Bairro Alto - Lisboa

Top PDF Bairro Alto - Lisboa:

Relações entre múltiplas redes no Bairro Alto (Lisboa).

Relações entre múltiplas redes no Bairro Alto (Lisboa).

Palavras-chave: Bairro; Rua; Redes de re- lação; Etnograia urbana; Vida noturna. Formado no século XVI e situado na área central de Lisboa, o Bairro Alto pode ser visto como um bairro popular e típico, com certo predomínio de residentes ido- sos e que, do ponto de vista histórico, se caracterizou por várias formas de boemia. Nos anos de 1980, deu visibilidade a um novo movimento boêmio, seguido de mudanças que têm atraído um número elevado e crescente de frequentadores, condensando múltiplas redes. Pretende- -se neste artigo apresentar alguns resulta- dos de uma etnograia iniciada em 2007, com ênfase em três dimensões: decor- rências metodológicas das interações do antropólogo com portugueses, brasileiros e africanos; ênfase das observações sobre uma determinada rua e suas dinâmicas de sociabilidade; reconstituição de deter- minadas redes de relação que articulam sobretudo frequentadores noturnos do Bairro Alto.
Mostrar mais

15 Ler mais

Influências de políticas autárquicas de reabilitação urbana na projeção turística de espaços típicos de Lisboa - os casos do Bairro Alto e da Mouraria

Influências de políticas autárquicas de reabilitação urbana na projeção turística de espaços típicos de Lisboa - os casos do Bairro Alto e da Mouraria

e da animação noturna. Até ao final do século XX, esta situação foi criando uma projeção turística do Bairro Alto como centro de animação noturna de Lisboa. Ao fim de 30 anos de alterações neste bairro, os conflitos entre moradores, comerciantes da noite, lojas de conveniência e hotéis geraram um ambiente de desconfiança hostil e de atrito constante. A governança deste bairro caracterizou-se por uma política top-down, estabelecendo uma imagem territorial como principal campo de referência para a compreensão das relações urbanas. Assim, esta estratégia permissiva aliada a uma imagem do Bairro Alto como centro de diversão noturna de Lisboa, não equacionou os diferentes atores urbanos constituintes deste bairro, desvalorizando os residentes mais antigos e com menor capacidade de comunicação dos seus pontos de vista. A situação que se vive hoje no Bairro Alto é fruto desta evolução, e embora muito do que foi feito no bairro tenha contribuído para o enriquecimento dos seus elementos identitários, como por exemplo, o ser considerado centro de cultura alternativa ou de indústrias criativas, o conflito atual é insustentável em muitas ruas do bairro. Por outro lado, há sinais claros da capacidade de carga ser ultrapassada muitas vezes neste bairro. Os problemas de recolha de resíduos sólidos e de limpeza das ruas são o espelho disso mesmo. Os visitantes do bairro, turistas ou não, ao beberem e dançarem na rua, por não terem espaço nos bares, acabam por fazer na rua tudo o que sentem necessidade. É claro que os moradores não podem “sobreviver” muito tempo ao ruído, ao cheiro e ao estado de sujidade que algumas das ruas chegam a ter. Nas conversas com moradores e nas entrevistas realizadas, percebeu-se que o problema melhorou um pouco (principalmente na limpeza, recolha de lixo e segurança) mas está longe de ser resolvido.
Mostrar mais

123 Ler mais

Carreiras e circuitos de músicos brasileiros : uma exploração etnográfica no Bairro Alto, Lisboa

Carreiras e circuitos de músicos brasileiros : uma exploração etnográfica no Bairro Alto, Lisboa

Proprietário da Toca do Espalhafato, onde também cantava e tocava violão, Abidula tem quase cinquenta anos. Veio para Portugal em meados dos anos 90, depois de ter passado por Paris, onde trabalhou como percussionista. Mestre em capoeira, foi um dos primeiros a impulsionar esta prática em Portugal. Reside muito perto do Bairro Alto, é vizinho do Kuaqua, e participa na rede de sociabilidades de um estúdio informal, do qual falaremos mais adiante, tal como outros músicos que frequentam o seu bar. Começou por tocar na Rua da Atalaia, mais tarde no atual Espalhafato, então chamado Toca do Cachorrão que, anteriormente, tinha sido um restaurante de comida portuguesa chamado A Toca. Foi ele e o sócio quem o batizou de Espalhafato, inspirados pela expressão “espalhar o facto” como homenagem aos jornalistas que alertam para injustiças ou abusos de poder. Em 2013 comprou o prédio num leilão promovido pelas inanças e em 2015 vendeu-o a um investidor imobiliário. Acalenta o projeto de criar uma fundação cultural num armazém junto ao rio Tejo. Pensa voltar ao Brasil para passar férias, mas quer continuar a viver em Portugal nos tempos mais próximos.
Mostrar mais

21 Ler mais

A (re) qualificação sócio-urbanística do Bairro Alto da Cova da Moura: os diferentes olhares institucionais.

