Capsicum spp.

Top PDF Capsicum spp.:

Avaliação da resistência a tobamovirus em acessos de Capsicum spp.

Avaliação da resistência a tobamovirus em acessos de Capsicum spp.

As pimentas e pimentões, pertencentes ao gênero Capsicum spp., são amplamente cultivadas em todo mundo (16, 19). Ocupam uma posição importante no consumo brasileiro de hortaliças destacando- se entre as dez de maior consumo, tanto em valor, quanto em volume comercializado (8). A produtividade média da pimenta pode variar de acordo com a cultivar. Pimentas do tipo ‘Dedo-de-moça’ e ‘Tabasco’ apresentam uma produtividade de 10 t/ha, no caso das pimentas do tipo ‘Malagueta’, estas podem atingir uma produtividade de 4 ton/ha, e as do tipo ‘Jalapeño’ podendo atingir 30 t/ha (26). Enquanto que a cultura do pimentão atinge uma produtividade média ao redor de 30 toneladas por ha. (26).
Mostrar mais

5 Ler mais

Identification of minimum descriptors for characterization of Capsicum spp. germplasm

Identification of minimum descriptors for characterization of Capsicum spp. germplasm

deserve mention because were included in the lists of three of the four species: tillering (BtF), anther colour (CAt), immature fruit colour (CFI), days to flowering (DFl), days to fruiting (DFt), fruit wall thickness (EFt), fruit shape (FFt), fruit shape at blossom end (FPF), plant canopy width (LPt), calyx margin (MgC), number of seeds per fruit (NSF), fruit shape at pedicel attachment (OFt), flower position (PFr), and fruit weight (PFt). Only three of these were not repeated in the generic Capsicum spp. list (BtF, CFI and DFl). Another fifteen were part of two of these lists, and eight (CPl, CpP, CrC, FmF, Hbt, NFA, PtF and PEt) are also on the generic list. Thus, the minimal descriptors selected for the whole collection are in general represented among those of the subcollections. In spite of this, according to Valls (2007), the most suitable descriptors to discriminate among species of a genus tend to be the least suitable for differentiating cultivars within of species.
Mostrar mais

13 Ler mais

Resistance in Capsicum spp. to anthracnose affected by different stages of fruit development during pre- and post- harvest

Resistance in Capsicum spp. to anthracnose affected by different stages of fruit development during pre- and post- harvest

The absence of symptoms throughout the experimental evaluation period was only recorded for two accessions, UENF 1718 and UENF 1797, both belonging to C. baccatum var. pendulum which were promising for resistance. Kanchana-Udomkan et al. (2004) found that fruit size does not affect the development of the disease, and unripe fruit of C. chinense were more susceptible to anthracnose caused by C. gloeosporioides than ripe fruit. Pakdeevaraporn et al. (2005) and Mahasuk et al. (2009a) showed that different genes control resistance to anthracnose in unripe and ripe fruit, which is extremely significant for Capsicum breeding seeking resistance to anthracnose. Mongkolporn et al. (2010) also observed different reactions caused by the stage of development of Capsicum spp. fruit inoculated with different species of Colletotrichum.
Mostrar mais

7 Ler mais

Especificidade de Puccinia pampeana a cultivares de Capsicum spp. e outras solanáceas

Especificidade de Puccinia pampeana a cultivares de Capsicum spp. e outras solanáceas

A ferrugem de Capsicum spp., causada pelo fungo Puccinia pampeana ocorre na região sul e sudeste do Brasil, com maior f r e q ü ê n c i a n o o u t o n o e i n v e r n o , q u a n d o p r e d o m i n a m a s temperaturas moderadas ao redor de 18 e 21ºC e alta umidade, podendo causar perdas totais das culturas que infectam. Ataca toda a parte aérea, especialmente tecidos jovens. As folhas, frutos, caule e brotos infectados sofrem hipertrofia, encarquilhamento, distorções, fasciação e superbrotamento das gemas apicais e laterais, dando origem a estruturas ou ramos laterais que crescem de forma mais ou menos indefinida, do tipo “vassoura de bruxa”. Os sintomas se manifestam predominantemente nas folhas, mas também em outras partes vegetais como bainhas, flores e frutos e m i n í c i o d e d e s e n v o l v i m e n t o ( 6 ) . S a b e - s e q u e e s t e superbrotamento, resulta de um desequilíbrio hormonal, com acúmulo de quantidade significativa de um indutor de crescimento, provavelmente o àcido-indol-acético (AIA), hormônio vegetal considerado como a principal auxina de ocorrência natural (10). O fungo Puccinia pampeana, tem um ciclo de vida muito raro. Após a penetração e desenvolvimento do talo monocariótico, apresenta espermogônios e espermácias, em um único hospedeiro, sendo assim denominado autoécio. A única estrutura infectiva do
Mostrar mais

5 Ler mais

Caracterização de isolados e reação de Capsicum spp. ao Cucumber mosaic virus (CMV)

Caracterização de isolados e reação de Capsicum spp. ao Cucumber mosaic virus (CMV)

Os isolados de CMV foram obtidos a partir de coletas realizadas em diferentes acessos de pimentão e pimenta (Capsicum spp.) com sintomas indicativos de infecção viral, como mosaico e deformações foliares, crescimento reduzido da planta, ou mesmo amostras coletadas de plantas assintomáticas. Foi possível totalizar 113 amostras coletadas em diferentes propriedades nos municípios de Salto-SP, em março de 2002 (29 amostras), e em Lins-SP, em maio de 2002 (55 amostras). Uma (1) amostra foi adquirida no Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – Universidade de São Paulo, sendo gentilmente cedida pelo Prof. Dr. Jorge Alberto Marques Rezende, em julho de 2002. Outras 9 amostras representativas de pimentão coletadas de setembro a dezembro de 2001, provenientes dos municípios de Piacatu-SP, Lins-SP, Tuiuti-SP, Cajarana-SP, Joanópolis-SP e Taguatinga-DF foram gentilmente cedidas pelos Drs. Rômulo Kobori e Ricardo Gioria, da Sakata Seed Sudamerica, de Bragança Paulista-SP. Em novembro de 2000 foram coletadas 19 amostras de pimentão no município de Lins-SP, posteriormente dessecadas e armazenadas no Laboratório de Virologia do Departamento de Produção Vegetal da FCA/UNESP para as devidas análises. No processo de caracterização dos isolados do CMV foram utilizados como controles um isolado de CMV-II na forma de plasmídio, mantido in vitro a –20ºC (CMV-S), uma estirpe de CMV contendo o RNA satélite (satRNA), mantido dessecado e in vivo em N. glutinosa, ambos gentilmente cedidos pela Dra. Alessandra de Jesus Boari, e um isolado de CMV-I proveniente de pimentão (C. annuum) do município de Lins-SP, cedido pela Sakata Seed Sudamerica
Mostrar mais

95 Ler mais

Estabilidade da Resistência de Capsicum spp. ao Oídio em Telado e Casa de Vegetação

Estabilidade da Resistência de Capsicum spp. ao Oídio em Telado e Casa de Vegetação

com cobertura plástica (‘Van der Hoeven’) seguindo o delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições e parcelas experimentais contendo duas plantas. Foram analisados 93 genótipos de Capsicum spp., basicamente os mesmos previamente avaliados em telado protegido, sendo 76 de C. annuum, oito de C. chinense, cinco de C. baccatum e quatro de C. frutescens. As mudas foram transplantadas para canteiros de 0,80 m de largura aos 30 dias após a semeadura. Durante a condução do experimento não foi realizada nenhuma pulverização. Nas extremidades da casa de vegetação foram transplantadas mudas de pimentão ‘Magali’, classificado previamente como altamente suscetível ao oídio (Souza & Café Filho, 2003), que foram inoculadas via atomização (10 4 conídios/
Mostrar mais

7 Ler mais

Begomovírus de plantas de pimentão e tomate no Estado de São Paulo: ocorrência, variabilidade, identificação de biótipos de bemisia tabaci e de resistência em capsicum spp

Begomovírus de plantas de pimentão e tomate no Estado de São Paulo: ocorrência, variabilidade, identificação de biótipos de bemisia tabaci e de resistência em capsicum spp

Considerando o aumento de begomovírus e mosca-branca no campo o presente trabalho teve como objetivos a detecção, a caracterização molecular e a análise da diversidade genética de begomovírus em pimentão e tomateiro em diferentes municípios do Estado de São Paulo: Piraju, Tejupá, Santa Cruz do Rio Pardo, São Pedro do Turvo, São Miguel Arcanjo, Itapetininga, Lins, Sabino, Timburí, Iacanga, Pirajuí, Avaí, Reginópolis e Salto; a identificação de biótipos de B. tabaci por meio da amplificação do gene mitocondrial (citocromo oxidase I - mtCOI) seguido de seqüenciamento ou RFLP utilizando a enzima Taq I e a avaliação para resistência de acessos de Capsicum spp. a dois isolados de ToSRV.
Mostrar mais

120 Ler mais

Fontes de resistência à murcha bacteriana em germoplasma de Capsicum spp. do estado do Amazonas.

