZ, F.J.; MOREIRA, E. C.; DARIDO, S. C. et al. Nas pegadas do esporte educacional. In: MARINHO, A.; NASCIMENTO, J. V.; OLIVEIRA, A. A. B. Legados do Esporte brasileiro. Florianópolis: Ed. Da UDESC, 2014. HASSENPFLUG, W. N. Educação pelo esporte: Educação para o Desenvolvimento Humano pelo Esporte. São Paulo: Saraiva/Instituto Ayrton Senna, 2004. REVERDITO, R; SCAGLIA, A. J.; PAES, R. R. Pedagogia do esporte: conceito e cenário contemporâneo. In: REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J.; MONTAGNER, P. C. Pedagogia do esporte: aspectos conceituais da competição e estudos aplicados. São Paulo: Phorte, 2013. SCAGLIA, A, J.; REVERDITO, R. S.; GALATTI, L. R. A contribuição da pedagogia do esporte ao ensino do esporte na escola: tensões e reflexões metodológicas. In: MARINHO, A.; NASCIMENTO, J. V.; OLIVEIRA, A. A. B. Legados do Esporte brasileiro. Florianópolis: Ed. Da UDESC, 2014.

Objetivos Gerais:

Objetivo Geral: Desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido. Objetivos Específicos: - Promover o intercâmbio esportivo, educacional e cultural; - Dar continuidade ao processo pedagógico vivenciado no IFC campus Santa Rosa do Sul, principalmente durante as aulas de educação física; - Garantir o conhecimento do esporte de modo a possibilitar maior oportunidade de acesso à prática do esporte escolar aos alunos-atletas; - Desenvolver os princípios de coeducação, emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade; - Divulgar a marca IFC por meio da participação nos eventos esportivos escolares promovidos no Estado, de forma especial os de âmbito regional.

Resultados Esperados

- Ampliação das possibilidades do uso das práticas corporais, de forma proficiente e autônoma, para potencializar o seu envolvimento em contextos de lazer e a ampliação das redes de sociabilidade. - Manutenção e melhora do desempenho acadêmico (o desempenho acadêmico será definido com um dos critérios para a participação em eventos externos). - Consolidação de um espaço voltado ao intercâmbio esportivo, educacional e cultural; - Fortalecimento do reconhecimento e legitimidade da importância da disciplina de Educação Física; - Garantia do conhecimento do esporte de modo a possibilitar maior oportunidade de acesso à prática do esporte escolar aos alunos-atletas; - Desenvolvimento dos princípios de coeducação, emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade; - Divulgação da marca IFC, de forma especial no âmbito regional.

CONTATO

Coordenação:FERNANDO

(5)

BITENCOURT MEMBROS DA EQUIPE

Nome Categoria Função Unidade Início Fim

FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT DOCENTE COORDENADOR(A) CGE/SRS 02/05/2017 30/11/2017 PAULO FERNANDO MESQUITA JUNIOR DOCENTE COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) CGE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

MAURICIO DUARTE ANASTACIO SERVIDOR COLABORADOR(A) CEE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

CLEBER MACHADO DOCENTE INSTRUTOR / SUPERVISOR DDE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

KAROLAINY BENEDET DO SANTOS EXTERNO ASSESSOR 02/05/2017 30/11/2017

JOSÉ VITOR ALVES SILVEIRA DISCENTE MONITOR(A) CAMP/SRS 02/05/2017 30/11/2017

OBJETIVOS/ATIVIDADES

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

1. Assessoria 02/05/2017 a 30/11/2017 20 h

Participantes Relacionados:

1. KAROLAINY BENEDET DO SANTOS - ASSESSOR 20 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

2. Coordenação adjunta, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 02/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. PAULO FERNANDO MESQUITA JUNIOR - COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) 150 h

2. JOSÉ VITOR ALVES SILVEIRA - MONITOR(A) 90 h

3. CLEBER MACHADO - INSTRUTOR / SUPERVISOR 150 h

4. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) 150 h

5. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) 150 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

3. Instrução de treinamentos. 05/05/2017 a 30/11/2017 100 h

Participantes Relacionados:

(6)

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária: 4. Supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. CLEBER MACHADO - INSTRUTOR / SUPERVISOR 150 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

5. Coordenação, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) 150 h

2. MAURICIO DUARTE ANASTACIO - COLABORADOR(A) 100 h

PARTICIPANTES DA AÇÃO DE EXTENSÃO

Clique aqui para visualizar os participantes desta ação de extensão DISCENTES COM PLANOS DE TRABALHO

Nome Vínculo Situação Início Fim

Discentes não informados AÇÕES VINCULADAS AO PROJETO

Código - Título Tipo

Não há ações vinculadas AÇÕES DAS QUAIS O PROJETO FAZ PARTE

Esta ação não faz parte de outros projetos ou programas de extensão OBJETIVOS / RESULTADOS ESPERADOS

Objetivos Quantitativos Qualitativos

Desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido.

(7)

Objetivos Quantitativos Qualitativos

CRONOGRAMA

Descrição das atividades desenvolvidas Período

Assessoria 02/05/2017 a 30/11/2017

Coordenação adjunta, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 02/05/2017 a 30/11/2017

Instrução de treinamentos. 05/05/2017 a 30/11/2017

Supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017

Coordenação, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 ORÇAMENTO DETALHADO

Descrição Valor Unitário Quant. Valor Total

MATERIAL DE CONSUMO

Uniforme esportivo para futebol Masculino, com vinte peças, com camisetas em poliéster (100% poliéster), manga curta, numeradas na frente e costas, gola V, com logo da instituição em transfer. Dimensões Aproximadas: P: 48x56 cm. M: 50x58 cm. G: 52x60 cm. GG: 54x62 cm (LxA). Com bermudas numeradas, no mesmo material, Cós com

elástico. Dimensões Aproximadas: P: 38x38 cm (LxA), M: 40x40 cm (LxA), G: 42x42 cm (LxA), GG: 44x44 cm (LxA). E meiões, material: Algodão, Composição: 98% Poliamida, 2% Elastano, com punho com elastano que mantém a meia no lugar sem apertar. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 1.000,00 1.0 R$ 1.000,00

Bolsa para carregar bolas de futebol coma logo da instituição na lateral.

Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC. R$ 60,00 2.0 R$ 120,00 Camiseta gola polo masculina, em poliéster (100% poliéster), manga

curta, com logo da instituição em transfer na frente, e com a escrita nas costas “Santa Rosa do Sull”. Dimensões Aproximadas: P: 48x56 cm. M: 50x58 cm. G: 52x60 cm. GG: 54x62 cm (LxA). Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

(8)

Descrição Valor Unitário Quant. Valor Total Camiseta gola polo feminina, em poliéster (100% poliéster), manga

curta, com logo da instituição em transfer na frente, e com a escrita “Santa Rosa do Sul” nas costas. Dimensões Aproximadas: P: 40x54 cm.M: 42x56 cm.G: 44x58 cm.GG: 46x60 cm (LxA. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 65,00 20.0 R$ 1.300,00

Troféu personalizado com o logo do evento e logo do Instituto Federal Catarinense – Campus Santa Rosa do Sul, com medidas mínimas de 30 cm x 30cm; Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo DDE.

R$ 70,00 10.0 R$ 700,00

Medalhas (5cm diâmetro) com logo do evento, modalidade, colocação. Com fita na cor vermelha. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC

R$ 5,00 200.0 R$ 1.000,00

Uniforme esportivo para futsal feminino com doze peças, com

camisetas em poliéster (100% poliéster), manga curta, numeradas na frente e costas, gola V, com logo da instituição em transfer. Dimensões Aproximadas: P: 40x54 cm.M: 42x56 cm.G: 44x58 cm.GG: 46x60 cm (LxA). Com bermudas numeradas, no mesmo material, Cós com elástico. Dimensões Aproximadas: P: 38x38 cm (LxA), M: 40x40 cm (LxA), G: 42x42 cm (LxA), GG: 44x44 cm (LxA). E meiões, material: Algodão, Composição: 98% Poliamida, 2% Elastano, com punho com elastano que mantém a meia no lugar sem apertar. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 840,00 1.0 R$ 840,00

