Conservação de alimentos

Top PDF Conservação de alimentos:

PROPRIEDADE ANTIOXIDANTE DE COMPOSTOS FENÓLICOS: IMPORTÂNCIA NA DIETA E NA CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS  Doi: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v11i2.398406

PROPRIEDADE ANTIOXIDANTE DE COMPOSTOS FENÓLICOS: IMPORTÂNCIA NA DIETA E NA CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS Doi: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v11i2.398406

RESUMO: Os organismos vivos estão constantemente sujeitos a sofrerem ação de radicais livres, que são um dos causadores das reações de oxidação, pois possuem um elétron livre o que as torna muito reativos. Eles são produtos de reações do próprio organismo ou são produzidos por fatores exógenos, como tabaco. Os ácidos graxos são os alvos mais vulneráveis desse tipo de reação, podendo sofrer a peroxidação lipídica, o que afeta a estrutura das células. Doenças cardiovasculares, câncer e doenças do envelhecimento estão relacionados com a ocorrência dessas reações nos organismos. Os alimentos também estão sujeitos a sofrerem reações de oxidação, tornando-os impróprios para o consumo e diminuindo a vida útil. Compostos antioxidantes sintéticos são utilizados como conservantes de alimentos, porém apresentam certo grau de toxidade para o organismo. Estudos para a utilização de compostos antioxidantes naturais tem ganhado importância nas ultimas décadas, devido ao potencial de conservação e à baixa toxidade ao organismo. Compostos fenólicos estão amplamente distribuídos pelo reino vegetal e possuem alto potencial antioxidante devido à capacidade de neutralizar e sequestrar radicais livres. Esses compostos são utilizados pela indústria na conservação de alimentos, principalmente os ácidos fenólicos. O cosumo de alimentos ricos em compostos fenólicos, como chás, vinhos e frutos foi relacionado com a baixa incidência de doenças degenerativas. Este estudo consiste em uma revisão bibliográfica que abrange a importância desses compostos na dieta e na conservação de alimentos, e as metodologias e dificuldades no processo de extração devido a grande variedade de moléculas desse grupo.
Mostrar mais

9 Ler mais

ANÁLISE DA CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS À VENDA EM LANCHONETES DA UNICAMP

ANÁLISE DA CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS À VENDA EM LANCHONETES DA UNICAMP

RESUMO: Tornou-se um costume a substituição da alimentação em domicílio, com refeições balanceadas, por opções mais práticas como a compra de comidas prontas em lanchonetes. Todavia, essa mudança de hábito pode representar um risco a saúde se as lanchonetes não seguirem boas práticas para o transporte, manipulação, preparo e conservação dos alimentos, visto que um alimento pode facilmente ficar contaminado por microorganismo. O enfoque desse trabalho foi avaliar, de forma imparcial, se as lanchonetes do campus "Zeferino Vaz" da UNICAMP utilizam boas práticas para a conservação de alimentos à venda. Os produtos escolhidos para nossa pesquisa foram as comidas self-services, salgados, sanduíches naturais e bolos com cobertura; nestes foram observados se a temperatura do local que são conservados e o tempo que as mesmas demoram para serem consumidas depois de estarem prontas estão de acordo com regras estipuladas pela ANVISA. A temperatura em vitrines de salgados apresentou-se incorreta em todas as lanchonetes, e os bolos com cobertura foram armazenados de forma inadequada em apenas uma lanchonete; mas apesar disso, as lanchonetes não apresentam riscos ao consumidor.
Mostrar mais

