Eficiência da produção

Top PDF Eficiência da produção:

Eficiência da produção agrícola de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo entre as...

Eficiência da produção agrícola de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo entre as...

Para a ponderação da importância relativa do solo sobre a eficiência da produção de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo, utilizando técnicas de geoprocessamento, obteve-se um valor médio de eficiência produtiva para cada município do Estado de São Paulo e para cada ano agrícola. Com base nesse conjunto de valores, fez-se a análise de correlação entre os valores de eficiência e a aptidão do solo, quantificando-se a fração da variabilidade espacial da eficiência de produção agrícola da cana que poderia ser explicada a partir da aptidão dos solos do Estado de São Paulo. Para tanto, as classes de aptidão de solo foram convertidas em valores de 1 a 4, correspondente às classes boa, regular, restrita e inapta, respectivamente. Com isso, criou-se um par de dados compostos pela eficiência e pelo tipo de solo, para cada município e ano agrícola. A análise estatística propriamente dita para o solo foi feita com o método de Spearman (SNEDECOR; COCHRAN, 1982), desenvolvido para análise de correlação de variáveis discretas, como é o caso do solo neste trabalho.
Mostrar mais

120 Ler mais

Eficiência da produção de saúde e desigualdade de renda no estado da Bahia

Eficiência da produção de saúde e desigualdade de renda no estado da Bahia

A análise da eficiência técnica de produção deriva da definição de uma fronteira de produção 24 . Esta fronteira se refere à extensão do modelo de regressão baseado nas premissas teóricas subjacentes à função de produção, ou a sua dual função de custo. Conforme Greene (2008), o modelo de fronteira é um modelo de regressão ajustado segundo as restrições de que todas as observações se encontram dentro de um ideal teórico. As estimativas de fronteira são úteis quando se deseja saber o nível máximo de produto que pode ser alcançado a partir de uma dada quantidade de insumos, ou o mínimo custo que pode ser atingido dados os preços dos insumos. Entretanto, estas também podem ser utilizadas como um benchmarking para comparar os desempenhos de diferentes produtores ou unidades tomadoras de decisão (UTDs) que atuam no mesmo segmento de uma indústria, por exemplo. Isso se dá por meio da mensuração da eficiência da produção ou do custo dessas UTDs. Neste caso, o foco recai sobre os “resíduos” do modelo estimado, para gerar índices de ineficiência da função de produção. Nesse contexto, a escolha da técnica de cálculo utilizada é uma definição fundamental, uma vez que envolve conceitos teóricos e restrições distintas para o termo de erro.
Mostrar mais

130 Ler mais

A EFICIÊNCIA DA PRODUÇÃO CAMPONESA NO BRASIL: ESTUDO COMPARATIVO

A EFICIÊNCIA DA PRODUÇÃO CAMPONESA NO BRASIL: ESTUDO COMPARATIVO

Comparando estes dados com a política de financiamento do Banco Nacional de De- senvolvimento Econômico e Social (BNDES) à agricultura capitalista, não por acaso deno- minada de agricultura comercial pelos órgãos públicos, temos a dimensão do quanto in- significante tem sido o PAA enquanto medida para minimizar os graves problemas que cercam a produção e a comercialização dos pobres do campo. Por exemplo, no caso do finan- ciamento do BNDES ao setor celulose-papel, observamos que nos últimos dez anos esse setor obteve mais de 9 bilhões de reais em financiamentos, R$ 2,3 bilhões somente em 2006. Para Três Lagoas/MS, em 2009 foram destinados R$ 661.285.900,00 à Fibria, ano em que esta se converteu na maior empresa de papel e celulose do Brasil, em vista da incorpo- ração das ações da Aracruz Celulose pela Votorantin Papel e Celulose, graças ao citado aporte de recursos públicos.
Mostrar mais

18 Ler mais

Eficiência da produção de sementes de soja em cinco empresas no Paraguai

Eficiência da produção de sementes de soja em cinco empresas no Paraguai

Analisando os resultados do licenciado 2, observa-se na tabela 2 que os lotes do cultivar TMG 1066 apresentaram mais de 10% de seus lotes com menos de 80%, percentual este utilizado como mínimo para a comercialização das sementes. Apenas no ano agrícola de 2011/12, o licenciado conseguiu obter 14% de seus lotes com mais de 90% de germinação, entretanto neste mesmo ano, mais de 11% de seus lotes possuíam menos de 80% de geminação. Por outro lado, para a cultivar TMG 7161, os resultados foram bons, pois todos os lotes de sementes possuíam mais de 85% de germinação sendo 18% deles com mais de 94%. Isto indica, que os processos de produção de sementes são funções de cultivar, como grau de deterioração de campo, susceptibilidade ao dano mecânico e potencial de armazenamento, entre outras características, conforme Peske, Villela e Meneghello, 2012.
Mostrar mais

