de Portugal

Top PDF de Portugal:

Medição da imagem de marca de Portugal enquanto destino turístico: uma aproximação metodológica mista no contexto do marketing

Medição da imagem de marca de Portugal enquanto destino turístico: uma aproximação metodológica mista no contexto do marketing

Na figura 8 identificam-se e descrevem-se as dimensões Atributo vs. Holístico e Funcional vs. Psicológico. Nos quadrantes A e B surgem os atributos que mais se associam com Portugal. Nos quadrantes C e D surge a informação relativa às imagens e sensações que os turistas têm de Portugal. Mais concretamente:

12 Ler mais

O crescimento do Ensino Superior no Portugal democrático: evolução da pós-graduação e da produção científica

O crescimento do Ensino Superior no Portugal democrático: evolução da pós-graduação e da produção científica

Revolução de Abril, as educativas foram avassaladoras. Desde 1974 assistiu-se a mudanças significativas em todo o edifício educativo, nomeadamente o estabelecimento de uma escolaridade obrigatória e um ensino básico e secundário unificado, a explosão da procura de educação, a criação do ensino superior politécnico, a privatização do ensino superior, a promoção da investigação científica, a ratificação da Declaração de Bolonha ou novas leis de financiamento e de governo e autonomia das instituições públicas de ensino superior. No quadro do ensino superior, a adoção da Declaração de Bolonha obrigou a grandes alterações do enquadramento jurídico da estrutura da formação superior dos países que a ratificaram e, no caso português, concretizou-se num enorme crescimento da pós-graduação e do número de diplomados. Neste artigo, os autores sustentam a sua análise com recurso às estatísticas oficiais de Portugal e de organismos internacionais, analisando a expansão da pós-graduação e da investigação, particularmente no quadro pós-Bolonha. Apresenta-se, ainda, o caminho percorrido pelo sistema científico português e contextualiza-se a situação portuguesa no quadro internacional. Terminar- se-á o artigo com algumas reflexões que poderão ajudar a formular políticas públicas conducentes à melhoria do estado do ensino superior público em Portugal, mormente no financiamento da pós-graduação e da produção científica.
Mostrar mais

24 Ler mais

TESE MGERH Liliana Costa  26.11

TESE MGERH Liliana Costa 26.11

Quanto à gestão e desenvolvimento de profissional na YMCA de Madrid a realidade é bem distinta da organização de Setúbal, ou seja, semelhante ao Brasil e bem diferente de Portugal. Este processo é bastante favorável para os voluntários e ocorre com alguma frequência, tanto para trabalhadores assalariados como para os voluntários. Exemplo disso é o nosso entrevistado que foi ascendendo na organização e ainda temos o exemplo da responsável do Centro de Leganés, que actualmente também se encontra a exercer funções de grande responsabilidade na organização: ―…Tamara, fue niña YMCA (…) ha sido voluntaria de YMCA y ahora es responsable de la delegación de Leganés ‖ (E2). Efectivamente, na YMCA os voluntários podem aspirar a crescer na organização, podendo ser contratados se houver vagas, e desenvolver uma carreira profissional na organização: ―…aquí si que hay posibilidades de crecer y profesionalmente también. Ahora los jovencitos que están acabando el curso de monitores muy probablemente los contrataremos para los campamentos de verano (…) hay gente que fue voluntaria que ahora esta contratada (…) es una forma de reforzar (…) de reconocer su labor, y que creemos en ellos‖ (E2). Esta prática de GRH vai ao encontro das vantagens associadas ao recrutamento interno, o que é feito na YMCA Madrid, e à aposta na formação dos seus trabalhadores. De facto, a formação dada aos voluntários parece encontrar-se de alguma forma planeada e interligada com o desenvolvimento profissional dos trabalhadores voluntários, já que têm a possibilidade de participar em formações que os ajudam a melhorar o seu desempenho como profissionais de uma organização como a YMCA (e.g., certificado de monitores, através do Curso de Monitores) o que no futuro os pode levar à condição de trabalhadores assalariados. Como exemplo do vínculo entre formação e desenvolvimento profissional dos voluntários na organização (e.g., ocuparem vagas e poderem ser contratados), apresentamos a seguinte afirmação do nosso entrevi stado: ―Nosotros con los voluntarios sabemos que lo hemos formado nosotros, que tiene interiorizado lo que es la YMCA, los valores, conocen a los niños, han sido niños también de la entidad (…) la intención es formar a los voluntarios y que mejoren en cuanto competencias profesionales y sociales, para que ellos puedan crecer dentro de la entidad, pero sobretodo como personas. Que luego tengan la suerte que le valga para su vida profesional, dentro o fuera de la YMCA, pues mucho mejor ‖ (E2).
Mostrar mais

