Grupos de Indivíduos

Top PDF Grupos de Indivíduos:

Análise de alterações volumétricas e metabólicas cerebrais nos diferentes subtipos...

Análise de alterações volumétricas e metabólicas cerebrais nos diferentes subtipos...

Introducão: o comprometimento cognitivo leve (CCL) é reconhecido como um estágio transicional sintomático entre o envelhecimento normal e a demência, particularmente a doença de Alzheimer (DA). Apresenta como subtipos principais o amnéstico (CCLa), com comprometimento de memória, e o não amnéstico (CCLna), que apresenta perda de outras funções, principalmente executivas, de atenção, de linguagem e visuoespaciais. Aparentemente o CCLna tem menor taxa de conversão para demências ao longo do tempo que o subtipo amnéstico, particularmente para a DA. Dessa forma, o CCLna poderia apresentar um perfil de biomarcadores diferente do CCLa no momento do diagnóstico. Estudos na literatura investigando o padrão de biomarcadores no CCLna como grupo independente são raros, alguns destes indicando perfil menos relacionado à DA no CCLna que o visto no CCLa. Segundo nosso conhecimento, não há estudos investigando concomitantemente volume e metabolismo cerebrais, além de biomarcadores no LCR de uma mesma amostra de CCLna, em comparação com CCLa e um grupo de idosos cognitivamente normais. Objetivo: investigar as alterações de volume e metabolismo cerebral em grupos de indivíduos com os subtipos amnéstico e não amnésico de CCL, comparativamente a voluntários idosos sem comprometimento cognitivo, com o intuito de avaliar se há concordância entre estas alterações. Avaliou- se ainda possíveis associações entre os perfis dos estudos de imagem com padrões classicamente descritos na para CCL em risco de evolução para DA, investigando ainda a existência de correlações entre destes achados com o dos diferentes biomarcadores no LCR e com dados clínicos. Métodos: cento e quatorze voluntários foram incluídos em três diferentes grupos: gCCLna (N = 38), gCCLa (N = 46) e GC (N = 30). Após entrevista clínica, exame neurológico e classificação por uma bateria de testes neuropsicológicos, estes foram submetidos a exames de RM cerebral (para excluir outras causas de comprometimento cognitivo e para análise de morfometria baseada em voxels – VBM) e de PET- 18 FDG cerebral. Analisou-
Mostrar mais

184 Ler mais

Avaliação audiométrica de trabalhadores ocupacionalmente expostos a ruído e cádmio.

Avaliação audiométrica de trabalhadores ocupacionalmente expostos a ruído e cádmio.

I ntrodução: O ruído é caracterizado como o fator mais prevalente na origem de doenças ocupacionais. Também é o agente físico nocivo à saúde mais comum nos ambientes de trabalho, causando perda auditiva. Além do ruído, agentes químicos presentes no meio ocupacional, como solventes e metais pesados, são descritos como causadores de alteração auditiva. Objetivo: Avaliar dois grupos de indivíduos expostos à mesma intensidade de ruído industrial, sendo um desses grupos exposto ao cádmio e outro não, e verificar se a exposição aos dois agentes poluentes é mais prejudicial do que a exposição ao ruído isoladamente. Forma de estudo: Clínico prospectivo. Material e Método: Foi realizado estudo audiométrico de 36 trabalhadores de indústria metalúrgica, expostos a ruído e fumos de cádmio em seu ambiente de trabalho, no período de 1994 a 1998. Os resultados obtidos nesse grupo foram comparados aos de um grupo controle composto de 36 trabalhadores dos mesmos setores da empresa, porém expostos somente ao ruído. Resultados: Observou-se uma perda auditiva concentrada principalmente nas freqüências de 4000 e 6000 Hz, mais acentuada no grupo exposto ao ruído e cádmio. Conclusão: Os dados indicaram uma provável ação ototóxica do metal cádmio quando associado à exposição ao ruído.
Mostrar mais

7 Ler mais

Capacidade funcional máxima e função diastólica em portadores de cardiomiopatia chagásica sem insuficiência cardíaca congestiva.

Capacidade funcional máxima e função diastólica em portadores de cardiomiopatia chagásica sem insuficiência cardíaca congestiva.