A (re) qualificação sócio-urbanística do Bairro Alto da Cova da Moura: os diferentes olhares institucionais.

Uma das coisas que foi óptima, foi a vinda ao bairro de representantes dos Ministérios que começaram a vê-lo doutra forma, diminuindo o estigma que tem sido passado pela comunicação social no sentido de o deitar abaixo, medida esta que pode gerar imenso dinheiro. É um terreno que está no bom caminho entre Cascais, Lisboa, Sintra e outros locais. Está localizado numa colina, com uma vista muito linda, o que o valoriza imenso. As pessoas ligadas ao mundo das imobiliárias estão dispostas a estigmatizar este bairro usando os meios de comunicação social. Nesta lógica de ideias é que a participação destes elementos dos Ministérios foi boa, na medida em que permitiu quebrar os pré-conceitos dos técnicos, políticos, professores universitários e intelectuais em relação ao bairro. Assim, a maioria dos entrevistados apela aos “ ministérios para fazerem um grande esforço para acreditar nas pessoas, ser mais aberto a negociações e aceitar a participação da sociedade civil nas tomada das suas decisões”. Contudo, para os nossos informantes “Tem que se fazer muito trabalho para combater os pré-conceitos que existem”. Sobretudo, porque a participação foi e é um pressuposto central no projecto de (re)qualificação social urbana da Cova da Moura e, sem a participação dos representantes da população e dos líderes locais, este não avança Contudo, neste domínio deveria existir uma maior participação dos jovens, dos idosos, dos desempregados, das mulheres, formando-se assim uma consciência colectiva que consiga provocar a mudança. A partir dos instrumentos metodológicos aplicados no terreno, percebe-se que, se isto não acontecer, não é preciso intervir.
Mostrar mais

205 Ler mais

Um actor e o seu autor: Sacchi e Goldoni

Um actor e o seu autor: Sacchi e Goldoni

Considere-se que Goldoni vinha reconhecido no seu estatuto de autor dos textos escritos postos em cena no Teatro do Bairro Alto e, logo, como fundador da moderna comédia italiana (aliás, nas versões de O cavalheiro e a dama e A família do antiquário que correram impressas em Lisboa, no ano de 1755, o nome do autor, antecedido pelo título de doutor, a exemplo do que sucedia em Itália, figura bem visível nos frontispícios). Daí que não se possa deixar de inferir que Sacchi, como profissional e artista de cena, reconhecia o grande contributo dado pelo autor do seu Servidor ao teatro cómico italiano, em geral, a ponto de acompanhar com interesse activo a evolução dos planos de reforma do compatriota. Neste sentido, não me parece de modo algum fortuito que a sequência de apresentação das três comédias acima mencionadas (A viúva astuta, O cavalheiro e a dama e A família do antiquário) em Lisboa, naqueles anos de 1754-55, tenha sido esta e não outra qualquer.
Mostrar mais

5 Ler mais

Lisboa sob o olhar do turista

Lisboa sob o olhar do turista

É importante ressaltar que os turistas, diferente- mente da maior parte dos moradores, falam a partir de uma condição de externalidade, não referida a um bairro ou a um espaço especíico da cidade com o qual teriam relações de intimidade. O discurso genérico sobre o espaço urbano lisbonense, quando muito, particulariza recantos turísticos (Bairro de Alfama e Bairro Alto, entre outros), considerando a cidade como um complexo uniicado por meio do qual os entrevistados difundem opiniões e expõem narrativas. Reairmam assim, o princípio de institui- ção dos vocábulos utilizados para nomear o espaço urbano, corroborando com a perspectiva de Paul Wald (2004) de que as palavras sobre a cidade adqui- rem signiicado pelo uso da língua em uma situação prática. O emprego de expressões diferenciadas para falar do tempo e do espaço ilustram a dependência contextual dos sentidos do olhar, das coisas já ditas e dos argumentos produzidos. Mapas, cadastros e a evolução do vocabulário demonstram esse processo.
Mostrar mais