118 Ler mais

As estruturas de custos e de proveitos em função da normalização contabilística sectorial : o caso português

As estruturas de custos e de proveitos em função da normalização contabilística sectorial : o caso português

É o POC de 1989 que vigora actualmente; entretanto, o trabalho de normalização da CNC deixa antever uma menor utilização deste documento (considerado autêntico esteio da normalização contabilística em Portugal) para determinados tipos de operações, uma vez que a adesão de Portugal à UE obrigou a sucessivos ajustamentos em matérias contabilísticas e a experiência demonstrou que os aqueles ajustamentos se manifestaram insuficientes perante as constantes alterações de necessidades dos utilizadores da informação contabilística. A saída da CNC parece convergir para a produção de normas em conformidade com o quadro normativo do IASC.
Mostrar mais

19 Ler mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR

Desejamos as boas-vindas ao ICEUBI2017 - International Congress on Engineering – A Vision for the Future, promovida pela Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior, e Covilhã, Portugal, com o patrocínio da Reitoria da Universidade da Beira Interior e o apoio institucional da Ordem dos Engenheiros de Portugal e da Câmara Municipal da Covilhã.

15 Ler mais

Lisboa é um donut com chantilly: uma análise do debate no jornal Público sobre o impacto do turismo em 2015 e 2018

Lisboa é um donut com chantilly: uma análise do debate no jornal Público sobre o impacto do turismo em 2015 e 2018

21 Setembro de 2015b). Um exemplo de impacto negativo: “Recorde-se que este problema da habitação em Lisboa – da falta de casas a preços acessíveis para comprar ou arrendar, ligado à especulação imobiliária que o turismo também proporciona” (Público, 5 de Outubro de 2018). Algumas notícias mencionam tanto impacto positivos como negativos, como exemplo uma notícia em que no início o jornal refere que “O presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo, defendeu nesta terça-feira que o aumento de visitantes estrangeiros no país, e em Lisboa em particular, tem ajudado a recuperar os centros urbanos degradados e a trazer nova vida à cidade.” mas depois afirma que “há quem se sinta cada vez mais esmagado pelo fluxo de turistas na capital com todo o impacto que este movimento traz à cidade, do aumento do trânsito e do lixo, aos apartamentos de aluguer temporário que ocupam, agora, os bairros históricos.” (Público, 3 de Junho de 2015a). No caso de não ser claro qual é a natureza do impacto do turismo, este foi considerado indeterminado, como por exemplo uma notícia sobre a suspensão de novos Alojamentos Locais em algumas zonas de Lisboa, em que apenas menciona o mapa com os limites das zonas de contenção (Público, 21 de Outubro de 2018b). As notícias foram então classificadas em quatro categorias: positivas; negativas; indeterminadas; positivas e negativas.
Mostrar mais

75 Ler mais

Portugal: pátria e poesia

Portugal: pátria e poesia

A leitura de Mensagem de Fernando Pessoa, apenas para exemplificar, não deixa aparecer o sujeito Pessoa ao falar do passado português. Ele representa a voz dos portugueses, ou de alguns, pelo menos. A menção ao genial poeta remete para outros poetas portugueses que, grandes também, igualmente falam de Portugal, ainda que noutro contexto e de outra maneira. Os Poemas Ibéricos de Miguel Torga retomam muitas das figuras exaltadas por Pessoa, porém com uma linguagem própria. Contudo, há o Torga de outros poemas em que se refere ao seu país sem que o nomeie, o que os torna universais. E nesta linha estão também alguns poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen.
Mostrar mais

5 Ler mais

A Formação de Quadros Angolanos no Exterior: Estudantes angolanos em Portugal e no Brasil

A Formação de Quadros Angolanos no Exterior: Estudantes angolanos em Portugal e no Brasil

A migração estudantil, embora seja encarada e vivida como temporária, pois está sempre presente a ideia do regresso ao país de origem, implica um perío- do de adaptação na sociedade de acolhimento, daí que a possibilidade de partir para destinos onde esse impacto inicial seja minimizado seja a opção mais recor- rentemente escolhida. A escolha do país de destino para realização da formação superior assenta em pressupostos delineados sobretudo pela família: a presença da familiares ou amigos que podem ajudar na fase inicial, a aproximação cultural e histórica, bem como a partilha linguística, são fatores decisivos que levaram à escolha de Portugal ou do Brasil como destino para realização da formação superior. A longa tradição de receção de estudantes universitários angolanos em Portugal faz deste país um destino de eleição, uma continuidade do percurso ini- ciado por alguns pais e avós, que se traduzem em estruturas previamente monta- das, como a possibilidade de aquisição da nacionalidade portuguesa.
Mostrar mais

22 Ler mais

Cluster da Cooperação Portuguesa em Timor Leste: eficácia do conceito e da prática

Cluster da Cooperação Portuguesa em Timor Leste: eficácia do conceito e da prática

Surge, assim, a proposta de cluster da cooperação para o desenvolvimento, formulação teórica e resposta operacional da cooperação portuguesa, que pode ser entendido como um conjunto de acções conduzidas por diferentes actores, individualmente ou em parceria, numa mesma área geográfica e integradas num quadro comum (IPAD, 2006c). Introduzido em 2006, tem como principal objectivo melhorar a coerência interna do programa de cooperação para o desenvolvimento português, proporcionando um enquadramento em forma de guarda-chuva para coordenar projectos implementados no mesmo sector e região, por diferentes intervenientes da cooperação para o desenvolvimento de Portugal. A metodologia cluster permite uma abordagem integrada, canalizando os fundos da ajuda e promovendo a coordenação e sinergias entre os diferentes projectos portugueses. “À semelhança do que acontece na economia, isto contribuiria para um aumento da produtividade, isto é, da eficácia” (Pais, s.d.). Para Pais, o Cluster apresenta-se como mecanismo para melhor coordenar a cooperação portuguesa: substituindo iniciativas dispersas e esforços duplicados. Portugal estabeleceu Clusters da Cooperação em Moçambique, em áreas como infra-estruturas, recuperação de património e desenvolvimento socioeconómico da Ilha de Moçambique; em Cabo Verde, na área das novas tecnologias da informação e comunicação; e em Timor Leste, na área do desenvolvimento rural e comunitário. Cada cluster envolve áreas e sectores definidos e seleccionados em acordo com os países parceiros e baseia-se na colaboração e
Mostrar mais

34 Ler mais

Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Ordenamento do Território e Impactes Ambientais Orientador: João Joanaz de Melo, Professor Auxiliar com Agregação, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Li

Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Ordenamento do Território e Impactes Ambientais Orientador: João Joanaz de Melo, Professor Auxiliar com Agregação, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Li