Foram estudados dois grupos de indivíduos do sexo masculino: o grupo controle formado de 20 indivíduos se- dentários normais com idades variando de 20 a 42 anos (32,9±6,1), selecionados no mesmo ambulatório dos pacien- tes, e o grupo Chagas, consistindo de 18 pacientes com cardiomiopatia chagásica sem sintomas ou sinais clínicos de insuficiência cardíaca, com idades variando de 19 a 40 anos (29,2±5,6) com reações sorológicas positivas para a doença de Chagas (Guerreiro-Machado e imunofluo- rescência) e alterações eletrocardiográficas sugestivas da doença. Estas foram constituídas por bloqueio de ramo di- reito (BRD) associado a bloqueio divisional ântero-superi- or esquerdo em seis casos, quatro com BRD, três com altera- ções difusas da repolarização ventricular (ADRV), dois com bloqueio atrioventricular de 1º grau e ADRV, três com ADRV e extras-sístoles ventriculares. A função sistólica global e segmentar do ventrículo esquerdo (VE), analisada pelo ecocardiograma, foi normal ao repouso. Todos os pacientes foram acompanhados, ambulatorialmente e não fizeram uso de medicação.
Mostrar mais

5 Ler mais

Padrão alimentar e consumo domiciliar de produtos com redução de gorduras na área...

Padrão alimentar e consumo domiciliar de produtos com redução de gorduras na área...

Segundo MEAD e GUTHE (1945) citados por BLEIL (1998), por meio do hábito alimentar, os indivíduos, ou grupos de indivíduos, respondem às pressões sociais e culturais, se[r]

193 Ler mais

O capitalismo e a crise ambiental — Outubro Revista

O capitalismo e a crise ambiental — Outubro Revista

A conseqüência evidente deste comportamento mediado com o meio é que as coisas são separadas do indivíduo biológico, o que permite a sua acumu- lação através do tempo. Mais ainda, como esta acumulação não é da sociedade como um todo nem de grupos segundo o nicho ecológico em que se encon- tram, e sim de grupos de indivíduos segundo a sua produtividade e acesso aos meios de produção (que são os que permitem, por sua vez, produzir o resto das coisas) e à riqueza em geral, resulta que as leis sociais que guiam a repartição dos meios de produção condicionam um acesso diferenciado á riqueza natural.
Mostrar mais

9 Ler mais

O efeito de diferentes formas de redução de fornecimento de conhecimento de resultados (CR) na aquisição de habilidades motoras com demandas distintas

O efeito de diferentes formas de redução de fornecimento de conhecimento de resultados (CR) na aquisição de habilidades motoras com demandas distintas

A frequência relativa refere-se à porcentagem de tentativas em que se está recebendo CR, a relação entre o número de apresentações de CR e o número de tentativas (CHIVIACOWSKY-CLARK, 2005; CHIVIACOWSKY; TANI, 1993; TEIXEIRA, 1993). Bilodeau e Bilodeau (1958) por meio de uma tarefa de deslocamento de uma manivela investigaram o efeito da frequência relativa, em que a frequência absoluta foi mantida constante enquanto o número de tentativas foi manipulado. Os resultados sugeriram que as tentativas sem CR não eram importantes para a aprendizagem. O estudo de Bilodeau, Bilodeau e Schumsky (1959) comparou grupos com CR, com CR até a segunda tentativa e um grupo com CR até a sexta tentativa. Os resultados encontrados sugeriram que o CR seria uma variável essencial para aprendizagem quando apresentado em todas as tentativas. Contudo, estes achados foram questionados por seu delineamento experimental não separar os efeitos transitórios, relacionados ao desempenho da tarefa durante a utilização da variável de estudo (fase de aquisição) dos efeitos permanentes, relacionados à aprendizagem quando a variável era retirada (testes de retenção ou transferência) (SALMONI et al., 1984).
Mostrar mais

93 Ler mais

A análise do comportamento e as proposições da construção social do conhecimento.

A análise do comportamento e as proposições da construção social do conhecimento.

Uma primeira advertência de GUERIN (1992a) é que um conhecimento só é socialmente construído quando é função de contingências ambientais comuns, envolvendo basicamente as formas verbais do tato, do intraverbal e do autoclítico. Com esse aporte, GUERIN (1992a) irá afirmar que o controle do conhecimento socialmente construído se deve às relações sócio-históricas da comunidade verbal e que, atualmente, nas sociedades modernas, a comunidade verbal se encontra difusa e impessoal, por causa do perpasse da mídia. Dessa forma, a "comunidade verbal" é, em menor escala, equivalente aos "coletivos" de DURKHEIM, aos "outros generalizados" de MEAD, à "comunidade lingüística" de SAUSSURE e aos "subgrupos" de MOSCOVICI. Assim, o tatear, por exemplo, estaria sob controle dos pequenos grupos que reforçam relatos particulares e punem outros, de modo que as
Mostrar mais

11 Ler mais

A imagem da SATA no continente português

A imagem da SATA no continente português

A SATA neste momento, disponibiliza o cartão SATA IMAGINE que é um programa de passageiro frequente das empresas do Grupo SATA, que permite aos seus membros a possibilidade de obter milhas e trocá-las por serviços e outros benefícios, nos termos estabelecidos de um regulamento em vigor. Esta estratégia de marketing é também considerada um “[...] Processo, de âmbito social e administrativo, através do qual os indivíduos, e os grupos a que pertencem, obtêm o que precisam para satisfazer as suas necessidades e desejos, mediante a criação e troca de produtos e valor com outras pessoas” (Kotler, 1992, p. 32) .
Mostrar mais

88 Ler mais

Avaliação funcional da deglutição do idoso em uso de medicação psicotrópica.

Avaliação funcional da deglutição do idoso em uso de medicação psicotrópica.

Drogas neurolépticas, isoladamente, não interferem na deglutição de idosos institucionalizados. São necessárias novas investigações que realizem avaliação clínica deta- lhada da deglutição, testem número maior de indivíduos, levem em conta dose e tempo de uso da medicação e apresentem minuciosamente os resultados das alterações encontradas. Eventual interferência destas medicações na fase orofaríngea da deglutição poderá, então, ser obser- vada com maior acurácia.

5 Ler mais

Mediação no palco do pequeno grupo de trabalho: uma tentativa de coompreensão do conflito e seus rumos alternativos através da variável tempo

Mediação no palco do pequeno grupo de trabalho: uma tentativa de coompreensão do conflito e seus rumos alternativos através da variável tempo

compreensao para o êxito ou "sucesso" de indivíduos, pequenos. grupos e a própria Sociedade Humana na His~ória[r]

72 Ler mais

MESTRADO EM DIREITO E SEGURANÇA

MESTRADO EM DIREITO E SEGURANÇA

1) Criminalidade geral e violenta (que se insere nas ameaças de indivíduos ou grupos contra outros indivíduos ou grupos), constatando-se através do RASI de 2016, que a crim[r]

108 Ler mais

A Sensibilidade do Barorreflexo e sua Associação com Eventos Arrítmicos na Doença de Chagas.

A Sensibilidade do Barorreflexo e sua Associação com Eventos Arrítmicos na Doença de Chagas.

Os dados foram organizados em tabelas, gráficos e quadros de medidas descritivas. Para a análise estatística inferencial, primeiramente foi realizado o teste de Kolmogorov-Smirnov, com o objetivo de analisar a normalidade da variável SBR, e o teste de Levene, para verificar a igualdade das variâncias dos três grupos. A comparação das médias dos grupos foi feita por meio do teste ANOVA e as comparações múltiplas pelo teste de Tukey (variâncias iguais) ou o de Games-Howell (variâncias desiguais). Já a análise de pares foi realizada por meio do teste t de Student.
Mostrar mais

9 Ler mais

Sinais e sintomas da disfunção autônoma em indivíduos disfônicos.

Sinais e sintomas da disfunção autônoma em indivíduos disfônicos.

sintomas sem relação direta com a voz também tiveram maior ocorrência (média de sete sintomas, dos 22 possíveis). Assim, observa-se que os teleoperadores apresentam maior ocorrência de SSN que indivíduos disfônicos, provavelmente pelo fato de estarem inseridos em ambientes de grande pressão, com metas referentes às vendas, tempo e qualidade de atendimento e satisfação de clientes (12) .

6 Ler mais

Alexitimia, processamento emocional, regulação emocional e sintomatologia

Alexitimia, processamento emocional, regulação emocional e sintomatologia

Ao preconizar que, indivíduos com funcionamento alexitímico são menos conscientes dos seus estados emocionais, acresce a presença de maiores índices de psicopatologia nos mesmos. A investigação tem vindo a correlacionar este construto com diferentes condições clinicas como a depressão (e.g. Burke & Haslam, 2001; Honkalampi et al., 2010), ansiedade (e.g. Parker, Taylor, Bagby, & Acklin, 1993), as perturbações de stress pós-traumático (e.g., Brady, Bujarski, Feldner, & Pyne, 2016) as perturbações psicossomáticas, como as perturbações do comportamento alimentar (e.g. Strien & Ouwens, 2007), do comportamento sexual (e.g. Wise, Osborne, Strand, Fagan & Schmidt, 2002) e algumas perturbações da personalidade (e.g. Singh, Arteche, & Holder, 2011).
Mostrar mais

64 Ler mais

Análise de portadores assintomáticos de Staphylococcus aureus no Hospital Universitário de Brasília

Análise de portadores assintomáticos de Staphylococcus aureus no Hospital Universitário de Brasília

amostras positivas isoladas do nariz, sendo 12 amostras de portadores exclusivamente nasais e cinco amostras de portadores nasais e sub-ungueais. Treze (43,33%) indivíduos foram classificados como portadores exclusivamente sub-ungueais (Gráfico 11). Este foi o grupo com o maior número de portadores sub-ungueais, sendo encontradas linhagens MRSA nas unhas de 60% dos portadores do grupo (13 sub- ungueais e 5 nasais e sub-ungueais, Gráfico 11). Ao comparar esses números com aqueles encontrados no grupo Comunidade (em relação a portadores de MSSA) é levantada a questão sobre a origem da colonização sub-ungueal. Apenas um indivíduo possuía MSSA nas unhas, e este era também portador nasal. Este dado reforça o argumento de que a colonização sub-ungueal tende a ser transitória, visto que indivíduos da comunidade possuem pouco contato com possíveis fontes de contaminação. Neste caso, o estado de portador sub-ungueal dos indivíduos do grupo Alunos poderia estaria ligado à exposição a fatores de risco, associado a um possível descuido em relação a procedimentos preventivos.
Mostrar mais

102 Ler mais

Depressão minor e funcionamento intelectual do indivíduo com esquizofrenia, em ambiente ambulatório

Depressão minor e funcionamento intelectual do indivíduo com esquizofrenia, em ambiente ambulatório

As subescalas de complemento e disposição de gravuras são responsá- veis pelo índice de velocidade de processamento, sendo que apresentaram por isso valores estatisticamente inferiores para o grupo de indivíduos com esquizofrenia e depressão minor. Estes resultados sugerem défices cognitivos ao nível da coordenação visuo-motora, velocidade mental e motora, memória de trabalho visual e percepção visual, dificultando aos doentes com esquizofrenia e depressão minor a seleção de estímulos relevantes, tornando-os assim, mais distraídos e com menor percepção do seu ambiente (Dimaggio & Lysaker, 2010).
Mostrar mais

18 Ler mais

A Dinâmica da Comunicação Informal numa Organização sob a Ótica da Análise de Redes Sociais

A Dinâmica da Comunicação Informal numa Organização sob a Ótica da Análise de Redes Sociais

Esta medida representa o número de ligações existentes em cada nó da rede. Numa rede direcionada podemos ter grau de entrada (in-degree), uma medida de suporte dado que obtemos o número de ligações que influenciam o vetor; ou grau de saída (out-degree), uma medida de influência pelo facto de representar o número de vértices influenciados por um indivíduo. Na rede não direcionada, o grau é o número de vizinhos que cada vértice tem, e desta forma, mede o envolvimento do indivíduo na rede. Segundo Freeman (1979), o grau é o número de vértices adjacentes ao nó e com os quais está em contacto direto. Numa rede podemos ter indivíduos isolados, isto significa, indivíduos que não têm qualquer ligação com os outros, sendo o seu grau igual a zero.
Mostrar mais

68 Ler mais

História da implantação da Escola Rural de Xaxim (1952-1961) no contexto da escolarização do oeste Paranaense

História da implantação da Escola Rural de Xaxim (1952-1961) no contexto da escolarização do oeste Paranaense

A palavra fonte, segundo o dicionário eletrônico Houaiss, pode ser definida como: “texto ou documento original”. As fontes são registros, documentos, marcas e vestígios deixados por indivíduos, por grupos, pelas sociedades e pela natureza que representam ou expressam uma determinada forma de ser da matéria, seja ela natural, humana ou social, em seu processo de contradição e transformação (RAGAZZINI, 2001). Elas são produzidas pelo homem nas suas relações sociais e com a natureza, resultam, portanto, da ação histórica dos indivíduos e registram seu modo de vida em suas relações numa determinada sociedade. Para Júlio Aróstegui (2006, p. 491), fonte histórica é “todo material, instrumento ou ferramenta, símbolo ou discurso intelectual, que procede da criatividade humana, através do qual se pode inferir algo acerca de uma determinada situação social no tempo”.
Mostrar mais

22 Ler mais

Uso do cicloergômetro durante a fase I de reabilitação da cirurgia de revascularização do miocárdio : avaliação da capacidade funcional

Uso do cicloergômetro durante a fase I de reabilitação da cirurgia de revascularização do miocárdio : avaliação da capacidade funcional

Objetivo: Verificar o impacto de um protocolo de reabilitação sobre a capacidade funcional de indivíduos submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio após a fase I de reabilitação com o uso do cicloergômetro. Método: Trata- se de um ensaio clínico randomizado cegado para o avaliador. Todos pacientes acima de 50 anos que realizaram Cirurgia de Revascularização do Miocárdio (CRM) e não entravam nos critérios de exclusão eram convidados a participar do estudo, após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) e ter realizado a cirurgia eram incluídos e randomizados para a reabilitação no grupo controle com protocolo já utilizado pelo hospital ou no grupo intervenção que mantinha os exercícios respiratórios e substituía os exercícios de fisioterapia motora habituais por 20 minutos de atividade no cicloergômetro. A avaliação funcional utilizados com objetivo de verificar o equilíbrio através do teste de Apoio Unipodal, mobilidade por meio do TUG e capacidade de exercício pelo TC6 foi realizada no pré-operatorio e no sexto dia de pós-operatório. Resultados: 19 pacientes foram randomizados, sendo 9 alocados no grupo intervenção e 10 no grupo controle. A média de idade do grupo intervenção foi semelhante à do grupo controle (60,8 ± 4,7 vs 62,4± 8,1) anos. Houve predomínio do sexo masculino em ambos os grupos (55,6% vs 80,0%). Nas comparações intragrupo, o grupo controle apresentou uma redução significativa na distância percorrida no TC6, e nas demais variáveis funcionais avaliadas não houve diferença significativa entre os grupos. Conclusão: Uso do cicloergômetro na fase I de reabilitação cardíaca resultou em eficácia semelhante para os desfechos funcionais avaliados, sendo que a utilização do cicloergômetro permitiu um mais adequado monitoramento de parâmetros hemodinâmicos e respiratórios, podendo ser mais uma alternativa para a reabilitação da fase I de CRM.
Mostrar mais

83 Ler mais

Fitossociologia e caracterização sucessional de um fragmento de floresta estacional no sudeste do Brasil.

Fitossociologia e caracterização sucessional de um fragmento de floresta estacional no sudeste do Brasil.

RESUMO – No Brasil, a floresta tropical estacional se localiza entre as florestas úmidas do leste e as savanas do oeste e foi historicamente fragmentada, restando atualmente poucos remanescentes. Este estudo foi realizado no Parque Municipal de São Roque, também conhecido como "Mata da Câmara" em São Roque, SP, Brasil, e teve como objetivo o levantamento fitossociológico do estrato arbóreo em três situações altitudinais distintas e a caracterização sucessional através da identificação do grupo ecológico das espécies amostradas. Foi utilizado o método de parcelas, num total de 42, dispostas em três blocos de 14 parcelas cada, totalizando 0,945 ha de área amostrada. Foram amostrados todos os indivíduos com CAP (circunferência à altura do peito) superior ou igual a 15 cm. Amostraram-se 1.413 indivíduos pertencentes a 117 espécies e 47 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi 4.011. As três áreas apresentaram, respectivamente, 22, 32 e 13% de indivíduos de espécies pioneiras, 43, 28 e 46% de indivíduos de espécies secundárias iniciais e 32, 38 e 39% de indivíduos de espécies secundárias tardias. Pode-se concluir que a área se encontra em estádio sucessional inicial em sua porção periférica e em estádio intermediário, tendendo para o avançado em seu interior; porém, tendo-se como referência os fragmentos de floresta estacional do Estado de São Paulo, pode-se afirmar que a Mata da Câmara representa um trecho de floresta bem conservado.
Mostrar mais

13 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados