Mercado de Água Mineral

Top PDF Mercado de Água Mineral:

Análise econômica do mercado de água mineral

Análise econômica do mercado de água mineral

A dissertação se propõe a apresentar uma análise descritiva sobre o mercado de águas minerais. A abordagem do tema é feita, inicialmente, através de um breve histórico do seu surgimento e panoramas mundial e nacional deste mercado. Através dos dados de valor total em volume vendido por mil litros, valor total vendido em milhões de reais, market share em volume e market share em valor, do mercado de água mineral descartável de até 19.999 ml da área delimitada para análise, foi possível mensurar variáveis de significado econômico como preço, qualidade, poder de mercado e lucro das empresas deste segmento. A metodologia aplicada consiste na calibragem dos parâmetros de um modelo estrutural de demanda e oferta. Pelo lado da demanda, assumimos o tradicional modelo de Logit de escolha discreta por produtos diferenciados. Por sua vez pelo lado da oferta parte-se do pressuposto que firmas competem à la Bertrand.
Mostrar mais

45 Ler mais

A ÁGUA COMO VALOR ECONÔMICO E O BRASIL NO MERCADO DE ÁGUA MINERAL

A ÁGUA COMO VALOR ECONÔMICO E O BRASIL NO MERCADO DE ÁGUA MINERAL

O presente Trabalho de Conclusão de Curso é uma análise geral dos aspectos econômicos, sócio-ambientais e jurídicos envolvidos em torno do fato de a água ter se tornado um valor econômico, legalmente reconhecido, no Brasil, através da Lei Federal N° 9433 de 1997. O uso privado da água pra fins industriais com retorno de altos conteúdos tóxicos e poluentes que extinguem a fauna e a flora ribeirinhas e degradam a qualidade da água, foi considerado por técnicos e juristas como devendo ser limitado por lei. Por outro lado, dentro da mesma temática dos recursos hídricos, o Brasil destaca-se na produção de água mineral, no estudo de caso verifica-se a posição e as potencialidades do Brasil no Mercado Mundial de Água Mineral, bem como, alguns dados sobre as dimensões desse mercado. Além da análise descritiva e qualitativa foram elaborados tabela, gráficos e quadros para a descrição quantitativa de certas dimensões do mercado mundial de água.
Mostrar mais

57 Ler mais

A influência dos elementos mercadológicos na escolha dos consumidores por marcas populares: uma investigação no mercado residencial de água mineral 20 litros em Fortaleza

A influência dos elementos mercadológicos na escolha dos consumidores por marcas populares: uma investigação no mercado residencial de água mineral 20 litros em Fortaleza

Esta dissertação de Mestrado teve por objetivo avaliar o impacto das variáveis mercadológicas no processo de decisão de compra de marcas populares de água mineral na embalagem 20 litros no mercado residencial de Fortaleza. Este estudo constatou que o crescimento destas marcas foi favorecido pelo surgimento de uma nova classe de consumidores que, impulsionados por fatores sócio- econômicos como o aumento do poder aquisitivo e a estabilidade econômica passaram a consumir água mineral. Há ainda outros fatores determinantes para o crescimento do consumo tais como a necessidade de uma experiência de consumo mais saudável, a procura pela experiência de consumo de melhor sabor e a motivação de projetar uma imagem de si próprios para outras pessoas. Uma pesquisa de campo foi realizada com uma amostra de 384 consumidores residenciais em diferentes domicílios na cidade de Fortaleza. Como resultado, constatou-se que o gosto da água, bem como a qualidade, confiabilidade e preferência pela marca são os fatores que mais influenciaram na escolha da marca. Estes resultados confirmam o potencial do mercado de baixa renda reforçando a importância das empresas em buscar alternativas para acompanhar a evolução dos seus consumidores oferecendo soluções mais criativas que as dos seus concorrentes para diferenciação das marcas neste promissor mercado.
Mostrar mais

118 Ler mais

Análise econômica comparativa de empresas de água mineral quanto ao porte.

Análise econômica comparativa de empresas de água mineral quanto ao porte.

O mercado de águas minerais de São Paulo é extremamente signifi cativo no contexto nacional. Trata-se do maior mercado de águas minerais do país. O mercado brasileiro de águas minerais tem através do Estado de São Paulo, sua maior referência no crescimento de um mercado complexamente estruturado em relação aos demais Estados da Federação, conforme os dados estatísticos do anu- ário mineral do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), publicado no site ofi cial do mesmo no ano de 2009, tendo como ano-base o ano de 2008.

