o anglo resolve a prova da 2ª- fase da FUVEST

Texto

(1)

É trabalho pioneiro.

Prestação de serviços com tradição de confiabilidade.

Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em sua

tarefa de não cometer injustiças.

Didático, mais do que um simples gabarito, auxilia o estudante no

processo de aprendizagem, graças a seu formato: reprodução de cada

questão, seguida da resolução elaborada pelos professores do Anglo.

No final, um comentário sobre as disciplinas.

A 2ª- fase da Fuvest consegue, de forma prática, propor para cada

car-reira um conjunto distinto de provas. Assim, por exemplo, o candidato

a Engenharia da Escola Politécnica faz, na 2

ª

fase, provas de Língua

Portuguesa (40 pontos), Matemática (40 pontos), Física (40 pontos) e

Química (40 pontos). Já aquele que pretende ingressar na Faculdade

de Direito faz somente três provas: Língua Portuguesa (80 pontos),

História (40 pontos) e Geografia (40 pontos). Por sua vez, o candidato

a Medicina tem provas de Língua Portuguesa (40 pontos), Biologia

(40 pontos), Física (40 pontos) e Química (40 pontos).

Vale lembrar que a prova de Língua Portuguesa é obrigatória para

todas as carreiras.

Para efeito de classificação final, somam-se os pontos obtidos pelo

candidato na 1ª- e na 2ª- fase.

A tabela seguinte apresenta todas as carreiras, com o número de vagas,

as provas da 2ª- fase, acompanhadas da respectiva pontuação.

o

anglo

resolve

a prova

da 2ª- fase

da FUVEST

(2)

ÁREA DE EXATAS

PROVAS DA 2ªFASE E

CÓD. CARREIRAS VAGAS RESPECTIVOS NÚMEROS

DE PONTOS

607 Engenharia, Computação e – Matemática Aplicada 870 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 626 Matemática e Física – São Paulo (Licenciatura) 260 LP(40), M(40), F(40) 630 Matemática – São Carlos 55 LP(40), M(40), F(40) 626 Ciências Exatas – São Carlos (Licenciatura) 50 LP(40), M(40) 600 Ciências da Natureza – USP – LESTE-SP 120 LP(40), M(40) 603 Computação – São Carlos 100 LP(40), M(40), F(40) 625 Informática – São Carlos 40 LP(40), M(40), F(40) 624 Informática Biomédica – Ribeirão Preto 40 LP(40), M(40), F(40), B(40) 606 Engenharia Civil – São Carlos 60 LP(40), M(40), F(40) 609 Engenharias – São Carlos 280 LP(40), M(40), F(40) 605 Engenharia Ambiental – São Carlos 40 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 604 Engenharia Aeronáutica – São Carlos 40 LP(40), M(40), F(40) 622 Física – São Paulo e São Carlos (Bacharelado), Meteorologia e

Geofísica, Matemática – (Bacharelado), Estatística – São Paulo 330 LP(40), M(40), F(40) 620 Física Médica – Ribeirão Preto 40 LP(40), M(40), F(40) 623 Geologia 50 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 635 Química (Bacharelado e Licenciatura) – São Paulo 60 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 636 Licenciatura em Química – São Paulo 30 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 633 Química Ambiental – São Paulo 30 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 638 Química – São Carlos 60 LP(40), Q(40) 634 Química (Bacharelado) – Ribeirão Preto 40 LP(80), Q(40) 637 Química (Licenciatura) – Ribeirão Preto 40 LP(80), Q(40) 608 Engenharia de Alimentos – Pirassununga 100 LP(40), M(40), F(40), Q(40) 632 Oceanografia – São Paulo 40 LP(40), M(40), B(40), Q(40) 627 Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental 40 LP(40), F(40), Q(40), G(40) 629 Matemática Aplicada – Ribeirão Preto 45 LP(40), M(80), G(40)

ÁREA DE BIOLÓGICAS

PROVAS DA 2ªFASE E

CÓD. CARREIRAS VAGAS RESPECTIVOS NÚMEROS

DE PONTOS

400 Ciências Biológicas – São Paulo 120 LP(40), Q(40), B(40) 403 Ciências Biológicas – Ribeirão Preto 40 LP(40), Q(40), B(40) 402 Ciências Biológicas – Piracicaba 30 LP(40), Q(40), B(40)

