Estado de consciência

Top PDF Estado de consciência:

Tomografia Computadorizada Crânio-encefálica – Normas de Orientação Clínica

Tomografia Computadorizada Crânio-encefálica – Normas de Orientação Clínica

queda ou traumatismo na cabeça, mesmo que não violento, particularmente em doentes idosos, seguida de cefaleias ou alterações do estado de consciência (Grau de recomendação I[r]

13 Ler mais

Confiabilidade do instrumento de avaliação da prontidão do prematuro para alimentação oral.

Confiabilidade do instrumento de avaliação da prontidão do prematuro para alimentação oral.

Um instrumento de avaliação da prontidão do bebê prematuro iniciar sua alimentação por via oral e o respectivo guia instrucional, com as definições operacionais dos itens de avaliação, foi desenvolvido e validado em seu conteúdo e aparência por 15 juízes com concordância maior ou igual a 85% (Fujinaga, 2002). Este instrumento consta dos seguintes itens: idade corrigida, estado de organização comportamental (estado de consciência, postura e tônus global), postura oral (lábios e língua), reflexos orais (procura, sucção, mordida e vômito) e sucção não-nutritiva (movimentação e canolamento de língua, movimentação da mandíbula, força de sucção, sucções por pausa, manutenção do ritmo de sucção por pausa e do estado alerta e sinais de estresse) (Fujinaga, 2002).
Mostrar mais

8 Ler mais

Aplicações psicológicas e psiquiátricas da Ayahuasca

Aplicações psicológicas e psiquiátricas da Ayahuasca

Osório e colaboradores, no estudo acima apresentado, referem que, por não ter havido um efeito significante ao nível da BPRS-TD (figura 10), as alterações na percepção sensorial e no pensamento podem não ser essenciais para os efeitos antidepressivos da ayahuasca 160 . Contudo, alguns autores consideram que tanto estas alterações como o set e setting em que a experiência decorre são importantes para que se atinja um nível terapêutico mais elevado. O estudo de Palladino concluiu que a ayahuasca tem potencial para permitir que os voluntários percepcionem a forma como determinados factores ou acontecimentos estão na base das experiências depressivas, permitindo um reforço do alívio sintomático 163 . Santos e colaboradores simularam uma sessão ritual do Santo Daime onde utilizaram uma bebida inócua para obter os resultados psicométricos em baseline 149 . Desta forma, evitou-se que o contexto em que decorreu a toma de ayahuasca funcionasse como factor de confundimento nos resultados. Ainda sobre este estudo, Anderson considera que os benefícios psicológicos obtidos (como a redução do desespero – hopelessness) poderão ser devidos à acção simbiótica entre as alterações do estado de consciência promovidas pela ingestão de ayahuasca e o set e setting 166 . O estudo, anteriormente referido, realizado em três doentes do sexo feminino concluiu também que a melhoria observada na escala HAM-D se verificava conjuntamente com experiências em que os voluntários atingiam, por diversos meios, uma espécie de absolvição ou segurança, que lhes proporcionava bem-estar 151 . Uma das doentes relata ter experienciado
Mostrar mais

83 Ler mais

Validação do conteúdo de um instrumento para avaliação da prontidão do prematuro para início da alimentação oral.

Validação do conteúdo de um instrumento para avaliação da prontidão do prematuro para início da alimentação oral.

Tais itens se referiram aos sinais clínicos do estado de organização comportamental do prematuro (estado de consciência, postura e tônus global, postura de lábios e língua,[r]

9 Ler mais

Autoformação e consciência de classe no Sindicato dos Trabalhadores Gráficos no Estado do Ceará

Autoformação e consciência de classe no Sindicato dos Trabalhadores Gráficos no Estado do Ceará

Essa abertura ao toyotismo implicou em radicais mudanças no modo de produzir do Ocidente, precisando da aderência à acumulação flexível japonesa. Foram, por exemplo, introduzidos os Círculos de Qualidade, a partir dos quais, seguindo os interesses do capital, os trabalhadores passaram a ser estimulados à formação de grupos para discussão e avaliação do desempenho de suas atividades, no intuito de aprimorá- las, a partir da chamada gestão participativa. Essa foi uma forma não utilizada no fordismo de apropriar-se da subjetividade dos indivíduos em serviço, intensificando o trabalho, expandindo as forças produtivas e criando obstáculos para a fomentação da consciência de classe. Isso porque significativa parte dos trabalhadores acaba por convencer-se de que está sendo mais valorizada, agora que “participa das decisões” e, sobretudo, começa a sentir-se cúmplice do processo e, supostamente, menos explorada. Outras transformações ocorreram no âmbito da produção: foi implementado o trabalho em equipe somado à prática multifuncional; articularam-se os princípios do just in time e do sistema kanban, no intuito de alcançar taxas mínimas de estoque; utilizou- se tecnologia de ponta com a automatização da maquinaria; e expandiu-se a terceirização dos serviços, precarizando a força de trabalho. Inaugurou-se, então, um receituário diferenciado, aperfeiçoando a extração da mais-valia.
Mostrar mais

148 Ler mais

Gramsci, Estado e sociedade civil: anjos, demônios ou lutas de classes? — Outubro Revista

Gramsci, Estado e sociedade civil: anjos, demônios ou lutas de classes? — Outubro Revista

Para Gramsci, o Estado não está apenas numa “cúpula”, ainda que assim procure se apresentar. Ao contrário, o Estado capitalista ampliado integra e penetra espaços crescentes da vida social, da mesma maneira que as entidades organizativas – ligadas aos grupos dominantes e/ou aos subalternos – não estão apenas do lado de fora, mas também são incorporadas às definições políticas (e de políticas públicas). Com isso pode conter os impulsos revolucionários dos subalternos (modificando-os e conformando-os através de revoluções passivas) e assegurar as condições de reprodução de uma acumulação capitalista a cada dia mais dinâmica, mais extensa e mais complexa. A delicadeza da análise gramsciana se observa também em sua refinada abordagem das formas de consenso, de produção e disseminação de formas de consciência cuja base essencial é um senso comum, conformado às condições da existência, vivenciadas como natureza humana fixa e enrijecida. O senso comum entretanto contém um núcleo de bom senso fundamental e não deve ser borrado ou reprimido, mas analisado, compreendido e sentido, numa
Mostrar mais

16 Ler mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-graduação em Administração Mestrado Isabel Cristina de Oliveira Alves

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-graduação em Administração Mestrado Isabel Cristina de Oliveira Alves

 Balassiano; Tavares e Pimenta (2011) realizaram uma pesquisa que objetivou identificar estressores próprios do âmbito do trabalho no funcionalismo público no Brasil e Investigar a influência do estresse no ambiente do trabalho de servidores públicos federais. Foi de natureza exploratória, contemplando 242 funcionários públicos federais civis ativos filiados ao Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no estado do Rio de Janeiro. O instrumento de coleta dos dados foi um questionário constituído de duas seções. Os resultados revelaram que apenas o fator emocional presente no ambiente de trabalho nas organizações públicas foi capaz de influenciar o estresse ocupacional psicológico entre os fatores estudados. O fator social merece atenção em investigações futuras sobre o tema, dado o fato de sua significância ter ficado na fronteira em termos de significância. Foram identificados como estressores organizacionais fatores intrínsecos ao trabalho e relacionados ao papel do indivíduo na organização, recompensas no ambiente de trabalho, relações de supervisão no trabalho e estrutura organizacional e clima os quais já haviam sido identificados por Cooper e Marshall (1976).
Mostrar mais

126 Ler mais

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Neste contexto,para orientar a pesquisa apresenta-se neste capítulo, a Sede SEEDUC/RJ com as funções e atribuições dos respectivos gestoresresponsáveis pela elaboraçãodas políticas públicas, instituição de portarias e decretos (atos administrativos) para que haja regulamentação e aplicação das leis educacionais da rede Estadual de Ensino. É importante entender que para fiscalizar, monitorar e controlar toda a rede de ensino no que tange a recursos humanos, rede física, financeira, orçamentária,estes gestores utilizam das Diretorias Regionais, unidades responsáveis pelos colégios estaduais em suas áreas de abrangência. Estas Diretorias permitem mais rapidez, agilidade e dinâmica na coordenação e implantação de políticas públicas noscolégio do estado do Rio de Janeiro.
Mostrar mais

137 Ler mais

MARIA TEREZA GARCIA TEIXEIRA FORMAÇÃO DE GESTORES ESCOLARES NO ESTADO DE GOIÁS: O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

MARIA TEREZA GARCIA TEIXEIRA FORMAÇÃO DE GESTORES ESCOLARES NO ESTADO DE GOIÁS: O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Para o cumprimento da quinta etapa, conforme o artigo 46 da referida Portaria, a participação no curso de especialização era obrigatória, sendo exigida a frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária do curso. Já o artigo 49 dispõe sobre a exoneração do diretor, vice-diretor e secretário geral, caso se comprove, “I - a não conclusão do curso de especialização para gestores de educação pública” (GOIÁS, 2011b), dentre outras situações. Sobre esse aspecto é importante ressaltar que, apesar da iniciativa do governo em oferecer um curso de formação continuada, em nível de especialização, para os gestores escolares da rede estadual, com o objetivo de melhorar a qualidade da educação no estado, o oferecimento do curso se deu de forma obrigatória e top/down, ou seja, de cima para baixo. Com relação a exoneração do servidor, a Coordenadora do Curso não soube informar se o que estava previsto na Portaria foi efetivado pela SEDUCE/GO.
Mostrar mais

127 Ler mais

Resumen La interdependencia entre estado y MST en la constitución de un asentamiento de reforma agraria

Resumen La interdependencia entre estado y MST en la constitución de un asentamiento de reforma agraria

95 Desse modo, por meio desse conjunto de aspectos sociais e ambientais contidos nesse espaço, evidenciou-se que a rede de interdependência que configura a constituição do Assentamento Santa Rosa é originária de um entrelaçamento de relações entre as instituições do Estado da esfera de governo federal e em maior grau da esfera estadual, presentes em Tupanciretã (Banco do Brasil, INCRA, EMBRAPA, EMATER e Gabinete de Apoio a Reforma Agrária e Cooperativismo no governo estadual entre os anos de 1999- 2002), agentes dentro do próprio MST em âmbito nacional, regional e local (assentados, técnicos e dirigentes junto as suas cooperativas e a organização no assentamento), o contexto social e político de Tupanciretã, além das características socioambientais do Assentamento. Assim os agentes sociais que estão engajados em um campo têm um certo número de interesses em comum e a tudo aquilo que vincula-se a própria existência do campo, configurando relações de cumplicidade objetiva subjacente a todos os possíveis antagonismos (BOURDIEU, 1989).
Mostrar mais

16 Ler mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Denis Anísio Socorro Carvalho

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Denis Anísio Socorro Carvalho

Segundo Dejours e Abdoucheli (1990), o sofrimento físico é causado pelas condições de trabalho relacionadas com as condições ergonômicas, físicas, mecânicas, químicas e biológicas, que atingem diretamente o corpo dos trabalhadores. Nielsen e Piassa (2012) confirmam essa teoria em estudo realizado com professores públicos do estado do Paraná, salientando que o esgotamento físico está relacionado com o excesso de atividades e com as condições de trabalho. É perceptível que a categoria esgotamento físico está relacionada com a categoria ambiente físico do contexto do trabalho, que, no caso dos servidores da Secretaria de Administração, conseguiram deixar de forma explícita o sofrimento em relação às condições de trabalho, enquanto os membros da Educação, de certa forma, escondem o sofrimento nas melhorias estruturais, feitas nos últimos três anos. Entretanto, cabe registrar que as estruturas eram precárias e que as sequelas das condições de trabalho estão aparecendo depois de 15 a 25 anos de trabalho, através de doenças que atingem o corpo e a mente dos servidores.
Mostrar mais

117 Ler mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA FISCAL: ÓTICA DOS JOVENS EMPREENDEDORES DA REGIÃO DE SÃO ROQUE DE MINAS (MG)

EDUCAÇÃO FINANCEIRA FISCAL: ÓTICA DOS JOVENS EMPREENDEDORES DA REGIÃO DE SÃO ROQUE DE MINAS (MG)

66 própria realidade na qual o indivíduo está inserido, acarretando a promoção de uma vida digna e feliz, e na qual as adversidades financeiras sejam uma oportunidade de reavaliar e ajustar a forma como seu capital é gerido a longo prazo, deixando para trás comportamentos fracassados de tornar as instabilidades da economia um motivo para culpar terceiros, como o Estado e bancos, e de centralizar somente nas desestruturações que essa causa aos setores públicos.

13 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

A presente dissertação objetivou a elaboração de uma proposta de intervenção para minimizar a defasagem de aprendizagem de Matemática em uma Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) no estado do Ceará. A partir de um caso de gestão, foram investigadas as condições de trabalho com a disciplina na instituição educacional para a proposição de alternativas à superação do problema encontrado. Esse recorte se justificou pelo fato de a autora deste trabalho, no início da pesquisa, ter sido gestora da EEEP em análise e, por isso, verificado que a defasagem de aprendizagem, especialmente em Matemática, pode se configurar como um dos principais entraves à implementação dos cursos profissionalizantes na escola. A fim de obter informações para descrever e analisar o caso, a investigação teve como metodologia o uso de entrevistas com roteiros semiestruturados e pesquisa documental. Ao final da descrição do caso no capítulo 1, levantou-se como hipóteses dois os elementos centrais que influenciam na existência do problema: a organização e as responsabilidades do trabalho da equipe gestora e o papel da gestão escolar na formação e no auxílio à atuação docente. No capítulo 2, o problema foi analisado levando-se em consideração esses dois elementos. A análise dos dados foi feita a partir da perspectiva de alguns autores: Heloísa Lück, Henry Mintzberg, Thelma Polon, José Carlos Libâneo, Márcia Lima, Ana Maria Falsarella, Sérgio Lorenzato, Plínio Moreira e Fernando Almeida. Desse modo, no capítulo 3, apresentou-se uma proposta de intervenção que consiste em ações para redefinir as atribuições da equipe gestora e organizar o seu trabalho, a fim de que a gestão possa atuar na formação e no auxílio à atuação docente, com foco no professor de Matemática. Dessa forma, nos limites desta investigação, proposições foram consideradas como uma tentativa de contribuir para superar a defasagem de aprendizagem em Matemática na escola pesquisada.
Mostrar mais

110 Ler mais

Os mecanismos neurais subjacentes às experiências envolvendo sensopercepção e abordagens terapêuticas centradas no corpo

Os mecanismos neurais subjacentes às experiências envolvendo sensopercepção e abordagens terapêuticas centradas no corpo

Ao percebermos um evento como sendo uma possível ameaça, nossos corpos e mentes entram no primeiro estágio (fase de ativação) de um ciclo de ativação-descarga: nossos músculos tornam- se tensos, nossa respiração se acelera, assim como nossos batimentos cardíacos, e começamos a procurar pela fonte ou origem do possível perigo. Se localizarmos a origem do perigo e percebemos ser uma ameaça real, entramos então no segundo estágio, ainda dentro da fase de ativação: mobilizados, nossos corpos e mentes começam a produzir adrenalina e cortisol, os dois componentes químicos primários que nos dá energia para fugir ou lutar. No terceiro estágio nós descarregamos esta energia, realizando a ação defensiva apropriada - literalmente, fugindo ou lutando. No quarto e último estágio do ciclo de ativação-descarga, a descarga se completa quando o sistema nervoso, não mais ativado, retorna ao seu estado de equilíbrio. Se formos sobrecarregados pela ameaça e fugir ou lutar é impossível, instintivamente empregarmos um terceiro plano de ação diferente dos dois anteriores - luta ou fuga), que é a resposta de imobilidade ou congelamento. Os animais que sobrevivem a um ataque utilizando-se da resposta de congelamento simplesmente permitem a finalização do ciclo através da descarga do excesso de energia. (LEVINE,2000, apud apostila relativa à formação desta abordagem)
Mostrar mais

128 Ler mais

EDUCAÇÃO INTEGRAL NO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA REALIDADE NO ENSINO MÉDIO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

EDUCAÇÃO INTEGRAL NO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA REALIDADE NO ENSINO MÉDIO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

agreste pernambucano, no município de Caruaru, localizado a 120 km da capital Recife. De acordo com o censo de 2010, a cidade tem 314.912 habitantes (IBGE, 2011). A região na qual se encontra é caracterizada pelo desenvolvimento do comércio e de empreendimentos industriais. Caruaru dispõe de duas universidades públicas, a Universidade de Pernambuco (UPE), que oferece os cursos de Sistema de Informação e Administração, e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com os cursos de graduação em diversas áreas, como Pedagogia, Administração, Design, Engenharia Civil, Ciências Econômicas, Engenharia de Produção e Licenciaturas em Física, Química e Matemática. Além disso, a cidade sedia faculdades privadas, como a Associação Caruaruense de Ensino Superior (ASCES), a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (FAFICA), a Faculdade do Vale do Ipojuca (FAVIP) e a Faculdade Maurício de Nassau (UNINASSAU). Essas instituições de ensino superior fazem de Caruaru um polo estudantil do agreste do estado, atraindo um grande número de estudantes oriundos das cidades e estados vizinhos.
Mostrar mais

99 Ler mais

ESTRESSE OCUPACIONAL: estudo com gestores de um hospital público regional do estado de Minas Gerais

ESTRESSE OCUPACIONAL: estudo com gestores de um hospital público regional do estado de Minas Gerais

Em seguida aborda-se estresse e seu contexto geral: tipologias de estresse, estresse ocupacional, fontes de tensão no trabalho, sintomas de estresse, estratégias de enfrent[r]

162 Ler mais

Consciência da temporalidade e temporalidade da consciência.

Consciência da temporalidade e temporalidade da consciência.

Apesar disso, explicitando-se histórica, axiológica e verbalmente, a consciência permanece em si mesma (e para si mesma) uma questão muito controvertida (De Waelhens, 1961). Basta pensar no tema do campo de consciência, em que este se constitui a partir de uma proto-experiência que nasce da tensão extrema entre o motus e o objeto: tensão na qual a consciência desdobra seu poder ordenador, abrindo-se ao mundo. Nesse campo de presença, instintos, pulsões e emoções são integrados numa “estrutura temporal” que exige a “presença” do sujeito. Em condições normais, a consciência se torna constituinte, transformando, o tempo todo, a perspectiva em favor de uma estrutura “facultativa” e uma “disponibilidade” que são propriedade do sujeito e supõem dinâmicas verticais de campo (Maldonato, 2004). Nesse sentido é possível falar de um nível normal de vigilância, isto é, de um estado de clareza entre o sono e a hiper-vigília que favorece a possibilidade, especificamente humana, de entabular um diálogo consigo mesmo, perfeitamente consciente da própria condição normal e patológica. É desse modo que a estrutura da consciência pode ter acesso à autonomia de sua organização e se tornar o “modo” de nosso “corpo vivenciado” (Straus, 1956).
Mostrar mais

16 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd – CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd – CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Pode-se observar um movimento de valorização da formação do PACTO na publicação da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Santos Dumont, município que integra a jurisdição da SRE/JF e por esta é atendida. Em seu edital 002/2014 que trata da contratação temporária de servidores – processo seletivo simplificado para o ano de 2015 – estabelece como critério de classificação para os professores que atuarão em turmas de Educação Infantil e anos iniciais do ensino fundamental no tópico 4.1.3 A, Quadro I, e para os supervisores pedagógicos no tópico 4.1.7 A, Quadro I, a possibilidade de apresentação do certificado da formação do PACTO 2013 como formação continuada. Em errata, acrescenta a certificação realizada por outras IEs além da UFJF que, na região da SRE/JF, foi a instituição que capacitou as redes municipais. Isto porque outras Universidades o fizeram em outras regiões do Estado e a Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) realizou a formação de toda a rede estadual. Contempla, assim, profissionais que tenham mudado de região ou de unidade federativa, indo morar e trabalhar no município de Santos Dumont. O certificado equivale a quatro pontos, o que se apresenta como um diferencial para a classificação dos professores, podendo garantir o contrato a quem o apresentar.
Mostrar mais

185 Ler mais

Comparação entre o ensino tradicional e o ensino tradicional com reforço por módulos, com ênfase na possível influência de valores e características sócio-econômicas no rendimento escolar

Comparação entre o ensino tradicional e o ensino tradicional com reforço por módulos, com ênfase na possível influência de valores e características sócio-econômicas no rendimento escolar

na.. A CON 111 acredita que a consciência política das pessoas é manipulada pelo Estado Corporativo, que lhes mo difica a concepção de suas necessidades e lhes [r]

108 Ler mais

A LIBERDADE RELIGIOSA AO LONGO DA HISTÓRIA PORTUGUESA  Rogério Magnus Varela Gonçalves

A LIBERDADE RELIGIOSA AO LONGO DA HISTÓRIA PORTUGUESA Rogério Magnus Varela Gonçalves

Portugal adotou a laicidade do Estado, porquanto a Carta Magna estabelece que as igrejas e outras comunidades religiosas estão separadas do Estado (art. 41º, item 4). Em consequência, não admite que ninguém seja perseguido, privado de direitos ou isento de obrigações ou deveres cívicos por causa das suas convicções ou prática religiosa (art. 41º, item 3). Essa laicidade identifica a República portuguesa como um Estado pluralista e incompetente para julgar em matéria religiosa. Não obstante seja um Estado impotente para discernir o fenômeno religioso, eis que não possui competência funcional para essas temáticas, deve ser capaz de proclamar e assegurar a dignidade da pessoa humana. Deve, portanto, garantir o direito à liberdade religiosa, não apenas no âmbito individual, mas também em sua vertente social. Nessa perspectiva, o Estado laico português deve focar sua atenção não numa religião em particular, mas sim no reconhecimento da dignidade da pessoa humana, bem como no desenvolvimento, na preservação e na proteção de um sistema jurídico consagrador do direito à liberdade religiosa (NUNES, 2005, pp. 320/321).
Mostrar mais

37 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados