Presidência da República

Top PDF Presidência da República:

O assessoramento da Presidência da República

O assessoramento da Presidência da República

em concreto.. Não trata do assessoramento cta Presidência da República em tese, mas do assessoramento de determinado chefe executivo, no caso, do President'e Getúli[r]

69 Ler mais

OS GASTOS SIGILOSOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA  Stefan Hanatzki Siglinski

OS GASTOS SIGILOSOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Stefan Hanatzki Siglinski

A pesquisa objetiva demonstrar a falta de transparência dos gastos realizados pela Presidência da República com o Cartão de Pagamento do Governo Federal e que a transparência integra a ideia de democracia, sendo um dos pilares do Estado Democrático. Para atingir o objetivo, utiliza-se fonte de pesquisa imediata formal, tipo de pesquisa, quanto à coleta de dados, bibliográfica, bem como método de abordagem dialético. Conclui-se que a expedição de lei vedando a classificação como sigilosos dos gastos pessoais realizados pela Presidência é medida necessária para preservar a ordem democrática.
Mostrar mais

20 Ler mais

A temática ambiental nos programas de governo para a Presidência da República do Partido dos Trabalhadores (1989-2006)

A temática ambiental nos programas de governo para a Presidência da República do Partido dos Trabalhadores (1989-2006)

Esta pesquisa analisa a inserção da temática ambiental nos Programa de Governo para a Presidência da República do Partido dos Trabalhadores (PT), os quais foram elaborados como diretrizes políticas e ideológicas, durante suas campanhas nas eleições ocorridas no Brasil nos anos de 1989, 1994, 1998, 2002 e 2006. A pesquisa empreende, portanto, a análise de um recorte determinado: investigar e identificar as concepções relativas á temática ambiental, expressas nos Programas de Governo, de um determinado partido político brasileiro, elaborados no decorrer de vinte sete anos da sua existência como instituição política, atuante e organizada, em diferentes contextos históricos e processos eleitorais. No estudo apresentado, tomamos como “princípio”, que para analisarmos a temática ambiental, sob qualquer perspectiva no tempo presente, faz-se imprescindível um amplo referencial que abarque ao máximo a historicidade das relações entre sociedade e natureza. Assim, a emergência da “crise ambiental” deve ser abordada a partir desta perspectiva. Para análise dos dados, a pesquisa recorre aos referenciais metodológicos da “Análise de Conteúdo”, configurando-se como uma pesquisa qualitativa, cujos resultados e discussões foram elaborados a partir da análise de determinado corpus documental. O trabalho mostra que o fato de o PT ter se configurado historicamente como um partido aglutinador das forças políticas progressistas identificadas com os “novos movimentos sociais”, emergidos no contexto das décadas de 1960 a 1980, influenciou a inserção da temática ambiental nos seus respectivos Programas de Governo. Neste sentido, os temas ambientais “Amazônia e a questão da produção energética na região”, concepções e propostas apresentadas relacionadas aos temas “desenvolvimento sustentável” e “educação ambiental” foram analisados com prioridade. Os resultados apontam a ampla defesa nos referidos Programas do “desenvolvimento sustentável” como modelo de desenvolvimento a ser implementado no Brasil a partir do governo do PT e que a inserção do tema “Educação Ambiental” nos referidos Programas se deu a partir das concepções de Educação Ambiental em suas dimensões político-emancipatória, engajada no resgate da cidadania e da defesa de políticas públicas para a implementação da Educação Ambiental institucionalmente estruturada a partir de uma concepção interdisciplinar.
Mostrar mais

161 Ler mais

A comunicação governamental da presidente Dilma Rousseff: uma análise de conteúdo do portal da Presidência da República

A comunicação governamental da presidente Dilma Rousseff: uma análise de conteúdo do portal da Presidência da República

