Periódicos de Contabilidade

Top PDF Periódicos de Contabilidade:

Produção Científica em Periódicos de Contabilidade Relacionada ao Mercado de Capitais

Produção Científica em Periódicos de Contabilidade Relacionada ao Mercado de Capitais

O presente artigo tem por objetivo traçar um panorama longitudinal da produção científica em periódicos de contabilidade relacionada ao mercado de capitais. A amostra é composta por 50 artigos científicos publicados em periódicos de contabilidade da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo, listados como A1, A2, B1, B2, B3, B4, B5 e C, segundo a lista Qualis/CAPES do triênio 2009/2011, no período de 1998 a 2008. Trata-se de uma pesquisa descritiva, bibliográfica com abordagem quantitativa de dados auxiliada pela estatística descritiva e o software UNICET®. Os resultados mostram que: (i) o periódico com o maior número de publicações foi a Revista de Contabilidade e Finanças, qualificada como “B1”; (ii) quanto à temática, o assunto mais recorrente faz menção às ações; (iii) apenas 2 autores se destacaram como mais prolíficos; (iv) as redes de colaboração entre os autores, apresentaram-se dispersas e com laços fracos; e (v) em relação à similaridade entre as instituições e à sua respectiva localização, constata-se que 28 instituições de ensino estão localizadas na periferia, sendo que na zona intermediária duas aparecem: Fundação Instituto Capixaba de Pesquisa em Contabilidade e a Universidade Federal de Santa Catarina. No centro, somente a Universidade de São Paulo.
Mostrar mais

12 Ler mais

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE GESTÃO DO CONHECIMENTO EM PERIÓDICOS DE CONTABILIDADE

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE GESTÃO DO CONHECIMENTO EM PERIÓDICOS DE CONTABILIDADE

Para atender a este objetivo foi realizada uma pesquisa bibliográfica e bibliométrica a fim de identificar em periódicos de Contabilidade, as publicações sobre gestão do conhecimento. Este trabalho está estruturado em 4 seções, além da seção introdutória. Na segunda seção são apresentados alguns fundamentos acerca do tema de pesquisa. Na terceira seção são descritos os procedimentos metodológicos para a realização do estudo. Na quarta seção, apresenta-se a análise dos dados e os resultados da pesquisa. Por fim, a quinta seção compreende as conclusões e recomendações para trabalhos futuros.
Mostrar mais

17 Ler mais

Teoria da regulação: um estudo bibliométrico nos periódicos de contabilidade

Teoria da regulação: um estudo bibliométrico nos periódicos de contabilidade

A Teoria Econômica da Regulação proporciona importantes contribuições para a análise do processo normatizador contábil. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo realizar um levantamento das características da produção científica em contabilidade que tenham como plataforma teórica a Teoria da Regulação. A pesquisa foi realizada com base nas publicações realizadas nos periódicos de contabilidade nacionais, entre os anos de 2000 e 2016, classificados pelo sistema QUALIS/CAPES. O estudo apresenta uma abordagem descritiva, caracterizando-se como uma pesquisa documental realizada por meio de um estudo bibliométrico. Foram identificados 41 artigos que versam sobre a Teoria da Regulação. Dentre os resultados encontrados, constatou-se que: (i) dentre os periódicos, 3 detêm 57,14% das publicações; (ii) a Teoria do Interesse Público é a mais abordada nas publicações; (iii) a frequência de publicação observada dos autores corrobora com o conceituado pela Lei de Lotka; (iv) 1 em cada 3 artigos tem origem na Universidade de São Paulo (USP); (v) as referências bibliográficas são em sua maior parte estrangeiras.
Mostrar mais

29 Ler mais

Perfil dos artigos sobre agronegócio publicados nos periódicos de contabilidade com estrato CAPES

