Martin Luther King

Top PDF Martin Luther King:

Eu tenho um sonho: os atos de fala como  do ethos de Martin Luther King

Eu tenho um sonho: os atos de fala como do ethos de Martin Luther King

Diante dessa classificação, observamos que o discurso, inserido na cena englobante política, proferido por Martin Luther King pode ser analisado dentro desses elementos característicos do gênero discursivo segundo Maingueneau (2001). Dessa forma, encontramos um texto com uma finalidade discursiva que consiste na observância do lado humanístico do enunciador. Tal fato ocorre a partir de uma sequência de atos de fala perlocucionários em que o locutor Martin Luther King manifesta a intenção que pretende causar no seu ouvinte. Pode-se identificar a meta ilocucionária de assentir acerca da necessidade de unir forças com a população branca (“Não podemos caminhar sozinhos”); a valorização do público; o comprometimento do público pelo conhecimento prévio acionado; o comprometimento do outro com a ideia humanística (“Temos de conduzir nossa luta para sempre no alto plano da dignidade e da disciplina. Não devemos deixar nosso protesto criativo degenerar em violência física”); a responsabilização do si diante do desejo de liberdade e de conquistar essa liberdade pacificamente (“Precisamos nos erguer sempre e mais uma vez à altura majestosa de combater a força física com a força da alma.”).
Mostrar mais

18 Ler mais

Martin Luther King, Malcolm X, Panteras Negras e Histórias em Quadrinhos:  disputas racistas implicadas no primeiro Super-Herói negro da DC Comics

Martin Luther King, Malcolm X, Panteras Negras e Histórias em Quadrinhos: disputas racistas implicadas no primeiro Super-Herói negro da DC Comics

O objetivo deste artigo é analisar as relações histórico- dialógicas implicadas na primeira tentativa de se publicar um super-herói negro na DC Comics, uma das principais editoras americanas de Histórias em Quadrinhos, na edição número 20 de Teen Titans (Turma Titã), no ano de 1969. Assim sendo, a partir de um referencial teórico-metodológico de análise do discurso, pautado em Bakhtin, avaliaram-se revistas de super-heróis editadas no período histórico compreendido entre 1964 (data do surgimento da Turma Titã) e o início da década de 1970, analisando-se os dialogismos nos quais os roteiros das Histórias em Quadrinhos incorporavam discursos que tematizavam o racismo e, segundo os editores alegavam, o racismo reverso. Desse modo, foi possível constatar dialogicamente as relações entre a cultura de massa, o movimento dos direitos civis e as tensões discursivas presentes nas diferentes posições étnico-raciais evidenciadas por Martin Luther King Jr., Malcolm X e os Panteras Negras; assim como suas repercussões na discussão, no Brasil, sobre Histórias em Quadrinhos, racismo e o movimento negro.
Mostrar mais

35 Ler mais

Ecofisiologia da germinação e do crescimento inicial de Piptadenia stipulacea (Benth.) Ducke E Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan

Ecofisiologia da germinação e do crescimento inicial de Piptadenia stipulacea (Benth.) Ducke E Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan

MARTIN LUTHER KING.. stipulacea é uma espécie característica de estágio inicial de sucessão, enquanto A. colubrina de estágios mais avançados. Para caracterizar as duas e[r]

66 Ler mais

Pacifist approaches to conflict resolution: an overview of pragmatic pacifism

Pacifist approaches to conflict resolution: an overview of pragmatic pacifism

The purpose of this article is to present an overview of the pragmatic aspects of pacifist approaches. The efforts of conceptualisation and typification of non-violent action undertaken by the first generation debates on the topic – centred on the figure of Gene Sharp – were highlighted along with some developments and challenges faced by second generation authors, who are dedicated to refining and testing hypotheses about non-violence from a consistent empirical base. A clear shift of focus of the approaches based on principles to pragmatic approaches can be observed, and an effort to go beyond the assumption that non-violent action is superior in every situation and under any condition has also been highlighted. Thus, even when the researchers currently involved with the study of non-violence resort to classical references of principled pacifism like Gandhi and Martin Luther King, their concerns focus more on the question of the effectiveness of the authors' activism than the religious and moral principles that underlie their approaches. The current generation of authors involved with pragmatic pacifism derive techniques from Gandhi and Martin Luther King and the theory of power/consent of the first generation of pragmatic pacifism hypotheses that can be tested empirically. These recent developments reveal a currentness, a vitality and complexity for the research agenda of non-violence that can give a renewed practical and theoretical contribution to the field of conflict resolution that goes beyond the caricatures and stereotypes through which pacifist approaches have traditionally been seen.
Mostrar mais

16 Ler mais

Culturas de protesto em portugal na imprensa periódica: 1968-1970

Culturas de protesto em portugal na imprensa periódica: 1968-1970

Dirigido durante vários anos por António Pedro Ruella Ramos, que substituiu os demissionários Norberto Lopes e Mário Neves em Novembro de 1967, o Diário de Lisboa era o mais oposicionista dos jornais diários portugueses. Tanto o suplemento feminino «Da Mulher e da criança», com crónicas diárias como «Diário de Eva», destinado à promoção dos direitos das mulheres, como o suplemento juvenil, evidenciavam um forte desejo de acompanhar o que de mais moderno se fazia noutros países. Com a sua coluna diária «Rectângulos da Vida», Maria Judite de Carvalho abordava vários assuntos da actualidade. Numa das suas crónicas, dava como motivo para o consumo de droga o medo de viver num mundo cruel: «LSD – consumido por gente com medo de viver demais. Medo do Vietname, medo da incomunicabilidade de Blow- Up, medo de uma época recheada de violência» 285 . Revelando especial interesse pela vida política e pelos problemas sociais americanos, o jornal envolvia-se sobremaneira na cultura de protesto divulgada pelos estudantes e pelos movimentos dos direitos civis. Apelava-se, por exemplo, à libertação do poeta negro LeRoi Jones, autor de Blues People: Negro Music in White America (1963), condenado, a 4 de Janeiro de 1968, a dois anos e meio de prisão por posse ilegal de armas durante os distúrbios raciais de Newark 286 . Dias após o assassinato de Martin Luther King, figurava Stokely Carmichael na manchete, acompanhado de fotografias de negros a serem espancados por polícias, garantindo que a morte do grande líder negro abrira caminho à revolução 287 . Por outro lado, todos os dias se publicavam notícias dando conta dos infortúnios dos invasores no Vietname. O Governo de Saigão não tinha o apoio da população 288 . Garantia-se que a única solução para a paz no Vietname seria a retirada das tropas americanas 289 .
Mostrar mais

122 Ler mais

First record of Chiasmognathus from the Kingdom of Saudi Arabia (Hymenoptera, Apidae)

First record of Chiasmognathus from the Kingdom of Saudi Arabia (Hymenoptera, Apidae)

Riyadh, Honeybee Queen Breeding Station, Ministry of Agriculture, Namar, 9.x.2012 [9 October 2012], M.A. Hannan. he female is deposited in the King Saud University Museum of Arthropods, Plant Protection Department, College of Food and Agricul- ture Sciences, King Saud University, Riyadh, Kingdom of Saudi Arabia, while the male is deposited in the Division of Entomology, Snow Entomological Collections, Univer- sity of Kansas Natural History Museum, Lawrence, Kansas, USA.

7 Ler mais

A Study of Forms and Linguistic Usage of Meeting Documents in the Reign of His Majesty King Chulalongkorn and the Reign of His Majesty King Bhumibol Adulyadej

A Study of Forms and Linguistic Usage of Meeting Documents in the Reign of His Majesty King Chulalongkorn and the Reign of His Majesty King Bhumibol Adulyadej

) a document of meeting schedule and agenda, (iii) the minutes of the meeting, (iv) a meeting document and (v) an after-meeting document (2) Meeting procedures in the reign of His Majesty King Chulalongkorn were proceeded according to a law of meeting regulations; for example the regulations of the meeting, the minutes of the meeting and the Royal Decree on Principle ad procedure for discussion meeting. Meeting procedures in the reign of His Majesty King Bhumibol Adulyadej divided into 2 types were these: (i) holding a meeting according to regulations ad holding a meeting according to an agenda (general meeting) (ii) Thai usage in the minute of the meeting in the reign of His Majesty King Chulalongkorn ad His Majesty King Bhumibol Adulyadej had the differences in writing style, idioms, outlines and technical terms. Conclusion/Recommendations: Research results revealed the difference in forms and linguistic usage of meeting documents between in the reign of His Majesty King Chulalongkorn ad His Majesty King Bhumibol Adulyadej, especially the differences in writing styles, idioms, outlines and technical terms concerning the meeting.
Mostrar mais

5 Ler mais

Why Qualitative Research Needs More and Better Systematic Review

Why Qualitative Research Needs More and Better Systematic Review

Much qualitative research is still too generic. General studies of the ‘‘life experience’’ of key populations may have been useful and relevant 15 or 20 year ago. However, when studies exam- ining such experiences occur and are published in large volumes without any further attempts to discover nuances of either what is being experienced or the people involved, the research risks lacking focus and may miss vital areas where new knowledge is needed. For example, a series of qualitative systematic reviews (Clark, King-Shier, Duncan, et al., 2013; Clark, King-Shier, Spaling, et al., 2013; Clark et al., 2012) examined almost 100 qualitative studies over 30 years into patient decisions about participating in cardiac rehabilitation programs. For three decades, it has also been known from quantitative research that being female was associated with lower attendance. Yet, examining the 90þ qualitative studies into referral, attendance, and completion of these health ser- vices, only three studies actually examined the influence of sex or gender on participants’ accounts and only one of these studies had an adequate theorization of gender (Angus et al., 2015). How, despite decades of research showing sex-based inequalities in access to cardiac rehabilitation, did we end up doing so much undifferentiated qualitative work that ignored sex and gender?
Mostrar mais

3 Ler mais

Riyadh Mother and Baby Multicenter Cohort Study: The Cohort Profile.

Riyadh Mother and Baby Multicenter Cohort Study: The Cohort Profile.

Although Saudi Arabia has a low maternal mortality ratio of 14/100 000, it has a high still- birth rate of 12/1000 live birth compared to similar high-income countries [2,5]. This could be attributed to the high prevalence of maternal diabetes [6] and obesity [7] in addition to genetic diseases secondary to consanguinity [8]. Due to lack of a national database, however, many maternity health indices are lacking such as the prevalence of gestational diabetes (GDM) and preeclampsia. Most of the data available on the main maternity morbidity indices have been estimated from small hospital-based studies with varying levels of reliability and generalizabil- ity [6,9,10]. Because RAHMA has systematically recruited a large number of pregnant women, it is expected to provide accurate estimate of the indices of maternal morbidity in Riyadh and to a great extent in Saudi Arabia generally, bearing in mind that more than 25% of the King- dom's population (7.3 million) lives in Riyadh [5]. In addition, RAHMA is expected to have a positive influence on the health services and biomedical literature in Saudi Arabia and other Middle Eastern countries by providing hard evidence useful for the refining of policy and prac- tice in maternity services.
Mostrar mais

14 Ler mais

Solos de Lions Rump, Antártica Marítima: Processos de Formação, Classificação, Mapeamento e monitoramento da camada ativa

Solos de Lions Rump, Antártica Marítima: Processos de Formação, Classificação, Mapeamento e monitoramento da camada ativa

Micromorphological and microchemical studies reveal important information regarding soil genesis and physicochemical behavior. Although use of techniques as WDS, OTM, and SEM be more common for geological purposes, they use in soil studies can reveal great information, especially at ornithogenic soils. The present study was carried out at Lions Rump where six pedons were selected to represent the main soil types commonly found in ice-free areas of King Georg Island, varying from soils devoid vegetation cover to ornithogenic soils, all of them with high organic carbon contents. Each pedon was described and sampled for micromorphological and microchemical studies, clay mineralogical evaluation, and chemistry and physical analyses. Results showed that phosphatization is the main process of soil formation in ornithogenic soils, where we can observe phosphatic compounds filling soil porous, covering clasts and reacting with minerals forming mainly non-crystalline phosphates. The processes of ornithogenesis depend on time of exposure to birds influence and the amount of guano depositions on the soil. Due to this characteristic, we could separated the ornithogenic soils in two groups: Acid pH ornithogenic soils and Neutral pH ornithogenic soils whereas in the first one the phosphatization was more intense.
Mostrar mais

117 Ler mais

MARTIN MAX LUIS DE CASTRO NEGRÃO

MARTIN MAX LUIS DE CASTRO NEGRÃO

A omissão de tais efeitos, podem confundir um diagnóstico de falha no sistema de isolação da linha, de forma que foi necessário desenvolver uma metodologia para determinação [r]

164 Ler mais

Taxonomia e contexto geológico da tafoflora da Ilha Dufayel, Ilha King George, Península Antártica

Taxonomia e contexto geológico da tafoflora da Ilha Dufayel, Ilha King George, Península Antártica

relacionados com as famílias Myrtaceae, inclusive da secção Leptospermoidea, Sapindaceae, Anacardiaceae, Monimiaceae, Lauraceae, Celastraceae e Malvaceae, estando ausentes os fetos e coníferas, comuns em outras paleoassembléias da ilha King George. Composicionalmente a paleoflora é comparável com àquelas da base da Formação La Meseta, na Subacia de James Ross e das bacias austrais do Chile e Argentina durante o Paleoceno Superior e Eoceno basal. São igualmente correlacionáveis as que se distribuem entre o Eoceno e o Mioceno da Nova Zelândia. Assim, comprova-se a idade Eoceno Inferior (Ypresiano) proposta pelos dados isotópicos. Florestas subtropicais a temperadas úmidas de composição similar crescem hoje na região de Valdívia no Chile, e em áreas do sul da Austrália e na Nova Zelândia, entre os 35 o e 45º de latitude. Sugerem condições ambientais mais aquecidas para seu crescimento nas áreas da Península durante o Paleógeno, e sua posterior dispersão para o norte, quando os climas na Antártica se tornaram desfavoráveis.
Mostrar mais

140 Ler mais

A Fenomenologia como retorno à ontologia em Martin Heidegger.

A Fenomenologia como retorno à ontologia em Martin Heidegger.

Em que sentido, no entanto, o espírito da máxima da “volta às coisas mesmas” serviu de inspiração ao retorno à questão do ser? Em que medida as elaborações ontológicas que se atribuí[r]

17 Ler mais

Ann Brown and Martin Rich

Ann Brown and Martin Rich

This paper aims to constitute an empirical study on the applicability of the AR method in the field of Information, more specifically analyzing the implementation of ISS policies in SMEs[r]

11 Ler mais

A Teoria de King e sua interface com o programa "Saúde da Família".

A Teoria de King e sua interface com o programa "Saúde da Família".

No que se refere às hipóteses, é sugerida a testagem por parte dos enfermeiros, o que contribuirá para ampliar sua validação dando poder de generalização à teoria. King descreveu as seguintes hipóteses: a exatidão perceptiva nas interações enfermeira-paciente aumenta a fixação mútua de metas; a comunicação aumenta a fixação mútua de metas entre as enfermeiras e os pacientes e leva a satisfações; satisfações por parte de enfermeiras e pacientes aumentam a consecução de metas; a consecução de metas aumenta a habilidade de aprendizado e enfrentamento do paciente, em situações de enfermagem; o conflito de papéis vivenciado por pacientes, enfermeiras, ou ambos, diminui as transações, nas interações enfermeira- paciente; a adequação nas expectativas dos papéis, e no desempenho de papéis, aumenta as transações, nas interações enfermeira- paciente (8) .
Mostrar mais

