Curto-Circuito Entre Espiras

Top PDF Curto-Circuito Entre Espiras:

Análise térmica de um motor de indução sujeito a falhas de curto-circuito entre espiras dos enrolamentos estatóricos

Análise térmica de um motor de indução sujeito a falhas de curto-circuito entre espiras dos enrolamentos estatóricos

O motor de indução trifásico (MIT) é o principal dispositivo, eletromecânico, de conversão de energia atualmente utilizado em processos industriais, convertendo a energia elétrica, proveniente da rede elétrica, em energia mecânica, necessária ao processo industrial [1]. Responsável pelo consumo de 30 a 40% da energia elétrica gerada em todo mundo, o motor de indução trifásico com rotor em gaiola de esquilo, devido ao seu baixo custo, tamanho, robustez, baixa manutenção e operação com uma fonte de alimentação facilmente disponível, constitui- se como o tipo de motor mais usado em todos os processos industriais [2]. Atualmente, na União Europeia cerca de 70% do consumo de energia elétrica na industria é devido aos motores elétricos, nomeadamente em bombas, ventiladores ou compressores, elevadores, moinhos, misturadoras, esmagadores, entre outras, sendo alimentados diretamente a partir da rede ou através de um conversor eletrónico de potência [3],[4],[5]. No motor de indução trifásico, as avarias nas chumaceiras e as avarias nos enrolamentos estatóricos, constituem 3/4 do número total de avarias, sendo que 10% desse valor é relativo a avarias no rotor. As avarias no estator são, em grande medida, curto-circuito entre espiras da mesma fase [6],[7]. Os motores elétricos de indução são máquinas de enorme fiabilidade, no entanto não dispensam uma manutenção cuidada, de modo a evitar possíveis avarias que possam comprometer a produção [8].
Mostrar mais

98 Ler mais

Análise e diagnóstico de avarias estatóricas em motores síncronos de ímanes permanentes com arranque direto à rede

Análise e diagnóstico de avarias estatóricas em motores síncronos de ímanes permanentes com arranque direto à rede

Estes motores possuem uma SC (Squirrel Cage - Gaiola de Esquilo) na constituição do rotor, o que torna o comportamento perante uma avaria diferente, em relação aos SM convencionais. Para aumentar os conhecimentos acerca do assunto, foi iniciado o estudo apresentado neste documento. Em primeiro lugar será feita a modulação e simulação do LS PMSM saudável e de seguida irá estudar-se o curto-circuito entre espiras do estator. O grau de avaria será quantifi- cado com um fator de severidade e servirá também para avaliar e validar o comportamento da simulação em relação a testes experimentais.
Mostrar mais

65 Ler mais

ESTIMATIVA DOS ESFORÇOS ELETROMECÂNICOS EM TRANSFORMADORES SUBMETIDOS A UM CURTO-CIRCUITO TRIFÁSICO

ESTIMATIVA DOS ESFORÇOS ELETROMECÂNICOS EM TRANSFORMADORES SUBMETIDOS A UM CURTO-CIRCUITO TRIFÁSICO

A metodologia descrita foi exemplificada através de dois transformadores, ambos trifásicos, um com potência de 5 MVA e outro de 15kVA. O primeiro trata-se de um modelo mais complexo, com tapes, e um dos enrolamentos sendo do tipo disco. Já o segundo trata-se de um modelo mais simples, com relação de espiras de um para um e ambos os enrolamentos do tipo camada. Assim, a dificuldade dos cálculos variou conforme a complexidade da geometria dos transformadores. Estes exemplos serviram para mostrar a metodologia analítica desenvolvida. Desta forma, ilustrou quão elevadas são as forças que ocorrem nos enrolamentos. Além disso, verificou-se que é fundamental que os limites de suportabilidade dos estresses eletromecânicos dos condutores sejam fornecidos pelos fabricantes de forma a comparar com os obtidos analiticamente.
Mostrar mais

