Métodos e tempos

Top PDF Métodos e tempos:

Qualidade do pequi submetido ao cozimento após congelamento por diferentes métodos e tempos de armazenamento.

Qualidade do pequi submetido ao cozimento após congelamento por diferentes métodos e tempos de armazenamento.

de aço inox. As seguintes análises foram realizadas: microscopia eletrônica de varredura, firmeza, umidade, cor (L*, h* e C*), carotenoides totais, β-caroteno e vitamina C. Houve diferença significativa entre os dois métodos de congela- mento apenas para as variáveis vitamina C e β-caroteno. As demais variáveis sofreram influência apenas do fator tempo de armazenamento. Conclui-se que o pequi cozido após congelamento é influenciado mais pelo tempo de armazenamento do que pelo método de congelamento, sendo o congelamento eficiente para preservação da qualidade desse fruto.
Mostrar mais

8 Ler mais

“Uma proposta de optimização no sistema produtivo do calçado” : estudo dos tempos e métodos para dois modelos

“Uma proposta de optimização no sistema produtivo do calçado” : estudo dos tempos e métodos para dois modelos

“As evoluções verificadas na gestão das empresas após a Revolução Industrial, as alterações económicas e culturais justificaram a transição progressiva de uma gestão fechada (eras da produção e das vendas) para uma gestão orientada para o consumidor. Ao longo desse tempo, o rápido desenvolvimento económico originou o desenvolvimento de teorias e escolas de pensamento. Na sequência da teoria de Taylor, cujas preocupações se centram na organização das tarefas individuais, análises de métodos e tempos e divisão do trabalho, a teoria clássica deu especial atenção à estrutura organizativa” (Cardoso, 1995).
Mostrar mais

83 Ler mais

Rendimento, composição química e atividades antimicrobiana e antioxidante do óleo essencial de folhas de Campomanesia adamantium submetidas a diferentes métodos de secagem.

Rendimento, composição química e atividades antimicrobiana e antioxidante do óleo essencial de folhas de Campomanesia adamantium submetidas a diferentes métodos de secagem.

RESUMO: Campomanesia adamantium é muito utilizada na medicina popular no tratamento de hipertensão, reumatismo e diabetes. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o rendimento, a composição química, e as atividades antimicrobiana e antioxidante do óleo essencial de folhas de C. adamantium submetidas a diferentes métodos e tempos de secagem. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, com oito tratamentos e três repetições. O óleo essencial foi extraído por hidrodestilação das folhas e analisado por CG-EM. O tipo de secagem das folhas de C. adamantium inluenciou no teor e na composição química do óleo essencial. Os constituintes espatulenol, óxido carioileno e germacreno-B apresentaram maior concentração na maioria das procedências avaliadas. O óleo essencial das folhas de C. adamantium apresentou moderada atividade antibacteriana em relação a todos os micro-organismos testados. A atividade antioxidante se deu empregando-se o método de redução do radical estável DPPH, sendo observada fraca atividade antioxidante por meio do ensaio utilizado.
Mostrar mais

9 Ler mais

Ativação elétrica ventricular na ressincronização cardíaca caracterizada pelo mapeamento eletrocardiográfico de superfície.

Ativação elétrica ventricular na ressincronização cardíaca caracterizada pelo mapeamento eletrocardiográfico de superfície.

O presente estudo usando o MES avaliou as seqüências de tempos de ativação elétrica ventricular, com o objetivo de avaliar a ativação elétrica não somente nos ventrículos de uma forma global, mas também regionalmente, como na região ântero-septal, uma vez que esta tem um papel fundamental na dinâmica da contração cardíaca. Essas áreas foram analisadas nas três situações de estudo, BRE nativo, na estimulação do VD e durante a estimulação átrio-biventricular, comparando todas elas a um grupo de controle de indivíduos normais. A análise comparativa das três situações de estudo trouxe evidências das importantes alterações que ocorrem em presença do BRE. A ativação elétrica da região septal sofreu pequena alteração, no entanto há um claro e significativo retardo de ativação do VE, fato esse já estudado anteriormente e que demonstrou a dificuldade de transmissão dos impulsos elétricos através de um sistema de condução danificado 19 .
Mostrar mais

7 Ler mais

Novas regras de prioridade para programação em flexible flow line com tempos de setup explícitos.