12 Ler mais

SUSANA VARELA FLOR PEDRO FLOR

SUSANA VARELA FLOR PEDRO FLOR

BENTO COELHO DA SILVEIRA (c. 1620 -1708) – artista de grande actividade na arte da pintura (sacra, mitológica, género e retrato), um verdadeiro fa presto com obra em Portugal, Brasil e talvez Índia (c. 300 pinturas na totalidade) (Serrão, 2012: 163). Discípulo de Marcos da Cruz com quem terá realizado parte da formação artística. Tinha a sua oficina situada na Calçada de Paio de Novais ao Chiado (freguesia de São Nicolau), desde 1657. Em 1682, é mencionado a viver na Rua Nova do Almada (fregue- sia de S. Julião). Casou -se por duas vezes. A primeira mulher faleceu em data incerta e a segunda em 1698, de nome Ana de Sousa Pereira, lavrou testamento (Simões, 2002: 99 -100). Participou em várias empreitadas pictóricas em Lisboa, de que des- tacamos: campanha do tecto da igreja do Convento de Madre de Deus (c. 1680); pai- néis para a Igreja do Socorro (1683 -90); Convento da Encarnação das Comendadei- ras de Avis; Cardaes; Colégio de Santo Antão; Flamengas do Calvário; Igreja de São Cristóvão (1699 -1700) e Grilos de Xabregas (1706) entre muitas outras (Sobral, 1998 e Serrão, 2012: 162 -169). Teve vários aprendizes como António Cordeiro e Veríssimo Soares (a. 1701), António Francisco (a. 1682 -1746), Leonardo de Oliveira (a. 1698), Francisco Pereira (c. 1698) e Manuel da Silveira. Este último, eventual parente, foi pintor de têmpera das Ordens militares, estofador e dourador. Bento Coelho colabo- rou (ou contactou) com os mais importantes pintores do seu tempo: a família Silva Paz (em particular Lourenço da Silva Paz), Marcos da Cruz, António Pereira Ravasco, Gabriel del Barco, António de Oliveira Bernardes e Félix da Costa (Serrão, 2001 e Flor, 2002). Satisfez encomendas para a clientela portuguesa mais esclarecida que inclui nomes como o Marquês de Fronteira ou o Conde de Ericeira ou ainda a Casa Real (Sobral, 1998; Soromenho, 2011; Flor, 2013) Manteve -se muito activo na Irmandade de S. Lucas. Foi mordomo entre 1647 -1651; juiz em 1667 -68, 1677 -78, 1689 -90 e 1698; escrivão em 1678 -79. Registam -se ainda as esmolas dadas em 1699, 1701 e 1702, estas duas últimas referido como pertencente à circunscrição do Bairro Alto. Foi nomeado pintor régio e dos paços reais em 1678, por morte de Domingos Vieira.
Mostrar mais

210 Ler mais

DA LAPA AO BAIRRO ALTO: ENCONTROS, PERCURSOS E DESLUMBRES DE JOÃO DO RIO

DA LAPA AO BAIRRO ALTO: ENCONTROS, PERCURSOS E DESLUMBRES DE JOÃO DO RIO

expostas as impressões do viajante carioca deambulando por Lisboa, sintetiza- das na série de artigos e crônicas escritos durante sua estadia em Lisboa nos quais demonstra seu apreço pelo país, pela cidade e pela vida cultural portugue- sa. Nele também se encontra, segundo Orna Messer Levin, uma das primeiras iniciativas, no século XX de se estabelecer a idéia de comunidade lusofônica, da qual João do Rio era um entusiasta ferrenho. A sua ida a Portugal tem a função objetiva de tentar estabelecer novas proximidades e de esclarecer os brasileiros – via os formadores de opinião de então, os cariocas – sobre a necessidade de se (re)conhecer a realidade portuguesa sob um outro prisma:
Mostrar mais

21 Ler mais

Decifrando a cidade: sociabilidade e espaço público em São Paulo e Lisboa (entrevista a Heitor Frúgoli Jr)

