gestão de resíduos sólidos

Top PDF gestão de resíduos sólidos:

Gestão de resíduos sólidos: processos de gestão na área de resíduos sólidos

Gestão de resíduos sólidos: processos de gestão na área de resíduos sólidos

Para a realização deste estudo além do autor possuir conhecimentos sobre este tema por atuar profissionalmente na área de gestão de resíduos sólidos, foi fundamentalmente, conhecer e identificar as questões envolvidas no descarte e reciclagem dos resíduos sólidos, como por exemplo, a legislação vigente que existe sobre a preservação e proteção do meio ambiente, bem como as novas tecnologias e processos que podem ser utilizados para o recolhimento e descarte dos resíduos, sem contar na redução de volumes para os municípios. Pois este tema não é um problema apenas de uma pessoa, ou de um governante, ou de um único país, é em si, um problema de toda a humanidade. Entendendo a necessidade de se fazer gestão na área de resíduos sólidos pode-se citar Philippi (2011, p.157) que considera que “os progressos da humanidade aumentaram a qualidade e a duração da vida, A contrapartida é um padrão de consumo que demanda matérias-primas, o que de certa forma compromete a qualidade de vida das futuras gerações”. Assim é apresentada a necessidade de desenvolver estudos para auxiliar a resolver este problema. Para isso foram utilizados dois procedimentos metodológicos de pesquisa: a pesquisa bibliografia e a pesquisa documental.
Show more

64 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

A metodologia utilizou a “Pesquisa sobre Pagamento por Serviços Ambientais Urbanos para a gestão de resíduos sólidos” (IPEA, 2010), literatura vigente e dados fornecidos pelos responsáveis das associações. Foi necessário, primeiramente, estimar quais os benefícios atuais e potenciais gerados pela reciclagem dos principais materiais recicláveis, no caso das associações abordadas utilizamos os mais comercializados, celulose (papel branco, papel misto e papelão) e plástico (PEAD colorido, PEAD branco, PEBD cristal, PEBD colorido, PP rígido, PP filme, PET, PET óleo, PS e PVC), além de que esses agrupamentos serem a forma com que os dados estatísticos são normalmente apresentados na literatura. Os benefícios econômicos são obtidos pela diferença entre os custos gerados na produção a partir de matéria- prima virgem e os custos gerados para a produção dos mesmos bens a partir de material reciclável. Quanto aos benefícios ambientais estes incluem os custos evitados dos danos ambientais não somente em relação à disposição de resíduos sólidos, como também aos associados à produção a partir da extração de novos recursos, ou seja, matéria prima virgem.
Show more

24 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos Capítulo 17 198 Figura 2. Disposição irregular de resíduos no bairro Montese Fonte: Autores Os feirantes também foram questionados se a dinâmica de coleta, na qual os mesmos despejam o lixo produzido durante o dia na rua e os garis recolhem esse lixo no final do dia, sempre foi dessa forma, e 2 entrevistados relataram que já houve containers para armazenamento temporário do lixo. No entanto, por estes containers serem utilizados de forma privatizada por alguns moradores do bairro, estes locais de armazenamento não são mais observados na área. Outro ponto importante a se ressaltar, com base na visita ao local, é que os feirantes não implementam nenhuma forma de acondicionamento no lixo, como proposto pelo Art. 35 da Lei Federal Nº 12.305/2010, a qual afirma que é de responsabilidade do gerador do resíduo acondicioná-lo de forma adequada ao transporte do mesmo a um local adequado.
Show more

19 Read more

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Quanto a lições aprendidas, a tese de mestrado (Poveda, 2015) mostra que existem problemas inerentes à gestão de resíduos sólidos de Villavicencio e sua área de influência a ser trabalhado e repensado para alcançar a gestão de resíduos mais abrangente: A falta de conscientização e educação ambiental entre os habitantes, o que, acompanhados da falta de cultura cidadã, quando se trata de descarte de resíduos sólidos, gera situações como o descarte de resíduos em áreas próximas a mananciais, contaminando esses setores.
Show more

