Alto Escalão

Top PDF Alto Escalão:

Burocracia e política na nova ordem democrática brasileira: o provimento de cargos no alto escalão do governo federal (governos Sarney, Collor, Itamar Franco e FHC)

Burocracia e política na nova ordem democrática brasileira: o provimento de cargos no alto escalão do governo federal (governos Sarney, Collor, Itamar Franco e FHC)

Por fim, cabe ressaltar que o governo Itamar constituiu-se num importante estágio de transição para um grupo de técnicos que figura no eixo central do governo Fernando Henrique. Menos preocupado em construir um Ministério sob bases de marketing político, como o fora a gestão Collor, e igualmente menos concentrado na tentativa de formar uma maioria a todo custo - como no caso do governo Sarney -, sobretudo porque todos os políticos que tinham feito o impeachment se obrigaram de alguma forma a sustentar minimamente o Poder Executivo, Itamar pôde montar o alto escalão de forma mais “independente” do sistema político, alçando o vôo de figuras com perfil mais técnico. Contribuía ainda para isso o fato que os políticos não estavam em condições de serem muito recalcitrantes após o escândalo da CPI do Orçamento, que colocara novamente a classe política na berlinda.
Mostrar mais

110 Ler mais

Histórias de empoderamento: um estudo sobre o processo vivenciado por mulheres que ocupam cargos de alto escalão na administração pública e de empresas em Belo Horizonte

Histórias de empoderamento: um estudo sobre o processo vivenciado por mulheres que ocupam cargos de alto escalão na administração pública e de empresas em Belo Horizonte

Essa pesquisa teve como objetivo compreender o processo de empoderamento de mulheres que ocupam cargos de alto escalão na administração pública e de empresa em Belo Horizonte. Por meio de entrevistas de história de vida foram investigadas as experiências vivenciadas pelas mulheres entrevistadas buscando compreender o processo por elas empreendido na busca de maior autonomia e empoderamento. A análise dos resultados revelou que o processo de empoderamento é muito complexo e vai muito além da simples inserção da mulher no mercado de trabalho, o desenvolvimento da carreira e independência financeira. Percebeu-se que o processo de empoderamento vai se ampliando e incorporando resultados partindo da ação individual da mulher como sujeito de sua própria vida, passando pelas suas relações interpessoais para que ocorra uma transformação em todo o contexto em que ela está inserida. As histórias de vida estudadas revelam que as entrevistadas tiveram uma dedicação intensa à educação, construíram redes de relacionamento que lhe serviram de suporte para avançar a sua busca, escolheram conscientemente um marido que não temesse uma mulher empoderada, organizaram o seu tempo para dar conta de cumprir todas as suas atividades na esfera pública e também na esfera privada. Por fim, conclui-se que o estudo do processo de empoderamento das mulheres é um campo vasto e pouco explorado e que deve ser melhor investigado em pesquisas futuras.
Mostrar mais

135 Ler mais

Trajetórias profissionais de executivas aos postos de alto escalão: fatores-chave, barreiras, inibidores de ascensão e estratégias de enfrentamento

Trajetórias profissionais de executivas aos postos de alto escalão: fatores-chave, barreiras, inibidores de ascensão e estratégias de enfrentamento

Mas, no entanto, se afastam do modelo proposto por Mainiero e Sullivan (2005) – que afirmam que existem três fatores-chave, autenticidade, equilíbrio e desafio, que possuem pesos relativos que mudam ao longo das etapas de vida das mulheres; e cujo inter- relacionamento afeta as escolhas realizadas por elas em âmbito profissional - quando fica claro em seus discursos que o desafio é sempre a força motriz de seu processo de desenvolvimento. Os demais fatores-chave propostos pelo modelo, vem complementar a centralidade do desafio no processo de escolha profissional e pessoal dessas mulheres e, muito provavelmente, este seja um aspecto distintivo dos traços de personalidade das mulheres que atingem os postos de alto escalão. Sem dúvida que a busca por equilíbrio e pela formação de uma identidade própria (autenticidade) aparecem nas falas das entrevistadas, porém, o gosto por desafios constitui-se como elemento indubitavelmente dominante em seus depoimentos. Mesmo a maternidade, de vital importância para as executivas com filhos, se constitui nesse locus. Apesar de terem diminuído seu ritmo quando da chegada dos filhos, o trabalho nunca deixou de exercer centralidade em suas vidas, constituindo-se como forte fonte de identidade pessoal.
Mostrar mais

