Formação acadêmica

Top PDF Formação acadêmica:

A sexualidade na formação acadêmica do enfermeiro.

A sexualidade na formação acadêmica do enfermeiro.

Este estudo teve como objetivo analisar como se dá a construção da sexualidade na formação acadêmica de estudantes de Enfermagem. Foi realizado com 14 estudantes de um curso de graduação em Enfermagem do Rio Grande do Sul. O método caracterizou-se por pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados pela técnica do grupo focal no período de maio a junho de 2009. Para a sua interpretação foi aplicada a análise temática. No que tange à formação acadêmica do enfermeiro em relação à sexualidade, esse assunto tem sido tratado a partir de um caráter de eventualidade e informalidade e abordado sob um enfoque de neutralidade, proibições e assexualização. Recomenda-se que a sexualidade seja tratada como assunto de estudo na Enfermagem e como fenômeno inerente a todo o ser humano.
Mostrar mais

7 Ler mais

A intuição na formação acadêmica do administrador

A intuição na formação acadêmica do administrador

A presente dissertação procura identificar se a intuição, sendo um importante componente das decisões administrativas, está presente na formação acadêmica dos administradores e como ela se manifestaria nesse contexto. Para o estudo foi realizada pesquisa de campo, por meio de 44 questionários mistos com os professores da EBAPE/FGV. Os dados foram tratados quantitativamente, com a construção de tabelas que nos permitiram inferir sobre o assunto, e qualitativamente, utilizando o método de análise do conteúdo. O estudo identifica que a intuição está presente no processo decisório e na tomada de decisão gerencial, porém sem ter seu desenvolvimento consubstanciado na formação acadêmica do administrador. Desse modo, é necessário um repensar na construção do conhecimento e no ensino administrativo, possibilitando uma formação acadêmica mais holística, que atenda aos anseios e as necessidades da sociedade, com rigor e relevância.
Mostrar mais

100 Ler mais

Formação acadêmica e seu vínculo à práxis no Serviço Social

Formação acadêmica e seu vínculo à práxis no Serviço Social

que objetifica o mundo social, corre o risco de negligenciar o ser essencialmente envolvido naquelas estruturas sociais que constituem o âmbito de sua intervenção, próprio ao Assistente Social. Aí, o espaço social apresenta-se como horizonte intransponível dentro do qual temos de movimentar-nos. Trata-se de um horizonte não estável, senão processante, que vive da construção e reconstrução permanentes das relações sociais e ao qual, cada um, mesmo sem se dar conta disso, contribui com seu agir. Compreender este âmbito do agir inclui, portanto, um compreender-se a si mesmo como ator nele envolvido. Neste sentido, as ações profissionais, interessadas na solução, ou pelo menos no manejo de problemas sociais, têm de levar em consideração essa mútua interdependência entre conhecimento teórico-objetivo da realidade e um saber que nasce somente de e na intervenção profissional nesta mesma realidade. Chegamos aí a uma característica importante do Serviço Social, a saber, sua necessária capacidade auto-reflexiva enquanto profissão, frente às experiências práticas com um espaço social que se recusa ser entendido como mero objeto do conhecimento. Ao que tudo indica, trata-se de uma relação complexa entre conhecimento teórico e a práxis profissional; uma relação que deveria influenciar também a articulação das demandas a serem respeitadas na formação acadêmica dos profissionais.
Mostrar mais

8 Ler mais

A disciplina de Libras no contexto de formação acadêmica em fonoaudiologia.

A disciplina de Libras no contexto de formação acadêmica em fonoaudiologia.