9 Read more

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

CONTEXTO A gestão de resíduos sólidos urbanos é um grande problema para os municípios argentinos. Em geral, a taxa de geração de resíduos per capita nas grandes cidades urbanas é superior a um quilo por dia. Este problema é ainda mais complexo em cidades como San Miguel, que fica a 30 km de distância da Cidade Autônoma de Buenos Aires e que, fazendo parte dessa rede geográfica, sofre os problemas de gestão de resíduos focados apenas no descarte final em aterros sanitários. Particularmente, San Miguel coexiste com vários módulos do aterro sanitário da CEAMSE (a empresa que administra os resíduos da maior parte da Região Metropolitana de Buenos Aires e faz o descarte final dos mesmos) tornando-se assim, receptora de lixo de muitos outros municípios.
Show more

7 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos Capítulo 14 166 preenchimento de formulários de um único sistema, melhoria a qualidade e quantidade dos dados fornecidos. Enquanto isso não acontece, entre as duas bases escolhidas, a base SNIS demonstrou possuir um volume maior de dados devido a um maior número de cidades preenchendo os valores e também por possuir um repertório maior de indicadores permitindo dessa forma análises mais completas e cruzamento de informações para extração de informações.

21 Read more

Gestão de resíduos sólidos na CEAGESP

Gestão de resíduos sólidos na CEAGESP

Esta pesquisa mostra uma visão dos programas de gerenciamento de resíduos sólidos em uma empresa pública, com estudo de caso na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), que tem uma rede de entrepostos no qual se encontra o Entreposto Terminal de São Paulo (ETSP), considerado um dos maiores do mundo em volume de comercialização e principal da América Latina. Por meio desse estudo buscou-se atingir o objetivo principal de analisar a existência de programas de gestão de resíduos sólidos na Ceagesp procurando identificar sua relação com a sustentabilidade ambiental, que foi desenvolvido cumprindo os objetivos específicos de identificar, descrever e quantificar os resíduos sólidos provenientes da comercialização do ETSP, relacioná- los aos programas existentes na companhia relacionados com a sustentabilidade ambiental, e apresentar sugestões de ações sustentáveis que possam contribuir com melhorias para companhia. Foram apresentados conceitos teóricos de Sustentabilidade, Gestão de Resíduos Sólidos, PDCA, Resíduos Sólidos, sua classificação e destinação e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Foram utilizadas as metodologias bibliográfica, documental, quantitativa e descritiva, além de questionários enviados as áreas responsáveis pelo assunto em questão, para responder os objetivos propostos por esse trabalho. Com os dados apresentados verificou-se a existência de vários programas de gestão de resíduos sólidos relativos à sustentabilidade ambiental, como a coleta seletiva, o encaminhamento dos resíduos sólidos para reciclagem, e o reaproveitamento de alimentos pelo Banco Ceagesp de Alimentos (BCA), além desses programas foram constatados vários outros ligados a sustentabilidade ambiental, como o Conpet, os programas de uso racional de água e energia (Pure) e (Pura), as licitações sustentáveis, e a Associação Nossa Turma. De acordo com os resultados apresentados foram propostas sugestões baseadas nos critérios de sustentabilidade e no ciclo PDCA. A Ceagesp deve continuar investindo na sustentabilidade ambiental porque além de trazer benefícios financeiros, contribui para a preservação do nosso planeta.
Show more