Novas regras de prioridade para programação em flexible flow line com tempos de setup explícitos.

de sucesso de cada método para a probabilidade de antecipação do setup em U[0, 50]% e U[50, 100]%. Novamente, os resultados mostraram-se bastante próximos em ambas as opções desse parâmetro, tendo diferenças de no máximo 4,0 pontos percentuais (na regra SPT2_ERD com sete estágios e 30 tarefas). No geral, a diferença média em valores absolutos foi de 0,9 ponto percentual. Isso pode indicar que nesse ambiente uma maior probabilidade de antecipação do setup não necessariamente melhoraria o resultado dos métodos.

12 Ler mais

Comportamento hidrológico de bacias hidrográficas: integração de métodos e aplicação a um estudo de caso.

Comportamento hidrológico de bacias hidrográficas: integração de métodos e aplicação a um estudo de caso.

Resultam da análise estatística de grandes volumes de informação de cam- po que conduzem à obtenção de equa- ções de regressão. Esses métodos ba- seiam-se no estabelecimento de uma re- lação entre o tempo de concentração e as características fisiográficas da bacia através da análise de regressão linear múltipla, o que leva a que a sua aplica- ção seja mais segura em situações que estiveram na base do seu desenvolvi- mento. São, por isso, métodos rígidos e estáticos, que não consideram a variabi- lidade espacial e temporal da bacia. Po- rém são métodos expeditos (não exigem dados de entrada detalhados), importan- tes para a fase preliminar do estudo (es- tudo prévio ou anteprojeto) de uma dada bacia.
Mostrar mais

12 Ler mais

Time and motion study applied to a production line of organic lenses in Manaus Industrial Hub

Time and motion study applied to a production line of organic lenses in Manaus Industrial Hub

diminuir sua duração realizando novamente a análise de micro movimentos e descobrindo modos de evitar desperdícios ou diminuir tempos de atividades não agregadoras de valor. Outra possibilidade viável é configurar a linha para que se tenha três montadores de cada lado, assim, o tempo de montagem seria dividido por seis e não por quatro como colocado no Quadro 9. Em seguida, o próximo passo seria calcular novamente o tempo normal e o tempo padrão da operação e construir o Quadro 10 e o novo gráfico na Figura 7 de tempos de ciclo.

15 Ler mais

Esterilidade: validação de metodologia e propostas de otimização de resultados

Esterilidade: validação de metodologia e propostas de otimização de resultados

A análise da TABELA 47/FIGURA 23, que mostra os resultados obtidos nos tempos médios necessários para a detecção de contaminantes pelos diferentes métodos de inoculação, evidenciou dif[r]

171 Ler mais

Revisão da artroplastia total de joelho em dois tempos: o valor da cultura obtida por biópsia artroscópica.

Revisão da artroplastia total de joelho em dois tempos: o valor da cultura obtida por biópsia artroscópica.

Dos diversos tratamentos propostos para estas afecções, a revisão em dois tempos é o mais defendido por estar apresentando melhores resultados. Em uma revisão de literatura apresentada em 1994 no Congresso Anual da Sociedade de Infecções Musculo-esqueléticas, 308 casos foram tratados apenas com antibioticoterapia, atingindo um índice de controle de infecção de 27%; a associação de limpeza cirúrgica ao procedi- mento anterior com manutenção do implante obteve um índice de controle de infecção de 29% em 377 casos; a revisão em um tempo conseguiu controle da infecção de 77% em 24 casos; a revisão em dois tempos com a colocação de espaçador impregnado por antibiótico teve como resultado o controle da infecção de 94% em Gráfico 1 - Prevalência dos agentes etiológicos mais comuns.
Mostrar mais

