Inibidores de Bombas de Efluxo

Top PDF Inibidores de Bombas de Efluxo:

SUSANA CRISTINA NUNES SANTOS COSTA DISSERTAÇÃO PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE MESTRE EM MICROBIOLOGIA MÉDICA

SUSANA CRISTINA NUNES SANTOS COSTA DISSERTAÇÃO PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE MESTRE EM MICROBIOLOGIA MÉDICA

Como anteriormente referido a resistência por acção de BE, constituí uma das causas de resistência encontradas nos isolados clínicos, sendo caso paradigmático a sobre expressão de BE da família RND em Enterobactereaceae (83). Por este motivo, torna- se essencial o estudo mais aprofundado destas BE, da sua estrutura e substratos, e em particular neste trabalho procuramos compreender as suas condicionantes bioenergéticas, de forma a ser possível no futuro testar novas moléculas que possam vir a constituir novos antibióticos e/ou compostos que ajudem a restabelecer a eficácia dos antibióticos usados na prática clínica. Tem-se realizado muitos estudos in vitro, onde se utilizam compostos designados como inibidores de bombas de efluxo (IBEs), que actuam bloqueando o efluxo e desta forma conduzem a uma redução da concentração mínima inibitória (CMI) dos antibióticos para os isolados clínicos MDR em laboratório. Vários compostos não antibióticos têm sido utilizados no sentido de se obter uma reversão ou diminuição da resistência aos antibióticos. Os efeitos desejados do uso dos IBEs são: a) diminuição da resistência intrínseca da bactéria aos antibióticos; b) reversão da resistência adquirida mesmo em estirpes altamente resistentes com múltiplos alvos e c) reduzir a frequência da emergência de estirpes mutantes (66).
Mostrar mais

119 Ler mais

Caracterização dos compostos derivados de furoxano como inibidores da atividade de bombas de efluxo em Mycobacterium tuberculosis e estudo da influência do efluxo e da halotolerância nos perfis de resistência do bacilo

Caracterização dos compostos derivados de furoxano como inibidores da atividade de bombas de efluxo em Mycobacterium tuberculosis e estudo da influência do efluxo e da halotolerância nos perfis de resistência do bacilo

Although the values of activ- ity obtained by the [Ru(NH 3 ) 5 (INH)] 2+ complex in resistant strains are still not ideal for the development of a new drug against the disease, such stru[r]

154 Ler mais

N-Fenilmaleimidas: atividade antibacteriana e moduladora da resistência a drogas em Staphylococcus aureus

N-Fenilmaleimidas: atividade antibacteriana e moduladora da resistência a drogas em Staphylococcus aureus

Este padrão desafiador e dinâmico de doenças infecciosas e o aparecimento de cepas resistentes a múltiplos antibióticos demandam soluções em longo prazo. Uma das alternativas é o uso de substancias antibióticas não tradicionais, que têm sido amplamente estudadas e usadas como protótipos de drogas moduladoras da resistência bacteriana. Dentre eles têm-se os peptídeos antimicrobianos (AMPs) (RILEY; WERTZ, 2002), estratégias de anti-virulência (KAUFMANN et al., 2008), terapia com fagos (KUTATELADZE; ADAMIA, 2008), anticorpos terapêuticos (BEBBINGTON; YARRANTON, 2008), inibidores de bombas de efluxo (McMURRY; PETRUCCI; LEVY, 1980), nanopartículas antimicrobianas (PAL; TAK; SONG, 2007) e vacinas antibióticas (RAPPUOLI, 2000).
Mostrar mais

67 Ler mais

Estudo epidemiológico molecular da resistência aos carbapenêmicos em Pseudomonas aeruginosa isoladas de sangue: produção de β-lactamases, perda de porina OprD e hiperexpressão de bombas de efluxo

Estudo epidemiológico molecular da resistência aos carbapenêmicos em Pseudomonas aeruginosa isoladas de sangue: produção de β-lactamases, perda de porina OprD e hiperexpressão de bombas de efluxo

MB Ls pertencem à classe B na classificação estrutural das β-lactamases e possuem zinco no sítio ativo da enzima (AMBLER, 1980). Além da inativação por agentes quelantes de metais, como EDTA e ácido mercaptopropiônico, as MBLs tem como características funcionais a potente atividade de hidrólisar todos os β-lactâmicos e inibidores de β-lactamases, à exceção do aztreonam (CROWDER et al., 1998; QUEENAN et al., 2007). A expressão dessas enzimas é associada a elementos genéticos móveis incluindo integrons, transposons e plasmídeos (WALSH et al., 2005), e até o momento, são conhecidos 10 subtipos de MBLs incluindo enzimas do tipo: IMP (Imipenemase) (WATANABE et al., 1991), VIM (Verona Imipenemase) (LAURETTI et al., 1999), GIM (German Imipenemase) (CASTANHEIRA et al., 2004), SIM (Seoul Imipenemase) (LEE et al., 2005), SPM-1 (São Paulo Metallo-beta-lactamase) (TOLEMAN et al., 2002), AIM (Australian Imipenemase) (YONG et al., 2007), KHM- 1 (Kyorin Health Science Metalo-beta-lactamase), DIM-1 (Dutch Imipenemas) (POIREL et al., 2009) e TMB-1 (Tripoli Metalo-beta-lactamase) (EL SALABI et al., 2009).
Mostrar mais

110 Ler mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA A CONTRIBUIÇÃO DAS BOMBAS DE EFLUXO QacA e Smr PARA A MULTIRRESISTÊNCIA EM Staphylococcus aureus

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA A CONTRIBUIÇÃO DAS BOMBAS DE EFLUXO QacA e Smr PARA A MULTIRRESISTÊNCIA EM Staphylococcus aureus

81 Com este estudo também se pode observar que os inibidores de efluxo com maior efeito na redução das CMIs foram a tioridazina e a clorpromazina, ao contrário do observado nos ensaios de fluorometria, em que o verapamil foi o inibidor que demonstrou ter maior eficácia na acumulação/extrusão de EtBr. Estes resultados devem- se provavelmente a diferenças nos mecanismos de acção de cada inibidor, assim como às características de cada método. Os ensaios fluorométricos ocorrem num curto espaço de tempo (10 a 60 min), em que se analisa o efeito imediato do inibidor em tempo real, na própria suspensão celular, enquanto nos ensaios de determinação de CMIs, avalia-se o efeito dos inibidores ao longo do crescimento de uma cultura, durante 18 horas. Estes resultados já tinham sido anteriormente descritos, tanto para S. aureus (20, 21, 23) como para outras bactérias, nomeadamente Mycobacterium smegmatis (100). No que respeita ao inibidor reserpina, os resultados obtidos indicam, ao contrário do descrito na literatura (72), que esta não tem um efeito inibitório significativo no efluxo mediado pela QacA.
Mostrar mais

117 Ler mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA NOVAS ESTRATÉGIAS NO COMBATE À TUBERCULOSE: A NADH-MENAQUINONA DESIDROGENASE DO TIPO II DE Mycobacterium tuberculosis

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA NOVAS ESTRATÉGIAS NO COMBATE À TUBERCULOSE: A NADH-MENAQUINONA DESIDROGENASE DO TIPO II DE Mycobacterium tuberculosis

método fluorométrico semi-automático no termociclador Rotor-Gene 3000TM (Corbett Research, Sidney, Austrália). Este aparelho permite a leitura da fluorescência do brometo de etídio nos comprimentos de onda de excitação (530 nm) e emissão (585 nm) deste composto [121]. O EtBr emite fluorescência fraca em soluções aquosas, portanto, fora das células, tornando-se fluorescente no interior das mesmas. Deste modo, é possível avaliar a capacidade das células em acumularem maior ou menor quantidade deste composto, na presença e ausência de inibidores de efluxo, e ainda avaliar a capacidade de efluxo na presença desses compostos [50, 71, 82]. Neste trabalho os ensaios foram realizados na presença e ausência de glucose, que é considerada uma fonte energética para as bombas de efluxo, o que permitirá um aumento da sua actividade. Assim, na presença deste açúcar, espera-se que as células sejam capazes de expulsar maiores quantidades de EtBr, e ser detectada menor quantidade de fluorescência [70]. Todos os ensaios foram realizados em triplicado.
Mostrar mais

107 Ler mais

ARNALDO FERNANDES CORRÊA ESTUDO DE CASO: O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA DIRETORIA DE PESSOAL NA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

ARNALDO FERNANDES CORRÊA ESTUDO DE CASO: O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA DIRETORIA DE PESSOAL NA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

Esta dissertação pretende explicar o processo de implementação da Diretoria de Pessoal (DIPE) na Superintendência Regional de Ensino de Ubá (SRE/Ubá) que conforme a [r]

167 Ler mais

“Feixe de Intervenções” de Prevenção de Infeção de Local Cirúrgico – Normas de Orientação Clínica

“Feixe de Intervenções” de Prevenção de Infeção de Local Cirúrgico – Normas de Orientação Clínica

b) Número de doentes submetidos a cirurgia hepatobiliar na unidade de tempo. 5) Taxa de adesão (mensal, trimestral, semestral, anual) à implementação do “feixe de intervenç[r]

12 Ler mais

GESTÃO E FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA: O CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA EM UM ESTUDO DE CASO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

GESTÃO E FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA: O CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA EM UM ESTUDO DE CASO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Não obstante a reconhecida necessidade desses serviços, tem-se observado graves falhas na gestão dos contratos de fornecimento de mão de obra terceirizada, bem com[r]

83 Ler mais

Registo de Complicações de Interrupção de Gravidez. Definições e modelo de registo – Normas de Orientação Clínica

Registo de Complicações de Interrupção de Gravidez. Definições e modelo de registo – Normas de Orientação Clínica

iii. choque tóxico – quadro inespecífico com uma evolução rápida de falência multiorgânica, podendo culminar em morte materna. O aparecimento de um quadro compatível [r]

8 Ler mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Pesquisadores como Fernando Abrucio (2009), na pesquisa Práticas Comuns dos Diretores Eficazes, promovida pela Fundação Victor Civita, reconhecem a capacitação profis[r]

93 Ler mais

Manual de Contagem de Hidratos de Carbono na Diabetes Mellitus para profissionais de saúde – Normas de Orientação Clínica

Manual de Contagem de Hidratos de Carbono na Diabetes Mellitus para profissionais de saúde – Normas de Orientação Clínica

Em Portugal são usadas diferentes metodologias de contagem, conforme os centros de tratamento devido à adoção de diferentes pressupostos. Verificou-se alguma disparidade na metodologia [r]

44 Ler mais

Sistemas de efluxo multidrogas em Escherichia coli isoladas de mastite bovina e uso de seus inibidores como possíveis adjuvantes

Sistemas de efluxo multidrogas em Escherichia coli isoladas de mastite bovina e uso de seus inibidores como possíveis adjuvantes

Embora a literatura reporte que o PAβN e NMP atuam por competição com os antimicrobianos (MURAKAMI et al., 2006) e o primeiro, além disso, aumenta a permeabilidade da membrana externa (MATSUMOTO et al., 2011), pelo observado nas Figuras 5 e 6 poderíamos inferir que esses inibidores contribuíram na diminuição da expressão do gene acrF, pois sua expressão foi menor na presença de PAßN (7,581 vezes) e NMP (7,374 vezes), em relação à ausência de tratamento (40,619) e presença de ampicilina (803,438 vezes). Este gene codifica uma proteína componente do sistema de efluxo AcrEF, o qual é análogo de AcrAB, estes dois sistemas são considerados os mais importantes no aspecto clínico de resistência a antimicrobianos em E. coli, além disso, a homologia de suas sequências de aminoácidos e seus perfis de substratos são similares (NISHINO e YAMAGUCHI, 2004; NIKAIDO, 2009).
Mostrar mais

63 Ler mais

AINEs em adultos: orientações para a utilização de inibidores da COX-2 – Normas de Orientação Clínica

AINEs em adultos: orientações para a utilização de inibidores da COX-2 – Normas de Orientação Clínica

C. Os dados disponíveis indicam que os inibidores da COX-2 que restam no mercado, celecoxib e etoricoxib, parecem ter menor risco cardiovascular do que o rofecoxib. Contudo, em junho de 2005, a Agência Europeia de Medicamentos contraindicou os inibidores seletivos da COX-2 em pessoas com história de doença cardíaca isquémica, cerebrovascular ou arterial periférica12. D. Estudos posteriores indicam que os AINEs não seletivos também podem estar associados a um

9 Ler mais

Núcleo de estudos avançados de regulação do sistema financeiro nacional

Núcleo de estudos avançados de regulação do sistema financeiro nacional

No intuito de evitar a manutenção de domicílio bancário, a regulação deve possibilitar ao EC solicitar, eletronicamente ou por escrito, o levantamento do ônus da trava de domicílio ba[r]

23 Ler mais

O autor anónimo: a invisibilidade do tradutor no contexto português

O autor anónimo: a invisibilidade do tradutor no contexto português

Tal  como  o  primeiro  excerto  citado  em  epígrafe  indica,  a  constituição  de  um  corpus  depende em larga medida do objectivo para o qual é constituído. Dado que o objectivo  de [r]

157 Ler mais

Arlindo Barbeitos: poética da concisão

Arlindo Barbeitos: poética da concisão

Existe ainda o uso da recuperação não total dos versos da estrofe inicial no final do texto, como no poema «embarcados» (FS, p.33), provocando a sensação de ausênc[r]

126 Ler mais

Análise integrada das condições de ocorrência de deslizamentos e escoadas nas bacias hidrográficas do sector central da Ilha da Madeira

Análise integrada das condições de ocorrência de deslizamentos e escoadas nas bacias hidrográficas do sector central da Ilha da Madeira

Embora o objetivo fundamental proposto tenha sido perceber qual a ligação espacial entre os deslizamentos e as escoadas, e qual a sua relação com os fatores condicionantes, optou-se fo[r]

123 Ler mais

Analazing the market potencial of Coca-Cola products at cinemas

Analazing the market potencial of Coca-Cola products at cinemas

As mentioned in Chapter 1, the goal of this business project was to offer recommendations on how Coca Cola Hellenic Bottling Company in Austria could come up with a sales st[r]

18 Ler mais

Show all 5926 documents...

temas relacionados