Estilos de Gestão de Conflitos

Top PDF Estilos de Gestão de Conflitos:

A inteligência cultural e a ideologia ética nos estilos de gestão de conflitos

A inteligência cultural e a ideologia ética nos estilos de gestão de conflitos

A personalidade é a causa do comportamento individual e das próprias diferenças individuais (Whitworth, 2008), o que leva a que os indivíduos respondam a situações de conflito utilizando um estilo de gestão de conflitos de acordo com a sua personalidade (Ahmed et al., 2010; Antonioni & Park, 2007; Callanan et al., 2006; De Dreu, Evers, Beersma, Kluwer, & Nauta, 2001; Ejaz, Iqbal, & Ara, 2012; McIntyre, 2007; Moberg, 2001; Wood & Bell, 2008). Embora a personalidade seja preponderante em relação à utilização de determinado estilo de gestão de conflitos (McIntyre, 2007; Lim, 2009), não explica no entanto todo o processo de conflito (Kaushal & Kwantes, 2006; Park & Antonioni, 2007). Ora tal sucede porque o estilo de gestão de conflitos dominante de um indivíduo determinado por um instrumento, nem sempre corresponde ao estilo que o indivíduo utiliza quando se depara com um cenário real de conflito (Callanan et al., 2006; Callanan & Perri, 2010; Sportsman & Hamilton, 2007). Em suma, os estilos de gestão de conflitos resultam da interação entre as características da personalidade de cada indivíduo e das capacidades que este adquiriu ao longo do seu processo de socialização (Navarro-Abal, Climent-Rodriguez, & Fernández- Garrido, 2012).
Mostrar mais

91 Ler mais

Estilos de Gestão de Conflitos e Clima de Segurança do Doente

Estilos de Gestão de Conflitos e Clima de Segurança do Doente

No entanto, é relevante constatar que os participantes utilizam os 5 estilos de gestão de conflitos porque todos os estilos de gestão de conflitos são úteis em certas situações, não havendo um estilo certo e único para todos os casos (Rahim & Bonoma, 1979; Simpao, 2013), ou seja, uma estratégia que é altamente eficaz numa situação pode ser ineficaz noutras (Dimas, 2007; Dimas et al., 2005). Assim é favorecida a seleção do estilo adequado com base nas caraterísticas dos conflitos (Simpao, 2013) e em função das circunstâncias que se apresentam, na medida em que cada situação é única e requer uma resposta específica (Dimas & Lourenço, 2011; Van de Vliert et al., 1999), Contudo, a preferência pelo uso da colaboração é uma mais valia, uma vez que, é considerada essencial à prestação de cuidados de saúde de elevada qualidade (Almost et al., 2016; Fox & Reeves, 2015). Embora requeira disponibilidade de tempo e seja um trabalho árduo, gerir o conflito de forma colaborativa ajudará as equipas a desenvolver valores compartilhados e o aprendizado necessário para que sejam sustentados, enquanto se mantêm envolvidos no processo de atingir os seus objetivos (Kalishman, Stoddard, & O’Sullivan, 2012). A colaboração pode também combater a potencial fragmentação dos cuidados de saúde mediante as desigualdades entre profissionais, as quais desafiam a realização bem sucedida dos objetivos positivos de abordagens interprofissionais para oferecer cuidados centrados no doente (Fox & Reeves, 2015).
Mostrar mais

157 Ler mais

Configurações de estilos de gestão de conflitos: sumário pormenorizado da aula

Configurações de estilos de gestão de conflitos: sumário pormenorizado da aula

Ao longo da aula ainda analisaremos, quando tal se revelar pertinente, a articulação entre estilos de gestão de conflito e conduta e entre estilos e género, as quais constituem aspectos pertinentes e de interesse científico actual, apresentando breves apontamentos neste domínio, e preconizando já a ponte com a negociação enquanto forma essencial de gestão construtiva de conflitos (e que constituirá, precisamente, a unidade lectiva seguinte). Também aqui nos propomos realizar uma leitura preambular de uma questão que se articula densamente com um conjunto mais vasto de variáveis, num quadro global de compreensão psicossocial dos conflitos nas sociedades contemporâneas globalizadas.
Mostrar mais

16 Ler mais

Identificação de táticas e estratégias para a resolução de conflitos através do estudo de casos passados

Identificação de táticas e estratégias para a resolução de conflitos através do estudo de casos passados

Pode ser determinante para resolver um conflito, obter conhecimento referente a interações sociais sendo este a base para prestar apoio em situações conflituosas. No entanto, muito pouca atenção é dada às interpretações sociais da rede, na adoção de estratégias para gestão de um conflito. O principal objetivo será então identificar as partes integrantes da rede correlacionadas com a sua performance negocial e como isto pode ser formalizado. Foi feita uma experiência em que foi tentado agilizar toda os aspetos relevantes da interação entre o individual e o ambiente que ocorreu num ambiente sensorial (onde os contextos também foram monitorizados). Esta pesquisa foca-se especificamente na ideia que um sistema inteligente pode criar cenários que aumentam as possibilidades de atingir um resultado positivo tendo em conta o papel das relações sociais contextualizadas em várias estratégias de gestão de conflitos. 330 A informação textual recolhida no CIAB, posteriormente analisará os diversos estilos
Mostrar mais

178 Ler mais

Legitimidade e representatividade em conselhos gestores : uma análise do Conselho Municipal de Cultura do Rio de Janeiro de 2007 a 2015

Legitimidade e representatividade em conselhos gestores : uma análise do Conselho Municipal de Cultura do Rio de Janeiro de 2007 a 2015

No que concerne a reforma estrutural de espaços culturais, foi feito pelo então Secretário um “malabarismo orçamentário” (CALERO, 2018), já que a Secretaria não previa verba para esse tipo de ação. Como exemplo, o fechamento da linha de fomento para projetos museológicos em contrapartida da reforma do Museu da Cidade que se encontrava fechado por falta de condições estruturais. A Secretaria percebia que a sua rede de equipamentos culturais “era robusta e madura o suficiente e precisava ser reformada fisicamente” (CALERO, 2018). Dentro dessa percepção criou-se a linha de fomento chamada Recultura que reformou os teatros Ziembinsky, o Dyla de Sá e o Serrador, todos integrantes da Rede Municipal de Teatros – que não teve o seu modelo de gestão alterado como pretendia Sá Leitão. Além disso, as lonas culturais que se encontravam deterioradas foram reformadas, como o caso da Lona Cultural Hermento Pascal.
Mostrar mais

99 Ler mais

Alkali-activation of tungsten mining waste mud blended with waste glass: reactivity, performance and innovative applications

Alkali-activation of tungsten mining waste mud blended with waste glass: reactivity, performance and innovative applications

This study evaluated the results to produce alkali-activated binders (AAB) by blending tungsten mine waste mud (TMW) and fine waste glass (WG) activated with a composition [r]

9 Ler mais

Manual de Contagem de Hidratos de Carbono na Diabetes Mellitus para profissionais de saúde – Normas de Orientação Clínica

Manual de Contagem de Hidratos de Carbono na Diabetes Mellitus para profissionais de saúde – Normas de Orientação Clínica

O método de contagem de HC permite uma flexibilização da alimentação, sendo mesmo possível no nível avançado uma grande liberdade de escolha dos horários das refeições, sua composição e tipo de HC ingeridos. No entanto, esta liberdade não deverá minimizar os cuidados para a adoção de uma alimentação saudável. Assim sendo, será necessário garantir o conhecimento destes conceitos que deverão ser integrados nas rotinas de cada um. De igual modo será necessário reforçar o ensino dos cuidados específicos tais como prevenção e/ou tratamento das hipoglicemias, gestão da alimentação na atividade física, cuidados na dislipidemia, hipertensão arterial ou outros.
Mostrar mais

44 Ler mais

GESTÃO GERENCIALISTA E ESTILOS DE VIDA DE EXECUTIVOS.

GESTÃO GERENCIALISTA E ESTILOS DE VIDA DE EXECUTIVOS.

estilos de vida de los ejecutivos?”. Por lo tanto, el objetivo de este estudio fue comprender qué elementos del gerencialismo promueven la reproducción de estilos de vida de los ejecutivos. Se adoptó como método la historia de vida, de dos ejecutivos, los cuales estuvieron basados en entrevistas profundas. El análisis fue realizado a la luz de una literatura consistente, que permitió la observación de una clase de elementos que promueven la reproducción de los estilos de vida de los ejecutivos. Estos elementos son: el glamour del mundo ejecutivo, la pre- sión cotidiana en el trabajo; la despersonalización del trabajador, quien es eva- luado en base a resultados e índices; y la relación con la familia, estrechamente ligada a la lógica de la gestión. Al verse el individuo seducido por el glamour, el gerencialismo se transforma en una máquina de producción y de control social, debido a sus estilos de vida, no solamente a una parte de la vida. Este aspecto en cierta medida, infunde características y sentimientos compensatorios que enmas- caran el dolor o incluso mecanismos de poder y dominación que existen en esa corriente gerencial.
Mostrar mais

25 Ler mais

A cidade industrial - reabilitação e renovação de identidade: caso de estudo: tinturaria Petrucci

A cidade industrial - reabilitação e renovação de identidade: caso de estudo: tinturaria Petrucci

Ao longo da observação do edifício foram encontrados vários elementos que quer pela sua beleza estética, quer pelo seu papel no significado da história se achou c[r]

89 Ler mais

Neoliberalismus, Bildungsreform, Halbbildung (Neoliberalism, Educational Reform, Semiformation)

Neoliberalismus, Bildungsreform, Halbbildung (Neoliberalism, Educational Reform, Semiformation)

Wenn Kompetenz gerade darin aufgeht, sich frei zu machen vom problematisierenden Vernunftgebrauch, von aller individualisierenden Zuwendung und Zueignung, wenn sie [r]

13 Ler mais

Brasilien in Afrika: Globaler Geltungsanspruch und Rohstoffe

Brasilien in Afrika: Globaler Geltungsanspruch und Rohstoffe

Afrikapolitik im Zeichen globaler Ansprüche Seit seinem Amtsantritt im Januar 2003 hat Präsi- dent Lula da Silva der brasilianischen Außenpolitik eine globale Dimension verliehen, um de[r]

8 Ler mais

O autor anónimo: a invisibilidade do tradutor no contexto português

O autor anónimo: a invisibilidade do tradutor no contexto português

Tal  como  o  primeiro  excerto  citado  em  epígrafe  indica,  a  constituição  de  um  corpus  depende em larga medida do objectivo para o qual é constituído. Dado que o objectivo  de [r]

157 Ler mais

Inequality in Europe

Inequality in Europe

An even more dramatic picture of absolute inequality emerges if one compares the average per capita income of the richest and poorest national quintiles in Europe. As is evident in Ta[r]

8 Ler mais

Uma abordagem distribuída para o SLAM visual

Uma abordagem distribuída para o SLAM visual

Na imagem de entrada atual observada pelo robô, novos pontos de referência do ambiente podem ter sidos detectados, nesse caso, coordenadas 3D com a localização no sistema de coordenadas [r]

81 Ler mais

Abertura de capital como alternativa para o financiamento da infraestrutura portuária  brasileira

Abertura de capital como alternativa para o financiamento da infraestrutura portuária brasileira

A estrutura de capital dos portos brasileiros é um tema de extrema relevância para a economia de transportes. As fontes de financiamento adotadas impactam diretamente na gestão destas empresas, que por sua vez, está absolutamente relacionada à eficiência operacional encarregada de suprir as demandas crescentes no Brasil. Com a busca pelas alternativas de capitalização diferentes do endividamento, a abertura de capital é apresentada como uma sugestão passível de aplicação ao caso brasileiro, que demonstra carência de investimentos segundo estudo realizado pelo IPEA. Para o instituto, há a necessidade de cerca de quarenta e dois bilhões de reais para a colocação dos portos nacionais em condições minimamente aceitáveis aos padrões internacionais, quantia esta, muito maior do que o um bilhão e meio aplicado entre esforços públicos e privados no ano de 2008. Como principal base para esta pesquisa, está o caso chinês, que demonstra o sucesso da privatização dos portos, que figuram entre os mais eficientes do mundo, sem praticamente esforço por parte do governo. As doutrinas societárias, bem como a teoria de decisão de investimento, o custo do capital, além dos modelos e métodos existentes para a promoção desta abertura, também constam entre as premissas da proposta em questão, precedendo o novo modelo societário proposto. Os objetivos que buscam pela confirmação da hipótese principal, que insere a iniciativa privada na estrutura societária dos portos, são confirmados através do levantamento dos custos referentes ao endividamento e a privatização, além da evidência externa ao Brasil e experiências em outros setores como aviação e exploração de rodovias.
Mostrar mais

78 Ler mais

Die Hymnischen Stücke im Amosbuch

Die Hymnischen Stücke im Amosbuch

Eine wesentliche Botschaft des Amosbuches in seiner Endgestalt einschließlich der hymnischen Stücke ist es, dass die gesellschaftlichen Verwerfungen, die in der Sozialkritik einschließ[r]

11 Ler mais

SEXUALITÄT UND MACHT. EINE LEKTÜRE VON 1 KOR 6,12-20 IM KONTEXT DES IMPERIUM ROMANUM

SEXUALITÄT UND MACHT. EINE LEKTÜRE VON 1 KOR 6,12-20 IM KONTEXT DES IMPERIUM ROMANUM

Seine Argumentation in 1 Kor 6,12-20 basiert auf seiner Analyse der römischen Herrschaft und ihres Interesses an der käuflichen Sexualität, die Menschen ökonomisch, sozial, vor allem [r]

13 Ler mais

„ICH SCHREIBE DAS NICHT, UM EUCH ZU BESCHÄMEN“ (1 KOR 4,14): BESCHÄMUNG UND SCHAM IM KONTEXT ANTIKER GENDERDISKURSE UND IN DEN PAULINISCHEN GEMEINDEN

„ICH SCHREIBE DAS NICHT, UM EUCH ZU BESCHÄMEN“ (1 KOR 4,14): BESCHÄMUNG UND SCHAM IM KONTEXT ANTIKER GENDERDISKURSE UND IN DEN PAULINISCHEN GEMEINDEN

Doch bezieht sich die Aussage die Angesprochenen nicht beschämen zu wollen, tatsächlich auf die Art und Weise, wie er seine Inhalte vermitteln möchte, damit sie als Ermutigung und Moti[r]

19 Ler mais

Núcleo de estudos avançados de regulação do sistema financeiro nacional

Núcleo de estudos avançados de regulação do sistema financeiro nacional

No intuito de evitar a manutenção de domicílio bancário, a regulação deve possibilitar ao EC solicitar, eletronicamente ou por escrito, o levantamento do ônus da trava de domicílio ba[r]

23 Ler mais

Show all 10000 documents...