3 Ler mais

Rev. adm. empres.  vol.8 número29

Rev. adm. empres. vol.8 número29

O trabalho de MuNDEL, portanto, recomenda-se no âm- bito restrito de tempos e métodos, podendo, entretanto, ser útil num curso semestral em escolas de engenharia ou d[r]

2 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

Possuir variedade de métodos que trabalham com uma ou várias regiões faciais é importante principalmente devido a três fatores. Primeiro, nem sempre se tem a imagem completa do rosto de um indivíduo para a identificação de uma pessoa (por exemplo, imagens de câmera de segurança, onde o indivíduo está encapuzado consegue-se obter imagens somente dos olhos). Assim, outras alternativas de reconhecimento tornam-se im- portantes. Segundo fator, a diminuição do tempo de processamento dos métodos que trabalham com imagens segmentadas em relação aos métodos que trabalham com a ima- gem sem segmentação da face dos indivíduos, torna os métodos de reconhecimento mais rápidos. E por último, para os métodos PCA Seletivo e AG Seletivo, dependo das regiões faciais utilizadas e da ordem de processamento dessas regiões, são obtidas altíssimas taxas de reconhecimento e em algumas situações não ocorre erro uma única vez.
Mostrar mais

156 Ler mais

Tempos Modernos abobrinhas  Vizente Besteirol Tempos Modernos

Tempos Modernos abobrinhas Vizente Besteirol Tempos Modernos

Não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozóide... vai ser uma MEEERRRDAAA..[r]

1 Ler mais

Tempos de tunelamento

Tempos de tunelamento

At´e aqui, apresentamos algumas defini¸c˜oes de tempos de tunelamento e as calculamos explicitamente para uma barreira retangular. Algumas das defini¸c˜oes apresentadas utilizam a intera¸c˜ao entre o sistema tunelante e a barreira, como s˜ao os casos do tempo de B¨ uttiker e Landauer e do tempo de Larmor. Neste ´ ultimo, necessitamos fazer a aproxima¸c˜ao de um campo magn´etico fraco para obtermos o resultado. No tempo de B¨ uttiker e Lan- dauer, por sua vez, fizemos uma s´erie de aproxima¸c˜oes. Uma delas foi que a energia de um quantum trocado entre o sistema e a barreira oscilante fosse muito menor do que a energia do sistema e a diferen¸ca entre a altura da barreira est´atica e essa energia. Al´em disso, fizemos a aproxima¸c˜ao de que a barreira est´atica fosse opaca. Dessa forma, o tempo de B¨ uttiker e Landauer calculado pela equa¸c˜ao (3.260) somente ´e v´alido nessa aproxima¸c˜ao. O obje- tivo desta subse¸c˜ao ´e calcular os tempos de tunelamento que apresentamos tamb´em para o caso de uma barreira opaca. 34
Mostrar mais

148 Ler mais

Atrás de tempos...

Atrás de tempos...

Tanto Govinda como Harry terão de saber mascarar a sua natureza, enriquecendo-a, terão ambos que evitar o refúgio em si próprios e aceder à alteridade do tempo presente. A intemporalid[r]

14 Ler mais

Tempos Líquidos.

Tempos Líquidos.

Esta resenha tem por objetivo fazer emergir as principais ideias de Zygmunt Bauman em Tempos líquidos. Neste sentido, o assunto primordial que permeia a obra é a insegurança. Um fenômeno resultante da “vontade de liberdade”, uma marca, segundo o autor, da pós-modernidade, princípio que se opõe diretamente à projeção em torno de uma vida social estável, na ordem moderna. Em um mun- do globalizado, a sociedade não é mais protegida pelo Estado, ou pelo menos é pouco provável que confie na proteção oferecida por este. Ela agora está exposta à rapacidade de forças que não controla e não espera, nem pretende, recaptu- rar e dominar. Assim sendo, a obra em análise contribui para o entendimento e compreensão dos fenômenos sociais que nos cercam, e indica como interagir de modo adequado e com efeitos previsíveis.
Mostrar mais

12 Ler mais

Os tempos da prematuridade.

