Geração de Entulho - Edificações - Campina Grande

Top PDF Geração de Entulho - Edificações - Campina Grande:

Contribuição ao diagnóstico da geração de entulho da construção civil no município de Campina Grande, PB.

Contribuição ao diagnóstico da geração de entulho da construção civil no município de Campina Grande, PB.

Existe, apenas, um aterro oficial para a recepcao dos residuos em Campina Grande, e o acelerado processo de adensamento urbano e o distanciamento das construcoes do unico aterro da cid[r]

111 Ler mais

Diagnóstico da geração e composição dos  resíduos de construção e demolição na cidade  De Campina Grande – PB.

Diagnóstico da geração e composição dos resíduos de construção e demolição na cidade De Campina Grande – PB.

Zordan (1997) afirma que o entulho processado pelas usinas de reciclagem pode ser utilizado como agregado para concreto não estrutural, a partir da substituição dos agregados convencionais (areia e brita), sendo que as principais vantagens desta utilização são: Utilização de todos os componentes minerais do entulho (tijolos, argamassas, materiais cerâmicos, areia, pedras, etc.), sem a necessidade de separação de nenhum deles; Economia de energia no processo de moagem do entulho (em relação à sua utilização em argamassas), uma vez que, usando-o no concreto, parte do material permanece em granulometrias graúdas; Possibilidade de utilização de uma maior parcela do entulho produzido, como o proveniente de demolições e de pequenas obras que não suportam o investimento em equipamentos de moagem/ trituração; Possibilidade de melhorias no desempenho do concreto em relação aos agregados convencionais, quando se utiliza baixo consumo de cimento.
Mostrar mais

56 Ler mais

Gestão integrada de resíduos sólidos para geração de renda e valorização de catadores de materiais recicláveis organizados em associação, Campina Grande-PB.

Gestão integrada de resíduos sólidos para geração de renda e valorização de catadores de materiais recicláveis organizados em associação, Campina Grande-PB.

A NBR 10.004 de 2004 da ABNT classifica os resíduos sólidos de acordo com os riscos potenciais de contaminação ao meio ambiente, bem como quanto à natureza ou origem. Quanto à natureza ou origem, a NBR 10.004 de 2004, considera os resíduos sólidos como domésticos ou residenciais, comerciais, públicos, domiciliares especiais, e de fontes especiais. Os resíduos domésticos são gerados nas atividades diárias em casas, apartamentos e demais edificações residenciais. Já os resíduos comerciais, são os gerados em estabelecimentos comerciais, cujas características dependem da atividade desenvolvida. Os resíduos públicos são os presentes nos logradouros públicos, comumente resultantes da natureza como folhas, galhos, bem como os dispostos de forma irregular pela população. Os resíduos domiciliares especiais são os entulhos de obras, pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes e pneus. Por fim, os especiais, são resíduos que em função das suas características merecem cuidados específicos em seu manuseio, acondicionamento, e estocagem, como por exemplo, os resíduos agrícolas e os provenientes do serviço de saúde.
Mostrar mais

85 Ler mais

Utilização de entulho reciclado para produção de argamassas

Utilização de entulho reciclado para produção de argamassas

Para tanto, foram estudadas argamassas produzidas com entulho provenientes de demolições e reformas. O entulho recebeu uma triagem, a fim de separá-lo em duas composições, uma composta por materiais com predominância de material cerâmico e a outra com materiais constituídos de argamassas e concretos endurecidos. Estas composições foram trituradas para reduzir seu tamanho. As argamassas foram produzidas com o material triturado que passou na peneira ABNT 4,8 mm, que conforme a NBR 7211, podem ser classificado como areia média. Foram testadas argamassas produzidas com 100% de agregado reciclado de entulho e nas composições de: 70% de agregado reciclado de entulho e 30% de areia do IPT e 50% de agregado reciclado de entulho e 50% de areia do IPT. O comportamento das argamassas com agregado de entulho reciclado foram comparadas com argamassas de referências, produzidas com areia encontrada na região da grande Florianópolis SC, nos traços 1:1:6 e 1:2:9.(cimento:cal:agregado). Na produção de argamassa com agregado reciclado de entulho, o agregado permaneceu 24 horas submerso em água, depois de drenado e adicionado à cal formando uma pasta, que permaneceu em repouso por 24 horas, para só então ser misturado com cimento Portland, tipo CP II F – 32.
Mostrar mais