86 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos 3

Gestão de Resíduos Sólidos 3

Gestão de Resíduos Sólidos 3 Capítulo 12 134 industrial processes from a variety of sources. If there are no forms of containment, they can cause serious environmental problems. The treatments and recovery of these elements can become economically high, difficult to eliminate and often inefficient. One technique that has been used is the containment of heavy metals by insertion into cement matrices to be solidified. However, in order for there to be no leaching of the metals into the environment, it is important that the materials be strong and with few pores in the structure. In this context, the main objective of this research was the use and immobilization of industrial waste as one of the raw materials for obtaining and applying geopolymer in the containment of toxic waste present in contaminated effluents. The matrices of the geopolymeric cements are formed through the activation of aluminosilicates with alkaline reagents. Geopolymer samples were obtained using bottom ash and kaolin (BA / C). For the activation of the materials, four mixtures were used, among them: 8 and 12 M NaOH and 8 and 12 M KOH in proportions of 2: 1 by volume with Na 2 SiO 3 . The materials were characterized by the XFR, XDR and SEM and
Show more

22 Read more

A Gestão de Resíduos Sólidos em um Condomínio

A Gestão de Resíduos Sólidos em um Condomínio

A Gestão de Resíduos Sólidos em um Condomínio Eliacy Cavalcanti Lélis (UNINOVE/MACKENZIE) eliacylelis@globo.com Fernando Ziesmann Fortes (UNINOVE) zfortes@uninove.br Resumo: A educação ambiental enfatizada nos últimos anos tem mostrado que o desenvolvimento sustentável depende de uma gestão ambiental na sociedade, com ações envolvendo a participação de todos. Embora este conceito esteja sendo amplamente difundido, as iniciativas e os resultados obtidos estão aquém do esperado diante dos graves problemas enfrentados pelo planeta. Este artigo apresenta um estudo de caso de gestão de resíduos sólidos em um condomínio. Os resultados revelaram que a identificação desses resíduos é fundamental para o planejamento e a execução de ações que irão minimizar o impacto ambiental desses resíduos. O estudo também revela que a mola propulsora para essas ações serem viabilizadas está na consciência dos condôminos sobre as formas de atuação para uma gestão com cidadania e responsabilidade social.
Show more

8 Read more

Gestão de resíduos sólidos em Universidade:  um estudo a partir da Política Nacional de Resíduos Sólidos

Gestão de resíduos sólidos em Universidade: um estudo a partir da Política Nacional de Resíduos Sólidos

A existência de problemas ambientais em função do acelerado processo de mudanças pelo qual o planeta passa, traz consigo uma preocupação mais acentuada com o meio ambiente, principalmente no que tange a sua degradação. A presente pesquisa teve o propósito de verificar de que forma a Universidade ALFA está gerindo seus resíduos sólidos e a adequação necessária frente a essa nova legislação nacional, especialmente, por serem as universidades, locais onde circulam muitas pessoas, com atividades que geram um volume considerável de resíduos, inclusive de resíduos de produtos químicos, classificados como perigosos utilizados nos laboratórios ou na manutenção das universidades, que necessitam de descarte correto. Assim, tem-se por problematização investigar como a Universidade faz a gestão de seus resíduos sólidos e a adequação para atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos? Delimita-se enquanto objetivo geral: analisar como a Universidade faz a gestão de seus resíduos sólidos e a adequação para atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos; e enquanto específicos: a) identificar os tipos de resíduos gerados na Universidade; b) classificar os resíduos identificados; c) verificar a destinação dada aos resíduos em uma universidade, comparando com a legislação sobre resíduos sólidos urbanos. O estudo da gestão da sustentabilidade socioambiental no segmento universitário justifica-se em virtude da crescente preocupação com a sustentabilidade e a adequação frente à legislação ambiental, com a Lei nº. 12.305 - Política Nacional de Resíduos Sólidos, no que tange ao gerenciamento do descarte de resíduos sólidos. A pesquisa caracteriza-se como sendo do tipo exploratória, haja vista a necessidade de serem explorados os processos e procedimentos para a gestão de resíduos sólidos de forma a contemplar-se a legislação vigente para tanto, foi realizado um levantamento na Universidade aqui denominada ALFA, utilizando-se do método de pesquisa ação. Os resultados obtidos demonstram que as ações mais visíveis tais como a colocação de coletores seletivos para os resíduos em diversas partes da instituição servem inclusive de sensibilização da comunidade acadêmica que já percebe mudanças que vão ao encontro da gestão ambiental da instituição, que segue o rumo de perfeita adequação à legislação.
Show more

