Base para a análise discursiva dos dados

Top PDF Base para a análise discursiva dos dados:

A reportagem com base na extração, análise e visualização de dados

A reportagem com base na extração, análise e visualização de dados

Este trabalho está centrado na identificação das maneiras com as quais os jornalistas podem integrar as técnicas de extração, análise e visualização de dados no processo de elaboração e apresentação da reportagem on-line e as características que resultam desses processos de trabalho. Estas informações são obtidas por meio da análise multifatorial de 26 produções vencedoras do prêmio Data Journalism Awards (DJA) entre 2012 e 2014. São utilizados métodos mistos nesta pesquisa, em estratégia aninhada concomitante, implicando na coleta simultânea de dados quantitativos e qualitativos, com prioridade à interpretação dos elementos textuais e visuais. Entre as verificações numéricas e estatísticas, estão as proporções de temáticas, locais de origem, idiomas originais, oferta dos dados digitais, tipos de recursos gráficos e uso de softwares específicos nas produções. De forma a integralizar os distintos elementos abordados, utilizamos em nossa etapa qualitativa quatro domínios com os quais direcionamos nossa ótica, baseados em estudos anteriores sobre o jornalismo on-line e o jornalismo digital em base de dados. São eles: interatividade, hipermedialidade, temporalidade e transculturalidade. Concluímos esta pesquisa reconhecendo as estruturas e elementos do jornalismo e da comunicação que persistem e sobrevivem na era digital, como a valorização do contexto e a existência de uma mensagem no próprio meio, ao mesmo tempo se reinventando e se reafirmando ao longo das evoluções tecnológicas.
Mostrar mais

275 Ler mais

Sistema de análise de base de dados de centrais telefônicas

Sistema de análise de base de dados de centrais telefônicas

Uma das áreas do setor de telecomunicações é a comutação, esta compreende o gerenciamento das centrais telefônicas que atualmente são digitais. Existe um software que controla e administra todas as funcionalidades das centrais telefônicas, por exemplo, a base de dados de encaminhamento, de tarifação, de sinalização e de assinantes. As programações das centrais telefônicas mudam diariamente podendo ser desde poucas linhas de alterações até milhares de linhas. As alterações são feitas de forma manual através dos arquivos de configuração de cada central telefônica. Desta forma, a proposta deste projeto foi a construção de um sistema para agilizar e automatizar a consulta e a elaboração das bases de dados desenvolvidas no dia-a-dia de trabalho dos técnicos. Foram consideradas as centrais telefônicas do fabricante Siemens, modelo EWSD, utilizadas em operadoras de telecomunicações em todo o Brasil. Foi desenvolvida uma ferramenta web implementada na linguagem JAVA, utilizando banco de dados MySQL. A metodologia adotada para o desenvolvimento do sistema foi ICONIX que enfatiza a rastreabilidade dos requisitos através da modelagem realizada em UML. Após a implantação do sistema, este foi validado de forma satisfatória com exemplos de bases de dados simulando 19 centrais telefônicas existentes no Estado de Santa Catarina. Entre as suas características podem ser destacadas a sua interface gráfica amigável e intuitiva, seu bom desempenho e principalmente agilidade oferecida pela automação das tarefas.
Mostrar mais

117 Ler mais

ANÁLISE ESPACIAL E TEMPORAL DE UMA BASE DE DADOS CRIMINAIS

ANÁLISE ESPACIAL E TEMPORAL DE UMA BASE DE DADOS CRIMINAIS

Neste contexto a análise multivariada é incontornável quando se está perante informação proveniente de sistemas multicomponentes. Na maioria dos casos, a inspeção do perfil global dos dados é claramente mais informativa que a avaliação parâmetro a parâmetro. Neste trabalho é efetuada a caracterização de uma variedade de dados relativos a detenções e a delitos cometidos nos Estados Unidos da América durante o período de 2005 a 2011. Os resultados mostram que a combinação dos métodos quimiométricos selecionados (análise de agrupamentos hierárquico, análise de componentes principais) com algumas medidas econométricas (curva de Lorenz e coeficiente de Gini ), permite tirar conclusões sobre a distribuição e relação espácio-temporal de vários tipos de crimes. A abordagem proposta pode servir de base para futuros desenvolvimentos na criação de modelos e análise de fatores, também aqui enunciados.
Mostrar mais

