Corpo rígido

Top PDF Corpo rígido:

Determinação Experimental das Propriedades de Corpo Rígido Utilizando Sensores MEMS e Métodos Modais

Determinação Experimental das Propriedades de Corpo Rígido Utilizando Sensores MEMS e Métodos Modais

No domínio do tempo, segundo [21] numa primeira aproximação utilizou-se os métodos clássicos do pêndulo. Estes métodos, ainda utilizados atualmente, permitem determinar algumas propriedades de corpo rígido. Para estruturas de geometria mais complexa, a aplicação destes métodos requer perícia e podem surgir grandes erros experimentais. Além disso, a utilização do pêndulo composto requer a existência de um plano de simetria para a estrutura. No caso do pêndulo trifilar, um eixo de simetria para a estrutura oscilar segundo esse eixo. Por isso, recentemente diversos autores têm estudado métodos baseados em respostas obtidas, introduzindo variantes no grupo dos métodos no domínio do tempo. Destacam-se os trabalhos de Pandit and Hu [22] e Hahn et al [23]. Em [22] desenvolveu-se um método sistemático para calcular os parâmetros de inércia de corpo rígido através de uma seleção cuidadosa dos modos de corpo rígido obtidos de dados instantâneos no domínio do tempo. Em [23], utilizou-se dados experimentais no domínio do tempo de um sistema, uma mesa vibratória com seis eixos onde as forças de excitação são medidas em adição às acelerações do sistema. Estes métodos têm como vantagem principal o tratamento direto dos dados experimentais sem a necessidade de transformação no domínio da frequência, onde se tem problemas associados ao processamento de sinal. Como desvantagem principal, por vezes na gama de frequência escolhida, o corpo não se comporta como um corpo rígido sendo necessário aplicar um sistema de filtragem passa-baixo. Esta filtragem pode ser insuficiente para eliminar a influência dos modos elásticos se a primeira frequência elástica for muito baixa.
Mostrar mais

124 Ler mais

O teorema dos eixos perpendiculares para um corpo rígido qualquer.

O teorema dos eixos perpendiculares para um corpo rígido qualquer.

Corpo r´ıgido ´e uma aproxima¸c˜ao para um sistema de part´ıculas cujas distˆancias relativas entre seus consti- tuintes podem ser consideradas inalteradas durante os seus movimentos. Como ´e bem conhecido (veja, por exemplo, Ref. [1]), para descrevermos os poss´ıveis mo- vimentos de um corpo r´ıgido ´e necess´ario conhecer- mos suas propriedades inerciais: a massa e o tensor de in´ercia em rela¸c˜ao a um referencial. Tais propri- edades est˜ao associadas `as dificuldades de se alterar, respectivamente, os movimentos do centro de massa do corpo r´ıgido e de rota¸c˜ao deste corpo em torno de um eixo. Dependendo da forma do corpo r´ıgido e do refe- rencial escolhido, a determina¸c˜ao do tensor de in´ercia pode n˜ao ser simples. Entretanto, existem alguns teore- mas que podem auxiliar em tal determina¸c˜ao, sendo os mais conhecidos (veja, por exemplo, Ref. [1]) o teorema dos eixos paralelos, tamb´em conhecido como teorema de Huygens-Steiner, e o teorema dos eixos perpendicu- lares. O primeiro relaciona o momento de in´ercia de um corpo r´ıgido em rela¸c˜ao a um eixo que passe pelo seu centro de massa com o seu momento de in´ercia em rela¸c˜ao a qualquer eixo paralelo a esse; o segundo ´e uma rela¸c˜ao entre os elementos da diagonal do tensor de in´ercia.
Mostrar mais

5 Ler mais

semana 6 Atividade recente no site  Prof. Adhimar

semana 6 Atividade recente no site Prof. Adhimar

1.1 Biblioteca Virtual . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 1.2 Atividades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2 2 Torque e aceleração angular de um corpo rígido 2 3 Movimento combinado de rotação e translação 3 3.1 Rolamento sem deslizamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 3.2 Movimento combinado de rotação e translação: dinâmica . . 6

