Lavras Novas

Top PDF Lavras Novas:

As festas populares e o contexto midiático: Lavras Novas e o futuro de sua identidade...

As festas populares e o contexto midiático: Lavras Novas e o futuro de sua identidade...

A partir dessa necessidade de mudança, houve a união entre a associação de moradores, entre comerciantes, e entre a irmandade, para juntos poderem discutir medidas que levassem a uma melhor convivência entre os turistas e a comunidade. Muitas destas medidas foram analisadas, discutidas e vêm realmente gerando resultados eficientes em Lavras Novas, possibilitando uma convivência menos conflitiva entre turistas e moradores. Estão entre estas medidas: a preferência pela realização das festas em finais de semana que não coincidam com feriados (como é o caso de a semana da Festa do Divino e de Nossa Senhora dos Prazeres se dar próximo do dia 7 de setembro, feriado, e a comunidade priorizar sua realização em um final de semana antes ou depois deste feriado); a proibição da realização de eventos pelas grandes pousadas em períodos de festa religiosa; a proibição da realização de shows ao ar livre em finais de semana festivos; a obrigatoriedade de uma conversa entre donos de estabelecimentos comerciais e a comunidade antes da realização de eventos, etc.
Mostrar mais

135 Ler mais

A dinâmica local alterada pelo turismo no distrito de Lavras Novas, Ouro Preto MG

A dinâmica local alterada pelo turismo no distrito de Lavras Novas, Ouro Preto MG

(A2) aí depois que o turismo foi chegando eles foram procurando jeito de melhorar, mas mesmo assim ainda tinha muita gente que criticava “ah, o fulano é doido! Por gente estranha pra dormir dentro da casa dele”, e como de fato era perigoso mesmo né, porque você vê a pessoa pela primeira vez e você já põe pra dormir dentro da sua casa? Mas graças a Deus aqui nunca aconteceu nada sério não.. graças a Deus Ao passo que o turismo ganhava fôlego como uma nova atividade econômica, outros pontos foram sentidos pela comunidade na alteração da dinâmica local, como um recente aumento no fluxo de pessoas, em um lugar onde antes era considerado pacato, como retratado por N5, para quem “através do turismo, antigamente não tinha assim, o fluxo de turismo que tem hoje, tinha mais os moradores”, e segue: “(N5) oh, pra mim através do turismo eu vejo que 10 anos, mas antes desses 10 anos já tinha o turismo”, reforçando o que foi descrito acima, os turistas começaram a chegar em Lavras Novas na década de 1980, mas um turismo mais expressivo se viu apenas nos últimos 10 anos. Entretanto, não foram apenas turistas que chegaram na comunidade, mas também muitos investidores, em sua maioria, antigos turistas: “(N6) ah mudou muito, assim, alguma coisa melhorou igual no caso do turismo, muita gente já trabalha aqui mesmo neh, antes tinha que sair pra trabalhar fora”.
Mostrar mais

114 Ler mais

O poder simbólico das representações sociais: territorialidades conflitivas nas relações homem e natureza no distrito de Lavras Novas-MG

O poder simbólico das representações sociais: territorialidades conflitivas nas relações homem e natureza no distrito de Lavras Novas-MG

Verifica-se ao tratar de temas como o asfaltamento da estrada de acesso à Lavras Novas e as festas com caráter mais popular, que existem confrontos de imaginários sociais no Distrito. Isso porque a Lavras Novas recriada para o turismo difere da Lavras Novas espaço de vida do nativo. A construção de uma rede de imagens que alimente o imaginário do turista se faz baseada no conteúdo simbólico do campo das representações sociais desses atores quanto ao distrito de Lavras Novas que estão orientadas com base em elementos como ‘natureza’, ‘tranquilidade’, ‘rústico’, ‘bucólico’, ‘belezas’, ‘aventura’, etc. Esses elementos povoam de forma diferente os imaginários sociais, já que não identificamos um único perfil de turista, portanto, a representação do distrito se ancorou sobre um conjunto de imagens que variaram de acordo com as referencias individuais. Essas imagens estão para parcela dos turistas entrevistados, conectadas à natureza e as manifestações culturais do distrito que se materializam em símbolos tais como a ‘panela de pedra’, o ‘fogão à lenha’, ‘arquitetura rústica’, ‘cachoeiras’, ‘mirantes’, ‘serras’, e etc. Identificamos um perfil de turistas com idade entre 50 e 70 anos aproximadamente, que atribuem ao distrito um espaço de descanso, possível graças à combinação da natureza com a tranqüilidade. Entre esses entrevistados são a paisagem e o clima do Distrito os motivos da escolha de Lavras Novas para visitação. Já entre os turistas mais jovens, em geral abaixo dos 30 anos, o distrito aparece como espaço de descontração e divertimento. Entre esse perfil também identificamos que muitos turistas representam Lavras Novas como “um lugar legal pra namorar, com esse friozinho aqui é muito bom” (Turista C, entrevistado em 14/11/2011). Ainda o fundamento ecológico por trás do discurso dos turistas é muito forte. A necessidade contemplativa aparece muito presente no discurso, uma vez que dos dezesseis turistas entrevistados, em nove das entrevistas havia forte associação de Lavras Novas à contemplação da natureza. Selecionamos nas entrevistas o trecho abaixo como aquele que melhor ilustra essa colocação.
Mostrar mais

177 Ler mais

Medidas para o desenvolvimento de um turismo sustentável no Distrito de Lavras Novas, Ouro Preto - MG

Medidas para o desenvolvimento de um turismo sustentável no Distrito de Lavras Novas, Ouro Preto - MG

Sendo assim, o sistema de trilhas em Lavras Novas deverá ser revisto e demarcado novamente, de forma a respeitar os padrões de deslocamento e os habitats da vida selvagem, consolidando seu papel de minimizar o impacto negativo da visitação e assegurar maior conforto e segurança aos visitantes, conforme recomenda Andersen (1995). A recomposição topográfica das trilhas deve ser feita de forma a possibilitar o plantio das espécies nativas consorciadas, dentro da estratégia das duas fases (GRIFFITH et al., 2000), nas bordas e no entorno das trilhas degradadas. Recomenda- se, ainda, a implantação de um sistema de drenagem das águas pluviais, por meio de canais escoadouros (MONEGAT, 1991; PIRES; SOUZA, 2003), que permitam a diminuição da velocidade e o direcionamento do fluxo das águas para fora das trilhas, de forma a diminuir o escoamento superficial.
Mostrar mais

93 Ler mais

Estrutura econômica e turismo: O dominio local versus extra-local no distrito de Lavras Novas, Ouro Preto (Minas Gerais, Brasil)

Estrutura econômica e turismo: O dominio local versus extra-local no distrito de Lavras Novas, Ouro Preto (Minas Gerais, Brasil)

Em sua fase comunitária, a principal atividade geradora de emprego era a usina canadense de alumínio (de nome ALCAN), localizada em Saramenha, no bairro de Ouro Preto. Na usina, apenas os homens de Lavras Novas trabalhavam, sendo descrito pelos lavranovenses como um período de muitos sacrifícios, visto que a principal fonte de renda era esta e apenas para homens, além da dificuldade de recursos e transportes.O modo de vida na comunidade pode ser associado à formação de uma identidade local ao longo do tempo. Foi recorrente nas entrevistas expressões que levam a ideias como ‘simplicidade’, ‘ajuda mútua’, ‘hospitalidade’, ‘religiosidade’, ‘vida comunitária’, ‘organização comunitária’, dentre outras que, no seu conjunto, traduzem a identidade local.
Mostrar mais

9 Ler mais

Modelagem do potencial geoturístico dos distritos do município de Ouro Preto - MG

Modelagem do potencial geoturístico dos distritos do município de Ouro Preto - MG

Ouro Preto conta com doze distritos: Cachoeira do Campo, Amarantina, Glaura (Casa Branca), São Bartolomeu, Santo Antônio do Leite, Rodrigo Silva, Miguel Burnier, Engenheiro Correia, Santa Rita de Ouro Preto, Santo Antônio do Salto, Antônio Pereira e Lavras Novas. A sede foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1980. Tanto a sede como alguns dos distritos do município recebem um grande número de visitantes pelas mais diversas motivações ligadas tanto aos segmentos do turismo natural como do turismo cultural. No entanto, o geoturismo ainda é pouco explorado na região. Neste contexto, tem-se como principal objetivo apresentar uma modelagem do potencial geoturístico dos distritos do município de Ouro Preto com uso de geotecnologias. Os objetivos específicos são: quantificar os atrativos associados ao patrimônio geológico; descrever os valores da geodiversidade de alguns desses atrativos; propor um roteiro geoturístico.
Mostrar mais

114 Ler mais

Avaliação de cultivares e hibridos de bananeira em lavras, MG.

Avaliação de cultivares e hibridos de bananeira em lavras, MG.

o 'FHIA 18' e a 'Pioneira' apresentaram ciclo vegetativo menor que 12 meses, ao passo que para 'FHIA 01' e '- Prata Anã', o ciclo foi maior que 13,5 meses. Pereira et al. (1998) afirmaram que as cultivares Prata, Prata Anã e Mysore foram mais produtivas em Maria da Fé e La- vras, região sul de Minas, do que em Patrocínio, região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, e a cv. Prata Anã, em Maria da Fé, produziu cachos significativamente maiores que em Lavras, ocorrendo o contrário com a cv. Mysore. Segundo esses autores, o ciclo dessas cultiva- res em Maria da Fé foi cerca de 4,21 meses maior que em Lavras e Patrocínio. Souto et al. (1996) observaram que na região norte de Minas o híbrido PV03-44 foi mais precoce e a cv.Thap Maeo mais produtiva do que as cultivares Pacovan, Ouro da Mata, Mysore, Nam e Caipira. Silveira et al. (1996), avaliando o comporta- mento de cultivares e híbridos de bananeira nessa mes- ma região, constataram que os híbridos PA 03-22 e a cv. Pioneira apresentaram maior produção e precocidade que a Prata Anã. Por outro lado, Gomez & Nobrega (2000) verificaram que na região produtora de banana do Estado do Espírito Santo a cv. Thap Maeo foi mais produtiva e a cv. Pioneira a mais precoce que as cultiva- res Prata, Mysore, Caipira e o híbrido PV 03-44. Ganga et al. (2001) também observaram que as cultivares Pio- neira e Prata Anã foram mais precoces no florescimento que os híbridos FHIA 01 e FHIA 18 e a cv. Maça, em Jaboticabal-SP.
Mostrar mais

9 Ler mais

Frações de fosfato em resrvatíorios de água em Lavras - MG.

Frações de fosfato em resrvatíorios de água em Lavras - MG.

The objective of this study was to evaluate the contents and fractions of P in water bodies at the Campus of the Federal University of Lavras to verify the occurrence of eutrophication. Eight artificial lakes were chosen, representing the conditions of soil use and management in the campus. The samples were collected monthly from January to December 2004. The levels of P in the following forms were assessed: soluble orthophosphate (OPS), total orthophosphate (OPT), total soluble P (PST), total P (PT), total particulate P (PPT), soluble non-reactive P (PNRS), non-reactive particulate P (PNRP), and total particulate orthophosphate (OPP). The pH, electrolytic conductivity, Ca, Mg, Na, K, NO 3 ,
Mostrar mais

9 Ler mais

Análise do comércio de bananas em Lavras: Minas Gerais.

Análise do comércio de bananas em Lavras: Minas Gerais.

respectivamente. Por outro lado, a banana ‘Maçã’ apresentou o menor índice (3,56%) seguida da ‘Marmelo’ (4,78%). Observa-se ainda, que independentemente da cultivar, as maiores perdas ocorreram nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, período mais quente do ano, uma vez que o calor reduz o período de conservação das frutas expostas em ambientes sem controle de temperatura. As perdas detectadas no mercado varejista de Lavras são decorrentes de danos durante a colheita,

7 Ler mais

Patrimônio cultural de Lavras (MG): valorização e pertencimento / Cultural heritage of Lavras (MG): appreciation and belonging

Patrimônio cultural de Lavras (MG): valorização e pertencimento / Cultural heritage of Lavras (MG): appreciation and belonging

Existem edificações icônicas que devem ser ressaltadas ao se tratar do Patrimônio Cultural de Lavras/MG, umas delas é o prédio da Escola Municipal Álvaro Botelho, inaugurado em 1933 e localizado na Rua Ferreira da Costa. Seguindo essa linha de raciocínio, outra edificação importante para a cidade é o prédio da Escola Estadual Firmino Costa, inaugurada em 1883, nomeada como Casa de Instrução, com o propósito de alfabetizar os meninos pobres, órfãos e até adultos. Ambas as edificações são destinadas a fins institucionais também na atualidade. Além disto, temos o prédio do Museu Bi Moreira, inaugurado em 1922 devido ao crescimento da Escola Agrícola, hoje intitulada como Universidade Federal de Lavras. Somente em 1983 a obra tornou-se o Museu Bi Moreira, considerado o maior museu do Sul de Minas, por seu valor histórico. O prédio do Museu Bi Moreira foi tombado como patrimônio de Lavras em 2006 (PREFEITURA MUNICIPAL DE LAVRAS, 2017).
Mostrar mais

14 Ler mais

A família arecaceae (palmeiras) no município de Lavras, MG.

A família arecaceae (palmeiras) no município de Lavras, MG.

ocorre Euterpe edulis e também Syagrus romanzoffiana, (ESPÍRITO-SANTO et al., 2002). Essa última ocorre ainda nos fragmentos de floresta estacional semidecidual montana localizados na Fazenda Beira Lago (MACHADO et al., 2004) e às margens do rio Capivari (SOUZA et al., 2003). Num trabalho realizado nos cerrados de uma região próxima à Lavras, o Sudoeste Mineiro, Carvalho & Martins (2009) registraram a ocorrência de apenas duas palmeiras, ambas no município de Alpinópolis: Attalea geraensis Barb. Rodr., que não foi encontrada em Lavras, e Syagrus flexuosa.

8 Ler mais

Microbiologia do solo no ensino médio de Lavras, MGSoil microbiology in high schools of Lavras, Minas Gerais.

Microbiologia do solo no ensino médio de Lavras, MGSoil microbiology in high schools of Lavras, Minas Gerais.

Microorganisms have relevant functions in the sustainability of ecosystems and for life on the planet, although society is generally not aware of this role and considers only the domain of pathogens. The purpose of this study was to analyze the content about soil microorganisms conveyed to students by biology textbooks of high schools in lavras, State of Minas gerais. Students and teachers from three schools of this city were described and the knowledge about soil microbiology of 334 high school students of these schools tested after attractive presentations of the subject in various forms (lectures, workshops and practical classes). The data were collected before and after the presentations by questionnaires and the feasibility of teaching this subject at high school was evaluated as well. Despite the importance of soil microorganisms, the approach of the high school biology textbooks to the subject does not highlight their relevance in the context of agriculture and the environ- ment. after presenting the subject, the comprehension of the students of public and private schools was significantly different. it was found that accessible resources could help teach and improve this content in the subject biology, and that scientific knowledge should be transferred from the universities to high schools.
Mostrar mais

12 Ler mais

Estudo da precipitação efetiva para o município de Lavras, MG.

Estudo da precipitação efetiva para o município de Lavras, MG.

This paper presents a study about the monthly effective rainfall, using the probable precipitation which is calculated by the Log-normal distribution, for the levels of 75 and 90% of probability, using daily precipitation data from the period of 1914 to 1991, in the region of Lavras - Minas Gerais - Brazil. The data was obtained from the climatologic station of the Universidade Federal de Lavras, employing three methods to calculate the effective rainfall: fixed percentage (PF) (20, 50 and 80%), dependable rain (FAO/AGLW) and Soil Conservation Service Method (USDA). The results for the level of 75% of probability rendered an annual effective rainfall of 125.4, 313.6, 501.8, 330.6 and 485.0 mm for the methods: PF 20, 50 and 80%, FAO and USDA, respectively. For the level of 90% of probability, the annual effective rainfall found was of 79.5, 198.8, 318.1, 188.8 and 327.8 mm for the methods: PF 20, 50 and 80%, FAO and USDA, respectively.
Mostrar mais

4 Ler mais

Ocorrência de insetos na pitaia no município de Lavras-MG

Ocorrência de insetos na pitaia no município de Lavras-MG

Resumo. Devido às suas características de sabor doce e suave, polpa firme e repleta de sementes com ação laxante, as pitaias têm despertado interesse nos produtores por sua grande aceitação nos mercados consumidores. Diante do exposto, este trabalho visou identificar os visitantes florais, polinizadores e os insetos que causam danos aos cladódios e aos frutos de pitaia (Hylocereus undatus), no município de Lavras, MG. O trabalho foi conduzido em um pomar experimental e na coleção de frutas exóticas. As coletas foram realizadas duas etapas (diurna e noturna). Foi observado que a polinização cruzada de pitaia é realizada por abelha (Apis mellifera) durante o dia e os insetos que causam maiores danos são formigas (Atta sexdens e Solenopsis sp) e irapuá (Trigona spinipes) no município de Lavras, MG. É necessário que o produtor tenha cautela antes de utilizar medidas de controle, pois alguns insetos são benéficos para a polinização cruzada das plantas de pitaia e outros podem causar sérios danos nos cladódios, flores e frutos.
Mostrar mais

5 Ler mais

CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA DA FIBRA DE BAMBU (Bambusa vulgaris) VISANDO SUA UTILIZAÇÃO EM COMPÓSITOS POLIMÉRICOS

CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA DA FIBRA DE BAMBU (Bambusa vulgaris) VISANDO SUA UTILIZAÇÃO EM COMPÓSITOS POLIMÉRICOS

O desenvolvimento de materiais compósitos utilizando fibras vegetais como reforço é crescente e vêm conquistando novos segmentos de mercado, pois as fibras vegetais apresentam baixo custo, biodegradabilidade, menor densidade e boas propriedades mecânicas, físicas e térmicas adequadas às aplicações industriais. Este trabalho apresenta os resultados de recentes pesquisas sobre a fibra de Bambusa vulgaris realizadas no laboratório de anatomia da madeira da Universidade Federal de Lavras, onde foram avaliadas suas dimensões e relações entre elas, bem como o ângulo de micro fibrila. O principal objetivo deste estudo é mostrar que estes materiais não convencionais podem apresentar propriedades semelhantes e/ou superiores a outros materiais que tradicionalmente vem sendo empregados na produção de compósitos. Os resultados da pesquisa mostraram que os valores de ângulo de micro fibrila (11,54º), comprimento (2.299,47 µm), diâmetro da fibra (13,93 µm), diâmetro do lume (3,81 µm), relação comprimento/largura (172,53) e espessura da parede celular (5,06 µm) poderão maximizar as propriedades mecânicas dos compósitos onde forem utilizadas tornando-os mais resistentes e mais leves em comparação com outras fibras.
Mostrar mais

15 Ler mais

Implicações da origem das linhagens de feijoeiro na magnitude da interação com ambientes.

Implicações da origem das linhagens de feijoeiro na magnitude da interação com ambientes.

Abstract – The objective of this work was to verify the implications of the origens of bean lines in the magnitude of the interaction with environment, and the environmental factors, which contribute most to this interaction. Data from the value of cultivation and use trials of the biennia 2002/2003, 2005/2006, and 2007/2008, related  to three cropping seasons in Lavras and Viçosa counties, MG, Brazil, were used. Lines from Universidade  Federal  de  Lavras,  Universidade  Federal  de  Viçosa,  and  Embrapa  were  evaluated.  Grain  yield  data  were  subjected to the variance analysis for each environment and to joint analyses per biennium, for each local, and for both localities simultaneously. Coefficients of determination for each source of variation were determined,  and stability analyses using ecovalence estimates were performed. Interactions with lines had small share in the total variation, in the three biennia. Despite the significance of genotype x local interactions for the total  variation, its magnitud was not expressive. The location of the origin does not influence line stability when its  environmental conditions are similar to those of the cultivation location, but influence the performance of lines  when enviromental conditions differ greatly.
Mostrar mais

9 Ler mais

Redução de fósforo em dietas para frangos com base em valores de equivalência da fitase.

Redução de fósforo em dietas para frangos com base em valores de equivalência da fitase.

LICHTENBERG,  J.;  PEDERSEN,  P.B.;  ELVIGJOERGENSEN,  S.G.; SKOV, L.K.; OLSEN, C.L.; GLITSOE, L.V. Toxicological  studies  on  a  novel  phytase  expressed  from  synthetic  genes  in  Aspergillus oryzae . Regulatory Toxicology and Pharmacology,  v.60, p.401-410, 2011. DOI: 10.1016/j.yrtph.2011.05.010.  NAVES,  L.  de  P.  Metodologias para quantificar fitato e uso de fitases em rações para frangos de corte.  2012.  152p.  Tese  (Doutorado) – Universidade Federal de LavrasLavras

7 Ler mais

DIÁLOGOS DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: DESAFIOS E POTENCIALIDADES NAS PRÁTICAS AMBIENTAIS ESCOLARES DO MUNICÍPIO DE LAVRAS/MG

DIÁLOGOS DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: DESAFIOS E POTENCIALIDADES NAS PRÁTICAS AMBIENTAIS ESCOLARES DO MUNICÍPIO DE LAVRAS/MG

Diante da consideração de Almeida (1990), ao se referir às questões relativas ao aprendizado, o ser humano, em todas as fases de sua vida, está sempre descobrindo e aprendendo coisas novas através do contato com seus semelhantes e do domínio sobre o meio em que vive (ALMEIDA, 1990 apud. FIGUEIREDO, 2003, p.11). Esta afirmação leva a compreender a importância de inserir o lúdico no cotidiano da sala de aula como forma de reforçar a aprendizagem. Através de atividades lúdicas, os estudantes desenvolvem o aprendizado e potencializam suas capacidades de maneira participativa e construtiva, trabalhando a socialização por meio da interação e da experimentação. De acordo com Lopes (2006), as brincadeiras têm um papel fundamental no desenvolvimento da identidade e da
Mostrar mais

18 Ler mais

The Train Station of Lavras city

The Train Station of Lavras city

The bibliographical survey was carried out in libraries in the cities of Lavras and São João del-Rei (Minas Gerais) and in public archives; publications on the topic, reports given by foreign travelers, and news from local newspapers. In addition, a photographic survey was carried out as a tool to illustrate the transformations the area suffered throughout time, either by illustrating the facts described in the literature, or revealing events that were only registered as images.

12 Ler mais

Análise do mercado de frutas em Lavras-MG.

Análise do mercado de frutas em Lavras-MG.

Em função do volume de frutas demandado mensalmente e das inúmeras vantagens comparativas e competitivas do município de Lavras, pode-se concluir que a implementação da atividade frutícola como fonte geradora de emprego e renda deve ser cada vez mais incentivada. Esse consumo mensal de frutas permite projetar um volume de, aproximadamente 4.500 toneladas/ano, conforme Tabela 1, o que equivale a uma ampliação da área frutícola em mais ou menos 300 hectares, gerando cerca de 900 empregos diretos no campo, proporcionando a movimentação de mais de 4 milhões de reais na economia local.
Mostrar mais

4 Ler mais

Show all 5818 documents...