Perfil dos artigos sobre agronegócio publicados nos periódicos de contabilidade com estrato CAPES

a rio+20 demonstrou ao mundo que o agronegócio brasileiro é capaz de equilibrar rentabilidade econômica com sustentabilidade ambiental, descortinando a contribuição do campo na produção de alimentos. esta pesquisa tem como objetivo geral analisar o perfil dos artigos sobre agronegócio publicados nos periódicos de contabilidade com estrato Capes no período de 2006 a 2011. Foram utilizadas as pesquisas descritiva, bibliográfica e qualitativa. os resultados revelaram que 27 artigos relacionados ao agronegócio foram encontrados nas 1.665 publicações analisadas. a revista Contextus foi a que mais publicou acerca dessa temática entre os periódicos consultados. Constatou-se, ainda, a predominância de artigos com natureza qualitativa, com referências brasileiras e que apresentaram os seguintes temas principais: custos, avaliação de desempenho e pesquisas envolvendo a gestão estratégica e a sustentabilidade desse segmento econômico. Concluiu-se que houve predomínio de professores do sexo masculino entre os autores, com titulação de mestre, vinculados a instituições públicas da região sul do país e que a universidade Federal de Santa Maria (uFSM), seguida da universidade Federal do rio de Janeiro (uFrJ), foram as instituições que apresentaram o maior número de autores com artigos publicados. Palavras-chave: Perfil. artigos. agronegócio.
Mostrar mais

16 Ler mais

Escolhas Contábeis: um levantamento bibliométrico nos principais periódicos de Contabilidade do Brasil

Escolhas Contábeis: um levantamento bibliométrico nos principais periódicos de Contabilidade do Brasil

A pesquisa tem como objetivo investigar, por meio de um estudo bibliométrico, as principais características das produções científicas nacionais relacionadas ao tema escolhas contábeis. Os dados foram coletados nos periódicos em contabilidade dos estratos Qualis Capes da área de Administração, Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, nos períodos de 2009 a 2018. O trabalho foi delineado por meio de pesquisa do tipo descritiva, abordagem metodológica qualitativa com a utilização apenas de estatística descritiva para análise dos resultados. O estudo buscou identificar: (i) principais revistas e quantidade de artigos encontrados em cada uma; (ii) instituições de ensino e o número de ocorrência de autoria; (iii) quantidade de autores por artigo; (iv) autores mais representativos da amostra; (v) evolução de publicações sobre o tema; e, (vi) principais estudos e seus resultados. Entre os resultados destaca-se: maior quantidade de pesquisadores na região sudeste, maior frequência de trabalhos com dupla autoria, os principais estudos foram sobre determinantes das escolhas contábeis e comparabilidade dos relatórios a partir das escolhas contábeis relacionadas às IFRS de Propriedades para Investimentos. Observou-se níveis baixos e médios de comparabilidade identificados nas análises da comparabilidade dos relatórios a partir das escolhas contábeis para PPI. Os estudos apontaram o método do custo histórico como a opção mais frequente para o respectivo reconhecimento subsequente e, entre os determinantes das escolhas contábeis indicados, os mais destacados foram a auditoria por big four, endividamento, setor, tamanho da empresa, assimetria da informação e relevância do saldo de PPI.
Mostrar mais

23 Ler mais

Análise bibliométrica dos principais periódicos nacionais de administração e contabilidade nos períodos de 2012, 2013 e 2014

Análise bibliométrica dos principais periódicos nacionais de administração e contabilidade nos períodos de 2012, 2013 e 2014

O presente estudo tem como objetivo analisar a distribuição nacional da produção cientifica nos principais periódicos de contabilidade e administração, dentro dos períodos de janeiro de 2012 a setembro de 2014. Valendo-se de estatística descritiva para verificar a dispersão dos dados, através de frequência, média e desvio padrão. Neste sentido a pesquisa, de cunho bibliométrico, verificou as características inerentes aos pesquisadores nos artigos, demonstrando em qual IES estão concentradas as produções científicas, se essas são públicas ou privadas, e qual é o perfil desses autores, levantando qual gênero e titularidade são predominantes.
Mostrar mais

30 Ler mais

Contabilidade gerencial: um estudo bibliométrico e de redes sociais na produção científica publicada nos periódicos nacionais de contabilidade

Contabilidade gerencial: um estudo bibliométrico e de redes sociais na produção científica publicada nos periódicos nacionais de contabilidade