Decifrando a cidade: sociabilidade e espaço público em São Paulo e Lisboa (entrevista a Heitor Frúgoli Jr)

tão da escala se coloca de um outro modo. A escala é uma questão que também pode ter um tratamento etnográfico. Durante muito tempo eu fiquei ligado a essa dimensão do microscópico e do macroscópico e, num certo sentido, relacio- nava perspetivas disciplinares mais afeitas para um ou para outro plano. Acho que, hoje, isso se coloca de uma outra maneira. Eu entendo que, do ponto de vista antropológico, você pode trabalhar com distintas escalas, dependendo do modo como você confere, àqueles que você pesquisa, uma dimensão ou outra. Por exemplo, na pesquisa que estou desenvolvendo hoje no Bairro Alto, é pos- sível prestar atenção ao plano local, pois existem certas ruas nas quais tenho feito uma etnografia mais detida, com observação do que acontece ali entre as pessoas, ao passo que, com outros agentes com quem tenho contacto, eles têm-me mostrado dimensões mais abrangentes, que envolvem outros planos da cidade e aí se pode, a partir de certas escolhas, começar a entender como essas pessoas situadas num determinado espaço se apropriam de uma forma mais abrangente da cidade. E com isso, essa relação entre o micro e o macro se redefine. Eu concordo com você, mas acho que a gente tem de prestar atenção, na hora da etnografia, ao princípio de variação de escala. 9 Só que eu acho,
Mostrar mais

21 Ler mais

Ana Clara Esteves Amaro

Ana Clara Esteves Amaro

A complexa estrutura urbana de Lisboa, não se detém apenas na constituição geográfica de sete colinas, uma parte antiga, correspondente ao centro da cidade e uma parte mais moderna, renovando e prolongando a zona ribeirinha. É claro que existem os inúmeros bairros uns conhecidos não só pela sua popularidade mas também pelas características únicas, pelo seu valor e testemunho histórico, o seu papel proeminente na formação da cidade. Alfama e Mouraria foram redutos e fronteiras entre religiões e culturas diferentes, o Bairro Alto pela sua influência na construção urbana e a Madragoa símbolo das aventuras marítimas e dos descobrimen- tos.
Mostrar mais

89 Ler mais

The impacts of tourism on cultural identity on Lisbon Historic Neighbourhoods

The impacts of tourism on cultural identity on Lisbon Historic Neighbourhoods

While discussing the perceived cultural identity attributes of each neighbourhoods, four categories were distinguished; urban structure, social, authentic characters and tourism attributes. Concerning the urban structure contents, the participants of Alfama and Bairro Alto valued similar cultural structures that identified their neighbourhood as authentic and traditional. The narrow streets, the miradors, the colins, the electric elevators, the stairs, and the cultural costumes such as the drying clothes hanging from balconies, were identified as main characteristics of their picturesque neighbourhood. Alfama valorised the miradors (80% of the respondents) as ‘pictures’ representing the neighbourhood, and Bairro Alto highlighted the unavoidable stair cases as a representation of the neighbourhood’ soul. Meanwhile, as the neighbourhood of Mouraria takes into account distinctive parts; the higher part which is characterised as more ‘traditional’ and the lower part interpreted as ‘multicultural’, the responses were mitigated. However, a common attribute to the three neighbourhoods was the lack of local retailers; participants discerned it as a ‘vanishing’ authentic attribute.
Mostrar mais

25 Ler mais

Apropriação e invenção na dramaturgia de Antônio José da Silva: uma leitura de “Anfitrião ou Júpiter e Alcmena” / Appropriation and Invention in Antonio Jose da Silva’s Dramaturgy: A Reading of “Amphitryon or Jupiter and Alcmena”

Apropriação e invenção na dramaturgia de Antônio José da Silva: uma leitura de “Anfitrião ou Júpiter e Alcmena” / Appropriation and Invention in Antonio Jose da Silva’s Dramaturgy: A Reading of “Amphitryon or Jupiter and Alcmena”

Brómia: […] Uma vez no berço, eis que, do alto do teto, se lançam em voo para o implúvio duas serpentes com crista, enormes. [...] Neste meio tempo, as serpentes olham para toda a gente em redor. Assim que dão com os olhos nos meninos, arremetem velozes para o berço. Eu a arrastar, a levar o berço sempre mais para trás, receando pelas crianças e assustada por mim própria; e as serpentes sempre a perseguir-nos mais e mais encarniçadas. Mas, apenas enxergou as serpentes, o menino mais robusto salta ligeiro do berço, precipita-se a direito contra elas. Num abrir e fechar de olhos tinha-as agarradas, uma em cada mão! [...] O menino estrangula-as a ambas. (PLAUTO, 1993, p. 120).
Mostrar mais

24 Ler mais

Projeto de intervenção proposto no PIBIDUNEBCAMPUS XII: relato das vivências na iniciação à docência

Projeto de intervenção proposto no PIBIDUNEBCAMPUS XII: relato das vivências na iniciação à docência