SUB-TOTAL (MATERIAL DE CONSUMO) 259.0 R$ 6.585,00

Total: R$ 6.585,00

CONSOLIDAÇÃO DO ORÇAMENTO SOLICITADO

Descrição PROEX/Campus (Interno) Outros (Externo) Total Rubrica

MATERIAL DE CONSUMO R$ 6.585,00 R$ 0,00 R$ 6.585,00

(9)

ORÇAMENTO APROVADO

Descrição PROEX/Campus (Interno)

MATERIAL DE CONSUMO R$ 0,00

Total: R$ 0,00

ARQUIVOS

Descrição Arquivo

Certificado Apresentação MICTI 2016 LISTA DE FOTOS

Foto Descrição

Futsal masculino - JIFSUL 2015

Delegação JIFSUL 2015

Voleibol de praia masculino - JIFSUL 2015

Voleibol masculino - JIFC 2016

(10)

Foto Descrição

Xadrez masculino e feminino - JIFC 2016

Oficina Jiu-Jitsu 2015

Oficina Jiu-Jitsu 2016

Voleibol feminino - JESC 2016

Voleibol masculino - JESC 2016

Xadrez masculino - JIFSUL 2016

Atletismo - JIFSUL 2016

(11)

Foto Descrição

Voleibol feminino - JIFSUL 2015

LISTA DE DEPARTAMENTOS ENVOLVIDOS NA AUTORIZAÇÃO DA PROPOSTA

Autorização Tipo Data/Hora Análise Justificativa Data da Reunião Autorizado

DEP DE DESENVOLV EDUCACIONAL - SRS AD-REFERENDUM 27/03/2017 12:05:31 27/03/17 SIM

COORD GERAL DE ENSINO - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 15:58:42 28/03/17 SIM

COORD ESTÁGIOS, EMPREG. E

EGRESSOS - SRS AD-REFERENDUM 27/03/2017 12:08:31 27/03/17 SIM

COORD GERAL DE ENSINO - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 15:58:31 28/03/17 SIM

DEP DE DESENVOLV EDUCACIONAL - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 16:11:44 28/03/17 SIM MINI ATIVIDADES

Título Tipo Data de Início Data de Términio Local Horário

HISTÓRICO DO PROJETO

Data/Hora Situação

16/03/2017 10:57:52 CADASTRO EM ANDAMENTO

20/03/2017 15:29:34 AGUARDANDO APROVAÇÃO DOS DEPARTAMENTOS

21/03/2017 15:58:31 CADASTRO EM ANDAMENTO

21/03/2017 16:11:46 AGUARDANDO APROVAÇÃO DOS DEPARTAMENTOS

(12)

DADOS DA AÇÃO DE EXTENSÃO DADOS GERAIS

Código:PJxxx-2017

Título:IFC e Esporte: uma grande jogada

Categoria:PROJETO Abrangência:Local

Ano:2017 Período:02/05/2017 a

30/11/2017 Unidade

Proponente:COORD GERAL DE ENSINO - SRS / CAMP/SRS Unidade

Orçamentária: Outras Unidades Envolvidas:

Área do CNPq:Ciências da Saúde Área Principal:EDUCAÇÃO

Nº Bolsas

Solicitadas:1 Concedidas:Nº Bolsas0

Tipo de Cadastro:SUBMISSÃO DE NOVA PROPOSTA Público Alvo

Interno:Discentes e servidores

Público Alvo Externo: Comunidade no entorno do CSRS Público Estimado Externo:20 pessoas Público Estimado Interno:200 pessoas Público Real Atingido:Não informado Grupo Permanente

de Arte e Cultura:NÃO Fonte de Financiamento:

FINANCIAMENTO INTERNO (Santa Rosa do Sul Edital n° 05/2017 -

Categoria B seleção de projetos de Extensão) Renovação:NÃO

Linha de Atuação:Arranjos Produtivos Locais - APL Faz parte de

Programa de Extensão?

