Algarve - cultura local

Top PDF Algarve - cultura local:

Algarve: a cultura local e a interacção com a comunidade estrangeira europeia residente no interior algarvio

Algarve: a cultura local e a interacção com a comunidade estrangeira europeia residente no interior algarvio

^ «Ale há poucos anos, Santa Bárbara de Nexe era um pequeno sítio, como tantos no Algarve, intacto e cheio de encanto. Hoje em dia existem aqui vivendas luxuosas de residentes estrangei[r]

124 Ler mais

Allgarve: a resposta para o turismo de cultura no Algarve?

Allgarve: a resposta para o turismo de cultura no Algarve?

. Esta necessidade sentida pelo turista é determinante no momento da procura do destino da viagem que pretende fazer. Consoante os objectivos que vão delinear a procura, será tomada a decisão e feita a escolha em torno do destino ideal para determinado visitante, que será certamente aquele que melhor satisfizer as suas necessidades. Esta definição apresentada pela OMT aproxima o conceito de turismo cultural da ideia de consumo de experiências. De facto é isso que o turista procura, a concretização de novas experiências que estejam, de algum modo, ligadas ao local de destino. A aproximação à cultura local é o destaque dado por Goeldner e Ritchie que descreve este sector do turismo como aquele que “engloba todos os aspectos da viagem em que as pessoas conhecem o estilo de vida dos outros e a sua forma de pensar” (GOELDNER e RITCHIE, 2009, p. 268) 5 . Quando um país se apresenta ou se dá a conhecer ao turista, os factores culturais são, ou em alguns casos deveriam ser, os privilegiados. A gastronomia, a arquitectura, a religião, a música, o artesanato ou outras actividades de lazer caracterizam o estilo de vida de um povo e podem ser considerados produtos turísticos quando utilizados para atrair e entreter os visitantes. Perante este olhar diversificado em torno do conceito de turismo cultural é possível concluir que este sector da actividade turística não se resume à visita de monumentos e sítios, a que geralmente é associado, mas explora outras características dos locais visitados que permitem ao turista conhecer a população, as suas tradições e estilo de vida (RICHARDS, 2003). É esta nova faceta que marca uma mudança no conceito e permite assistir ao aparecimento de um novo mercado. Trata-se de um segmento de mercado que tem como produtos e serviços para oferta um conjunto de elementos ligados à região e ao quotidiano de quem lá vive, porque o turista pretende envolver-se o mais possível no novo meio que o acolhe, o qual pretende explorar e conhecer. Entre essa oferta deverão existir elementos ligados ao passado e às tradições do destino, mas também algo de contemporâneo e inovador.
Mostrar mais

103 Ler mais

Cultural accessible tourism in Algarve region, case of study

Cultural accessible tourism in Algarve region, case of study

Este artigo tem como objetivo analisar as novas tendências do turismo cultural na região do Algarve, Portugal. O Algarve é internacionalmente conhecido por ser um destino de “Sol & Praia”. No entanto, as novas tendências do turismo nesta região estão associadas a segmentos ligados a aspetos únicos e locais, tais como: a paisagem, a gastronomia e o património rural e urbano. Atualmente, a cultura local constitui uma variável importante para a criação de experiências e contribui para a satisfação dos visitantes. O turismo acessível é um dos segmentos que se encontra referenciado na estratégia do turismo da Região do Algarve. O projeto “Praia Acessível/Praia para todos”, o “Plano de Requalificação da Baixa de Vilamoura” e o “Plano Local de Promoção da Acessibilidade do Município de Portimão” são alguns dos exemplos de medidas que contribuem para um turismo acessível no Algarve. Neste domínio, promove-se a acessibilidade física e psicológica nos espaços públicos com a aplicação dos princípios do “design universal”. Para responder às atuais necessidades dos consumidores, em muitos dos espaços culturais foram implementadas medidas de acessibilidade. Estas medidas foram aplicadas não só em edifícios históricos e patrimoniais, mas também nos ambientes urbanos dos centros históricos, contribuindo para uma melhor mobilidade nas cidades algarvias. Com este artigo pretende-se também analisar o estado-de- arte da acessibilidade no turismo cultural e compreender qual a sua importância para o desenvolvimento sustentável do Algarve.
Mostrar mais

