Parâmetros genéticos e fenotípicos

Top PDF Parâmetros genéticos e fenotípicos:

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos em mamão.

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos em mamão.

Na Estação Experimental de Tietê, estimaram-se os parâmetros genéticos e fenotípicos das variáveis altura da planta, diâmetro do caule a 10 e a 50 cm acima do nível do solo, compriment[r]

9 Ler mais

Avaliação de procedências de Eucalyptus cloeziana F. Muell. e estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos na região noroeste do estado de Minas Gerais

Avaliação de procedências de Eucalyptus cloeziana F. Muell. e estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos na região noroeste do estado de Minas Gerais

Utilizando dados desse experimento foi efetuado o presente trabalho com o intuito de identificar as melhores procedências e famílias, e estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos, visando orientar os futuros trabalhos de melhoramento que forem conduzidos com essa espécie na região.

10 Ler mais

Índice de seleção e estimativa de parâmetros genéticos e fenotípicos para características relacionadas com a produção de milho-verde.

Índice de seleção e estimativa de parâmetros genéticos e fenotípicos para características relacionadas com a produção de milho-verde.

Em programas de melhoramento, as estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos, são informações importantes e úteis para ajudar o melhorista nas tomadas de decisões. A herdabilidade permite antever a possibilidade de sucesso com a seleção, uma vez que ela reflete a proporção da variação fenotípica que pode ser herdada, ou seja, mede a confiabilidade do valor fenotípico como indicador do valor reprodutivo.

9 Ler mais

Parâmetros genéticos e fenotípicos de características de crescimento em bovinos da raça nelore criados no norte do Brasil

Parâmetros genéticos e fenotípicos de características de crescimento em bovinos da raça nelore criados no norte do Brasil

No geral, características de crescimento e de carcaças de bovinos continuam sendo um importante objetivo de seleção para obtenção de carcaças e cortes que venham atender os mercados consumidores mais exigentes (MARQUES et al., 2013). No entanto, a evidente escassez de informações a respeito dos diversos efeitos sobre o desempenho e ganho em peso de bovinos, em virtude principalmente do reduzido número de trabalhos e dos resultados conflitantes de estudos existentes, torna-se de extrema relevância a geração de informações nesse sentido (FERREIRA et al., 2014). A bovinocultura de corte na região norte do Brasil apresenta grande importância para a economia local, regional e nacional. E para que haja eficiência e lucratividade do sistema de produção de gado de corte, o conhecimento de parâmetros genéticos, fenotípicos e de tendências de características produtivas e reprodutivas do rebanho bovino é extremamente crucial, principalmente devido ao baixo número de rebanhos avaliados e estudados, o que dificulta o processo de avaliação e seleção de animais geneticamente superiores para reprodução (LOPES, 1993; GUIMARÃES, 2016; FERREIRA et al., 2017).
Mostrar mais

61 Ler mais

Repositório Institucional UFC: Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos no cajueiro anão precoce para antracnose e mofo preto

Repositório Institucional UFC: Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos no cajueiro anão precoce para antracnose e mofo preto

Já a eficiência do método de melhoramento está ligada ao mecanismo genético envolvido na herança do caractere a ser melhorado, como o número de genes que o influenciam, efeitos e ações dos genes, herdabilidade, repetibilidade e associações com outros caracteres. Neste sentido, é fundamental uma eficiente estimativa dos parâmetros genéticos para garantir o sucesso de qualquer programa de melhoramento (RESENDE, 2002). No entanto, até hoje, poucos foram os trabalhos escritos sobre parâmetros genéticos e fenotípicos em caju, dificultando os trabalhos de melhoramento dessa planta (DAMODARAM, 1975; CAVALCANTI et al., 1997; PAIVA et al., 1998; CAVALCANTI et al., 2000a; CAVALCANTI et al., 2003). Portanto, mais informações sobre o controle genético de características economicamente importantes nesta espécie são necessárias para maximizar a eficiência dos programas de melhoramento em todo o mundo.
Mostrar mais

53 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Estratégia para avaliação do cozimento dos grãos de progênies de feijoeiro e estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos

DISSERTAÇÃO_Estratégia para avaliação do cozimento dos grãos de progênies de feijoeiro e estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos

Um programa de seleção recorrente (SR) de feijoeiro visando à produtividade e o aspecto de grãos tipo carioca vem sendo conduzido desde 1990. O que se questiona é se ainda existe variabilidade genética após o ciclo treze (CXIII) para a continuidade do programa. Além disso, nos últimos anos, grande atenção tem sido voltada para a qualidade culinária e nutricional dos alimentos. Adicionalmente, a rotina das famílias modernas está cada vez mais agitada e o tempo para o preparo dos alimentos tem reduzido substancialmente. Por isso é importante que novas cultivares de feijão apresentem, além de características agronômicas vantajosas, boas propriedades culinárias. A metodologia disponível para avaliação da capacidade de cozimento de grãos tem como restrição o tempo despendido em cada avaliação, o que inviabiliza a sua utilização na avaliação de grande número de progênies em curto espaço de tempo. Assim, objetivou-se com este trabalho, propor uma nova metodologia para avaliação do caráter cozimento de grãos, que fosse mais ágil; e estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos do CXIII do programa de SR que permitam inferir sobre a possibilidade de continuar tendo sucesso não apenas para produtividade e tipo de grãos, mas também para tempo de cozimento. Foram avaliadas 252 progênies S0:2 e quatro testemunhas, no delineamento em látice 16 x 16, em três locais (Lavras, Patos de Minas e Lambari), semeadura em novembro de 2012. Os caracteres avaliados foram produtividade, capacidade de cozimento e aspecto de grãos do tipo carioca. Constatou-se que a nova estratégia de avaliação do cozimento é eficiente, pois possibilita avaliar grande número de progênies rapidamente. Após treze ciclos de SR, ainda existe variabilidade genética na população para os caracteres avaliados. A ausência de associação entre a produtividade de grãos e a porcentagem de cozimento ou tipo de grãos, mostra que é possível selecionar progênies com alta produtividade, com grãos de excelente aspecto e boa capacidade de cozimento, utilizando um índice de seleção. Ressalta-se também que, para todos os três caracteres, a média das progênies é maior que a das testemunhas, o que mostra o potencial das mesmas em substituir com vantagem as cultivares comercializadas em um futuro próximo.
Mostrar mais

77 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos para características reprodutivas e de temperamento em bovinos da raça Nelore

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos para características reprodutivas e de temperamento em bovinos da raça Nelore

RESUMO – O objetivo do presente estudo foi estimar parâmetros genéticos e fenotípicos para características reprodutivas e de temperamento em bovinos da raça Nelore. Os registros referentes às características reprodutivas foram provenientes de animais nascidos entre os anos de 1990 e 2009, obtidos a partir do arquivo zootécnico da Agropecuária Jacarezinho Ltda®. Para as características de temperamento, foram utilizados dados de 16.800 animais (machos e fêmeas) nascidos entre 2008 e 2012. O temperamento foi avaliado aos 18 meses de idade com aplicação de cinco testes: escore de movimentação (MOV), escore de tensão (TENS), escore de contenção (EC), velocidade de fuga (VF) e escore de temperamento (ET). As características reprodutivas utilizadas foram: habilidade de permanência no rebanho (ou stayability, STAY) e reconcepção da novilha (REC). Para VF foi utilizado um modelo linear, e para MOV, TENS, EC, ET, STAY e REC, um modelo Bayesiano não linear. As estimativas de herdabilidade para as características de temperamento variaram de 0,09 ± 0,03 a 0,21 ± 0,02, e para as características reprodutivas, de 0,14 ± 0,02 a 0,23 ± 0,02, indicando que as características utilizadas no presente estudo podem responder à seleção direta e promover progresso genético na raça Nelore. As estimativas de correlações genéticas entre as características reprodutivas e de temperamento foram de baixa a moderada magnitude, como segue: REC-EC (-0,26 ± 0,14), REC-VF (-0,06 ± 0,10), REC-MOV (-0,22 ± 0,11), REC-ET (-0,12 ± 0,14), REC-TENS (-0,09 ± 0,14), STAY-EC (-0,23 ± 0,18), STAY-VF (0,02 ± 0,11), STAY-MOV (-0,02 ± 0,14), STAY-ET (-0,07 ± 0,15) e STAY-TEM (-0,07 ± 0,15). As correlações fenotípicas de REC e STAY com os indicadores de temperamento também foram de baixa magnitude, variando entre -0,10 ± 0,02 e 0,00 ± 0,03. Esses resultados indicam que as características utilizadas no presente estudo têm variabilidade genética suficiente para serem incluídas nos programas de melhoramento genético da raça Nelore. Porém, nos casos em que houver interesse em selecionar os bovinos para características reprodutivas e de temperamento, simultaneamente, deve-se adotar o critério de seleção direta.
Mostrar mais