(13)

Situação:SUBMETIDA MUNICÍPIO REALIZAÇÃO

Estado Município Bairro Espaço Realização

Santa Catarina SANTA ROSA DO SUL Ginásio de esportes CSRS

DETALHES DA AÇÃO

Resumo:

O presente projeto busca desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido. O projeto conta com aulas semanais de modalidades esportivas como: basquetebol, futsal, futebol, jiu-jitsu, voleibol, tênis de mesa, xadrez, entre outras (a serem definidas conforme haja colaboradores que integrem ao projeto), organização de eventos esportivos e participação em eventos externos de mesma natureza. Os alunos participantes do projeto são selecionados por ordem de inscrição junto ao Coordenação de Assistência ao Educando - CGAE, sendo ofertadas 24 vagas por modalidade. Podem participar alunos dos cursos ofertados pelo campus, assim como servidores e moradores da comunidade em que se localiza o IFC-SRS.

Justificativa:

O projeto justifica-se pelo caráter pedagógico do esporte, que têm como finalidade a formação integral do ser humano, o que vai ao encontro do projeto pedagógico da instituição. As práticas esportivas possibilitam o resgate do caráter lúdico dos movimentos do ser humano, o esporte é um meio de amplo poder de socialização, que contribui com o pleno exercício da cidadania. Assim como, a prática de esportes é fundamental para uma vida saudável. Muitas dos jovens que vivem em uma instituição de ensino integral como o IFC campus Santa Rosa do Sul estão, em certa medida, expostos a ociosidade no que se refere à atividade física. Por este motivo, a prática do esporte deve ser incentivada, como meio de complementar a educação, de forma especial para hábitos de vida ativa. O Esporte possibilita ao jovem o estabelecimento de conceitos e valores que podem contribuir para a formação de um cidadão ético e responsável socialmente. Conceitos como liderança, cooperação, solidariedade, trabalho em equipe e qualidade de vida, podem ser fortalecidos no ambiente educativo proporcionado pelo esporte. O incentivo à permanência no ambiente escolar através de projetos voltados ao esporte favorece o desenvolvimento integral do aluno, pois sua participação nesses programas deve estar vinculada ao aprendizado escolar, aumentando a identificação com o ambiente, proporcionando uma maior valorização de professores e funcionários e outros participantes dos projetos. Além do que, o esporte é uma ferramenta estratégica como meio “de agregar, fortalecer, construir, ampliar e preservar a imagem de uma instituição, personalidade, marca ou produto” (POIT 2006, p.54), agregando valores à marca ou a imagem, aumentando o reconhecimento do público e proporcionando maior credibilidade. Assim, no intuito de contribuir constantemente com desenvolvimento integral do ser humano e divulgar a marca IFC, o Instituto Federal Catarinense Campus Santa Rosa do Sul - CSRS por meio de seu departamento de extensão, constitui e promove o projeto em questão.

(14)