24 Ler mais

Análise simbólica de dados e a sua aplicação na extracção de informação de estatísticas oficiais: análise do inquérito à ocupação do tempo

Análise simbólica de dados e a sua aplicação na extracção de informação de estatísticas oficiais: análise do inquérito à ocupação do tempo

[Dormir = [60, 1060]] ^ [Cuidados_pessoais = [0, 310]] ^ [Trabalho = [0, 880]] ^ [2ª_Actividade = [0, 500]] ^ [Tempo_emprego = [0, 70]] ^ [Escola = [0, 790]] ^ [Estudo = [0, 350]] ^ [Arranjo_casa = [0, 170]] ^ [Roupa_e_calçado = [0, 70]] ^ [Jardim = [0, 700]] ^ [Construção = [0, 810]] ^ [Compras = [0 , 370]] ^ [Gestão_casa = [0, 10]] ^ [Cuidar_crianças = [0, 370]] ^ [Convivio = [0, 580]] ^ [Cultura = [0, 280]] ^ [Lazer_passivo = [0, 640]] ^ [Exercico_fisico = [0, 290]] ^ [Exercio_produtivo = [0, 670]] ^ [Artes = [0, 240]] ^ [Jogos = [0, 370]] ^ [Outros_passatempos = [0, 20]] ^ [Ler = [0, 400]] ^ [Televisão = [0, 580]] ^ [Música = [0, 320]] ^ [Trajecto_casa = [0, 300]]
Mostrar mais

159 Ler mais

Effects of depuration on subsequent deterioration and shelf life of cultured grooved carpet shell clam Ruditapes decussatus during chilled storage

Effects of depuration on subsequent deterioration and shelf life of cultured grooved carpet shell clam Ruditapes decussatus during chilled storage

The grooved carpet shell clam Ruditapes decussatus is one of the most consumed and valuable bivalves in the Mediterranean in terms of both nutrition and market. As with other filter-feeding species there are health risks associated with its consumption and specimens have to be depurated pending assessment of water quality of the environment where they originate. The aim of this study was to examine the effects of depuration on parameters of biological (mortality), commercial/physiological (condition index, CI, and percent edibility, PE), physicochemical (pH and TVB-N content), microbiological (TVC, Enterobacteriaceae and psychrotrophic bacteria) and sensory quality of commercially-sized clams from Ria Formosa (Algarve, south Portugal) stored at chill temperatures.
Mostrar mais

7 Ler mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CULTURA DA REIMA EM COMUNIDADES RURAIS DE CATALÃO: relação entre ambiente e a cultura local

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CULTURA DA REIMA EM COMUNIDADES RURAIS DE CATALÃO: relação entre ambiente e a cultura local

Resumo: Comer não se resume ao ato de ingerir alimento para satisfazer necessidades nutricionais vitais e biológicas que garantem continuidade da vida. Há uma carência de estudos da cultura alimentar tradicional do município de Catalão (GO), bem como, o desconhecimento das novas gerações sob os hábitos alimentares de seus genitores. Com a realização deste trabalho objetiva-se realizar um levantamento preliminar de caráter quantitativo e qualitativo dos alimentos considerados reimosos; comparar as informações colhidas com a literatura científica especializada; estabelecer uma relação entre linguagem, antropologia, nutrição e etnobiologia no contexto da cultura alimentar; elaborar um esboço de vocabulário da reima. Foram realizadas conversas informais no distrito de Pires Belo, nas comunidades rurais de São Domingos e Fazenda Pires, inseridos no município de Catalão (GO). O estudo encontra-se em desenvolvimento, as conversas informais realizadas até o momento ainda não são conclusivas, quanto ao significado definido das palavras “reima” e “manso”, assim como dos alimentos considerados reimosos. Dentre as comidas mais referenciadas como reimosas estão a carne de porco, a banha (tecido adiposo dos suínos), o fruto manga, estes foram citados em todas as conversas com os cinco (05) moradores até então consultados informalmente para esta pesquisa. Análises do ponto de vista bioquímico/nutricional são escassas na literatura especializada, relacionando os efeitos dos alimentos reimosos no organismo. Ainda não se percebe nenhum padrão científico na eleição desses alimentos como reimosos. As diferentes ciências envolvidas nos estudos da relação homem/alimento, tem importantes contribuições nesses estudos, apesar parcialidade das informações.
Mostrar mais