Medicina (São Paulo), Ciências Médicas 434

(Ribeirão Preto) e Santa Casa 375 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 406 Educação Física 50 LP(40), F(40), B(40), H(40) 423 Esporte 50 LP(40),A,HE(40),B(40), Q(40) 407 Enfermagem – São Paulo 80 LP(40), B(40), Q(40) 408 Enfermagem – Santa Casa 80 LP(40), B(40), Q(40) 409 Enfermagem – Ribeirão Preto 80 LP(40), B(40), Q(40) 420 Engenharia Agronômica – Piracicaba 200 LP(40), M(40), Q(40), B(40) 422 Engenharia Florestal – Piracicaba 40 LP(40), M(40), Q(40), B(40) 405 Cências dos Alimentos – Piracicaba 40 LP(40), B(40), Q(40) 404 Ciências da Atividade Física – USP – LESTE-SP 60 LP(40), F(40), B(40), H(40) 424 Farmácia – Bioquímica – São Paulo 150 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 425 Farmácia – Bioquímica – Ribeirão Preto 80 LP(40), Q(40), B(40) 426 Fisioterapia – São Paulo e Ribeirão Preto 65 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 427 Fonoaudiologia – São Paulo 25 LP(80), F(40), B(40) 428 Fonoaudiologia – Santa Casa 50 LP(80), F(40), B(40) 429 Fonoaudiologia – Bauru 25 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 430 Fonoaudiologia – Ribeirão Preto 30 LP(80), F(40), B(40) 432 Gerontologia – USP – LESTE-SP 60 LP(40), M(40), B(40), H(40) 435 Medicina Veterinária 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 436 Nutrição 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 437 Nutrição e Metabolismo – Ribeirão Preto 30 LP(40), F(40), B(40), Q(40) 438 Obstetrícia – USP – LESTE-SP 60 LP(40), M(40), B(40), H(40) 439 Odontologia – São Paulo 133 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 442 Odontologia – Ribeirão Preto 80 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 440 Odontologia – Bauru 50 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 443 Psicologia – São Paulo 70 LP(40), M(40), B(40), H(40) 444 Psicologia – Ribeirão Preto 40 LP(80), B(40), H(40) 445 Terapia Ocupacional – São Paulo e Ribeirão Preto 45 LP(40), B(40), H(40) 446 Zootecnia – Pirassununga 40 LP(40), M(40), Q(40), B(40)

ÁREA DE HUMANAS

PROVAS DA 2ªFASE E

CÓD. CARREIRAS VAGAS RESPECTIVOS NÚMEROS

DE PONTOS

205 Artes Cênicas (Bacharelado) 15 LP(40), HE(120) 206 Artes Cênicas (Licenciatura) 10 LP(40), H(40), HE(80)

Artes Plásticas 30 LP(40), H(40), HE(80) 208 Arte e Tecnologia – USP – LESTE-SP 60 LP(40), H(40)

Música – São Paulo 35 LP(40), HE(120)

Música – Ribeirão Preto 30

227 Audiovisual 35 LP(40), H(40), HE(80) 234 Editoração 15 LP(40), H(40) 243 Jornalismo 60 LP(40), H(40), G(40) 254 Publicidade e Propaganda 50 LP(40), H(40) 256 Relações Públicas 50 LP(40), H(40) 220 Biblioteconomia 35 LP(40), H(40) 257 Turismo 30 LP(40, H(40), G(40)

203 Arquitetura – São Paulo 150 LP(40), F(20), H(20), HE(80) 204 Arquitetura – São Carlos 30 LP(80), H(40), HE(40) 200 Administração – São Paulo 210 LP(40), M(40), H(40), G(40) 202 Administração – Ribeirão Preto 45 LP(40), M(40), H(40), G(40) 222 Ciências Contábeis – São Paulo 150 LP(40), M(40), H(40), G(40) 223 Ciencias Contábeis – Ribeirão Preto 45 LP(40), M(40), H(40), G(40) 230 Economia – São Paulo 180 LP(40), M(40), H(40), G(40) 233 Economia – Ribeirão Preto 45 LP(40), M(40), H(40), G(40) 226 Ciências Econômicas – Piracicaba 30 LP(40), M(40), H(40), G(40) 238 Gestão Ambiental – Piracicaba 40 LP(40), B(40), H(40) 237 Gestão Ambiental – USP – LESTE-SP 120 LP(40), F(40), Q(40), B(40) 239 Gestão de Políticas Públicas – USP – LESTE-SP 120 LP(40), M(40), H(40), G(40)

