Processamento de sinais

Top PDF Processamento de sinais:

ELETRÔNICOS E DE AUTOMAÇÃO PROCESSAMENTO DE SINAIS ELETROMIOGRÁFICOS DE SUPERFÍCIE UTILIZANDO TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS

ELETRÔNICOS E DE AUTOMAÇÃO PROCESSAMENTO DE SINAIS ELETROMIOGRÁFICOS DE SUPERFÍCIE UTILIZANDO TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS

Nos Capítulos 5 e 6, são apresentados os dois algoritmos propostos para processamento de sinais de S-EMG multicanal utilizando processamento de imagem. O primeiro é um algoritmo de estimação da velocidade de condução muscular média ao longo de um esforço. Essa técnica baseia-se na transformação do sinal multicanal de S-EMG em uma imagem e o uso de um filtro detector de forma de onda para identificar a presença de diferentes potenciais de ação propagantes. O algoritmo proposto apresenta resultados similares ao algoritmo clássico de estimação da velocidade de condução (CV, da sigla em inglês) desenvolvido por Farina et al. [16]. O algoritmo desenvolvido é matematicamente mais simples que o algoritmo desenvolvido por Farina et al. e provê informações adicionais, como, por exemplo, a estimação da variância da velocidade de condução para os potenciais de ação das unidades motoras. Essa nova variável pode trazer informações adicionais acerca do recrutamento das unidades motoras, uma vez que fibras de diferentes tipos apresentam diferentes velocidades de condução [22]. O Capítulo 6 apresenta um algoritmo para identificação das zonas de inervação (IZs, da sigla em inglês) em sinais eletromiográficos de superfície. A técnica também utiliza processamento de imagens para a identificação das IZs e apresenta resultados melhores que a técnica clássica do canal com menor amplitude, além de possibilitar a identificação de múltiplas IZs. A identificação de mais de uma IZ, até então, só poderia ser alcançada por decomposição do sinal de S-EMG. As técnicas atuais de decomposição não são aplicáveis a sinais com altos níveis de força e, portanto, a identificação automática das IZs é uma questão em aberto.
Mostrar mais

154 Ler mais

Formalização da tolerância à ausência de dados no processamento de sinais discretos

Formalização da tolerância à ausência de dados no processamento de sinais discretos

Acontece que se verifica que todas as funções classificativas têm de lidar com as extremidades do sinal, extremidades essas entendidas no sentido de primeiras e ultimas amostras na serialização temporal. Quando tal acontece, não existem amostras, no domínio de definição do sinal, disponíveis para alimentar como argumentos as funções classificativas, ou outras. Ou seja, existem situações em que as funções classificativas, ou outras, não podem actuar por não tolerarem a ausência de um argumento. Este problema é geral, no sentido em que a ausência de dados pode surgir em qualquer localização e não tão somente nas estremidades, recorrente e transversal a muitas situações em análise e processamento de sinais. A solução procurada deverá igualmente ser geral e amplamente transversal. Por isso procura-se estipular teoricamente o que é uma operação tolerante, em lugar de casuisticamente aplicar uma solução ad-hoc.
Mostrar mais

226 Ler mais

Análise teórica de uma nova técnica de processamento de sinais interferométricos baseada na modulação triangular da fase óptica

Análise teórica de uma nova técnica de processamento de sinais interferométricos baseada na modulação triangular da fase óptica

O objetivo deste capítulo é apresentar o método de análise espectral com modulação triangular para a demodulação de fase óptica de sinais PM cuja forma geral é dada por (2.17), baseado em relações estabelecidas a partir das componentes espectrais de (2.16), bem como o cálculo da fase   ( ). Trata-se de uma técnica que possibilita o cálculo direto do deslocamento de fase óptica induzido no feixe de sinal de um interferômetro, ou então, do retardo eletro-óptico de um modulador eletro-óptico, além de, em princípio, não ser afetado por variações da intensidade óptica da fonte, visibilidade de franjas e variações aleatórias da fase   . No entanto, este método possui limitações na faixa dinâmica, cujos limites mínimo e máximo dependem do nível de ruído do sistema de medição e do desvanecimento de sinal provocado pelo ambiente, conforme será discutido adiante.
Mostrar mais

149 Ler mais

Processamento de sinais para monitoramento de vibrações em unidades geradoras hidrelétricas