9 Ler mais

Plio-pleistocene boundary: Olhos de Água oucrop

Plio-pleistocene boundary: Olhos de Água oucrop

The occurrence of rocky and sandy cliffs on the south coast of the Algarve is a consequence of tectonic movement since the Upper Miocene. The Algarve Basin was affected by uplift west of Olhos de Água and subsidence to the east. This process created local sedimentary basins in the easternmost part of the Algarve which filled with sediment throughout the Pliocene and Pleistocene (Moura & Boski, 1999). In contrast to the carbonate sediments formed on the continental shelf during the Miocene, the Pliocene and Pleistocene sediments are mostly siliclastic, deposited in littoral and continental environments. Rapid uplift and consequent erosion produced abundant clastic sediments, which were carried into the regional sedimentary basins. These processes are reflected in lithological differences between cliffs on the west and east coast of the Algarve (Fig.1).
Mostrar mais

9 Ler mais

Recensão a O Estado dos Campos, de Nuno Júdice

Recensão a O Estado dos Campos, de Nuno Júdice

Ana Isabel Soares - Universidade do Algarve António Branco - Universidade do Algarve Fátima Freitas Morna - Universidade de Lisboa Fernando Gonçalves - Universidade do Algar[r]

5 Ler mais

Measuring cultural event experiences: insights from 365 Algarve

Measuring cultural event experiences: insights from 365 Algarve

The 365 Algarve program is a set of cultural and artistic events that was launched in 2016 and its main purpose is to increase territorial cohesion in the region by involving residents and local cultural groups in different projects. The cultural and natural landscape was the motto to create, interact and propose a reflection on the territory, as well as of (re) interpretation and delight. It is a bottom-up approach to initiate and sustain an event program. The partnership between the Portuguese Secretary of State for Culture and the Secretary of State for Tourism, with a budget of 1,5 million Euros, made conceivable to Municipalities and Cultural Agents of the Algarve propose and create the events, spreading them throughout the territory, in its 16 municipalities (AA. VV, 2016).
Mostrar mais

75 Ler mais

Design das Espumas   Francisco Magalhães

Design das Espumas Francisco Magalhães

Para as personagens de LOST, a resposta à primeira pergunta, “para onde queremos ir?”, parecia inicialmente bastante simples, praticamente todas elas queriam estar em qualquer lugar menos naquela ilha deserta. Voltar a casa, à civilização de que cada uma delas fazia parte antes do importuno acidente, constituía assim o “objectivo desejado”, e partilhado, por todos os membros do grupo. A segunda questão, “como atingir esse objectivo?”, acabou por obrigar o grupo não só à construção de toda a panóplia de instalações artiiciais como também à constituição de relações pessoais entre os seus vários membros, como forma de subsistir na ilha até que alguém os resgatasse. Mas o curso de acção que inicialmente parecia permitir a obtenção do resultado pretendido acaba por ser constantemente redeinido; o carácter místico da ilha parecia impedir qualquer um dos seus habitantes de regressar ao mundo exterior e as várias tentativas falhadas de abandonar este local sobrenatural obrigam então à constante (re)especiicação do “objectivo desejado”, fazendo mesmo com que o desejo de voltar à sua antiga vida comece a ser colocado em causa por algumas das personagens.
Mostrar mais