229 Direito 460 LP(80), H(40), G(40)

255 Relações Internacionais 60 LP(80), H(40), G(40) 224 Ciências da Informação e da Documentação 40 LP(80), H(40), G(40)

(Bacharelado) – Ribeirão Preto

225 Ciências Sociais 210 LP(40), H(40), G(40)

235 Filosofia 170 LP(80), H(40), G(40)

236 Geografia 170 LP(40), H(40), G(40)

242 História 270 LP(40), H(40), G(40)

244 Lazer e Turismo – USP – LESTE-SP 120 LP(40), M(40), H(40), G(40) 245 Letras – Básico 849 LP(80), H(40), G(40) 246 Marketing – USP – LESTE-SP 120 LP(40), M(40), H(40), G(40) 252 Pedagogia – São Paulo 180 LP(80), H(40) 253 Pedagogia – Ribeirão Preto 50 LP(80), H(40), G(40) 249 Oficial da PM de São Paulo – Feminino 15 LP(40) 250 Oficial da PM de São Paulo – Masculino 135 LP(40)

LEGENDA LP — Língua Portuguesa M — Matemática F — Física Q — Química B — Biologia H — História G — Geografia A — Aptidão HE — Habilidade Específica

FUVEST — TABELA DE CARREIRAS E PROVAS

(3)

Nas últimas décadas, em Davos, na Suíça, vem ocorrendo anualmente um dos mais importantes eventos sobre a economia mundial. Participam dele especialistas, empresários e governantes que se dedicam a discussão e proposição de metas econômico-financeiras para o planeta.

No final da década de 1990, diversas entidades não-governamentais de vários países associaram-se para se contrapor às resoluções de Davos, criando um outro tipo de evento global, que também vem sendo realizado anualmente desde 2001. a) Identifique os eventos citados.

b) Caracterize o evento de contraposição mencionado quanto a seus objetivos e participantes.

a) Primeiramente, o texto se refere ao Fórum Mundial de Davos (Suíça), encontro anual que reúne líderes dos países desenvolvidos e, eventualmente, líderes de alguns países. O Fórum, promovido por uma fundação, tem status de consultor da ONU e é considerado o representante das ideologias dos países desenvolvidos (Norte). Contrapondo-se a essa posição ideológica e a essa entidade, o Fórum Social Mundial, também citado pelo enunciado da questão, é organizado por diversas ONGs. Nele predomina a ideologia de esquerda (socialista), que prega a luta contra a globalização e contra a disseminação do neoliberalismo.

b) O evento de contraposição tem como objetivo genérico o apoio a diversas causas, tais como o desenvolvimento sustentado, a redução das desigualdades sociais, o fortalecimento da sociedade civil, a conservação ambiental e a ampliação da cidadania. Quanto aos participantes, no último encontro (Porto Alegre, janeiro de 2003) houve uma imensa mobilização popular, com a presença de mais de 18 mil pessoas, de mais de uma centena de países e dos mais diferentes movimentos políticos. O ponto em comum foi a clara oposição à globalização e à ideologia neoliberal. Predominou um discurso politicamente à esquerda, que deu origem a uma agenda com o objetivo de influir sobre o processo de globalização.

Fonte: McKnight, 1996.

a) Identifique o relevo submarino, apontado pela flecha negra, na ilustração. b) Explique sua formação, considerando a dinâmica da crosta terrestre.

a) A unidade do relevo marinho destacada pela flecha negra é a cordilheira Meso-Oceânica ou Dorsal Atlântica. b) A origem dessa cordilheira está relacionada à dinâmica da tectônica de placas. O afastamento entre as placas

Sul--Americana e Africana, em conseqüência das correntes de convecção do magma existente no manto, determina a formação de um extenso dobramento moderno que se estende de norte a sul ao longo do Oceano Atlântico. Resolução Questão 2

Resolução Questão 1

A

A

A

R

R

R

III

A

A

A

O

O

O

G

G

G

FFF

E

E

E

G

G

G

(4)

Em setembro de 2004, a tomada de uma escola em Ossétia do Norte, na cidade de Beslan, por terroristas tchetchenos, e a violenta reação russa provocaram centenas de mortes e feridos além de uma grande indignação mundial. Explique o conflito da Tchetchênia, contextualizando geograficamente seu território (aspectos físicos e sócio-econômicos).