Fundamentação Teórica: O esporte é uma manifestação social de grande expressividade que atualmente está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas. Detentor de um vasto repertório de experiências constituídas ao longo da história da sociedade, que geram uma riqueza de possibilidades de intervenção junto ao ser humano nos diferentes contextos. Segundo Hassenpflug (2004) é possível apreender sua importância pelas inúmeras inter-relações que mantém com a dimensão social, política e econômica na sociedade atual, e o significado que possui na vida das pessoas em todo o mundo. Variadas são as relações do esporte com os mais diferentes contextos, entre os quais, a educação. Neste sentido, Hassenpflug (2004, p.13) destaca que: [...] o esporte é, mais do que uma ferramenta, um método privilegiado que contribui de forma significativa para a educação integral das novas gerações, preparando-se para enfrentar com competência os desafios presentes em sua vida pessoal, social e profissional. Ainda neste sentido, cabe ressaltar que não é de hoje que o esporte passou a ser visto como algo a mais do que apenas um esforço físico, configurando-se também como um meio de alcançar outros fins, como o de se educar pelo esporte, caracterizando um legado (DACOSTA et al., 2008). Entretanto, cabe ressaltar que há um consenso na literatura da área que o esporte não é educativo a priori, ou seja, ele pode ser educativo ou não, o que determina a sua qualidade é a maneira como é vivenciado e os valores que o norteiam (GONZÁLEZ et al., 2014; SCAGLIA et al., 2014). Acredita-se que o esporte na escola, deva pautar-se por princípios do esporte educativo e não do esporte de rendimento, que pauta-se pela sobrepujança, selecionamento, instrumentalização e especialização, precoces e exageradas. Deve-se pautar em condutas pedagógicas que favoreçam para que o ato de jogar seja sentido e gere significado ao jogo jogado e ao jogador, não mais reduzindo o ensino de esportes a transmissão de conhecimentos prontos ou imitações de gestos esportivos, em que o aluno seja apenas um receptor passivo, acrítico e ingênuo. Como diria Reverdito et al. (2013), aprender esporte implica conhecimentos, saberes e valores produzidos culturalmente, com a finalidade de realizar, na humanidade, a humanização dos seres humanos. É por meio de ações desta natureza, como está aqui apresentada, que podemos estimular o desenvolvimento de uma cultura esportiva, democratizando o acesso ao esporte, e por consequência melhorar a qualidade de vida de cada um de seus beneficiados e, por que não também, a qualidade da oferta do esporte em nossa sociedade, ou seja, de um esporte que agrega, forma, e não simplesmente, classifica e exclui.

Metodologia:

O projeto contará com aulas semanais de modalidades esportivas como: voleibol, tênis de mesa, xadrez, entre outras (a serem definidas conforme haja colaboradores que integrem ao projeto). Os alunos participantes do projeto serão selecionados por ordem de inscrição junto a Coordenação de assistência ao Educando - CGAE, sendo ofertadas 24 vagas por modalidade. Podem participar alunos dos cursos ofertados pelo campus, assim como servidores e moradores da comunidade em que se localiza o IFC-SRS. Sendo que, caso haja um demanda maior do que a oferta haverá uma lista de espera. Os critérios para permanência no projeto e participação em eventos externos seguem o documento de normas para liberação de alunos para participação em atividades extraclasse. As aulas consistirão de um a dois encontros semanais, tendo cada sessão, duração de aproximada de 1 hora e 30 minutos, os quais acontecerão no Ginásio Poliesportivo do IFC - Campus Santa Rosa do Sul. As sessões de treino consistem em atividades adaptadas que permitam a inclusão de todos e aprendizagens gradativas, de acordo com o ritmo de cada um. Sendo programadas para que os participantes possam experimentar situações que estimulem os princípios de cooperação, respeito, superação,coeducação,

(15)

emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade. Ainda dentro das possíveis atividades a serem vivencias, será programada a organização de eventos esportivos internos e participação em eventos esportivos municipais, regionais, estaduais e nacionais, como: Campeonato municipal, Jogos escolares de Santa Catarina – JESC, Jogos dos Institutos Federais etapa Sul – JIF SUL, entre outros. Assim como, participarão na elaboração de oficinas esportivas a serem desenvolvidas para alunos do ensino fundamental pertencentes à rede pública de ensino.

Referências:

DACOSTA, L. et al. Legados de megaeventos esportivos. Brasília: Ministério do Esporte, 2008. GONZALEZ, F.J.; MOREIRA, E. C.; DARIDO, S. C. et al. Nas pegadas do esporte educacional. In: MARINHO, A.; NASCIMENTO, J. V.; OLIVEIRA, A. A. B. Legados do Esporte brasileiro. Florianópolis: Ed. Da UDESC, 2014. HASSENPFLUG, W. N. Educação pelo esporte: Educação para o Desenvolvimento Humano pelo Esporte. São Paulo: Saraiva/Instituto Ayrton Senna, 2004. REVERDITO, R; SCAGLIA, A. J.; PAES, R. R. Pedagogia do esporte: conceito e cenário contemporâneo. In: REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J.; MONTAGNER, P. C. Pedagogia do esporte: aspectos conceituais da competição e estudos aplicados. São Paulo: Phorte, 2013. SCAGLIA, A, J.; REVERDITO, R. S.; GALATTI, L. R. A contribuição da pedagogia do esporte ao ensino do esporte na escola: tensões e reflexões metodológicas. In: MARINHO, A.; NASCIMENTO, J. V.; OLIVEIRA, A. A. B. Legados do Esporte brasileiro. Florianópolis: Ed. Da UDESC, 2014.