94 Ler mais

Tecnologia de Base de Dados Introdução à Base de Dados

Tecnologia de Base de Dados Introdução à Base de Dados

Tecnologia de Base de Dados 1. Introdução O conceito de Tecnologia O conceito Tecnologia aplica-se a tudo aquilo que, não existindo na natureza, o ser humano inventa para expandir os seus poderes, tornar o seu trabalho mais fácil e fazer a sua vida mais agradável. Etimologicamente, o termo tecnologia deriva dos termos gregos

42 Ler mais

Mineração de dados como ferramenta para análise de base de dados de genoma do vírus influenza A

Mineração de dados como ferramenta para análise de base de dados de genoma do vírus influenza A

Mineração de dados é o processo de exploração de grandes quantidades de dados com o objetivo de encontrar padrões e correlações capazes de oferecer suporte à tomada de decisões. A mineração de dados é uma ferramenta com grande potencial de aplicabilidade na área de bioinformática, pois permite que volumes robustos de dados sejam processados de forma otimizada. O número de dados biológicos, como por exemplo dados genômicos gerados com as novas tecnologias de sequenciamento, vem crescendo de forma exponencial, sendo necessário cada vez mais o uso de tecnologias computacionais para a interpretação dos mesmos. Os genomas virais constituem uma fonte para o desenvolvimento e uso de novas ferramentas computacionais, devido à vasta quantidade de informação acessível em bases de dados online . Este trabalho teve como objetivo analisar uma base pública de dados de genoma de vírus influenza com o emprego de técnicas de mineração de dados. Um banco contendo 232.505 dados de genoma de vírus influenza A e B foi obtido através do site GenBank e pré-processado a fim de eliminar dados incompletos e transformar os dados. Após limpeza, os dados de genoma do vírus influenza A foram minerados com o software Weka, com o uso dos algoritmos Apriori e RandomForest para a realização de tarefas de regras de associação e de classificação, respectivamente. A mineração dos dados resultou na correta identificação do vírus influenza A H1N1pdm09. Além disso, os modelos de classificação foram capazes de classificar o subtipo de 74% das amostras de H1N1 (64%) e H3N2 (88%), e de diferenciar o hospedeiro de 77% das amostras aviárias (63%) e humanas (87%). A Mineração de Dados é uma promissora ferramenta para a descoberta de novos conhecimentos na área da saúde, e o software Weka possui grande potencial para a aplicação de tarefas de Mineração de Dados nessa área, com capacidade de classificar os dois subtipos mais prevalentes de influenza A e diferenciar entre os dois hospedeiros mais comuns, a partir de dados sequências genômicas do vírus influenza disponíveis em bases de dados públicas.
Mostrar mais

105 Ler mais

Base de dados

Base de dados

Alguns conjuntos de dados são facilmente armazenados nestes suportes de informação simples, outros requerem sistemas mais elaborados como sistemas de base de dados. Estes sistemas permitem o armazenamento de dados de forma estruturada e sistemática e a sua utilização através de ferramentas para a consulta e análise essenciais para a correcta interpretação de informação.

19 Ler mais

A Base de dados

A Base de dados

Projeto 2 – Cadastro de Oficinas SEMTEC 2013 Neste projeto iremos construir um sistema básico de cadastro das oficinas da SEMTEC 2013 utilizando componentes de conexão com base de dados utilizando MySQL. A partir da ligação destes componentes seremos capazes de adicionar, atualizar e remover dados em nosso banco para então trabalharmos com ferramentas que irão nos ajudar a organizar e resolver nossos problemas criando novas soluções.

4 Ler mais

Base de dados

Base de dados

Com base no exposto, o presente trabalho cinentífico teve como objetivo principal, estudar as potencialidades e a evolução das competências tecnológicas inerentes ao depósitos de patentes, e panorama de publicação de artigos relacionando os biocompósitos formados a partir de Hidroxiapatita com Poliuretanos, bem como, as propriedades relacionadas a osteoindução, especificamente no intervalo dos anos de anos entre 2000 à 2013. Para obtenção dos dados essenciais à pesquisa, foram consultadas as bases de dados: European Patent Office (EPO), tendo como suporte comparativo, as bases de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e Unitted States Patent and Trademark Office (USPTO). Na pesquisa relacionando o númerode artigos publicados no mesmo intervalo de anos, utilizou-se da base de dados Web of Science, adicionando as mesmas palavras-chave nas buscas realizadas.
Mostrar mais

