Arquitetura de software

Top PDF Arquitetura de software:

Arquitetura de software para integração de informações geográficas de sensores e...

Arquitetura de software para integração de informações geográficas de sensores e...

Em quatro trabalhos (SCHNEBELE; CERVONE, 2013; SCHNEBELE et al., 2014; SCHNEBELE; CERVONE; WATERS, 2014; SCHNEBELE et al., 2015) os autores pro- puseram uma metodologia para estimar danos de inundação integrando dados oiciais e não oiciais. Os dados oiciais incluíram mapas, modelo digital de elevação e dados me- teorológicos e hidrológicos de agências governamentais e institutos de pesquisa. Dados não oiciais incluíram fotograias classiicadas via crowdsourcing e vídeos manualmente classiicados indicando a severidade do dano de inundações. Os dados dessas fontes foram transformados em camadas e então unidos em uma única camada de forma que uma com- plementasse a ausência de informação das demais. Nesse processo, foi usado um ou mais algoritmos de geração de estimativas baseados em pontos amostrais, como a estimativa de densidade kernel ou a interpolação kriging. Como o processamento feito sobre os dados de voluntários é manual, a replicação desse método para considerar novos dados torna-se custosa em relação ao tempo. Além disso, esses trabalhos não consideram a produção contínua de dados, por exemplo o envio de dados atualizados por sensores ou voluntário ao longo do tempo. Ainda, o processamento feito sobre os dados de ambas as fontes é es- pecíico para se aplicar certos algoritmos, diicultando a alteração desse algoritmo para se obter informações diferentes. Finalmente, o foco desses trabalhos é a metodologia desen- volvida para se realizar a integração dos dados, não sendo apresentada uma arquitetura de software que suporte tal metodologia.
Mostrar mais

135 Ler mais

Arquitetura de Software para Barcos Robóticos

Arquitetura de Software para Barcos Robóticos

Propomos neste trabalho uma arquitetura de software para barcos robóticos destinados a atuarem em ambientes aquáticos diversos, de forma totalmente autônoma, realizando telemetria com uma estação-base e desta recebendo missões a serem realizadas. Tal pro- posta visa aplicar-se dentro do projeto N-Boat do laboratório Natalnet-DCA, que tem como objetivo principal capacitar um veleiro a navegar autonomamente. Os componen- tes constituintes dessa arquitetura são os módulos de memória, estratégia, comunicação, sensoriamento, atuação, energia, segurança e supervisão, formando estes os sistemas do barco e da estação-base. Para sua validação foi desenvolvido um simulador implementado na linguagem C e utilizando recursos da API gráfica OpenGL, cujos principais resulta- dos foram obtidos na implementação dos módulos de memória, de atuação e de estratégia, mais especificamente no compartilhamento de dados, no controle das velas e do leme e no planejamento de rotas curtas baseado em um algoritmo de navegação, respectivamente. Os resultados dos experimentos realizados, mostrados no presente trabalho, indicam a viabilidade da utilização real da arquitetura de software desenvolvida e sua aplicação na área da robótica móvel autônoma.
Mostrar mais

82 Ler mais

Recuperação da arquitetura de software para manutenção de sistemas

Recuperação da arquitetura de software para manutenção de sistemas

• No Capítulo 2 apresentam-se algumas das representações de arquitetura de soft- ware existentes, categorizando os tipos encontrados como representações infor- mais, semi-formais e formais. O texto mostra os principais elementos de uma des- crição de arquitetura, quais notações e linguagens são utilizadas para representá- los, bem como o significado de cada elemento arquitetural. No fim de cada seção são apresentados os comentários e críticas sobre cada categoria de representação. • O Capítulo 3 apresenta uma técnica para recuperação da arquitetura de software de programas Java em tempo de execução. Avaliam-se as dificuldades dessa tarefa e as soluções apresentadas pela ferramenta DiscoTect [34]. No fim do capítulo são apresentadas algumas considerações sobre a omissão de detalhes importantes da metodologia utilizada pela ferramenta para recuperar a arquitetura de software. • O Capítulo 4 é dedicado ao assunto verificação de conformidade entre arquitetura
Mostrar mais

146 Ler mais

Aplicação das visões arquiteturais ODP na especificação e execução de processos de...