A Tchetchênia é uma das repúblicas russas com população majoritariamente muçulmana. Desde o começo da década de 1990, logo após o desmantelamento da União Soviética, grupos armados tchetchenos promovem conflitos contra o governo russo, reivindicando a total independência política e econômica da região. Localizada entre os mares Cáspio e Negro, predomina na Tchetchênia relevo acidentado, originado por dobramentos modernos e marcado por monta-nhas elevadas e pontiagudas. Seu clima é predominantemente temperado seco, com baixas temperaturas no inver-no e nas áreas de elevadas altitudes. Para o goverinver-no russo, essa república é estratégica, principalmente em razão da passagem de oleodutos que ligam Moscou aos poços de petróleo da região do Cáspio. A fim de impedir que os movimentos pró-independência fossem bem sucedidos, o governo russo realizou vários ataques, tornando as condições sociais e econômicas da região mais precárias do que já eram. Essa repressão fez aumentar, na população local, sentimentos contrários a Moscou, o que levou terroristas a atacar alvos russos fora da área da Tchetchênia.

A base de dados climatológicos e os modelos de previsão meteorológica atualmente existentes podem ser con-siderados conhecimentos com valor geopolítico e econômico para nações e corporações.

a) Explique como é possível, hoje, realizar previsões meteorológicas com alto nível de precisão. b) Explique a importância dessas previsões para nações e corporações.

a) Nas últimas décadas, a metodologia de previsão meteorológica teve um avanço expressivo, que se deveu, entre outros aspectos, à utilização de conhecimentos desenvolvidos nos setores da tecnologia espacial e da informática. A imensa quantidade de informações obtidas pelos satélites meteorológicos em órbita terrestre é transmitida instantaneamente para os computadores dos centros de controle de meteorologia, onde os dados são interpre-tados e analisados com base em modelos matemáticos, possibilitando previsões meteorológicas com alto grau de precisão.

b) A economia moderna necessita cada vez mais de informações detalhadas e precisas dos mais diversos setores do conhecimento humano, destacando-se, entre eles, a meteorologia.

Para as grandes corporações, a previsão meteorológica relaciona-se essencialmente ao aspecto econômico, pois uma previsão mais precisa permite à empresa aumentar a produção de um determinado item, ou mesmo adiar ou ante-cipar sua oferta ao mercado, esperando-se o momento mais adequado para se obterem preços mais interessantes. Para as nações, além do caráter econômico das previsões, há também um aspecto social de extrema importân-cia, pois uma catástrofe meteorológica pode ter suas conseqüências negativas diminuídas se o estado dispuser de informações precisas sobre ela com razoável antecedência.

Resolução Questão 4

Resolução Questão 3

(5)

Observe a figura e leia a frase:

“O Brasil e a China acabam de ficar mais próximos”. a) Explique as características econômicas da China atual. b) Quais os interesses do Brasil em se aproximar da China?

a) Atualmente a China ocupa uma posição de destaque na economia mundial graças ao seu intenso crescimento das últimas duas décadas. Vale ressaltar que esse ritmo de crescimento pode ser ameaçado pelas limitações da infra-estrutura, com destaque para a questão energética, e pela escassez de matérias-primas. Sua economia é marcada pela forte presença de indústrias transnacionais nas Zonas Econômicas Especiais (ZEEs), atraídas pela abertura econômica da década de 1980, pela mão-de-obra barata e pelo grande potencial do mercado con-sumidor. No setor agropecuário, o país se destaca entre os maiores produtores mundiais de grãos, aves e suínos, atividades que absorvem a maior parte da População Economicamente Ativa, mas que se utilizam de pouco maquinário, o que determina baixa produtividade. Em 2001 a China foi admitida na OMC, reforçando a sua intenção de ser vista como economia de mercado; isso a levou a reduzir o protecionismo e os subsídios, a abrir seu enorme mercado às importações e a permitir investimentos estrangeiros em setores como telecomunicações e bancos. b) Os interesses do Brasil, ao se aproximar da China, estão relacionados ao fato de aquele país representar um

grande mercado consumidor para as suas exportações de commodities, como a soja e o ferro, por exemplo. Além disso, o Brasil procura parceria na área tecnológica, firmando alguns contratos para pesquisa no setor aéreo-espacial, de que é exemplo o lançamento de satélites.