197 Read more

A Logística Reversa na Gestão de Resíduos Sólidos

A Logística Reversa na Gestão de Resíduos Sólidos

A gestão ambiental objetiva manter o meio ambiente saudável (à medida do possível), para atender as necessidades humanas atuais, sem comprometer o atendimento das necessidades das gerações futuras. Essa gestão é um meio de atuação sobre as modificações causadas no meio ambiente pelo uso e/ou descarte dos bens e detritos gerados pelas atividades humanas, a partir de um plano de ação viáveis técnica e economicamente, com prioridades perfeitamente definidas. Por fim, podemos destacar que a gestão ambiental abrange instrumentos de monitoramentos, controles, taxações, imposições, subsídios, divulgação, obras e ações mitigadoras, além de treinamento e conscientização. (MEYER, 2000).Nesse contexto, a preocupação com a gestão dos resíduos sólidos é uma das áreas que atua em problemáticas mais específicas, sendo este o objeto de estudo principal deste artigo. Este artigo objetiva apresentar a aplicação da logística reversa na gestão de resíduos sólidos em um condomínio de São Paulo. A metodologia de estudo e pesquisa deste artigo baseou-se no método dedutivo, com técnicas de pesquisa com abordagem qualitativa e quantitativa, com pesquisa bibliográfica e de campo.
Show more

8 Read more

Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos

Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos

O estudo foi conduzido em três etapas: 1ª etapa: foi realizada apenas uma primeira aproximação com a realidade dos alunos, por meio da observação participante assistemática para reafirmar a escolha do tema para promover a entrevista, pois o mesmo já vinha sendo tratado na oficina, necessitando de aprofundamento a partir do contexto dos alunos. Duas aulas de Geografia foram observadas, sob organização do docente, o qual não participou das etapas seguintes. O intuito seria encontrar elementos que denunciariam a pertinência da temática para que fosse realizada a fase das entrevistas informais. A observação dos momentos em aula permitiu constatar que os alunos possuíam vivencias importantes para o tratamento da temática. A primeira aula não teve qualquer planejamento, pois se desejava a espontaneidade dos alunos, de modo a encontrar tais elementos nas falas dos alunos. Já a segunda aula foi planejada a cargo do docente, com base no texto que o mesmo havia selecionado anteriormente, sem avisar previamente ao grupo. As aulas não foram escolhidas aleatoriamente, tendo em vista que o professor de Geografia vinha realizando atividades com a temática e convidou o grupo para observar as aulas, as quais o mesmo preparou. A escolha do tema se deu a partir desse momento, compreendendo que a temática significava muito para houvesse a discussão e mobilização dos alunos nas aulas de Geografia. Portanto, o tema foi selecionado a partir dos elementos constantes nas falas dos alunos, os quais permitiram eleger a gestão de resíduos sólidos, no âmbito de cada bairro representado, que era o desejo do grupo desde o início, como temática que contribuiria para a facilitação do processo de ensino-aprendizagem em Geografia, a partir das oficinas promovidas pelo Programa Mais Educação.
Show more