125 Ler mais

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORASEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORASEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORAS

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORASEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORASEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM CAMPINA GRANDE-PB: O DISCURSO DE PROFESSORAS

Dependente do contacto face a face para enriquecimento de sua experiência social, ele tem que, por força, sentir-se uma criança grande, irresponsável e ridícula [...]. E, se tem as responsabilidades do adulto, manter uma família e uma profissão, ele o fará em plano deficiente. [...] O analfabeto, onde se encontre, será um problema de definição social quanto aos valores: aquilo que vale para ele é sem mais valia para os outros e se torna pueril para os que dominam o mundo das letras. [...] inadequadamente preparado para as atividades convenientes à vida adulta, [...] ele tem que ser posto à margem como elemento sem significação nos empreendimentos comuns. Adulto- criança, como as crianças ele tem que viver num mundo de egocentrismo que não lhe permite ocupar os planos em que as decisões comuns têm que ser tomada. A alfabetização é que lhe permitiria deixar as fileiras dos frustrados sociais, tornando-se um elemento mais útil e produtivo para a coletividade (PAIVA, 1985, p.185).
Mostrar mais

116 Ler mais

Taxa de geração de resíduos da construção civil em edificações na cidade de João Pessoa.

Taxa de geração de resíduos da construção civil em edificações na cidade de João Pessoa.

representativa das edificações em fase de construção na cidade de João Pessoa. Uma ficha para coleta das características e acompanhamento de volume de RCC descartado ao longo do cronograma de execução da construção foi fornecida aos gestores das edificações; a partir do volume descartado pelas construtoras, determinou-se a massa de RCC gerado em cada obra utilizando uma massa unitária de 1.025 kg m-³. Os resultados indicaram uma taxa média de geração de RCC classe A de 86,27 kg m-². Ainda para os RCC classe A, foram definidos os limites inferior e superior com 90% de confiança para a taxa de geração: 62,31 e 136,02 kg m-² respectivamente. A partir desses valores, o controle da geração e disposição de RCC pode ser realizado pelos órgãos competentes, dando o
Mostrar mais

11 Ler mais

¹Universidade Federal de Campina Grande (UFCG),

¹Universidade Federal de Campina Grande (UFCG),

Referente aos aspectos do ambiente e funcionamento escolar, apresenta uma área construída de 1. 967,20 m², e 12. 408. 40 m² de área livre, localizada na zona urbana é uma escola de médio porte, mas que não dispõe de todos os espaços físicos necessários ao bom funcionamento de uma Instituição de ensino. Possui abastecimento de água proveniente da CAGEPA, no entanto, costuma faltar água na escola, contém um bom fornecimento de energia com excelente qualidade, presença de saneamento básico, com banheiros em boas condições. O ambiente escolar é murado para garantir maior segurança, entretanto, a escola está precisando ser reformada. Há também a presença de um pátio com arborização de até 10 árvores e jardins. A escola dispõe de um fornecimento diário de merenda escolar, de excelente qualidade para atender aos hábitos alimentares dos estudantes e funcionários. Ribeiro et al. (2012), retrata que o ambiente escolar como um espaço público no qual grande parte de nossas crianças e jovens na maioria das vezes passam a maior parte do seu tempo deve apresentar condições propicias para um bom desenvolvimento escolar, pois a estrutura física da escola, assim como sua organização, manutenção e segurança, revela muito sobre a vida que ali se desenvolve, nessa perspectiva o espaço físico possui grande importância para todos que compõe a escola, visto que, a qualidade deste espaço pode influenciar na aprendizagem dos estudantes.
Mostrar mais

9 Ler mais

O PNAE no município de Campina Grande (PB)

O PNAE no município de Campina Grande (PB)