18 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Estimativa de parâmetros genéticos e fenotípicos da qualidade de sementes de soja

DISSERTAÇÃO_Estimativa de parâmetros genéticos e fenotípicos da qualidade de sementes de soja

Atualmente a demanda não é somente para cultivares de soja produtivas, mas que possuam também sementes com alta qualidade fisiológica. Com aumento crescente do cultivo desta oleaginosa na região do Sul de Minas Gerais e com a inexistência de empresas de melhoramento genético com cultivares específicas para a região, foram avaliadas sementes de progênies de soja provenientes do programa de seleção recorrente da Universidade Federal de Lavras- UFLA, com o objetivo de se estimar parâmetros genéticos e fenotípicos associados aos atributos da qualidade fisiológica de sementes. Na safra 2015/2016 foram avaliadas 142 progênies provenientes de Lavras-MG e na safra 2016/2017 foram avaliadas 64 progênies em Lavras-MG, Itutinga-MG e Nazareno-MG. Os testes realizados foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizados com quatro repetições. A qualidade fisiológica foi avaliada pelo teste de germinação, teste de comprimento de plântulas, teste de tetrazólio e teste de emergência sob condições controladas. Foram obtidos os atributos germinação de plântulas normais, comprimento de radícula e hipocótilo nos testes de germinação; vigor, viabilidade das sementes, dano mecânico, dano por percevejo e dano por umidade no teste de tetrazólio; índice de velocidade de emergência e porcentagem de emergência no teste em bandejas. A herdabilidade, ganhos genéticos esperados e os componentes da variância foram estimados utilizando análise de modelos mistos no software livre R. As estimativas de acurácia foram de média a alta magnitude. Os componentes de variância devido à fonte de variação progênies foi significativo para a maioria dos caracteres, evidenciando a existência de variabilidade. A interação progênies por ambientes foi significativa permitindo inferir que existe a influência dos fatores ambientais na produção de sementes. As magnitudes da herdabilidade e ganho esperado com a seleção remetem a possibilidade de sucesso para o melhoramento visando à qualidade fisiológica. As estimativas de resposta correlacionada permitem inferir que a seleção para produtividade de grãos reflete em ganhos na qualidade fisiológica de sementes.
Mostrar mais

54 Ler mais

Parâmetros genéticos e fenotípicos do desempenho reprodutivo de fêmeas Chianina.

Parâmetros genéticos e fenotípicos do desempenho reprodutivo de fêmeas Chianina.

RESUMO - Objetivou-se estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos de características reprodutivas de fêmeas bovinas da raça Chianina criadas em diferentes rebanhos participantes da Associazione Nazionale Allevatori Bovini Italiani da Carne (ANABIC). As características estudadas foram idade ao primeiro parto (IPP), primeiro intervalo de partos (IDP1) e intervalo médio de partos (IMDP). As análises estatísticas foram realizadas pelo procedimento General Linear Model (GLM) do programa estatístico SAS (Statistical Analysis System) e os componentes de variância foram estimados pelo método de máxima verossimilhança restrita utilizando-se o software MTDFREML sob modelo animal. Os números de observações utilizados para IPP, IDP1 e IMDP foram, respectivamente, 31.023; 23.998 e 94.497 e as médias encontradas, em dias, 1.037,69 ± 186,37; 457,93 ± 96,80 e 436,26 ± 90,83 para IPP, IDP1, IDPM. Todas as características avaliadas foram influenciadas pelo rebanho. Verificou-se efeito de estação e ano de nascimento da vaca sobre a IPP. O IDP1 e o IDPM foram influenciados por rebanho, estação e ano do parto precedente, observando-se efeito também da ordem de parição sobre o IDPM. As estimativas de herdabilidade para IPP, IDP1 e IDPM foram, respectivamente de 0,36 ± 0,014; 0,13 ± 0,014 e 0,05 ± 0,004. A repetibilidade para IDPM foi de 0,075 ± 0,004. A utilização de IPP e IDP1 em programas de melhoramento genético pode resultar em maior precocidade e mais alto potencial para longevidade nestes rebanhos.
Mostrar mais

6 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos de características do pelame e de desempenho reprodutivo de vacas holandesas em clima tropical