15 Ler mais

Análise e implementação de uma base de dados na área de protocolo: eventos

Análise e implementação de uma base de dados na área de protocolo: eventos

Isso passou por modificar a base de dados, alterando campos e introduzindo novos menus. Os campos acrescentados foram do número de processo, com possibilidade de aceder quando tratado arquivisticamente; foram feitas restrições em alguns acessos. Quanto aos menus a proposta foi acrescentar o acesso à gestão documental para efeitos de tratamento arquivístico que contém os seguintes campos: Produtor; Código de referência; Dimensão; Nível; Metadados; Data; Técnico e Documentos anexados. E o menu da pesquisa com a possibilidade de ser feita a partir do Nome do evento, Gabinete/Serviço, Gestor, Data e Número de processo.
Mostrar mais

122 Ler mais

Análise heurística da base de dados Public Medical (PUBMED)

Análise heurística da base de dados Public Medical (PUBMED)

Na área de Ciências da Saúde, as bases de dados se fazem presentes desde a década de trinta. Com o passar do tempo elas vêm sendo inovadas abrindo maior leque de possibilidades de pesquisas, inclusive full text. Dentre as principais bases de dados bibliográficas dessa área, se destaca a Public Medical, conhecida como PubMed. Essa base trata e organiza a produção documental científica publicada em periódicos indexados das principais coleções científicas do mundo concernentes a esse campo de conhecimento. Após estudos sobre a metodologia de avaliação heurística nos interessamos em aplicá-la no âmbito dessa base de dados, buscando resposta ao seguinte questionamento: Que diretrizes das propostas de Nielsen e Tahir (2002) são aplicadas à usabilidade da interação humano-computador na base de dados PubMed? O objetivo desta pesquisa é avaliar, com embasamento nas diretrizes de Nielsen e Tahir (2002), a interface da PubMed relativas aos critérios de usabilidade na interação humano- computador. O percurso metodológico constituiu-se da pesquisa bibliográfica. Em seguida aplicamos as 113 diretrizes de usabilidade sugeridas por Nielsen e Tahir (2002) ao ambiente da PubMed. Os resultados evidenciam que, embora tais diretrizes tenham sido pensadas para a construção de homepage, vinte e oito delas se adequaram à interface da PubMed. Portanto, infere-se que essas diretrizes podem ser utilizadas para a avaliação heurística de bases de dados. Com relação à usabilidade dessa base, evidenciou-se que a interface é bem estruturada, amigável e objetiva, com inúmeras possibilidades de busca e recuperação da informação. Palavras-chave: Usabilidade. PubMed. Base de dados. Avaliação heurística.
Mostrar mais

8 Ler mais

BIBLIOMETRIA: UMA ANÁLISE SOBRE A SUSTENTABILIDADE NA BASE DE DADOS SPELL

BIBLIOMETRIA: UMA ANÁLISE SOBRE A SUSTENTABILIDADE NA BASE DE DADOS SPELL

Para o alcance do objetivo geral proposto, foi realizado uma pesquisa bibliométrica. Estudos com esse tipo de perfil são importantes, pois contribuem para destacar as temáticas predominantes em determinada área, demonstrar eventuais lacunas e delinear futuras pesquisas mais aprofundadas (GALLON et al., 2008). Para isso, como palavra-chave, foi utilizado o termo sustentabilidade, inserido no principal campo de busca no site eletrônico da base de dados SPELL. Posterior a isso, foi feita a leitura de títulos, resumos e palavras-chaves de todos os artigos encontrados, ou seja, 388, e os mesmos, foram organizados em cinco categorias de análises, tais como: (I) o número total de artigos relacionados à temática sustentabilidade, bem como o ano de publicação; (II) a quantidade de artigos em cada periódico científico (III); a classificação desses periódicos de acordo com a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior); (IV) os principais autores e, por fim, (V) os subtemas abordados.
Mostrar mais