5 Ler mais

Alta pressão hidrostática: tecnologia promissora na conservação de alimentos

Alta pressão hidrostática: tecnologia promissora na conservação de alimentos

Descoberta desde 1889 por Hite, a alta pressão hidrostática tem ganhado cada vez mais espaço na indústria de alimentos nos últimos vinte anos. Com todas as vantagens a ela atribuída, essa tecnologia vem para suprir um mercado onde o consumidor exige um alimento seguro e de qualidade cada vez maior. Uma alternativa aos tratamentos térmicos convencionais, a alta pressão hidrostática não somente se sobressai pela sua eficiência tecnológica, oferecendo conservação de atributos sensoriais e nutricionais dos alimentos, como é capaz de proporcionar alimentos seguros microbiologicamente, conferindo uma maior qualidade aos produtos quando comparada a outros tratamentos. Esta revisão sistemática de literatura teve como objetivo discutir a aplicação da alta pressão hidrostática na indústria alimentícia e seu papel como uma tecnologia promissora. A metodologia consistiu em selecionar textos científicos específicos sobre o assunto a partir da pesquisa bibliográfica em banco de dados eletrônicos e livros. Quatro livros e nove textos científicos foram selecionados, entre o período de 2002 e 2014. Conclui-se com esta revisão sistemática de literatura que a alta pressão hidrostática apresenta um futuro promissor na indústria de alimentos. No entanto, pesquisas são necessárias para um estabelecimento de padrões de valores atribuídos ao processo (como pressão, tempo e temperatura, por exemplo) especificamente para cada produto submetido à tecnologia.
Mostrar mais

24 Ler mais

Química e atividade biológica de Microlicia crenulata (DC.) Mart: atividade antioxidante e antimicrobiana para a conservação de alimentos

Química e atividade biológica de Microlicia crenulata (DC.) Mart: atividade antioxidante e antimicrobiana para a conservação de alimentos

O estudo e desenvolvimento das embalagens, especialmente as embalagens ativas, que interagem com o alimento, têm sido de fundamental importância para estender sua vida-de-prateleira (MORAES et al., 2007). Dentre os antimicrobianos utilizados em embalagens têm-se alguns óleos essenciais (BOLTRE et al., 2010; MELO, 2010; OJAGH et al., 2010; ROJAS-GRAÜ et al., 2007). Os compostos ativos, uma vez incorporados nos polímeros e em contato com o alimento, podem migrar lenta e gradualmente, da embalagem para a superfície do alimento, de modo que a atividade antimicrobiana ocorra com maior intensidade onde se faz necessário (COMA, 2008). Apesar das vantagens, a embalagem antimicrobiana não pode alterar negativamente a aparência, odor e sabor dos alimentos. Deve-se considerar, na seleção do agente antimicrobiano, seu mecanismo de inibição, cinética de migração e difusão do agente no alimento, características físico-químicas do alimento, tipo e população de microrganismos, fisiologia do microrganismo-alvo, processo de fabricação do material de embalagem, e processabilidade do material de embalagem e aspectos relacionados à legislação (OLIVEIRA & OLIVEIRA, 2004).
Mostrar mais

127 Ler mais

Processos emergentes de produção e conservação de alimentos

Processos emergentes de produção e conservação de alimentos

Embora esta técnica pareça muito promissora, o seu potencial não pode ser completamente explorado até que a maior parte dos problemas técnicos sejam superados. Nesta área o maior obstáculo é a incapacidade de controlar a libertação de compostos ativos em percentagens adequadas aos diferentes tipos de alimentos e reações de degradação, muitas vezes, grandes quantidades do composto ativo não chegam a ser libertadas devido à estrutura das matrizes dos polímeros ou pela forte afinidade entre o composto e o polímero. É ainda necessário examinar de forma mais sistemática os principais fatores que envolvem a libertação de compostos ativos. Esses fatores incluem a composição do filme e dos compostos ativos, os efeitos das condições de processamento, a microestrutura do filme e o controlo da libertação de outras propriedades do filme (LaCost et al., 2005).
Mostrar mais

164 Ler mais

Campo elétrico pulsado.

Campo elétrico pulsado.

