Educação - contexto social

Top PDF Educação - contexto social:

A (des)valorização da educação física no contexto social

A (des)valorização da educação física no contexto social

Torna-se evidente a necessidade de se detectar até que ponto vai essa desvalorização da educação física. Ao contrário disso, didática e metodologicamente pode intervir na sociedade a partir de pressupostos que fundamentem suas possibilidades no campo educacional. Essa observação é percebida, enquanto prevenção, quando do papel crucial no enfrentamento de algumas patologias que acometem a sociedade. Nesse processo, no ano de 2007, a inatividade física foi responsável por 72% das mortes ocorridas no Brasil e 13% no mundo (SCHMIDT et. al., 2011); (LEE et. al., 2012). Por outro lado, no âmbito escolar e por meio de suas atividades contextualizadas, inter e multidisciplinares, a educação física deve oportunizar aos alunos uma organização do pensamento a respeito de um conhecimento sistematizado e reflexivo sobre o âmbito social (SOUZA JUNIOR, 2001, p.13). Neste sentido, objetiva-se analisar a (des) valorização da EF no contexto social.
Mostrar mais

11 Ler mais

O contexto social da educação de jovens e adultos: uma luta pela inclusão.

O contexto social da educação de jovens e adultos: uma luta pela inclusão.

Esse modo de apreensao do texto escrito e, de certa forma decorrente do fato das atividades escritas, de modo geral, nao terem nenhuma conexao com seu contexto social de onde ele prove[r]

43 Ler mais

EDUCAÇÃO INCLUSIVA, DEFICIÊNCIA E CONTEXTO SOCIAL: questões contemporâneas

EDUCAÇÃO INCLUSIVA, DEFICIÊNCIA E CONTEXTO SOCIAL: questões contemporâneas

defende a ideia de que a educação deve ser centrada no potencial do aluno, onde o desenvolvimento psicológico seja olhado de maneira prospectiva, ou seja, para além do momento atual. O mesmo autor afirma, ainda, que não deve haver diferenças entre crianças, mesmo que a distinção entre elas vá se construir no modo como se desenvolve na interação com o seu entorno (VYGOTSKY, 1989). Nos dias atuais, a sociedade brasileira, seguindo a tendência mundial, exige cada vez mais dos poderes públicos uma resposta afirmativa no tocante à educação das pessoas com necessidades educativas especiais, as quais requerem respeito, para conviver, produzir e atuar nesta sociedade, gozando dos mesmos direitos e deveres, independentemente das suas diferenças. Essa tendência en- contra-se respaldada por documentos oficiais de âmbito nacional e internacio- nal, fundamentando-se na Declaração Universal dos Direitos do Homem (ONU, 1948), na Declaração de Salamanca (1994), e no contexto brasileiro, na Consti- tuição de 1988, especialmente, em seu artigo n. 208, e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), n. 9.394/96. As transformações empre- endidas nestes documentos têm como justificativa a necessidade de alcançar a equidade, traduzida pela universalização do acesso de todos, à escola e a quali- dade do Ensino.
Mostrar mais

365 Ler mais

A apicultura como instrumento de educação ambiental no contexto social, econômico e ambiental

A apicultura como instrumento de educação ambiental no contexto social, econômico e ambiental

This work aims to evaluate the perception of undergraduate students in agribusiness of the Federal Institute Farringdon, Campus Panambi about beekeeping and its interaction with the environment, also seeks to characterize people involved directly and / or indirectly in beekeeping, analyze the social, economic and environmental, identify the strengths and / or negative, of beekeeping, and apiculture important points relating to the environment. To achieve the objectives, literature searches were made, readings, quiz and talk with students and performed the analysis and interpretation of data, which allowed the grouping of ideas that culminated in the final considerations. The environment in which man is placed should be preserved and conserved, which makes for a good quality of life. Bees play an extremely important role in nature through pollination, in these terms the role that beekeeping is great exercise, linking the social, economic and environmental way that provides a better quality of life, contributes to family income, diversification of cultures and the environment. The perception is balancing environmental, sustainability for present and future generations, ensuring the survival of all species.
Mostrar mais