A contabilidade gerencial (CG) fornece informações, financeiras e não financeiras, para os usuários internos da contabilidade – gestores, investidores, funcionários, entre outros –, que as utilizam no planejamento, controle e tomada de decisão. A presente pesquisa tem como objetivo identificar o perfil das produções científicas sobre CG, publicadas em periódicos nacionais de contabilidade com classificação Qualis Capes, através de um estudo bibliométrico e de redes sociais. Quanto aos objetivos, a metodologia utilizada caracteriza-se como descritiva, no que se refere aos procedimentos, qualifica-se como bibliográfica, documental, bibliométrica e uma análise de redes sociais (ARS), acerca da abordagem do problema classifica-se como qualitativa e quantitativa. O universo deste estudo é composto por todos os periódicos (3.562) da área de Turismo, Administração e Contabilidade, listados na Capes, a amostra foi constituída de 46 periódicos de contabilidade (após retirados, os que não são da área, os com classificação C, os impressos, internacionais e que não tinham mecanismos de buscas nos endereços eletrônicos). Da amostra foram retirados 307 artigos, que falam sobre CG. Os principais resultados encontrados nesta pesquisa foram: o periódico com mais publicações na área de CG é a Contabilidade Vista & Revista, com 35 artigos; os anos de 2016 e 2018, foram os que mais apresentaram publicações, 35 e 31 artigos, respectivamente; o principal tema abordado é o Sistema de Controle Gerencial – Controladoria; de 601 autores encontrados, 60,07% são do sexo masculino; 33,55% dos artigos foram desenvolvidos em parceria entre 2 autores; a rede de interações entre os autores tem uma densidade baixa (0,48%), tendo como autores mais centrais Beuren e Espejo, esses também são os autores mais prolíficos, com 27 e 17 publicações, respectivamente; 25,96% dos autores são doutores e 24,96% são mestres; a UFSC é a instituição com a maior quantidade de autores vinculados, 65 autores; na rede de interações a FEA/USP e UFSC, são as instituições mais centrais, tendo a rede uma densidade de 2,87%; 40,10% das instituições são da região Sul; quanto aos objetivos, o método mais utilizado é a pesquisa Descritiva, 41,04%; com relação aos procedimentos técnicos e a abordagem do problema, 28,66% e 34,20% dos artigos, respectivamente, não descrevem os métodos utilizados em seus estudos, as técnicas mais empregadas são no primeiro o Levantamento, com 17,92%, e no segundo a Qualitativa, com 29,97%.
Mostrar mais

74 Ler mais

Perfil dos artigos sobre controladoria publicados em periódicos nacionais de contabilidade

Perfil dos artigos sobre controladoria publicados em periódicos nacionais de contabilidade

Esta pesquisa tem como objetivo geral identificar e analisar o perfil dos artigos sobre Controladoria, publicados nos periódicos de contabilidade que utilizam o SEER. Foram utilizadas as pesquisas descritiva, bibliográfica e qualitativa. A coleta de dados foi desenvolvida a partir da análise dos artigos publicados nos periódicos de contabilidade nacionais com estrato CAPES que utilizam o Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER). O requisito utilizado para a seleção do artigo foi o de conter a palavra Controladoria no título, no resumo ou nas palavras-chave. Os resultados revelaram que 49 artigos relacionados à Controladoria foram encontrados dentre os 1.665 artigos analisados e que a Revista Contabilidade & Finanças foi aquela que mais publicou sobre essa temática. Constatou-se, ainda, a predominância de artigos com natureza qualitativa, com referências brasileiras e que apresentaram como principais temas: Gestão Organizacional e a Pesquisa em Contabilidade como as Funções da Controladoria e Sistemas de Informação e Gestão de Custos. Concluiu-se que houve predomínio de autores professores do sexo masculino, com titulação de mestre, vinculados a instituições privadas da região sul do País e que a Universidade de São Paulo (USP), seguida pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) foram as instituições que apresentaram o maior número de autores com artigos publicados.
Mostrar mais