235 Ler mais

Política, burocracia e redes sociais: as nomeações para o alto escalão do Banco Central do Brasil.

Política, burocracia e redes sociais: as nomeações para o alto escalão do Banco Central do Brasil.

Análises recentes do desenvolvimento da re- lação entre políticos e burocratas apontam para a “mistura” crescente entre seus papéis e atribui- ções, criando o fenômeno da politização da buro- cracia e da burocratização da política. O modelo de separação estrita de funções e de capacidades entre políticos e burocratas (segundo o qual os políticos decidem e inovam, e os burocratas obe- decem e garantem a continuidade das políticas) está sendo substituído, principalmente nos altos escalões, por um modelo híbrido, em que policymakers combinam as duas funções e habi- lidades, como mostrou o estudo comparativo de Aberbach, Putnam e Rockman (1981). Esse fe- nômeno deu origem a um profissional híbrido que é responsável tanto pela gestão eficiente quanto por atender aos objetivos políticos da agenda go- vernamental. Os ocupantes do alto escalão do governo, sejam políticos, sejam burocratas, são policymakers que devem ser capazes de respon- der a essa dupla exigência.
Mostrar mais

24 Ler mais

Bol. da PM n.º 059 04ABR   Relatório Eletrônico de Supervisão de Alto Escalão Orientações

Bol. da PM n.º 059 04ABR Relatório Eletrônico de Supervisão de Alto Escalão Orientações

Para acessar o relatório eletrônico o supervisor deverá abrir o e-mail da SAE ( aplicativo que se encontra na área de trabalho do tablet com símbolo do GMAIL), identificar seus dados n[r]

3 Ler mais

Desafios da implementação de uma política intersetorial e federativa: as burocracias de médio escalão do Programa Bolsa Família

Desafios da implementação de uma política intersetorial e federativa: as burocracias de médio escalão do Programa Bolsa Família

No que diz respeito às relações estabelecidas entre eles e outros agentes do programa, os gestores entrevistados estão muito mais próximos do alto escalão do que dos burocratas do nível da rua, não apenas internamente, dentro da estrutura hierárquica do MDS, como externamente, dentro de toda a estrutura, nacional e subnacional, envolvida no Programa Bolsa Família. Isso reforça achados prévios de pesquisas sobre o médio escalão federal que demonstram a proximidade maior deles com alto escalão do que com o nível de rua (Cavalcante; Lotta, 2015). Como os próprios entrevistados apontaram, relacionam-se cotidianamente com o próprio Secretário da Senarc e sua equipe do gabinete; assessores, diretores e coordenadores gerais da Secretaria; secretarias e coordenadorias de outros ministérios, especialmente Ministério da Saúde (MS) e Ministério da Educação (MEC); Caixa Econômica Federal; coordenadores estaduais e municipais; secretários de Estado; dentre outros.
Mostrar mais

28 Ler mais

Alencar Frederico Margraf, João Carlos Antunes Ferreira & Letícia Pereira Castro, “Transição Democrática ou Falsa Democracia? Um Brasil de Contradições”

Alencar Frederico Margraf, João Carlos Antunes Ferreira & Letícia Pereira Castro, “Transição Democrática ou Falsa Democracia? Um Brasil de Contradições”