Trata-se de um conjunto de atividades econômicas que inclui a produção do campo em que a biotecnologia tem um papel fundamental. Também estão compreendidas atividades nas quais matérias-primas animais e vegetais são transformadas em produtos de maior valor agregado.

a) Identifique o assunto central do texto e cite duas localidades e dois produtos brasileiros em que a situação descrita se aplica.

b) Faça uma análise crítica do uso da biotecnologia nesse processo quanto a conseqüências ambientais e sociais.

a) O assunto central do texto pode ser identificado como agronegócio, agroindústria ou agribusiness. Trata-se de um conjunto de atividades econômicas resultantes, sobretudo, do avanço do capitalismo no campo, subordi-nando-o à cidade. Esse processo gera uma crescente interdependência entre as atividades agrícolas, industriais Resolução Questão 6

Resolução Questão 5

(6)

e terciárias. Dentre as inúmeras localidades em que essas atividades se desenvolvem, destaca-se Ribeirão Preto (SP) e Rio Verde (GO). Os principais produtos encontrados nessas localidades são, respectivamente, a cana-de--açúcar e os grãos, em especial a soja.

b) Dentre as conseqüências ambientais do uso da biotecnologia, destacamos: a possível contaminação do solo e dos recursos hídricos, devido à elevação do uso de agrotóxicos em certos tipos de sementes; a perda da biodi-versidade, decorrente da tendência de expansão do cultivo de sementes transgênicas. Quanto às conseqüências sociais, apontamos: o colapso dos pequenos produtores frente aos grandes grupos econômicos; a ampliação das áreas mecanizadas, com redução da oferta de trabalho braçal e aumento da oferta de trabalho especializado; a elevação do custo da alimentação popular, devido à redução da produção agrícola alimentar.

“Portos secos são recintos alfandegados de uso público, situados em zona secundária, nas quais são executadas operações de movimentação, armazenagem e despacho aduaneiro de mercadorias e de bagagens, sob responsa-bilidade da Secretaria da Receita Federal. Seu funcionamento tem permitido a interiorização desses serviços no país, antes realizados principalmente em portos e aeroportos”.

Fonte: Adapt. Receita Federal, 2004.

a) Cite duas características geográficas do centro-oeste brasileiro que justifiquem a criação de um porto seco. b) Explique.

a) Dentre as características geográficas do Centro-Oeste brasileiro que justificam a criação de um porto seco, os candidatos podem ter apontado algumas das seguintes: a grande distância do litoral; a presença de vasta rede hidrográfica; a grande produção agropecuária; e a ampliação da rede rodoviária.

b) O relativo isolamento geográfico da região Centro-Oeste dificulta em demasia o escoamento de produtos para os portos tradicionais, como os de Santos e Paranaguá. Além da demora, o custo do transporte, em geral reali-zado exclusivamente por rodovias, encarece substancialmente o preço do produto final, sobretudo o da soja, do algodão e da carne. Para minimizar tais impactos, procuram-se as alternativas que viabilizem o escoamento de maneira dinâmica e barata. Nesse sentido, a presença de uma vasta rede hidrográfica funcionaria como um eixo de transporte adequado, através de hidrovias, que, associadas à presença de postos alfandegários, facili-taria o escoamento da produção, integrando a região ao espaço geoeconômico do Centro-Sul.

Observe os mapas:

Fonte: IBGE, 2003

a) Descreva o avanço do desmatamento no período de 1950-2000, destacando as atividades econômicas pre-dominantes.

b) Analise a participação do estado nesse processo, utilizando-se de exemplos.

1950-1960 1980-2000 0 400 km áreas desmatadas Questão 8

Resolução Questão 7

(7)

a) O avanço do desmatamento na Amazônia brasileira no período 1950 a 2000, foi decorrente, dentre outros aspectos: do avanço das frentes agropecuárias, especialmente em direção aos estados de Rondônia, Mato Grosso e Tocantins; do crescimento das atividades extrativas vinculadas à produção de madeira e mineral, espe-cialmente no sul do Pará.

b) A participação do Estado nesse processo verificou-se: de forma indireta, por meio da concessão de incentivos fiscais, como os da SUDAM, que estimularam a ocupação econômica da área; de forma direta, por meio da implantação de importantes projetos regionais vinculados à produção mineral e metalúrgica, como o de Carajás e Trombetas.