Aplicação das visões arquiteturais ODP na especificação e execução de processos de...

etapas da mesma forma que foi realizado para as etapas anteriores. Porém, esse trabalho não aborda esse tema, pois o objetivo é identificar a visões das etapas modelagem de negócio, análise de requisitos e projeto (design) para obter-se o relacionamento da definição e execução dos processos de negócio. Esse trabalho considera a especificação ODP como forma de representação arquitetural e, os conceitos da MDA para a evolução dessa arquitetura. Para experimentação do trabalho, pretende-se definir a arquitetura de software de uma aplicação, baseada no estilo arquitetural SOA e demonstrando as principais características do relacionamento entre os elementos da arquitetura. Esta aplicação trata de um sistema Internet Banking por possuir regras e processos de negócio que possibilitam a visualização da importância do relacionamento BPMN e BPEL na perspectiva da arquitetura de software.
Mostrar mais

83 Ler mais

Arquitetura de processo aplicada na integração de fábricas de software

Arquitetura de processo aplicada na integração de fábricas de software

Práticas da manufatura industrial, como o uso de processos e de normas e modelos de qualidade, a integração de empresas e a atuação em rede, podem ser utilizadas para a solução de problemas que tem caracterizado a produção de software, como custo excessivo, falta de qualidade e não atendimento ao planejamento e ao cronograma. Considerando esse contexto, neste trabalho tem-se o objetivo de definir uma arquitetura de processo baseada na orientação a objetos para integrar fábricas de software. Um método para definir essa arquitetura é, também, proposto. Os procedimentos metodológicos para realizar a pesquisa se resumem nos métodos de pesquisa bibliográfica, indução por analogia e experimento em laboratório. A pesquisa bibliográfica permitiu definir o referencial teórico para fundamentar a proposta de pesquisa. A indução por analogia foi utilizada para definir a arquitetura de processo, as fases do método e o objeto processo, a partir da arquitetura de software, do processo de desenvolvimento de software e da orientação a objetos, respectivamente. O objeto processo e os conceitos estruturais e notacionais propostos compõem a base para definir a arquitetura de processo. Dois experimentos em laboratório didático de ensino foram realizados para avaliar a arquitetura de processo, obtida por meio do método proposto, e para verificar os objetivos da pesquisa. Como resultado deste trabalho obteve-se a definição de uma arquitetura de processo para integrar fábricas de software por meio de seus processos com o objetivo de desenvolver projetos cooperativos de software.
Mostrar mais

178 Ler mais

Sistema supervisório para o método de elevação plunger lift

Sistema supervisório para o método de elevação plunger lift

De Souza (2006) tratou do desenvolvimento de uma arquitetura de software de supervisão, que propôs solucionar os problemas na supervisão de vários métodos de elevação. Além disso, ainda foi apresentado um software baseado nesta arquitetura, chamado SISAL, que atualmente, encontra-se em operação em vários estados brasileiros, supervisionando somente poços com o método de elevação bombeio mecânico.

7 Ler mais

USO DA PERSISTÊNCIA POLIGLOTA E DE ARQUÉTIPOS NO ARMAZENAMENTO DO REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE

USO DA PERSISTÊNCIA POLIGLOTA E DE ARQUÉTIPOS NO ARMAZENAMENTO DO REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE

Este trabalho apresenta uma ferramenta computacional para geração de esquemas de da- dos relacionais e NoSQL a partir dos atributos de dados, das terminologias e das restrições espe- cificadas em arquétipos. Para garantir que os es- quemas de dados gerados sejam independentes de tecnologia de armazenamento, especificou-se uma arquitetura de software que permite que as regras de negócios da ferramenta acessem a ca- mada de persistência de dados sem que a mesma tenha conhecimento da tecnologia do SGBD utili- zada. Um Meta esquema foi proposto para gerar as instâncias de esquemas de dados relacionais, enquanto a geração de esquemas de dados NoS- QL é exemplificada por meio de um algoritmo. Por fim, para validar a solução proposta, utilizaram-se arquétipos disponíveis no repositório da openEHR para gerar esquemas de dados em diferentes sis- temas de BD.
Mostrar mais

15 Ler mais

JISTEM J.Inf.Syst. Technol. Manag.  vol.3 número1

JISTEM J.Inf.Syst. Technol. Manag. vol.3 número1

In the Articles section in this issue four papers are presented: two of them from Argentinean researchers, and two Brazilian researchers. The first article is “Sistemas de Información: Nuevos Escenarios Basados en Ontologías” (Information Systems: New Ontology- Based Scenarios), by Graciela Elisa Barchini, Margarita María Álvarez, and Susana Herrea, from the College of Sciences and Technologies, National University at Santiago del Estero, Argentina. The article presents an overview to specify and communicate expertise over mastering in the different Information Systems scenarios from concept to modeling. The second article, “Benefícios da Arquitetura de Software Orientada a Serviços para as Empresas: Análise da Experiência do ABN AMRO Brasil” (Benefits from Software Architecture Focusing Corporate Services: An Analysis of ABN AMRO Bank Experience in Brazil) by Bernadete de Lourdes Marinho, FEA USP, Brazil, José Osvaldo De Sordi, Catholic University at Santos, Brazil, and Marcio Nagy, Department of Architecture and Infra-Structure, ABN AMRO Bank, Brazil. The article illustrates the relevance of integration among business support areas and core business when implementing Information Technology and Systems, and emphasizes the relevance of strategic alignment in the organization. “Workability of a Management Control Model in Service Organizations: a Comparative Study of Reactive, Proactive and Coactive Philosophies”, by Joshua Onome Imoniana, from the Methodist University at São Paulo, Brazil, is the third article. Its purpose is to compare three management control philosophies in decision making. The article is based on exploratory research and survey research, where results show the predominance of the reactive model over the others. “Rasgos Culturales Compartidos por Usuários de Sistemas Informáticos” (Cultural Aspects Shared by Information System Users), by Rosanna Costaguta and Marilena Maldonado is article number four. It identifies major cultural traces shared by Information Systems users at an Argentinean university.
Mostrar mais

1 Ler mais

CHECAGEM DE CONFORMIDADE ARQUITETURAL NA MODERNIZAÇÃO ORIENTADA A ARQUITETURA

CHECAGEM DE CONFORMIDADE ARQUITETURAL NA MODERNIZAÇÃO ORIENTADA A ARQUITETURA

O primeiro passo é recuperar todos os relacionamentos da arquitetura atual (linha 2), para isso, foi implementada uma função que verifica todas as metaclasses presentes na instância KDM referente a arquitetura atual, dessa maneira, chamadas de métodos, implementação de interfaces, heranças e as outras categorias de relacionamentos são buscadas pelo algoritmo. Em seguida, para cada um destes relacionamentos, deve-se seguir os passos descritos a seguir. Pri- meiro, são buscados os relacionamentos em nível arquitetural dentro da arquitetura planejada que são correspondentes aos da arquitetura atual (linha 4), por exemplo, todos os relaciona- mentos entre as camadas A e B, com origem na camada A. Em seguida, deve-se recuperar as relações primitivas do relacionamento da arquitetura atual que está sendo verificado (linha 5), ou seja, chamadas de métodos, implementação de interfaces, tratamento de exceções, entre outros. Na linha 7, esses relacionamentos primitivos são comparados com os equivalentes da arquitetura planejada (linha 7), para que todo relacionamento primitivo da arquitetura atual que não foi especificado na arquitetura planejada seja adicionado à lista de possíveis violações ar- quiteturais (linha 8). Portanto, ao final da execução do algoritmo deve-se existir um KDM que possua a lista de violações.
Mostrar mais

81 Ler mais

Framework para modelagem e verificação formal de programas de controle de sistemas...

Framework para modelagem e verificação formal de programas de controle de sistemas...

Por fim, no caso de estudo, o ambiente proposto foi aplicado ao desenvolvimento do programa de controle do SIS de uma estação de compressão de gás natural (ECOMP). O framework foi capaz de lidar com todas as necessidades específicas do projeto, bem como os modelos gerados apresentaram a arquitetura modular desejada e dessa forma podem ser mais facilmente compreendidos e mantidos. Os modelos foram verificados sempre levando em consideração os relacionamentos entre as partes integradas e suas interações positivas e negativas sendo também o framework capaz de diminuir o tempo necessário para geração do espaço de estados dos modelos através do uso das estratégias propostas, até o modelo completo do SIS pode ser verificado em poucas horas (previamente à adoção das estratégias somente os dois modelos menores podiam ser verificados, a geração do espaço de estados não finalizava mesmo após semanas para os demais modelos). Dessa forma podemos concluir que o framework proposto se provou efetivo para o desenvolvimento de sistemas de controle de SIS reais - que são sistemas de tempo real - onde os procedimentos e metodologias propostas se demonstraram aderentes com as normas de segurança e seus requisitos, além do mais, o framework não só agilizou, mas também possibilitou a verificação de programas de controle de maior porte, que antes da utilização das regras para redução do espaço de estados não eram possíveis de serem verificados.
Mostrar mais