Campo elétrico pulsado de alta intensidade (CEPAI) é uma das tecnologias não térmicas de processamento mínimo de interesse para os cientistas e para a indústria alimentícia, sendo um método novo e alternativo para conservação de alimentos líquidos. Além disso, é uma alternativa promissora aos tratamentos térmicos tradicionais, que tem apresentado bons resultados, não apenas por possibilitar a destruição de micro-organismos e a inativação de enzimas, mas também por manter o sabor, a cor, a textura, as vitaminas e componentes funcionais termolábeis dos alimentos (CÓRTES et al., 2008). Portanto, a aplicação dessa tecnologia não térmica de conservação de alimentos satisfaz ao consumidor que está cada vez mais exigente em relação aos produtos que consomem, ou seja, em sua busca por alimentos processados mais similares aos in natura, e que apresentem elevada qualidade nutricional e sensorial (RIENER et al., 2008).
Mostrar mais

8 Ler mais

Principais Técnicas de Conservação dos Alimentos / Main Food Preservation Techniques

Principais Técnicas de Conservação dos Alimentos / Main Food Preservation Techniques

A necessidade de estocagem de alimentos para utilização em um maior período de tempo é um fator determinante para o desenvolvimento de técnicas que preservem ao máximo a qualidade sensorial e nutricional dos produtos alimentícios mantendo-os seguros para o consumo. Diante disso, o objetivo do estudo foi realizar uma revisão de literatura sobre as principais técnicas de conservação dos alimentos. Utilizou-se como processo metodológico uma revisão do tipo narrativa, incluindo as bases de dados Scielo, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), PubMed, revistas eletrônicas de saúde, além de busca manual, onde foram inseridos livros e textos presentes em manuais vinculados ao ministério da agricultura. Entre as técnicas mais empregadas, se fez necessário uma subclassificação, de acordo com os métodos empregados, sendo eles: preservação por calor, frio, secagem ou desidratação, adição de elementos, fermentação, osmose e ação de embalagens. Evidenciando-se que há uma ampla variedade de métodos e técnicas empregadas na conservação de alimentos, muitas dessas que se iniciaram de forma rústica e através da modernização, tornaram-se mais eficientes e sofisticadas.
Mostrar mais

16 Ler mais

Design for the" new consumer". The green kitchen as a catalyst for sustainable living

Design for the" new consumer". The green kitchen as a catalyst for sustainable living

O mais interessante do projecto é o modo como revisita métodos de conservação de alimentos antigos que surgem como alternativa a um electrodoméstico encarado como indispensável. A apli[r]

190 Ler mais

Monitoramento da cadeia do frio: novas tecnologias e recentes avanços Monitoring the cold chain: new technologies and recent advances

Monitoramento da cadeia do frio: novas tecnologias e recentes avanços Monitoring the cold chain: new technologies and recent advances

A tecnologia de rede de sensores sem fio é uma evolução decorrente do avanço de tecnologias de medição, detecção, comunicação e de plataforma de dados em nuvem. A sua aplicação na cadeia do frio de produtos perecíveis possibilita o monitoramento de condições de conservação de alimentos que influenciam a sua vida útil, em toda a cadeia logística, proporcionando a tomada de decisões de forma mais eficiente (RUIZ-GARCIA et al., 2009). Neste contexto, a tecnologia de rede de sensores tem sido amplamente aplicada, como no desenvolvimento de contêineres inteligentes, nos quais sensores de temperatura, umidade relativa do ar e outros, distribuídos em todo o espaço interior, interagindo em rede, coletam as condições, transmitindo-as para um gateway (DITTMER et al., 2012; JEDERMANN et al., 2014a).
Mostrar mais

8 Ler mais

Utilização de quitosana na conservação dos alimentos / Use of chitosan in food conservation

Utilização de quitosana na conservação dos alimentos / Use of chitosan in food conservation

Tendo em vista suas características físico-químicas e potencial atividade antimicrobiana, a quitosana tem sido utilizada como agente natural na conservação de alimentos (FAI, 2008). As possibilidades de aplicações da quitosana são ainda mais ampliadas devido a sua versatilidade de preparação tais como: géis, filmes, membranas, microesferas, flocos e nanopartículas (HARISH PRASHANTH; THARANATHAN, 2007; LARANJEIRA; FÁVERE, 2009; SOUZA, 2017). Revestimento (filme) de quitosana, por exemplo, possui considerável atividade antimicrobiana, o que pode contribuir para aumentar o prazo de validade dos alimentos. Está ação ocorre devido a capacidade do biopolímero ligar-se às moléculas de água, inativar enzimas microbianas e tornar indisponível, os nutrientes utilizados pelos microrganismos (DEVLIEGHERE, VERMEULEN, DEBEVERE, 2004).
Mostrar mais

15 Ler mais

Extração de zeína e sua aplicação na conservação dos alimentos.

Extração de zeína e sua aplicação na conservação dos alimentos.

As zeínas possuem alto grau de polimerização e capacidade de formação de filmes para conservação de alimentos, devido às propriedades de barreira à umidade, dióxido de carbono e ao oxigênio para reduzir o ranço oxidativo, manter a estabilidade de massa e valor nutritivo. A extensa pesquisa em extração por métodos químicos ou combinados a partir do glúten do milho propõe maiores rendimentos e a aplicação tecnológica substitui o uso de plásticos oriundos de polímeros sintéticos por novos materiais biodegradáveis, contribuindo para a diminuição de perdas pós-colheita, shelf life prolongado dos produtos e a inserção da cultura do milho em novos mercados.
Mostrar mais

8 Ler mais

Atitude do consumidor frente à irradiação de alimentos.

Atitude do consumidor frente à irradiação de alimentos.

Fatores econômicos e sociais como custo, disponibilidade e hábitos alimentares têm, tradicionalmente, influência sobre a escolha do consumidor. Atualmente, outros fatores como legislação, aumento da quantidade de refeições realizadas fora de casa e o emprego de novas tecnologias têm sido, também, parâmetros de decisão. Neste sentido, esclarecimentos a respeito da irradiação, proposta como uma alternativa na conservação de alimentos se faz necessária, uma vez que seu uso comercial tem sido lento em função de interpretações errôneas por parte dos consumidores. Sendo assim, o presente trabalho teve como objetivo realizar um levantamento do nível de conhecimento e aceitação da irradiação de alimentos, na cidade de Belo Horizonte (MG), bem como esclarecer ao consumidor o real conceito da irradiação de alimentos. Os resultados indicaram que 59,6% dos entrevistados não sabiam que a irradiação é um método de conservação de alimentos e não souberam responder se consumiriam produtos irradiados, 16% acreditam que alimentos irradiados significam o mesmo que alimentos radioativos. Além disto, 89% dos entrevistados consumiriam alimentos irradiados se soubessem que a irradiação aumenta a segurança alimentar.
Mostrar mais

3 Ler mais

Preservação do patrimônio documental e bibliográfico com ênfase na higienização de livros e documentos textuais :: Brapci ::

Preservação do patrimônio documental e bibliográfico com ênfase na higienização de livros e documentos textuais :: Brapci ::

A conservação dos acervos e documentos em suporte de papel tem preocupado bibliotecas e arquivos sempre às voltas com a deterioração desse patrimônio e a precariedade em que se encontram esses acervos. Isso é o que nos leva a enfatizar a importância de adotar uma política de preservação. Este trabalho objetiva oferecer informações sobre a necessidade de se adotar uma política de preservação, no tocante às medidas preventivas, dentre elas, a higienização. Observa-se a ausência de material didático, pois a abordagem teórica encontrada em várias literaturas não é suficiente para uma aplicação prática. Através de técnicas simples e de fácil aplicação, demonstramos uma série de procedimentos básicos sobre as etapas da higienização. Para que haja a preservação do Patrimônio Bibliográfico e Documental é necessário estender a vida útil desses documentos.
Mostrar mais

13 Ler mais

O que os adolescentes preferem: os alimentos da escola ou os alimentos competitivos?.