Objetivos Gerais:

Objetivo Geral: Desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido. Objetivos Específicos: - Promover o intercâmbio esportivo, educacional e cultural; - Dar continuidade ao processo pedagógico vivenciado no IFC campus Santa Rosa do Sul, principalmente durante as aulas de educação física; - Garantir o conhecimento do esporte de modo a possibilitar maior oportunidade de acesso à prática do esporte escolar aos alunos-atletas; - Desenvolver os princípios de coeducação, emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade; - Divulgar a marca IFC por meio da participação nos eventos esportivos escolares promovidos no Estado, de forma especial os de âmbito regional.

Resultados Esperados

- Ampliação das possibilidades do uso das práticas corporais, de forma proficiente e autônoma, para potencializar o seu envolvimento em contextos de lazer e a ampliação das redes de sociabilidade. - Manutenção e melhora do desempenho acadêmico (o desempenho acadêmico será definido com um dos critérios para a participação em eventos externos). - Consolidação de um espaço voltado ao intercâmbio esportivo, educacional e cultural; - Fortalecimento do reconhecimento e legitimidade da importância da disciplina de Educação Física; - Garantia do conhecimento do esporte de modo a possibilitar maior oportunidade de acesso à prática do esporte escolar aos alunos-atletas; - Desenvolvimento dos princípios de coeducação, emancipação, integração, participação, regionalismo e totalidade; - Divulgação da marca IFC, de forma especial no âmbito regional.

CONTATO

Coordenação:FERNANDO

(16)

BITENCOURT MEMBROS DA EQUIPE

Nome Categoria Função Unidade Início Fim

FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT DOCENTE COORDENADOR(A) CGE/SRS 02/05/2017 30/11/2017 PAULO FERNANDO MESQUITA JUNIOR DOCENTE COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) CGE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

MAURICIO DUARTE ANASTACIO SERVIDOR COLABORADOR(A) CEE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

CLEBER MACHADO DOCENTE INSTRUTOR / SUPERVISOR DDE/SRS 02/05/2017 30/11/2017

KAROLAINY BENEDET DO SANTOS EXTERNO ASSESSOR 02/05/2017 30/11/2017

JOSÉ VITOR ALVES SILVEIRA DISCENTE MONITOR(A) CAMP/SRS 02/05/2017 30/11/2017

OBJETIVOS/ATIVIDADES

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

1. Assessoria 02/05/2017 a 30/11/2017 20 h

Participantes Relacionados:

1. KAROLAINY BENEDET DO SANTOS - ASSESSOR 20 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

2. Coordenação adjunta, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 02/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. PAULO FERNANDO MESQUITA JUNIOR - COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) 150 h

2. JOSÉ VITOR ALVES SILVEIRA - MONITOR(A) 90 h

3. CLEBER MACHADO - INSTRUTOR / SUPERVISOR 150 h

4. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) 150 h

5. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) 150 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

3. Instrução de treinamentos. 05/05/2017 a 30/11/2017 100 h

Participantes Relacionados:

(17)

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária: 4. Supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. CLEBER MACHADO - INSTRUTOR / SUPERVISOR 150 h

Descrição da Atividade: Período Realização: Carga Horária:

5. Coordenação, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 150 h Participantes Relacionados:

1. FERNANDO DILMAR DE BITENCOURT - COORDENADOR(A) 150 h

2. MAURICIO DUARTE ANASTACIO - COLABORADOR(A) 100 h

PARTICIPANTES DA AÇÃO DE EXTENSÃO

Clique aqui para visualizar os participantes desta ação de extensão DISCENTES COM PLANOS DE TRABALHO

Nome Vínculo Situação Início Fim

Discentes não informados AÇÕES VINCULADAS AO PROJETO

Código - Título Tipo

Não há ações vinculadas AÇÕES DAS QUAIS O PROJETO FAZ PARTE

Esta ação não faz parte de outros projetos ou programas de extensão OBJETIVOS / RESULTADOS ESPERADOS

Objetivos Quantitativos Qualitativos

Desenvolver experiências e vivências esportivas educadoras que conduzam o aluno à busca da emancipação, da autonomia, do discernimento e, por consequência, da capacidade de intervir e de alterar a realidade social em que está inserido.