96 Ler mais

Transculturação: Fernando Ortiz, o negro e a      identidade nacional cubana (1906-1940)

Transculturação: Fernando Ortiz, o negro e a identidade nacional cubana (1906-1940)

Ver o livro de Bhabha O Local da Cultura, onde o autor define o conceito de "Entre-lugar", para ele a cultura teria como espaço privilegiado de renovação os locais de encontro d[r]

109 Ler mais

TEMPO DE CONSTRUIR, AMAR, CURAR E DANÇAR

TEMPO DE CONSTRUIR, AMAR, CURAR E DANÇAR

cultura e a história dos povos africanos. Dessa forma tive que deixar de lado muitos dos meus conceitos, teorias para compreensão do outro e abrir-me para novas fronteiras e espaços culturais e religiosos. É a partir destas experiên- cias ricas, sofridas (não é fácil ter que abrir mão de certa bagagem cultural e admitir que o ‘outro’; aquele que é diferente de você pode ensinar tantas ou- tras coisas) que aprendi que existem outras possibilidades teóricas tão válidas quanto a minha. Em terras moçambicanas aprendi que o tempo não era apenas linear; que nem tudo vai ao encontro do futuro e ao progresso. O tempo pode ser cíclico e o passado (aquele voltado para os ancestrais) pode se constituir num imenso berço de possibilidades transformadoras e de aprendizagem para as novas gerações; a memória dos mais velhos ressignifica constantemente o presente;a ordem e a hierarquia constituídasnão estão ligadas somente a quem acumula leituras, ciência e tecnologia mas podem partir daqueles que acu- mulam mais experiências, dos mais velhos e dos mais sábios da comunidade; também aprendi que o conceito de pessoa está muito relacionado ao conceito e a percepção que se tem da comunidade, do coletivo e da etnia.
Mostrar mais

16 Ler mais

Desvelamento do limiar discursivo de uma marca global em uma cultura local.

Desvelamento do limiar discursivo de uma marca global em uma cultura local.

With the advent of globalization comes a new form of coexistence between societies, the possibility of which has helped to generate a tangle of cross-cultural field and allowed the establishment of universal values in local sites. This context coupled with mass culture promoted brands to produce complex and global cultural symbols. Inspired by Michel Foucault’s archaeological project, we elected a global brand to undergo a photo-ethnographic case study of mundane daily practices. This process project has enabled us to perform the analysis through an ordering, definition and description work, developed within the discursive field, allowing the results to reveal enunciative descriptions guided by brand marketing practices. Descriptions revealed functions and their relations have allowed us to decipher the rules under which they were governed. The analysis revealed the relational threshold between global and local cultures and
Mostrar mais

34 Ler mais

Mecenato cultural de empresa em Portugal

Mecenato cultural de empresa em Portugal

420 cultura local... Entretanto, esta dimensão local do apoio público vai assumindo uma visi- bilidade crescente, tanto para os produtores como para os difusores cultu- rais que se mostr[r]

