Prematuridade extrema

Top PDF Prematuridade extrema:

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema

Os limites de viabilidade na prematuridade e a sobrevivência com mínimo de sequela são temas atuais de grande importância ética. A prematuridade extrema pode resultar em inúmeras sequelas e danos crônicos que limitam a funcionalidade. Ao se optar pelo prolongamento da vida de recém-nascidos muito imaturos, há maior exposição do prematuro e da família a situações de dor, desconforto e estresse. A presente revisão trata dos aspectos éticos relacionados a essa tomada de decisão considerando o limite de viabilidade e as se- quelas neuropsicomotoras decorrentes da prematuridade extrema. Atualmente, a questão gira em torno da importância da valorização não só da sobrevivência desses prematuros, mas também da manutenção de sua qualidade de vida, uma vez que são mais predispostos a sequelas em curto, médio e longo prazos.
Mostrar mais

6 Ler mais

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema

Os limites de viabilidade na prematuridade e a sobrevivência com mínimo de sequela são temas atuais de grande importância ética. A prematuridade extrema pode resultar em inúmeras sequelas e danos crônicos que limitam a funcionalidade. Ao se optar pelo prolongamento da vida de recém-nascidos muito imaturos, há maior exposição do prematuro e da família a situações de dor, desconforto e estresse. A presente revisão trata dos aspectos éticos relacionados a essa tomada de decisão considerando o limite de viabilidade e as se- quelas neuropsicomotoras decorrentes da prematuridade extrema. Atualmente, a questão gira em torno da importância da valorização não só da sobrevivência desses prematuros, mas também da manutenção de sua qualidade de vida, uma vez que são mais predispostos a sequelas em curto, médio e longo prazos.
Mostrar mais

9 Ler mais

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema.

Ética na decisão terapêutica em condições de prematuridade extrema.

Os limites de viabilidade na prematuridade e a sobrevivência com mínimo de sequela são temas atuais de grande importância éica. A prematuridade extrema pode resultar em inúmeras sequelas e danos crônicos que limitam a funcionalidade. Ao se optar pelo prolongamento da vida de recém-nascidos muito imaturos, há maior exposição do prematuro e da família a situações de dor, desconforto e estresse. A presente revisão trata dos aspectos éicos relacionados a essa tomada de decisão considerando o limite de viabilidade e as se- quelas neuropsicomotoras decorrentes da prematuridade extrema. Atualmente, a questão gira em torno da importância da valorização não só da sobrevivência desses prematuros, mas também da manutenção de sua qualidade de vida, uma vez que são mais predispostos a sequelas em curto, médio e longo prazos.
Mostrar mais

6 Ler mais

Fatores de risco para prematuridade: pesquisa documental.

Fatores de risco para prematuridade: pesquisa documental.

Estima-se que, anualmente, no mundo, 13 milhões de crianças nasçam prematuras, e o nascimento pré-termo continua sendo uma importante causa de mortalidade perinatal. Em nossa pesquisa, quanto às condições da gestação e parto (Tabela 2) e em relação ao tempo da gestação, observamos que, para 74% dos nascidos, esse período foi de 32 a 36 semanas; 20% tiveram tempo de gestação de 28 a 31 semanas; e para 6% o tempo de gestação foi de 22 a 27 semanas. Além disso, considerando-se prematuridade extrema, ou seja, tempo de gestação menor que 31 semanas, foi observada uma frequência de 26% para os prematuros nascidos vivos. De fato, cerca de 75 % das mortes neonatais estão relacionadas ao parto pré- termo ou às manifestações no recém-nascido pré-termo 6 .
Mostrar mais

8 Ler mais

PDF PT Jornal Brasileiro de Pneumologia 3 6 portugues

PDF PT Jornal Brasileiro de Pneumologia 3 6 portugues

dos na terapia intensiva neonatal e pediátrica, a sobrevi- da de crianças com prematuridade extrema vem aumen- tando, bem como a daquelas com insuficiência respirató- ria de causas diversas, como bronquiolite viral aguda, bron- quiolite obliterante e fibrose cística, que determinam, mui- tas vezes, a necessidade de oxigênio suplementar por períodos prolongados. Por outro lado, estudos demons- tram que lactentes e crianças com doença pulmonar crô- nica que, aparentemente, não necessitam de oxigênio em repouso, poderão tornar-se hipoxêmicos durante a ali- mentação e o sono (3,4) . Segundo Hudak et al., a manu-
Mostrar mais