Observe o mapa do Brasil: Domínios Morfoclimáticos

Fonte: AB’SABER, 1969.

a) Identifique o domínio morfoclimático apontado no mapa.

b) Apresente duas de suas características que, associadas à ocupação no estado de São Paulo, desencadearam degradação ambiental. Explique.

a) Na área apontada no mapa por uma seta predomina o domínio morfoclimático dos Mares de Morro Flo-restados. Esse domínio inclui a Mata Atlântica, com clima tropical úmido nas áreas costeiras e tropical de altitude na porção interiorana, em especial no estado de São Paulo.

b) Dentre as mais importantes características morfoclimáticas que, associadas à ocupação do estado de São Paulo, desencadearam sua degradação ambiental, os candidatos podem ter citado:

• Topografia relativamente plana, com solos férteis (terra-roxa), encontrados no interior do estado, que favore-ceram o avanço da agropecuária, causando o acelerado processo de desmatamento da vegetação original. • A forte ação antrópica na área serrana, onde predominam climas bastante úmidos e chuvosos, causou

im-pactos (como o desmoronamento da encosta), provocados pela ocupação desordenada e pela construção de estradas. Resolução Questão 9

Resolução

(8)

Observe os mapas do município de São Paulo.

Fonte: Adapt. Cepid-Fapesp / CEM — Cebrap, 2004.

a) Associe as informações dos mapas A e B.

b) Associe as informações dos mapas B e C. Explique.

a) Os mapas A e B retratam uma disparidade entre a concentração da população negra e a distribuição de renda. No mapa A, verifica-se a maior concentração de negros nas áreas periféricas da Grande São Paulo, com desta-que para os bairros da zona sul, extremos leste e norte. O mapa B destaca a presença de maiores salários nos bairros da região central, o que evidencia o antagonismo entre a maior concentração de renda e a maior pre-sença de negros.

b) Nos mapas B e C verificamos a relação entre a distribuição de renda e a expansão da malha urbana. Histori-camente, o início da urbanização no município de São Paulo ocorreu na área central, avançando rapidamente pelo seu entorno até meados da década de 1960. As áreas de desenvolvimento pioneiro apresentam maior concentração de renda, enquanto nas áreas de ocupação mais recente há menor concentração de renda. Essas áreas pioneiras criaram uma condição sócio-econômica com padrão de vida mais elevado, o que levou grande parcela da população com baixo poder aquisitivo para as regiões periféricas, onde a falta de infra-es-trutura agravou ainda mais suas más condições de vida.

Resolução Questão 10

(9)

Os esquemas representam cortes transversais de regiões jovens de uma raiz e de um caule de uma planta angiosperma. Alguns tecidos estão identificados por um número e pelo nome, enquanto outros estão indica-dos apenas por números.

Com base nesses esquemas, indique o número correspondente ao tecido a) responsável pela condução da seiva bruta.

b) responsável pela condução da seiva elaborada.

c) constituído principalmente por células mortas, das quais restaram apenas as paredes celulares. d) responsável pela formação dos pêlos absorventes da raiz.

a) Número 2 (xilema) b) Número 1 (floema) c) Número 2 (xilema) d) Número 5 (epiderme)

Considere o coração dos vertebrados.

a) Que característica do coração dos mamíferos impede a mistura do sangue venoso e arterial? b) Que outros vertebrados possuem coração com essa estrutura?

c) Por quais câmaras cardíacas o sangue desses animais passa desde que sai dos pulmões até seu retorno a esses mesmos órgãos?

a) É o fato de as duas cavidades do lado direito (átrio e ventrículo) serem completamente separadas das duas cavidades do lado esquerdo.

b) As aves.

c) Átrio esquerdo → ventrículo esquerdo → átrio direito → ventrículo direito.

Resolução Questão 2

Resolução 6 Endoderma 7 Periciclo 5 Epiderme 1 2 RAIZ 3 8 Medula 4 2 1 5 Epiderme CAULE Questão 1

B

B

B O

III L

O

O

L

L G

O

O

O IIIA

G

G

A

A

(10)

A seguir são mostradas duas propostas de árvores filogenéticas (I e II) para diversos grupos de animais inver-tebrados e fotos de animais (a, b, c), pertencentes a alguns desses grupos.

a) Indique em qual das árvores os animais das fotos a e b são mais proximamente aparentados sob o ponto de vista evolutivo. Justifique sua resposta.

b) Cite um outro animal incluído no grupo taxonômico, mostrado nas árvores, ao qual pertence o animal da foto c.

c) Quanto ao modo de respiração, qual dos três animais (a, b, c) apresenta menor adaptação à vida em terra firme? Por quê?

a) Na árvore I. A proposta I sugere um “ancestral comum” para a (Myriapoda) e b (Annelida), mais próximo do que o sugerido pela proposta II.

b) O animal c pertence ao grupo Chelicerata, no qual estão também incluídos as aranhas e os escorpiões.

c) O animal b (minhoca), cujas trocas gasosas ocorrem através da superfície corporal, sujeita, em terra firme, à desidratação.

As bactérias podem vencer a barreira da pele, por exemplo num ferimento, e entrar em nosso corpo. O sis-tema imunitário age para combatê-las.

a) Nesse combate, uma reação inicial inespecífica é efetuada por células do sangue. Indique o processo que leva à destruição do patógeno bem como as células que o realizam.

b) Indique a reação de combate que é específica para cada agente infeccioso e as células diretamente responsá-veis por esse tipo de resposta.

a) Trata-se do processo de fagocitose do patógeno, realizado por leucócitos do tipo neutrófilo.

b) A reação de combate específica é a produção de anticorpos por leucócitos do tipo linfócito, que reconhe-cem os antígenos de cada agente infeccioso, neutralizando-o.

Uma célula somática, em início de intérfase, com quantidade de DNA nuclear igual a X, foi colocada em cultura para multiplicar-se. Considere que todas as células resultantes se duplicaram sincronicamente e que não houve morte celular.

a) Indique a quantidade total de DNA nuclear ao final da 1ª-, da 2ª- e da 3ª- divisões mitóticas. b) Indique a quantidade de DNA por célula na fase inicial de cada mitose.

Questão 5

Resolução Questão 4

Resolução Questão 3

(11)

a) A quantidade total de DNA nuclear, ao final da primeira divisão mitótica, será de 2 X, nas duas células resul-tantes. Ao final da segunda divisão, nas quatro células produzidas, o total será de 4 X. Ao final da terceira divisão, haverá o total de 8 X nas 8 células formadas.

b) A quantidade de DNA por célula, no início da divisão mitótica, é de 2 X.

Foram realizados cruzamentos entre uma linhagem pura de plantas de ervilha com flores púrpuras e grãos de pólen longos e outra linhagem pura, com flores vermelhas e grãos de pólen redondos. Todas as plantas produzidas ti-nham flores púrpuras e grãos de pólen longos. Cruzando-se essas plantas heterozigóticas com plantas da linhagem pura de flores vermelhas e grãos de pólen redondos, foram obtidas 160 plantas:

62 com flores púrpuras e grãos de pólen longos, 66 com flores vermelhas e grãos de pólen redondos, 17 com flores púrpuras e grãos de pólen redondos, 15 com flores vermelhas e grãos de pólen longos.

Essas freqüências fenotípicas obtidas não estão de acordo com o esperado, considerando-se a Segunda Lei de Mendel (Lei da Segregação Independente).

a) De acordo com a Segunda Lei de Mendel, quais são as freqüências esperadas para os fenótipos? b) Explique a razão das diferenças entre as freqüências esperadas e as observadas.

a) Esperam-se, de acordo com a Segunda Lei de Mendel, 25% de cada um dos fenótipos, o que equivale a 40 plantas de cada tipo.

b) A freqüência observada permite inferir que estamos diante de um caso de ligação gênica (linkage), em que os genes para cor da flor e forma dos grãos de pólen estão situados no mesmo par de cromossomos. Os resulta-dos permitem ainda concluir que houve permuta (crossing-over) entre os dois loci. Ao contrário, na Segunda Lei, os genes para as diferentes características estão em pares distintos de cromossomos homólogos.

O gráfico abaixo indica a transpiração de uma árvore, num ambiente em que a temperatura permaneceu em torno dos 20ºC, num ciclo de 24 horas.

a) Em que período (A, B, C ou D) a absorção de água, pela planta, é a menor? b) Em que período ocorre a abertura máxima dos estômatos?

c) Como a concentração de gás carbônico afeta a abertura dos estômatos? d) Como a luminosidade afeta a abertura dos estômatos?

Período A Período B Período C Período D Tempo

Quantidade de água eliminada na tr

anspir ação (v alor es arbitrár ios) Questão 7

Resolução Questão 6

Resolução

(12)

a) A menor absorção de água pela árvore ocorre no período A. b) A abertura máxima dos estômatos ocorre no período C.

c) Em elevadas concentrações de CO2, os estômatos se fecham. Inversamente, quando a taxa de CO2é baixa,

eles se abrem.

d) Os estômatos, de modo geral, abrem-se em presença de luz, fechando-se em sua ausência.