O presente estudo apresenta uma análise de conteúdo das estratégias de comunicação governamental da presidência da República, delineando um perfil da administração de Dilma Rousseff. A pesquisa é amparada pelos conceitos de comunicação governamental, opinião pú- blica, hegemonia e agenda-setting. O corpus do estudo constitui-se de ferramentas e canais de comunicação governamental com foco no portal da presidência. O estudo observou que apesar de haver predominância de marketing político nas últimas administrações, a gestão da presi- dente Dilma, por meio do portal, deu maior ênfase à comunicação governamental. A pesquisa é concluída discutindo brevemente a maneira da presidência da República comunicar-se com a sociedade, apresentando um viés diferente sobre o tema estabelecido.
Mostrar mais

16 Ler mais

Efeitos hipotensores de exercícios aeróbios e resistidos realizados por funcionários da Presidência da República

Efeitos hipotensores de exercícios aeróbios e resistidos realizados por funcionários da Presidência da República

As reduções nos níveis pressóricos nas modalidades estudadas, após uma única sessão de exercício, confirmam os resultados obtidos por outros autores que também evidenciaram hipotensão pós-exercício (HALLIWILL et al 2001; KAUFMAN et al, 1987; WILCOX et al, 1982; COATS et al, 1989; FORJAZ et al, 1998). No entanto, a contribuição principal do presente estudo foi demonstrar que o fenômeno da HPE pode resultar em um efeito protetor do sistema cardiovascular por manter diminuídos os valores de pressão arterial durante o dia de atividades de trabalhadores, como os funcionários da Presidência da República que participaram do estudo. Os resultados evidenciaram ainda que, para os indivíduos hipertensos “borderline” que participaram do estudo, os benefícios do exercício em reduzir os níveis pressóricos podem ser obtidos também após realização de exercícios resistidos (musculação) em forma de circuito. Estas evidências tem um papel prático importante uma vez que exercícios de musculação podem ser adaptados nos mais variados locais de trabalho, de forma a oferecer este tipo de benefícios aos praticantes.
Mostrar mais

82 Ler mais

Presidentes fracos: legados de perda de poder para o cargo da Presidência da República

Presidentes fracos: legados de perda de poder para o cargo da Presidência da República

É interessante notar a estratégia de Eunício, de afirmar sua competência sem necessariamente utilizá-la contra a Presidência da República. Este é um tipo de estratégia que foi muito utilizada pela Suprema Corte norte-americana (no período de John Marshall na presidência da Suprema Corte) para tentar aumentar suas prerrogativas e fortalecer-se politicamente. Neste primeiro momento, a Suprema Corte não tinha legitimidade ou força para se apresentar como oposição ao governo central. Com isso, a Corte de Marshall optou por proferir decisões pró-governo, tornando-se um ator fundamental para a implementação e defesa dos interesses do governo central. Nestes primeiros momentos de realização de controle de constitucionalidade, tanto Jefferson quanto a Suprema Corte venceram. Marbury v. Madison garantiu que a Corte derrubasse uma lei passada pela legislatura anterior, ao mesmo tempo em que garantiu a vitória a Jefferson. E, mais importante, foi uma decisão dirigida unicamente ao
Mostrar mais

69 Ler mais

Parecer e Anteprojeto da Reforma Administrativa - Presidência Da República

Parecer e Anteprojeto da Reforma Administrativa - Presidência Da República

Art. 91. O Ministério da Fazenda providenciará a abertura, no Banco do Brasil S. A ., de contas especiais para cada um dos Ministérios e órgãos diretamente subordinados à Presidência da República e ao Conselho de Ministros, as quais serão movi­ mentadas, por meio de cheques, ordens de pagamento e de supri­ mento, pelos respectivos Ministros de Estado ou dirigentes dos referidos órgãos, ou pelas autoridades a que os mesmos delegarem competência expressa para êsse fim.

45 Ler mais

estudo de caso da Biblioteca da Presidência da República :: Brapci ::

estudo de caso da Biblioteca da Presidência da República :: Brapci ::

A atividade promocional de publicidade é exaustivamente realizada pelo setor de serviços e produtos de informação da BPR. Os eventos, as conquistas, como por exemplo, a da certificação digital, as campanhas de doação de livros para a formação da Biblioteca Myriam Pelles Ervilha – resultado da parceria com o “Programa Escolas Irmãs” e outras atividades. Essas ações são sempre divulgadas na Intranet da Presidência da República, bem como na Internet por meio dos sites: www.brasil.gov.br, www.abdf.org.br, www.crb1.org.br, www.ibict.br e em outros sites.

22 Ler mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Governo Fernando Henrique Cardoso

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Governo Fernando Henrique Cardoso

Uma das principais estratégias foi a concepção e a implementação do Programa de Ação Integrada (PAI), que outorga a bolsa-escola às famílias que retiram as crianças do mercado de traba[r]

81 Ler mais

PROJETO DE WEB TV NO ÂMBITO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

PROJETO DE WEB TV NO ÂMBITO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

O presente projeto tem a sua génese nas experiências por mim adquiridas em diversas campanhas políticas em que tive oportunidade de participar nos últimos 3 anos. Entre Agosto e Outubro de 2009 assumi funções de Diretor/Produtor da Web TV de campanha do Dr. Isaltino Morais nas eleições autárquicas em Oeiras. Nessas eleições, Isaltino Morais foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Oeiras com 41,52% dos votos. Entre Fevereiro e Março de 2010, assumi a função de coordenador da equipa de Audiovisuais e Multimédia da campanha de Pedro Passos Coelho nas eleições internas do PSD. O candidato, acabou por vencer essas eleições com maioria absoluta, tendo conquistado o voto de 61,06% dos militantes do partido. Pedro Passos Coelho é, hoje em dia, o Primeiro-Ministro de Portugal. Entre Novembro de 2010 e Janeiro de 2011, assumi funções de Diretor/Produtor da Web TV de campanha do professor Aníbal Cavaco Silva, nas eleições Presidenciais de 2011, tendo este sido reeleito Presidente da República com 52,94% dos votos.
Mostrar mais

96 Ler mais

Análise dos conteúdos implícitos no discurso dos candidatados à Presidência da República

Análise dos conteúdos implícitos no discurso dos candidatados à Presidência da República

Resumén: Em este artículo se analisa, desde la perspectiva de la Lingüística Pragmática, los contenidos implícitos em el discurso de los candidatos a la presidencia de la República Federativa del Brasil em 2010 para discutir la forma en que son importantes en la formación del discurso político. Com este fin, se valdrá la pena el discurso producido en el primer debate transmitido por la cadena de televisión aberta, los cuatro candidatos que tuvieron mayor intención de voto según las encuestas llevadas a cabo em la primera vuelta de las elecciones.

6 Ler mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP Katia Saisi

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP Katia Saisi

A propaganda de Dilma se valia do herói Lula – alguém que havia tirado o país do anonimato internacional e amplificado para ampla parcela da população as benesses dos avanços econômicos globais: a ascensão econômica de grande parcela da população foi atribuída ao “pai” Lula. Dilma seria, portanto, a “mãe” dos brasileiros: protetora, afetuosa, compreensiva. Esse discurso traz implícito que o povo “precisa” de um pai ou uma mãe, pois não pode ou não consegue fazer suas próprias escolhas. Isso lembra o mito do “Papai Noel”, de Jean Baudrillard (1989). Para este autor francês, a publicidade cria a crença na própria publicidade, trabalhando com a temática da proteção, da gratificação individual, de modo a dissolver as tensões sociais. A sociedade do consumo é mostrada como harmoniosa, maternal, e acaba com a fragilidade individual. Foi justamente esse o mote da publicidade dos candidatos à Presidência da República no Brasil: mostraram-se como “salvadores” dos indivíduos desprotegidos. Os discursos não são sobre um ideal em comum, mas sobre um objeto de consumo individual. Como Baudrillard afirma em O Sistema dos objetos:
Mostrar mais