(18)

Objetivos Quantitativos Qualitativos

CRONOGRAMA

Descrição das atividades desenvolvidas Período

Assessoria 02/05/2017 a 30/11/2017

Coordenação adjunta, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 02/05/2017 a 30/11/2017

Instrução de treinamentos. 05/05/2017 a 30/11/2017

Supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017

Coordenação, supervisão e instrução de treinamentos e eventos. 05/05/2017 a 30/11/2017 ORÇAMENTO DETALHADO

Descrição Valor Unitário Quant. Valor Total

MATERIAL DE CONSUMO

Uniforme esportivo para futebol Masculino, com vinte peças, com camisetas em poliéster (100% poliéster), manga curta, numeradas na frente e costas, gola V, com logo da instituição em transfer. Dimensões Aproximadas: P: 48x56 cm. M: 50x58 cm. G: 52x60 cm. GG: 54x62 cm (LxA). Com bermudas numeradas, no mesmo material, Cós com

elástico. Dimensões Aproximadas: P: 38x38 cm (LxA), M: 40x40 cm (LxA), G: 42x42 cm (LxA), GG: 44x44 cm (LxA). E meiões, material: Algodão, Composição: 98% Poliamida, 2% Elastano, com punho com elastano que mantém a meia no lugar sem apertar. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 1.000,00 1.0 R$ 1.000,00

Bolsa para carregar bolas de futebol coma logo da instituição na lateral.

Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC. R$ 60,00 2.0 R$ 120,00 Camiseta gola polo masculina, em poliéster (100% poliéster), manga

curta, com logo da instituição em transfer na frente, e com a escrita nas costas “Santa Rosa do Sull”. Dimensões Aproximadas: P: 48x56 cm. M: 50x58 cm. G: 52x60 cm. GG: 54x62 cm (LxA). Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

(19)

Descrição Valor Unitário Quant. Valor Total Camiseta gola polo feminina, em poliéster (100% poliéster), manga

curta, com logo da instituição em transfer na frente, e com a escrita “Santa Rosa do Sul” nas costas. Dimensões Aproximadas: P: 40x54 cm.M: 42x56 cm.G: 44x58 cm.GG: 46x60 cm (LxA. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 65,00 20.0 R$ 1.300,00

Troféu personalizado com o logo do evento e logo do Instituto Federal Catarinense – Campus Santa Rosa do Sul, com medidas mínimas de 30 cm x 30cm; Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo DDE.

R$ 70,00 10.0 R$ 700,00

Medalhas (5cm diâmetro) com logo do evento, modalidade, colocação. Com fita na cor vermelha. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC

R$ 5,00 200.0 R$ 1.000,00

Uniforme esportivo para futsal feminino com doze peças, com

camisetas em poliéster (100% poliéster), manga curta, numeradas na frente e costas, gola V, com logo da instituição em transfer. Dimensões Aproximadas: P: 40x54 cm.M: 42x56 cm.G: 44x58 cm.GG: 46x60 cm (LxA). Com bermudas numeradas, no mesmo material, Cós com elástico. Dimensões Aproximadas: P: 38x38 cm (LxA), M: 40x40 cm (LxA), G: 42x42 cm (LxA), GG: 44x44 cm (LxA). E meiões, material: Algodão, Composição: 98% Poliamida, 2% Elastano, com punho com elastano que mantém a meia no lugar sem apertar. Obs: este item deve ser apresentado modelo para aprovação pelo IFC.