16 Ler mais

ESTUDO BIBLIOMÉTRICO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DA CONTABILIDADE AMBIENTAL EM PERIÓDICOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

ESTUDO BIBLIOMÉTRICO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DA CONTABILIDADE AMBIENTAL EM PERIÓDICOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

Murcia et al. (2010) pesquisaram a evolução da evidenciação ambiental em 52 periódicos de Contabilidade e Auditoria, publicados em língua inglesa, para o período de 1997 a 2007. Este estudo constatou que a maioria das pesquisas foi realizada no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Os autores também concluíram que o tema evidenciação ambiental conta com menos de 10% do total dos artigos analisados e que o nível da evidenciação varia de acordo com o país e setor da empresa. Este estudo considera que não foram encontrados estudos de pesquisadores brasileiros na amostra estudada e que este fato pode ser um problema, mas também uma oportunidade de refletir sobre a inserção da pesquisa brasileira no cenário internacional.
Mostrar mais

17 Ler mais

Análise metodológica da produção científica de contabilidade ambiental nos periódicos internacionais de contabilidade

Análise metodológica da produção científica de contabilidade ambiental nos periódicos internacionais de contabilidade

Pensando nas demandas relativas às preocupações sociais e ambientais das empresas, Nascimento et al. (2009) fizeram um estudo buscando identi- ficar e caracterizar a pesquisa em Disclosure Social e Ambiental (DSA) no pe- ríodo de 1997 a 2007, em artigos publicados em periódicos de contabilidade em Língua Inglesa. Os principais resultados indicam: temática mais estuda- da – ambiental; principais periódicos – Accounting, Auditing and Accountability Journal, Critical Perspective on Accounting, Accounting,Organizations and Society e British Accounting Review; principal tipo de estudo – análise documental; os principais centros de pesquisa estão localizados no Reino Unido, Austrália, Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia; os autores mais prolíficos são Dennis Patten, Carol Adams, Nola Buhr e Rob Gray. Na análise das redes sociais, constatou-se que os autores com o maior grau de centralidade são Rob G., David Power e Clare Roberts, e com o maior grau de intermediação são David Owen, Brendan O’Dwyer e Jeffrey Unerman.
Mostrar mais

24 Ler mais

Contabilidade gerencial: um estudo bibliométrico no periódicos editados no Brasil de 2010 a 2014

Contabilidade gerencial: um estudo bibliométrico no periódicos editados no Brasil de 2010 a 2014

Tabela 9 – Temas de pesquisas dos artigos analisados. Fonte: Beuren e Nascimento (2014) adaptado. A Tabela 3 deixa claro que a mensuração de custos (custos, outros temas de Contabilidade de Custos e Práticas de Custos) ainda é preocupação comum entre as pesquisas brasileiras em Contabilidade Gerencial, já que 35,09% das pesquisas faz referência a essa temática, conforme a Tabela 9. Logo após a Revolução Industrial, o contador passou a se preocupar com a ideia de mensurar seus estoques, surgindo assim a Contabilidade de Custos, que mais tarde passou a servir de auxílio no processo decisório (MARTINS, 2003). Apesar das técnicas de controle terem se desenvolvido com o decorrer do tempo, a mensuração dos custos ainda preocupa o contador gerencial brasileiro. Porém, no contexto internacional, a pesquisa em custos não é temática tão relevante entre as pesquisas gerenciais, já que, segundo Beuren e Nascimento (2014) apenas 5,4% do total dos artigos publicados na Accouting, Organizations and Society entre 2005 e 2009 abordaram essa temática.
Mostrar mais

22 Ler mais

Processo para avaliar periódicos científicos: proposta e ilustração para a Revista Comtemporânea de Contabilidade

Processo para avaliar periódicos científicos: proposta e ilustração para a Revista Comtemporânea de Contabilidade

Os instrumentos utilizados pela comunidade científica para validar e disse- minar o conhecimento desenvolvido são as publicações em periódicos cien- tíficos. A gestão dos periódicos científicos é complexa, tendo em vista, os numerosos fatores que influenciam em seu desempenho aliado aos objetivos conflitantes de seus interlocutores e o conhecimento parcial destes do con- texto. Este ambiente evidencia a necessidade de uma gestão transparente dos periódicos científicos e com comprovada fundamentação científica. O objetivo da presente pesquisa é de construir um processo de avaliação de periódicos científicos que permita explicitar, organizar, mensurar, estabele- cer os níveis de referência e integrar os critérios julgados pelo editor chefe como necessários e suficientes para avaliar, monitorar e aperfeiçoar a gestão de um periódico específico. Nesse contexto, esta pesquisa de caráter explo- ratório-descritivo e objetiva construir um processo de avaliação de desem- penho para a Revista Contemporânea de Contabilidade (RCC). O instru- mento de pesquisa utilizado nesta pesquisa para alcançar o objetivo propos- to foi a Metodologia – MCDA-C tendo em vista sua capacidade de organi- zar, desenvolver e disseminar entre os atores o entendimento do contexto. A metodologia MCDA-C permitiu ao gestor compreender que sua gestão é realizada sobre dois sistemas independentes: i) periódico (veículo); (ii) conteúdo (portfólio de artigos publicados). Para cada um destes foi constru- ído um modelo de avaliação de desempenho para apoiar a gestão constituí- do de 07 e 06 critérios (PVFs) respectivamente. Estes objetivos estratégicos por sua vez são explicados por 62 e 63 indicadores de desempenho (PVEs). Isto permitiu dar transparência ao diagnóstico do desempenho para cada um dos sistemas independentes que necessitam ser gerenciados no periódico científico estudado. Este entendimento, além de facilitar o monitoramento permitiu ter um processo para identificar oportunidades de aperfeiçoamento. Foram geradas, a título de ilustração, ações de aperfeiçoamento para os dois sistemas constituintes da área de gestão do editor.
Mostrar mais

334 Ler mais

ANÁLISE DOS PRAZOS DE AVALIAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DOS PERIÓDICOS DA ÁREA DE CONTABILIDADE NO BRASIL

ANÁLISE DOS PRAZOS DE AVALIAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DOS PERIÓDICOS DA ÁREA DE CONTABILIDADE NO BRASIL

Considerando as recentes alterações definidas pela Capes nos critérios de classificação de periódicos nos 8 estratos do Qualis e a preocupação apontada no que diz respeito ao prazo de avaliação, na qual entende-se que o prazo não pode ser muito longo que prejudique os autores e nem excessivamente curto, que caracterize a inviabilidade de efetiva avaliação dos artigos (CAPES, 2015); apresenta-se este estudo que objetiva investigar qual o prazo de avaliação (tempo entre submissão e aceite) dos periódicos com maior impacto na área de Contabilidade de acordo com a classificação vigente da Capes (Quadriênio 2013-2016). Para atender esta finalidade foi feito uso de técnicas de análise bibliométrica para investigar os prazos de avaliação dos periódicos da área de contabilidade no período mencionado, tomando como base as informações disponíveis nos artigos publicados no site de cada periódico. Ao todo foram analisados 1.454 artigos de 17 periódicos, selecionados por meio de um recorte amostral, classificados nos estratos A2, B1 e B2 do Qualis Capes. Entre os achados verificou-se que a média é de 254 dias entre a submissão e o aceite, sendo que o maior prazo é de 1.220 dias, com uma variação de 6,5 meses em torno da média. Os resultados encontrados são críticos, pelo fato da necessidade em divulgar conhecimento científico na área de contabilidade de forma mais tempestiva até por consideração da relevância dos dados publicados.
Mostrar mais

16 Ler mais

Análise dos Prazos de Avaliação de Artigos Científicos dos Periódicos da Área de Contabilidade no Brasil

Análise dos Prazos de Avaliação de Artigos Científicos dos Periódicos da Área de Contabilidade no Brasil

Por fim, vale enfatizar que os periódicos com maior média de dias entre submissão e aceite foram CV&R (A2), a BASE (B1) e a RCGC (B1). Já os periódicos com menor média de dias foram PC (B2), RCCC (B2) e a RGFC (B2). Esses achados não coincidem com o estudo de Dias, Neto e Cunha (2011), que encontraram a revista RCO (A2) como o peri- ódico que apresentou o menor tempo para avaliar um artigo. Outro resultado destoante é que os autores tinham eviden- ciado que a RCF (A2) tinha apresentado o maior tempo médio gasto entre o recebimento de artigo e sua publicação e, neste trabalho, esse veículo de disseminação é um dos mais rápidos nesse processo, evidenciando, assim, a preocupação do corpo editorial com a melhoria e redução dos prazos.
Mostrar mais

13 Ler mais

Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis CAPES.

Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis CAPES.

A própria Área de Administração, Contabilidade e Tu- rismo vem evoluindo e se adaptando ao que já ocorre em outras áreas da CAPES. Ao longo do triênio de 2004 a 2006 houve mudanças signifi cativas na pontuação das comuni- cações científi cas (Ficha de Avaliação do Programa – Cri- térios de Avaliação Triênio 2004-2006, Programas/Cursos Acadêmicos – Administração, Contabilidade e Turismo). Trabalhos apresentados em eventos nacionais e interna- cionais, denominados de produção provisória, passaram a pontuar menos da metade em relação ao triênio anterior. O propósito é que o resultado da produção científi ca seja direcionado para publicações em periódicos, isto é, produ- ção defi nitiva.
Mostrar mais

15 Ler mais

CONTABILIDADE DO SETOR PÚBLICO: UM ESTUDO DAS REDES SOCIAIS PUBLICADAS EM PERIÓDICOS INTERNACIONAIS

CONTABILIDADE DO SETOR PÚBLICO: UM ESTUDO DAS REDES SOCIAIS PUBLICADAS EM PERIÓDICOS INTERNACIONAIS

No contexto atual, a contabilidade aplicada ao setor público está sendo palco de novas mudanças impostas pela integração dos mercados. Dessa forma, no presente estudo teve-se por objetivo identificar a bibliometria e a sociometria das pesquisas científicas relacionadas ao tema contabilidade pública e contabilidade do setor público, constantes nos artigos científicos indexados na base Science Direct e publicados em periódicos internacionais. Empregou-se metodologia empírico-analítica e longitudinal, por meio de uma pesquisa documental em 20 periódicos internacionais em estudos publicados no período de 1990 a 2014. Filtrou-se pelas expressões public accounting e public sector accounting; a amostra compreendeu 32 artigos. Utilizaram-se as técnicas de análise bibliométrica e análise de redes. Os achados indicam que houve concentração de publicações no período que compreende 2010 a 2014, com média de duas publicações por ano contra a média de uma publicação por ano nos períodos anteriores. Além disso, notou-se uma evolução dos relacionamentos de redes entre os autores. Conclui- se que o aumento nas publicações no último período analisado pode ter sido influenciado pelo aumento das relações de redes, com maior troca de informações e cooperação entre os pesquisadores da área.
Mostrar mais

26 Ler mais

Abordagem a respeito da controladoria e contabilidade gerencial: um estudo das redes sociais publicado em periódicos internacionais

Abordagem a respeito da controladoria e contabilidade gerencial: um estudo das redes sociais publicado em periódicos internacionais

A controladoria representa a evolução da contabilidade na condição de organizar a demanda de informações dos tomadores de decisão na organização. Não há, ainda, uma definição clara quanto às suas funções e atividades (BEUREN; MOURA 2000). Pelo exposto, percebe-se a importância da controladoria dentro das organizações no gerenciamento das informações, influenciando diretamente no processo de gestão das organizações e contribuindo para atingir os objetivos propostos. Kanitz (1977) destaca que as funções da controladoria compreendem a informação, motivação, coordenação, avaliação, planejamento e acompanhamento.
Mostrar mais

22 Ler mais

É O GOOGLE ACADÊMICO UMA OPÇÃO PLAUSÍVEL PARA ANÁLISE DE CITAÇÕES DOS PERIÓDICOS BRASILEIROS DE CONTABILIDADE?

É O GOOGLE ACADÊMICO UMA OPÇÃO PLAUSÍVEL PARA ANÁLISE DE CITAÇÕES DOS PERIÓDICOS BRASILEIROS DE CONTABILIDADE?

Pode-se observar que o Fator de Impacto de 5 anos do Spell é menor que a média de citações dos artigos de 2008 a 2012 em todas as revistas, o que vai ao encontro da literatura que afirma que o Google Acadêmico é mais abrangente que as bases fechadas. Também pode- se observar que as 4 revistas com maior Fator de Impacto de 5 anos do Spell são as mesmas revistas com as maiores médias de citação do Google Acadêmico, exatamente, na mesma ordem: Revista Contabilidade & Finanças em 1º, Contabilidade Vista & Revista em 2º, Revista de Contabilidade e Organizações em 3º e Revista Universo Contábil em 4º. A partir da Brazilian Business Review as posições não mantém mais a equidade dado que ela tem aparece em 5ª posição no Spell e em 8º no Google Acadêmico.
Mostrar mais

13 Ler mais

Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico.

Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico.

Do ponto de vista acadêmico, comparando-se a outras áreas, a discussão sobre a produção do conhecimento na área de Contabilidade é contemporânea e encontra estudos desta natureza a partir dos anos 80 e 90, fortalecendo-se sua discussão nos anos 2000. Validando esta assertiva, Theóphilo e Iudícibus (2005) verificaram uma mudança de paradigma na pesquisa contábil brasileira neste período, evidenciado pela preocupação em estudos com foco empírico e pela aproximação dos trabalhos a um formato científico, apesar da pouca diversidade das abordagens metodológicas. Nesta mesma linha, podem-se citar os trabalhos de Riccio, Carastan e Sakata (1999), que investigaram a produção científica brasileira na área de Contabilidade de 1962 a 1999; Frezatti e Borba (2000) estudaram os padrões de revistas científicas internacionais na área de Contabilidade; Oliveira (2001) analisou o conteúdo e a forma dos periódicos científicos de Contabilidade no Brasil; Moriki e Martins (2003) estudaram o referencial bibliográfico de dissertações de dois programas de pós-graduação na área de Contabilidade; Leite (2004) pesquisou a relação orientador-orientando e sua associação com a produção de teses e dissertações nos programas de pós-graduação em Contabilidade; Santana (2004) investigou a produção científica em Contabilidade Social no período de 1990 a 2003; Cardoso, Mendonça, Riccio e Sakata (2005) estudaram as publicações científicas em Contabilidade de 1990 a 2003; Cardoso, Pereira e Guerreiro (2004) estudaram a produção científica em custos; Martins e Silva (2005) analisaram as referências bibliográficas de um Congresso da área de Contabilidade em 2003 e 2004; Silva, Oliveira e Ribeiro (2005) fizeram um estudo comparativo de períodos em um periódico da área de Contabilidade no Brasil.
Mostrar mais

22 Ler mais

Avaliação do Rigor Metodológico de Estudos de Caso em Contabilidade Gerencial Publicados em Periódicos no Brasil.

Avaliação do Rigor Metodológico de Estudos de Caso em Contabilidade Gerencial Publicados em Periódicos no Brasil.

Um dos achados que desencadeou evidências a esse res- peito foi que a maioria dos artigos analisados utilizou os tipos de pesquisa descritivo e exploratório. Geralmente, esse tipo de pesquisa não objetiva explicar os resultados encontrados, ape- nas descreve os dados, por isso, a tendência é que detalhem menos o processo do estudo de caso, apresentando menos ri- gor. Esses resultados estão em consonância com o argumento de Zimmerman (2001) sobre o fato de que a literatura empí- rica na Contabilidade Gerencial está focada na descrição das práticas das empresas. A pesquisa descritiva, por si só, não constrói uma literatura nem um entendimento das práticas de Contabilidade Gerencial de forma coerente (Zimmermann, 2001). O que foi observado é que, em sua maioria, os estu- dos estão isolados em seus dados, não havendo ligação com estudos semelhantes ou mesmo com alguma teoria que possa explicar o que foi encontrado nos dados.
Mostrar mais

16 Ler mais

Show all 4307 documents...