João Goulart, este sendo deposto de seu cargo pelo alto escalão do Exército Militar no dia 1° de Abril de 1964, pelo General Olímpio Mourão Filho, dando início ao regime mil[r]

18 Ler mais

Dirigentes públicos, política e gestão: o sistema de alta direção pública chileno

Dirigentes públicos, política e gestão: o sistema de alta direção pública chileno

Interessante destacar que, embora a implementação do Sistema de Alta Direção tenha ocorrido em 2003 e tenha sofrido aprimoramentos tanto nos governos Lagos como Bachelet, Piñera faz um ácido discurso como se a grande maioria dos cargos públicos tivesse sido provida sem o critério do mérito; embora seu discurso provavelmente refira-se predominantemente aos cargos de natureza política, objeto de estudo de Silva (2010), podemos imaginar que talvez esta tenha sido uma razão para a troca de significativo número de dirigentes em seu governo, em busca de prover os cargos de direção de equipes ainda mais competentes e capacitadas tecnicamente. Seu discurso parece valorizar com maior ênfase a capacidade técnica do alto escalão, em detrimento das habilidades políticas, como forma de legitimar a atuação do governo, o que tem gerado duras críticas. Por um lado, há quem defenda que o atual governo orienta-se totalmente à gestão e nada à governabilidade, apresentando caráter fortemente liberal, o que exigirá, mais cedo ou mais tarde, a necessidade de reaproximação com os partidos políticos que, embora menos brilhantes academicamente, são mais hábeis em construir acordos, já que a política é vista como uma necessidade social que o técnico nunca será capaz de substituir (SILVA, 2010) 49 . De outro lado, defensores do caráter técnico do gabinete
Mostrar mais

167 Ler mais

ABAG: ORIGENS HISTÓRICAS E CONSOLIDAÇÃO HEGEMÔN

ABAG: ORIGENS HISTÓRICAS E CONSOLIDAÇÃO HEGEMÔN

dirigentes da Associação junto ao Estado Restrito brasileiro. Vale tamb ém destacar que se compõe boa parte dos membros da ABAG presentes nas Câmaras de dirigentes de alto escalão da en[r]

16 Ler mais

Radiografia da alta burocracia federal brasileira: o caso do Ministério da Fazenda

Radiografia da alta burocracia federal brasileira: o caso do Ministério da Fazenda

A segunda forma de delegação é feita para os integrantes das car- reiras internas do MF, delegação esta que, conforme um atual ocupante de cargo no alto escalão, “ é importantíssima para fazer funcionar a engre- nagem da máquina do Ministério”. A centralidade desta delegação deriva não apenas da existência formal e perene das carreiras. Tal aspecto é importante, mas não é suficiente para explicar o porquê da delegação segura de funções às carreiras internas do Ministério. Segundo a grande maioria dos entrevistados, os mandantes (ministro e secretários) sabem que além da carreira em si há um forte espírito de corpo nestes grupos, vinculado ao rigor das práticas administrativas fazendárias. Isto ocorre não apenas porque todos passaram por um concurso público, mas porque esses funcionários tiveram uma socialização comum que os une. Além do mais, as diversas mudanças na Fazenda, bem como algumas práticas nefastas adotadas no período autoritário (como o orçamento monetário) também são fatores que agregam os membros destas carreiras em torno do que deve ser feito no Ministério. Por fim, e não menos importante, a falta de carreiras no restante da Administração Pública faz com que os integrantes das carreiras internas do MF valorizem o seu status funcional e busquem sempre se diferenciar. Como nos disse um entrevistado, “é ressaltando a diferença que eles (carreiras internas do Ministério) au- mentam a sua coesão”.
Mostrar mais

37 Ler mais

Universidade Católica de Brasília, Email: romulo.roseogmail.com

Universidade Católica de Brasília, Email: romulo.roseogmail.com

Apesar da importância dessa modalidade de compras públicas, não há, segundo declarações do alto escalão governamental (VAZ, 2011), instrumentos que auxiliem os pregoe[r]