200 Ler mais

Diagnóstico de avarias em transformadores trifásicos

Diagnóstico de avarias em transformadores trifásicos

O transformador foi inicialmente testado, na ausên- cia de avarias, sob várias condições de carga e para diferentes tipos de ligação dos seus enrolamentos, de modo a caracterizar convenientemente a figura pa- drão correspondente ao Vector de Park da corrente eléctrica quer do primário quer do secundário. Posteriormente, foram introduzidas diferentes per- centagens relativas ao número de espiras em curto- circuito, procedendo-se à análise da representação correspondente ao Vector de Park da corrente eléc- trica do primário e do secundário do transformador, em função da severidade da avaria e da sua localiza- ção. Para cada um dos ensaios de curto-circuitos rea- lizados, foi utilizada uma resistência, cujo valor foi sucessivamente ajustado de modo a proporcionar um efeito suficientemente forte para ser facilmente visu- alizado, garantindo contudo, que não era ultrapassa- do o valor da corrente nominal do enrolamento, de
Mostrar mais

5 Ler mais

Repositório Institucional da UFPA: Impacto de geradores conectados via inversores na coordenação da proteção em redes de distribuição de energia elétrica

Repositório Institucional da UFPA: Impacto de geradores conectados via inversores na coordenação da proteção em redes de distribuição de energia elétrica

Apesar de suas vantagens indiscutíveis, a geração distribuída (GD) pode afetar negativamente alguns aspectos da operação dos sistemas de energia elétrica, especialmente um ponto pouco explorado: a proteção das redes de distribuição de energia elétrica e sua interação com os sistemas de geração de energia baseados em inversores. Nesta dissertação, o impacto da GD conectada via inversor na coordenação religador-fusível de esquemas de proteção em redes de distribuição é minuciosamente estudado. Simulações são realizadas por meio do software DIgSILENT PowerFactory através de curtos-circuitos monofásicos e trifásicos considerando diferentes localizações de faltas e da GD, níveis de penetração e de operação, e outros aspectos que influem na descoordenação da proteção em um sistema de distribuição teste real do IEEE de 34 barras. A contribuição à corrente de curto-circuito de geradores baseados em inversores é também investigada por meio de simulações no modelo de transitórios eletromagnéticos do software. Os resultados mostraram que a elevada penetração da GD conectada via inversores aumenta a corrente de curto-circuito que passa pelo fusível e o faz operar mais rapidamente do que o religador em uma condição de falta, levando à perda de coordenação religador-fusível. É feita uma discussão geral dos resultados, identificando os eventuais cuidados adicionais que devem ser considerados a fim de manter a coordenação e seletividade entre as proteções de um sistema de distribuição.
Mostrar mais

131 Ler mais

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS DE SOLDAGEM GMAW E FCAW COM TRANSFERÊNCIA METÁLICA POR CURTO-CIRCUITO NA POSIÇÃO HORIZONTAL

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS DE SOLDAGEM GMAW E FCAW COM TRANSFERÊNCIA METÁLICA POR CURTO-CIRCUITO NA POSIÇÃO HORIZONTAL

As análises dos resultados, para os processos GMAW e FCAW, foram feitas comparando as respostas, as calculadas e as adquiridas, com fatores pré-estabelecidos chamados de “diretrizes estabelecidas para análise”. Nestas diretrizes estão representadas as condições de regularidade, fatores econômicos e rendimento de deposição. Estas diretrizes estão em consonância com alguns pesquisadores, Miranda (1999) associou uma máxima regularidade do arco aos menores períodos e os menores tempos de curto-circuito. E Adolfson et al. (1999) colocam quatro fatores básicos como condições ótimas de regularidade, tais como: máxima frequência de curto-circuito; mínimo desvio do período de curto; mínima quantidade de massa transferida por curto-circuito e mínima perda por respingo. Shinoda et al. (1989) avaliaram a regularidade do processo GMAW na transferência pelo modo curto-circuito baseando-se no tempo de arco aberto, tempo de curto-circuito e oscilogramas de tensão e corrente. Gomes (2006) em sua pesquisa com arame tubular também verificou que a regularidade do arco é influenciada pela formação dos curtos-circuitos e a transferência regular proporciona melhor qualidade no arco é reduz a formação de respingos. Para Dutra e Baixo (1990), o desvio padrão de transferência está relacionado com a regularidade do processo e quanto menor for o desvio mais estabilidade é conferida ao arco de soldagem. Garcia (2010) comparando os processos de soldagem GMAW e FCAW na soldagem por transferência metálica por curto-circuito utilizou como parâmetro de avaliação de regularidade do arco o Índice Vilarinho de Regularidade em Transferência por Curto-circuito.
Mostrar mais