Processamento de sinais para monitoramento de vibrações em unidades geradoras hidrelétricas

A detecção de falhas é uma das principais funções do sistema de monitoramento, e o primeiro passo no processo de diagnóstico, prognóstico e análise de condição de uma máquina. As técnicas de detecção utilizadas nos sistemas de monitoramento de vibração necessitam de um processamento inicial dos sinais provenientes dos sensores instalados na unidade geradora. Grande parte das técnicas de detecção utilizam o espectro de frequências do sinal e muitas são as ferramentas que permitem a obtenção deste espectro. Para monitoramento de vibrações mecânicas, as medições mais importantes são relativas ao deslocamento, velocidade e aceleração de partes da máquina. O uso do transdutor adequado e a escolha de qual grandeza será medida depende da faixa de frequência da vibração que se deseja analisar. O sinal proveniente do transdutor é condicionado, geralmente através de um filtro ou de um circuito amplificador, para depois ser coletado por um sistema de aquisição. O uso generalizado de computadores para realizar o processamento e análise implica na obrigatoriedade de se ter uma versão digital dos sinais. A aquisição de dados incorpora, então, etapas de amostragem (sample and hold) e conversão analógica-digital (discretização e quantização).
Mostrar mais

136 Ler mais

DISPOSITIVO INTEGRADOR ENTRE CADEIRA DE RODAS E FERRAMENTA PARA COLETA E PROCESSAMENTO DE SINAIS

DISPOSITIVO INTEGRADOR ENTRE CADEIRA DE RODAS E FERRAMENTA PARA COLETA E PROCESSAMENTO DE SINAIS

Deficiências neuromusculares causadas por lesão medular, como a tetraplegia, uma paralisia que gera a impossibilidade de mover todos os membros do corpo, impedem indivíduos de exercer atividades con- vencionais. Visando facilitar e garantir o acesso a mobilidade desses cidadãos, esse projeto apresenta o conceito de cadeira de rodas elétrica controlada pelos impulsos neurais. É utilizado um dispositivo para coleta de estímulos cerebrais, realizando reconhecimento e filtragem desses sinais, de modo a gerar comandos direcionais para uma cadeira de rodas. A coleta de sinais neurais é realizada por meio da ferramenta de coleta de sinais cerebrais, a touca ActiCHamp em conjunto com um software de proces- samento de sinais cerebrais em tempo real (OpenViBE). Os microcomputadores Raspberry pi e Arduino são utilizados para processar os dados neurais e realizar a conexão entre o software e a cadeira de rodas. O modo de coleta desses dados gera a possibilidade de aplicação para diversos fins, já que se faz neces- sário apenas que um indivíduo pense em realizar uma ação que através do software do processamento e filtragem é possível gerar os comandos para diversos fins. Tem-se como objetivo primário para esse caso, criar um dispositivo que permita-os se locomover sem a dependência de um auxiliador.
Mostrar mais

6 Ler mais

Processamento de sinais para inspeção de corrosão em dutos por PIG ultrassônico usando...

Processamento de sinais para inspeção de corrosão em dutos por PIG ultrassônico usando...

5. Porém, para um dado r(t) , temos que a primeira e a última integral da equação 3.15 orrespondem respe tivamente às energias dos sinais r(t) e s(t) , e não dependem do valor de A no modelo adotado. Logo, a estimativa de ML é o valor de A que maximiza a expressão

146 Ler mais

Desenvolvimento de um sistema de aquisição e processamento de sinais eletromiográficos de superfície

Desenvolvimento de um sistema de aquisição e processamento de sinais eletromiográficos de superfície

No que concerne à forma do elétrodo, a informação que existe sobre este parâmetro não é suficiente, não havendo mesmo nenhuma recomendação em relação a este aspeto. É opinião do consórcio europeu Surface Electromyograhy for the Non-Invasive Assessment of Muscles (SENIAM) que elétrodos que apresentem a mesma área total da superfície de deteção não apresentam grandes diferenças nos sinais medidos, contudo, ele também afirma não ter encontrado “critérios claros e objetivos para as recomendações da forma do elétrodo” [40, 43]. Nesse encadeamento, é recomendação do SENIAM que todos os autores indiquem claramente o tipo, fabricante e forma dos elétrodos utilizados nos seus estudos. Carlo de Luca, por outro lado, afirma que a sua experiência o leva a recomendar os elétrodos de barras paralelas com 1cm de comprimento e 1mm de espessura [45] .
Mostrar mais

150 Ler mais

Modelagem tensorial e processamento de sinais por sistemas de comunicações de redes

Modelagem tensorial e processamento de sinais por sistemas de comunicações de redes

New (generalized) tensor de- compositions are developed and exploited as a modeling and signal proces- sing tool for wireless communication problems, such as multiuser signal separa- tio[r]

266 Ler mais

Sistema para geração, aquisição e processamento de sinais de ultra-som.

Sistema para geração, aquisição e processamento de sinais de ultra-som.

A Figura 10 mostra, no canal 1 (CH1) da tela do osciloscó- pio, o sinal TTL na saída do primeiro circuito multivibrador, que é utilizado para disparar o circuito de potência para gera- ção do pulso elétrico de alta amplitude na unidade de trans- missão, apresentado no canal (CH2), com o transdutor des- conectado do circuito. Esse pulso possui polaridade negativa com amplitude máxima de -210 V e largura de 98 ns. As Figuras 11 e 12 apresentam o sinal ultra-sônico captado pelo transdutor receptor, no modo transmissão-recepção, a uma distância de 3,2 cm, utilizando como meio a água. A Figura 11 mostra o sinal no conector do transdutor receptor obtido pelo osciloscópio. A Figura 12 apresenta o sinal digi- talizado pelo sistema de aquisição e enviado ao microcompu- tador onde é realizado o processamento digital do sinal para obtenção dos parâmetros desejados utilizando-se o software Matlab. O sistema foi configurado com ganho de +10 dB, sem atraso, com disparo único e freqüência de amostragem de 5 MHz.
Mostrar mais

11 Ler mais

Open de um sistema para sição e processamento de sinais utilizando a plataforma TivaWareTM para aplicações em Smart Grid

Open de um sistema para sição e processamento de sinais utilizando a plataforma TivaWareTM para aplicações em Smart Grid

Nesse capítulo será apresentado o sistema de aquisição de dados, proposto para medição de tensão e corrente. Será mostrado, ainda, as funções de cada etapa do sistema, bem como as suas principais características de funcionamento. Além disso, será apresentada a plataforma utilizada para processamento das informações e a estrutura geral do software responsável pelo processamento realizado com os sinais, tendo início na aquisição do sinal e final com o envio das grandezas elétricas, tensão, corrente, entre outras para a unidade de monitoramento.
Mostrar mais

123 Ler mais

Physico-chemical characterization of prato cheese by infrared spectroscopy and partial least squares regression.

Physico-chemical characterization of prato cheese by infrared spectroscopy and partial least squares regression.

Para determinação individual de cada uma das propriedades físico-químicas avaliadas, inúmeros modelos preliminares foram desenvolvidos, principalmente objetivando selecionar a melhor região espectral, o melhor sistema de pré-processamento de sinais e o melhor número de variáveis latentes. De forma resumida, estes resultados são apresentados nas Figuras 1S e 2S (material suplementar), nas quais se relaciona o RMSEP com a região espectral e o número de variáveis latentes (figura da esquerda) e com a região espectral e o sistema de pré-procesamento (figura da direita).
Mostrar mais

7 Ler mais

Imagens ultra-sônicas em modo-B com técnicas de abertura focal sintética - SAFT

Imagens ultra-sônicas em modo-B com técnicas de abertura focal sintética - SAFT

O objetivo principal deste trabalho é a formação de imagens ultra-sônicas utilizando a técnica de abertura focal sintética (SAFT). Aplicou-se essa técnica no processamento digital de sinais armazenados em memória e adquiridos com transdutor array de 128 elementos pelos pesquisadores do BUL-UM (Biomedical Ultrasonics Laboratory da Universidade de Michigan) e de sinais adquiridos com transdutores arrays confeccionados no LUS-EPUSP. Algoritmos computacionais foram implementados e otimizados, contemplando o método com duas estratégias básicas de processamento de sinais e transformando os sinais em suas respectivas imagens. Apresentaram-se dados referentes ao tempo de processamento requerido. Definiram-se os parâmetros fundamentais que estão relacionados com a qualidade da imagem e realizaram-se alterações nos algoritmos visando a melhoria da imagem final. De uma forma geral, destacam-se três critérios fundamentais para uma boa qualidade da imagem ultra- sônica: resolução axial, resolução lateral (capacidade do sistema de distinguir pontos próximos no campo acústico) e contraste (capacidade de distinguir pequenas diferenças de impedâncias acústicas no meio).
Mostrar mais

107 Ler mais

Detecção, classificação e localização de faltas de curto-circuito em sistemas de distribuição de energia elétrica usando sistemas inteligentes

Detecção, classificação e localização de faltas de curto-circuito em sistemas de distribuição de energia elétrica usando sistemas inteligentes

Zheng-You et al. (2006c) apresentam uma metodologia para diagnóstico de faltas em sistemas de transmissão de energia elétrica utilizando os conceitos da transformada wavelet, entropia, redes neurais artificiais e lógica fuzzy. O sistema de classificação é composto por uma rede neural artificial multilayer perceptron treinada com o algoritmo backpropagation, a qual identifica seis tipos possíveis de transitórios, e.g., curtos-circuitos monofásicos, chaveamento de banco de capacitores, descargas atmosféricas, entre outros. O processo de seleção das fases em falta é realizado pelo uso combinado da entropia wavelet e dos conceitos da lógica fuzzy. Os resultados indicam que a utilização da entropia wavelet para processamento de sinais dos sistemas elétricos de potência proporciona ótimos resultados, tornando-se uma ferramenta promissora para a respectiva área.
Mostrar mais

114 Ler mais

Desenvolvimento de sistema de matriz de sensores para avaliação de transdutores acústicos

Desenvolvimento de sistema de matriz de sensores para avaliação de transdutores acústicos

Para o processamento de sinais necessário foi utilizado um kit de desenvolvimento para DSP do fabricante Analog Devices (ANALOG DEVICES, 2006), selecionado pela sua vocação em trabalhar com de sinais de áudio e por permitir expansões futuras (seção 3.12). Foi desenvolvido um algoritmo de filtro digital no domínio das frequências para cada sinal vindo dos microfones, para assegurar que sinais originários do ambiente externo não interfiram nas medidas. Os cálculos de Transformada de Fourier são feitos usando funções em linguagem C. Elas são parte integrante da biblioteca de funções do sistema de desenvolvimento utilizado (kit de DSP). Os conversores de analógico para digital (A/D) disponíveis fornecem valores em resolução de 24 bits por amostra, mas são completados com 8 zeros à direita, para serem transferidos para a memória do sistema de DSP em palavras no padrão de 32 bits. As transposições para o domínio das frequências (transformadas) não são feitas em resolução de 32 bits por não haver resolução equivalente no restante do sistema, sendo mais do que suficiente usar 16 bits. É aplicada então uma função que faz o truncamento de 32 para 16 bits. A redução de resolução se dá, de fato, de 24 bits da conversão para 16 bits efetivos. Fazendo uso de algoritmo com a resolução diminuída para 16 bits (desprezando os bits menos significativos), o tempo total de execução das transformadas para 37 microfones (veja FIG. 3.21 e texto associado) se torna sensivelmente menor. Esta aceleração é viável por não haver exigência de faixa dinâmica correspondente a 24 bits para identificar ruídos e subtraí los.
Mostrar mais

175 Ler mais

Dynamic Time Warping baseado na transformada wavelet

Dynamic Time Warping baseado na transformada wavelet

Este trabalho est´a organizado da seguinte forma: o cap´ıtulo 2 apresenta uma revis˜ao da literatura, envolvendo desde os princ´ıpios b´asicos de processamento de sinais de voz, at´e os conceitos-chave utilizados no presente trabalho, isto ´e, DTW e DWT. J´a o cap´ıtulo 3 apresenta com detalhes o algoritmo proposto, sendo que os resultados obtidos com as diversas wavelets, baseados em in´umeros testes, est˜ao descritos no cap´ıtulo 4. Tendo em vista os resultados, e apoiado nos conceitos e caracter´ısticas estudadas durante a revis˜ao de literatura, o cap´ıtulo 5 apresenta, de um ponto de vista te´orico-pr´atico, as conclus˜oes. Por fim, logo ap´os a lista de referˆencias bibliogr´aficas, trˆes apˆendices apresentam, respectivamente, uma lista dos coeficientes dos filtros wavelet utilizados nas experiˆencias, o c´odigo fonte da implementac¸˜ao em linguagem de programac¸˜ao de alto n´ıvel, assim como as publicac¸˜oes obtidas durante o curso de mestrado do autor.
Mostrar mais

114 Ler mais

TEC501 Sinais&Processa Filtros v3

TEC501 Sinais&Processa Filtros v3

TEC501 - Eletrˆ onica para Processamento de Sinais.. Prof.[r]

15 Ler mais

suges trabalho de conclusao 2014

suges trabalho de conclusao 2014

- Conhecimentos: Física, Matemática, eletricidade, eletrônica analógica, química, biologia, microprocessadores, máquinas elétricas, processamento de sinais, instrumentaç[r]

4 Ler mais

Uma fundamentação matemática para processamento digital de sinais intervalares

Uma fundamentação matemática para processamento digital de sinais intervalares

Na construção real da inversa da transformada- Z real, pelo método formal usamos a integral de linha. Por isso nesta seção apresentaremos a integral de linha intervalar para dar suporte ao construção de uma versão intervalar das técnicas de processamento de sinais que utilizam a transformada- Z . Tivemos dificuldade de encontrar na literatura trabalho que abordassem esse tema. Porém encontramos alguns trabalhos que abordam integrais de linha intervalar. São os trabalhos de Callejas-Bedregal e Bedregal [Callejas- Bedregal & Bedregal 2004] e de Petkovic e Petckovic [Petkovíc & Petkovíc 1998]. Os primeiros serão usados como fundamentação deste trabalho. Este último tratou as inte- grais de linha com a aritmética circular o que difere da opção de abordagem deste trabalho. Os conceitos apresentados a seguir, sobre integrais de linha, foram todos extraídos do trabalho de Callejas-Bedregal e Bedregal [Callejas-Bedregal & Bedregal 2004], a menos da notação. Só apresentaremos alguns conceitos básicos que faremos uso maiores de- talhes pode ser encontrado no texto de Callejas-Bedregal e Bedregal [Callejas-Bedregal & Bedregal 2004]. Por fugirem ao escopo do trabalho, as noções de continuidade nos reais deixaremos a cargo dos textos de análise real e cálculo tais como [Lima 1977], [Leithold 1994] e as noções de continuidade e de diferenciabilidade intervalar deixare- mos a cargo dos trabalhos [Moore 1979], [Santiago et al. 2005] e [Callejas-Bedregal & Bedregal 2005].
Mostrar mais

187 Ler mais

Análise de defeitos em tubos de geradores de vapor de usinas nucleares utilizando...

Análise de defeitos em tubos de geradores de vapor de usinas nucleares utilizando...

Alguns sinais apresentaram efeitos de borda nas IMFs geradas pelo EMD e durante a aquisição dos sinais. Foi adicionado um procedimento à THH como uma maneira de melhorar a visualização dos sinais após o De-noising e assim efetuar o diagnóstico mais correto possível do defeito: Este procedimento é denominado de Zero-padding ou preenchimento nulo. Trata-se de um recurso numérico que tem por finalidade preencher com valores nulos (zeros) trechos de vetores e matrizes. Em processamento de sinais, o Zero-padding é um recurso usado de duas maneiras distintas. Um deles é executa a função janela de um sinal, isto é, separar um trecho de interesse desse sinal e analisá-lo separadamente, efetuando o produto de uma função sinal pela função janela desejada. Consiste na substituição dos valores numéricos do trecho que não interessa para análise por zeros. O outro é aplicado para se obter uma representação visual melhor na resolução em frequência do sinal. Este procedimento é executado aumentando o número de amostras preenchidas com zeros.
Mostrar mais

103 Ler mais

030   Capitulo 02   SDH   Rede de Sincronismo

030 Capitulo 02 SDH Rede de Sincronismo

Os RTGs são fontes de sincronização muito simples, a figura 7 mostra sua posição em um regenerador. Na diferença para elementos de rede equipados com uma sincronização de alimentação SETS para todas as funções, o RTG consiste em uma fonte de sincronização separada para cada sentido de um sinal bidirecional, de tal forma que cada sinal mantém a sua sincronização. Em condições normais de trabalho, um RTG recebe um sinal de referência extraído do sinal STM-N de entrada e distribui um sinal de sincronização para as funções de processamento de sinais e para interface de saída. Se um dos sinais STM-N de entrada for perdido, o RTG fornece a sincronização para a geração de um SIA no sentido do fluxo (sinal de indicação de alarme).
Mostrar mais

33 Ler mais

Show all 9506 documents...