8 Ler mais

Um modelo de unidade de medida inercial utilizando três acelerômetros triaxiais

Um modelo de unidade de medida inercial utilizando três acelerômetros triaxiais

Este trabalho propõe um esquema de configuração utilizando três acelerômetros de três eixos. A proposta é montar os três dispositivos em um mesmo plano, dispondo-os em “L” de modo que a instalação e calibração destes sensores facilite a construção de um dispositivo capaz de identificar o deslocamento realizado por um corpo rígido. Os sensores dispostos em um mesmo plano permitem a implantação da proposta em placas de circuito integrado. O modelo aqui proposto também se diferencia de alguns dos modelos, apresentados anteriormente na literatura, por utilizar nove sinais de aceleração. A partir da utilização dos nove sinais, torna-se possível identificar as variações de velocidade angular a partir da integração da aceleração angular, o que reduz o acúmulo de erros derivados de pequenos movimentos.
Mostrar mais

66 Ler mais

MÉTODO SEM MALHA LOCAL – COLOCAÇÃO NA FORMA FRACA EM ELASTICIDADE LINEAR TIAGO DA SILVA OLIVEIRA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM ESTRUTURAS E CONSTRUÇÃO CIVIL DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

MÉTODO SEM MALHA LOCAL – COLOCAÇÃO NA FORMA FRACA EM ELASTICIDADE LINEAR TIAGO DA SILVA OLIVEIRA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM ESTRUTURAS E CONSTRUÇÃO CIVIL DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

Em cada um dos lados do contorno do domínio local de integração Ω q , a forma fraca local da Formulação de Deslocamento de Corpo Rígido (RBDMF) foi integrada utilizando 8 pontos de Gauss[r]

85 Ler mais

Actas del X Congreso Iberoamericano de Ingeniería Mecánica – CIBIM 10

Actas del X Congreso Iberoamericano de Ingeniería Mecánica – CIBIM 10

O método avançado de cálculo utiliza dois modelos de corpos rígidos para o peão [2]. O método A é constituído por um modelo de corpo rígido único e o método B é constituído por um modelo antropométrico de corpos rígidos articulados, ambos para descrever um movimento com impacto entre o veículo e o peão.

10 Ler mais

Estudos estruturais por difração de raios X de fosfolipases A2 em presença de íons com importância funcional

Estudos estruturais por difração de raios X de fosfolipases A2 em presença de íons com importância funcional

Então, foi realizado um ciclo de refinamento de corpo-rígido no programa REFMAC (Murshudov, Vagin et al. O próximo passo foi realizar a modelagem molecular através do program[r]

69 Ler mais

Modelo dinâmico de simulação e otimização da força normal de reação do solo para um mecanismo de corte basal.

Modelo dinâmico de simulação e otimização da força normal de reação do solo para um mecanismo de corte basal.

O modelo proposto simula adequadamente o comportamento dinâmico de corpo rígido do cortador de base e pode ser usado para efeitos de simulação e aprimoramento do processo de seguimento, em que as variáveis de projeto são aquelas que caracterizam o mecanismo de quatro barras rígidas com suspensão por mola e amortecedor, incluindo uma lei de comportamento mecânico- elástico do contato entre o disco e o perfil.