Com base nos resultados obtidos da análise socioeconómica referente às sub-regiões pertencentes à NUTS III de Portugal Continental com e sem auto-estradas, foi possível observar que dos quatro indicadores estudados, apenas um corroborou parcialmente o argumento utilizado para a construção de auto-estradas, nomeadamente, a variação da população residente. Entre 2001 e 2011 constatou-se que, nas seguintes sub-regiões, o aumento da população residente foi significativamente superior nos municípios com auto-estradas em comparação com os municípios sem auto-estradas: Grande Porto; Grande Lisboa e Algarve. Apesar de 73% dos municípios que constituem estas sub-regiões serem atravessados por auto-estradas, esta discrepância pode ser explicada devido à introdução de auto-estradas no território. Com a construção destas infra-estruturas rodoviárias promoveu-se a ligação do interior às grandes cidades localizadas no litoral do país, isto é, aos grandes centros urbanos (Grande Porto, Grande Lisboa e Algarve).
Mostrar mais

124 Ler mais

Business plan of a three-star hotel in the city of Lisbon “Lisbon Journey hotel”

Business plan of a three-star hotel in the city of Lisbon “Lisbon Journey hotel”

Regarding the opportunities and trends of the tourism in Portugal for the period of 2015 and 2020, the Turismo de Portugal presented the following indicators Turismo de Portugal, 2015: •[r]

193 Ler mais

Livro de Atas II Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE) II International Conference on Teacher Education (INCTE)

Livro de Atas II Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE) II International Conference on Teacher Education (INCTE)

A análise dos comentários aponta para melhores desempenhos em clareza e em lógica e para mai- ores dificuldades em profundidade e em fundamentação, acompanhando outros estudos (Castanheira, 2014; Costa & Pires, 2016). Em “clareza”, em todas as áreas, os desempenhos dos grupos oscilam entre o nível médio e o nível elevado (ciências naturais), utilizando um vocabulário correto e representações adequadas (Boavida et al. 2008) e expressando bem as suas ideias, de forma clara, precisa e sem erros ortográficos (Monteiro et al., 2013). Igualmente, em “lógica”, a generalidade dos grupos apresenta uma razoável coerência nos registos escritos (Ponte & Serrazina, 2000), com conexão entre as ideias apresentadas, tendo os desempenhos rondado o nível médio nas diversas áreas disciplinares. Os resul- tados nas outras duas categorias não são tão favoráveis, dado que os alunos revelam mais dificuldade em explicitar e justificar os seus pontos de vista (NCTM, 2007) e nem sempre se referem aos temas em estudo. Em “fundamentação”, os desempenhos variam entre o nível baixo (HGP) e o nível médio. Os grupos de história e geografia de Portugal destacam-se pela ausência de argumentos para as opiniões que registam. Os grupos das restantes áreas disciplinares justificam, de forma razoável, os comentários que fazem. Realce-se a atribuição do nível elevado em dois grupos de ciências naturais, valorizando a adequação das justificações apresentadas. Em “profundidade”, os desempenhos também oscilam entre o nível baixo (HGP e CN) e o nível médio. Os grupos de história e geografia de Portugal e de ciências naturais praticamente não se referem aos temas que comentam. Os restantes grupos revelam dominar razoavelmente diferentes aspetos dos temas em questão (por exemplo, em matemática, são comentados tópicos matemáticos como a média, a moda ou os gráficos de barras).
Mostrar mais

15 Ler mais

Editorial

Editorial

Na secção Supervisão incluiu-se o artigo intitulado Promover a qualidade das relações em Intervenção Precoce com o método Video Hometraining/Video Interaction Guidance (VHT/VIG) da autoria de Maria de Fátima Feliciano, Paula Coelho Santos, Carlos Fernandes da Silva, Sandra Agra e Leonor Carvalho. A investigação envolveu intervenientes do Sistema Nacional de Intervenção Precoce tendo pretendido avaliar os efeitos do método aplicado nas relações existentes entre as crianças em apoio e as suas famílias, e entre estas e os profissionais, num distrito da região centro de Portugal. O método revelou-se importante entre os profissionais por ter contribuído para uma ação mais reflexiva e focalizada nas relações e famílias.
Mostrar mais

6 Ler mais

Crise econômica e retorno dos imigrantes brasileiros em Portugal.

Crise econômica e retorno dos imigrantes brasileiros em Portugal.

Os resultados desta investigação são considerados preliminares. Por se tratar de uma dinâmica muito recente, os fluxos e os projetos migratórios são instáveis. A incerteza que reina sobre o futuro econômico de Portugal agrava a situação, pois o desenho dos planos a longo prazo pode ser alterado a qualquer momento. O fato de não existirem dados estatísticos sobre o regresso condiciona ainda mais a pesquisa. Por isso, o esforço que foi efetuado neste texto foi o de reunir diversas fontes e juntar várias técnicas de análise, de modo a tentar compreender as principais tendências existentes neste campo.
Mostrar mais

18 Ler mais

Livro de Atas II Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE) II International Conference on Teacher Education (INCTE)

Livro de Atas II Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE) II International Conference on Teacher Education (INCTE)

O estudo mostrou que os livros didáticos de Portugal apresentam menos páginas que os do Brasil, ou seja, a estes alunos são apresentados mais conteúdos, mais completos, mas isso pode não conduzir, necessariamente, a melhores níveis de sucesso. No caso português, prevê-se a realização de experiências na sala de aula ao longo da educação básica e, no Brasil, as experiências ficam para casa, devido ao excesso de conteúdos, e, assim, raramente os alunos contactam na escola com experiências de ciências. Em ambos os casos, estão previstas atividades para o aluno realizar, com fichas de consolidação sobre os conteúdos lecionados. De uma maneira geral, não apresentam uma perspetiva histórica dos conhe- cimentos, nem se referem personalidades significativas das descobertas científicas. Assim, sugerem a ciência como um produto acabado. Dessa forma, as crianças não reconhecem a evolução, a ideia de que o desenvolvimento científico decorre de disputas que marcaram as comunidades científicas em que posições ideológicas, políticas, religiosas e econômicas também intervieram.
Mostrar mais

14 Ler mais

TESE DE DOUTORAMENTO EM SOCIOLOGIA ECONÓMICA E DAS ORGANIZAÇÕES

TESE DE DOUTORAMENTO EM SOCIOLOGIA ECONÓMICA E DAS ORGANIZAÇÕES

2 Resumo. A procura de produtos de lotaria em Portugal: Uma análise socioeconómica. Este projecto de investigação tem duas componentes. Uma, em que se fez uma análise internacional (de 1994 até ao presente), com dados em painel, para cerca de 100 países. Outra, que consistiu numa análise efectuada nacionalmente, com dados da SCML, para 5 anos e 22 distritos. Os nossos resultados sugerem que os países mais ricos, com menor índice educacional e com maior percentagem de idosos consomem mais produtos de lotaria. Os resultados sugerem também que os homens jogam mais que as mulheres e que existe uma relação positiva entre a religião e o jogo de lotaria. Nacionalmente, as despesas no jogo apresentam uma correlação positiva com o rendimento médio por distrito, mas esta relação apresenta-se como um U invertido. Em Portugal a despesa no jogo decresce quando o nível de escolaridade aumenta e os católicos casados jogam, em média, mais que os que não são casados pela Igreja ou não são católicos. No confronto dos resultados obtidos a nível internacional com os dados de Portugal, verificou-se que em Portugal consome-se mais este tipo de produtos do que se consome em média quer na Europa quer no Mundo inteiro, sugerindo que os Portugueses têm maior tendência para o jogo de lotaria.
Mostrar mais

182 Ler mais

II Workshop Clima e Recursos Naturais - Bragança, Portugal - 15 a 19 de Novembro 2010 - Livro de Resumos

II Workshop Clima e Recursos Naturais - Bragança, Portugal - 15 a 19 de Novembro 2010 - Livro de Resumos

O II Workshop sobre Clima e Recursos Naturais dos Países de Língua Portuguesa, de 15 a 19 de Novembro de 2010, é uma iniciativa que o Instituto Politécnico de Bragança acolhe e organiza em conjunto com o Instituto Meteorológico de Portugal, o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica de Cabo Verde, a CRIA – Agência para o Clima e respectivas implicações ambientais nos Países Lusófonos, e o CIMO – Centro de Investigação de Montanha.

18 Ler mais

as notícias sobre a crise financeira :: Brapci ::

as notícias sobre a crise financeira :: Brapci ::

Outro  termo  utilizado  é  o  de  PIGS,  acrónimo  associado  à  palavra  inglesa  que  significa  “porcos”, para designar Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha. A expressão é usada nos media  de  língua  inglesa,  sobretudo  pela  imprensa  britânica.  Nos  textos  jornalísticos  analisados  o  termo  foi  utilizado  duas  vezes  num  artigo  inglês  e  uma  vez,  de  forma  irónica,  num  artigo  irlandês.  Aliás,  a  imprensa  anglo‐saxónica  é  fértil  neste  tipo  de  analogia,  utilizando  com  frequência também as expressões “o cinto de azeitona” ou “Club Med”, numa referência a  um  popular  clube  de  férias,  para  descrever  este  mesmo  grupo  de  países.  Grécia,  Irlanda  e  Portugal  são  três  dos  PIGS  mais  humilhados  (Portugal  is  singing  the  blues,  get  ready  for  a  chorus, Roger Boyes, The Times, 7 de abril de 2011). 
Mostrar mais

26 Ler mais

TII 05 Cor Coelho Lopes Politica Implem Energias Renováveis UM

TII 05 Cor Coelho Lopes Politica Implem Energias Renováveis UM

Este tipo de energia pode ser produzida para consumo próprio e/ou para ser vendida à rede pública de distribuição de energia. Da investigação efectuada, e também em resultado dos contactos estabelecidos com representantes da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG) e da Iberdrola Portugal, ressalta que a produção de energia eléctrica a partir da energia solar fotovoltaica só se justifica do ponto de vista económico na perspectiva de venda à rede de distribuição pública, salvo se as potências em questão forem diminutas, da ordem das poucas centenas de watt. Note-se que em Portugal, a venda deste tipo de energia à rede pública é realizada em média tensão, para potências a partir da dezena de kilowatt, facto que obriga à existência dum Posto de Transformação dedicado.
Mostrar mais

73 Ler mais

A publireportagem na imprensa portuguesa

A publireportagem na imprensa portuguesa

The practice of advertorial in the Portuguese press has been growing and also became a useful and essential administration strategy to the other editorials. This kind of text, considered or not journalistic, appears to be one of the main activities to the different types of editorial companies that here sees an opportunity to generate better incomes. Associated with the circulation of recognized daily newspapers arise several independent titles with the main goal of being or pretending to be part of them, all of this to get more credibility, that at the moment they don’t have but they intend to transmit to their associates and clients. These titles are nothing more than editorials, which their main activity is advertorial, and by using the notoriety of newspapers like Público are trying to take advantaged to generate profits. The main aim of this essay is to analyze the existence of advertorials on the national press, to discuss a definition, their characteristics and also to investigate the journalist’s profile that are associated with them. To achieve these goals/conclusions 15 editions of three different advertorials associated with Público, more specifically Empresas+®, Business Portugal and Portugal Inovador will be analyzed. These professionals will participate on a survey that will allow us to understand their profile and aspirations. Was noticed with this essay that the advertorial is characterized as a journalistic text without editorial freedom and that implies a monetary payment with the aim of promoting a company, institution or service. The professionals that practice advertorial in Portugal are mainly newly qualified with 25 years old. The majority claims to be happy with their professional life but some of them consider the lack of journalistic neutrality or impartiality associated with advertorial serious ethic and deontological concerns.
Mostrar mais

89 Ler mais

Show all 10000 documents...