5 Ler mais

J. Pneumologia  vol.27 número3

J. Pneumologia vol.27 número3

dos na terapia intensiva neonatal e pediátrica, a sobrevi- da de crianças com prematuridade extrema vem aumen- tando, bem como a daquelas com insuficiência respirató- ria de causas diversas, como bronquiolite viral aguda, bron- quiolite obliterante e fibrose cística, que determinam, mui- tas vezes, a necessidade de oxigênio suplementar por períodos prolongados. Por outro lado, estudos demons- tram que lactentes e crianças com doença pulmonar crô- nica que, aparentemente, não necessitam de oxigênio em repouso, poderão tornar-se hipoxêmicos durante a ali- mentação e o sono (3,4) . Segundo Hudak et al., a manu-
Mostrar mais

5 Ler mais

A INFLUÊNCIA DE FATORES SÓCIO-DEMOGRÁFICOS NA PREMATURIDADE

A INFLUÊNCIA DE FATORES SÓCIO-DEMOGRÁFICOS NA PREMATURIDADE

Existe uma necessidade crescente de estudos que investiguem a prematuridade e seus fatores relacionados. O apoio social é estudado a fim de compreender sua ligação com desfechos favoráveis de saúde, seja através de um possível efeito amenizador ou por seu efeito geral. Estamos expostos ao apoio social mesmo quando não enfrentando uma situação de estresse em particular, e o mesmo parece nos levar a ter comportamentos positivos para a saúde.

6 Ler mais

Retinopatia da prematuridade - revisão de critérios de rastreio

Retinopatia da prematuridade - revisão de critérios de rastreio

A maioria dos recém-nascidos (RN) de termo apresentam retina e vasculatura retiniana completamente desenvolvida, e nestes a ROP não ocorre. Nos RNP, o normal desenvolvimento da retina está incompleto, sendo que a angiogénese termina por volta das 36-40 semanas. 5 A etiopatogenia da doença é muiltifatorial sendo o primeiro fator a considerar a prematuridade, e consequente imaturidade da retina. 4,6

10 Ler mais

Impacto da prematuridade no comprimento dos telômeros em crianças

Impacto da prematuridade no comprimento dos telômeros em crianças

Neste estudo, não houve associação entre prematuridade e comprimento dos telômeros nos leucócitos em crianças de 7 a 12 anos de idade. Henckel e colaboradores encontraram telômeros menores em ex-prematuros com DBP aos 10 anos de idade, quando comparados a crianças asmáticas. [30] O estudo, entretanto, teve apenas o resumo publicado, o que impede uma análise crítica dos resultados e das possíveis diferenças em relação ao presente estudo. Por outro lado, Kajantie e colaboradores, avaliando ex-prematuros e controles entre 18 e 27 anos de idade, não encontraram associação entre comprimento dos telômeros e peso de nascimento, idade gestacional ou ter nascido com peso abaixo de 1.500 g, o que está de acordo com os nossos resultados. [31] Corroborando esses achados, recentemente foi publicado estudo demonstrando senescência das células endoteliais formadoras de colônias em RN prematuros, que estaria relacionada com menor capacidade de reparo endotelial e poderia contribuir para as complicações cardiovasculares na idade adulta. Nesse estudo a senescência celular foi mediada por outros fatores, não havendo encurtamento dos telômeros. [45]
Mostrar mais

121 Ler mais

Cinética do consumo de oxigênio a intensidades de nado moderada e extrema.

Cinética do consumo de oxigênio a intensidades de nado moderada e extrema.

Introdução: Tradicionalmente, os estudos da cinética do consumo de oxigênio são conduzidos a inten- sidades de exercício baixas, bem distintas daquelas em que o desempenho desportivo acontece. Objetivo: Considerando que a magnitude da cinética deste parâmetro fisiológico depende da intensidade a que o esforço é realizado, pretendeu-se com este trabalho comparar a cinética do consumo de oxigênio em 200 m crowl nadados a duas intensidades distintas: moderada e extrema. Métodos: Dez nadadores do sexo masculino, de nível internacional, realizaram dois testes separados: (i) protocolo progressivo e intervalado de7 x200 m, com 30 segundos de intervalo e incrementos de 0,05 m.s -1 para determinação do patamar correspondente
Mostrar mais

5 Ler mais

Estudo da retinopatia da prematuridade em um hospital universitário.