11 Ler mais

PROJECTO E ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE II

PROJECTO E ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE II

trabalho, Shaheen et al. (2015) usaram a VAS com o intuito de medir a intensidade da dor em repouso e durante os movimentos de flexão, abdução e rotação, tanto no plano sagital como no plano escapular, e verificaram que não havia nenhuma diferença significativa a nível da intensidade da dor em repouso, com ou sem tape. Ao contrário, a dor foi diminuindo durante os movimentos no plano sagital no grupo com o tape rígido, relativamente ao momento inicial sem a colocação do tape. O valor medio inicial na VAS sem tape foi de 5,2cm e VAS com tape rígido foi de 2,4cm. Por isso, Shaheen et al. (2015) observaram uma redução da dor nos movimentos no plano sagital, de aproximadamente 2cm. Nos movimentos no plano escapular, os investigadores não encontraram diferenças significativas a nível da intensidade da dor, embora tenha ocorrido uma ligeira diminuição da dor (4,6cm inicial vs. 3,5cm com tape rígido). Os estudos de Lewis et al. (2005) e Selkowitz et al. (2007) utilizaram também a VAS para medir a intensidade da dor durante os movimentos. Verificaram apenas uma ligeira redução da intensidade da dor, mas sem significado estatístico para ser clinicamente relevante. Para Selkowitz et al. (2007), o score de VAS durante o movimento de elevação anterior foi de 1,1cm com aplicação de tape e de 1,6cm sem tape, e de 1,4cm com tape e 1,6cm sem tape durante o movimento de “escapulação”. No estudo de Lewis et al. (2005) não foram encontradas diferenças significativas nos valores da VAS durante a flexão do ombro e durante a abdução no plano escapular, com e sem tape, em pacientes com SIS.
Mostrar mais

17 Ler mais

Sistemas Operacionais  Curso Técnico em Informática ia6

Sistemas Operacionais Curso Técnico em Informática ia6

Processador BIO S Placas de expansão Conectores Disco rígido Módulos de memória principal. Drive de CD-ROM[r]

28 Ler mais

Dissertação de Mestrado ANÁLISE DA INFRAESTRUTURA DE PAVIMENTO RÍGIDO COM REFORÇO DIFERENCIADO DE FIBRAS DE AÇO

Dissertação de Mestrado ANÁLISE DA INFRAESTRUTURA DE PAVIMENTO RÍGIDO COM REFORÇO DIFERENCIADO DE FIBRAS DE AÇO

RA(80) mostra como a relação de aspecto pode influenciar nas propriedades mecânicas do compósito. Para a situação em questão foi obtida resistência igual a 43,70 MPa, ou seja, não se teve ganho considerável de resistência com a adição das fibras. Durante o processo de moldagem houve dificuldades de moldagem e adensamento do concreto, sendo possível notar, após a desmoldagem, que a superfície do corpo de prova não estava uniforme, logo, pode-se analisar que os vazios presentes no concreto podem ser responsáveis pela ausência de melhoria nos resultados.

123 Ler mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS–GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS–GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA NÍVEL MESTRADO WILDEMAR FÉLIX ASSUNÇÃO E SILVA

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS–GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS–GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA NÍVEL MESTRADO WILDEMAR FÉLIX ASSUNÇÃO E SILVA

entre os poderes para justificar a vedação a que tribunais produzam decisões de cunho político: o primeiro argumento é o de que legisladores têm melhores condições de definir direitos que os juízes, em função de sua representatividade, isto é, da aptidão originária de incorporar as forças sociais que estão presentes na comunidade e que são reconhecidas por meio do processo eleitoral. Sendo assim, na medida em que os parlamentares estão mais ligados ao corpo social, seria de esperar que sua percepção fosse mais exata, o que justificaria o impedimento da ação política dos juízes. O segundo argumento está baseado na ideia de que, cabendo aos tribunais a definição dos direitos, a lei será cada vez mais desrespeitada e, tanto quanto isso, como os processos decisórios são diferentes do ponto de vista da estabilidade, admitir a atividade de reconhecimento de direitos pelos tribunais significaria aumentar a instabilidade. Rejeitando o positivismo, Dworkin deriva a normatividade dos princípios da moralidade, não se filiando, portanto, à clássica distinção entre a moral e o direito, fazendo, pelo contrário, com que os princípios em tal dimensão funcionem como cláusula de controle de aplicação das regras formalmente produzidas em um sistema. O conceito de política também tem algumas qualificações importantes. Como foi apontado, Dworkin estrutura uma distinção formal entre princípios e políticas. De regra, não é o conteúdo que as distingue. Logo, o que impede em Dworkin a adoção de políticas como fundamento para decisões judiciais em casos complexos não é conteúdo das políticas, mas sim sua natureza formal, o que torna a crítica ao conceito de política, nesse aspecto em particular, extremamente frágil. No plano do controle judicial de políticas públicas, contudo, o conceito jurídico de princípios, políticas e regras tem se mostrado decisivo na formação dos argumentos que têm levado os tribunais brasileiros a decidir questões de alta complexidade, razão pela qual o debate, principalmente as contribuições de Dworkin, que têm sido recorrentemente citadas nos acórdãos do Supremo Tribunal Federal, em casos considerados complexos, mostra a importância de se manter o estudo de tais teorias em evidência. 141
Mostrar mais

77 Ler mais

Cerâmica  vol.63 número366

Cerâmica vol.63 número366

Porém, para estas aplicações as NPMs precisam apre- sentar alta área de superfície, baixa aglomeração, boa dis- persão em luidos corpóreos para se locomover dentro do corpo humano e acima de tudo comportamento magnético que permita ser facilmente atraída por um imã e desmagneti- zem espontaneamente. Um problema é que quando as partí- culas são nanométricas, a área de superfície é muito elevada, o que fornece alta energia supericial que atua como força motriz para a aglomeração das NPMs. Como solução ou minimização destes problemas têm-se os materiais híbridos que apresentam novas propriedades devido a diferentes con- tribuições de cada um dos compostos em sua propriedade resultante, aumentando a sua aplicabilidade. Para obter um material híbrido, faz-se necessária a modiicação da superfí- cie, com o auxílio de um agente de acoplamento, permitindo assim uma melhor adesão entre as moléculas inorgânicas e orgânicas. A modiicação se dá por reação de silanização, ou seja, reação de compostos organossilanos com a superfície das NPMs, sendo o organossilano imobilizado na superfí- cie das NPMs. Os agentes silanos apresentam fórmula ge- ral Y(CH 2 )nSi(OR) 3 , onde OR é um grupo alcoxi (–OCH 3
Mostrar mais

9 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE HISTÓRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE HISTÓRIA

“Ela não é homogênea e sofre transformações temporais espaciais (...) marcada pela diversidade, pela competitividade e pelo movimento. Também não entendo as tradições como algo rígido:[r]

87 Ler mais

Repositório Institucional UFC: Aplicação de pavimentos de concreto: estudo de caso do Terminal Antônio Bezerra – Fortaleza, CE

Repositório Institucional UFC: Aplicação de pavimentos de concreto: estudo de caso do Terminal Antônio Bezerra – Fortaleza, CE

Marcado como um país que possui uma característica de transporte focado em rodovias, o Brasil é dependente de um bom nível de infraestrutura da malha viária para que outros setores da economia possam desempenhar os seus papeis no sistema. O uso de pavimento flexível tradicional pode, em algumas situações, gerar dificuldades em termos da gestão da qualidade devido à necessidade de constantes manutenções, criando um cenário favorável à adoção de alternativas, que podem envolver o uso de modificadores para o asfalto ou outras técnicas como os pavimentos rígidos de concreto de cimento Portland (DIAS, 2003). Esses pavimentos são constituídos de uma camada de concreto, que desempenha tanto a função de revestimento como de base, e de uma camada de subbase, que possui o objetivo de melhorar a capacidade de suporte do subleito e servir de plataforma para a execução da placa de concreto. Devido à alta rigidez da placa de concreto, o carregamento promovido pelos eixos dos veículos é distribuído em uma grande área no solo. No pavimento rígido, a placa apresenta a maior parte da capacidade estrutural; enquanto no pavimento flexível a importância estrutural é distribuída pelo revestimento, base e subbase (HUANG, 2004).
Mostrar mais

92 Ler mais

Vírus Português Tudo sobre a internet  Vizente Besteirol Vírus Português

Vírus Português Tudo sobre a internet Vizente Besteirol Vírus Português

Agora deverá me reenviar para toda a sua lista de contatos e depois. disto,formate seu disco rígido e coloque fogo no seu computador[r]

1 Ler mais

Uma-coisa: corpo-bicho, corpo-dispositivo, corpo-coisa.

Uma-coisa: corpo-bicho, corpo-dispositivo, corpo-coisa.

pela mesma, e neste projeto estruturam o processo de geração, registro e visualização dos dados. O oxímetro atua como sensor ao monitorar a saturação de oxigênio no pulmão e a frequência cardíaca do performer e usuário de uma-coisa. Gravados, esses dados passam a modular a so- noridade rítmica produzida em software específico. Os registros sonoros são manipulados digitalmente e apresentam-se, simbolicamente, comoo uma memória transformável, pela acumulação de percepções corpóreas. O corpo-bicho instala-se no corpo-dispositivo e passa a compor com os elementos eletromecânicos embedados na peça e em proximi- dade com a epiderme do performer/usuário. Essa estrutura monitora o espaço do entorno, registrando e acumulando os dados íntimos e momentâneos dos visitantes para ressituá-los no contexto do espaço expositivo e descrever particularidades. Os fluxos e ritmos corporais são absorvidos e amplificados, revelando sons viscerais como atributos de energia vital de uma-coisa. Percebe-se que “a técnica não pode ser apreendida em si e por si mesma; ela representa uma fase, um modo de responder à questão sobre o sentido do homem ser no mundo” 11 .
Mostrar mais

10 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE DIREITO CURSO DE DIREITO BEATRIZ FERNANDES BEZERRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE DIREITO CURSO DE DIREITO BEATRIZ FERNANDES BEZERRA

No constitucionalismo moderno a constituição é concebida como um documento escrito e rígido, diante da essencialidade dos temas por ela tratados e da sua função de promover a organiz[r]

77 Ler mais

A FORMAÇÃO DOCENTE NOS PERCURSOS E ITINERÁRIOS DOS PROJETOS PEDAGÓGICOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO – FACEDUFC ENTRE 1987 E 2007

A FORMAÇÃO DOCENTE NOS PERCURSOS E ITINERÁRIOS DOS PROJETOS PEDAGÓGICOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO – FACEDUFC ENTRE 1987 E 2007

Quando uma instituição escolar, seja a escola ou a universidade, reúne uma equipe a se debruçar sobre a construção de um PPP ou PP, se espera que no mínimo tenham a noção sobre as relações professor-aluno e ensino-aprendizagem. É justamente nesse momento que os pressupostos epistemológicos aparecem. Como docente, precisamos ter uma noção de como o aluno aprende. Se cada aluno aprende de uma forma, precisamos saber como fazer com que todos os alunos saibam fixar o conteúdo ministrado. Após essa primeira reflexão, é significativo que o corpo docente também conheça a teoria, ou as teorias, que estão no currículo. Se a faculdade é de Educação, todas as disciplinas precisam estar conectadas com a realidade educativa, principalmente a educação formal nos espaços escolares. Isso não inviabiliza que se conheça os outros espaços não escolares de atuação do curso de Pedagogia. Mas, a base desse curso é a instituição escola.
Mostrar mais

208 Ler mais

Biopolítica, ordem discursiva e Comunicação.

Biopolítica, ordem discursiva e Comunicação.

Não há nada que temer uma vez que, estando inserido na or- dem das leis, o discurso encontra-se sob o jugo institucional. Assim é que, sedutoramente, a instituição finda por convencer o desejo a se manifestar sob a forma aparentemente translúcida do discurso. É aqui que tem início o império disciplinar da biopolítica, que limita a forma de satisfação do desejo tão somente à alçada institucional. A biopolítica, forma moderna de controle das multidões, se dá pelo controle do individuo, de seu corpo e de seu espírito, passando, portanto, necessariamente pelo controle do discurso. Afinal, não é qualquer discurso que tem validade, apenas aqueles moldados e codificados à maneira da instituição, por ela providos de poder e capazes de bem nomear. É por isso que não se pode falar de diálogo, mas antes de designação, rotulação, nomeação. Para os discursos que não se inserem em sua ordem, a instituição também tem seus rótulos: desviante, sem sentido, delirante, louco, descabido, infantil.
Mostrar mais

20 Ler mais

Show all 4975 documents...