[...] é porque assim pra eles venderem pras escolas quando abrem o processo licitatório no inicio do ano, mais ou menos no mês de março, algumas em março outras até mais ou menos em junho, depende por que a licitação elas fazem por um ano, como a primeira licitação foi feita, foi no ano passado 2013, então eles começaram o processo já bastante tarde, aí muitas escolas foram até mais ou menos junho desse ano (2014), por que concluindo o processo licitatório de 2013, aí com a chamada pública, né, não é propriamente uma licitação, mas é uma chamada pública, e essa chamada pública é um processo parecido com a licitação, elas pedem apoio da EMATER, não é que a EMATER faz o projeto, mas ela que acompanha as empresas, ou organizações reconhecidas que são ligadas a EMATER, então os conselhos escolares pedem apoio nesse sentido, pra divulgar as chamadas publicas lá nos espaços que eles têm, pra divulgar também pra entidades que são filiadas a EMATER. No começo desse trabalho a EMATER atuou mais diretamente, inclusive até com orientação, fazendo palestra pros conselhos escolares, como era que se dava o procedimento, então é uma parceria na realidade com a EMATER já que ela é um órgão que acompanha mais diretamente a agricultura familiar, e sentido da divulgação, né, e até assim, na relação das entidades que realmente estão com toda documentação em dia, aqueles que legalmente que podem participar do projeto; então a EMATER tem essa parceria com os conselhos escolares (Presidente do Conselho de Alimentação Escolar do Município de Campina Grande 24 ).
Mostrar mais

138 Ler mais

INDICADORES SOCIOECONÔMICOS DE CAMPINA GRANDE - PB

INDICADORES SOCIOECONÔMICOS DE CAMPINA GRANDE - PB

As admissões e desligamentos da indústria têxtil do vestuário e artefatos de tecidos de Campina Grande, exibidos aqui desde 2007, apresentaram visíveis variações nos anos de 2007 e 2013, tendo o maior número de admissões em 2013 (858). As demissões, que naturalmente acompanham o movimento das admissões, tem destaque em 2008 (689).

26 Ler mais

Taxa de geração de resíduos da construção civil em edificações na cidade de João Pessoa

Taxa de geração de resíduos da construção civil em edificações na cidade de João Pessoa

Diante do crescimento acelerado da construção civil em João Pessoa e da disposição irregular dos RCC gerados, determinou-se a taxa de geração de RCC em kg/m² de área construída, visando auxiliar ações de fiscalização e acompanhamento da destinação final dos RCC. Foi escolhida uma amostra das edificações em fase de construção em João Pessoa para coleta das características de cada obra e do volume gerado de RCC. Durante a fase de construção, foi passado para cada empresa uma ficha de acompanhamento e anotação do volume de descarte dos RCC ao longo de todo o cronograma de execução da construção. A partir do volume descartado pelas construtoras, foi determinada a massa de RCC gerado em cada obra, utilizando a massa unitária de 1.025 kg/m³, obtida através da média das pesagens de RCC. Foi feita uma análise estatística dos dados utilizando dois grupos: grupos das obras controle, sendo estas as que foram acompanhadas pelo mestrando diariamente, e o grupo das demais obras de modo a validar a amostra. A amostra foi considerada válida e assim, foi determinada a taxa de geração de RCC de todas as obras concluídas. Os resultados indicaram uma taxa de geração de RCC de resíduos classe A de 86,27 kg/m², não tendo sido encontradas diferenças significativas entre tal taxa em obras particulares (residenciais) e obras públicas. Foram calculados os limites inferior e superior 90% de confiança para a média aritmética da taxa de geração, sendo estes valores de 62,31 e 136,02 kg/m², respectivamente. A partir desses valores, o controle da geração e disposição de RCC pode ser realizado pelos órgãos competentes, dando o indicativo de quais obras podem estar infringindo a Lei Municipal 11.376, bem como a resolução CONAMA 307.
Mostrar mais

68 Ler mais

Atuação do biólogo da coordenadoria do meio ambiente de Campina Grande no gerenciamento de resíduos sólidos em segmento do Riacho das Piabas – Campina Grande

Atuação do biólogo da coordenadoria do meio ambiente de Campina Grande no gerenciamento de resíduos sólidos em segmento do Riacho das Piabas – Campina Grande