121 Ler mais

Estudo das Forças Electrodinâmicas Desenvolvidas em Limitadores de Corrente Supercondutores

Estudo das Forças Electrodinâmicas Desenvolvidas em Limitadores de Corrente Supercondutores

São mostrados nas Figura 3.24 (a, b, c, d) e Figura 3.25 (a, b, c, d), os vectores das forças presentes nas bobinas do transformador trifásico. É possível observar em Figura 3.24, que os valores das forças existentes na primeira fase são relativamente baixos, quando comparados aos das duas fases à direita, que em módulo, rondam as poucas dezenas de milhar de N/m 3 . Comprova-se a estreita relação entre as linhas do campo de indução magnético de dispersão e os esforços, visto que as intensidades destes variam nos enrolamentos consoante a variação dos valores das densidades de fluxo de dispersão. Confirma-se que para a disposição dos enrolamentos de forma concêntrica, as forças nos enrolamentos internos tem tendência a dirigir-se para o interior da bobina, compressão, enquanto as forças na bobina externa direccionam-se para fora da circunferência, expansão. Também das simulações com o transformador supercondutor pode-se visualizar que os esforços nos enrolamentos primários, de cobre, são inferiores aos sentidos pelos enrolamentos de SAT. Retira-se do ensaio em curto-circuito que a corrente à que está submetido o transformador nesta situação, representa aproximadamente 𝐼 𝑐𝑐
Mostrar mais

140 Ler mais

Melhoria no padrão de escoamento do aço líquido no distribuidor do lingotamento contínuo 01 da APERAM Inox América do Sul

Melhoria no padrão de escoamento do aço líquido no distribuidor do lingotamento contínuo 01 da APERAM Inox América do Sul

A barragem e o dique têm sidos apcicados em conjunto para produzir os resuctados desejados no processo de cingotamento contínuo. Muitos estudos mostram ccaramente que as condições para fcotação e separação das inccusões não metácicas no distribuidor, tais como a ausência de “curto circuito”, uma região de turbucência confinada próxima à entrada do fcuxo de aço proveniente da paneca, acto tempo de residência mrdio, etc., podem ser efetivamente criadas uticizando uma combinação apropriada desses modificadores de fcuxo de aço no distribuidor.

79 Ler mais

Solução do problema de superação de disjuntores pela alocação ótima de dispositivos limitadores de corrente de curto-circuito utilizando algoritmos genéticos.

Solução do problema de superação de disjuntores pela alocação ótima de dispositivos limitadores de corrente de curto-circuito utilizando algoritmos genéticos.

delas. Ainda assim, só se pode garantir que a solução escolhida é a melhor entre as alternativas estudadas que, muitas vezes, não retratam todas as situações possíveis. Além disso, esta tarefa exige muito tempo entre criação das alternativas, realização dos estudos e análise comparativa dos resultados, o que requer uma equipe de profissionais com conhecimentos específicos. Na literatura nacional, os métodos propostos para inserir DLCs no sistema apresentam procedimentos práticos para a solução do problema, porém sem buscar a solução ótima (Freitas et alli, 2005; Peres e Amon, 1997; ONS, 2002; Arcon e Pinto, 2005). A solução ótima para este problema objetiva encontrar a melhor configuração possível, que resulte no menor custo e diminua a corrente de curto-circuito a níveis nos quais o sistema não tenha mais equipamentos superados.
Mostrar mais