6 Ler mais

ANA CECILIA DA COSTA SILVA

ANA CECILIA DA COSTA SILVA

A justificativa sobre a comercialização de produtos com pouco valor agregado, caso da água mineral engarrafada, dá-se pela necessidade da gestão dos recursos escassos na sociedade internacional (RIZZIERI, 1998, p.12). A água, então, passa a se apresentar como ‘produto de diferenciação locacional’. Ou seja, as regiões que apresentam abundância do bem, passam a ter vantagem na sua comercialização. Cabe ressaltar que mesmo nas circunstâncias de pouca agregação de valor, há diferenciação de produto e estratégias comerciais baseadas na consolidação de marcas. As águas minerais apresentam diferentes composições e sabor, sendo que parte do mercado é suprida por meio da mineralização artificial da água.
Mostrar mais

54 Ler mais

Serviços logísticos como diferencial competitivo : o caso da água mineral

Serviços logísticos como diferencial competitivo : o caso da água mineral

Esta dissertação apresenta um estudo sobre o mercado de consumo residencial de água mineral, em embalagem retornável de 20 litros, na cidade de Porto Alegre, tendo como foco o setor de distribuição de água e os serviços logísticos associados. Este tipo de embalagem tem aumentado sua participação, que já representa mais de 50% no crescente volume de água mineral comercializado no Brasil. O crescimento da população em áreas metropolitanas dificulta o tratamento da água pública, e em busca de água pura para beber, a água mineral serve como alternativa, o benefício central é o mesmo, porém, as formas de entregar o produto são muito diferentes. A comercialização da água mineral depende do seu deslocamento, dos pontos de extração - fontes - até os consumidores, em embalagens que a acondicionem, de forma que o transporte, a venda, o manuseio e o consumo sejam viabilizados, diferente da água pública, encanada. O objetivo deste trabalho é analisar as características dos serviços logísticos que influenciam a decisão de compra dos consumidores. A realização deste estudo contempla a aplicação inicial de uma pesquisa qualitativa, objetivando a compreensão dos principais serviços logísticos envolvidos na comercialização do mercado em estudo. Na seqüência realiza-se uma pesquisa quantitativa, para caracterizar os grupos consumidores e hábitos de consumo deste mercado, bem como identificar e priorizar os atributos dos serviços logísticos requeridos pelos clientes. Como resultado, identificou-se que acessibilidade ao produto, agilidade na entrega, confiança no fornecedor, simplicidade na prestação do serviço, higiene e limpeza do produto e do serviço, são as características mais relevantes dos serviços logísticos. Estas características associadas a competitividade de preço, influenciam a decisão de compra de água mineral na embalagem de 20 litros.
Mostrar mais

161 Ler mais

Evaluation of the organophosphates pesticides contamination in superficial water of Rondinha - Rio Grande do Sul.

Evaluation of the organophosphates pesticides contamination in superficial water of Rondinha - Rio Grande do Sul.

Desse modo, há necessidade de realização de um monitoramento de longo prazo na área de estudo, a fim de identificar se a contami- nação detectada foi casual ou persistente e como ela varia ao longo da safra. Estes estudos contribuirão para a avaliação da qualidade da água. Além disso, são necessárias ações planejadas da comunidade e do poder público. Estas ações devem ter como objetivo reduzir a possibilidade de contaminação dos sistemas hídricos e devem incluir a proteção das fontes de água subterrâneas e superficiais, a gestão e o manuseio correto dos agrotóxicos em áreas de produção rural, regu- lação estatal, programas de educação ambiental e adoção de práticas que minimizem os danos ao meio ambiente e a saúde humana.
Mostrar mais

6 Ler mais

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DO RESVERATROL SOBRE O TECIDO ÓSSEO DE RATAS OVARIECTOMIZADAS VICTOR FABRICIO

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DO RESVERATROL SOBRE O TECIDO ÓSSEO DE RATAS OVARIECTOMIZADAS VICTOR FABRICIO