297 Read more

A gestão de resíduos sólidos no Nordeste Urbano

A gestão de resíduos sólidos no Nordeste Urbano

Resumo O resíduo sólido é um dos materiais descartáveis bastante empregado em todo o Nordeste urbano, e ele tem um valor imprescindível para o público consumidor, o seu emprego requer responsabilidade e consciência no manejo. Dados fornecidos pelo observatório dos lixões da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) estimam que há cerca de 898 em números de lixões e aterros controlados na região Nordeste. No presente artigo nos ateremos aos resíduos sólidos das microrregiões da Paraíba e do Ceará. E assim, apontar diretrizes para que o disposto na Lei Federal nº 12.305/2010 que instituiu a PNRS. Possa ser empregado na prática. Essas diretrizes estipulam o prazo esgotado para os municípios, ressalta as técnicas usadas, a importância do planejamento, a preocupação com o aspecto financeiro, organiza datas, contribui para a formação de ideias, norteia práticas de segurança, ao mesmo tempo, a realidade no âmbito da gestão de resíduos sólidos requer a adoção de uma perspectiva holística, o que proporciona um olhar crítico-reflexivo sobre o uso consciente do lixo, a fim de minimizar impactos socioambientais. Com o estudo foi possível constatar a necessidade de políticas públicas efetivas, e a adoção de uma política institucional, adoção curricular nas escolas através de uma maior informação, isso é possível por meio de uma propaganda educativa, e também de fóruns de conhecimento com o fito de proporcionar maior conscientização acerca do problema, e assim mitigar impactos e proporcionar a adoção de estratégias eficazes. Através das ações supracitadas a geração de empregos será impactada positivamente, e haverá uma maior conscientização ambiental, a adoção dessas medidas também colabora para salubridade, pois o descarte incorreto gera impactos na saúde das populações estudadas. Diante do contexto, projetos e práticas são desafios importantes para o futuro, mas as mudanças requerem a implementação da gestão de resíduos sólidos junto às populações estudadas.
Show more

12 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

Using the equation (III), considering data from Figure 8 – Apparent Consumption and Market Share and Figure 7 – Disposable Fraction, is possible to calculate a minimum average recyclin[r]

23 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

Resíduos sólidos: material, substância, objeto ou bem descartado resultante de atividades humanas na sociedade, a cuja destinação final se procede, se propõe a proceder ou está obrigado a proceder, nos estados sólido ou semissólido, bem como gases e contidos em recipientes, líquidos cujas particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou em corpos d’água, ou exijam para isso soluções técnicas ou economicamente inviáveis em face da melhor tecnologia disponível” (BRASIL, 2010).

19 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

Além de fazer o entrevistado refletir a respeito de suas atitudes em relação ao descarte de resíduos, e com isso, se sensibilizar a respeito da prevenção do meio ambiente. O levantamento de campo realizado através de questionários permitiu o dimensionamento de forma quantitativa do nível de atitude sustentável no gerenciamento do óleo residual dos alunos, docentes e funcionários da Universidade Estácio de Sá Campus Macaé-RJ. Através da análise quantitativa, notou-se que o conhecimento ambiental está presente, mas ainda falta a sensibilização da sociedade.

18 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

A composição gravimétrica traduz o percentual de cada componente em relação ao peso total da amostra de lixo analisada. Esta avaliação permite escolher a melhor destinação para cada tipo ou grupo de resíduos, possibilitando, desta forma, a segregação dos resíduos e rejeitos na fonte geradora (REZENDE et al., 2013). A gravimetria dos resíduos gerados na escola Amílcar Tocantins foi executada tomando-se os resíduos acondicionados nos recipientes destinados à descarga no veículo de coleta, em um dos três dias da semana nos quais ocorre recolhimento pela concessionária do serviço. Após uma análise imediata da composição aparente dos resíduos, decidiu-se pela sua segregação em orgânicos, papéis e plástico, de forma coerente com suas características visuais. Dada a forte predominância de materiais orgânicos, optou-se pela eliminação da etapa de amostragem por quarteamento dos resíduos, haja vista que, caso efetuado, este procedimento certamente eliminaria a pequena fração de inorgânicos presentes no lixo da escola, prejudicando a representatividade amostral. Assim, uma amostra temporal dos resíduos foi trabalhada, com quantitativo referente ao volume de resíduos gerados no período de dois dias, dentro de uma típica semana de atividade escolar.
Show more

22 Read more

Gestão de Resíduos Sólidos 3

Gestão de Resíduos Sólidos 3

O texto desta Deliberação Estadual expressa avanços importantes em relação ao estabelecido pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, ao considerar que a educação ambi[r]

21 Read more

Eixo Temático ET Gestão de Resíduos Sólidos GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO CARIRI DA PARAÍBA