12 Ler mais

INFLUÊNCIA DO GÁS DE PROTEÇÃO NA SOLDAGEM MIGMAG DO AÇO INOXIDÁVEL FERRÍTICO COM ARAMES FERRÍTICOS

INFLUÊNCIA DO GÁS DE PROTEÇÃO NA SOLDAGEM MIGMAG DO AÇO INOXIDÁVEL FERRÍTICO COM ARAMES FERRÍTICOS

Baixo; Dutra (1991) apresentaram uma metodologia para a determinação das relações paramétricas tensão/corrente no processo MIG/MAG com transferência por curto- circuito. Neste trabalho, as informações sobre as regularidades de transferência por curto- circuito foram obtidas a partir do desvio padrão do pico de corrente, calculado com base no valor de pico de maior freqüência. Os resultados mostraram que para certa faixa de tensão, existe um ponto de inflexão onde o desvio padrão do pico de corrente é mínimo, indicando uma condição de máxima estabilidade. Houve ainda uma análise do cordão de solda quanto a geometria e a condição superficial. Esta análise comprovou que as condições que resultaram em máxima estabilidade (obtida pelo desvio padrão do pico de corrente mínimo) foram as mesmas que apresentaram os melhores cordões de solda.
Mostrar mais

44 Ler mais

Instalação de capacitores de potência em redes poluídas por harmônicos e com baixa potência de curto-circuito

Instalação de capacitores de potência em redes poluídas por harmônicos e com baixa potência de curto-circuito

O filtro ativo reduz consideravelmente os harmônicos de baixa ordem, porém seu circuito de chaveamento introduz distorções harmônicas de alta frequência no sistema elétrico. As magnitudes destas distorções são menores que as introduzidas pelas fontes não lineares e podem ser facilmente filtradas pelos componentes do sistema, como transformadores, que se apresentam como impedâncias elevadas para ordens maiores (SUTANTO, 1991). Conforme este mesmo trabalho, os filtros ativos dificilmente podem ser desenvolvidos com grande capacidade estática, apresentando baixas perdas e boa resposta em frequência.
Mostrar mais

118 Ler mais

Compensador série controlado a tiristores na distribuição: Compensação dinâmica

Compensador série controlado a tiristores na distribuição: Compensação dinâmica

A Tabela 24 apresenta a impedância equivalente à montante para um curto circuito trifásico na saída do D-TCSC, a reatância e capacitância equivalente do compensad[r]

98 Ler mais

Detecção e classificação de faltas de alta impedância em sistemas elétricos de potência usando lógica Fuzzy

Detecção e classificação de faltas de alta impedância em sistemas elétricos de potência usando lógica Fuzzy

Este trabalho tem por objetivo apresentar uma metodologia, para detecção e classificação de faltas de curto-circuito, direcionada para os eventos de alta impedância em subestações de energia elétrica. A detecção é executada por um cálculo algébrico simples via observação da diferença absoluta entre o valor eficaz médio estimado e o valor eficaz medido a partir da oscilografia das correntes trifásicas. Caso seja detectada a anomalia de corrente, procede-se a sua classificação baseada na lógica fuzzy. Trata-se de um problema que apresenta maiores dificuldades de identificação e classificação, tendo em vista que tais perturbações são sutis, o que se diferenciam em relação aos eventos caracterizados como de baixa e ou de média impedância. Os distúrbios de alta impedância, muitas vezes, não são detectados pelo sistema proteção. Neste caso, o sistema de proteção considera- os como uma operação em regime permanente, não distinguindo entre uma falta de alta impedância e um aumento/diminuição da corrente elétrica em decorrência das variações da demanda solicitada pelos consumidores. Ressalta-se que a metodologia, aqui proposta, segue os princípios formulados na referência Decanini (2008), com as devidas adaptações ao problema associado às faltas de alta impedância. A metodologia, proposta neste trabalho, usa dados oscilográficos que são processados de modo que a detecção e classificação das faltas possam ser estimadas através de um conjunto de características extraídas dos sinais de correntes. Este conjunto de característica é classificado pela lógica nebulosa e sua saída resulta na indicação do tipo da falta. Deve-se ressaltar que este algoritmo além de ser eficiente na detecção e classificação de faltas de alta impedância, sua eficiência destaca- se também na localização e detecção de faltas de baixa impedância. Os dados necessários para os diagnósticos de faltas foram obtidos através de simulações de um modelo de alimentador radial no software ATP. Os resultados foram satisfatórios e demonstram viabilidade da metodologia proposta,
Mostrar mais

94 Ler mais

Incentivos tarifários para a conexão de geração distribuída a redes de média tensão

Incentivos tarifários para a conexão de geração distribuída a redes de média tensão

Nas Fig. 5.10 até 5.16 são apresentados os resultados de 300 simulações obtidas por meio das simulações de 7 carregamentos para o caso base e os casos de estudo, considerando as variações dos níveis da geração distribuída. Essas simulações mostram a variação das perdas em função da geração de potência ativa para patamares de carga de 100%, 90%, 75%, 50%, 40% e 20% da máxima carga. Assim como na simulação do circuito de 15 barras, os patamares de carga são determinados variando as cargas de todas as barras do circuito ao mesmo tempo. Nas Fig. 5.10 até 5.16 considera-se uma GD conectada na barra #14, #17, #20, #28, #31, #39 e #50, respectivamente. Essas barras, assim como na simulação do circuito de 15 barras, foram escolhidas de acordo com a proximidade das cargas do sistema, algumas mais próximas, outras mais afastadas, porém o estudo pode ser realizado em qualquer barra do sistema.
Mostrar mais

100 Ler mais

APLICAÇÃO DE PROCESSOS MAG CURTO- CIRCUITO CONVENCIONAL E CONTROLADO NA SOLDAGEM DE DUTOS DE AÇO CARBONO

APLICAÇÃO DE PROCESSOS MAG CURTO- CIRCUITO CONVENCIONAL E CONTROLADO NA SOLDAGEM DE DUTOS DE AÇO CARBONO

O processo SurfaceTensionTransfer®, conhecido como STT, foi o primeiro processo derivado do processo MIG/MAG com transferência metálica por curto-circuito realizado através do controle da corrente de soldagem. O processo STT, patenteado pela empresa Lincoln Electric Company em 1994 (DERUNTZ, 2003), é um processo de soldagem onde a transferência do metal é realizada por tensão superficial, tendo como base uma fonte de energia eletrônica com corrente constante (CC), que modifica o formato de onda da corrente de soldagem até cem vezes por segundo para cada gota transferida (DERUNTZ, 2003). Seu circuito eletrônico, baseado num microprocessador, monitora o comportamento da tensão do arco e ajusta automaticamente o formato de onda da corrente. Desta forma, acredita-se que este ajuste do formato de onda melhora a estabilidade da transferência e reduz a perda de material por respingos e a quantidade gerada de fumos.
Mostrar mais

197 Ler mais

Curto-circuito, falta de linha ou na linha? Redes de enfrentamento à violência contra mulheres em São Paulo.

Curto-circuito, falta de linha ou na linha? Redes de enfrentamento à violência contra mulheres em São Paulo.