Tendo em vista que os cursos de graduação em Fonoaudiologia iniciaram a inclusão da disciplina de Libras enquanto obrigatória, em seus currículos, a partir de 2005 e que tal processo encontra-se em desenvolvimento, ressalta-se a importância de estudos que ofereçam elementos que contribuam para a apreensão a análise de como tal disciplina vem sendo inserida na formação do fonoaudiólogo. Nessa direção, esse artigo tem por objetivo analisar a inserção da disciplina de Libras em cursos nacio- nais de graduação em Fonoaudiologia, enfocando carga horária, período em que é ofertada, a natu- reza/estrutura da mesma; bem como, a avaliação de graduandos quanto à contribuição de tal disci- plina na sua formação acadêmica e nas relações estabelecidas com sujeitos surdos.
Mostrar mais

7 Ler mais

CONTRIBUIÇÃO DA TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO ACADÊMICA DO DEFICIENTE VISUAL

CONTRIBUIÇÃO DA TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO ACADÊMICA DO DEFICIENTE VISUAL

RESUMO: Nos últimos anos, o avanço da tecnologia tem facilitado o desenvolvimento do deficiente visual, encorajando seu ingresso e atuação no ambiente acadêmico. Este trabalho, no formato de estudo de caso, analisa a contribuição da tecnologia na vida acadêmica do deficiente visual, identificando os principais benefícios proporcionados pela sua utilização e os obstáculos ainda existentes nesse contexto. Este estudo de caso apresenta as tecnologias importantes à formação acadêmica do aluno deficiente visual e discute as tecnologias assistivas oferecidas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), estabelencendo comparativos com o Karlsruher Institut für Technologie (KIT), na Alemanha.
Mostrar mais

6 Ler mais

O impacto da extensão universitária sobre a formação acadêmica em Odontologia.

O impacto da extensão universitária sobre a formação acadêmica em Odontologia.

Especificamente para o campo acadêmico, verifica-se uma preocupação crescente com o modelo formador do profissional em saúde, na qual, cada vez mais, se configura a necessidade de profissionais aptos a contribuírem com a sociedade num contexto de profundas mudanças, não somente em seu próprio campo profissional, mas, também, nos campos político e social (Costa, 2007). Neste sentido, a extensão universitária assume o papel de potencializadora desta relação, por meio da diversificação de cenários e metodologias de aprendizagem, implementando novos espaços de discussão, análise e reflexão das práticas no cotidiano do trabalho e dos referenciais que as orientam (Ferreira Fiorini, Crivelaro, 2010; Ceccim, 2005; Feuerwerker, Costa, Rangel, 2000), reafirmando, ainda, o seu compromisso na formação acadêmica humana e social.
Mostrar mais

10 Ler mais

A importância do PET-Saúde para a formação acadêmica do enfermeiro.

A importância do PET-Saúde para a formação acadêmica do enfermeiro.

As atividades produzidas por esse grupo têm alcançado a interação en- tre ensino e serviço, contribuindo efetivamente na formação acadêmica, no espaço de atenção à saúde e, principalmente, na sociedade, gerando novos olhares para as necessidades de saúde dos sujeitos. Portanto, impulsionam a responsabilidade e o compromisso dos diferentes atores, componentes do programa, desenvolvendo potencialidades para enfrentar limitações, criando possibilidades e soluções cabíveis para a melhoria na qualidade dos serviços de saúde. Dessa forma, verifica-se que essa dinâmica contribui para a formação de um novo perfil de profissionais de saúde, mais qualificados e preocupados com suas responsabilidades sociais.
Mostrar mais

11 Ler mais

Formação acadêmica em serviço: avanços, resistências e contradições de um grupo de professores de ciências.

Formação acadêmica em serviço: avanços, resistências e contradições de um grupo de professores de ciências.

Com o propósito de colaborar no entendimento das relações estabelecidas entre a prática docente e os conhecimentos constituídos em processo de formação acadêmica em serviço, foi realizada, entre 2004 e 2006, uma pesquisa com um grupo de docentes participante de um curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Os dados foram obtidos por meio de questionários, entrevistas e observações. Os resultados revelaram que o processo formativo teve grande impacto sobre seus freqüentadores. Tomando-se como referência os fundamentos teórico-metodológicos presentes no projeto do curso, notou-se que o grupo apresentou avanços, resistências e contradições e que a pretensão de formar professores reflexivos não foi plenamente alcançada visto que, em muitos aspectos, os docentes continuaram dependentes de uma fonte externa capaz de lhes oferecer conhecimentos prontos.
Mostrar mais

17 Ler mais

A experiência na extensão popular e a formação acadêmica em fisioterapia.

A experiência na extensão popular e a formação acadêmica em fisioterapia.

urante muito tempo, o envolvimento em atividades de exten- são foi marginalizado enquanto atividade acadêmica. Isso se dava, em parte, por uma visão equivocada que considerava a ex- tensão como uma atividade desenvolvida por docentes que não tinham vocação ou titulação para fazer pesquisa. Nos últimos anos esse quadro vem se modificando no cenário brasileiro. O número de programas, projetos e cursos de extensão vem se ampliando, passando a contar, in- clusive, com financiamento do governo federal.

12 Ler mais

Os conhecimentos necessários à formação acadêmica em consultoria secretarial

Os conhecimentos necessários à formação acadêmica em consultoria secretarial

Segundo Silva, a Matriz Curricular “[...] deve ser organizada de tal forma que o aprendizado numa etapa anterior possa ser utilizado como suporte e ponto de partida para uma etapa subsequente, com a finalidade de que haja a evolução do aluno na sua formação profissional” (2003, p. 36). Vale salientar que o currí- culo não se trata apenas de um programa de conteúdos, mas de um percurso a ser realizado para que assim se atinjam os marcos estabelecidos para a formação do indivíduo (FRANCO, 2010). Para completar esse pensamento, o autor fala do currículo como uma forma de poten- cializar saberes escolares para o vasto conhecimento do mundo, fazendo assim a escola-vida e não somente uma forma de compreensão da vida; superando a lógica utilitarista, ressignificando a integração dos saberes, tornando-se um instrumento para articular respostas didáticas, peda- gógicas e políticas ao processo de ensino. Adota-se aqui, a definição de Silva e Pacheco (2005), por trazer uma asso- ciação pautada em competências como uma aquisição de conhecimentos, possi- bilitando a preparação do indivíduo para
Mostrar mais

15 Ler mais

Trabalho e formação acadêmica: estudo inicial

Trabalho e formação acadêmica: estudo inicial

Compreender a multirrepetência do aluno-traba- lhador apenas pelo viés da sua situação econômica e da falta de tempo para o estudo seria deturpar ideologi- camente a questão, poi[r]

6 Ler mais

A formação acadêmica em Naturologia no Brasil

A formação acadêmica em Naturologia no Brasil

@ABCDEFGDHAIJKCLGMIFANCDOPCMCPAHAQIPRHSTIAHOHNURGOHACRAVHLFPIWIX YGHAZIA[PHDGW\A]PHLIFXDCANCAFRACDLFNIAOIRAHJPHZYUZOGHAZHOGIZHW^AOWHDX DG_OHNIAOIRIABCDEFGDHANCDOPGLGMH^ANCAZHLFPC`HAEFHZL[r]

10 Ler mais

Psicólogos no processo de reforma psiquiátrica: práticas em desconstrução?.

Psicólogos no processo de reforma psiquiátrica: práticas em desconstrução?.

Um levantamento da bibliografia acerca desses profissionais nesse campo nos mostra que a sua atuação está pautada em um modelo de atendimento predominantemente clínico e preferencialmente individual, com pouca ênfase na realidade sociocultural de onde os usuários provêm, bem como nas peculiaridades decorrentes disso. Outras questões apontadas são a falta de articulação da prática com as demandas sociais e dificuldades em relação o trabalho multidisciplinar (Benevides, 2005; Dimenstein, 2001 e 2004; Lima, 2005). Sendo assim, interessou-nos mapear as ações que esses profissionais têm desenvolvido cotidianamente nos CAPSs. Especificamente, propusemo-nos pensar as relações entre as práticas e as ideias que norteiam a reforma; conhecer sua formação acadêmica e a forma como se percebem enquanto trabalhadores do campo da saúde mental, de modo a traçar, pela via da inspiração cartográfica, um mapa de como esses elementos produzem os territórios onde se concretiza o trabalho.
Mostrar mais

9 Ler mais

Interdisciplinaridade no ensino em saúde: o olhar do preceptor na Saúde da Família.

Interdisciplinaridade no ensino em saúde: o olhar do preceptor na Saúde da Família.

saberes dizem respeito, sobretudo, à capacidade de trabalhar na perspectiva da interdisciplinaridade. O conhecimento de outras profissões proporciona a ampliação do olhar dentro do campo da saúde e, consequentemente, a construção integrada de um novo saber. Saber, por sua vez, elaborado pela intersecção das diferentes categorias profissionais. Esta integração das disciplinas/profissões só pode ser compreendida de forma mais concreta quando a teoria e a prática interdisciplinar estão vinculadas. Desse modo, o cenário de prática, durante a formação acadêmica dos discentes, é o lugar privilegiado para compreender a interdisciplinaridade, especialmente quando este cenário é a ESF, um dos campos de operacionalização dos princípios e diretrizes do SUS.
Mostrar mais

14 Ler mais

A gestão por competência e a inserção de egressos de Administração da Faciplac

A gestão por competência e a inserção de egressos de Administração da Faciplac

Formação acadêmica passa a não significar uma garantia de emprego. A garantia do emprego está diretamente relacionada com a qualificação pessoal e profissional em conjunto. É importante se ter em mente que aprender nos dias de hoje não significa só estudar e concluir um curso de graduação, mas sim estar aberto a aprender em todos os momentos da vida porque, o conhecimento adquirido, nunca é demais, ele torna-se um diferencial na busca de novas oportunidades num mercado de trabalho cada vez mais concorrido.
Mostrar mais

12 Ler mais

A metaficção na criação de  Natália , de Helder Macedo

A metaficção na criação de Natália , de Helder Macedo

O que Macedo mostra, no princípio do livro, é que Natália inicia a escrever sua história em um estilo literário, que ela logo acaba por descartar ao apagar as primeiras linhas do seu livro, para então recomeçar sua escrita em uma maneira mais despojada, seguindo os conselhos dados pelo entrevistado. Logo, Helder Macedo, desde o início, procura negar que o que lemos é uma obra literária. Quando Natália percebe que está começando a escrever seu livro como um escritor tradicionalmente faria, o que seria natural levando em conta sua formação acadêmica, ela desiste dessa forma de escrita e volta ao zero, para só então reiniciar a escrever mais informalmente.
Mostrar mais

5 Ler mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP

em grupo. A tese aponta para o fato de que, embora a reforma psiquiátrica preconize o atendimento interdisciplinar, o que inclui a atuação fonoaudiológica nestes serviços de saúde, a presença do fonoaudiólogo é ainda muito restrita quantitativamente. Observa-se que a inserção do fonoaudiólogo atualmente é realizada em grande parte nos CAPS infantojuvenis, porém já se observa sua inserção em CAPS com atendimento adulto, marcando a abertura da área para estes profissionais. Dentre as demandas dos sujeitos com transtornos mentais, os problemas de linguagem convocam, prioritariamente, o fonoaudiólogo a contribuir com sua especificidade nas equipes dos CAPS. Conclusão: Diante dos resultados obtidos, pode-se observar que a inserção/atuação dos fonoaudiólogos nos CAPS do estado de São Paulo não é efetiva, sendo, ainda, muito restrita quantitativamente e realizada em grande parte nos CAPS infantojuvenis. Sugere-se que os currículos de graduação em Fonoaudiologia invistam na formação acadêmica destes profissionais, propiciando a aquisição de conhecimentos e experiências práticas no campo da saúde pública de maneira geral, bem como na saúde mental em particular, com vista a contribuir para a promoção, inserção e atuação mais efetiva do fonoaudiólogo nestes serviços.
Mostrar mais

126 Ler mais

AS HABILIDADES SOCIAIS COMO FATORES ALIADOS ÀS PRÁTICAS DO PROFESSOR

AS HABILIDADES SOCIAIS COMO FATORES ALIADOS ÀS PRÁTICAS DO PROFESSOR

essa colocação é muito ampla e vaga (BATISTA; LUZ; BRUM, 2015). Pesa sobre o mesmo a responsabilidade de ser referência de conduta para seus alunos, e suas contribuições vão desde a formação acadêmica de seus alunos até a formação de indivíduos socialmente competentes e ajustados. Desde muito cedo ao ingressar na escola e iniciar sua vida acadêmica, a criança está sob os cuidados e ensinamentos de seus professores, que fazem a mediação entre o aluno e os diversos saberes, contribuindo tanto para a formação acadêmica quanto social destes, e isto se estenderá até os mais elevados graus de formação de nível superior nas diversas áreas do conhecimento. Em outras palavras pode-se então concluir que o professor tem um importante papel no desenvolvimento do presente e das futuras gerações, pois dirige os alunos no processo do saber, estimulando seu desenvolvimento pessoal e intelectual (SOARES; OLIVEIRA; BATISTA, 2017).
Mostrar mais

11 Ler mais

Representações da profissionalidade docente da educação básica : perspectiva de estudantes de Pedagogia de São Luís - MA

Representações da profissionalidade docente da educação básica : perspectiva de estudantes de Pedagogia de São Luís - MA

Convém salientar que o compromisso do professor vai além da sala de aula, é um compromisso político que se integra às questões sociais e pedagógicas, utiliza a avaliação como diagnóstica e formativa, efetiva uma formação contínua e condizente com as necessidades, promove o desenvolvimento pessoal, busca solução para os problemas detectados, responsabiliza-se pelas derrotas, escolhe conteúdos significativos e procedimentos de ensino que despertem no aluno atitudes compatíveis com a sociedade globalizada. Assim, tais atitudes abrangem um compromisso maior do que simplesmente estar presente em sala de aula. Pode-se dizer que também um compromisso político, técnico e ético com o fazer da profissão. Para Correia (1991) a profissão docente é uma profissão de alto risco que se dá pela complexidade dos espaços sociais, das intervenções e pelo fato de manipularem e produzirem o que se localiza entre o certo e o incerto, entre o simples e o complexo, entre o determinado e o aleatório. Isso exige do professor sua inclusão num processo de produção de identidade profissional que lhe permita reordenação dos espaços sociais e simbólicos onde ela se estrutura, passando pela procura de novas modalidades de exercício profissional. Além do mais, trabalhar com um envolvimento histórico e sociocultural de tantas pessoas traz uma condição singular, que comporta uma alta dose em habilidade de tramitar dentro desse contexto. Nessa perspectiva, observa-se nas falas dos entrevistados, abaixo a convicção de que ser professor é muito mais do que o aprendido apenas na formação acadêmica, é ser um educador com valores, ser pai, ser mãe, trazendo, assim, a complexidade da ação do docente.
Mostrar mais

112 Ler mais

AMANDA VIRGÍNIA OLIVEIRA ALENCAR PRODUÇÃO DE FENO NA EMPRESA INTEGRAL AGROINDUSTRIAL, LOCALIZADA NO PERÍMETRO IRRIGADO BAIXO-ASSÚ, RN

AMANDA VIRGÍNIA OLIVEIRA ALENCAR PRODUÇÃO DE FENO NA EMPRESA INTEGRAL AGROINDUSTRIAL, LOCALIZADA NO PERÍMETRO IRRIGADO BAIXO-ASSÚ, RN

O estágio realizado na empresa Integral Agroindustrial foi fundamental para minha formação acadêmica por colocar em prática o que foi visto em sala de aula e ap[r]

32 Ler mais

Show all 10000 documents...