59 Ler mais

Educação inclusiva, deficiência e contexto social: questões contemporâneas

Educação inclusiva, deficiência e contexto social: questões contemporâneas

As identidades surdas de transição estão presentes na maioria dos casos de surdos filhos de ouvintes. Eles cresceram com a ideia da oralização ou do ouvintismo, justamente por causa dos familiares ouvintes, depois tiveram a ex- periência da Língua de Sinais. O momento de transição acontece aí, eles aos poucos vão se identificando com a comunidade surda, mas “embora passando por essa des-ouvintização, os surdos ficam com seqüelas da representação que são evidenciadas em sua identidade em reconstrução nas diferentes etapas da vida.” (PERLIN, 1998, p. 64). Esse tipo de identidade pode ser confirmado a partir de experiências pessoais enquanto pai de uma adolescente surda, de for- ma que toda essa problemática que envolve a educação deles é vivenciada: a cultura, a educação e as identidades surdas. Por um longo período, acreditamos que a nossa filha poderia ser uma ouvinte e oralizada. Com o tempo, a gente percebe que essa concepção acaba prejudicando o desenvolvimento dos sujeitos surdos, pois eles são impedidos dentro da sua própria família de aprenderem na sua língua materna, a Língua Brasileira de Sinais (Libras).
Mostrar mais

366 Ler mais

O contexto social da aprendizagem de gerentes.

O contexto social da aprendizagem de gerentes.

A tecnologia inclui o conhecimento, as ferramentas, as técnicas e as atividades usadas para transformar insumos em resultados. Tecnologia inclui maquinário, habilidades e procedimentos de trabalho (DAFT, 2003). Com as transformações ocorridas no ambiente, as tecnologias se tornam obsoletas mais rapidamente, o que influencia a aprendizagem. A era da informação e do conhecimento, alia- da à tecnologia da informação, provocou mudanças na estrutura da sociedade e na aprendizagem. A tecnologia afeta consideravelmente o conhecimento que se torna obsoleto rapidamente em conseqüência da acelerada taxa de mudança (STEWART, 1998). De acordo com Merriam e Caffarella (1991), metade do que a maioria dos profissionais aprende quando conclui seus treinamentos formais torna-se obsoleta em menos de cinco anos. Assim, a necessidade da educação continuada tem aumentado no apoio à geração e difusão do conhecimento.
Mostrar mais

27 Ler mais

A criança e o livro no contexto social

A criança e o livro no contexto social

Há que ser levado em conta, não como atenuante de nossos erros, mas como base para futuros acertos, nosso recente passado, tão refletido no momento atual. O rápido crescimento econômico imposto ao país a partir do final da Segunda Guerra até a década de 1980 levou o Brasil ao grupo das dez maiores economias mundiais. Neste período, foram feitos diversos programas, discursos e políticas pró-desenvolvimento, todos ressaltando a educação como principal meio para o crescimento da nação e a construção da democracia. Mas o contrário é o que vimos se tornar realidade e, apesar de crescer, a educação tem ficado a reboque do crescimento econômico. Apesar da economia dita forte, globalizada, nossos indicadores educacionais continuam vergonhosos mesmo quando em comparação a aos outros países latino-americanos.
Mostrar mais

56 Ler mais

Contribuições e influências do contexto social para a aprendizagem

Contribuições e influências do contexto social para a aprendizagem

Freitas (2011) critica a atual educação, pelo fato dela ser pensada por economistas, empresários e reformadores, sem ouvir aqueles que estão mais próximos dessa realidade: os educadores e os alunos. Tal ideia neoliberal estabelecida por essas esferas é facilmente empregada pelos pais, seja para o alcance do emprego rápido àqueles com menos perspectivas de futuro, ou por aqueles que almejam bom desempenho no vestibular, pois em sua formação o preparo competitivo e restrito a esse fim foi fielmente cumprido. Fato esse que inibe oportunizar saberes realmente significativos em muitas escolas para a real construção do humano, como as artes, conhecimento e movimento corporal, questões de sentimento e de afetividade, contato com ampla cultura etc., pois se acorrenta o ensinar ao que se considera básico e essencial para o objetivo primário, principalmente para as camadas mais populares. Frigotto (2011, p. 17) compartilha desse pensamento, utilizando para essa conjuntura, o termo “educação básica”.
Mostrar mais