Eixo Temático ET Gestão de Resíduos Sólidos GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO CARIRI DA PARAÍBA

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS De forma geral, pode-se concluir que o despertar para a necessidade de uma gestão ambiental mais eficiente, é relativamente recente, e que o desenvolvimento de políticas públicas nesse sentido demonstra a “necessária relevância da questão ambiental como ponto nodal de discursão e fator fundamental para o estabelecimento de planos, programas e políticas de desenvolvimento” (SALHEB et. al. 2009, p.17). É necessário que os gestores tenham consciência de que o meio ambiente é tão importante como a saúde é a educação, até porque são áreas que estão associadas, já que uma educação que prime pela conscientização ambiental, vai favorecer uma gestão adequadas das demandas ambientais, que por sua vez reduzirá os índices de infecções e contaminações a partir da disposição inadequada dos resíduos sólidos. Dessa forma, é preciso que os gestores estejam capacitados para captar recursos e desenvolver ações que promovam a preservação de seus recursos naturais ao máximo. Os municípios precisam entender que as demandas ambientais, estão cada vez mais latentes e que considerar tal questão com a devida importância é fator primordial para que os índices sociais sejam atingidos de forma positiva pelos municípios, mesmo os pequenos municípios, como os do Cariri Ocidental paraibano, que ainda não apresentam sérios problemas ambientais.
Show more

8 Read more

Gestão de resíduos sólidos - Barra dos Coqueiros

Gestão de resíduos sólidos - Barra dos Coqueiros

O lixo produzido por diversas atividades humanas é um dos maiores problemas enfrentados na atualidade, gerando sérios conflitos políticos, sociais, econômicos, técnicos, ambientais e de saúde. Quanto maior o número de pessoas que vivem na cidade, maior será a geração de resíduos. O resultado é a crescente deterioração das condições ambientais com o aumento visível dos níveis de poluição. O objetivo geral desta pesquisa é diagnosticar a atual situação dos resíduos sólidos do município da Barra dos Coqueiros, subsidiando o governo municipal para a elaboração de um Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos. Os dados utilizados para este trabalho foram obtidos através de bibliografia especializada e documentos legislativos, questionários aplicados aos chefes de família, governo municipal, lideranças comunitárias e autoridades locais, setor de saúde, diagnóstico e caracterização de resíduos sólidos. O município da Barra dos Coqueiros encontra-se a leste do estado de Sergipe, é banhado a leste pelo Oceano Atlântico e a oeste pelos rios Pomonga e Sergipe. Segundo dados do IBGE, 2000, possui cerca de 17.807 habitantes e 4.448 domicílios, destes domicílios foram utilizados 113 como amostra, visando analisar a atual sistemática dos resíduos sólidos na cidade. Como conclusão deste estudo verificou-se que a cidade possui sistema de coleta diário, transporte através de caminhão compactador e disposição final, porém, percebeu-se que o atual sistema adotado pelo governo municipal é ineficiente principalmente por possuir um sistema de disposição final incorreto, onde num período de um ano passou por três áreas distintas, a primeira em um lixão no município da Barra dos Coqueiros, a segunda em um lixão no município de Santo Amaro das Brotas e a terceira no Aterro Controlado da Terra Dura em Aracaju. Falta à comunidade a pré-disposição em tratar e minimizar a geração dos resíduos na fonte e também a consciência ambiental dos prejuízos que os resíduos causam ao meio em que vivem. Como recomendações para estudos futuros sugere-se um plano de gerenciamento integrado de resíduos sólidos, o estudo de áreas para a implantação de um aterro sanitário, a elaboração de Leis que tratem dos resíduos sólidos e complementem o Plano Diretor existente com o assunto em questão, o incentivo à projetos de coleta seletiva e reciclagem, bem como, orientar e divulgar políticas ambientais, e principalmente incentivar programas de educação ambiental em todos os níveis, agindo junto aos cidadãos na formação da consciência ambiental.
Show more

174 Read more

Show all 10000 documents...