Além deste curto-circuito, verifiquei que nem todas as organizações abraçam sequer a perspectiva de gênero defendida pelo Coletivo Feminista e pela Casa Eliane de Grammont. Este é o caso do CDCM Casa Sofia, que participa nas reuniões da Rede Sul. Mas a história deste serviço mostra que houve uma mudança em sua orientação. A Casa Sofia foi criada em 1999 pela entidade religiosa Sociedade Santos Mártires, da Igreja Católica, no Jardim Ângela, um bairro situado na periferia da Zona Sul de São Paulo. Esta ONG surgiu da luta por creches na região e tinha, inicialmente, uma forte ligação com o movimento de mulheres. Não seguia a visão tradicional de “defesa da família”, senão a corrente social da Igreja que se aliava aos movimentos sociais. A partir de 2001, tornou-se um serviço conveniado com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), através de um contrato renovável a cada quatro anos com a entidade religiosa à qual a Casa Sofia pertence. Assim, as funcionárias não ingressam no serviço por concurso público e não têm uma carreira estável. Até 2003, este era o único serviço na região que atendia mulheres em situação de violência.
Mostrar mais

24 Ler mais

METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DAS VARIAÇÕES DE TENSÃO DE CURTA DURAÇÃO E DEFINIÇÃO DAS ÁREAS DE VULNERABILIDADE

METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DAS VARIAÇÕES DE TENSÃO DE CURTA DURAÇÃO E DEFINIÇÃO DAS ÁREAS DE VULNERABILIDADE

Conclui-se que o curto-circuito trifásico franco foi o mais severo, como seria esperado. Neste caso, foi quantificado um total de 6263 afundamentos, o que representa 261 casos a mais do que o curto-circuito fase-fase-terra franco, o qual ficou em segundo em grau de severidade. Fica, pois, evidenciado que, apesar de sua probabilidade de ocorrências serem bem menores do que os demais tipos de faltas, esses compreendem uma maior área de vulnerabilidade, caracterizadas por níveis de tensão de baixa magnitude.

59 Ler mais

Detecção e classificação de faltas de curto-circuito em sistemas de distribuição de energia elétrica usando lógica nebulosa

Detecção e classificação de faltas de curto-circuito em sistemas de distribuição de energia elétrica usando lógica nebulosa

Apresentou-se um procedimento para detecção e classificação de faltas de curto- circuito em subestações de distribuição de energia elétrica, o qual baseou-se nas informaçoes de corrente elétrica das três fases. As entradas são os dados de correntes elétricas trifásicas pré-processadas e a saída indicando o diagnóstico de falta. Este pré-processamento consiste na geração de grandezas convenientemente normalizadas e expressas de forma relativa entre as três fases. Neste modo de abordagem buscou-se estabelecer um critério de inferência com uma baixa sensibilidade ao perfil de carga, localização da falta, distorção da forma de onda, etc. Este procedimento consiste na extração das características dos defeitos de curto-circuito.
Mostrar mais

110 Ler mais

Metodologia para ensaios de modelo de sistemas de proteção de geradores síncronos utilizando simulador digital em tempo real

Metodologia para ensaios de modelo de sistemas de proteção de geradores síncronos utilizando simulador digital em tempo real

As faltas monofásicas consistem em provocar curtos-circuitos a terra em uma das fases do gerador, desde o fechamento do neutro da máquina até os seus terminais de saída. As funções de proteção avaliadas são as de sobretensão de neutro e as que utilizam o princípio de medição de terceiro harmônico. Para tal, deve-se considerar, no modelo, a geração da tensão de terceiro harmônico proporcional ao carregamento da máquina, além dos controles necessários para posicionar o curto-circuito e ajustar o seu tempo de incidência. É também necessário representar o aterramento em alta impedância do neutro da máquina. As tensões terminais do gerador e a tensão do neutro devem ser disponibilizadas para aplicação no relé de proteção.
Mostrar mais

138 Ler mais

RoteirodeFísica Arquivos de Matemática  Professor.Rodrigo.Neves

RoteirodeFísica Arquivos de Matemática Professor.Rodrigo.Neves

Eletricidade: corrente elétrica, resistência, Efeito Joule, curto ‐ circuito, força eletro- motriz, tensão, potência, campo elétrico. 28/06[r]

1 Ler mais

Show all 1821 documents...