Quanto à densidade óssea, o grupo Controle Ovariectomizado (OVX) apresentou diminuição deste parâmetro frente ao grupo Controle Intacto em ambos os ossos, comprovando os relatos da literatura. Entretanto, os efeitos protetores do resveratrol (aumento no grupo OVX + RES vs. OVX) foram apenas observados nas vértebras no parâmetro obtido pelo método de Arquimedes (figura 8, tabela 5) confirmado pelo método da Densidade Radiográfica (figura 14, tabela 9). Nossos resultados corroboram os apresentados por LIU et al. (2005) que, ao tratarem com resveratrol via gavagem gástrica na mesma concentração utilizadas pelo nosso estudo (0,7 mg/kg MC) e pelo mesmo período de tempo (três meses) ratas Wistar ovariectomizadas, observaram aumento da densidade mineral óssea (BMD, Bone Mineral Density) apenas nas epífises de fêmures (com predominância do contingente trabecular). Contudo, LIN et al. (2005) ao tratarem com diferentes doses de resveratrol (5, 15 e 45 mg/kg MC) através da alimentação, ratas Sprague-Dawley ovariectomizadas de três meses de idade, observaram proteção contra diminuição da BMD com as três doses em todas as vértebras analisadas (L4, L5 e L6); nas regiões de interesse de tíbias e fêmures com maior contingente cortical, apenas as duas doses maiores (15 e 45 mg/kg MC) foram capazes de proteger. Portanto, ao comparar com estes estudos, também é possível comprovar o efeito protetor do resveratrol contra a diminuição da densidade óssea em tecidos com predominância de contingente trabecular na dose utilizada (0,7 mg/kg MC) e, para que este efeito se estenda para ossos com maior predominância cortical, seria necessário o teste de doses maiores da substância.
Mostrar mais

79 Ler mais

Comportamento do Consumidor de Refrigerantes: Reflexos da Mudança no Mercado Brasileiro MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO

Comportamento do Consumidor de Refrigerantes: Reflexos da Mudança no Mercado Brasileiro MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO

Esse estudo tem como proposta investigar a mudança de comportamento do consumidor no Brasil, compreender os principais motivos para o crescimento da nova linha de refrigerantes e demais categorias de bebidas com apelo ao saudável e seus efeitos na indústria brasileira de bebidas. Desse modo, objetiva-se apresentar um histórico do comportamento do consumidor, a maneira como ele está migrando, e qual a resposta que o mercado de bebidas lhe oferece nesse contexto. Percebeu-se a importância de se identificar as reais influências sobre a tomada de decisão do consumidor perante o cenário de alimentação e hábitos com apelo ao saudável. Em razão da alta representatividade do mercado de bebidas no contexto nacional, torna-se necessária uma melhor compreensão desse nicho de mercado, onde o resultado desse trabalho pode ser de grande relevância para o setor acadêmico e o mercado empresarial. Em virtude dos objetivos e características desse trabalho, optou-se por um survey, o que configura uma pesquisa quantitativa descritiva, combinando-se levantamento bibliográfico e análises estatísticas de dados secundários sobre o consumo das principais categorias de bebidas com apelo ao saudável obtido por institutos especializados em pesquisa (AC Nielsen), entre outros documentos relacionados ao tema. As hipóteses apresentadas foram confirmadas estatisticamente, e os resultados mostraram a consolidação de um nicho específico de consumidores em nosso país, demonstrando um grande potencial de desenvolvimento futuro para essas categorias de bebidas, e prometendo se consolidar no mercado como uma alternativa aos refrigerantes regulares com adição de açúcar.
Mostrar mais

107 Ler mais

Cultivo de flores com o uso de água residuária e suplementação mineral.

Cultivo de flores com o uso de água residuária e suplementação mineral.

De acordo com os resultados das análises de água (Tabela 2), e em consonância com as diretrizes de adequabilidade de águas para irrigação apresentadas por AYERS & WESTCOT (1999), averigua-se que, do ponto de vista da salinidade (fator este que provoca efeitos sobre a disponibilidade de água às plantas) e da ocorrência de problemas de infiltração no solo, a água residuária apresentou grau de restrição de ligeiro a moderado por apresentar, em média, CE > 0,7 dS m -1 e RAS 4,08 (mmol L -1 ) 0,5 , enquanto a água de abastecimento não apresentou quaisquer problemas. No tocante à toxicidade de íons específicos (caso de sódio), não se encontrou restrição alguma na água de abastecimento; já a residuária apresentou grau de restrição de ligeiro a moderado.
Mostrar mais

10 Ler mais

Mosquitos dendrícolas (Diptera, Culicidae) em internódios de taquara da Floresta Atlântica, Serra do Mar e do Primeiro Planalto, Paraná, Brasil.

