Barras alimentícias

Top PDF Barras alimentícias:

DISSERTAÇÃO_Extrudados expandidos de arroz, soja e gergelim para uso em barras alimentícias

DISSERTAÇÃO_Extrudados expandidos de arroz, soja e gergelim para uso em barras alimentícias

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da adição de gergelim integral frente ao desengordurado e estabelecer a quantidade mais adequada na elaboração de barras alimentícias. Para compor as barras alimentícias, foram produzidos snacks expandidos na EMBRAPA do Rio de Janeiro/RJ, utizando-se grits de arroz (GA), farinha desengordurada de soja (FDS) e gergelim integral (GI) ou torta de gergelim (TG), sendo fixa a quantidade de GA e FDS, na proporção de 50%:50% de proteína, para uma melhor complementação dos aminoácidos; e variando a quantidade de GI e TG em 5, 10, 15 e 20%. No processo de extrusão, utilizou-se extrusora comercial de rosca simples Inbramaq RX50, com capacidade de 50 kg/h, velocidade de rotação do parafuso 378rpm, matriz de 4 furos (1mm cada furo) e umidade do material de 12%. Os extrudados expandidos foram secos em estufa com circulação de ar a 50°C por 24 h e armazenados em embalagens plásticas. Foram elaborados quatro experimentos de barras alimentícias na Universidade Federal de Lavras/MG, com os flocos expandidos, contendo 10 e 15% de GI e flocos expandidos, contendo 15 e 20% de TG, que foram selecionados pelas suas características físicas. A barra foi constituída por 50% de ingredientes secos (flocos + gergelim integral) e 50% de xarope. As análises físicas e funcionais para os snacks mostraram que o aumento do teor de GI e TG resultou na diminuição do índice de expansão, cor, índice de absorção, solubilidade em água e aumento na densidade aparente e no volume total de poros. Obtiveram-se, assim, snacks com textura rígida, quando comparados com snacks de arroz e soja. O elevado teor de lipídeo, presente na GI e na TG, foi prejudicial ao processo de extrusão. Entretanto, foi possível obter snacks expandidos de arroz e soja com níveis de até 15% de GI e 20% de TG. As matérias-primas farinha desengordurada de soja e torta de gergelim apresentaram elevados teores de proteínas, satisfazendo as necessidades requeridas pela FAO, para crianças e adultos, para a maioria dos aminoácidos essenciais, com exceção da lisina e da treonina para torta de gergelim. Dessa forma, as formulações dos snacks apresentaram um efeito complementar significativo, pois, aumentaram os valores dos aminoácidos. Os
Mostrar mais

186 Ler mais

Food bar labels: consumer behaviour and veracity of the available information Rótulos de barras alimentícias: comportamento do consumidor e veracidade de informações disponíveis

Food bar labels: consumer behaviour and veracity of the available information Rótulos de barras alimentícias: comportamento do consumidor e veracidade de informações disponíveis

A busca por alimentos de alto valor nutritivo, convenientes, de baixo valor calórico e que possuam características sensoriais agradáveis e com benefícios à saúde faz da barra alimentícia um produto promissor no setor de alimentos, já sendo considerada pelo senso comum como alternativa saudável. Assim, este trabalho teve como objetivos: (i) avaliar o interesse e a forma de entendimento dos consumidores em relação às informações veiculadas nos rótulos de alimentos; (ii) determinar os hábitos de consumo, e (iii) determinar a quantidade de açúcares totais em barras alimentícias comerciais dos tipos comuns, diet e light, de forma a confirmar a veracidade das informações disponíveis nos rótulos destes produtos e correlacioná-las com as percepções dos consumidores sobre este produto. Quanto ao consumo de barras alimentícias, pode-se perceber que grande parte da amostra em estudo consome este produto e, apesar de a maioria considerar este um produto saudável pela alegação de ser rico em fibras e cereais, mesmo com o conhecimento da presença de açúcar, a conveniência e a praticidade são os principais motivos que são levados em consideração no momento da compra. Pode-se concluir ainda que variáveis sócio demográficas, como sexo, idade, renda e escolaridade, influenciaram em padrões e comportamentos de consumo relacionados ao tema avaliado. Já a quantificação de açúcar nas barras alimentícias
Mostrar mais

9 Ler mais

Perfil dos consumidores de barras alimentícias sob perceptivas mercadológica, sensorial e de imagem corporalProfile of the consumers of bars from market, sensory and body image perceptions