R$ 840,00 1.0 R$ 840,00

SUB-TOTAL (MATERIAL DE CONSUMO) 259.0 R$ 6.585,00

Total: R$ 6.585,00

CONSOLIDAÇÃO DO ORÇAMENTO SOLICITADO

Descrição PROEX/Campus (Interno) Outros (Externo) Total Rubrica

MATERIAL DE CONSUMO R$ 6.585,00 R$ 0,00 R$ 6.585,00

(20)

ORÇAMENTO APROVADO

Descrição PROEX/Campus (Interno)

MATERIAL DE CONSUMO R$ 0,00

Total: R$ 0,00

ARQUIVOS

Descrição Arquivo

Certificado Apresentação MICTI 2016 LISTA DE FOTOS

Foto Descrição

Futsal masculino - JIFSUL 2015

Delegação JIFSUL 2015

Voleibol de praia masculino - JIFSUL 2015

Voleibol masculino - JIFC 2016

(21)

Foto Descrição

Xadrez masculino e feminino - JIFC 2016

Oficina Jiu-Jitsu 2015

Oficina Jiu-Jitsu 2016

Voleibol feminino - JESC 2016

Voleibol masculino - JESC 2016

Xadrez masculino - JIFSUL 2016

Atletismo - JIFSUL 2016

(22)

Foto Descrição

Voleibol feminino - JIFSUL 2015

LISTA DE DEPARTAMENTOS ENVOLVIDOS NA AUTORIZAÇÃO DA PROPOSTA

Autorização Tipo Data/Hora Análise Justificativa Data da Reunião Autorizado

DEP DE DESENVOLV EDUCACIONAL - SRS AD-REFERENDUM 27/03/2017 12:05:31 27/03/17 SIM

COORD GERAL DE ENSINO - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 15:58:42 28/03/17 SIM

COORD ESTÁGIOS, EMPREG. E

EGRESSOS - SRS AD-REFERENDUM 27/03/2017 12:08:31 27/03/17 SIM

COORD GERAL DE ENSINO - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 15:58:31 28/03/17 SIM

DEP DE DESENVOLV EDUCACIONAL - SRS AD-REFERENDUM 28/03/2017 16:11:44 28/03/17 SIM MINI ATIVIDADES

Título Tipo Data de Início Data de Términio Local Horário

HISTÓRICO DO PROJETO

Data/Hora Situação

16/03/2017 10:57:52 CADASTRO EM ANDAMENTO

20/03/2017 15:29:34 AGUARDANDO APROVAÇÃO DOS DEPARTAMENTOS

21/03/2017 15:58:31 CADASTRO EM ANDAMENTO

21/03/2017 16:11:46 AGUARDANDO APROVAÇÃO DOS DEPARTAMENTOS

Referências

Documentos relacionados

Como se disse atras, os investimentos seriam ainda compensados nao s6 par cobrangas aos utilizadores dos empreendimentos feitos (portagens, direitos de transito,

escusos para adquirir as notas ou cupons fiscais ou comprovantes de compra para participar desta promoção e/ou de mecanismos que criem condições de cadastramento

O programa de pós-graduação insere as informações de cada obra e a versão eletrônica correspondente na Plataforma Sucupira e, com base nessas duas referências,

O objetivo geral deste trabalho consiste em analisar quais ações podem ser desenvolvidas pela Gerência de Segurança do Trabalho, junto ao ICB, para adequar os

O estudo não passou por comitê de Ética, ele foi fruto da observação do trabalho diário da doula, sua atuação e instrumentos utilizados e seus benefícios direto a

Cockerham (1984) e o teste do equilíbrio de Hardy-Weinberg, utilizando o método de Monte Carlo via cadeias de Markov com 10.000 iterações para a determinação do valor de P, foram

Alergia ao Leite de Vaca: Relado de 03 Casos Elizabeth da Silva Mercer Mourão Prevalência de Asma e Rinite Alérgicas em pacientes. com Alergia à proteína do leite de vaca

Contudo, para esse texto não visamos discutir acerca da constituição da professora em uma educadora matemática, mas dos modos de como se dá essa investigação, trazendo à tona