Mosquitos dendrícolas (Diptera, Culicidae) em internódios de taquara da Floresta Atlântica, Serra do Mar e do Primeiro Planalto, Paraná, Brasil.

média de 6,84 mosquitos de forma imatura por internódio no Primeiro Planalto e 5,79, na Serra do Mar. Comparando, porém, as duas localidades e os dois tipos de habitats juntos, os internódios verdes da Serra do Mar foram os que contaram com maior número absoluto de espécimes (Tabela I). A interdependência desta fauna dendrícola e a retenção da água nos internódios de taquara favoreceram a formação de criadouros de mosquitos isolados do meio ambiente em pequenos canudos (internódios), interessantes e peculiares, únicos do gênero na natureza. São criadouros semipermanentes distribuídos em diversos estratos verticais como “bolsões verticais” fixos no solo, que também oferecem condições para outras espécies de insetos ali proliferarem.
Mostrar mais

9 Ler mais

Aplicação do método de sondagem elétrica tical para estudo de fonte hidromineral na região serrana do estado do Rio de Janeiro

Aplicação do método de sondagem elétrica tical para estudo de fonte hidromineral na região serrana do estado do Rio de Janeiro

Estes valores em profundidades de até 5 metros indicam uma possível infiltração inicial nos sedimentos ou uma variação de nível d’água nas camadas sedimentares (nível dinâmico). Valores superiores a 13 metros indicam que a água foi conduzida para o interior de rochas através de fraturas/contatos, o que revela um possível aqüífero do tipo cristalino não confinado, preenchido por águas minerais fluoretadas.

11 Ler mais

O Uso da Água na Mineração: Uma Análise da Produção Científica Internacional

O Uso da Água na Mineração: Uma Análise da Produção Científica Internacional

A água é considerada um recurso estratégico para o desenvolvimento de uma mineração mais sustentável. É consenso, entre os envolvidos na mineração, que há uma dualidade na relação entre água e mina. Se, por um lado, esse é um bem natural extremamente necessário em diversas atividades dessa indústria, por outro é a origem de muitas preocupações. Tendo em vista a relevância do uso da água na atividade do setor mineral, este estudo tem como objetivo identificar as principais características da produção científica internacional relacionada à temática nos últimos dez anos. Desenvolveu-se um estudo bibliométrico, utilizando a base de dados Web of Science, relacionando os termos “água” (water) e “mineração” (mining), no período de 2003 a 2012. Foram identificados os estudos mais relevantes, por meio do levantamento dos dez estudos mais citados ao longo deste período. Foram verificadas 9.957 publicações, com artigos científicos representando 75% do total. Ressalta-se a relevância da temática da sustentabilidade nos estudos que envolvem água e mineração.
Mostrar mais

16 Ler mais

Efeito de bebidas no esmalte dental submetido a desafio erosivo com ácido cloríd...

Efeito de bebidas no esmalte dental submetido a desafio erosivo com ácido cloríd...

água mineral, o extrato de soja e o leite UHT integral, porém menor que a provocada pelo refrigerante à base de limão. A presença de acidulantes (ácido cítrico e fosfórico), no chá preto testado pode ter contribuído para este resultado. Estes ácidos são os dois principais ácidos alimentares presentes nos refrigerantes (WEST; HUGHES; ADDY, 2001). A praticidade do Ice tea poderia facilitar seu consumo, contudo apresenta potencial erosivo anteriormente evidenciado por BEHRENDT; OBERSTE; WETZEL (2002). A presença de flúor na composição do chá preto testado, não foi declarada pelo fabricante na embalagem do produto, mas foi evidenciada através de análise quantitativa com resultado de 0,760 ± 0,049. O flúor presente no chá analisado não foi capaz de impedir a desmineralição do esmalte, contrariando a expectativa, uma vez que, a inclusão desta bebida foi em função da presença deste mineral. O flúor não proporcionaria efeito protetor no esmalte quando presente em bebidas carbonatadas ácidas (LARSEN; RICHARDS, 2002). SIMPSON; SHAW; SMITH, (2001b) concluíram que o chá preto em função da presença de flúor seria indicado como substituto de bebidas ácidas da dieta. Contudo, BEHRENDT; OBERSTE; WETZEL (2002) avaliaram 44 amostras de chá, sendo 28 de chá preto e concluíram que os produtos “Ice tea” apresentariam potencial erosivo. Possivelmente, os efeitos benéficos do flúor contido no chá preto sejam mais bem aproveitados quando a forma de consumo escolhida for a mais tradicional embora menos prática, ou seja, infusão.
Mostrar mais

51 Ler mais

Qualidade microbiológica de águas minerais.