Perfil dos consumidores de barras alimentícias sob perceptivas mercadológica, sensorial e de imagem corporalProfile of the consumers of bars from market, sensory and body image perceptions

Barras alimentícias pertencem à categoria de snacks e estão passando por um boom de crescimento e inovação, sobretudo com a inserção de variedades com cereais, chocolate, especiarias e até mesmo vegetais, conjuntamente com ingredientes funcionais, como ômega 3, antioxidantes, frutas exóticas, sementes e oleaginosas. Pouco se sabe sobre o comportamento dos consumidores deste alimento e tampouco se conhece o perfil do consumidor e os fatores que influenciam na compra. Além disso, há diversos tipos de barras alimentícias no mercado, mas a maioria é desconhecida pelos consumidores. O objetivo deste estudo foi avaliar as percepções dos consumidores de barras alimentícias na cidade de Viçosa-MG, de modo a diagnosticar o seu perfil. A partir daí, objetivou-se fornecer informações para melhorar a competitividade deste segmento e valer-se de questões em torno do fator saúde como potencializador da compra. Para isso, 422 consumidores foram entrevistados, sendo os resultados analisados por meio de estatística descritiva, análise de correspondência, análise fatorial e agrupamento de consumidores e análise de componentes principais focada. Os resultados demonstraram que há diferentes nichos de mercado para este alimento, cada qual com demandas específicas, mas, com predominância de jovens. Indivíduos mais velhos demonstraram- se mais preocupados com as alegações pertinentes aos teores de gorduras, sódio, açúcares, ômegas 3 e 9 e proteína. De modo geral, barras de cereais e de frutas foram citadas como as mais consumidas, sendo o sabor, a textura, o preço e as informações nutricionais e/ou de saúde, as características mais importantes. Dentre as motivações para compra, preocupação com o corpo, interesse pelos benefícios à saúde, preocupação com a saúde, praticidade e hábito foram os principais influenciadores na compra de barras alimentícias e a importância deles variou entre grupos de consumidores.
Mostrar mais

149 Ler mais

Preocupação com a saúde medeia a relação entre alegação de saúde e aceitação de barras alimentícias / Health concern mediation relationship between health claim and acceptance of food bars

Preocupação com a saúde medeia a relação entre alegação de saúde e aceitação de barras alimentícias / Health concern mediation relationship between health claim and acceptance of food bars

FIGURA 2 – Efeito da interação produto*sessão na aceitação sensorial. Onde: sessões 1: teste cego, 2: teste da embalagem e 3: teste da informação de saúde; barras alimentícias 1: barra de cereal marca pouco conhecida, 2: barra de sementes, 3: barra de frutas, 4: barra de cereal marca conhecida, 5: barra de proteína e 6: barra nuts. Características detalhadas dos tipos de barras podem ser conferidas em Pinto et al. (2017).

6 Ler mais

Elaboração e análises físico-químicas, microbiológicas e sensorial de barras alimentícias adicionadas de spirulina platensis.

Elaboração e análises físico-químicas, microbiológicas e sensorial de barras alimentícias adicionadas de spirulina platensis.

textura não houve diferença estatística, sabor e textura, obtiveram média 7, gostei moderadamente, um resultado satisfatório, especialmente para o sabor, onde mesmo adicionados da Spirulina platensis não influenciou para uma menor avaliação. No estudo de Martini et al (2015) que realizou um estudo sobre elaboração e aceitabilidade de barras alimentícias adicionadas de proteínas do soro do leite não obteve diferença estatística significativa (p >0,05) quanto aos atributos avaliados das amostras, notando que adição de até 40% de proteína do soro do leite não alterou as características sensoriais das barras formuladas.
Mostrar mais

44 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Estudos tecnológico, químico, físico-químico e sensorial de barras alimentícias elaboradas com subprodutos e resíduos agroindustriais

DISSERTAÇÃO_Estudos tecnológico, químico, físico-químico e sensorial de barras alimentícias elaboradas com subprodutos e resíduos agroindustriais