Fontes de resistência à murcha bacteriana em germoplasma de Capsicum spp. do estado do Amazonas.

The bacterial wilt caused by Ralstonia solanacearum is one of the most important in the genus Capsicum in Brazil. In the state of Amazonas, high temperatures and humidity favor the development of the disease. The objective of this work was to evaluate resistance in germoplasm of wild and commercial Capsicum spp. to bacterial wilt. Twenty two accesses of Capsicum spp. were evaluated in greenhouse conditions. The inoculation was made by means of wounds in the roots, followed by addition of bacterial suspension in the concentration of 10 8 ufc ml -1 in the soil, around the plants. Plant evaluation was made daily
Mostrar mais

4 Ler mais

Enxertia de plantas de pimentão em Capsicum spp. no manejo de nema tóides de galha

Enxertia de plantas de pimentão em Capsicum spp. no manejo de nema tóides de galha

RESUMO – No presente trabalho, visando encontrar fonte de resistência múltipla a nematóides em plantas de Capsicum spp., estudou-se a resistência a M. mayaguensis de 13 genótipos de pimenta, sendo, nove da C. chinense, três da C. annuum e um da C. frutescens, considerados resistentes a Meloidogyne incognita e/ou a Meloidogyne javanica, exceto dois da C. chinense, quanto a M. javanica. O trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação, em Jaboticabal, São Paulo, durante os meses de setembro a dezembro de 2005. Dez mudas de todos os genótipos, no momento do transplante para vasos de argila, foram inoculadas, individualmente, com 3.000 ovos e juvenis de segundo estádio de M. mayaguensis. Cada muda foi considerada uma repetição. A avaliação da resistência ao nematóide foi feita com base no fator de reprodução, aos 55 dias após a inoculação (DAI) das mudas. Os genótipos que se apresentaram resistentes, foram reavaliados, para confirmação ou não à resistência. Entre todos os genótipos avaliados, apenas o C. frutescens apresentou resistência a M. mayaguensis, indicando que o mesmo possui potencial para ser utilizado como fonte de resistência múltipla a M. incognita, M. javanica e M. mayaguensis, dependendo de estudos de compatibilidade de enxertia com cultivares de pimentão suscetíveis aos nematóides. No entanto, os genes que conferem a resistência simultânea aos três nematóides ainda são desconhecidos.
Mostrar mais

155 Ler mais

Os tricomas de Capsicum spp. interferem nos aspectos biológicos do ácaro-branco, Polyphagotarsonemus latus Banks (Acari: Tarsonemidae)?.

Os tricomas de Capsicum spp. interferem nos aspectos biológicos do ácaro-branco, Polyphagotarsonemus latus Banks (Acari: Tarsonemidae)?.

KEY WORDS: Pepper, leaf trichome, phytophagous mite, constitutive defense, intrinsic growth rate RESUMO - Variações nas características morfológicas das plantas podem ter efeito imediato sobre a preferência alimentar, escolha de sítios de oviposição e vulnerabilidade de herbívoros a inimigos naturais. A longo prazo, podem ter consequências sobre a dinâmica populacional desses organismos, já que atuam sobre seu desenvolvimento, sobrevivência e reprodução. Neste trabalho, avaliou-se o desenvolvimento de Polyphagotarsonemus latus (Banks) em cinco espécies de Capsicum com diferentes densidades de tricomas. Testou-se a hipótese de que o crescimento populacional de P. latus nessas plantas apresenta relação negativa com o aumento da densidade de tricomas nas folhas. Observou-se um padrão decrescente na taxa intrínseca de crescimento (r m ) de P. latus com o aumento da densidade de tricomas nas folhas. O menor r m foi obtido em folhas de C. praetermissum (r m = 0,46), que apresenta a maior densidade de tricomas entre as espécies de Capsicum avaliadas. Os maiores valores de r m foram observados em espécies de Capsicum com densidade intermediária de tricomas nas folhas, Capsicum frutescens (r m = 0,77) e Capsicum chinense (r m = 0,76). Os tricomas de Capsicum spp. atuaram como fator limitante ao desenvolvimento de P. latus à medida que se apresentaram em maiores densidades e mais bem distribuídos na superfície foliar. Foi discutido ainda o papel da defesa morfológica e química de plantas de Capsicum sobre o desenvolvimento de P. latus.
Mostrar mais

6 Ler mais

Heterose e diversidade genética em híbridos intra e interespecíficos de pimenteiras ornamentais (Capsicum spp.)