174 Ler mais

Identificação de propriedade de software que beneficiam a sua manutenibilidade

Identificação de propriedade de software que beneficiam a sua manutenibilidade

a. Elaborado um questionário (apresentado no Apêndice B) de Matriz de Priorização (BRASSARD et al., 2000) (BRASSARD et al., 1994) e encaminhado a três especialistas com mais de cinco anos de experiência em manutenção de software, com o objetivo de identificar dentre alguns artefatos da engenharia de software (no que se refere a documentação de requisitos, de análise e projeto – estruturado e orientado a objetos – e de banco de dados relacional) quais são mais importantes durante a manutenção de um software. Essa consulta se fez necessária uma vez que não estava claramente definida no processo de desenvolvimento de software dessa organização a importância de um desses artefatos, por exemplo, no que se refere à documentação de requisitos, em relação a outro do mesmo tipo de documentação. Esse questionário serviu de insumo para a elaboração dos classificadores (apresentados no Quadro 6) a serem incluídos na ferramenta de data mining WEKA (Waikato Environment for Knowledge Analysis), a qual provê a implementação de algoritmos de aprendizagem de máquina que podem ser aplicados a um conjunto de dados (WITTEN; FRANK, 2005).
Mostrar mais

265 Ler mais

NeanderWin - Um Simulador Didático para uma Arquitetura do Tipo Acumulador

NeanderWin - Um Simulador Didático para uma Arquitetura do Tipo Acumulador

Na área didática também existem vários sistemas, como descritos em [5]. Os mais conhecidos sistemas gratuitos usados na pós-graduação no Brasil são os simuladores das arquiteturas do DLX [6] e MIPS64 [7], disponibilizados como material de apoio aos livros de Hennessy e Patterson, respectivamente na segunda e terceira edições. Esses sistemas são bastante completos como simuladores de arquitetura, mas não se mostram adequados para cursos introdutórios ou para cursos de curta duração, tanto pelas características da arquitetura quanto por detalhes operacionais do programa.
Mostrar mais

8 Ler mais

UML Diagrama de Classes

UML Diagrama de Classes

Furthermore, research associates can be involved in projects for a certain number of hours, and the name, starting date, and end date of the projects are known. Some research associa[r]

64 Ler mais

UML Diagrama de Atividades

UML Diagrama de Atividades

§ Exception: object tokens that are already present at the output parameters of the activity. § Flow final node[r]

41 Ler mais

UML Diagrama de Casos de Uso

UML Diagrama de Casos de Uso

§ The behavior of one use case (extending use case) may be integrated in the behavior of another use case (base use case) but does not have to. § Both use cases may also be executed in[r]

28 Ler mais

Software Engineering: A Practitioner’s Approach, 7e

Software Engineering: A Practitioner’s Approach, 7e

n Use effective technical reviews as a filter prior to testing n Conduct technical reviews to assess the test strategy.. and test cases themselves.[r]

33 Ler mais

1 Medição e Métricas de Software

1 Medição e Métricas de Software

 Oferecer dados qualit at ivos e quant it at ivos ao gerenciam ent o de desenvolvim ent o de soft ware, de form a a realizar m elhorias em t odo o processo de desenvolvim ent o de s[r]

14 Ler mais

Desenho de componentes.pdf

Desenho de componentes.pdf

These slides are designed to accompany Software Engineering: A Practitioner’s Approach, 7/e.. (McGraw-Hill, 2009).[r]

15 Ler mais

Conceitos de desenho de software

Conceitos de desenho de software

design class realizations subsystems collaboration diagrams refinements to: deployment diagrams class diagrams analysis packages CRC models collaboration diagrams component diagrams desi[r]

30 Ler mais

O processo de software

O processo de software

• As quatro atividades de processo básicas, especificação, desenvolvimento, validação e evolução são organizadas de forma diferente em processos de desenvolvimento distintos.. • No model[r]

18 Ler mais

Show all 10000 documents...