Os tempos da prematuridade.

Este trabalho tem por objetivo discutir a clínica psicanalítica com bebês, tendo como referência um projeto de pesquisa desenvolvido com bebês pré-termo internados e suas famílias (Hospital Fernandes Figueira/Fiocruz). Parte da concepção freudiana sobre o desamparo estrutural do ser humano para analisar as vicissitudes da constituição do sujeito a partir dos diferentes tempos que se instalam nos primórdios da subjetividade: um tempo de retroação relacionado aos fantasmas e desejos parentais, um tempo de construção (Winnicott) e de continuidade relacionado aos cuidados maternos e um tempo descontínuo, traumático, que se refere aos bebês nascidos prematuramente.
Mostrar mais

9 Ler mais

Actividades de enriquecimento curricular: riscos e potencialidades de uma "Escola a Tempo Inteiro"

Actividades de enriquecimento curricular: riscos e potencialidades de uma "Escola a Tempo Inteiro"

Deste modo, não colocamos em causa o alargamento por parte das escolas da sua oferta formativa e a valência da ocupação dos tempos livres no seio das mesmas, «o que afirmamos é que é um risco e um contra-senso que as escolas alarguem, de forma mais ou menos envergonhada, o tempo de escolarização dos seus alunos» (Cosme e Trindade, 2007: 20). Consideramos que o que as crianças necessitam não é de um enriquecimento curricular sob a forma de mais um tempo educativo escolarizado mas antes de «um outro tempo educativo onde possam usufruir de experiências gratificantes que, mais do que promover aprendizagens de carácter escolar, estimulem, como seu objectivo prioritário, a exploração do mundo ou a produção de obras que se partilham e interpelam de forma solidária» (Cosme e Trindade, 2007: 20). Neste sentido, defendemos que os problemas e necessidades sociais e educativas que estão na base da fundamentação da implementação deste programa implicam outros tipos de solução que nos reportam para a reflexão, esquecida mas cada vez mais imperativa, sobre os espaços de educação não formal (Cosme e Trindade, 2006: 20). Nesta “Escola a Tempo Inteiro” é urgente diferenciar os tempos de educação formal dos tempos de educação não formal, ou seja, os tempos em que a preocupação está concentrada na «apropriação de uma componente do património cultural (informações, procedimentos, instrumentos, atitudes e valores) entendida como socialmente necessária», dos tempos que «se caracterizam, sobretudo, pelo facto de proporcionarem àqueles que os percorrem, experiências pessoais e sociais tão contingentes quanto singulares» (Cosme e Trindade, 2007: 20). Neste sentido, pode considerar-se que vai sendo tempo de diferenciar estes dois espaços e tempos educativos, de forma a que uma definição mais clara das suas finalidades conduza à sua mais plena e significativa como espaços e tempos de formação.
Mostrar mais

18 Ler mais

Tempos de trabalho, tempos de não trabalho: vivências cotidianas de trabalhadore...

Tempos de trabalho, tempos de não trabalho: vivências cotidianas de trabalhadore...