17 Ler mais

Resenha de Impasses da democracia no Brasil

Resenha de Impasses da democracia no Brasil

Na primeira gestão de Lula, as pastas da Saúde, Desenvolvimento Social, Educação e Cidades não entraram no loteamento de cargos, tão característico das coalizões, sendo as que produziram os resultados mais coerentes, sendo o Programa Bolsa Família o exemplo mais exitoso. Esse quadro foi mudando paulatinamente, principalmente após o escândalo do “mensalão”, levando o PMDB a condição de parceiro estratégico, contando com seis pastas no segundo governo Dilma. O autor enfatiza que a abertura de espaços para partidos reconhecidamente clientelistas (PMDB, PR, PTB e PP) ocuparem cargos no alto escalão, notadamente em importantes estatais como a Petrobrás, marcaram a crise do presidencialismo; reconhecendo que as mesmas siglas, incluindo nesse arranjo o PT, cobrariam porcentagens sobre grandes contratos realizados com as maiores empreiteiras do país
Mostrar mais

6 Ler mais

A excelência formativa na procura do alto rendimento - uma época desportiva nos sub-14 da Dragon Force Porto

A excelência formativa na procura do alto rendimento - uma época desportiva nos sub-14 da Dragon Force Porto

Segundo Leal & Quinta (2001), no departamento de formação dos clubes deverá verificar-se a existência de um modelo do jogador que se pretende formar, de modo a impedir-se que os jogadores que não se enquadrem no modelo de jogo do treinador de um determinado escalão sejam excluídos. Daqui ressalta a necessidade primária de se estabelecer um modelo de jogo transversal a todos os escalões e, por conseguinte, um modelo de jogador que se pretende formar. Mais ainda, no trabalho de Costa (2009), Luís Castro faz referência sobre o que é ser um jogador “à Porto” e Jean Paul (Costa, 2009; Moita, 2008) refere os aspetos sobre os quais o processo de formação deve incidir, para que os jogadores provenientes da Academia do Sporting se possam afirmar no futebol profissional. Luís Castro afirma categoricamente que “a equipa sénior serve-nos como referência de jogadores que nós deveremos fornecer e devemos formar” (Costa, 2005, p. III), assim como, quando questionado sobre o processo de prospeção e deteção de talentos do F.C. Porto afirma que a escolha dos atletas, a partir de uma determinada idade, se dá através do talento, mas consoante a posição em campo.
Mostrar mais

116 Ler mais

ME 004100 Planeamento e Comando nas Pequenas Unidades

ME 004100 Planeamento e Comando nas Pequenas Unidades

O SubAgr GOLF tem por missão defender o sector entre (987564) e (564987) pronto a receber o In a partir de D hora H para o deter à frente da OAZR e impedir o acesso ao nó de comunicações de CARTAXO. Para isso vamos conduzir uma defesa avançada entre (987564) e (564987) com 4 SecAT e 1SecACar a NORTE, no esforço, ocupando a PComb 1 para destruir forças In na AEmp Zinco a fim de garantir a posse da região de (…); Com 2Sec CC e 1 SecACar, a SUL, na PComb 2, destruir forças na AEmp COBRE a fim de impedir que o In concentre o seu potencial contra o esforço do SubAgr; com 2 Sec, em segundo escalão, ocupar a PComb 3 para destruir FIn na AEmp e impedir o envolvimento do esforço do SubAgr. Com o remanescente do Pel ACar, ocupar uma posição de emboscada na região de … para destruir FRec )n e negar a observação das posições de combate impedindo a concentração de potencial contra o esforço. Utilizar o apoio de fogos para desorganizar as formações inimigas obrigando-os a apear, com prioridade para a unidade a Norte, SUL e 2º escalão por esta ordem.
Mostrar mais

125 Ler mais

PRINCIPAIS ASPECTOS DA REFORMA TRABALHISTA

PRINCIPAIS ASPECTOS DA REFORMA TRABALHISTA

2.1) A consolidação dos direitos dos trabalhadores já passou por várias alterações advindas de normas de maior escalão como as normas constitucionais e as supralegais, além de tudo com o passar dos anos as sumulas de tribunais superiores vem se tornando importantíssimas para o melhor entendimento das normas, por ser um decreto de mais de 60 anos é claro que estaria sujeita a alterações em seus artigos, como a recepção ou não da Constituição vigente em cada período da história.