20 Ler mais

Análise do Controlo de Acesso num Sistema de Gestão de Base de Dados

Análise do Controlo de Acesso num Sistema de Gestão de Base de Dados

i Resumo A sociedade moderna depende cada vez mais da utilização de sistemas informáticos, sendo crucial garantir que os dados que estes sistemas tratam e armazenam estejam protegidos contra fugas de informação. É importante garantir que os dados que são protegidos pelos sistemas somente são utilizados para os fins a que se destinam e por quem de direito. Os sistemas de gestão de bases de dados são os principais guardiões de dados, armazenando e gerindo o acesso a estes dados nos sistemas informáticos. É sobre estes que incidem ameaças e riscos no que respeita a fugas de informação. Nesta tese são apresentados os principais conceitos ao nível do controlo de acesso nos Sistemas de Gestão de Bases de Dados (SGBDs), assim como os modelos de controlo de acesso, o discricionário e o não discricionário e suas características. O Microsoft SQL Server 2012 foi o sistema de gestão de bases de dados escolhido para a implementação dos principais modelos de controlo de acesso tendo como objetivo verificar, através de testes, que características dos modelos de controlo de acesso são suportadas por ele. Com base nesta implementação aplicamos as métricas de avaliação propostas pelo National Institute of Standards and Technology (NIST) para análise de segurança nos sistemas de controlo de acesso. Estas métricas, definidas para qualquer sistema de controlo de acesso, foram aplicadas para auditar e servir de guia para a segurança dos processos e operações das empresas. Consideramos assim, que este trabalho pode ser um guia para aqueles que pretendem implementar um sistema de controlo de acesso baseado num dos modelos abordados e que, necessitem de apoio na escolha do sistema de gestão de bases de dados que melhor se adapta às suas necessidades de segurança. Também para aqueles que necessitem de efetuar uma aplicação prática das métricas de avaliação do NIST, dado não existir documentação com exemplos práticos da aplicação das métricas.
Mostrar mais

128 Ler mais

FOTOGRAFIA DIGITAL: ANÁLISE DE PESQUISAS EM BASE DE DADOS BRASILEIRAS.

FOTOGRAFIA DIGITAL: ANÁLISE DE PESQUISAS EM BASE DE DADOS BRASILEIRAS.

Para atender a etapa de critérios de validade metodológica, foi realizada a busca de trabalhos nas referidas bases de dados, considerando que ao utilizar apenas uma base podemos não encontrar todos os estudos publicados sobre o tema. As etapas descritas foram realizadas no período de Abril/2017 à Outubro/2017, sendo registradas todas as ações do processo e seus resultados. Após o levantamento e seleção dos estudos que atendiam os critérios de busca, iniciamos a análise dos dados que serão apresentados adiante.

10 Ler mais

Base de Dados. Sistemas de Informação. Base de Dados - Índice Introdução Componentes Base de Dados. Introdução. Introdução. Introdução.

Base de Dados. Sistemas de Informação. Base de Dados - Índice Introdução Componentes Base de Dados. Introdução. Introdução. Introdução.

– Facilidade em interrogar a base de dados (SQL) – Independência física e lógica dos dados – Facilidade de desenvolvimento de aplicações – Suporte para base de dados distribuídas. Vitor [r]

9 Ler mais

Análise dos padrões de investimentos dos hospitais brasileiros com base na análise envoltória de dados (DEA)

Análise dos padrões de investimentos dos hospitais brasileiros com base na análise envoltória de dados (DEA)

A pesquisa pode ser classificada como de natureza descritiva com um enfoque quanti- tativo. Os dados empregados na pesquisa foram secundários. Os dados operacionais dos hospi- tais foram coletados com base no Banco de Dados do Sistema Único de Saúde (DATASUS) e, os financeiros, por meio das demonstrações contábeis dos hospitais disponíveis na imprensa oficial do estado onde a organização tem sua sede, ou mesmo nos sites das referidas organizações. Ao todo, informações de 31 hospitais foram reunidas e analisadas em um período de seis anos, de 2006 até 2011 Trata-se, assim, de uma amostra não probabilística por conveniência (ALENCAR, 2007). As organizações selecionadas apresentam características bem diversas no que tange à natureza jurídica, porte, localização geográfica e número de leitos. Salienta-se que os dados con- tidos nas demonstrações contábeis dos hospitais foram atualizados segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mensurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísti- ca (IBGE) para o mês de dezembro de 2012 (IBGE, 2013).
Mostrar mais

20 Ler mais

ANÁLISE DOS PADRÕES DE INVESTIMENTOS DOS HOSPITAIS BRASILEIROS COM BASE NA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS (DEA)

ANÁLISE DOS PADRÕES DE INVESTIMENTOS DOS HOSPITAIS BRASILEIROS COM BASE NA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS (DEA)

