Análise econométrica

Top PDF Análise econométrica:

Análise econométrica do mercado de madeira em toras para produção de celulose

Análise econométrica do mercado de madeira em toras para produção de celulose

Uma análise econométrica do mercado de madeira para celulose em Wisconsin (EUA), foram utilizados dados anuais entre o período de 1948 a 1969. Foi considerada apenas a variação da capacidade instalada como variável para explicar a demanda, não sendo apreciado o preço da madeira em virtude dos altos custos de operação das fábricas de papel e celulose. Isto levou à conclusão que a curto prazo a demanda por madeira em polpa não flutua com o preço. A oferta foi estimada em função do preço, oferta defasada e importação defasada. A variável importação defasada deve-se que a maior parte dos importadores de madeira esteve dentro da área de estudo, sendo concluído que a oferta de madeira deve ser aumentada não só pelo aumento do preço simplesmente, mas também pelas mudanças nos custos de importação e exportação. (LEUSCHNER, 1973).
Mostrar mais

96 Ler mais

Especializações sectoriais e crescimento económico: análise econométrica de dados de painel

Especializações sectoriais e crescimento económico: análise econométrica de dados de painel

Os resultados aqui apresentados envolvem a construção de indicadores para 7 clusters definidos de acordo com as afinidades dos sectores de produção para cerca de 80 países. A primeira fase consiste em definir os clusters a analisar, sendo a segunda a construção dos indicadores que, de alguma forma, são indicadores complexos que além de usarem dados do próprio país envolvem ainda dados para a economia global. Este trabalho começou no meu projecto de fim de curso, onde analisei apenas 2 clusters e tendo sido a análise econométrica que fiz na altura bastante incipiente. Em relação ao estudo de Amable (2000) esta dissertação constitui avanços em três domínios: (1) consideram-se 7 clusters em vez de apenas um (electrónica); (2) consideram-se todos os países do mundo
Mostrar mais

89 Ler mais

Crescimento pró-pobre nos coredes e municípios gaúchos : uma análise econométrica (2000-2006)

Crescimento pró-pobre nos coredes e municípios gaúchos : uma análise econométrica (2000-2006)

Considera-se, então, a pobreza na sua dimensão simplificada de insuficiência de renda. São indigentes o número de pessoas vivendo em famílias com renda per capita inferior a um ½ salário mínimo (P0). São considerados pobres aqueles vivendo abaixo de 1 salário mínimo (P1). Essas medidas foram calculadas a partir das informações da RAIS. Nesse sentido a pobreza a ser analisada corresponde àquela observada no mercado formal. Por isso reflete a pobreza apenas no mercado formal. Salienta-se que os resultados obtidos através da análise econométrica retratam a situação, apenas, dos indivíduos que estão no mercado formal de trabalho. Justifica-se a utilização de tal ―proxy‖ pela disponibilidade de informações mais atualizadas.
Mostrar mais

103 Ler mais

Uma análise econométrica do impacto dos gastos públicos sobre a criminalidade no Brasil.

Uma análise econométrica do impacto dos gastos públicos sobre a criminalidade no Brasil.

Os gastos sociais exerceriam ainda um efeito mais duradouro na redução das taxas de crime (longo prazo) ao possibilitar uma melhor qualificação dos indivíduos, na medida em que uma ren[r]

25 Ler mais

Os determinantes do endividamento público dos municípios do Estado do Ceará: uma análise econométrica

Os determinantes do endividamento público dos municípios do Estado do Ceará: uma análise econométrica

Fiovarante, Pinheiro e Vieira (2006) analisam o impacto da LRF sobre as finanças públicas municipais no Brasil entre 1998 e 2004, tendo como variáveis os limites da Dívida Consolidada Líquida e a Despesa com Pessoal. Seus resultados, à semelhança de Giuberti (2005), evidenciam que a maioria dos municípios brasileiros se encontra abaixo do limite imposto para gastos com pessoal, observando que houve um controle do endividamento para os poucos municípios que possuíam elevados gastos com esse item de despesa. No entanto, para os municípios que se apresentavam com gastos inferiores ao limite legal, concluíram que, havia um espaço para a elevação desse gasto sem que isso implicasse numa infração. Ademais, foi inserida, na análise, uma avaliação do comportamento da dívida consolidada líquida, onde se obteve os mesmos resultados dos gastos com pessoal.
Mostrar mais

57 Ler mais

Análise econométrica do mercado de madeira em tora  para o processamento mecânico no Estado do Paraná

Análise econométrica do mercado de madeira em tora para o processamento mecânico no Estado do Paraná

A partir da lei de demanda e procurando es- colher as variáveis mais importantes para expli- car o consumo final de madeira sólida, foram selecionadas as seguintes variáveis: ren[r]

10 Ler mais

A decisão de resgate nos seguros financeiros do ramo vida: análise econométrica das suas determinantes

A decisão de resgate nos seguros financeiros do ramo vida: análise econométrica das suas determinantes

Este trabalho mostrou que algumas características das apólices são cruciais para explicar a decisão do tomador do seguro em resgatar o seu contrato, bem como criou alguns [r]

65 Ler mais

CRIMINALIDADE NO RIO GRANDE DO SUL: UMA ANÁLISE ECONOMÉTRICA PARA OS COREDES NO ANO DE 2010

CRIMINALIDADE NO RIO GRANDE DO SUL: UMA ANÁLISE ECONOMÉTRICA PARA OS COREDES NO ANO DE 2010

O presente trabalho visa contribuir para a literatura da economia do crime ao analisar as ocorrências de furto, roubo e homicídios nas regiões COREDES do Rio Grande do Sul. Com uma análise espacial dos crimes, pôde ser conferido em mapas de georreferenciamento as regiões onde havia maior nível de atividade criminal. Posteriormente, foram feitos testes de autocorrelação espacial, com o intuito de testar a presença de alguma dependência nos crimes das devidas regiões. Os resultados foram muito próximos a zero, o que pode significar uma pequena dependência espacial, não sendo necessário utilizar um modelo econométrico espacial. Alguns trabalhos na literatura – Oliveira (2008), Araújo Jr. e Fajnzylber (2000), Shikida, Araújo Jr. e Murta (2008), Lemos, Santos Filho e Jorge (2005), Freitas (2012), Hartung (2009) – também utilizam esse método e, a partir disso, decidiu-se estimar modelos por Mínimos Quadrados Ordinários.
Mostrar mais

19 Ler mais

Uma análise econométrica do impacto dos gastos públicos sobre a criminalidade no Brasil

Uma análise econométrica do impacto dos gastos públicos sobre a criminalidade no Brasil

Entretanto, um dos aspectos marcantes das despesas governamentais no Brasil, se refere à rigidez dessas despesas, tanto no governo federal, quanto nos estados. A Constituição, ao vincular receitas e estabelecer gastos obrigatórios levou a uma significativa redução no grau de liberdade para dispor dos recursos públicos. Entre os exemplos estão os limites para os gastos com pessoal e previdência, o aumento do percentual de receitas de impostos destinados aos fundos constitucionais para estados e municípios, o estabelecimento de percentuais mínimos de gastos em educação e saúde etc. Embora alguns artifícios emergenciais tenham sido utilizados para aumentar a flexibilidade do orçamento, ainda assim, nos últimos anos quase a totalidade dos recursos é comprometida de antemão, o que reduz a discricionariedade tanto do Executivo quanto do Legislativo, para efetuar remanejamento de verbas para novas ações. Como será discutido mais adiante, essa rigidez que caracteriza os gastos públicos no Brasil, possui importantes implicações na análise do impacto desses gastos sobre o crime.
Mostrar mais

119 Ler mais

Ciclos longos de mudanças estruturais na economia brasileira em 1870/1950: uma análise econométrica

Ciclos longos de mudanças estruturais na economia brasileira em 1870/1950: uma análise econométrica

in Honour of fNセ￴オャ@ Prebish. New Vork: ACôdemic Press. 'Sirnulôtion Anôlyses of StôbilizôtiOl1 Policies in the International Coffee t<lôrket'. Estirnation af ttle Co[r]

37 Ler mais

Análise econométrica do mercado internacional do café e da política brasileira de preços

Análise econométrica do mercado internacional do café e da política brasileira de preços

Dai que o objetivo do analista deva ser explicar quais fatôres afetam a decisão de preço do Brasil, observando entretanto que êste preço não pode ser tomado co[r]

48 Ler mais

Paridade de poder de compra no Brasil: uma análise econométrica com quebra estrutural

Paridade de poder de compra no Brasil: uma análise econométrica com quebra estrutural

O objetivo central deste artigo é testar a paridade de poder de compra em sua forma absoluta para o caso do Brasil, através de procedimentos econométricos que contempla a possibilidade [r]

32 Ler mais

A relação entre o mercado de ações e as variáveis macroeconômicas: uma análise econométrica para o Brasil.

A relação entre o mercado de ações e as variáveis macroeconômicas: uma análise econométrica para o Brasil.

Os resultados obtidos apontam para rejei¸c˜ao das hip´ oteses “fisheriana modifi- cada” e “ proxy effect ”, ou seja, os retornos do mercado de a¸c˜oes brasileiro n˜ ao ser- vem como um perf[r]

23 Ler mais

ANÁLISE ECONOMÉTRICA DO COMPORTAMENTO DOS PREÇOS DO MINÉRIO DE FERRO NO MERCADO MUNDIAL

ANÁLISE ECONOMÉTRICA DO COMPORTAMENTO DOS PREÇOS DO MINÉRIO DE FERRO NO MERCADO MUNDIAL

Neste trabalho, a partir de uma leitura da teoria clássica do oligopólio, buscou-se problematizar o nível de concentração do mercado mundial de minério de ferro, explorando, de maneira indireta, a relação entre estrutura de mercado (indicada pelas medidas de concentração) e desempenho das firmas (rentabilidade que traduza poder de mercado das mesmas), debruçando-se mais propriamente sobre os preços que sobre a rentabilidade das firmas, dada a dificuldade de se obter séries de dados sobre custos e fazendo a hipótese que a taxa de crescimento dos preços é superior à taxa de crescimento dos custos. A metodologia econométrica foi, então, aplicada com o objetivo de estimar modelos capazes de explicar os preços do minério de ferro presentes nos contratos a termo das principais empresas que comercializam o mineral no mercado mundial. Entre os elementos explicativos do nível de preços no setor, consideraram-se: o nível de produção de cada firma, a participação de cada firma na produção total, o tipo de minério de ferro produzido, a localização da produção e do mercado consumidor de cada firma, o volume de exportações dos principais países produtores de ferro e, principalmente, o nível de concentração no setor (indústria mundial do mineral).
Mostrar mais

145 Ler mais

Análise econométrica da demanda dos Estados Unidos por moldura de Pinus no Brasil

Análise econométrica da demanda dos Estados Unidos por moldura de Pinus no Brasil

Concluiu-se com base em séries históricas que: o mercado americano dispõe de bons substitutos a moldura brasileira e uma redução no seu preço pode trazer vanta- gens competitivas; o Bra[r]

8 Ler mais

Os principais fatores do desmatamento na Amazônia (2002-2007) – uma análise econométrica e espacial

Os principais fatores do desmatamento na Amazônia (2002-2007) – uma análise econométrica e espacial

Figura 12: Abrangência da área plantada de soja na Amazônia Legal (2002 E 2007). Fonte: Pesquisa da produção agrícola municipal, IBGE[r]

130 Ler mais

Análise econométrica do mercado do tomate no estado do Ceará: 19802000

Análise econométrica do mercado do tomate no estado do Ceará: 19802000

O coeficiente relacionado ao salário mostrou-se significativo, onde uma variação de 1% no salário do trabalhador rural corresponderá a uma variação de 1,03282%, de sentido oposto (rel[r]

9 Ler mais

Análise econométrica da demanda brasileira de importação de borracha natural, de 1964 a 2005.

Análise econométrica da demanda brasileira de importação de borracha natural, de 1964 a 2005.

Os principais objetivos deste trabalho foram especificar e estimar a demanda brasileira de importação de borracha natural, no período de 1964 a 2005, bem como analisar o comportamento da[r]

10 Ler mais

Análise econométrica da produtividade total dos fatores na Amazônia Legal, 1990-2004

Análise econométrica da produtividade total dos fatores na Amazônia Legal, 1990-2004

Na literatura econômica, que analisa os fatores determinantes do crescimento econômico, a importância dos recursos naturais foi investigada pelas duas principais correntes do pensamento econômico. Pelo lado da corrente neoclássica, o trabalho desenvolvido por Solow (1974) seguiu a formulação original de crescimento exógeno e ampliou a função Cobb-Douglas, incluindo a taxa de fluxo dos recursos naturais, extraído de um grupo de recursos pré- existente e procedeu a análise do crescimento ótimo, similar ao modelo básico. O autor concluiu que a inclusão dos recursos exauríveis no modelo depende da pressuposição de que a elasticidade de substituição entre recursos naturais e bens de capital e trabalho não é menor que a unidade, o que deixa dúvidas sobre essa medida. Em sua perspectiva, o conjunto finito de recursos (excluídos os recicláveis) será usado otimamente, de acordo com as regras gerais que governam o uso ótimo de ativos reproduzíveis (ENGLAND, 2000).
Mostrar mais

262 Ler mais

UMA ANÁLISE ECONOMÉTRICA SOBRE O IMPACTO DE UMA MUDANÇA DE TREINADOR NO DESEMPENHO DESPORTIVO DE UMA EQUIPA DE FUTEBOL

UMA ANÁLISE ECONOMÉTRICA SOBRE O IMPACTO DE UMA MUDANÇA DE TREINADOR NO DESEMPENHO DESPORTIVO DE UMA EQUIPA DE FUTEBOL

A presente análise é feita sobre dados relativos à primeira liga de futebol português. Para além do interesse que o futebol, enquanto fenómeno de interesse social e económico, suscita 1 , a literatura existente sobre o tema aponta vantagens comparativas no tratamento do mesmo através de dados de eventos desportivos: As medidas de desempenho são inequívocas e são produzidos dados com frequência semanal, ao passo que, por exemplo, os dados relativos à actividade empresarial não são necessariamente fáceis de mensurar (diferentes objectivos estratégicos por parte das administrações), a frequência de observações ao nível dos resultados contabilísticos é anual ou, na melhor das hipóteses, trimestral (geralmente resultados provisórios) e os resultados divulgados são sensíveis aos diferentes critérios contabilísticos utilizados (taxas de amortização assumidas, por exemplo). Como tal, muitas vezes são utilizados dados das cotações em bolsa de empresas, o que, para além de levantar um problema de selecção, acarreta também problemas relacionados com o facto de essas observações conterem muito ruído, não sendo afectadas apenas por alterações nos fundamentos. No caso dos dados de jogos de futebol o que se tem que medir é relativamente pouco controverso: é necessário modelar o impacto da mudança do treinador nos resultados obtidos nos jogos disputados.
Mostrar mais

49 Ler mais

Show all 10000 documents...