65 Ler mais

Os fatores críticos de acompanhamento social em contexto de habitação social

Os fatores críticos de acompanhamento social em contexto de habitação social

organização, quem é que dorme com quem, os quartos como é que é, rapazes, raparigas. E há muitas histórias de sucesso das mulheres que a propósito disto, mulheres e homens, que o cuidar da casa, o estar noutro sítio, o ter um olhar diferente sobre si mesmo, num outro contexto espacial, as fez procurar empregos muito melhores, voltar a estudar. Tenho várias histórias, eu tenho muitas. Várias histórias de mulheres de 40, de 50, de 60 que decidiram voltar a estudar e que tiraram o 6º ano e a felicidade de algumas, hoje se calhar com a idade que eu tenho hoje, depois de ter completo, a sua certificação, são várias histórias de sucesso. Vários miúdos que nós dizíamos “bem este miúdo com este contexto familiar vai ser tão difícil”, mas assistir que com as oportunidades certas, experienciando outras coisas… E hoje há jovens licenciados, muitos deles em Serviço Social e Psicologia! (Risos) Que teve a ver também com aquilo que conheceram e com a oportunidade, isso é muito giro! E ver as pessoas felizes, sobretudo! Acho que é ver uma pessoa que normalmente está com um ar mais apagado, e porque muda de casa ou porque foi acompanhada e fez uma… As suas competências são mais trazidas ao de cima, por isso tudo aquilo que acaba por ter e que não tinha consciência, quando é metido noutro plano e depois experienciam que de facto que conseguem, isso é sempre brutal. E as histórias de sucesso são muitas destas.
Mostrar mais

182 Ler mais

Responsabilidade social em contexto de educação de carreira

Responsabilidade social em contexto de educação de carreira

O primeiro eixo, Promover a Saúde pela Alimentação, traduz-se na promoção da qualidade e diversidade dos produtos alimentares que o grupo comercializa e na promoção da segurança alimentar abrangendo a disponibilidade, acessibilidade e sustentabilidade dos produtos comercializados. O segundo eixo, Respeitar o Ambiente, trata-se da promoção de práticas sustentáveis de produção e de consumo em áreas prioritárias como alterações climáticas, biodiversidade e gestão de resíduos. O terceiro eixo, Comprar com Responsabilidade, trata-se do desenvolvimento de relacionamentos comerciais que se pretendem duradouros, procurando praticar preços justos e apoiando ativamente a produção local nos países onde operam, incorporando preocupações éticas, sociais e ambientes nas suas cadeias de abastecimento. Apoiar as Comunidades Envolventes, tendo como linha orientadora uma política de apoio às comunidades envolventes, pretende contribuir para o combate à subnutrição e à fome, e ajudar a quebrar ciclos de pobreza e de exclusão social junto de dois grupos preferenciais: os idosos, as crianças e os jovens carenciados. Concretiza-se através de apoios diretos como por exemplo monetários e em géneros alimentares a instituições de solidariedade social. O quinto e último eixo trata-se da preocupação por parte deste grupo em ser um Empregador de Referência, concretizando-se através do volume de emprego criado, da prática de salários adequados e do acompanhamento e dedicação ao colaborador em todas as fases da vida.
Mostrar mais

61 Ler mais

Arte, lazer e juventude no contexto da educação social Art, leisure and youth in the context of social education

Arte, lazer e juventude no contexto da educação social Art, leisure and youth in the context of social education

Neste sentido, entende-se a relação entre arte e lazer como aquela na qual a experiência e o conhecimento dizem respeito ao “imaginário, emoções e sentimen- tos” e a busca destas experiências de elevação estética no tempo disponível ou tempo livre. O conteúdo da arte é eminentemente estético e configura a busca da beleza e encantamento. Em todas as manifestações artísticas no tempo livre (Marcellino, 2006, p.18) ob- serva-se um grande potencial educativo para a apro- priação da arte como forma de lazer, principalmente para os jovens das camadas populares. Pois como co- loca Coli (2007, 128), “[...] o rádio, disco, a reprodução em cores são, para muitos dentre nós, o único veículo que permite chegar à arte e nos familiarizarmos com as obras”. No contexto das atuais tecnologias da in- formação e comunicação, este acesso às artes contra- ditoriamente parece ao mesmo tempo mais próximo e mais distante: pode estar nos celulares dos jovens, mas ao mesmo tempo distante de seus interesses. E, considerando esta questão, trabalhar a iniciação à arte partindo do pressuposto desse contato nos seus momentos de lazer pode ser muito mais efetivo, com atividades diversas e que sejam construídas pelos pró- prios jovens.
Mostrar mais

12 Ler mais

Educação estatística no contexto da educação crítica

Educação estatística no contexto da educação crítica

Ao final do projeto distribuímos aos alunos o texto Robôs e o Mercado de Capitais, da revista Veja, que mostra que programas de computador, que fazem os mesmos cálculos que os alunos fizeram, podem gerir fundos de investimento, dispensando a participação humana. Esse tema controverso, que envolve o mercado de trabalho, marcou o encerramento do projeto, no qual procuramos abordar nas discussões os prós e os contras relacionados ao texto. As reflexões propiciadas pelas discussões relacionadas com o texto mostraram aos alunos que, se por um lado as habilidades trabalhadas no projeto davam a eles a oportunidade de gerirem sua própria carreira como consultores de investimentos, além de propiciarem ferramentas de ascensão social e econômica na profissão, por outro, a competitividade do mercado de trabalho e a busca incessante por lucros cada vez maiores fechavam portas ao capital humano, com preferência para a máquina, o que poderia representar um problema social grave para os jovens.
Mostrar mais

22 Ler mais

O mediador pessoal e social: um estudo de caso sobre processos de mediação no contexto da educação e formação de adultos.

O mediador pessoal e social: um estudo de caso sobre processos de mediação no contexto da educação e formação de adultos.

Os CNO pretendem dar corpo à estratégia de educação e formação anteriormente definida, promovendo as suas actividades numa lógica de trabalho em rede com as entidades que promovem e desenvolvem Cursos EFA (tanto de nível secundário como de básico). Ou seja, os CNO constituem-se como a estrutura preferencial de acolhimento dos candidatos, estrutura essa que, através da realização de um trabalho de diagnóstico e triagem, define o perfil de cada um dos adultos e identifica as suas necessidades, motivações e expectativas de formação e níveis de certificação. Este procedimento deverá resultar num encaminhamento que poderá ser para um processo de RVCC – nível básico ou secundário – ou para uma oferta educativa e/ou formativa mais adequada ao adulto em causa. Sempre que as necessidades de formação sejam significativas e se enquadrem num perfil de formando para um Curso EFA, o CNO deverá encaminhar esses candidatos, após a realização do processo de Reconhecimento e Validação de Competências (RVC), para a entidade na qual o CNO está inserido (escola, centro de formação profissional ou outros), ou para outras entidades que façam parte da rede de entidades formadoras de Cursos EFA (ANQ, 2007).
Mostrar mais

160 Ler mais

Educação ambiental no contexto da educação básica

Educação ambiental no contexto da educação básica

Para tanto, foram realizadas perguntas sobre conceitos relacionados à EA e, posteriormente, foram feitas práticas numa trilha ecológica que fica nas proximidades do colégio, Jirau Alto. Tais ações foram realizadas no âmbito educacional, por meio da participação dos licenciandos em formação inicial do Curso de Ciências Biológicas, como bolsistas de iniciação à docência, vinculados ao Programa de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID/ Subprojeto de Biologia, juntamente com o Grupo de Pesquisas e Estudos em Educação Ambiental, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Dois Vizinhos (GPEEA/UTFPR-DV).
Mostrar mais

15 Ler mais

A Educação no Contexto das Mudanças

A Educação no Contexto das Mudanças

ajuda aos países mais pobres não tenha caráter assistencial, mas de desenvol- vimento das pessoas. A orientação principal é investir nas pessoas - o capital humano - ,o que, na opinião de Coraggio ( 1996), não entra em choque com os valores da produtividade, pois esse novo enfoque de desenvolvimento pre- ocupa-se tanto com o desenvolvimento do potencial humano quanto com a sua utilização produtiva. Promover o desenvolvimento do homem, nessa con- cepção, significa ampliar a gama de suas opções e oportunidades, para que desfrute uma vida longa e saudável, adquira conhecimento e tenha acesso aos recursos necessários e um padrão de vida decente. Dentro desse espectro, são incorporadas as dimensões econômica, social, política, cultural e ambiental. O conceito de desenvolvimento ultrapassa, portanto, a idéia de crescimento (do mundo econômico) e de educação utilitária (a serviço desse mesmo mun- do econômico), uma vez que inclui preocupações com a saúde, educação, renda e outros componentes, como participação nas decisões político-sociais e zelo pelo meio ambiente (para a sustentabilidade do planeta).
Mostrar mais

20 Ler mais

Abordagem temática freireana para debater a construção social da ciência e tecnologia no contexto da educação básica

Abordagem temática freireana para debater a construção social da ciência e tecnologia no contexto da educação básica

Os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM) englobam as Ciências Sociais. Um dos seus objetivos é fazer que os estudantes tenham contato com conceitos e métodos de Sociologia, Antropologia e Política. Além disso, relacionam-se com questões conceituais e metodológicas da Psicologia, Economia e Direito. Todas importantes para a formação básica do cidadão. Ou seja, estas áreas de conhecimento das Ciências Humanas e Sociais devem contribuir para a relação de conceitos estruturadores da Sociologia. A Sociologia é uma das áreas do conhecimento científico que se organizou mais recentemente, por volta do século XIX. Algumas das metas da “ciência da sociedade” é o entendimento da vida do homem em grupo e a compreensão das normas e fundamentos da sociedade. Sempre houve tentativas de explicar a realidade social. O desenvolvimento da Sociologia, como ciência, teve como requisito o desenvolvimento da sociedade industrial, da ciência como explicação da realidade e maior prestígio do uso da razão. Grandes transformações na sociedade europeia, causadas pela Revolução Industrial, gerou a necessidade de compreensão de vários fenômenos como o êxodo rural, o inchaço das cidades, o desemprego e a violência urbana. A sociologia como ciência foi estimulada por essa necessidade de métodos e técnicas de pesquisa que foram desenvolvidos para a compreensão desses acontecimentos. Além de compreender os fenômenos desejava-se controlá-los. Outro ponto importante foi à busca por separar conhecimento científico e senso comum (BRASIL, 2002).
Mostrar mais

117 Ler mais

Fragilidade de idosos em contexto de vulnerabilidade social

Fragilidade de idosos em contexto de vulnerabilidade social

36 utilizaram os critérios de Fried para avaliar a fragilidade, enquanto que 20 utilizaram o Índice de Fragilidade, proposto pelo Canadian Study of Health and Aging e oito utilizaram a EFE. No entanto, a forma de rastreio da fragilidade para alguns instrumentos ainda não está claro que é uma medida válida de fragilidade em diferentes contextos. O modelo proposto Fried, embora amplamente aceito e utilizado em pesquisas, tem sido criticado como sendo muito dependente de medidas da função física com pouca consideração da saúde mental e das comorbidades. Além de alguns perguntas serem relatadas, seria impróprio tratar algumas condições sem conhecer sua causalidade. Paralelamente, a EFE é composta por questionário de condições clínicas e sociais e tem sido mais utilizada em contexto brasileiro mostrando-se como uma escala adequada à população pesquisada, por ser objetiva e estar em conformidade com o contexto estudado (CESARI et al. 2013). É necessária validação de instrumentos para identificar idosos frágeis, com a intenção de desenvolver estratégias de prevenção no contexto em que o mesmo está inserido.
Mostrar mais

158 Ler mais

O TRABALHO TÉCNICO SOCIAL NO CONTEXTO HABITACIONAL

O TRABALHO TÉCNICO SOCIAL NO CONTEXTO HABITACIONAL

Para facilitar o trabalho com as famílias e a própria participação e comunicação, as mesmas foram divididas em três grandes grupos, em horários e dias diferentes. Nas reuniões, muitos assuntos eram tratados com as famílias, como o significado da moradia 107 para cada um, a gestão comunitária, as relações de vizinhança, e também trazer o real significado de moradia coletiva, ambiente este, de relações de diferentes sujeitos, os quais dividirão um espaço, e requer a prática de direitos e deveres, bem como a tomada de decisões de forma coletiva. Pois, o trabalho social deve estar articulado com ações de natureza socioeducativas, diretamente ligadas aos aspectos socioeconômicos e culturais da população, realidade do local em que se dará a intervenção, interligadas com as políticas públicas entre elas a habitacional. Não há de que se perder de vista que todos os envolvidos no processo estejam, também, articulados, com vistas ao controle social dos programas de moradia.
Mostrar mais

7 Ler mais

CONTEXTO SOCIAL E COMPORTAMENTO INFORMACIONAL :: Brapci ::

CONTEXTO SOCIAL E COMPORTAMENTO INFORMACIONAL :: Brapci ::

O que isto sugere é que cada contexto organizacional ou atividade social gera e requer análise de seu próprio universo distinto de significados e práticas. De acordo com este enfoque, todas as práticas sociais, na medida em que sejam relevantes para o significado ou requeiram significado para funcionarem, têm o seu caráter discursivo. Visto da perspectiva do construcionismo social, atribuímos valor à informação nas práticas discursivas com outros seres humanos e não dentro das nossas cabeças, separados das relações sociais. Em vez disso, a informação é um construto comunicativo que é produzido em um contexto. Isso quer dizer que, no decorrer de suas práticas discursivas, os gestores das organizações fazem afirmações, recusam e aceitam convites, explicam e justificam suas decisões e atitudes e, assim, organizam e produzem a sua realidade social.
Mostrar mais

20 Ler mais

A economia social no contexto das políticas de austeridade

A economia social no contexto das políticas de austeridade

providência pública, relacionada com a concessão de regalias desincentivadoras da autonomia cidadã: “(…) à custa do Estado Social tem-se optado excessivamente pela continuada distribuição de benefícios, muitas vezes fomentadores da habituação e da dependência porque isentos de programas na sua temporalidade para a promoção da autonomia”. (Maia, 2011). O Programa de Emergência Social emerge como resposta neste cenário definido pela austeridade, pela crise e pelos constrangimentos associados. No entanto, o Presidente da CNIS rejeita a acusação de ser um programa assistencialista ou, melhor dizendo, reformula com as suas palavras o conteúdo dessa acusação. Numa conjuntura de grandes dificuldades é necessário “(…) que tudo seja feito por todos e tudo seja usado para ‘assistir’ na minoração do sofrimento de todos aqueles que amargam na angústia dos tempos presentes” (Maia, 2011). A partir desse momento, a conceptualização que é feita do Programa de Emergência Social e, por extensão, da ES como solução para as dificuldades, entra no domínio semântico do alívio, mas não necessariamente da sua correção: “O PES é um valioso instrumento para a atenuação dos sofrimentos. Também para contrariar algum aumento da pobreza e das suas manifestações” (Maia, 2011). Nesse domínio, tais dificuldades e sofrimentos não dependem, essencialmente, de soluções políticas mas sim de um esforço de cariz moral que começa pelos indivíduos e, cuja agregação, produz efeitos virtuosos para toda a sociedade. Esta posição é claramente percetível na reflexão de Lino Maia sobre o rumo, “liberalizante” ou “socializante”, que deve adotar Portugal:
Mostrar mais

74 Ler mais

Show all 10000 documents...