65 Ler mais

Publicidade: foco na criança

Publicidade: foco na criança

Para se compreender a criança hoje, se faz neces- sário, também, refletir e discutir as questões acer- ca da fabricação dos produtos culturais que para ela são inventados com vistas à constituição de um modo de ser (DORNELLES, 2012, p. 79). Cada época e contexto criam e produzem uma cultura a partir da qual emergem diferentes formas de pensar, ver e agir sobre as pessoas e o mundo. Assim, os informes publicitários, constituídos e emergentes de uma cultura, trazem e contêm uma visão e concepção de mundo que está associada a todo um contexto de valo- res, projeções e crenças da sociedade. São, portanto, pro- dutores de cultura, ao mesmo tempo em que requerem da cultura e de significados para serem produzidos. Des- sa forma, a publicidade tem e traz sempre uma dimen- são cultural, variando sua produção e criação de acordo com o seu contexto histórico, espaço e tempo. E nesse sentido o anúncio publicitário enquanto linguagem pro- duz-se culturalmente, constrói-se a partir da cultura como texto, modelizante e gerador de estruturalidade, pois é criado a partir de um sistema de significados, ou seja, pela cultura, e tem a “capacidade de transformar a informação circundante em conjuntos diversificados, porém organizados, de sistemas de signos, aptos a cons- tituir linguagens [...]. Nesse caso, o texto é precedente da própria linguagem. Somente as coisas significantes constituem uma realidade cultural e projetam sua con- dição de texto da cultura” (MACHADO, 2013, p. 65).
Mostrar mais

6 Ler mais

 Relatório final

Relatório final

Neste contexto, emerge o Plano Operacional de Saúde (POS) – Saúde XXI, que define objetivos estratégicos com vista à obtenção de ganhos em saúde e garantia aos cidadãos de cuidados de saúde com qualidade. Os ganhos em saúde serão traduzidos por ganhos em anos de vida e serão conseguidos pela diminuição de episódios de doença ou pela redução da sua duração, pela diminuição das incapacidades causadas por doenças, traumatismo ou pelas suas sequelas, pelo aumento das capacidades funcionais a nível físico e psicossocial e também pela diminuição do sofrimento e melhoria da qualidade de vida influenciada pela saúde. O acesso aos cuidados de saúde com qualidade reporta-se à necessidade de serem prestados no local e no momento em que são expostos de forma efetiva e eficiente numa filosofia de continuidade e de satisfação da pessoa. (União Europeia 2000)
Mostrar mais

94 Ler mais

Fruta Dragão: validar a capacidade produtiva da pitaia vermelha. Levantamento da situação da cultura no Algarve.

Fruta Dragão: validar a capacidade produtiva da pitaia vermelha. Levantamento da situação da cultura no Algarve.

A fruticultura do Algarve tem tido uma grande evolução nos últimos anos, com a modernização do pomar de citrinos, o surgimento da framboesa e o crescimento da área de cultivo de abacateiro. Também algumas das espécies tradicionais, nomeadamente alfarrobeira, amendoeira, figueira, dióspiro e romãzeira têm sido alvo de novos investimentos e correspondente aumento de área e modernização do pomar (Helhazar, 2016). Mesmo assim, é desejável que haja uma maior diversificação da fruticultura regional, para evitar a existência de grandes áreas contínuas com a mesma espécie frutícola. É particularmente desejável a introdução de espécies com baixas necessidades de rega, uma vez que a falta de água é um problema que sempre tem limitado a agricultura da região e que tem tendência a agravar-se com o aumento do consumo e com as alterações climáticas que estão a ocorrer nos últimos anos (Nunes et al., 2006).
Mostrar mais

8 Ler mais

Janelas da cultura local: abrindo oportunidades para inclusão digital de comunidades

Janelas da cultura local: abrindo oportunidades para inclusão digital de comunidades

com cada link, ou nó da conexão, pode revelar-se como sendo composto por toda uma rede. O da exterioridade do hipertexto: o crescimento, diminuição, composição e recomposição da rede dependerá sempre da adição constante de novos elementos e conexões com outras redes. O da topologia, pois o hipertexto funciona por proximidade, por vizinhança. Neste caso, não há espaço social homogêneo em que possam coexistir forças de ligação e separação para a circulação livre de mensagens, pois todo deslocamento deve utilizar- se da rede hipertextual. Aqui, a rede não está no espaço, ela é o próprio espaço. O usuário da informação passa a ter a liberdade de escolher seu próprio percurso e, no caso de compartilhar uma rede como a Internet, construir seus próprios estoques de informação – estratégia informacional que adotamos na presente pesquisa. Para construção do hipertexto sobre a cultura local com a comunidade de Santa Catarina, em Quissamã, optamos por utilizar a metodologia da pesquisa-participante, utilizada de forma inovadora por Freire (1998) e Espírito Santo (2003). O termo “pesquisa-participante” foi criado por pesquisadores norte -americanos e europeus envolvidos com projetos de intercâmbio com países de terceiro mundo, na área de ciências sociais. A pesquisa- participante combina:
Mostrar mais