Num campo, vivem gafanhotos que se alimentam de plantas e servem de alimento para passarinhos. Estes são predados por gaviões. Essas quatro populações se mantiveram em números estáveis nas últimas gerações. a) Qual é o nível trófico de cada uma dessas populações?

b) Explique de que modo a população de plantas poderá ser afetada se muitos gaviões imigrarem para esse campo. c) Qual é a trajetória dos átomos de carbono que constituem as proteínas dos gaviões desde sua origem inorgânica? d) Qual é o papel das bactérias na introdução do nitrogênio nessa cadeia alimentar?

a) Plantas: produtores

Gafanhotos: consumidores primários Passarinhos: consumidores secundários Gaviões: consumidores terciários

b) O aumento da população de gaviões levará à diminuição da população de passarinhos. Isso acarretará o aumento da população de gafanhotos, e, em conseqüência, a diminuição da população de plantas. c) Os átomos de carbono, derivados do gás carbônico atmosférico, são fixados pelas plantas na fotossíntese, a qual

origina moléculas orgânicas, algumas das quais serão matérias-primas para a formação de aminoácidos. Essas substâncias, componentes das proteínas, são transferidas ao longo da cadeia alimentar até chegar aos gaviões. d) As bactérias fixadoras de nitrogênio são as responsáveis iniciais pela introdução desse elemento na cadeia,

trans-formando o nitrogênio atmosférico em amônia. Essa amônia pode ser absorvida diretamente pelas plantas ou transformada em nitratos por bactérias nitrificantes; os nitratos são também fonte de nitrogênio para as plantas.

Observação: a decomposição de compostos orgânicos nitrogenados, realizada por bactérias, gera também

amônia, que fica à disposição das plantas.

Abaixo está representada a seqüência dos 13 primeiros pares de nucleotídios da região codificadora de um gene. A T G A G T T G G C C T G

T A C T C A A C C G G A C

---A primeira trinca de pares de bases nitrogenadas à esquerda, destacada em negrito, corresponde ao aminoácido metionina.

A tabela ao lado mostra alguns códons do RNA mensageiro e os aminoácidos codificados por cada um deles.

a) Escreva a seqüência de bases nitrogenadas do RNA men-sageiro, transcrito a partir desse segmento de DNA. b) Utilizando a tabela de código genético fornecida, indique

a seqüência dos três aminoácidos seguintes à metionina, no polipeptídio codificado por esse gene.

c) Qual seria a seqüência dos três primeiros aminoácidos de um polipeptídio codificado por um alelo mutante desse gene, originado pela perda do sexto par de nucleotídios (ou seja, a deleção do par de bases T = A)?

Questão 9

Resolução Questão 8

Resolução

Códon do RNAm Aminoácido

ACC treonina

AGU serina

AUG metionina

CCU prolina

CUG leucina

GAC ácido aspártico

GGC glicina

UCA serina

(13)

a) – – – AUGAGUUGGCCUG – – –

b) Os aminoácidos seguintes à metionina são: serina, triptofano e prolina.

c) No caso do gene mutante, os três primeiros aminoácidos a serem codificados serão: metionina, serina e glicina.

Devido ao aparecimento de uma barreira geográfica, duas populações de uma mesma espécie ficaram isoladas por milhares de anos, tornando-se morfologicamente distintas.

a) Explique sucintamente como as duas populações podem ter-se tornado morfologicamente distintas no decorrer do tempo.

b) No caso de as duas populações voltarem a entrar em contato, pelo desaparecimento da barreira geográfica, o que indicaria que houve especiação?

a) Ao longo de um tempo bastante grande, as duas populações isoladas foram submetidas a pressões seletivas dis-tintas, divergindo aos poucos genética e morfologicamente.

b) O surgimento de um isolamento reprodutivo entre as duas populações, caracterizado pela impossibilidade de produção de descendentes férteis, indicaria que houve especiação.

Resolução Questão 10

(14)

O exame da FUVEST alcançou seu objetivo: avaliar o conhecimento geográfico dos candidatos à área de Humanidades.

As questões foram claras e exploraram assuntos comumente tratados em sala de aula pelos professores do Ensino Médio.

Outra característica elogiável da prova diz respeito à preocupação da Banca em verificar a capacidade de crítica dos candidatos, especialmente nas questões 01 e 06.

Prova de nível médio a difícil, com boa distribuição das questões pelos assuntos da Biologia. A formulação dos enunciados permitiu que a maioria das respostas fosse direta, sem exigir uma redação elaborada.

Biologia Geografia

TT

T

N

N

N

E

E

E

M

M

M Á

Á

Á O

O

OSSS

O

O

O

C

C

C

R

R

R

III

Imagem

Referências