Estudo da retinopatia da prematuridade em um hospital universitário.

São considerados fatores de risco: fatores maternos diversos, flu- tuação dos níveis de oxigênio nas primeiras semanas, ventilação mecânica, hemorragia intracraniana, transfusões de sangue, septi- cemia, infecções congênitas, persistência de canal arterial, índice de Apgar menor que 7 no 5º minuto, baixa estatura para idade gestacional e principalmente a prematuridade e o baixo peso ao nascer (8) .

4 Ler mais

Efeitos da prematuridade sobre o desenvolvimento de lactentes

Efeitos da prematuridade sobre o desenvolvimento de lactentes

Em caso de ausência, tais informações, por observação ou relato de cuidadores, daque- les comportamentos com pouca chance de apa- recer em situações de avaliação, permitiriam a organização de contingências que aumentari- am a possibilidade de ocorrência no ambiente natural da criança, possibilitando um desenvol- vimento adequado ao esperado para sua idade cronológica. Os resultados obtidos com este estudo permitiram constatar, para a população estudada, o efeito da prematuridade no desen-

11 Ler mais

Laser de diodo no tratamento da retinopatia da prematuridade.

Laser de diodo no tratamento da retinopatia da prematuridade.

Examinaram-se com oftalmoscopia binocular indireta (O.B.I.), 348 crianças prematuras, encaminhadas pelo setor de neonatologia da Maternidade Dona Evangelina Rosa, ao Ser- viço de Retina e Vítreo da Clínica Oftalmológica do Hospital Getúlio Vargas (H.G.V.) e Instituto de Olhos do Piauí (I.O.P.), em Teresina-Piauí, no período de julho de 1989 a março de 1999.Os critérios utilizados para o exame foram: prematuridade com peso ≤ 1500g ou IG ≤32 semanas e prematuridade com peso >1500g ou IG>32 semanas associado a oxigenoterapia, transfusão sanguínea, infecção ou antibioticoterapia. As crian- ças foram examinadas entre 4 e 6 semanas de vida.
Mostrar mais

3 Ler mais

As corporalidades do trabalho bailarino: entre a exigência extrema e o dançar com a alma.

As corporalidades do trabalho bailarino: entre a exigência extrema e o dançar com a alma.

Com o objetivo de investigar como os bailarinos de uma companhia de dança brasileira corporificam seu trabalho bailarino, refletimos sobre questões teóricas dos estudos de [r]

19 Ler mais

Fatores maternos e neonatais relacionados à prematuridade.

Fatores maternos e neonatais relacionados à prematuridade.

Os dados de nascimentos, tais como tipo de gestação, peso ao nascer e Apgar no 5º minuto, estiveram associados com o nascimento prematuro. Estes dados são signiicati- vos, uma vez que expressam as condições de nascimentos neonatais. Se algumas destas condições, como gemelaridade ou baixo ganho de peso fetal, forem constatadas durante a gestação, é necessário que se tenha mais atenção no pré- natal a im de que a gestação chegue o mais longe possível, próximo do termo. Talvez estes dados de nascimento não possam evitar a prematuridade, mas conhecendo a associa- ção destes com o nascimento prematuro, é possível melhorar a assistência desses bebês no pós-nascimento.
Mostrar mais

8 Ler mais

A Extrema Esquerda brasileira e a Revolução Cubana (1959-1974)

A Extrema Esquerda brasileira e a Revolução Cubana (1959-1974)

A relevância desta pequena passagem apenas pode ser avaliada se atentarmos que são poucas as oportunidades nas quais algum grupo da Extrema Esquerda faz menção à resistência urbana durante a Revolução Cubana, pois, no mais das vezes, sempre se apresentou o processo revolucionário de Cuba como um fenômeno de caráter eminentemente rural. O foco guerrilheiro, e mais tarde a constituição do exército camponês acabaram por criar uma imagem parcial da revolução. Durante todo o tempo, desde o desembarque de Fidel Castro no final de 1956, até a tomada do poder em princípios de 1959, os revolucionários contaram com o apoio de redes clandestinas que a partir das cidades organizavam uma resistência que teve sua história soterrada pela epopéia da guerrilha em Sierra Maestra. Poucos foram os grupos brasileiros que reconheceram na Revolução Cubana o papel do combate nas cidades. 14 No caso da POLOP era natural que se prestasse atenção nesse aspecto, afinal de contas, os polopistas defendiam a primazia dos trabalhadores fabris na luta pelo socialismo.
Mostrar mais