9 Ler mais

Agressividade em jogadores de futebol: estudo com atletas de equipes portuguesas.

Agressividade em jogadores de futebol: estudo com atletas de equipes portuguesas.

A agressividade no desporto, a par da novidade, é objeto de alguma controvérsia explicativa em face das várias teorias que analisam este tema. Sendo um tema amplamente divulgado socialmente, é certo que não tem merecido suficiente tratamento por parte da investigação nas ciências sociais e humanas. O presente trabalho teve por objetivo recolher e analisar o comportamento agressivo de jogadores portugueses de futebol. Participaram no estudo 125 jogadores do escalão sênior, que pertenciam a 1 a Liga do Campeonato de Portugal em 2000-2001 e 88

6 Ler mais

 Asp Of Al Inf André

Asp Of Al Inf André

DECLARAÇÃO RELATIVA A TERRITÓRIOS SEM GOVERNO PRÓPRIO ARTIGO 73 - Os Membros das Nações Unidas, que assumiram ou assumam responsabilidades pela administração de territórios cujos povos não tenham atingido a plena capacidade de se governarem a si mesmos, reconhecem o princípio de que os interesses dos habitantes desses territórios são da mais alta importância, e aceitam, como missão sagrada, a obrigação de promover no mais alto grau, dentro do sistema de paz e segurança internacionais estabelecido na presente Carta, o bem-estar dos habitantes desses territórios e, para tal fim, se obrigam a:
Mostrar mais

69 Ler mais

Liderança e gerenciamento no processo de transformação de organizações: reflexão sobre o caso da empresa Nacional

Liderança e gerenciamento no processo de transformação de organizações: reflexão sobre o caso da empresa Nacional

Utilizando-se estas definições como a estrutura básica do trabalho, realizamos uma pesquisa em 17 empresas com gerentes do 10 escalão e registramos a percepção destes executivos de' que [r]

83 Ler mais

Estilos de Tomada de Decisão do Treinador de Futebol Português

Estilos de Tomada de Decisão do Treinador de Futebol Português

Os dados encontrados neste estudo sugerem que os treinadores de futebol português apresentam como estilo preferencial de tomada de decisão o estilo Diretivo. No entanto, tendo em consideração as pontuações atribuídas a cada estilo, chega – se à conclusão que não é possível definir com clareza que os treinadores apresentam um estilo maioritariamente predominante. No que diz respeito às variáveis em estudo, relativamente aos estilos de tomada de decisão (género, escalão etário, anos de treinador, função desportiva, nível de treinador e associação a que pertencem, apenas apareceram diferenças significativas entre o número de anos de treinador, nos estilos diretivo, analítico e comportamental. Quanto ao nível de treinador encontraram-se diferenças significativas no estilo directivo, analítico e conceptual.
Mostrar mais

70 Ler mais

Santos INF 2009 OPERAÇÕES DE EVACUAÇÃO DE NÃO COMBATENTES   QUE TIPO E ESCALÃO DE F

Santos INF 2009 OPERAÇÕES DE EVACUAÇÃO DE NÃO COMBATENTES QUE TIPO E ESCALÃO DE F

Através do estudo das Operações de Evacuação de Não-combatentes e da realização dos Exercícios LUSÍADA, pretendeu-se apurar as capacidades e valências que possam ser [r]

135 Ler mais

Show all 4139 documents...