Augusto de

Top PDF Augusto de:

Ouvindo Augusto – dados para uma discomusicografia de Augusto de Campos

Ouvindo Augusto – dados para uma discomusicografia de Augusto de Campos

1976 – “Gil contando o que Dominguinhos disse...”. Texto de Caetano Veloso. In: Ta-ta-ta: “Eu cheio de preguiça, dentro da violência do mundo. No gravador, a voz linda do poeta Augusto de Campos, cantando o samba do Sr. Eurico (de Campos – pai de Augusto). O poeta Waly Salomão 76 comenta a semelhança do canto de Augusto com o de Paulinho da Viola. A vida entre músicos. Augusto me disse uma vez que era um camicase. O radicalismo da viagem literária em que ele e seus amigos se meteram levou seu nome ao fogo das batalhas de uma guerra de beleza sem razão. A doçura impecável de sua voz me faz agora entrar em contato com a solidão do guerreiro, a sua felicidade escondida com uma saudade escondida, voz de alguém que só canta assim porque nunca canta assim a não ser quando o faz, alguém que está em outra, completamente nesta, alguém que está em outra dimensão. A peça é idêntica a um perfeito ‘antique’ – o piano e o samba do Sr. Eurico, Augusto cantando com uma voz aguda cristalina afinadíssima como alguns cantores dos anos 30 – e, no entanto, não parece como nada. Dever ser um grande momento íntimo de um grande poeta. E ele que me considera um poeta”. O texto pode ser lido, nas obras de Caetano Veloso: Alegria, alegria – uma Caetanave organizada por Waly Salomão. Pedra Q Ronca. Caetano Veloso – O mundo não é chato. Organização: Eucanaã Ferraz. Companhia das Letras, 2005.
Mostrar mais

11 Ler mais

Augusto de Campos - Entrevista

Augusto de Campos - Entrevista

Quando se considera a longa, volumosa e variada produ~ao de Augusto de Campos, dais aspectos principalmente provocam admira~ao. Primeiro, a extrema consistencia de sua ideologia artf[r]

14 Ler mais

Augusto de Lelis Araújo

Augusto de Lelis Araújo

Autor: Augusto de Lelis Araújo – Universidade Federal de Uberlândia/MG Devemos ressaltar, que tais cruzamentos sem gap são robustos (protegidos), ou seja, não podem ser abertos,[r]

147 Ler mais

Daniel Augusto de Miranda

Daniel Augusto de Miranda

This paper aims to analyze flow patterns in a rectangular reservoir with symmetrically positioned upstream and downstream channels, taking into account three different flow rates under[r]

12 Ler mais

Cisma, cisão, cesura : as cismas do destino, de Augusto dos Anjos, em versão para a língua inglesa

Cisma, cisão, cesura : as cismas do destino, de Augusto dos Anjos, em versão para a língua inglesa

Eu, de Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos, é um livro escrito com a tinta da contradição. Como evidencia seu título, trata-se de uma obra na qual reina a primeira pessoa do singular, a pessoa de um artista incapaz de, como um João Cabral, simplesmente “dar a ver” – Augusto, a todo custo, queria ser visto e, mais que isso, ouvido; precisava muito afirmar-se, o franzino poeta paraibano, descendente de uma aristocracia rural empobrecida, aferrado a modelos de produção poética tradicionais – afirmar-se contra a vesânia da modernidade, da promiscuidade, da urbanização. Para isso, a arma desse EU, impresso na capa da primeira edição com imensas letras escarlates, é o estudo dos fenômenos naturais: se pudesse conhecer, nos mínimos detalhes, o mundo físico e objetivo que o cercava, talvez aquele EU viesse a se tornar um Eu, ciente de si e em paz com o mundo. Não é isso o que acontece: o estudo incessante das ciências faz, daquele EU gigante, um eu miúdo, acuado por todas essas leis da natureza que o reduzem a um ser tão insignificante quanto um protozoário qualquer, quanto uma estrela anã diante do universo.
Mostrar mais

123 Ler mais

Taxas de juros no Brasil: efeitos da inadimplência, rigidez e assimetria

Taxas de juros no Brasil: efeitos da inadimplência, rigidez e assimetria

COSTA, Ana Carla Abrão, Eduardo Augusto de S. Rodrigues, Fani Lea C. Bader, Leonardo Soriano de Alencar, Marcio I. Nadane, Tony Takeda e Victorio Yi Tson Chu, (2003). “Avaliação de 4 anos do Projeto Juros e Spread Bancário”, Banco Central do Brasil.