Como conseqüência, um terço dos trabalhadores pesquisados estima que a passagem para as 35 horas se traduziu em uma intensificação do trabalho, sendo que a metade pensa que seria necessária a realização de uma nova organização do trabalho (Charpentier et alli, 2005). Um terço deles sente que passaram a fazer a mesma quantidade de trabalho em menos tempo; que houve redução de pausas e dos tempos de discussão coletivos; reforço do controle das horas e dificuldade para se adaptar ao aumento da carga de trabalho. Todavia, se pensarmos no tempo fora do local de trabalho, 41% dos trabalhadores entende que a RTT permitiu recuperar melhor o cansaço oriundo do trabalho. Ou seja, há uma diferença de avaliação quando o foco é o local de trabalho e fora deste, de forma que enquanto a avaliação do tempo de trabalho aparece de forma mais negativa, o aumento do tempo fora do local de trabalho aparece de forma positiva. Vale ressaltar que o sentimento dos trabalhadores pesquisados é muito diferente em rela- ção à empresa onde ele está alocado, dado à diversidade de formas de reorganização do tempo, mas também da função exercida. Por exemplo, no caso dos trabalhadores dos setores produti- vos, 18% consideram que a nova organização do trabalho foi boa e 28% sentem que a RTT melhorou a recuperação do cansaço, fora do local de trabalho. Já os trabalhadores administrati- vos apresentam índices muito maiores de contentamento, 45% e 66%, respectivamente. A dife- rença entre a quantidade de dias de RTT entre os gerentes e os trabalhadores produtivos, bem como o controle e a forma de utilizá-los, acentuam ainda mais as diferenças de percepção em relação à RTT.
Mostrar mais

354 Ler mais

Rev. Estud. Fem.  vol.23 número3

Rev. Estud. Fem. vol.23 número3

Se fizermos uma analogia entre o título do livro: Tempo bom, tempo ruim, e a divisão por partes: “Tempos de vida” e “Tempos de luta”, podemos supor que tempo bom corresponde aos tempos de miséria, fome e dificuldades, mas brincando como criança e recebendo afeto de sua família, quando ainda não havia sido apre- sentado ao preconceito; e tempo ruim se refere aos tempos de luta, das dificuldades de transpor as barreiras do preconceito e lutar contra forças poderosas enraizadas em nossa sociedade e em nossa política. O que para muitos seria pior passar fome física, para o autor, o ruim é não saciar a sede de justiça social e vivenciar a violação de direitos humanos.
Mostrar mais

4 Ler mais

A Biblioteca Nacional nos tempos de Ramiz Galvão (1870-1882)

A Biblioteca Nacional nos tempos de Ramiz Galvão (1870-1882)

O catálogo traz um levantamento de quase vinte mil documentos e foi dividido em duas seções, uma denominada literária, subdividida em “preliminares” e “história do Brasil”, e outra chamada de artística. Para auxiliar os interessados, Ramiz subdividiu cada uma dessas seções em classes específicas. Assim, no item “preliminares”, o leitor se depara com documentos divididos em três classes: a primeira relativa a obras de geografia do Brasil, a segunda com obras de estatística e a terceira com publicações periódicas. Se a primeira parte da seção literária trazia referências de obras acerca de nossa geografia, províncias, recursos naturais e populacionais, a segunda parte, denominada de “História do Brasil”, trazia um longo repertório de documentos que, na falta de uma denominação mais apropriada, chamaremos de “históricos”. É curioso perceber que o bibliotecário teve o cuidado de dividi-los por espaço (destacando aqueles que traziam notícias do “Brasil” e aqueles específicos sobre a história de cada província), mas também pelo tempo. Assim, o leitor poderia ter acesso a documentos específicos dos anos de 1500 a 1548, de 1549 a 1639, e assim por diante. Em seguida, o catálogo dividia os documentos por categorias: História administrativa, eclesiástica, constitucional, diplomática, militar, natural, literária e das artes, econômica e biográfica. Havia ainda uma última classe, denominada numismática, na qual era possível ter acesso a indicações de medalhas e moedas dos tempos da colônia e Império. Por fim, a última seção, denominada artística, era dividida em seis classes: vistas e paisagens; história; tipos, usos e trajes; genealogia e heráldica; retratos, estátuas e bustos; história natural.
Mostrar mais

112 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados