Estrutura Organizativa

Top PDF Estrutura Organizativa:

A projeção de uma estrutura organizativa utilizando a ferramenta de gestão de projetos um estudo de caso sobre o evento executive/The projection of an organizational structure using the project management tool a case study on the executive event

A projeção de uma estrutura organizativa utilizando a ferramenta de gestão de projetos um estudo de caso sobre o evento executive/The projection of an organizational structure using the project management tool a case study on the executive event

As atividades de gerenciamento de projetos estão, cada vez mais, sendo discutidas no ambiente das instituições privadas ou públicas. A gestão orientada por projetos tem como objetivo tornar o produto ou serviço mais visível quanto seus aspectos qualitativos, no que diz respeito a prazos, orçamentos, etc. Visando esse fim, esta pesquisa teve como proposta analisar a forma de organização e estratégias utilizadas no Evento Acadêmico Executive - realizado pelos Alunos do Curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Do Estado Do Pará, sob a óptica das ferramentas de gerenciamento de projetos, por meio do guia de conhecimento em gerenciamento de projetos - PMBOK. O trabalho foi realizado em etapas metodológicas, das quais, destaca-se a pesquisa bibliográfica das temáticas de Gerenciamento de Projetos e Eventos e coleta de dados documentais sobre o Executive. Logo, foi verificado que a formulação da estrutura do evento sob essa óptica indicou possíveis benefícios em sua estrutura organizativa, como a elaboração de um plano de gerenciamento de escopo e um plano de gerenciamento de Recursos Humanos além de sua maior amplitude de controle e visualização de andamento de seus processos.
Mostrar mais

23 Ler mais

FAMILY OFFICE: estrutura organizativa de gestao de riqueza familiar

FAMILY OFFICE: estrutura organizativa de gestao de riqueza familiar

O presente artigo analisou publicações sobre o tema family offices (estruturas organizativas que administram a riqueza da família e prestam todo tipo de serviços para as mesmas). Esta estrutura organizativa pode ser utilizada como parte do plano de governança familiar. Family offices surgiram, inicialmente, para auxiliar as famílias no gerenciamento do produto gerado pelo negócio: a riqueza. Atualmente, os family offices podem prestar todo o tipo de serviço profissional. Os resultados encontrados mediante a análise realizada permitem concluir que há pouca pesquisa científica sobre family office, tanto nacional, quanto internacionalmente. Analisou-se uma amostra de 37 (trinta e sete) artigos, dos quais, 32 (trinta e dois) são de autoria internacional e 5 (cinco) são de autoria nacional. Os artigos foram escritos no período de 2001 a 2011. Há um predomínio de trabalhos opinativos (sem apresentar rigor científico) abrangendo 70% (setenta por cento) da amostra. Apenas 5% (cinco por cento) apresentam abordagem empírica. Esses resultados demonstram que há uma lacuna a ser preenchida com pesquisas empíricas sobre family office tanto no Brasil, quanto no exterior.
Mostrar mais

13 Ler mais

As razões da esquerda radical PCB, PSTU e PSOL: estrutura organizativa e objetivos políticos

As razões da esquerda radical PCB, PSTU e PSOL: estrutura organizativa e objetivos políticos

No primeiro capítulo, tratamos da teoria que cerca a ação dos partidos de esquerda radical para o âmbito político, procurando desvendar os reais objetivos da participação destes. Por que, mesmo com consecutivos insucessos eleitorais, esses partidos não alteram sua plataforma política, seu discurso etc. Repousaremos sob a teoria da tática e estratégia que os radicais utilizam para o processo eleitoral. Posteriormente, levantamos hipóteses que podem vir a nortear a participação deles. A primeira, através da análise da relação direção partidária – estrutura organizativa, tenta verificar se as teorias de Michels (1982) e Panebianco (2005) corroboram a premissa de que as direções se utilizam de sua posição privilegiada no interior do partido para conseguir ganhos particulares, ao “manipularem” as diretrizes partidárias. A segunda hipótese sugere que a participação da esquerda radical no processo eleitoral tem valor secundário com relação ao terreno sindical, no qual os radicais têm perspectivas melhores de inserção no cenário político nacional. A terceira teoria ou hipótese baseia-se na formulação de Downs (1999) e sugere que alguns partidos participam do pleito eleitoral para se contrapor ao partido mais forte (número de eleitores, parlamentares e estrutura logística) do mesmo espectro político. Conforme a perspectiva downsiana, os partidos de esquerda radical seriam uma espécie de partido de “chantagem” em relação ao PT. Como não conseguem competir pelos votos no cenário político atual, utilizam esse campo político para tentar, através de críticas e denúncias, frear o PT em seu avanço mais ao centro do espectro político-ideológico.
Mostrar mais

134 Ler mais

Validação da escala de autoconceito e autoestima para pré-adolescentes (EAAPA) e análise da estrutura organizativa do autoconceito

Validação da escala de autoconceito e autoestima para pré-adolescentes (EAAPA) e análise da estrutura organizativa do autoconceito

Este estudo teve como objetivo a análise das propriedades psicométricas de uma escala de autoconceito e autoestima e da estrutura organizativa do autoconceito em pré-adolescentes. Participaram 774 estudantes Portugueses do 5º e 6º anos de escolaridade, que responderam a uma escala que avalia sete dimensões específicas do autoconceito (competência escolar, competência atlética, aceitação social, aparência física, competência a língua materna, competência a matemática, comportamento) e a autoestima. As análises fatoriais confirmatórias demonstraram a multidimensionalidade do autoconceito sendo o modelo bi-fatorial com dois fatores globais (autoconceito académico e não académico) aquele que apresentou um melhor ajustamento aos dados. Este modelo tem a vantagem de integrar características estruturais do autoconceito que em estudos anteriores foram consideradas incompatíveis.
Mostrar mais

17 Ler mais

Assistência humanizada e estrutura organizativa. A necessária interface: a experiência do grupo de trabalho de humanização em um hospital de Belo Horizonte

Assistência humanizada e estrutura organizativa. A necessária interface: a experiência do grupo de trabalho de humanização em um hospital de Belo Horizonte

Este trabalho é o resultado de um estudo em um hospital público localizado em Belo Horizonte. Nele buscou-se verificar como se dá a relação e / ou compatibilidade entre a estrutura organizacional desse hospital e o Grupo de Trabalho de Humanização, tendo como referência a configuração criada pelo Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar posteriormente ratificada pela Política Nacional de Humanização, sendo ambos propostos pelo Ministério da Saúde. A proposta do Ministério teve como expectativa resgatar a humanização da assistência à saúde. Nos hospitais participantes das referidas propostas do Ministério da Saúde, esse grupo deve ser constituído pelos empregados do próprio hospital, preferencialmente lideranças representantes das diversas categorias funcionais e de níveis hierárquicos existentes na sua estrutura organizacional, competindo-lhe a responsabilidade de conduzir o Programa / Política de Humanização dentro do hospital, o que demanda autonomia, liberdade e responsabilidade. Para tal, além do estudo teórico, foi realizado um estudo de caso no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, utilizando- se, como instrumentos de coleta de dados, entrevistas semi-estruturadas, aná lise de documentos e, complementarmente, a observação. Os dados coletados foram tratados de forma descritiva, tendo como estratégia a abordagem qualitativa. Observou-se que, embora existindo compatibilidade entre a estrutura organizacional do hospital em estudo e a proposta do Ministério da Saúde, o Grupo de Trabalho de Humanização do hospital - Comissão de Humanização – não conseguiu avanços significativos no que diz respeito à implementação do referido Programa / Política de Humanização, restringindo-se mais à compilação dos projetos com ações humanizadoras já existentes no hospital, à implementação de novas ações mais pontuais, contribuindo para conferir maior evidência ao tema no HC/UFMG. Observou-se, ainda, que a Comissão de Humanização não foi efetivamente incorporada à estrutura organizacional do hospital, que não sofreu modificações com a sua inserção, atuando de forma desconectada, já que não existe um acompanhamento sistematizado de sua atuação por parte de seu corpo diretivo e gerencial. No entanto, viu-se que a Comissão tem sua atuação limitada pelos recursos materiais, financeiros e humanos do hospital, que só lhe são liberados mediante autorização da diretoria.
Mostrar mais

175 Ler mais

Administração pública angolana: a estrutura organizativa à luz da Constituição de 2010

Administração pública angolana: a estrutura organizativa à luz da Constituição de 2010

Ao longo dos séculos, os povos bantu deram origem a vários grupos étnicos, alguns dos quais, ainda, existentes. Foi no sec. XIII que surge a primeira entidade política conhecida na história de Angola como o reino do Congo que se estendia desde o Gabão ao norte, até ao rio kwanza, ao sul e do atlântico a oeste, ao rio Cuango a leste. O poder estava nas mãos dos mani, aristocratas que ocupavam posições chave no reino e que respondiam hierarquicamente perante o poderoso rei do Congo. Em 1482 chegaram ao Congo (foz do rio Zaire) as caravelas portuguesas comandadas por Diogo Cão. Seguiram-se outras expedições que levaram ao estabelecimento de relações entre os dois Estados. Os portugueses traziam armas de fogo e uma religião (católica), em troca, o rei do Congo oferecia-lhes escravos, marfim e minerais. Pouco tempo depois o rei do Congo se convertia ao cristianismo e adoptara uma estrutura política semelhante à dos europeus ao ponto de tornar-se uma figura muito popular na Europa, recebendo correspondência do papa 98 .
Mostrar mais

113 Ler mais

Estructura organizativa para la optimización de las investigaciones sociales de la radio y de la televisión  en Santiago de Cuba

Estructura organizativa para la optimización de las investigaciones sociales de la radio y de la televisión en Santiago de Cuba

, a partir de uma perspectiva qualitativa, a modelação de uma estrutura organizativa em função da otimização do trabalho do sistema de investigações sociais para o sistema de rádio e televisão em Santiago de Cuba. Expõe-se em primeira instância a caracterização desse sistema e posteriormente o desenho de uma equipe de investigação que se encarregue de tais fins. Este estudo, de caráter explicativo, permite analisar as relações fáticas existentes no Sistema de Investigações Sociais nos meios de comunicação, sua composição, funcionamento e o efeito que tem no desempenho e ento do objeto social dos meios, o que permite criar uma estrutura dirigida à otimização de dito
Mostrar mais

20 Ler mais

A influência da estrutura de controle nas decisões de estrutura de capital das companhias brasileiras.

A influência da estrutura de controle nas decisões de estrutura de capital das companhias brasileiras.

nas companhias brasileiras sugerem que quanto maior for a lucratividade hist´orica da empresa, menor ser´a a utiliza¸c˜ ao de recursos de terceiros. Os ind´ıcios encontra- dos por Soares e Procianoy (2000), embora sem significˆ ancia estat´ıstica, indicaram que as empresas brasileiras seguem uma ordem pr´e-determinada nas decis˜ oes de estrutura de capital, que condiz com a abordagem de pecking order. Do mesmo modo, Eid Jr. (1996), em um estudo realizado sobre o comportamento das em- presas em rela¸c˜ ao ao custo e `a estrutura de capital, identificou a existˆencia de um grande n´ umero de empresas (40%) que segue uma hierarquia de capta¸c˜ ao pr´e-determinada, conforme a teoria de pecking order. Gomes e Leal (2001) encon- traram o melhor n´ umero representativo das decis˜ oes de estrutura de capital no mercado brasileiro at´e o presente momento (R 2 ajustado de 0,28). Neste estudo a rentabilidade e a oportunidade de crescimento apresentaram rela¸c˜ ao negativa com a vari´avel dependente, enquanto que a composi¸c˜ ao dos ativos, positivamente relacionada, e o setor industrial, sem significˆ ancia estat´ıstica. A vari´avel tamanho e risco apresentaram coeficiente positivo, contradizendo as hip´oteses sustentadas pela teoria financeira.
Mostrar mais

26 Ler mais

A estrutura trófica da ictiofauna de riachos reflete a estrutura física do habitat?

A estrutura trófica da ictiofauna de riachos reflete a estrutura física do habitat?

As comunidades biológicas dos ecossistemas fluviais são compostas por organismos adaptados às condições regionais, incluindo o ambiente físico e os recursos alimentares. Mudanças no clima, na vegetação e no uso do solo influenciam as características físicas e químicas desses ambientes e, consequentemente, afetam também o conjunto de espécies presente na comunidade (ALLAN & CASTILLO, 2007). Uma das alterações mais comuns em ecossistemas aquáticos é a supressão da vegetação ripária, que afeta direta e indiretamente as suas comunidades (BOJSEN & BARRIGA, 2002; LORION & KENNEDY, 2009). A estrutura trófica das comunidades é um dos aspectos que podem ser afetados por tais alterações (LORION & KENNEDY, 2009), mas cujos efeitos e mecanismos ainda são pouco conhecidos (ESTEVES et al., 2008).
Mostrar mais

55 Ler mais

A ESTRUTURA AMARRADA SOMOS NÓS

A ESTRUTURA AMARRADA SOMOS NÓS

Tentei falar sobre o vídeo que vi, eles trocaram algumas palavras que não entendi e parou o carro na entrada da cidade, na casa de uma senhora, onde havia uma placa, um cartaz, que sin[r]

22 Ler mais

ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO

ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO

Nos termos do nº1 do artigo 4 do Regulamento de Segurança Social Obrigatória, são obrigatoriamente abrangidos os trabalhadores por conta de outrem, nacionais e estrangeiros [r]

18 Ler mais

A perversão como estrutura.

A perversão como estrutura.

O seminário Sainte-Anne teve A estrutura perversa como tema para o ano 1966. O texto aqui publicado é a reprodução literal da exposição por mim pronunciada em dezembro de 1966 para fechar o ciclo de palestras. Teria sido sem dúvida desejável que tivesse sido dada uma forma mais adequada à publicação e que tivesse sido corrigido o que é mais apropriado para uma expressão oral do que para uma forma escrita. Era essa a minha primeira intenção; mas me dei conta de que eu estava muito próxima e muito ligada ao meu próprio texto para ser capaz de tomar a distância necessária para essa finalidade. Eu podia apenas deixar o texto tal qual estava ou me pôr a escrever um outro. Escolhi a primeira solução – uma solução mais fácil, talvez. Mas tive receio, caso adotasse a segunda solução, de ser tentado a suprimir tudo o que neste texto indica os pontos que, dentro da conceituação que proponho, ficam no estágio da interrogação.
Mostrar mais

27 Ler mais

Estrutura organizacional

Estrutura organizacional

ticas não previstas pelo regramento forma.l e vice-versa. Dizemos que as variáveis reais para as quais não existem regras em correspondência con~.. Deste modo, podemos dizer que a estrut[r]

137 Ler mais

A estrutura da mat´

A estrutura da mat´

O estudo das descargas em gases, durante o final do s´eculo XIX, foi um dos cap´ıtulos mais marcantes da F´ısica. Foi a partir dele que se descobriram o el´etron e os raios X. O debate cien- t´ıfico em torno deste tema teve o m´erito inicial de colocar na ordem do dia a discuss˜ ao acerca da natureza da luz. Ambas foram descobertas que tiveram, historicamente, um papel essencial na compreens˜ao da estrutura da mat´eria e da F´ısica Atˆomica.

56 Ler mais

Estrutura & História.

Estrutura & História.

profundidadeentre final dos anos de 1940 e 1990 tendo como principais expoentes Claude Lévi-Strauss que consolida a sua teoria estruturalista inspirada na linguística estrutural na Françae Marshall Sahlinsinfluenciado pelo marxismo e estruturalismo demonstra empiricamente possibilidades de ressignificações na estrutura. Trata-se de um debate profundo e profícuo, travado não somente entre antropólogos e historiadores, mas também, no seio da disciplina com ressonâncias em várias antropologias nacionais, dentre elas, a antropologia que produzimos no Brasil. 5 Neste sentido, a intenção do presente artigo é discorrer sobre as ligações entre estrutura e história a partir das perspectivas estruturalista francesa e culturalista norte- americana, focalizando as interlocuções teóricas entre Claude Lévi-Strauss e Marshall Sahlins entre o final dos anos 1940 e ao longo dos anos 1990 do século XX.
Mostrar mais

16 Ler mais

Clivada de SER e Estrutura Enfática com Mas SER: Uma mesma estrutura ou estruturas diferentes?

Clivada de SER e Estrutura Enfática com Mas SER: Uma mesma estrutura ou estruturas diferentes?

Baseada nestas observações, a estrutura que a autora sugere é que SER é gerado dentro de um FocP, no qual o núcleo (Foc) é nulo e o especificador é ocupado por SER. A justificação da autora para colocar SER na posição de especificador e não em núcleo é SER servir como um elo de ligação entre informação nova e velha e introduzir informação nova. Isto sugere que, ao enfatizar o elemento focalizado, deverá ser examinado como um especificador e não como um núcleo. Apesar de SER concordar em tempo e aspeto com o verbo em T e em pessoa e número com o elemento focalizado, a autora afirma que SER perdeu as suas propriedades semânticas como verbo. Esta autora refere ainda que SER não concede a interpretação de foco ao constituinte focalizado, mas que enfatiza ou intensifica a atribuição de foco. Portanto, Méndez Vallejo (2009b: 257) afirma que tanto o focalizador SER como o núcleo de FocP constituem a estrutura de foco.
Mostrar mais

84 Ler mais

BC0102 Estrutura da Matéria

BC0102 Estrutura da Matéria

Como a velocidade das moléculas aumenta se aumenta a temperatura, para impedir o aumento de pressão, o volume do gás deve aumentar, para que menos moléculas se choquem com as paredes do [r]

62 Ler mais

ESTRUTURA DA MATÉRIA APRESENTAÇÃO

ESTRUTURA DA MATÉRIA APRESENTAÇÃO

 Não existem partículas formadas por um único quark e até o momento não temos evidência de hádrons compostos por mais de 3 quarks.  Os quarks da primeira família (up e down) são os q[r]

81 Ler mais

Estrutura multidimensional dos Meliponídeos ()

Estrutura multidimensional dos Meliponídeos ()

O problema geral examinado neste traba- iho é o de organizar um número finito de obje- tos em agrupamentos coerentes, tendo como núcleo de informação, para isso, [r]

13 Ler mais

Sala de aula - Estrutura

Sala de aula - Estrutura

Câmbio do dólar: pela manhã, o Banco Central vendeu US$ 1,076 bilhão no mercado futuro para conter a alta da moeda norte-americana.. Brasília – Apesar das intervenções do Banco Central[r]

8 Ler mais

Show all 4932 documents...