Jonathan Safran

Top PDF Jonathan Safran:

Rewriting the self : re-framing narrative identity via metafictional resources in art spiegelman’s maus and jonathan safran foer’s everything is illuminated

Rewriting the self : re-framing narrative identity via metafictional resources in art spiegelman’s maus and jonathan safran foer’s everything is illuminated

The delimitation of the frames that contain the narratives that constitute Safran Foer’s novel is a complex business, as it implicates establishing the hierarchization of the narrated contents. Primarily, we can say that Everything Is Illuminated results from the union of two different novels, written by two different writers, whose coexistence may shed light on some of its common themes, namely the circumstances of emergence and extinction of the shtetl of Trachimbrod. Furthermore, as readers, we learn that this collaborative novel is not yet concluded, as we are invited to accompany its ongoing production. In addition, we are able to discover the “backstage” of writing, as we have access to Alex’s letters (and, through inference, some of the contents of Jonathan’s letters), which ends up raising new issues to be found as further topics of Safran Foer’s novel. From this scenario, we can stipulate degrees of interdependency between the three diegetic levels, in which Jonathan’s level is the most autonomous, able to stand on its own, as result of pure exercise of fictionalized family memoir, representing the time scope between Jonathan’s present and his ancestor’s past. Alex’s novel is conceived as a separate frame, though it explores Jonathan’s as a character in the field-search which inspired the construction of the latter’s work. Alex’s novel develops its own conflicts, which will be then reframed by the letters, which allow the reader to contrast his literary self-portrait and the foundation of his poetics. Furthermore, the letters also enlighten Everything Is Illuminated as a fictional exercise of collaborative writing, situating its construction in time and circumstance. However, to some extent escaping the metafictional ethos of disrupting the novelistic illusion, the fact that Alex is a creation of the outer Jonathan Safran Foer (author) is never acknowledged.
Mostrar mais

105 Ler mais

Múltiplas vozes em "Tudo se ilumina", de Jonathan Safran Foer

Múltiplas vozes em "Tudo se ilumina", de Jonathan Safran Foer

A narrativa em terceira pessoa sobre Trachimbrod, em que se recria a história da origem da família de Jonathan Safran Foer, a partir de sua ancestral, Brod, possui tom mítico e é marcada por uma linguagem poética, cheia de metáforas, na tentativa de preencher as lacunas sobre o shtetl e a vida de seus antepassados. Desde o título, “O começo do mundo frequentemente chega”, esse tom mítico é apresentado ao leitor. Acompanha essa narrativa, no entanto, a informação de um acidente ocorrido a “18 de Março de 1791 quando a carroça de eixo duplo de Trachim B prendeu-o ou não o prendeu no fundo do rio Brod”. 5 Desse acidente, surge o bebê que seria uma ancestral do escritor:
Mostrar mais

11 Ler mais

Entre palavras e imagens : as narrativas de Valêncio Xavier e de Jonathan Safran Foer

Entre palavras e imagens : as narrativas de Valêncio Xavier e de Jonathan Safran Foer

Esta tese estuda as obras do autor brasileiro Valêncio Xavier e do autor estadunidense Jonathan Safran Foer, que, a partir de narrativas compostas por artigos de jornal, desenhos, fotografias, mapas, flip books e por uma disposição textual peculiar ultrapassam a concepção tradicional do que se entende como romance ao incorporarem, sobretudo, outras manifestações artísticas, o que permite que sejam denominadas como narrativas híbridas e interartísticas. Discutir as obras de Valêncio Xavier e as de Jonathan Safran Foer consiste na utilização de teorias tradicionais e contemporâneas para a análise da intersecção entre palavra e imagem. Tais narrativas contemporâneas e profanadoras, se pensadas a partir de conceitos de Giorgio Agamben, subvertem e iluminam o livro enquanto objeto e suporte, restituindo o aspecto lúdico à leitura e o prazer do inesperado a cada página. Desse modo, os textos desses escritores são analisados aqui como representantes de uma literatura que é contemporânea por ser profanadora de temas e de suportes e, consequentemente, analisadas a partir de questões relacionadas às narrativas visuais e às poéticas interartísticas, aos jogos ficcionais e da colagem intertextual e, ainda, a partir da reflexão sobre os temas que compartilham: a reelaboração da memória, as alegrias e tristezas infantis e senis. As narrativas Minha mãe morrendo e o menino mentido, Meu sétimo dia: uma novella rébus, “Rremembranças de menina de rua morta nua”, “Maciste no inferno” e “Mistério mágico”, de Valêncio Xavier, e os romances Everything is illuminated e Extremely loud & incredibly close, o inclassificável Tree of Codes e o conto “If the Aging Magician Should Begin to Believe”, de Jonathan Safran Foer, são discutidos a fim de se evidenciar as suas semelhanças nas estratégias formais de composição. Assim como Valêncio Xavier e Jonathan Safran Foer profanam temas e suportes, esta tese também objetiva subverter em certa medida o subjétil com que lida, jogando e dialogando com as obras e os autores estudados, pois, como afirma Roland Barthes, não há como se tratar de obras e de autores sem escrever com eles.
Mostrar mais

278 Ler mais

Stories of oblivion and remembrance: transcontinental memory in the fiction of Jonathan Safran Foer

Stories of oblivion and remembrance: transcontinental memory in the fiction of Jonathan Safran Foer

Alexander Perchov, also called Alex, is a Ukrainian student who narrates the journey he has made with his grandfather and his dog, called Sammy Davis Jr Jr; they were hired to accompany Jonathan Safran Foer, an American Jew who has the author’s name, in his journey in search of the shtetl Trachimbrod. He is the second narrator, who tells the story of this village from the end of the 18th century to the time of World War II, when it was bombed and destroyed. Beside the story times associated to the past of the shtetl and to the journey (which took place in the Summer of 1997), there is still another temporal level: in the autumn following that journey, Alex writes to Jonathan, who had in the meantime returned to the US, sending him his narrative.
Mostrar mais

6 Ler mais

Tudo se ilumina à luz do passado: memória cultural judaica na obra de Jonathan Safran Foer

Tudo se ilumina à luz do passado: memória cultural judaica na obra de Jonathan Safran Foer

Abstract: The decade of 1990's gave us a multi-angular vision of the Second World War. The motion pictures have shown us strong scenes and denunciated to the audience the greatest ever sample of barbarism commited by men's rage. The massacre suffered by the Jews has become a fact known almost universally, although many people do not understand rightly the motivations for such crime, and not even know who really the Jews are. The present work aims to enlight the peculiarities of the Jewish people, considering the influence of the post-Second World War period on the construction of the Jewish cultural identity today. After understanding the elements, which are fundamental for the Jewish identity, an analysis will be developed focusing on the relevance of the Jewish cultural memory for the construction of the main character in the novel Everything is illuminated, by Jonathan Safran Foer. As theoretical basis, this work is reasoned upon studies of Jonathan Sacks (2002) about Jewish culture, and also upon considerations by Stuart Hall (2006).
Mostrar mais

11 Ler mais

Third generation perspectives on the holocaust in Everything is illuminated, by Jonathan Safran Foer, and its film adaptation, by Liev Schreiber

Third generation perspectives on the holocaust in Everything is illuminated, by Jonathan Safran Foer, and its film adaptation, by Liev Schreiber

Fonte: Filme “Everything is Illuminated” de Liev Schreiber.. The way Alex presents himself gives a hint that all this popularity is not the reality he lives in. After his father’s punch[r]

91 Ler mais

O evento 11 de setembro: (re)criação da história no romance Extremely Loud & Incredibly Close (2005), de Jonathan Safran Foer

O evento 11 de setembro: (re)criação da história no romance Extremely Loud & Incredibly Close (2005), de Jonathan Safran Foer

Por isso, ao analisarmos Extremely Loud & Incredibly Close (2005), atentamos para o modo como Foer revisita criticamente a história, e deparamo-nos com questões sobre a legitimid[r]

129 Ler mais

Safety assessment driving radioactive waste management solutions (sadrwms methodology) implemented in a software tool (safran)

Safety assessment driving radioactive waste management solutions (sadrwms methodology) implemented in a software tool (safran)

The SAFRAN Tool is a freeware software application that can be downloaded from the website (http://www.safran.facilia.se/safran/show/HomePage) , which also provides user support, possibility to download test-case examples of SAFRAN use, links to other relevant projects, and a utility for feedback to enable future and ongoing improvement of the software tool. The SAFRAN Tool implements international best practice in these areas. The ongoing CRAFT International Project is developing a report containing guidance for applying the methodology in DS284 to a range of predisposal waste management facilities and activities including the use of the SAFRAN tool.
Mostrar mais

9 Ler mais

Aspectos retóricos e poéticos em Jonathan Edwards : uma análise de Heaven, a world of love

Aspectos retóricos e poéticos em Jonathan Edwards : uma análise de Heaven, a world of love

Through a qualitative bibliographical research, this master thesis aimed to analyze the rhetorical and poetic aspects of the sermon Heaven, World of Love, the last of the Charity and its fruits series, preached by Jonathan Edwards (1703-1758) in 1738, and published only posthumously. It is an exegesis of 1 Corinthians 13 about the need for the manifestation of Christian virtues, which charity or love is the highest, and therefore the only one that will remain in the celestial universe of enhanced and supreme when all the others cease. Given the relevance of the author of the sermons in the North American context, considered until nowadays as an icon of philosophy, and theology, in the ecclesiastical history of America, this work is justified by addressing the sermons by a critical-literary bias, enabling the interpretation of its underlying concepts. Analyzing Jonathan Edwards from this angle allowed us to understand the importance of literature in the elocutio of his sermons. In addition, the study of his writings in academic settings is a way to enable access on cultural, political, philosophical and literary issues. To carry out this work, we wrote three main chapters, in which we deal, first, about the rhetoric, by providing a historical overview on the subject to understand their overall operation and to stand out which aspects of it are becoming more apparent in text analyzed. Secondly, we dwell on the rhetoric in the scope of the Protestant Reformation, to know how it has echoed in Puritanism. In order to do so, we sought to investigate how the tradition of reformed rhetoric was incorporated through the fundamental characters of the movement, such as Martin Luther (1483-1546), who officialized the beginning of it; and John Calvin (1509-1564), considered the greatest exegete of the Reform; later affecting the Puritan movement, of which William Perkins (1558-1602) is highligthed for having
Mostrar mais

76 Ler mais

Multilevel and multiscale drought reanalysis over France with the Safran-Isba-Modcou hydrometeorological suite

Multilevel and multiscale drought reanalysis over France with the Safran-Isba-Modcou hydrometeorological suite

Abstract. Physically-based droughts can be defined as a wa- ter deficit in at least one component of the land surface hy- drological cycle. The reliance of different activity domains (water supply, irrigation, hydropower, etc.) on specific com- ponents of this cycle requires drought monitoring to be based on indices related to meteorological, agricultural, and hydro- logical droughts. This paper describes a high-resolution ret- rospective analysis of such droughts in France over the last fifty years, based on the Safran-Isba-Modcou (SIM) hydrom- eteorological suite. The high-resolution 1958–2008 Safran atmospheric reanalysis was used to force the Isba land sur- face scheme and the hydrogeological model Modcou. Me- teorological droughts are characterized with the Standard- ized Precipitation Index (SPI) at time scales varying from 1 to 24 months. Similar standardizing methods were applied to soil moisture and streamflow for identifying multiscale agricultural droughts – through the Standardized Soil Wet- ness Index (SSWI) – and multiscale hydrological droughts, through the Standardized Flow Index (SFI). Based on a com- mon threshold level for all indices, drought event statistics over the 50-yr period – number of events, duration, sever- ity and magnitude – have been derived locally in order to highlight regional differences at multiple time scales and at multiple levels of the hydrological cycle (precipitation, soil moisture, streamflow). Results show a substantial variety of temporal drought patterns over the country that are highly dependent on both the variable and time scale considered. Independent spatio-temporal drought events have then been identified and described by combining local characteristics with the evolution of area under drought. Summary statistics
Mostrar mais

20 Ler mais

Considerações sobre a Política Fiscal e os caminhos da   Maria De Fatima Ribeiro, Jonathan Barros Vita

Considerações sobre a Política Fiscal e os caminhos da Maria De Fatima Ribeiro, Jonathan Barros Vita

Paulo, Paraná, Pará e Espírito Santo) e do Distrito Federal, que autorizam o uso de incentivos tributários como política de atração de investimentos. Em alguns casos, como São Paulo, o [r]

26 Ler mais

Jonathan Karp and Adam Sutcliffe, The Cambridge History of Judaism, vol. 7

Jonathan Karp and Adam Sutcliffe, The Cambridge History of Judaism, vol. 7

o desenvolvimento de uma mentalidade mercantil direccionada para a busca do lucro e o surgir de uma posição política e social mais favorável aos judeus – em suma, até que ponto a “Era do Mercantilismo” (The Age of Mercantilism, termo cunhado por Jonathan Israel) criou os alicerces para a emancipação judaica. Trivellato conclui o seu estudo, questionando a relação directa entre estes dois fenómenos: “Overall, after the mid sixteenth century, commerce favored new forms of toleration for Jews across most of Europe, but it is important to stress that these forms of toleration were tailored to the segregated social and political order of the Old Regime more than they paved the way of emancipation” (p. 164).
Mostrar mais

13 Ler mais

Jonathan Guimarães e Miranda Música no palco: ansiedade de performance musical em estudantes de música em Belém do Pará

Jonathan Guimarães e Miranda Música no palco: ansiedade de performance musical em estudantes de música em Belém do Pará

Tabela 26 – Frequência e percentual de alunos por nível de ansiedade e por opinião se há oportunidades suficientes para estudantes se apresentarem. Tabela 28 ilustra a frequência absolu[r]

132 Ler mais

Dissertação de Mestrado Jonathan Vinagre Braga Matrícula: 130073318 Orientador: Osmar Abílio de Carvalho Júnior

Dissertação de Mestrado Jonathan Vinagre Braga Matrícula: 130073318 Orientador: Osmar Abílio de Carvalho Júnior

A comparação dos dados MODIS e o mapeamento de referência permitiu avaliar a eficiência do método de identificação das áreas queimadas. Todas as áreas mapeadas por meio de imagens [r]

66 Ler mais

O educador como profissional reflexivo: um olhar sobre a docência na Escola Municipal Jonathan Da Rocha Alcoforado – FortalezaCeará

O educador como profissional reflexivo: um olhar sobre a docência na Escola Municipal Jonathan Da Rocha Alcoforado – FortalezaCeará

Este trabalho teve como objetivo conhecer a visão de professores que trabalham na Escola Municipal Jonathan da Rocha Alcoforado, localizada na cidade de Fortaleza – CE, sobre a perspectiva do educador como profissional reflexivo e o significado da docência para si, tendo com base um olhar da sua própria prática. É importante acentuar que nas últimas décadas tem ocorrido discursões acerca da formação docente frente aos novos paradigmas que emergem na sociedade, exigindo novas posturas dos educadores em formação e dos que já exercem a função docente. Diante disso, há o anseio de contribuir para melhorar os índices educacionais, ao mesmo tempo em que se busca minimizar problemáticas que assombram o sistema de ensino como, por exemplo: a repetência e evasão, as dificuldades de aprendizagem, o fracasso escolar, além da necessidade de se buscar uma inclusão qualificada no sistema de ensino. A partir desta perspectiva de resignificar a prática e a identidade docente, estudiosos, tais como Pimenta e Ghedin (2002), Facci (2004), apontam que a reflexão deve ser um elemento essencial para a prática dos professores, pois lançará bases para uma nova postura dos profissionais da educação, contemplando uma formação crítica-reflexiva para com a realidade do sistema de ensino, consequentemente, da sociedade (FONTANA, et al, 2013). Nesse sentido, a pesquisa se caracteriza como qualitativa, pois adentra nas histórias de vida e profissional de professores a fim de alcançar os objetivos propostos nessa investigação. Os recursos metodológicos utilizados para a construção dos dados foram: entrevistas semiestruturadas e conversas informais com os (as) professores (as). Conclui-se que os professores, participantes deste estudo, acreditam que a prática reflexiva é essencial para o fazer docente, uma vez que pode desencadear novas posturas que vislumbrarão novos horizontes, no intuito de avaliar e analisar o que foi pensado, as ações realizadas e os ajustes necessários, assim teorizando a própria prática.
Mostrar mais

52 Ler mais

Um estudo das metáforas no sermão "Pecadores nas mãos de um Deus irado", de Jonathan Edwards, na perspectiva da análise do discurso

Um estudo das metáforas no sermão "Pecadores nas mãos de um Deus irado", de Jonathan Edwards, na perspectiva da análise do discurso

Partimos do pressuposto de que a metáfora é uma estratégia linguística-discursiva que auxilia na construção do discurso religioso, sendo capaz de persuadir as pessoas quanto à percepção da realidade. Essa suposição foi amparada nos estudos da Análise do Discurso (AD), assim como na Linguística Cognitiva. A primeira, busca entender a língua fazendo sentindo, no qual a linguagem é a mediação entre o homem e sua realidade sócio histórica (ORLANDI, 2015). A segunda apresenta a metáfora na perspectiva de um evento sócio cognitivo, como atesta Lakoff e Johnson (1980 apud VEREZA), “nosso sistema conceitual, a partir do qual pensamos e agimos, é fundamentalmente metafórico pela sua própria natureza”. Nessa perspectiva, o objetivo geral deste trabalho é analisar de que modo a metáfora é utilizada por Jonathan Edwards no sermão “Pecadores nas mãos de um Deus irado”. Quanto aos objetivos específicos: propor um diálogo entre a Análise do Discurso e o estudo da metáfora e investigar a construção metafórica das percepções sobre a ira de Deus, o inferno, e o pecador.
Mostrar mais

52 Ler mais

http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3330/5/Jonathan%20Lu%C3%ADs%20Hack

http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3330/5/Jonathan%20Lu%C3%ADs%20Hack

Aconteceu, por esse tempo, que Judá se apartou de seus irmãos e se hospedou na casa de um adulamita, chamado Hira.2Ali viu Judá a filha de um cananeu, chamado Sua; ele a tomou por mulher[r]

282 Ler mais

Hibridismo linguístico e a simulação temporal em reescritas de Gulliver’s Travels, de Jonathan Swift

Hibridismo linguístico e a simulação temporal em reescritas de Gulliver’s Travels, de Jonathan Swift

Neste trabalho, analisam-se duas traduções e uma adaptação de uma obra literária orginalmente escrita no século XVIII, justamente com o objetivo de observar se o emprego da norma padrão pode ser um instrumento que auxilie na produção de um efeito de distanciamento temporal, que poderá produzir uma sensação de “arcaísmo” na leitura do texto narrativo em 1ª pessoa, como é o caso de Gulliver’s travels, de Jonathan Swift. Por outro lado, investiga-se também em que medida um certo grau de oralidade, representada na escrita, poderia ocorrer em reescritas de obras que supõem um certo afastamento no tempo, como é o caso da referida obra. Formas linguísticas mais distensas, e até relativamente informais, tendem a se aproximar da chamada norma culta, que admite certas construções linguísticas tipicamente desabonadas pela norma padrão tradicional.
Mostrar mais

26 Ler mais

Na barriga do Beemote: reflexões sobre o direito e o não-direito no contexto de “As Benevolentes”, de Jonathan Littell

Na barriga do Beemote: reflexões sobre o direito e o não-direito no contexto de “As Benevolentes”, de Jonathan Littell

De todo modo, ainda que não se pretenda aqui simplesmente transportar um quadro de análise gerado por um tempo histórico para outro, o fato é que a aproximação com r[r]

40 Ler mais

A FUNÇÃO SOCIAL E A RECUPERAÇÃO DA EMPRESA JONATHAN MACHADO DE CASTRO JUNIOR

A FUNÇÃO SOCIAL E A RECUPERAÇÃO DA EMPRESA JONATHAN MACHADO DE CASTRO JUNIOR

Nesse sentido, encontrando previsão legal, a função social da propriedade e, por conseguinte, da empresa, importa o exercício da atividade empresarial em consonância com o [r]

68 Ler mais

Show all 53 documents...