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos de características do pelame e de desempenho reprodutivo de vacas holandesas em clima tropical

RESUMO - Objetivou-se investigar os efeitos das características do pelame sobre a idade ao primeiro parto (IPP) e o intervalo de partos (IEP) de vacas holandesas manejadas em sistema de estabulação livre com ventiladores e aspersores e estimar os parâmetros genéticos destas características. Os dados foram analisados pelo método dos quadrados mínimos, considerando os efeitos: ano; estação; número de inseminações; origem do pai; pai dentro da origem; idade (somente para IEP); porcentagem de malhas negras; espessura do pelame; comprimento dos pêlos; número de pêlos por unidade de área da epiderme; diâmetro dos pêlos; transmitância e refletância efetiva do pelame. O método da Máxima Verossimilhança Restrita foi utilizado para estimar os componentes de (co)variância sob um modelo animal. Os resultados incluíram as estimativas de herdabilidade para IPP (0,23±0,08), IEP (0,19±0,10), malhas negras (0,75±0,08), número (0,05±0,04), espessura (0,04±0,05), comprimento (0,36±0,09) e diâmetro (0,63±0,08) de pêlos. As estimativas de correlação genética entre IPP (-0,37±0,17), IEP (0,49±0,27) e diâmetro apresentaram valores significativos e favoráveis. Entretanto, as correlações genéticas entre espessura (-0,56±0,46), número (-0,66±0,43), porcentagem de malhas negras (0,04±0,16) e IPP foram desfavoráveis para seleção conjunta para melhor adaptação e precocidade sexual. O alto valor estimado para herdabilidade e as correlações genéticas favoráveis entre diâmetro e IPP e IEP indicaram ser possível selecionar para melhorar conjuntamente a adaptação e o desempenho reprodutivo.
Mostrar mais

10 Ler mais

Modelagem e estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos para pesos do nascimento à seleção (378 dias) de machos Nelore.

Modelagem e estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos para pesos do nascimento à seleção (378 dias) de machos Nelore.

Em bovinos de corte, componentes de variância de características de crescimento são obtidos usualmente por meio de pesos padronizados em determinadas idades, como peso aos 210 dias (P210), peso aos 378 dias (P378), e outros. Esse tipo de avaliação tem se mostrado eficiente, uma vez que os avanços utilizando essa metodologia foram efetivos. Ganhos genéticos obtidos no Projeto de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas de Sertãozinho (PMGRZS) foram em torno de 1,9 kg/ano para P210 (machos e fêmeas), 2,55 kg/ano para P378 (machos) e 2,99 kg/ano para P550 (fêmeas) no período de 1981 a 2000 (Razook, 2002). Entretanto, esse processo assume que o crescimento nesses intervalos é linear, e, para tanto, a amplitude das diferenças de idade dentro de cada idade padrão deve ser a mínima possível, exigindo, entre outros, que fatores de correção e/ou modelos de ajuste sejam adequados. Mesmo assim, provavelmente, ainda estar-se-ia incorrendo em algum erro, que seria assumir que, em toda a amplitude de idade considerada, as expressões dos efeitos genéticos e ambientais seguem o mesmo padrão, o que na realidade não ocorre (Van Der Werf & Schaeffer, 1997). Análises considerando intervalos pequenos de idade, como 10, 20 ou 30 dias, poderiam ser viáveis e úteis não fosse o problema de obtenção de bancos de dados com número de registros e estruturas populacionais adequadas em cada uma dessas idades.
Mostrar mais

11 Ler mais

Modelos animais alternativos para estimação de componentes de (co)variância e de parâmetros genéticos e fenotípicos do peso ao nascer na raça Nelore.

Modelos animais alternativos para estimação de componentes de (co)variância e de parâmetros genéticos e fenotípicos do peso ao nascer na raça Nelore.

Neste contexto, a resposta à seleção para o PN poderá ser maximizada se baseada em parâmetros obtidos em análises com modelos lineares mistos, em que os efeitos genéticos e maternos tenham sido considerados. A herdabilidade total obtida seguindo estes princípios reúne vantagens e tem justificada sua aplicação nos cálculos de resposta esperada à seleção. Considerando-se a importância do peso ao nascer e suas relações com outras características de interes- se em programa de melhoramento genético, sugere-se que os criadores se esforcem para adequar o manejo, a fim de permitir a obtenção desta informação.
Mostrar mais

7 Ler mais

Estádio de maturidade sexual e estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos de características reprodutivas e ponderais, em touros da raça Nelore

Estádio de maturidade sexual e estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos de características reprodutivas e ponderais, em touros da raça Nelore

As características econômicas dos animais domésticos são de natureza poligênica, isto é, são controladas por grande número de genes que afetam a expressão dessas características. No entanto, características mensuradas no indivíduo (fenótipo) não são resultado somente de sua constituição genética, mas também da interação de seus genes com vários efeitos não-genéticos ou de ambiente. Para que os genes possam expressar a característica, é preciso que disponham de ambiente adequado. Por outro lado, as modificações que o ambiente pode causar no desenvolvimento de uma característica são limitadas pelo genótipo do indivíduo. É preciso reconhecer que a variabilidade observada em algumas características pode ser causada tanto por diferenças gênicas como por diferenças no ambiente aos quais os indivíduos foram expostos. Quanto mais o ambiente influencia as ações dos genes, menos exata será a estimativa do genótipo do indivíduo. Nas características econômicas (peso e ganho de peso, produção de leite, número de leitões por leitegada, produção de ovos, etc.), o progresso a ser alcançado depende da melhor ou pior precisão em avaliar genótipos, tendo por base o fenótipo dos indivíduos (CARDELLINO e ROVIRA, 1983; PEREIRA, 1999).
Mostrar mais

156 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos em uma população de cana-de-açúcar...

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos em uma população de cana-de-açúcar...

Desse modo, a interpretação da Tabela 16 deve ser feita com cuidado, pois os valores de ganho nela apresentados indicam que no caso de não se realizar seleção entre famílias e apli[r]

76 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos e análise de componentes principais para características de crescimento na raça Canchim

Estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos e análise de componentes principais para características de crescimento na raça Canchim

Para análise dos componentes principais (CP), foram utilizadas 1116 observações de pesos e de ganhos de peso diários, utilizando-se o procedimento PRINCOMP contido no SAS (1996). As análises foram realizadas para os pesos e os ganhos de peso separadamente, utilizando-se três arquivos: no arquivo I as observações não foram ajustadas para nenhuma fonte de variação e a análise foi feita considerando-se os valores fenotípicos para as características; no arquivo II houve ajustes para os efeitos fixos de grupo contemporâneo (fazenda, ano, mês de nascimento e sexo do bezerro) e idade da vaca ao parto, e os componentes principais foram estimados utilizando-se os resíduos, e não os valores fenotípicos; e no arquivo III as análises foram as mesmas do arquivo II, mas as observações foram ajustadas também para os efeitos aleatórios de pai do animal dentro de fazenda.
Mostrar mais

7 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos em progênies de Brachiaria humidicola

DISSERTAÇÃO_Estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos em progênies de Brachiaria humidicola

Este trabalho foi realizado com o objetivo de estimar parâmetros genéticos para caracteres agronômicos e de valor nutritivo da folha e do colmo da forragem de progênies de B. humidicola avaliadas em nove cortes. Além disso, pretendeu-se comparar a seleção das melhores progênies de B. humidicola considerando-se apenas os caracteres agronômicos e, posteriormente, em conjunto com os principais caracteres de valor nutritivo. Para isso, avaliaram-se 50 progênies oriundas do cruzamento entre a cv. BRS Tupi e acesso sexual H31. O delineamento foi em blocos ao acaso com oito repetições e parcela de 2,0 m 2 . Avaliaram-se os caracteres produtividade de matéria seca total (MST), porcentagem de folhas (%F), produtividade de matéria seca foliar (MSF), relação folha:colmo (RFC) e notas de rebrota (Rebrota), em nove cortes realizados em intervalos de 30 a 60 dias, no período de chuvas e seca. Os caracteres de valor nutritivo avaliados foram teor de proteína bruta (PB), digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e lignina, separadamente, para folha e colmo em quatro das oito repetições. Observou-se variabilidade genética entre as progênies para os caracteres avaliados. As estimativas de herdabilidade na média de progênies variaram de 49,14% (RFC) a 75,56% (Rebrota) entre os caracteres agronômicos e de 19,59% para PB da folha e 71,11% para FDN do colmo, entre os de valor nutritivo. As correlações genéticas entre os caracteres agronômicos foram positivas, demonstrando a possibilidade de melhoramento simultâneo para esses caracteres. Os caracteres agronômicos apresentaram correlação negativa com a PB da folha e do colmo, indicando que há dificuldade em se associar esses caracteres no sentido desejado. Os ganhos diretos para seleção das dez melhores progênies para os caracteres agronômicos foram superiores aos ganhos diretos para os caracteres de valor nutritivo. A seleção com base nos caracteres agronômicos foi coincidente entre nove das dez progênies selecionadas com base nos caracteres agronômicos mais os nutricionais PB, FDN e DIVMO do componente folha da planta.
Mostrar mais

76 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos associados com a qualidade fisiológica de sementes de feijão

DISSERTAÇÃO_Estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos associados com a qualidade fisiológica de sementes de feijão

A) Constatou-se variabilidade genética entre famílias, nos dois cruzamentos, para os três caracteres estudados. B) As estimativas da herdabilidade foram sempre maiores para a absorção d[r]

62 Ler mais

Parâmetros genéticos e fenotípicos de peso corporal ao abate e caracterísiticas de carcaça em cruzamentos recíprocos de aves

Parâmetros genéticos e fenotípicos de peso corporal ao abate e caracterísiticas de carcaça em cruzamentos recíprocos de aves

Estimativas de correlações genéticas ra, ambientais re e fenotípicas rp e respectivos erros-padrão, entre parênteses, entre peso vivo aos 42 dias de idade PV42 ou rendimento de carcaça R[r]

55 Ler mais

DISSERTAÇÃO_Parâmetros genéticos e fenotípicos associados à precocidade em soja

DISSERTAÇÃO_Parâmetros genéticos e fenotípicos associados à precocidade em soja

O cultivo de soja em primavera-verão com a sucessão do milho na segunda safra é, notadamente, uma das melhores opções para o sistema de produção de culturas anuais no Brasil. Visando à viabilização do sistema, algumas características, sobretudo da cultura antecessora, são desejáveis. Tendo a soja como referência, os programas de melhoramento têm como foco principal o desenvolvimento de genótipos precoces, permitindo, assim, com que a cultura sucessora possa ser semeada e cultivada com melhores disponibilidades hídricas. A estimação de parâmetros genéticos e fenotípicos, associados ao caráter precocidade em soja, é de grande importância, pois permite nortear as futuras estratégias dos programas de melhoramento, uma vez que essas estimativas auxiliam o melhorista nas tomadas de decisões quanto à condução das populações segregantes e seleção de progênies. Com este intuito, objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho agronômico de progênies segregantes de soja; estimar parâmetros genéticos e fenotípicos associados à precocidade; e selecionar progênies que associem precocidade e bom desempenho agronômico, adaptadas às condições de cultivo da região Sul de Minas Gerais. Foram avaliadas progênies F3:4 e F3:5 de quatro populações distintas. As progênies F3:4 foram avaliadas nos municípios de Lavras e Itutinga, durante o ano agrícola de 2016/2017. Adotaram-se parcelas de uma linha de 1,5 metros com duas repetições, em delineamento de látice simples 12 x 12 (136 progênies + 8 testemunhas). As progênies F3:5 foram avaliadas nos municípios de Lavras, Itutinga e Ijaci, durante o ano agrícola de 2017/2018. Adotaram-se parcelas de uma linha de 3,0 metros com três repetições, em delineamento de látice triplo 8 x 8 (56 progênies + 8 testemunhas). Foram avaliados os caracteres maturação absoluta, dias
Mostrar mais

56 Ler mais

Aspectos genéticos e fenotípicos de características produtivas, temperamento e repelência...

Aspectos genéticos e fenotípicos de características produtivas, temperamento e repelência...

Visando contribuir para o maior conhecimento dos fatores genéticos e de ambiente que afetam o desempenho da raça Nelore no Estado de São Paulo, Silva et al. (1987) estimaram parâmetros genéticos e fenotípicos para as características PN, PD (205 dias) e P18M, de animais nascidos no período de 1976 a 1981, e participantes do Controle de Desenvolvimento Ponderal da Raça Nelore realizado pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) e Sociedade Rural Brasileira (SRB). Os números de observações utilizados para cada característica foram: 5.483 PN e PD de animais criados em trinta fazendas e 1.362 dados de P18M de animais criados em quatorze fazendas. As médias para PN, PD e P18M foram iguais a 28,60±0,20 kg, 148,80±1,10 kg e 265,20±3,10 kg, respectivamente.
Mostrar mais

102 Ler mais

Show all 6875 documents...