Qualidade microbiológica de águas minerais.

de microcolônias, mas não de biofilmes visíveis. Das 44 amostras analisadas no presente estudo, nenhuma apresentou-se contaminada por clostrídios sulfito redutores a 46ºC, enterococos e Pseudomonas aeruginosa. EIROA, JUNQUEIRA & SILVEIRA [9], ao ava- liarem as características microbiológicas de 92 amos- tras de água mineral de diferentes pontos da linha de envase de quatro indústrias engarrafadoras no Estado de São Paulo, não detectaram a presença de microrga- nismos do grupo coliforme, clostrídios sulfito redutores a 46ºC e estreptococos fecais. Esses autores observa- ram que, dependendo da época de amostragem, P. aeruginosa podia ou não estar presente nas fontes e que mesmo não havendo a contaminação da fonte por este microrganismo, ocasionalmente a bactéria esteve pre- sente nas enchedeiras e produto final. De acordo com WARBURTON & DODDS [29], tal fato pode ser resulta- do da colonização por P. aeruginosa nos equipamentos. Desta forma poderia ser usada como indicadora das boas práticas de fabricação (no que se refere à limpeza e sa- nificação), uma vez que freqüentemente pode não ser detectada na fonte, mas ser detectada nos equipamen- tos e produto acabado. P. aeruginosa é um microrganis- mo capsulado, apresentando desta maneira a capacida- de para formação de biofilmes nos equipamentos.
Mostrar mais

5 Ler mais

Qualidade físico-química e microbiológica de água mineral e padrões da legislação.

Qualidade físico-química e microbiológica de água mineral e padrões da legislação.

Physicochemical parameters were compared with those predicted in the legislation for turbidity, pH, nitrate, iron, manganese, aluminum, fluoride, and microbiological indicators such as total coliform and Escherichia coli. The results indicated that the pH was often below the limit allowed by public supply. Deviation from the recommended concentration was most exceeded for aluminum, presenting values significantly high to the standards allowed in two trademarks. Fluoride concentrations were close to zero, although the legislation recommends values between 1 mg/L and 2 mg/L. The microbiological parameters in some localities and all trademarks registered total coliform, but Escherichia coli were present in only one sample. The mineral water consumed has been considered a safe product compared to other sources, but this study showed that the mineral water marketed in Macapá was often not in accordance with the law. Special attention is recommended for monitoring water quality in 20 L bottles.
Mostrar mais

11 Ler mais

Alterações das características físico – químicas da água mineral no processo de industrialização

Alterações das características físico – químicas da água mineral no processo de industrialização

Em relação ao pH analisado, variou-se de 7,5 à 5,05 conforme ilustrado na Figura 2. No poço subterrâneo, mostra que teve uma grande elevação nos valores de pH. Deve-se levar em consideração o nível do poço como também o processo de bombeamento do mesmo que pode ter influenciado em seus resultados obtidos, sendo assim, quanto mais retira água do poço mais será a concentração de íons e sólidos solúveis na água mineral.

15 Ler mais

OS CONFLITOS DO GERENCIAMENTO DA ÁGUA MINERAL NO BRASIL - ESTUDO DE CASO: ESTADO DO RIO DE JANEIRO

OS CONFLITOS DO GERENCIAMENTO DA ÁGUA MINERAL NO BRASIL - ESTUDO DE CASO: ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Atualmente, os conflitos para a inserção da água mineral na gestão dos recursos hídricos decorrem dos diferentes momentos da história da política brasileira. A legislação de água mineral (Código de Águas Minerais de 1945 e Código de Mineração de 1967) originou-se em governos com políticas centralizadoras, enquanto que a legislação de recursos hídricos (Constituição Federal, de 1988 e a Política Nacional de Recursos Hídricos, de 1997) possui um caráter democrático, descentralizador e multiparticipativo. Este estudo baseou-se numa análise geral dos registros históricos da evolução política, fundamentado na Constituição Federal e legislações referentes a recursos hídricos e minerais. Estes conflitos são muito complexos e graves, principalmente causados pelas seguintes razões: 1) a água mineral é considerada um minério e, legalmente, não faz parte do ciclo hidrológico; 2) áreas de exploração mineral e requeridas estão bloqueadas para uso e ocupação, e 3) áreas mineradas cobrem grandes extensões de municípios, restringindo o crescimento de cidades e ocupando áreas de proteção ambiental; 4) a criação de regulamentações técnicas para o atendimento das necessidades da mineração causam conflitos com outras instituições de outros ministérios, estado e municípios, como o Ministério da Saúde, SERLA-RJ e corpo de bombeiros. Este trabalho conclui que há uma necessidade de criação de parcerias interinstitucionais para o gerenciamento da explotação da água mineral, de acordo com as competências específicas. O gerenciamento maior da explotação dos recursos naturais estaria sob a responsabilidade do ministério (Ministério de Minas e Energia).
Mostrar mais