27 Ler mais

Fronteira de produção e eficiência técnica da agropecuária brasileira em 2006

Fronteira de produção e eficiência técnica da agropecuária brasileira em 2006

Ainda segundo Porto e Siqueira (1997), com a consolidação do processo de modernização da agropecuária 5 e da complexidade das relações de produção com a integração da pequena produção às agroindústrias, houve um redirecionamento teórico com ênfase na subordinação da pequena produção ao capital ao invés de se situar no campesinato e na pequena produção. Esforços foram envidados no estudo da incorporação de novas tecnologias e do aumento da produtividade dos pequenos produtores e, em conjunto com as novas formas de subordinação da pequena produção ao capital, marcaram o desenvolvimento teórico desse campo de estudo na década de 1980. Esse desenvolvimento teórico culminou, ao final do período, nas noções de integração e exclusão, as quais, quando comparadas ao conceito de campesinato e de pequena produção, introduziram uma polarização na explicação sociológica sobre a pequena produção integrada (tipo agropecuária familiar moderna) face à pequena produção excluída (assentados, barrageiros, sem-terra, entre outros). Esta polarização precedeu um processo de fragmentação do conceito de campesinato ao de pequena produção, que por sua vez foi subdividido em uma multiplicidade de categorias empíricas, face à complexidade do setor rural brasileiro. As novas configurações do meio rural e a complexidade das relações sociais envolvidas na expansão da agroindústria trouxeram uma perda relativa de autonomia conceitual do campesinato e da pequena produção. Rocha (2002) percebeu que o conceito de pequena produção estava, agora, sintetizado no tamanho do estabelecimento rural e este era o elemento mais comum nas discussões sobre sua funcionalidade.
Mostrar mais

214 Ler mais

Condicionantes de eficiência em sistemas de produção de leite de Minas Gerais

Condicionantes de eficiência em sistemas de produção de leite de Minas Gerais

Na mesma linha de pesquisa, Lobato (2009) avaliou a influência dos indicadores técnicos na rentabilidade de 62 propriedades produtoras de leite, distribuídas nas mesorregiões Sul e Vale do Mucuri em Minas Gerais. Os dados corresponderam a três períodos (2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008). De acordo com os resultados encontrados, identificou-se que a região Sul de Minas apresenta sistemas produtivos mais tecnificados, porém com desequilíbrio entre os indicadores relacionados a estrutura de rebanho, produção por vaca, gasto com mão de obra e concentrado. A rentabilidade da pecuária de leite dessa região ainda é muito dependente da variável preço do leite. Já na região Vale do Mucuri, a atividade leiteira é pouco especializada, porém com boa rentabilidade, pois os indicadores técnicos encontram-se em equilíbrio com os econômicos, apesar de haver potencial de crescimento. Tal análise demonstra o grande espectro de sistemas de produção de leite que podem ser viáveis economicamente e como a influência da região interfere na análise da atividade.
Mostrar mais

99 Ler mais

Eficiência econômica e ambiental da produção leiteira em Minas Gerais

Eficiência econômica e ambiental da produção leiteira em Minas Gerais

extensivos, enquanto a segunda foi significativa e com sinal contrário ao esperado, apenas para os produtores intensivos do quantil 0,75. Para os produtores extensivos de menor eficiência, o aumento proporcional de vacas especializadas para a produção láctea em 1 p.p. está relacionada a um aumento de 3,99 p.p. da eficiência técnica – a menor especialização do rebanho leiteiro pode ser uma das causas do menor desempenho técnico para essas produtores, enquanto os demais produtores (extensivos e intensivos) não apresentariam problemas quanto à especialização do rebanho. Por sua vez, maiores variações da produção entre os pe ríodos das “águas” e da “seca” aumentariam a eficiência técnica apenas para os produtores intensivos e de maior eficiência em 18,97 p.p., para cada aumento percentual na variação produtiva em 1 p.p. Nesse sentido, a alimentação fornecida e os retornos à escala desses produtores podem apresentar uma relação e explicar parte desse comportamento inesperado e expressivo. Inicialmente, deve ser lembrado que os produtores do segundo grupo operam predominantemente com retornos decrescentes à escala, como apresentado anteriormente na Tabela 18, ou seja, reduzindo a escala de produção, a eficiência deve aumentar via aumento da produtividade média. Considerando que maiores variações da produção estão associadas à menores produções do rebanho, pelo menos na seca, assim, o aumento da variação pode reduzir a produção e aumentar a produção média do rebanho e a eficiência técnica.
Mostrar mais

171 Ler mais

Eficiência energética e exergética do processo de produção do biodiesel de babaçu

Eficiência energética e exergética do processo de produção do biodiesel de babaçu

O uso de biodiesel cresce de forma significativa em todo o mundo, pois apresenta uma cadeia produtiva com potencial bastante promissor em distintos setores como economia, social e ambiental. Desta forma este biocombustível abre oportunidades de geração de emprego no campo, valorizando a mão de obra rural, bem como no setor industrial corroborando na produção do combustível (HOLANDA, 2004).

10 Ler mais

A eficiência da utilização de recursos públicos no sistema de produção de conhecimento

A eficiência da utilização de recursos públicos no sistema de produção de conhecimento

Wang e Huang (2007) estudaram a eficiência das atividades de I&D através de uma metodologia de três etapas: primeiro aplicaram a metodologia DEA a um conjunto de dois inputs, stock da despesa em I&D 2 e número de recursos humanos em atividades de I&D, e dois outputs, um rácio de patentes, que inclui o número de patentes atribuídos por cada país da amostra aos residentes e o número de patentes concedidas pelos Estados Unidos da América (EUA) a cada país da amostra, e um rácio ponderado sobre o número de publicações científicas. Na segunda etapa utilizam os desperdícios ou ineficiências dos inputs (input slacks), ou seja, a quantidade de inputs que cada país está a consumir a mais do que devia para ser eficiente, como variável dependente numa regressão Tobit para controlar o impacto dos factores exógenos ao sistema. Com os resultados desta segunda etapa é de novo utilizado a DEA para obter eficiências limpas desses factores. A amostra neste estudo é de 30 países.
Mostrar mais

48 Ler mais

A eficiência na produção de biomassa e grãos de aveia pelo uso do nitrogênio.

A eficiência na produção de biomassa e grãos de aveia pelo uso do nitrogênio.

total em relação à dose padrão neste sistema. Ressalta-se que as diferenças de uso nas doses de N dependem da cultura antecessora, da produtividade esperada, do histórico da área e do sistema de manejo (Silva et al., 2012). A produtividade de biomassa e de grãos de aveia se mostra favorecida pelo sistema soja/aveia, reforçando os efeitos decisivos da relação C/N da palhada sobre o solo na produtividade vegetal, afora a redução da dependência de fertilizantes nitrogenados (Silva et al., 2006). Heinemann et al. (2006) observaram que a deiciência de N reduz a captação da radiação solar pelo trigo com relexos diretos sobre a produção de biomassa e de grãos. O déicit hídrico no solo também é decisivo em diicultar os processos envolvidos na nutrição vegetal, mostrando que a produtividade de grãos pela maior eiciência de uso do N pode ser consideravelmente aumentada com adequada umidade no solo (Cazetta et al., 2008).
Mostrar mais

7 Ler mais

Eficiência de produção: um enfoque Bayesiano

Eficiência de produção: um enfoque Bayesiano

de ineficiˆencia t´ecnica entre firmas pela regress˜ao de efeitos de ineficiˆencia preditos, obtidos de uma fronteira estoc´astica estimada, sobre um vetor de fatores espec´ıficos de cad[r]

79 Ler mais

Produção do jogo α.β.γ.game e avaliação de sua eficiência no aprendizado de radiobiologia

Produção do jogo α.β.γ.game e avaliação de sua eficiência no aprendizado de radiobiologia

Outras descobertas sobre as radiações foi sua utilização para os diagnósticos médicos e as suas propriedades nas atividades da indústria e da geração de energia, desde então, vem proporcionando grandes avanços nas áreas industrial e econômica, bem como aperfeiçoando os diagnósticos nas áreas de saúde e possibilitando constatações experimentais em inúmeros ramos da ciência como, por exemplo, na produção de eletricidade. Apesar disso, observamos, também, o lado negro do conceito de radiologia, visto que é um dos conceitos responsáveis pela invenção das bombas atômicas que assolaram grandes áreas e deixaram sequelas em inúmeras famílias, quando não a destruíram (GARCIA, 2002).
Mostrar mais

82 Ler mais

Deteção e eliminação das perdas de eficiência numa linha de produção de enchimento de aerossóis

Deteção e eliminação das perdas de eficiência numa linha de produção de enchimento de aerossóis

Para gestores em ambientes de processo de fabrico, a promoção de melhorias operacionais sustentáveis já não é uma opção – é um requisito para a sobrevivência. No atual mercado global, altamente competitivo, a COLEP tem de se manter à frente dos seus concorrentes. Para isso, e devido à localização pouco estratégica da fábrica em Vale de Cambra, em comparação com os seus concorrentes a nível europeu, devido à distância entre os principais fornecedores e clientes a empresa aposta na eficiência e melhoria contínua como forma de se manter competitiva. Os principais objetivos desta aposta são: o aumento performance das linhas de produção e o aumento da produtividade para que se consiga alcançar um preço de custo mais baixo, mantendo a qualidade nos níveis requeridos.
Mostrar mais

63 Ler mais

Eficiência bioeconômica de estratégias de alimentação em sistemas de produção de leite: 1. Produção por animal e por área.

Eficiência bioeconômica de estratégias de alimentação em sistemas de produção de leite: 1. Produção por animal e por área.

RESUMO - Objetivou-se aplicar um modelo de simulação para avaliação bioeconômica de estratégias de alimentação para rebanhos leiteiros e avaliar a produtividade física e a eficiência bioeconômica de sistemas de alimentação com diversas estratégias de alimentação à base de volumosos para vacas de cinco níveis de produção de leite. Utilizou-se uma plataforma computacional desenvolvida com os programas CNCPS v.5.0 e planilhas eletrônicas do Microsoft Excell ® , de forma a simular a produção e as exigências de nutrientes de uma lactação completa para vacas de diferentes níveis de produção. Foram realizadas análises econômicas em sete estratégias de alimentação. A avaliação da receita subtraída dos custos com alimentação (RMCA) comprovou interação entre a estratégia de alimentação e o nível de produção de leite. As estratégias com alimentação à base de silagem de milho durante a época da seca e pastagens na época das águas resultaram em maiores RMCA para todos os níveis de produção de leite, apesar de as demais estratégias apresentarem resultados próximos dependendo do nível de produção de leite. Nas estratégias avaliadas, quanto maior a produção de leite por vaca maior a produtividade (PROD/ha) e a RMCA por área (RMCA/ha). Quanto maior a capacidade de suporte dos volumosos, ou quanto maior a taxa de lotação que determinada área foi submetida, considerando determinada estratégia de alimentação e determinado nível de produção de leite, maior a PROD/ha e RMCA/ha. Para a RMCA por vaca, volumosos de maior densidade energética resultam em diminuição dos custos de alimentação e aumento da receita por animal. A RMCA/ha é fortemente influenciada pela capacidade de suporte das forrageiras em todos os níveis de produção.
Mostrar mais

11 Ler mais

Avaliação da eficiência da fixação biológica de nitrogênio na produção de feijão

Avaliação da eficiência da fixação biológica de nitrogênio na produção de feijão

A figura 1 retirada do levantamento da (CONAB, 2015) demonstra as principais regiões produtoras de feijão no Brasil. A produção é distribuída pelo país, sendo que Paraná, Minas Gerais e Mato grosso atualmente produzem 62,2% da produção brasileira. Os demais estados produzem juntos 19,2% da produção, ao somar as duas porcentagens, tem-se um total de 82,0%da produção. Deste modo por fazer parte da cesta básica e do consumo brasileiro, juntamente com o arroz, o feijão é um produto que possui a produção mais ajustada ao consumo. A figura 1 ilustra as projeções do Agronegócio citados anteriormente.
Mostrar mais

22 Ler mais

Produção e eficiência no uso de água do feijão comum adubado com biochar

Produção e eficiência no uso de água do feijão comum adubado com biochar

Algumas pesquisas mostram que o biochar tem efeito positivo e outras que não afeta a EUA das culturas. Por exemplo, Lima et al. (2018) apontam para um efeito positivo do biochar na EUA do milho, cultivado em solo arenoso. Em contrapartida, Speratti et al. (2018) não observaram efeito significativo de diferentes tipos de biochar na EUA. Essas diferenças podem ser devido a própria fonte do material (biomassa) que origina os biochars. Na pesquisa de Lima et al. (2018) e na nossa pesquisa, o biochar foi feito de casca de café, o qual possuía elevada ASE, que pode ter reduzido a ET (Figura 1B), e bons teores de nutrientes (Tabela 1), o que pode ter favorecido uma maior produção de biomassa (Figura 1A). Essa combinação, maior produção de biomassa e menor perda de água (ET), resulta numa maior EUA.
Mostrar mais

10 Ler mais

Melhoria da eficiência energética do processo de produção de molas para a indústria automóvel

Melhoria da eficiência energética do processo de produção de molas para a indústria automóvel

Como o valor do PCI é diferente do que foi utilizado para cálculo do consumo de gás natural, a redução foi apenas calculada em relação ao consumo mássico de gás natural (kg/h). Através da tabela 9 verifica-se que é possível reduzir o consumo de gás natural até 21% do que actualmente é consumido na Frauenthal, para isso deverá ser introduzido um permutador de calor que permita aquecer a corrente de ar à entrada até 400 °C e aumentar a eficiência energética do forno para 30%. Verificou-se que é ainda possível aumentar a eficiência energética nos casos estudados com os permutadores de calor contudo estes apresentavam uma diminuição do consumo de gás natural na ordem dos 60%, e uma vez que o simulador não contempla todas as perdas que o processo sofre não se torna viável considerar valores tão elevados de eficiência energética.
Mostrar mais

103 Ler mais

Estratégias para o aumento na eficiência de produção de suínos geneticamente modificados

Estratégias para o aumento na eficiência de produção de suínos geneticamente modificados

de produção com base no genoma para a produção de alimentos. A genética de precisão também aumentará o desenvolvimento de biomateriais terapêuticos e modelos de doenças humanas como recursos para o desenvolvimento de terapias avançadas para pacientes. O uso das nucleases de edição, especialmente as CRISPRs, abriu um leque de possibilidade de outras técnicas para serem empregadas na edição sítio-dirigida, como a microinjeção citoplasmática e a eletroporação de zigotos. Este trabalho teve como objetivo aumentar a eficiência na produção embriões suínos utilizando a clonagem por TNCS selecionando os oócitos de maneira menos subjetiva, aumentando a eficiência na ativação partenogenética pelo uso de quelantes de zinco, e aumentando a produção e qualidade embrionária expondo embriões a um inibidor de desacetilase de histonas (Scriptaid), assim como de desenvolver um protocolo de eletroporação de embriões suínos funcional e repetível para a edição gênica em diferentes loci utilizando CRISPRs combinada com complexos ribonucleoproteicos.
Mostrar mais

129 Ler mais

Uso do LED na eficiência energética e na sustentabilidade da produção de aves

Uso do LED na eficiência energética e na sustentabilidade da produção de aves

Ao minimizar os impactos das variações climáticas para a produção de aves, avanços tecnológicos possibilitaram a expansão no uso do sistema conhecido como dark house, com controle das variáveis, como temperatura, ventilação, pressão e iluminação, em prol do bem-estar animal e do aumento da produtividade avícola. Tendo isso, a pesquisa teve como foco a sustentabilidade energética, com o objetivo de avaliar comparativamente os resultados na produção de aves a partir da substituição das tecnologias na iluminação artificial, sendo avaliados três lotes de aves antes e três lotes em período posterior à substituição do sistema de iluminação por LED. A fim de dinamizar a investigação dos dados, o uso do método de matriz foi empregado como ferramenta de análise, juntamente com testes estatísticos de regressão multivariada. Os resultados demonstraram que a substituição da tecnologia luminosa ocasionou redução no consumo de ração e o aumento no consumo de água. Esse resultado sugere que a tecnologia pode oportunizar mudanças positivas nos índices de conversão alimentar, despertando interesses para novos estudos devido à produção de baixo carbono. E, especialmente na avicultura, a tecnologia demonstrou contribuir com os avanços nos processos produtivos.
Mostrar mais

16 Ler mais

Avaliação de eficiência de catalisador à base de argila na produção de biodiesel.

Avaliação de eficiência de catalisador à base de argila na produção de biodiesel.

UFPR (Universidade Federal do Parana, biodiesel adicionado ao oleo diesel para movimentar onibus urbano em Curitiba), UFRJ (Universidade.. federal do Rio de Janeiro, biodiesel a partir [r]

129 Ler mais

Show all 10000 documents...