O que os adolescentes preferem: os alimentos da escola ou os alimentos competitivos?.

Objetivo: identificar e justificar as escolhas ali- mentares dos adolescentes durante o intervalo de aula e conhecer a visão dos funcionários acerca da aceitação dos alunos em relação à Alimentação Escolar. Materiais e Métodos: Trata-se de um estu- do transversal realizado em uma escola pública do município de São Paulo. Foram selecionados 83 ado- lescentes para identificar as escolhas alimentares durante o intervalo de aula, amparando-se na Teoria das Representações Sociais. Com o intuito de com- plementar a pesquisa, 12 funcionários participaram de uma entrevista visando conhecer a visão deles em relação à aceitação e a adesão dos alunos à Alimen- tação Escolar. Para ambas as populações estudadas, foram elaboradas questões discursivas. A análise dos dados foi realizada pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo, identificando as figuras metodoló- gicas – expressões-chave e ideias centrais – para a construção do discurso. Resultados: Os resultados demonstraram que, apesar da baixa aceitação da Alimentação Escolar, os alunos a consomem por ser a única alternativa para se alimentar no ambiente educacional. Também é comum a compra de ali- mentos em estabelecimentos próximos à escola ou trazidos de casa para complementar a Alimentação Escolar ou como a única fonte alimentar no perí- odo de aula. Na visão dos funcionários, os alunos gostam da Alimentação Escolar, com exceção de alguns alimentos que não fazem parte dos hábitos alimentares ou cujas características organolépticas não os atraem. Conclusão: Sugerem-se modificações nas refeições para que seu consumo seja estimulado. Palavras-chave: Adolescente; Preferências Alimen- tares; Alimentação Escolar.
Mostrar mais

12 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E RECURSOS NATURAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E RECURSOS NATURAIS

de araucária (35,59%) e pinus (22,41%); e Ambientes Aquáticos, com 0,19% da área total da FLONA-PF. As análises e correlações entre os inventários realizados em 2011 e 2008, para cada zona definida no Plano de Manejo, identificaram tipologias mais diversificadas em 2011, resultantes muito mais das metodologias de classificação das imagens utilizadas nos inventários do que por influências socioeconômicas. Cerca de 283,99 ha (22,17%) da área total da FLONA-PF apresentam um cenário de conflito de usos, distribuídos entre as diversas zonas definidas no Plano de Manejo, embora não evidenciem o comprometimento dos objetivos e das funções estabelecidas para elas no Plano de Manejo. As áreas de média fragilidade ambiental predominaram (63,22%), seguidas da classe com alta fragilidade ambiental (20,42%). Áreas com baixa fragilidade ambiental ocupam somente 15,01% da FLONA-PF. As classes de muito baixa e muito alta fragilidade ambiental representam menos de 1,5% da área de estudo. A carta temática de fragilidade ambiental, sobreposta às zonas do Plano de Manejo, e a quantificação das classes de fragilidade ambiental nas zonas do Plano de Manejo (2012) indicam que o zoneamento proposto está coerente com as necessidades de conservação e recuperação em relação às áreas de maior fragilidade ambiental. As comparações entre tipologias de usos em 2008 e 2011, juntamente com a condição da fragilidade ambiental para as zonas definidas no Plano de Manejo, permitiram evidenciar novos arranjos espaciais para a FLONA-PF, configurando um estudo de importância fundamental para reorientar o atendimento dos objetivos do plano de manejo vigente, além de subsidiar ações de planejamento ambiental da paisagem regional.
Mostrar mais

87 Ler mais

Contribuição para uma estratégia de conservação para o camaleão-comum, Chamaleo chamaleon (Linnaeus, 1758), no sul de Portugal

Contribuição para uma estratégia de conservação para o camaleão-comum, Chamaleo chamaleon (Linnaeus, 1758), no sul de Portugal