A pesquisa pode ser classificada como de natureza descritiva com um enfoque quanti- tativo. Os dados empregados na pesquisa foram secundários. Os dados operacionais dos hospi- tais foram coletados com base no Banco de Dados do Sistema Único de Saúde (DATASUS) e, os financeiros, por meio das demonstrações contábeis dos hospitais disponíveis na imprensa oficial do estado onde a organização tem sua sede, ou mesmo nos sites das referidas organizações. Ao todo, informações de 31 hospitais foram reunidas e analisadas em um período de seis anos, de 2006 até 2011 Trata-se, assim, de uma amostra não probabilística por conveniência (ALENCAR, 2007). As organizações selecionadas apresentam características bem diversas no que tange à natureza jurídica, porte, localização geográfica e número de leitos. Salienta-se que os dados con- tidos nas demonstrações contábeis dos hospitais foram atualizados segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mensurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísti- ca (IBGE) para o mês de dezembro de 2012 (IBGE, 2013).
Mostrar mais

20 Ler mais

Com isso, cria-se uma base de dados

Com isso, cria-se uma base de dados

Feito isso, são estabelecidas, para cada fator, s seções especificando em que condições o fator se encontra (favorável, indiferente ou desfavorável ao investimento). A seguir, são convocados m especialistas em investimentos financeiros para atribuir os valores da evidência favorável (ou grau de crença) e da evidência contrária (ou grau de descrença) a cada um dos investimentos, dentro das condições especificadas pelas seções estabelecidas para os fatores. Com isso, cria-se uma base de dados.

7 Ler mais

Base de dados climáticos.

Base de dados climáticos.

O objetivo deste trabalho foi organizar quatro fontes de dados climáticos, executar análises de consistência, e desenvolver um software com interface com um banco de dados para manter a base de dados atualizada e realizar consultas para extração de dados. Foi realizada a compatibilização de dados diários e sinópticos (3 horários de coleta), de forma que cada variável estivesse organizada em colunas, diferente da estrutura original das bases fornecidas. Este trabalho iniciou-se com o desenvolvimento de rotinas VBA internas ao software Excel@ para importar, organizar e tratar (consistência) dados por estações climatológicas, e evoluiu para um software em linguagem Visual Basic de interface com o Banco de Dados SQL Server Express. O software “Climático” contém um módulo de conversão de dados (horários) para uma estrutura compatível com o modulo de importação para o Banco de Dados, permitindo importar qualquer estrutura de dados organizados em colunas. Apresenta também uma rotina de
Mostrar mais

41 Ler mais

Análise exploratória de hierarquias em base de dados multidimensionais

Análise exploratória de hierarquias em base de dados multidimensionais

Na área de extração de conhecimento (ECD) com recurso a sistemas OLAP, alguns dos trabalhos mais significativos passam pela criação de novos cubos para previsão, combinando tendências nas várias dimensões do cubo. Ferramentas OLAP são utilizadas em [Sarawagi, et al., 1998] e [Han, et al., 2006] para assinalar exceções guiando o utilizador para os tuplos de maior interesse. [Chen, et al., 2006b] utiliza cubos para previsão de tendências e deteção de exceções em modelos de regressão. [Palpanas, et al., 2005] aplica o uso do OLAP para determinar os desvios de cada descendente e qual dos descendentes apresenta o maior desvio. [Rabaséda, et al., 2011] utiliza sistemas OLAP para a previsão de uma métrica de um acontecimento futuro respondendo à questão “e se…”. [Imielinski, et al., 2002] usa OLAP com regras de associação para a obtenção de novas regras. De realçar o trabalho de [Chen, et al., 2006a], que usa sistemas OLAP para prever valores de elementos agregados em função de elementos descendentes que mais se assemelhem, usando árvores de decisão como modelo base. Por exemplo, para prever os valores das vendas de um produto nos Estados Unidos, usa o valor das vendas de uma cidade cujo histórico é o mais semelhante ao do país.
Mostrar mais

19 Ler mais

Análise de transcriptoma usando a base de dados Kegg Orthology

Análise de transcriptoma usando a base de dados Kegg Orthology

create table hsa_count select cds, count(*) as hits from result_blast group by cds; 17) Verifique a tabela criada:. select * from hsa_count limit 10;[r]

6 Ler mais

Show all 10000 documents...