Barras alimentícias ou barras de cereais, são produtos multicomponentes, constituídos de cereais, fabaceaes (leguminosas) nozes, frutas secas e xarope ligante, destacando-se na categoria dos snacks devido ao apelo portabilidade com foco em conveniência e saúde. Na diversificação dos componentes secos de barras, a utilização de subprodutos e resíduos agroindustriais tem grande importância, pois, além do aproveitamento de remanescentes de alto valor nutricional, principalmente protéico, utilizando combinação de cereal e fabaceae e alto teor de fibras, pode diminuir o custo de produção, proporcionar agregação de valor econômico aos subprodutos e minimizar o material residual de agroindústrias. Este trabalho teve por objetivo de avaliar, sob aspectos tecnológicos, químicos, bioquímicos e sensorial, barras alimentícias elaboradas com subproduto quirera de arroz e castanha de pequi, resíduo de extrato de soja (okara) e resíduo de abacaxi, nas quais se utilizaram proporções distintas de quirera de arroz:resíduo do extrato de soja, constituindo os tratamentos: A (24:0), B (18:6), C (12:12), D (6:18) e E (0:24), com quantidades fixas de castanha de pequi, resíduo de abacaxi e xarope ligante. Os resultados referentes a umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, minerais e fibra alimentar demonstraram valores esperados estritamente crescentes à medida que aumentou a quantidade de resíduo de extrato de soja e diminuiu a quirera de arroz. Em relação aos valores de carboidratos e calorias, estes foram totalmente inversos. Sob aspectos tecnológicos de cor e textura instrumentais, sólidos solúveis, pH e atividade da água, apresentaram-se crescentes com o aumento da proporção de resíduo do extrato de soja, dos quais a cor e a textura instrumentais apresentaram súbito decréscimo no tratamento E. Todos os tratamentos apresentaram pH pouco ácido e atividade da água abaixo de 0,6, podendo favorecer a segurança microbiológica. No escore químico de aminoácidos essenciais, somente os tratamentos D e E não apresentaram aminoácidos limitantes em relação à referência da FAO/WHO (1990), com digestibilidade entre 34,31% e 35,75%, o que desfavorece a biodisponibilidade protéica das barras. Por meio de mapa de
Mostrar mais

143 Ler mais

Simulação numérica do empeno em barras trefiladas

Simulação numérica do empeno em barras trefiladas

49 semiângulo de trabalho de 15° apresentou maior ajuste da distribuição de tensões no retorno elástico. Deve-se ressaltar que, mesmo tendo apresentado valor de distorção mais elevado, o nível de empeno é considerado baixo, haja visto que atingiram valores abaixo de 1% do comprimento útil. Em função da geometria e do alinhamento destas simulações, não era esperado a ocorrência de empeno nas barras trefiladas, devido à simetria das tensões residuais. No entanto, os resultados evidenciaram a distorção apresentada que está possivelmente correlacionada a fatores numéricos, como a densidade de elementos de malha.
Mostrar mais

76 Ler mais

Anexo II   Planificação do gráfico de barras

Anexo II Planificação do gráfico de barras

- Crianças sentadas em semicírculo, na área de acolhimento e a estagiária sentada em frente ao grupo; - Mapa de presenças. Recursos materiais[r]

4 Ler mais

Explorando vertentes matemáticas nos códigos de barras

Explorando vertentes matemáticas nos códigos de barras

O objetivo era manter o padr˜ao de tamanho dos c´odigos de barras e n˜ao ter que modificar o sistema dos scanners j´a existentes. A ideia adotada foi de que o n´ umero a ser acrescentado estivesse impl´ıcito na forma de codifica¸c˜ao utilizada anteriormente. Como o d´ıgito acrescentado situa-se no in´ıcio da sequˆencia, n˜ao foi preciso alterar a estrutura de funcionamento do lado direito dos c´odigos, o que ainda permite que as leitoras identifiquem o lado correspondente do mesmo. S´o que a codifica¸c˜ao do lado esquerdo passou a ter uma varia¸c˜ao, que depende exclusivamente do d´ıgito inicial. A sequˆencia que representa um d´ıgito do lado esquerdo pode apresentar uma quantidade par ou ´ımpar de s´ımbolos 1, obedecendo a T abela 2.2.
Mostrar mais

55 Ler mais

Construção e calibração de lisímetros de barras de pesagem

Construção e calibração de lisímetros de barras de pesagem

RESUMO. Nos lisímetros tradicionais, o sistema de pesagem geralmente inclui uma célula de carga acoplada a uma balança com alavancas de redução de massa. O alto do custo da matéria prima e mão-de- obra dessas balanças, associado à grande oferta atual de componentes eletrônicos de coleta de dados de baixo custo, viabilizam a construção de novos equipamentos constituídos de barras de pesagem com até quatro células de carga por lisímetro. Este trabalho teve como objetivos apresentar a construção e a calibração de quatro novos lisímetros constituídos de tanques duplos retangulares, de aproximadamente 1,35 m² (1 m por 1,35 m) de superfície e 1,5 m de profundidade, apoiados sobre duas barras de pesagem. Cada barra de pesagem continha duas células de carga de alta acuracidade, ligadas por cabo coaxial a uma caixa de junção e depois a um sistema de aquisição de dados. Calibrações de cada aparelho foram realizadas após a instalação dos equipamentos no campo, resultando em ajuste linear (R 2 > 0,9999) entre impulso
Mostrar mais