389 Ler mais

Decadência do crédito tributário e sua atual disciplina no Direito Brasileiro MESTRADO EM DIREITO

Decadência do crédito tributário e sua atual disciplina no Direito Brasileiro MESTRADO EM DIREITO

II – da data em que se tornar definitiva a decisão que houver anulado, por vício formal, a constituição de crédito anteriormente efetuada […]. Presidência da República. Dispõe sobre a [r]

206 Ler mais

Linha de pesquisa: Impactos da

Linha de pesquisa: Impactos da

Desde a Constituição de 1934 o crédito extraordinário é destinado ao atendimento de demandas inadiáveis e urgentes (calamidade pública, epidemias, rebelião, sedição guerra externa). A Constituição de 1988 só o admite para as despesas “imprevisíveis e urgentes”. Não obstante, nos últimos 14 anos, o Governo Federal abriu, aproximadamente, R$ 250,00 bilhões em crédito extraordinário. Esta pesquisa, portanto, teve por objetivo avaliar a utilização dos créditos extraordinários no Brasil, no período compreendido entre 1995 e 2008, a fim de verificar se os requisitos constitucionais da imprevisibilidade e da urgência estão sendo observados na edição de medidas provisórias e se a utilização de tais créditos está permitindo que recursos públicos escapem ao processo orçamentário ordinário. Para tanto, realizou-se pesquisa de campo na qual foram aplicadas dezessete (17) entrevistas, do tipo estruturada e não diretiva, a integrantes dos poderes executivo e legislativo, participantes do processo de elaboração, fiscalização e controle da política orçamentária brasileira, além de especialistas da área de orçamento e contabilidade pública da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de São Paulo (USP). Também foram coletados dados, na internet, no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), no sistema Siga Brasil, no sitio do Congresso Nacional, no sítio da Secretaria de Orçamento Federal, e no sítio da Presidência da República. Para a análise dos dados coligidos por meio das entrevistas utilizou-se da análise de conteúdo, em que as respostas foram agrupadas por temas e, em seguida, por categorias, de acordo com as respostas assemelhadas dos diferentes entrevistados, bem como entre as respostas dos grupos afins. Apontou-se a celeridade, a efetividade e a demora na tramitação no Congresso Nacional dentre as principais razões para a utilização freqüente do crédito extraordinário. Em relação ao significado das expressões “imprevisibilidade e urgência”, a primeira foi entendida como um evento que foge à capacidade humana de prever. Já a segunda, foi descrita como uma necessidade de ação rápida e imediata do Estado para fazer frente a despesas inadiáveis. Examinou-se também a aderência dos créditos a esses pressupostos. Para 70,59% dos entrevistados os créditos extraordinários abertos não obedeceram aos pressupostos da imprevisibilidade e da urgência, percepção confirmada pela análise de créditos extraordinários abertos nos últimos 14 anos, dos quais, em sua maioria, nenhum obedeceu àqueles pressupostos. As análises realizadas permitem inferir que está havendo flagrante desvirtuamento do processo orçamentário, pois a abertura contumaz desse tipo de crédito permite que recursos públicos escapem ao orçamento ordinário e sejam alocados unilateralmente pelo Poder Executivo.
Mostrar mais

160 Ler mais

A difícil arte de gerir pessoas

A difícil arte de gerir pessoas

Quinta-feira, 23 de junho, 17 horas. É horário de expediente, mas os servidores da Presidência da República aproveitam a programação da Semana de Qualidade de Vida da Presidência da República – V Pen- sa Vida, evento que incluiu a realização de palestras sobre saúde e meio-ambiente e a disponibilização de serviços de podólogas, cadeiras de relaxamento e sessões de massagem, entre outros. A servidora Silvia Aparecida Costa, da Coordenação-Geral de Gestão de Informação, era uma delas. “É muito bom poder sair da rotina e fazer outras atividades. Isso mostra que a organi- zação também se preocupa com o bem- estar dos funcionários”, disse.
Mostrar mais

8 Ler mais

ANÁLISE DE ASPECTOS DA IMPLANTAÇÃO DO ESTADO NOVO NO BRASIL

ANÁLISE DE ASPECTOS DA IMPLANTAÇÃO DO ESTADO NOVO NO BRASIL

É nesse cenário de extrema ebulição política que Getúlio Vargas, então governador do Rio Grande do Sul, após inúmeras negociações e arranjos políticos, candidata-se à Presidência do Brasil, à frente da coalizão política da Aliança Liberal. Esta representa o resultado final do acordo firmado entre os estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul, em 17 de junho de 1929, que entre outras condições estabelecia o nome de Getúlio Vargas ou Borges de Medeiros como candidato à Presidência da República, ou, no caso de escolha direta do Presidente Washington Luís, determinava que Minas só aceitaria a candidatura caso o vice-presidente fosse um gaúcho. Para o historiador Edgard Carone,
Mostrar mais

14 Ler mais

IPI - COMPOSTURA DAS REGRAS-MATRIZES E A ESSENCIALIDADE DOS PRODUTOS COMO FATOR DETERMINANTE NA FIXAÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA

IPI - COMPOSTURA DAS REGRAS-MATRIZES E A ESSENCIALIDADE DOS PRODUTOS COMO FATOR DETERMINANTE NA FIXAÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA

terceiros; II - o acondicionamento destinado apenas ao transporte do produto; III - O preparo de medicamentos oficinais ou magistrais, manipulados em farmácias, para venda no varejo, diretamente e consumidor, assim como a montagem de óculos, mediante receita médica; IV - a mistura de tintas entre si, ou com concentrados de pigmentos, sob encomenda do consumidor ou usuário, realizada em estabelecimento varejista, efetuada por máquina automática ou manual, desde que fabricante e varejista não sejam empresas interdependentes, controladora, controlada ou coligadas. (BRASIL. Presidência da República. Lei nº 4.502 de 30 de novembro de 1964. Dispõe Sôbre o Impôsto de Consumo e reorganiza a Diretoria de Rendas Internas. Brasília, 16 jul. 1965).
Mostrar mais

244 Ler mais

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e a nova agenda desenvolvimentista no Brasil

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e a nova agenda desenvolvimentista no Brasil

Na América Latina, a retomada da agenda desenvolvimentista, nos últimos anos, buscou construir alternativas às políticas neoliberais, gestadas nas décadas de 1980 e 1990. Com base no diagnóstico do fracasso das políticas de Estado mínimo, governos de esquerda e centro-esquerda da região propõem um novo projeto político, baseado na retomada das capacidades estatais e no enfrentamento das desigualdades socioeconômicas. No Brasil, esse processo teve como característica a ampliação dos fóruns participativos para o debate das políticas públicas a partir da eleição do Presidente Lula em 2003. Nesse sentido, foi criado o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) com o objetivo de assessorar a Presidência da República por meio da concertação entre trabalhadores, empresários e segmentos da sociedade civil sobre a temática do desenvolvimento. Este estudo tem como objetivo geral analisar em que medida a criação de um fórum participativo com composição majoritária da sociedade civil contribuiu para a retomada da agenda desenvolvimentista no Brasil. Para tanto, a pesquisa empreendida tem caráter qualitativo, com base na análise documental referente à produção do CDES no período de 2003 a 2010. Tendo em vista o recente processo de ampliação dos espaços institucionais para diálogo com a sociedade civil na administração federal, este artigo visa contribuir para os estudos sobre a temática do desenvolvimento, destacando o potencial de fóruns participativos para a democratização dos processos decisórios e qualificação da gestão pública.
Mostrar mais

25 Ler mais

Show all 3579 documents...

temas relacionados