15 Ler mais

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA HIDROXIAPATITA E DO RESVERATROL SOBRE O TECIDO ÓSSEO DE RATOS CONTAMINADOS COM ACETATO DE CHUMBO

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA HIDROXIAPATITA E DO RESVERATROL SOBRE O TECIDO ÓSSEO DE RATOS CONTAMINADOS COM ACETATO DE CHUMBO

processo de remodelamento ósseo podem explicar este achado. Um dos mecanismos está relacionado a dano renal e gastrointestinal, interferindo sobre o metabolismo dos minerais como cálcio e fósforo. Outro mecanismo envolve a estimulação da reabsorção e inibição da formação óssea via uma influência direta sobre a diferenciação e ativação de osteoclastos e osteoblastos (BRZÓSKA, JAKONIUK, 2005). De acordo com o primeiro mecanismo, danos às células epiteliais do túbulo proximal do néfron causam decréscimo da reabsorção de compostos com baixo peso molecular pelo túbulo renal, particularmente, aminoácidos, glicose, fosfato e cálcio (MAHAFFEY, 1974; IPCS, 1995; LIN et al., 2003; YU, LIN, LIN- TAN, 2004; BURBURE et al., 2006). LIN et al (2003) demonstraram que a exposição crônica ao Pb pode influenciar subitamente a progressão da insuficiência renal em pacientes sem diabetes com doença renal crônica acarretando danos glomerulares e tubulares renais. Esse fato poderia contribuir para a causa da deficiência renal e alteração do equilíbrio ácido-básico. Esse desequilíbrio poderia induzir aumento da excreção urinária de cálcio, induzindo um hiperparatireoidismo secundário ou devido ao efeito direto do ácido sobre o tecido ósseo. BUSHINSKY (2001) relatou, em trabalho de revisão, alterações em culturas de células ósseas de camundongo promovidas pela diminuição do pH durante 3 horas, modelo de acidose aguda, causando dissolução mineral óssea. Esses estudos indicam que o mecanismo pelo o qual íons hidrogênio causam liberação do cálcio ósseo durante curto período é devido a alterações de fatores físico-químicos que governam a deposição e dissolução de minerais do tecido ósseo. BURCK et al. (2005), em estudo com cultura de células ósseas, observaram que a acidose pode contribuir para redução da mineralização óssea via aumento da solubilidade da hidroxiapatita e diminuição da atividade da fosfatase alcalina (ALP).
Mostrar mais

142 Ler mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL

Minerais como a vermiculita ainda podem ser empregados na composição dos painéis com o objetivo de aumentar as propriedades ignífugas. O termo vermiculita é utilizado também para designar comercialmente um grupo de minerais micáceos constituído por cerca de dezenove variedades de silicatos hidratados de magnésio e alumínio, com ferro e outros elementos (FRANÇA e LUZ, 2002). Quando aquecida entre 650 e 1.000ºC apresenta uma curiosa propriedade de expansão, devido à brusca transformação da água em vapor (FERRAZ, 1971). Os espaços vazios originados desta expansão volumétrica são preenchidos por ar, que conferem a vermiculita expandida certas características como grande leveza, isolação térmica e absorção acústica. Segundo Oliveira e Ugarte (2004) este material tem sido bastante utilizado como enchimento de pisos, isolamento termo acústico em divisórias, forros, lajes e paredes corta fogo, câmaras a prova de som, câmaras a prova de fogo, rebocos isolantes, etc. Na década de 40, nos Estados Unidos, Salisbury patenteou o painel de fibra de madeira (polpa) resistente a fogo, esse possuía em sua composição vermiculita expandida e outros produtos químicos. Kozlowski et al. (1999) estudando a influência da vermiculita e uréia formaldeído na produção de compósitos de madeira (fibras e polpa) afirmam ser uma pasta eficiente a ser adicionada aos painéis lignocelulósicos resistentes ao fogo, dependendo dos componentes complementares.
Mostrar mais

107 Ler mais

Show all 10000 documents...