9 Ler mais

REDE COLETIVA: CULTURA LOCAL COMO INSTRUMENTO DE CAPACITAÇÃO DE JOVENS NA ROCINHA

REDE COLETIVA: CULTURA LOCAL COMO INSTRUMENTO DE CAPACITAÇÃO DE JOVENS NA ROCINHA

A juventude pode ser analisada como um “conceito construído social e historicamen- te” (BARBOSA; VELOSO, 2012, p. 21). Dentro do Brasil, o conceito “juventudes” está inse- rido de forma consistente e no plural, porque se acredita que é uma categoria que está sempre mudando de acordo com o momento social e histórico (BARBOSA; VELOSO, 2012). Dentro de uma sociedade contemporânea, a categoria “juventudes” passa a ser compreendida como um estilo de vida no momento em que “a forma de viver dos jovens passa a parecer interessante a pessoas de todas as idades” (BARBOSA; VELOSO, 2012, p. 19). Paes (2006, p. 7) reflete que as culturas juvenis podem ser lidas de duas maneiras distintas: pelas socializações que as determinam ou pelas “suas expressividades (performances) cotidianas”. O autor apropria-se de Deleuze para relatar a diferença entre o espaço liso e o espaço estriado. O primeiro, o espaço liso, é pertinente à ordem, e o segundo, o espaço estriado, é o caos, o devir, a performance. O espaço estriado é considerado o contrário do espaço liso e comparado ao patchwork, por ser um espaço destinado às novas sensibilidades e realidades. E as culturas juvenis são claramente performativas porque, muitas vezes, os jovens não se sentem pertencentes às culturas que a sociedade os impõe. E os cotidianos juvenis são retratados pelas voltas e voltas figurativamente falando e isto significa que há uma valorização na aventura, na extravagância e no experimentalismo. O cotidiano va- lorizado é com excitação: excesso de velocidade, festas rave, esportes radicais, aventuras sexuais e consumo de drogas. Enquanto os jovens orientam-se pela ruptura e desvio, as gerações mais velhas valorizam a segurança e a rotina. Por isso, é importante compreender as culturas juvenis e as suas sensibilidades performativas e não ficar preso a padrões prescritivos, principalmente porque os jovens não mais se identificam com esta cultura. Como exemplo, tem-se: na música, o hip-hop; nas performances corporais, o break dance, além de manifestações no grafitismo e em esportes radicais (PAES, 2006).
Mostrar mais

10 Ler mais

Religião e cultura local: estudo de dois grupos espíritas potiguares

Religião e cultura local: estudo de dois grupos espíritas potiguares

O surgimento do grupamento espírita reunido em torno das atividades de Waldemar Matoso encontrou, no panorama doutrinário local, os ecos dos esforços de unificação. Essa realidade, apesar de propor um modelo de Espiritismo marcadamente religioso e bastante explícito na delimitação de suas fronteiras, visivelmente no que se refere às outras religiões, não pretendia padronizar procedimentos, tendo em vista o próprio modelo adotado pela organização federativa que facultava a plena autonomia das instituições, centros adesos ou federativas estaduais. Não havia, portanto, deliberações obrigatórias e as casas gozavam de liberdade para realizar possíveis adaptações, conquanto não perdessem a identidade derivada dos postulados doutrinários básicos, ou seja, as diretrizes constantes na própria codificação Kardequiana.
Mostrar mais

122 Ler mais

Show all 10000 documents...