A escolha da metodologia mais adequada para a identificação da área de distribuição de uma espécie revela-se complicada, uma vez que depende da consideração de vários factores, nomeadamente a escala a que se pretende efectuar a identificação, os dados existentes e os recursos humanos e financeiros disponíveis. Tendo em vista o desenvolvimento de estratégias adequadas para a gestão e conservação do camaleão-comum em Portugal, procurou-se aqui identificar a área de distribuição da espécie a uma escala bastante pormenorizada (com uma unidade mínima cartográfica de 1 hectare), de modo a que permitisse tomar decisões ao nível de unidades de planeamento reduzidas, apresentando um maior significado biológico. Optou-se assim por uma metodologia que nos permitisse obter o máximo de informação possível a partir dos registos existentes, minimizando possíveis enviesamentos que pudessem ocorrer em função dos registos disponíveis. A utilização da modelação estatística em conjunto com os SIGs, assim como o tratamento diferenciado associado aos registos provenientes de diferentes anos e obtidos com diferentes metodologias permitiu minimizar possíveis enviesamentos espaciais e temporais. Deste modo, a partir dos registos de presença e ausência obtidos ao longo de vários anos, conseguiu-se uma boa aproximação daquilo que se pensa ser a área de distribuição do camaleão-comum em Portugal.
Mostrar mais

65 Ler mais

Alimentos

Alimentos

La cocción completa, a fondo, convierte casi cualquier alimento, ya enlatado o no, en razonablemente seguro, pero no debe emplearse para aprovechar alimentos parcia[r]

2 Ler mais

COMPARAÇÃO CIRÚRGICA E HISTOLÓGICA DE CADÁVERES QUIMICAMENTE PRESERVADOS E CRIOPRESERVADOS SURGICAL AND HISTOLOGICAL COMPARISON OF CHEMICALLY PRESERVED AND CRYOPRESERVED CADAVERS

COMPARAÇÃO CIRÚRGICA E HISTOLÓGICA DE CADÁVERES QUIMICAMENTE PRESERVADOS E CRIOPRESERVADOS SURGICAL AND HISTOLOGICAL COMPARISON OF CHEMICALLY PRESERVED AND CRYOPRESERVED CADAVERS

Deve-se ressaltar que o grupo 1 apresentou estado de conservação ligeiramente melhor quando comparados os aspectos macro e microscópicos de encéfalo e coração, nos três primeiros descongelamentos, nos quais se mantiveram bom estado de conservação, coloração e integridade celular, semelhante à observada no primeiro descongelamento. Provavelmente, a maior quantidade de sal infundida durante a lavagem do sistema vascular acabou desidratando parcialmente o encéfalo e coração, reduzindo consequentemente a formação de cristais de água no congelamento e as lesões teciduais provenientes desta, além da autólise bacteriana (20,22) .
Mostrar mais

14 Ler mais

Desenvolvimento e avaliação de aplicativo em boas práticas de manipulação de alimentos

Desenvolvimento e avaliação de aplicativo em boas práticas de manipulação de alimentos

mostraram o interesse em aprender mais sobre o assunto. Estes dados demonstram que o desenvolvimento do aplicativo objeto do presente trabalho vai ao encontro da necessidade explicitada pela população. Além disso, 45% (n = 87) dos entrevistados afirmaram não saber o que são doenças transmitidas por alimentos, conforme pode ser visualizado na Figura 3. Considerando a realidade em que 37% dos surtos ocorrem em residências, segundo dados do Ministério da Saúde e do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), é crucial que a informação sobre estas doenças e suas prevenções seja dissipada de forma didática e prática, como propõe o aplicativo SafeFood 8 .
Mostrar mais

14 Ler mais

“Anna Pata, Anna Yan – nossa terra, nossa mãe”: a demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol e os direitos territoriais indígenas no Brasil em julgamento

“Anna Pata, Anna Yan – nossa terra, nossa mãe”: a demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol e os direitos territoriais indígenas no Brasil em julgamento

158 responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; (ix) o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade responderá pela administração [r]

330 Ler mais

Show all 10000 documents...