10 Ler mais

Reinventing ourselves: A conversation with Joyce E. King

Reinventing ourselves: A conversation with Joyce E. King

KING: It almost killed me. I was sick for a year, longer than a yer, almost two years. I was in bed for a month. I had a mysterious ringing in my ears. I couldn’t even stand up. We spent about $ 2,000 in medical tests. I was going to resign from the Curriculum Comission because I was just the end. I couldn’t take it any more. And a woman who had just come on the Comission called me to the side one day, and she said, “Please don’t resign, because they said that if they can keep you away from the social studies book, that’s what they really want. “So I said, I’ll stay on”. But to stay on them meant that I had to try to get the freedom to speak. So then it was ok. Once I decided to change the way I was operating, then I got better. I didn’t have any more mysterious symptoms.
Mostrar mais

16 Ler mais

A arte e o pôrseemobra da dade na filosofia de Martin Heidegger

A arte e o pôrseemobra da dade na filosofia de Martin Heidegger

O intuito de Heidegger, ao falar do destino ( Schicksal ) não consiste em promover uma questão moral em seus pormenores, tal como fora direcionada a reflexão na filosofia existencialista, por exemplo. Contudo, é inegável que ele atribui ao Dasein certa responsabilidade no que diz respeito ao seu poder-ser, que não pode deixar de perceber que ele é ser-no-mundo e ser com os outros. Essa imersão leva o Dasein a escolher a possibilidade mais favorável dentre todas as que foram herdadas e seu acontecimento entre os outros é denominado envio comum ( Geschick ). Segundo o filósofo: “O envio comum não se compõe de destinos singulares da mesma forma que a convivência não pode ser concebida como a ocorrência conjunta de vários sujeitos. Na convivência em um mesmo mundo e na decisão por determinadas possibilidades, os destinos já estão previamente orientados. É somente na participação e na luta que se libera o poder do envio comum.” (Cf. HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo , p.477)
Mostrar mais

109 Ler mais

Reinventando a nós mesmos: Uma conversa com Joyce E. King (Tradução)

Reinventando a nós mesmos: Uma conversa com Joyce E. King (Tradução)

Materials Commission, na Califórnia. Por essa razão, a tradução da entrevista para a publicação que ora se apresenta pode ser- vir tanto como registro de um importante balanço das pesquisas sobre multiculturalismo e currículo em diferentes países quanto como fonte primária para aqueles que pesquisam os desafios de uma mudança curricular baseada na dimensão cultural da edu- cação, na formação de professores e na inscrição da comunidade como agente dos princípios curriculares, como propõe Joyce King.

16 Ler mais

King Lear, de Jean-Luc Godard: uma tragédia?

King Lear, de Jean-Luc Godard: uma tragédia?

Esse também marca a relação entre o cinema e o estilo de filme proposto por Godard, que faz com que o texto de Shakespeare seja fragmentado e que a produção cinematográfica [r]

6 Ler mais

Martin Buber: eclipse de Deus e o Holocausto

Martin Buber: eclipse de Deus e o Holocausto

Deus deseja que seu brilho penetre no mundo, mas, para isso, são necessários homens dispostos a acolher sua luz e sua força. Deus nunca se retira do mundo, “é o homem que se fecha para Deus, no mínimo piscando os olhos e interrompendo assim, pelo negro das reticências, a luz contínua de seu olhar vigilante” (LEVINÁS, 2001, p. 110). É justamente quando o homem fecha seus olhos a Deus que o diabólico penetra em sua vida. O que quer Deus de nós? Ele quer que nos religuemos a Ele na esfera concreta de nossa ação no mundo, por meio do desenvolvimento de nossas potencialidades. É através de nossas ações no processo histórico que o indivíduo pode contribuir para a redenção. Assim, o homem que pode ser chamado de homem é aquele que traz a si mesmo como oferenda ao Senhor neste mundo. Carlos Dias (2004, p. 62) afirma, com toda razão, que Martin Buber se situa ao lado de um certo pensamento utópico que mira os céus com os pés assentados na terra, uma utopia que vive o processo de humanização desde a encarnação, sem reduzir a carne ao mundo, nem compactuar com o satânico.
Mostrar mais

11 Ler mais

Show all 472 documents...