A escola onde é efetivado o projeto de intervenção mencionado está locali- zada no bairro Alto Caiçara, no município de Guanambi (BA). Sua estrutura física é adequada para acomodar os a[r]

11 Ler mais

Elaboração e caracterização de biscoito tipo sequilho com farinha de amaranto, milho e arroz/Preparation and characterization of biscuit type sequilho with amaranth flour, maize and rice

Elaboração e caracterização de biscoito tipo sequilho com farinha de amaranto, milho e arroz/Preparation and characterization of biscuit type sequilho with amaranth flour, maize and rice

A intolerância ao glúten causa a doença celíaca, uma doença autoimune caracterizada por resultar em lesões na mucosa do intestino delgado, o que acarreta o desenvolvimento de atrofia total ou parcial das vilosidades e, posteriormente, em má absorção e nutrientes (Bianchini et al., 2020). Como este cereal é o principal ingrediente da produção de biscoitos, a substituição parcial ou total do mesmo deve ser estudada, permitindo a obtenção de um alimento de alto valor nutricional, atendendo populações com certas deficiências nutricionais ou como meio de prevenção de doenças (Méndez et al., 2019).
Mostrar mais

16 Ler mais

A inserção profissional de pessoas em situação de pobreza e de exclusão social: o caso do Bairro Alto dos Barronhos

A inserção profissional de pessoas em situação de pobreza e de exclusão social: o caso do Bairro Alto dos Barronhos

Este processo de “conscientização”, envolvendo claramente a vontade do cliente, associado às referidas variáveis externas como sejam a prática de uma metodologia de empowerme[r]

130 Ler mais

Bairro Alto revisited: reputation and symbolic assets as drivers for sustainable innovation in the city

Bairro Alto revisited: reputation and symbolic assets as drivers for sustainable innovation in the city

This text aims to analyze sustainable innovation in the context of an urban creative quarter, the Bairro Alto area, in the city of Lisbon. This is an area which is being through a process of progressive gentrification and massification, like many other cultural quarters in many cities, even if framed in some special characteristic linked to its specific morphology and to its particular evolution (Costa, 2003, 2004; Costa e Lopes, 2012). These processes challenge clearly the sustainability of the area as we know it and the capacity to keep the vitality and creative dynamism that it has been demonstrating through times. The analysis of the cultural/creative production system of the “Bairro Alto” district is thus made in the perspective of identifying the emergence of sustainable innovations in urban development, which were put in place in order to promote urban vitality and to assure quality of life to its users and residents. The dynamics of the production system appear to be strongly linked to the general “ambiance” of the district, and to a set of use conflicts that are marking its evolution and sustainability. The purpose of the case study is to examine some changing issues associated with transformation and innovation in the urban development of the district and how these impact on the localization of cultural and creative activities and practices. A particular attention is dedicated to the symbolic sphere and to the importance of reputation building mechanisms for the image and the own vitality of the territory. The innovations explored stem from local government intervention and/or other forms of coordination and self-regulation of local actors, aimed at creating and maintaining a sustainable and vital territorialized production system. These include a set of projects linked to “sustainable innovation”, in fields such as traffic restrictions, the organization of waste collection and sanitary facilities, the noise control, the labeling of products and activities, or the management of street art in public space, for instance. The conflict and the uneven power relations in public space are a key feature in this system organization and are consequently at the center of most of these sustainable innovations. In parallel, an analysis of a collective strategy towards a more sustainable and less over-charging functioning of this territorial system, led by some of its more prominent actors, is also conducted.
Mostrar mais

34 Ler mais

Modelos de previsão com Big Data proveniente de transações financeiras

Modelos de previsão com Big Data proveniente de transações financeiras

A partir dos valores do PIB podem-se compreender as grandes assimetrias entre as regi˜oes do pa´ıs. A t´ıtulo de exemplo, a regi˜ao de Lisboa e Vale do Tejo tem um PIB muito elevado relativamente a qualquer outra, o que pode estar relacionado com a maior produtividade desta regi˜ao, por ter uma popula¸c˜ao em idade ativa mais numerosa, enquanto que, por exemplo, a regi˜ao do Tˆamega apresenta o valor de PIB mais baixo, possivelmente, devido ao facto de parte da popula¸c˜ao residente nesta regi˜ao trabalhar em regi˜oes vizinhas e os setores de atividade econ´omica serem de baixa produtividade (Ramos and Rodrigues, 2001).
Mostrar mais

59 Ler mais

Caracterização geológica, geomorgológica e geotécnica de um corpo de dunas na cidade de Natal-RN

Caracterização geológica, geomorgológica e geotécnica de um corpo de dunas na cidade de Natal-RN

Elaborado o modelo fenomenológico, a área foi observada por quarteirões, procurando-se classificar cada quadra individualmente. As quadras foram classificadas em três níveis: de ALTO RISCO, MÉDIO RISCO e SEM RISCO, através da análise superficial de indícios de instabilização, como por exemplo: a presença de feições erosivas ou cicatrizes de deslizamentos, a relação declividade/estabilidade da encosta, a presença de trincas nas moradias ou em pavimentos, a presença de degraus de abatimento, a existência de árvores, postes, cercas ou muros inclinados, dentre outros. A inclinação do talude foi considerada o fator preponderante na definição do grau de risco.
Mostrar mais

215 Ler mais

Arraial Latino-Americano Um encontro de culturas na Lisboa das Festas Populares Maite Chaves Miller

Arraial Latino-Americano Um encontro de culturas na Lisboa das Festas Populares Maite Chaves Miller

Ahora estoy recordando una experiencia que tuvimos el año pasado en Almada, organizamos en Almada Shoping una exposición de pintura paraguaya, donde los invitados eran dos ceramistas y se llevaban a la gente a trabajar la cerámica como lo hacemos los paraguayos y fue fantástico. Primero porque para nosotros fue hermoso que la gente aprenda a manejar el barro como nosotros lo hacemos, en segundo lugar es interesantísimo el vínculo que se da, porque las personas que vinieron no tienen un fluido portugués, entienden algunas palabras, pero evidentemente el arte es un lenguaje tan simple que pudo hacer a las personas aprender a malear el barro y eso por eso que tenemos una relación muy cercana con la Asociación de Artesanos de Lisboa, es un grupo que nos acompaña y con el cual trabajamos. Creo que por eso el concepto del Arraial está muy bien planteado, pero ahí habría que pensar en dos cosas, la primera es el formato. La Casa de América Latina tiene un enorme potencial en la difusión cultural de las diversas manifestaciones culturales, esa fuerza se puede ver magnificada si se utilizan espacios más abiertos, más accesibles, con horarios más concurridos. Yo pienso por ejemplo que un arraial en la Plaza Camões o en Rossio, o tal vez hacerlo móvil para hacer incorporar a la sociedad lisboeta en sus diferentes características. Yo no me olvido una vez que fui a una actividad para la fiestas de Santo António en la zona de Graça y es todo un mundo distinto, como es la Moraria, muy diferente a los otros barrios. Yo creo que ayudó mucho el hecho de que tenga un pequeño presupuesto porque solo así es que podemos juntar nuestros mayores esfuerzos. Una embajada tiene normalmente muy pocos recursos para éste tipo de cosas, entonces si uno se ve complementado con un recurso local es de mayor relevancia y eso lo hemos practicado muchos con otros municipios. Con Almerim hicimos un acuerdo, nosotros pagamos los pasajes pero ellos se encargaban del alojamiento y transporte de todos. En Évora ellos se encargaron de pagarle a las personas que fueron a dar las clases y darles alojamiento y nosotros los trajimos hasta Lisboa. Con la gente de Porto nosotros enviamos los materiales, y con Barcelos nosotros nos encargamos de enviarles las cosas desde Lisboa, cuando es desde afuera ya se nos complica un poco más.
Mostrar mais

84 Ler mais

Logística reversa: uma proposta para microempresas de confecções localizadas no bairro Alto Paraná no município de Redenção-PA

Logística reversa: uma proposta para microempresas de confecções localizadas no bairro Alto Paraná no município de Redenção-PA

Resumo: A destinação dos resíduos sólidos se tornou um dos principais problemas ambientais da atualidade. Por isso, as empresas buscam constantemente maneiras de tornar seus processos produtivos sustentáveis, no setor de confecções essa realidade é cada vez mais visível, já que os desperdícios e impactos vão desde a matéria prima até o descarte final, o qual na maioria das vezes é praticado de maneira inadequada. Sendo assim, a elaboração e implementação de um projeto de gerenciamento desses resíduos podem gerar o aumento da competitividade e economia, benefícios sociais e ambientais, levando as organizações a possuírem um fator de diferenciação e competitividade no mercado. Diante desses aspectos, este trabalho tem o objetivo de elaborar alternativas de destinação correta de resíduos sólidos para as microempresas de confecções do bairro alto Paraná no município de Redenção-PA.
Mostrar mais

15 Ler mais

Show all 8402 documents...