Contextualizando educação para Fuzaro et. al. (2001) o primeiro passo consiste em listar os diferentes segmentos envolvidos, por exemplo, nas escolas, todos os alunos, professores, funcionários da área administrativa e da limpeza e pais devem participar; nos condomínio os moradores (jovens, crianças, adultos), funcionários da limpeza e empregadas domésticas. O segundo passo é pensar que tipo de informação cada segmento deve receber e o terceiro passo é planejar de que forma as informações serão repassadas. Entre os recursos didáticos usados nas atividades sugere-se: cartazes, palestras, folhetos, reuniões, gincanas, festas, etc. Realizar uma variedade grande de atividades sempre é melhor, pois atinge mais pessoas.
Mostrar mais

61 Ler mais

Influência do desenvolvimento tecnológico sobre o desenvolvimento social a partir das atividades da incubadora tecnológica de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba

Influência do desenvolvimento tecnológico sobre o desenvolvimento social a partir das atividades da incubadora tecnológica de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba

Este trabalho pretende colaborar para o estudo da relação entre desenvolvimento tecnológico e social, numa tentativa de tomar inteligível a necessidade de educação,[r]

119 Ler mais

A dinâmica comercial nos eixos viários de Campina Grande

A dinâmica comercial nos eixos viários de Campina Grande

A partir das considerações do autor, percebemos que as ações do Projeto CURA na Área Central da cidade, fazendo parte de uma política pública, que na década de 1970, resultou na produção do espaço urbano local. Foi uma tentativa de revalorizar o centro tradicional de Campina Grande que, contraditoriamente, surtiu efeitos inversos aos esperados, a exemplo do aumento da especulação imobiliária nessa área da cidade. Mesmo assim, este conjunto de ações, lentamente vai modificando as características originais da área central ao expandir a cidade em sentidos variados, seguindo o processo de espraiamento da macha urbana de Campina Grande. Em meados dos anos 1980, quando o processo de abertura política já estava instaurado, o Brasil, apresentando índices de urbanização bem maiores do que as duas décadas anteriores, iniciou um movimento pela Reforma Urbana, chamado de Movimento Nacional pela Reforma Urbana (MNRU) 36 . Os principais objetivos deste movimento era a diminuição das injustiças sociais no urbano e democratizar o planejamento e a gestão urbana, além de coibir os efeitos da especulação imobiliária. Embora a proposta de emenda à nova Constituição Federal não tenha sido aceita na íntegra, as discussões limitaram-se ao texto constitucional aos artigos 182 e 183. Com a promulgação da Constituição em 1988, estabeleceu-se o direito ao planejamento das cidades, que, entre outras medidas, obriga as cidades com mais de 20 mil habitantes a elaborarem os Planos Diretores, e que estes sejam elaborados com a participação popular.
Mostrar mais

207 Ler mais

A estratégia saúde da família em Campina Grande/PB

A estratégia saúde da família em Campina Grande/PB

Nesse ínterim, a própria APSF, que agregava as lutas dos(as) profissionais em defesa da ESF, mas vinha passando por um processo interno de crise, apesar de toda a força que expressou no período anterior ao concurso, acabou se dissolvendo (embora não oficialmente), seja em virtude dos embates referidos pelos quais a categoria passou, que acabou desmobilizando os trabalhadores; seja pela saída de lideranças importantes do movimento (por desejo próprio ou pela não aprovação no concurso); ou, ainda, porque os(as) profissionais, agora servidores municipais, deveriam participar do Sindicato dos Trabalhadores do Agreste da Borborema (SINTAB), fato que, não desconsiderando a importância do sindicato, poderia dispersar o envolvimento dos profissionais acerca das lutas específicas para manter o caráter transformador na ESF de Campina Grande e a mobilizar esses sujeitos em torno da militância sanitarista 76 .
Mostrar mais

103 Ler mais

Estimativa da evapotranspiração de referência em Campina Grande, Paraíba.

Estimativa da evapotranspiração de referência em Campina Grande, Paraíba.

Por intermédio da mesma tabela se verifica, também, haver correlação inversa proporcional entre EToH x EToL e EToL x EToT; por outro lado se constata, na tabela men- cionada, que a única correlação aceita do ponto de vista estatístico, é EToH x EToT; em outras palavras, na im- possibilidade da utilização da EToT na estimativa da eva- potranspiração de referência em Campina Grande, a mes- ma poderá ser estimada pelo método de Hargreaves, com grau de confiança aceitável neste contexto.

6 Ler mais

Doenças do cérebro em Campina Grande, Paraíba: incidência.

Doenças do cérebro em Campina Grande, Paraíba: incidência.

Observa-se que: as doenças do cérebro em Campina Grande, assim como no Nordeste, são responsáveis por aproximadamente 3,0% de todas as internações, excluindo-se os transtornos mentais; [r]

6 Ler mais

A CIDADE COGUMELO: CAMPINA GRANDE DAS FEIRAS ÀS FESTAS

A CIDADE COGUMELO: CAMPINA GRANDE DAS FEIRAS ÀS FESTAS

A denominação de cidade cogumelo é uma expressão de Jean Blondel, presente no livro As condi- ções da vida política no Estado da Paraíba e refere-se a uma comunidade movida por espírito de feroz competição comercial, derivando daí o renhido caráter de suas campanhas políticas .... (Mello, 1983: 63). Várias acepções foram utilizadas para caracterizar a cidade de Campina Grande durante inúmeros períodos de crescimento econômicos ou de circunstâncias de expansão urbana. Desta maneira, Campina Grande pode, à primeira vista, impressionar bastante quem chega e identifica sua movimentação urbana e sua importância regional. Apesar da deterioração da economia local nos últimos anos, sua fun- ção comercial ainda apresenta relevância na cidade que, em suas dimensões e em seus aspectos, resulta de uma concentração de produtos, de população e de atividades em ponto de passagem e de contato entre regiões. Contudo, em seu aspecto urbano, o crescimento deu-se de maneira desordenada, apresen- tando uma série de contrastes, confundindo-se áreas industriais, com zonas comerciais e residenciais.
Mostrar mais

20 Ler mais

Estrutura das escolinhas de futsal de Campina Grande

Estrutura das escolinhas de futsal de Campina Grande

O Futebol de Salão tem duas versões sobre o seu surgimento, como em outros esportes, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que diz que o Futebol de Salão começou a ser jogado no Brasil por volta de 1940 por freqüentadores da Associação Cristã de Moços, em São Paulo, pois havia uma grande dificuldade em encontrar campos de futebol livres para poderem jogar e então começaram a jogar suas "peladas" nas quadras de basquete e hóquei. No inicio jogavam-se com cinco, seis ou sete jogadores em cada equipe, mas logo definiram o número de cinco jogadores para cada equipe.
Mostrar mais

48 Ler mais

Geração de estratégias bioclimáticas para edificações em função de diferentes zonas climáticas locais de uma metrópole

Geração de estratégias bioclimáticas para edificações em função de diferentes zonas climáticas locais de uma metrópole

A conversão de informações climáticas em formato EPW através da base de dados oficiais consiste em atualizar os valores de cada variável climática. Para esta atualização utilizou-se o programa Elements, plataforma que gera e modifica arquivos EPW. Além disso a plataforma calcula a temperatura de bulbo úmido a partir da temperatura de bulbo seco, pressão atmosférica e umidade relativa. Assim, obtém-se um banco de dados para cada estação meteorológica. Finalmente, para a geração de estratégias climáticas será considerada a carta psicrométrica.

76 Ler mais

Semanário Oficial Nº Campina Grande, 25 a 29 de Março de ESTADO DA PARAÍBA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

Semanário Oficial Nº Campina Grande, 25 a 29 de Março de ESTADO DA PARAÍBA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

O SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE, no uso de suas atribuições legais e de acordo com o Art. 97, da Lei Municipal nº 2.378/92 – Estatuto do Servidor, e de acordo com solicitação contida no processo n° 00700-13, datado de 14.02.2013,

10 Ler mais

Show all 10000 documents...