57 Ler mais

Augusto, Filomena Alves

Augusto, Filomena Alves

Embora a implementação do sistem HACCP seja uma medida obrigatória consagrada na legislação para todos os operadores do sector alimentar, o qual inclui obviamente a restaur[r]

98 Ler mais

 Asp. Tiago Augusto

Asp. Tiago Augusto

Tem como principais objectivos analisar de que forma a recente reestruturação da GNR pode melhorar a formação contínua, assim como verificar se a GNR está preparada para a uti[r]

143 Ler mais

Augusto Internal Control

Augusto Internal Control

COSO 2 (2011) refers that exist five main components of internal control that support the organization to achieve its objectives: control environment; risk.. assessment; control activi[r]

16 Ler mais

Certo Augusto Boal

Certo Augusto Boal

Em 1978 estreia em São Paulo a única peça de Augusto Boal que renuncia ao estilo farsesco. Murro em ponta de faca é um texto sobre o exílio e não há graça nenhuma no desgarramento dos exilados, nos fantasmas dos mortos e dos muti- lados física ou moralmente. Boal escreve um drama cujos personagens são um grupo de exilados que a partir do primeiro porto, no Chile, peregrinará por outros países, tocados pela situação de instabilidade política na América Latina, pela in- disposição de governos europeus em relação aos exilados, os quais vão girando também sobre o eixo de suas nostalgias, da restrição de suas possibilidades de agirem politicamente, da impossibilidade de traçar metas para um futuro, do es- garçamento das relações interpessoais.
Mostrar mais

16 Ler mais

Rogerio Augusto Cortes.pdf

Rogerio Augusto Cortes.pdf

pequeno desvio em relação à idéia de conceito da qual nos ocuparemos novamente no decorrer do texto.. Cultural São Paulo 13 , pela sua significativa importância para a história do Psicod[r]

165 Ler mais

Gleison Augusto dos SantosV

Gleison Augusto dos SantosV

There is an increase in the sample size (number of plants) for mean estimation of trunk diameter at breast height at three years, plant height at seven years and of trunk diameter at [r]

8 Ler mais

 1TEN Augusto Brito

1TEN Augusto Brito

confere “massa crítica” suficiente para fazer girar em torno de si o sector produtivo, conferindo-lhes, assim, a capacidade de funcionar numa realidade de Logística Inversa[r]

58 Ler mais

 Cap Jose Augusto

Cap Jose Augusto

Na fase exploratória efectuaram-se leituras de leis, Decretos-Lei, livros, monografias, documentos governamentais pertinentes para a modernização da AP e entrevistas exploratórias, [r]

73 Ler mais

Mentoria e Flow na vivência de Gestores no Complexo Portuário de Suape

Mentoria e Flow na vivência de Gestores no Complexo Portuário de Suape

Conforme salientado na Metodologia, a variável, - Associações entre Relações de Mentoria e Experiências de Flow - foi medida através dos seguintes aspectos: razõe[r]

170 Ler mais

Augusto da Costa Parrella

Augusto da Costa Parrella

We evaluated four male-sterile lines (A-lines): CMSXS5503A, CMSXS5504A, CMSXS5505A, CMSX5508A and five fertility restorer lines (R-lines): BRS 511, BRS 508, CMSXS643, CMSXS646, CMSXS647[r]

8 Ler mais

Pedro Augusto do Amaral

Pedro Augusto do Amaral

The first, with socio-demographic data of patients (age, race/color and marital status, habits and substance use like smoking and drinking), and clinical data related to the MTM servi[r]

12 Ler mais

Entrevista com Fernando Augusto

Entrevista com Fernando Augusto

do sentimento de inadequação e, isso não é retórica, ele está em minha pintura como algo que não se fecha ou se realiza em uma ou outra pintura apenas. Mas voltando à paleta, ou melhor, ao estilo, já me culpei e sofri por não ter estilo. Sim, acredito que o estilo seja um apoio, uma espécie de segurança, de profundidade, de satisfação, até mesmo de medida do que foi feito para o artista e para o meio artístico, e que assim, legitima o trabalho. Mas não sei ter um, não sei ser fiel, como talvez não o saiba ser de um lugar. E não falo como Antônio Dias (acho que foi ele quem disse isso) que a vantagem de não ser de um lugar é ser de todos os lugares. Não, não sei ser fiel a um programa e consubstanciar isso em um estilo. Algo que se veja e diga: ah! é F. Augusto! Amílcar de Castro dizia que seu trabalho “era como um ferro de marcar boi”, sempre naquela linha do “corte e dobra”. Não, eu não tenho essa coerência. Ultimamente tenho curtido a ideia, essa multiplicidade e variação em desenho, pintura e fotografia e, de mais a mais, tenho assumido o fato de não ter estilo “como um estilo”. Sim, acho que este é o quadrado que me cabe. Um quadrado um tanto irregular, mas onde posso me mexer. Per Kirkeby em “Imagens posteriores”, Bienal de São Paulo de 1994, diz que estilo é um conceito perigoso para um artista vivo, mas também um feito imprescindível, e acrescenta que “na finalização de um quadro, o pintor não pode escapar do estilo. Mas se o feito não for conquistado a cada vez, ele é morto, não o quadro, mas o estilo”. Eu posso não ter escapado de um estilo, mas não posso dizer que o tenha, assim, na variedade de formas que me interessa. Só posso aumentar esta provocação: o não estilo como estilo.
Mostrar mais

12 Ler mais

Neutralismo, dinâmica e distribuições de abundância de espécies em florestas de galeria no Domínio do Cerrado

Neutralismo, dinâmica e distribuições de abundância de espécies em florestas de galeria no Domínio do Cerrado

Orientador: João Augusto Alves Meira Neto.. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Viçosa.[r]

140 Ler mais

Show all 6211 documents...