• Nenhum resultado encontrado

Camilo Pessanha

O processo de represendatação do eu na Clepsidra de Camilo Pessanha

O processo de represendatação do eu na Clepsidra de Camilo Pessanha

... (ABAB/ ABAB / CDE /CDE). Essas rimas alternadas colocam o plano do passado e do coletivo em contraposição ao do presente e ao do indivíduo. A primeira estrofe tem os seguintes pares antitéticos: “Planeta/ poeta” e “Pais/ ...

86

Camilo Pessanha e o Tao Te Ching: um capítulo

Camilo Pessanha e o Tao Te Ching: um capítulo

... sua nova ótica, tornou-se, de algum modo, tributária das ciências naturais, da antropologia e, em última instância, das ciências “exatas”, deixando de ser a orientadora espiritual da opinião pública, e surgindo como ...

107

Ao oriente do oriente transformações do orientalismo em poesia portuguesa do início do século XX . Camilo Pessanha, Alberto Osório de Castro e Álvaro de Campos

Ao oriente do oriente transformações do orientalismo em poesia portuguesa do início do século XX . Camilo Pessanha, Alberto Osório de Castro e Álvaro de Campos

... quais Camilo Pessanha e Alberto Osório de Castro, enquanto magistrados coloniais, exploram aquilo a que o império lhes deu acesso mediante o confronto in loco, filtrado pela sua condição social, à ...

479

Telégrafo e fonógrafo: metáforas modernas da fragmentação em António Nobre e Camilo Pessanha / Telegraph and Phonograph: Modern Metaphors of Fragmentation in António Nobre and Camilo Pessanha

Telégrafo e fonógrafo: metáforas modernas da fragmentação em António Nobre e Camilo Pessanha / Telegraph and Phonograph: Modern Metaphors of Fragmentation in António Nobre and Camilo Pessanha

... de Camilo Pessanha, através dos quais se espera mostrar como estas duas invenções modernas podem ser lidas como síntese metafórica da fragmentação do sujeito poético, manifesta por imagens, sintaxe e ritmo ...

19

A clepsidra e o labirinto: figurações do exílio em Camilo Pessanha e Mário de Sá-Carneiro

A clepsidra e o labirinto: figurações do exílio em Camilo Pessanha e Mário de Sá-Carneiro

... 1867, Camilo Pessanha estudou Direito e formou-se em ...que Pessanha guardava, memorizados, e publicou, em 1920, a primeira edição de ...que Pessanha escreveu acerca da cultura chinesa, o qual ...

104

Camilo Pessanha por António Osório ou o Romance do Ensaista?

Camilo Pessanha por António Osório ou o Romance do Ensaista?

... entre Camilo Pessanha e Ana de Castro Osório que nos fala António ...de Camilo Pessanha vem juntar-se aos melhores estudos publicados sobre a figura do nosso maior simbolista, com o valor ...

13

As imagens de Portugal na poesia de Camilo Pessanha

As imagens de Portugal na poesia de Camilo Pessanha

... A poética de Camilo Pessanha foi um dos anúncios das mudanças pelas quais Portugal estava passando. Todavia, observando mais detidamente o livro Clepsydra, verificamos a presença do pessimismo que marcou o ...

16

Transcendência e Vontade na "Clepsidra" de Camilo Pessanha

Transcendência e Vontade na "Clepsidra" de Camilo Pessanha

... Seguindo a didática do heterônimo pagão ter-se-á uma fórmula inserida dentro de um universo poético que mapeia o percurso do eu lírico que quer libertar-se da dor causada pela passagem das horas e do esvaziamento do ser. ...

7

Leituras de Camilo Pessanha por estudantes chineses

Leituras de Camilo Pessanha por estudantes chineses

... Macau. Pessanha chegou à colónia em 1894, ao que tudo indica procurando esquecer no exílio a sua paixão não correspondida por Ana de Castro Osório, e ali veio a desempenhar várias funções de relevo, quer como ...

16

Paisagens de negação: a ambiência e a melancolia como reflexo da negação em Paisagens de inverno, de Camilo Pessanha

Paisagens de negação: a ambiência e a melancolia como reflexo da negação em Paisagens de inverno, de Camilo Pessanha

... de Camilo Pessa- nha numa tentativa de aproximar o conceito de paisagem, aplicado por Fernando Pessoa em sua obra poética, como reflexo do ambiente negativo/melancólico inerente nos dois poemas supraci- ...

10

A recepção de Vieira por Garrett, Camilo e Teófilo

A recepção de Vieira por Garrett, Camilo e Teófilo

... Como podemos notar, nesta análise de Teófilo o aspecto duplo que caracterizou a apreciação crítica de Vieira feita por Camilo e por Garrett acaba por aparecer de forma totalmente transmutada. Não se trata mais de ...

14

agregation danis bois Rapport

agregation danis bois Rapport

... (orgs), Sujeito sensível e renovação do eu: as contribuções da fasciaterapia e da somato-psicopedagogia , Centro Universitário São Camilo, Paulus. (Brasil), pp[r] ...

26

Pela 'rugosidade da vida': a solidão e a escrita como rotas de fuga em Juliano Pessanha

Pela 'rugosidade da vida': a solidão e a escrita como rotas de fuga em Juliano Pessanha

... o corpo intacto. Esse corpo-só seria lavado das complica- ções do mundo e cravado num lar monástico que impede qualquer abertura ao outro em sua outridade. A solidão de que fala Gilles Deleuze é, ao contrário, uma ...

9

A VERDADE É O qUE CAMILO DEIxOU ESCRITO

A VERDADE É O qUE CAMILO DEIxOU ESCRITO

... 256 Por outro lado, José Augusto guardou o coração de Fanny “e não o hímen” (Costa 70) res- gatando para si – resgatando-o da corrupção da morte – aquilo que nenhum homem teria tocado, no sentido literal. Paradoxalmente, ...

11

Resistência do morangueiro (Fragaria híbridos) à Mycosphaerella fragariae (TUL.) LIND. (Ramularia tulasnei SACC.).

Resistência do morangueiro (Fragaria híbridos) à Mycosphaerella fragariae (TUL.) LIND. (Ramularia tulasnei SACC.).

... Trata-se da doença mais freqüente nas plantações de morangueiro do Estado de São Paulo (CAMARGO, 19 73), podendo ocasionar a morte das plantas (PESSANHA, ΙΑΜΑΜΟΊΌ & SCARANARI, 197[r] ...

14

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E INVESTIGATIVO EM FÍSICA: ambiente de validação do diálogo como saber docente.

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E INVESTIGATIVO EM FÍSICA: ambiente de validação do diálogo como saber docente.

... licenciando Camilo atribui ao diálogo em detrimento às atividades experimentais nos possibilita compreender que o teste e a validação de saberes docentes são um processo contínuo, não único e nem momentâneo ...

14

Dois exercícios dramáticos de Camilo Castelo Branco

Dois exercícios dramáticos de Camilo Castelo Branco

... de Camilo dois brevíssimos textos æ O tio egresso e o sobrinho bacha- rel, («capítulo de um romance maçador», que no final traz a data de 1849, texto publi- cado originalmente n’O Nacional, número 219, de 24 de ...

10

Vá para fora cá dentro – Camilo em tempos de crise

Vá para fora cá dentro – Camilo em tempos de crise

... eufemismo. Camilo nunca encapota a repugnância que nutre pelos emigrantes que regressam ricos do ...de Camilo, mas a que nela sobrevive apesar de ...de Camilo insiste que tem de haver alguma coisa ...

14

Avaliação dos fatores de risco individuais e familiares para desnutrição energético protéica em crianças com até 60 meses de idade, em Berilo, MG

Avaliação dos fatores de risco individuais e familiares para desnutrição energético protéica em crianças com até 60 meses de idade, em Berilo, MG

... PESSANHA (2002) avaliou o estado nutricional e fatores de risco para DEP em 422 crianças menores de dois anos nos municípios de Carbonita, Datas e São Gonçalo do Rio Pret[r] ...

149

O discurso histórico em O Regicida de Camilo Castelo Branco

O discurso histórico em O Regicida de Camilo Castelo Branco

... Como já pudemos observar, quando o narrador afirma que irá se abster de descrever minuciosamente episódios históricos em sua ficção para "não defraudar historiadores que não têm, q[r] ...

7

Show all 135 documents...

temas relacionados