Heterose e diversidade genética em híbridos intra e interespecíficos de pimenteiras ornamentais (Capsicum spp.)

The peppers of genus Capsicum are widely cultivated around the world and are economically important as source of condiments, vegetable and medicinal compounds (Yamamoto and Nawata 2005; Bento et al. 2007), as well as for ornamentation (Moreira, 2006). Among the ornamental potted plants, the pepper (Capsicum spp.) has distinguished themselves by their increasing and continued acceptance by the consumer market (Upnimoor 2003), making a difference in the variety of products in florists. In principle, any kind of pepper could be used as an ornamental plant, but the shorter plants with variegated foliage and erected fruit are the most suitable for planting in pots, because of their aesthetic qualities, especially for indoor decoration (Vieira 2002; Nascimento et al. 2012).
Mostrar mais

118 Ler mais

Evaluation of resistance to Tomato severe rugose virus (ToSRV) in Capsicum spp. genotypes

Evaluation of resistance to Tomato severe rugose virus (ToSRV) in Capsicum spp. genotypes

In the irst trial 19 genotypes of Capsicum spp. available in the germplasm bank of the Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ) and of the Instituto Agronômico de Campinas (IAC), and 10 commercial genotypes were evaluated for their reaction to ToSRV-Sk and ToSRV-PJU (Table 1). The sowing of 10 plants of each genotype was done in expanded Styrofoam trays with 220 cells containing commercial substrate. The genotypes were divided into two trays each containing also tomato cultivar Santa Clara as a susceptible control. Each tray was placed in a cage. The seedlings were maintained in a greenhouse and were whitely inoculated with the virus isolates 30 days after sowing.
Mostrar mais

5 Ler mais

Comparação de protocolos de extração de DNA genômico de Capsicum spp. / Comparison of genomic DNA extraction protocols of Capsicum spp.

Comparação de protocolos de extração de DNA genômico de Capsicum spp. / Comparison of genomic DNA extraction protocols of Capsicum spp.

Capsicum species have wide genetic diversity and great versatility of applications. To study diversity different types of characters can be used, such as molecular ones. Considering that techniques involving molecular characters initially require DNA extraction. The present study aimed to compare protocols for plant DNA extraction for Capsicum spp. Four extraction methods were compared: P1 Cetyltrimethylammonium bromide detergent (CTAB), without using liquid nitrogen; P2 Dodecyl Sodium Sulphate (SDS) detergent, without using liquid nitrogen; P3 SDS detergent, using liquid nitrogen and P4 CTAB detergent, using liquid nitrogen. Regarding DNA concentration, there was a significant difference (p <0.05) between the methods analyzed, using the Kruskal-Wallis test. Among the protocols analyzed, P3 stands out in obtaining intact samples and P1 in the possibility of acquiring large amounts of DNA. The P4 protocol is the most suitable, as it provides samples in good quantity and quality.
Mostrar mais

16 Ler mais

Tobamovírus em Capsicum spp. no Estado de São Paulo: ocorrência, análise da variabilidade e avaliação de resistência

Tobamovírus em Capsicum spp. no Estado de São Paulo: ocorrência, análise da variabilidade e avaliação de resistência

A caracterização bioló gica deve ser utilizada para verificar a reação de um isolado/espécie de tobamovírus com os genes de resistência presente nos genótipos diferenciais de Capsicum spp., porém não permite identificar a espécie viral (Cezar, 2003). Baseado no tipo de lesão local induzido em Nicotiana glutinosa, uma hospedeira diferencial bastante utilizada na diagnose rápida de tobamovírus, pode-se inferir se o isolado em questão pertence à espécie de ToMV ou PMMoV, pois as lesões ocasionadas pelo ToMV são maiores e surgem mais rapidamente (3 dias) quando comparadas com as do PMMoV (Alonso et al., 1989). Para a correta identificação pode-se utilizar ferramentas sorológicas e/ou moleculares como a transcrição reversa (RT) seguida da reação de polimerização em cadeia (PCR) denominada RT-PCR capaz de revelar a identidade da espécie viral presente na amostra (Duarte et al., 2001; Velasco et al., 2002; Letschert et al., 2002; Cezar, 2003 e Eiras et al., 2004).
Mostrar mais

85 Ler mais

Morphological and chemical characterization of fruits of Capsicum spp. accessions

Morphological and chemical characterization of fruits of Capsicum spp. accessions

This study aimed to evaluate 69 Capsicum accessions from the Germplasm Bank of Universidade Federal de Roraima, for some fruit quality traits. The experiment was performed in a completely random design, with 69 treatments and 3 replications. The 69 accessions were evaluated for fourteen quantitative and two qualitative traits of ripe fruits. Quantitative fruits data were subjected to an analysis of variance, and the means were grouped by Scott-Knott test (p≤0.01). All characteristics had significant effect of treatments (p<0.01) for all evaluated traits. The data showed high genetic variability to future use in a Capsicum breeding program. The accessions 33, 44 and 41 showed major values for dry matter content and total soluble solids; these should be used to improve these traits in a paprika breeding program. On the other hand, the accession 48 showed major values for fresh weight, major fruit length and fruit width. The accession 33, belonging to the Capsicum frutescens species, with high vitamin C content should be used in a fresh market Capsicum breeding program.
Mostrar mais

8 Ler mais

Avaliação da Dispersão primária e secundária do Tomato severe rugose virus para genótipos de Capsicum spp. por Bemisia tabaci MEAM1

Avaliação da Dispersão primária e secundária do Tomato severe rugose virus para genótipos de Capsicum spp. por Bemisia tabaci MEAM1

and secondary dispersal of ToSRV by B. tabaci, MEAM1 species, also known as biotype B, usin ToSRV-tolerant species Capsicum baccatum (IAC-1357), C. annuum (IAC -1566) and C. frutescens (IAC-1544). The genotype IAC -1544 showed a smaller number of plants infected by ToSRV during the primary dispersal assay and no efficiency in the isolate transmission in the secondary dispersal. These results contribute to capsicum and pepper breeding forresistance to ToSRV and its insect vector.

3 Ler mais

Cultivo in vitro de embriões imaturos de Capsicum spp. para o resgate de embriões de cruzamentos incompatíveis

Cultivo in vitro de embriões imaturos de Capsicum spp. para o resgate de embriões de cruzamentos incompatíveis

Many crossings involving Capsicum were conducted to enhance genes that presented features adapted to trading purposes. However, in many cases, the use of other species is necessary, including wild ones, to achieve the introgression of genes such as those responsible for resistance to diseases and pests. Hybridization is the instrument used in genetic enhancement programs focused on transferring genes between species or between genotypes of a single species. However, incompatibilities between genotypes may result in lack of seed formation due to pre- and post-zygotic barriers (Charlo, Botelho, Silva, Castoldi, & Braz, 2009; Nascimento et al., 2012; Martins, Martins, Pereira, Souza, Rodrigues, & Amaral Junior, 2015).
Mostrar mais

8 Ler mais

AVALIAÇÃO DE COMPOSTOS FENÓLICOS TOTAIS EM PIMENTAS CAPSICUM SPP. EM FUNÇÃO DE PROCESSOS TÉRMICOS

AVALIAÇÃO DE COMPOSTOS FENÓLICOS TOTAIS EM PIMENTAS CAPSICUM SPP. EM FUNÇÃO DE PROCESSOS TÉRMICOS

O Brasil possui uma das maiores biodiversidades do planeta, com fontes de alimentos ainda inexploradas naturalmente ricas em compostos bioativos com funções diversas e complementares. As pimentas do gênero Capsicum fazem parte desta grande biodiversidade e da riqueza cultural brasileira; são cultivadas em todo o território nacional possuindo enorme variedade de cores, sabores, tamanho e pungência. As pimentas são utilizadas in natura ou processadas. Portanto, muitos destes compostos bioativos necessitam de avaliação quanto aos aspectos de qualidade e potencial para utilização em produtos alimentícios. Durante o processamento, pode ocorrer redução no teor de compostos bioativos, pela instabilidade às condições tecnológicas de processamento, o que consequentemente pode reduzir sua capacidade funcional. São consideradas, por diversos estudos, especiarias ricas em compostos bioativos, como, por exemplo, compostos fenólicos. Neste sentido este trabalho objetivou quantificar o teor de compostos fenólicos totais de duas espécies de pimentas: Dedo-de-moça (Capsicum baccatum) e Biquinho (Capsicum chinense) em função de dois processos de manufatura semi-industrial (pasteurização e cozimento). Os processos térmicos diminuíram em torno de 16% os teores de compostos fenólicos in natura para a pimenta Dedo-de-moça (de 53,6 ±0,14 mg EAG 100g -1 para 47,1 ±0,15 mg EAG 100g -1 ) considerando a pasteurização. A pimenta Biquinho apresentou 11% de redução somente para o cozimento (de 75,6 ±0,08 mg EAG 100g -1 para 67,6 ±0,25 mg EAG 100g -1 ). Assim, pode-se verificar que a temperatura contribuiu com possível degradação dos compostos fenólicos. O cozimento tende a ser mais contundente que a pasteurização, havendo variação conforme a espécie de pimenta estudada. A escolha do método de processamento mais adequado à conserva de pimentas Dedo-de-Moça e Biquinho, pode ser baseada no teor total de compostos fenólicos.
Mostrar mais

8 Ler mais

Herança da reação de Capsicum spp. ao oídio (Leveillula taurica (lev.) arn.)

Herança da reação de Capsicum spp. ao oídio (Leveillula taurica (lev.) arn.)

O uso de fungicidas no controle do oídio do pimentão tem se mostrado ineficaz. Tudo parece indicar que a resistência genética será a melhor forma de controle dessa doença, porém as fontes de resistência identificadas em Capsicum annuum L. são mínimas e não tem sido satisfatórias por apresentarem resistência parcial. Atualmente todos os híbridos disponíveis no mercado mundial de sementes de pimentão são altamente suscetíveis ao oídio e a herança da reação tem sido pouco estudada. Com isso o objetivo deste trabalho foi triar os acessos da coleção de C. annuum L. da ESALQ/USP, identificando possíveis fontes de resistência nesta espécie e obter informações sobre a herança da reação de pimentão e pimentas ao oídio. Foram testados 99 acessos de C. annuum para identificar fontes de resistência e suscetibilidade. A partir de três acessos resistentes, foram feitos cruzamentos entre si e também com linhagens altamente suscetíveis ao oídio, resistentes ao PVY, TSWV e TMV. Foram obtidas as gerações F 1 , F 2 e retrocruzamentos. As avaliações das reações ao oídio foram feitas na
Mostrar mais

165 Ler mais

Produção em vaso e pós-colheita de hastes de pimentas ornamentais (Capsicum spp)

Produção em vaso e pós-colheita de hastes de pimentas ornamentais (Capsicum spp)

The search for new species and cultivars of specialty cut flowers in order to satisfy consumer preferences has been frequent in the floriculture industry. ‘Rio Light Orange’ and ‘Cappa Round Red’ ornamental peppers (Capsicum annuum L.) are attractive cultivars of ornamental pepper used as cut stems, but postharvest handling protocols for extending vase life need to be optimized. The responses to hydrator and holding preservatives it is still unknown in several ornamental peppers cultivars. Stems harvested when the fruits were partly mature extended vase life for ‘Rio Light Orange’ and harvest stage had no effect on vase life of ‘Cappa Round Red’. When harvested and kept in water, stems showed less incidence of wilted foliage on postharvest for both cultivars. When in water, cold storage it is tolerated for up to one week for stems of ‘Rio Light Orange’ and for up to two weeks for ‘Cappa Round Red’. These cultivars do not appear to be sensitive to ethylene and anti-ethylene agents had a minimal effect on postharvest characteristics of cut stems. Defoliation treatments applied in this study did not show a clear response and theferore no recommendation were done. The use of a holding solution regardless of prior use of a hydrator solution had positive effect on vase life of ‘Black Pearl’, ‘Rooster’ and ‘Stromboli’ ornamental peppers. In general, use of a commercial hydrator either reduced or had no effect on vase life and so, should not be used. Moreover, use of a holding solution kept the foliage turgid longer. Vase life and quality of ‘Rio Light Orange’ and ‘Cappa Round Red’ ornamental peppers stems can be extended by following appropriate postharvest handling procedures and the use of holding solution can be beneficial on vase life and in the foliage quality of many cultivars of peppers tested in this study.
Mostrar mais

64 Ler mais

Show all 2175 documents...

temas relacionados