184 Ler mais

Os efeitos da renda e da desigualdade na redução da extrema indigência no Brasil

Os efeitos da renda e da desigualdade na redução da extrema indigência no Brasil

A redução da pobreza está intimamente relacionada com que ocorre com a desigualdade e a renda média, sendo a grande questão identificar quais políticas de crescimento econômico têm mais efetividade para reverter tal situação de forma mais acelerada: se políticas que estimulem o crescimento da renda média da economia ou políticas que estimulem a redução da desigualdade entre os indivíduos. Esta pesquisa estima as elasticidades-renda e desigualdade para o segmento da população brasileira em situação de extrema indigência, com base nos da PNAD do período 1995 a 2007. As elasticidades estimadas evidenciam que, para o Brasil, as políticas de combate à extrema indigência através da redução da desigualdade exercem um impacto mais significativo do que o aumento da renda. Por outro lado, tomando por base o efeito sob as regiões brasileiras, verifica-se que para regiões Norte e Nordeste a elasticidade-desigualdade é bem mais sensível do que a elasticidade-renda, enquanto para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste verifica-se o aumento da elasticidade- renda e a diminuição da elasticidade-desigualdade em comparação com o Brasil e com as regiões Norte e Nordeste. Mesmo assim, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste o efeito desigualdade ainda é superior ao efeito renda, a exemplo dos resultados encontrados para o Brasil e para as regiões Norte e Nordeste. Ademais, estimaram outros modelos considerando uma dummy para captar o efeito entre os Governos FHC e Lula, o resultado sugere um efeito negativo sobre a indigência e, isto representa que o período de 2003 a 2007 a pobreza caiu. De uma maneira geral, os resultados sugerem que a redução da desigualdade tem um impacto muito mais expressivo do que o aumento da renda na camada da população em situação de extrema indigência.
Mostrar mais

40 Ler mais

A REGULAMENTAÇÃO JURÍDICA DE SERVIÇOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE EXTREMA - MG

A REGULAMENTAÇÃO JURÍDICA DE SERVIÇOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE EXTREMA - MG

This study aimed to present the implementation of the regulamentation of payment for environmental services on Extrema - MG. Was also carried out a simulation of the proposed methodology for estimating the environmental benefits through the financial rewards of the "water provider program" by the ANA, to estimate the abatement of erosion and sedimentation in the Posses watershed. The results showed that deployment of the "Conservative Water" is a reality by Law 2.100/05 and its regulations seek to ensure social and environmental sustainability through the management and practices implemented by means of payment for environmental services. Finally, the reduction in average sedimentation basin would be 60%, resulting in an average benefit of R$ 75.00 / ha year.
Mostrar mais

8 Ler mais

Temperamento, prematuridade e comportamento interativo mãe-criança.

Temperamento, prematuridade e comportamento interativo mãe-criança.

Nos resultados do Grupo PT, as mães das díades 3PT e 4PT exibiram intrusividade, enquanto as crianças apresentaram oposicionismo e raiva ou frustração, indi- cando difi culdades nos comportamentos interativos. A intrusividade materna no Grupo PT vai ao encontro dos resultados das pesquisas na área (Feldman, 2007; Poehl- mann et al., 2011; Potharst et al., 2012). A intrusividade em mães de crianças prematuras é adicionada à condição de risco da prematuridade, constituindo-se em múltiplo risco ao desenvolvimento dessas crianças. Além disso, a intrusividade materna interage com o temperamento infan- til. Crianças nascidas prematuras em famílias com baixo nível socioeconômico, cujas mães apresentaram raiva ou críticas durante a interação, apresentaram menor Controle com Esforço aos dois anos de idade, em comparação às crianças prematuras com mães com comportamentos mais positivos (Poehlmann et al., 2011).
Mostrar mais

9 Ler mais

: Brapci ::

: Brapci ::

Para Macedo et al (2003) torna-se difícil estabelecer uma correlação positiva entre entubação e defeitos de esmalte, uma vez que esse procedimento é utilizado em situações de extrema gravidade. Assim, provavelmente, associados ao trauma local, fatores sistêmicos atuam conjuntamente, provocando distúrbio no desenvolvimento do esmalte, impossibilitando a identificação do fator mais fortemente relacionado com os defeitos.

8 Ler mais

Show all 692 documents...