8 Ler mais

Anexo XIV   Planificação do gráfico de barras

Anexo XIV Planificação do gráfico de barras

Intervir Projeto dinamizado por equipa externa – desenvolve programa de competências pessoais e sociais que visa atingir os objetivos do PEA.[r]

2 Ler mais

Otimização topológica de mecanismo de quatro barras

Otimização topológica de mecanismo de quatro barras

Muitos mecanismos são projetados sem uma estratégia de otimização, resultando em dispositivos fabricados com excesso de material, sendo este um dos superdimensionamentos mais comuns. Desenvolvendo-se e aplicando um método de otimização estrutural, é possível reduzir os esforços nos elos que, além de variarem com o carregamento aplicado, também estão diretamente relacionados com forças inerciais proporcionais às suas massas. Neste trabalho, é aplicado um carregamento num mecanismo de quatro barras a fim de se realizar uma análise das tensões e a otimização topológica dos elos em suas posições críticas através de ferramentas no software ANSYS®. O processo visa retirar material e distribuir o essencial de maneira ótima. Após obtida a topologia otimizada, são feitas novas análises de tensões, para validar o projeto e verificar se o mecanismo otimizado suporta o carregamento a que está submetido.
Mostrar mais

65 Ler mais

Barras de cereais contendo okara nas formulações

Barras de cereais contendo okara nas formulações

O okara é um subproduto do processamento do extrato de soja com baixo valor comercial, mas rico em proteínas com alto valor nutritivo e alta taxa de eficiência proteica. O objetivo deste trabalho foi determinar e caracterizar barras de cereais utilizando okara na formulação. Foram desenvolvidas três formulações, uma padrão, uma com 25% de okara desidratado (formulação 1) e outra contendo 17% de okara (formulação 2) substituindo parcialmente o germém de trigo e a aveia. As análises realizadas foram composição química e as propriedades tecnológicas. A análise sensorial avaliou-se os atributos sabor, aroma, textura e aceitação global além da intenção de compra. As barras de cereais, padrão e contendo okara (25% e 17%) não se diferenciaram significativamente quanto às cinzas, o menor teor de umidade foi da formulação 2 que apresentou menos quantidade de okara adicionado, as proteínas se elevaram nas formulações com adição de okara. As formulações 1 e 2 mostraram-se iguais a formulação padrão quanto ao teor de lipídios, embora tenham se diferenciado significativamente entre si. As fibras solúveis não apresentaram diferença significativa, ao contrário do conteúdo de fibras insolúveis que aumentou nas formulações contendo
Mostrar mais

38 Ler mais

ALISE DE ESTRUTURAS RETICULADAS ESPACIAIS COM BARRAS DE SE ¸

ALISE DE ESTRUTURAS RETICULADAS ESPACIAIS COM BARRAS DE SE ¸

Sapountzakis e Mokos (2003b) desenvolveram uma formula¸c˜ao para an´alise n˜ao uni- forme de elementos estruturais comp´ositos com se¸c˜ao transversal arbitr´aria constante, baseada no MEC. Nesta formula¸c˜ao os elementos estruturais podem ser constitu´ıdos por diferentes materiais, ou seja, diferentes m´odulos de elasticidade longitudinal e transversal podem ser considerados. Al´em disso, as barras podem estar, sujeitas a momentos tor¸co- res concentrados e momentos tor¸cores distribu´ıdos n˜ao uniformemente ao longo da se¸c˜ao. Neste mesmo ano, este autor em (Sapountzakis e Mokos (2003a)) avaliou o comporta- mento de se¸c˜oes arbitr´arias e constantes ao longo de seu comprimento, para dom´ınios multiplamente conexos.
Mostrar mais

89 Ler mais

Síntese e análise de mecanismo de quatro barras

Síntese e análise de mecanismo de quatro barras

Shariati e Norouzi, em 2010, descreveram um método de síntese analítica por otimização para mecanismos de quatro barras, com o objetivo de gerar uma função matemática definitiva. A função objetivo foi definida em termos dos mínimos quadrados dos erros entre a função gerada e a função desejada. Devido a não linearidade da função objetivo e das restrições do mecanismo, utilizou-se o método Sequential Quadratic Programming (SQP) para minimizar a função objetivo, de modo a encontrar o mecanismo ótimo. Este método é iterativo, e utilizado na otimização de equações não lineares, no qual a função objetivo e as restrições são diferenciadas duas vezes. No caso de não haver restrições para o problema, este se reduz ao método de Newton, determinando um ponto onde o gradiente da função objetivo é nulo. No caso de haver uma restrição, o método equivale ao método de Newton de primeira ordem com condições ótimas, ou condições de Karush-Kuhn-Tucker (K.K.T.). Este método está incluído em diversos pacotes computacionais, entre eles o MATLAB. (SHARIATI, M., NOROUZI, M., 2010).
Mostrar mais

145 Ler mais

Estudo de codigo de barras por analise de imagens

Estudo de codigo de barras por analise de imagens

Uma forma de se garantir um efeito de espalhamento aceitável consiste na uniformidade de larguras de módulos encontrados para cada elemento varrido (seja barra ou espaço), isto é, para cada elemento com nx de largura (n = 1,2,3,4 ; x = largura de módulo) os desvios padrão para as barras e espaços devem ser calculados e seus valores deverão ser reduzidos e diferirem entre si, de um valor muito pequeno para assegurar uma leitura correta, pois quanto menor for o valor do desvio padrão para barras ou espaços, maior será a uniformidade de cada elemento, e quanto menor a diferença entre as medianas das distribuições de larguras para barras e espaços, menor será o efeito de espalhamento de tinta. Este parâmetro é denominado gradual, pois não impede a realização correta da decodificação, apenas indica a intensidade de uma característica do símbolo impresso. Uma ilustração de análise destes parâmetros é apresentada na Figura 6.2.
Mostrar mais

120 Ler mais

Mudanças de conteúdo estratégico em pequenas empresas de massas alimentícias.

Mudanças de conteúdo estratégico em pequenas empresas de massas alimentícias.

Este trabalho procura identificar e caracterizar os principais recursos utilizados para execução de mudanças de conteúdo estratégico em três pequenas empresas de massas alimentícias, bem como avaliar os impactos destes recursos sobre as suas vantagens competitivas. Das empresas pesquisadas, duas estão localizadas na região metropolitana de Curitiba e uma no interior do Estado do Paraná. Foram coletados dados por meio de entrevistas semi-estruturadas de dirigentes do nível tático-estratégico, bem como anotações de campo, observação não participante e, ainda, informações obtidas por meio de dados secundários. A partir de análise de conteúdo e técnica de triangulação, chega-se aos principais recursos utilizados pelas empresas. Utilizando-se da matriz produto mercado de Ansoff (1979), foi possível constatar a existência de um padrão consistente dos principais recursos utilizados para mudanças dentro de cada quadrante desta matriz, destacando-se, para a vantagem competitiva, os recursos arquitetura estratégica e a reputação.
Mostrar mais

22 Ler mais

O uso de métodos de previsão de demanda nas indústrias alimentícias brasileiras.

O uso de métodos de previsão de demanda nas indústrias alimentícias brasileiras.

Baseado nos resultados da análise discriminante, pode-se concluir que a hipótese 6 não pode ser totalmente confirmada, já que a principal variável que influencia a escolha de modelos de previsão pelas indústrias alimentícias brasileiras é a Disponibilidade de software que não havia sido mencionada. Por outro lado, a variável Dificuldade no atendimento, listada na hipótese 6, também influencia diretamente a escolha dos modelos de previsão, porém, possui um menor poder discriminatório. Já a variável Alto custo não foi significativa para a escolha de modelos de previsão pelas indústrias alimentícias brasileiras.
Mostrar mais

15 Ler mais

Logística e troca eletrônica de informação em empresas automobilísticas e alimentícias.

Logística e troca eletrônica de informação em empresas automobilísticas e alimentícias.

Já nas empresas da indústria automobilística, os impactos são mais significativos no tempo e custo de processamento de pedido, com redução nos níveis e custo de estoque e de transporte p[r]

14 Ler mais

Estratégias de financiamento das empresas alimentícias e eletroeletrônicas em tempos de real

Estratégias de financiamento das empresas alimentícias e eletroeletrônicas em tempos de real

No tocante à disponibilidade e utilização de fontes de recursos estáveis (de longo prazo) por parte das empresas do setor de eletroeletrônicos no financiamento de suas atividades, verifi[r]

135 Ler mais

Show all 426 documents...