projeto de arquitetura

Top PDF projeto de arquitetura:

Dilemas do trabalho pedagógico: da iniciação ao projeto de arquitetura

Dilemas do trabalho pedagógico: da iniciação ao projeto de arquitetura

Ações como essas dariam certamente uma nova configuração às dis- ciplinas introdutórias ao projeto de arquitetura. Provavelmente elas in- troduziriam de maneira didática os estudantes na complexidade do con- texto urbano atual, dando-lhes maior fundamentação para enfrentarem essa realidade após conclusão do curso. Sabemos que o mundo globalizado é altamente mutável, no entanto exige dos novos profissionais criatividade e iniciativa para a abertura de novos campos de atuação profissional. Como procuramos evidenciar, a metodologia da disciplina cria uma redoma que nutre os estudantes com um repertório formal constituído por obras exem- plares de arquitetura. Será que esse escudo lhes garantirá uma colocação no mundo profissional, de modo a aplicar tal repertório com alguma tran- qüilidade? No entanto, os exercícios realizados no ateliê revelam de al- gum modo um mundo idealizado, pois boa parte das formas utilizadas nos estudos e nas maquetes alude ao mundo masculino, deixando de lado o feminino. São totens, torres e muros. No tocante aos volumes puros, aos planos abertos com superfícies livres e desempedidas, não compare- cem sinais do mundo conflituoso em que se vive.
Mostrar mais

25 Ler mais

Ensino de projeto de arquitetura: uma visão construtivista

Ensino de projeto de arquitetura: uma visão construtivista

(1986), ao contrapor a visão polifuncionalista ao monofuncionalismo característico do movimento modernista, lembra que as edificações e suas partes são determinadas por seus propósitos imediatos, mas também por seus propósitos históricos e sociais, além de seus propósitos individuais. Assim, a contextualização se faz importante, quer seja no estudo de soluções similares, quer seja na sua abordagem histórica ou social, pois o contextualismo, na sua visão, se exerce numa arquitetura criadora de lugares, e na cidade enquanto repositório dos valores formais e compositivos. Assim se pronuncia Merlin (1995, pag. 28) sobre a questão: “O partido arquitetônico é influenciado em diferentes intensidades pela postura ético-política do arquiteto enquanto cidadão: pelo conhecimento profundo sobre o tema estudado e suas relações programáticas e sócio-culturais e pelas questões específicas do ofício. Estas evocam a competência profissional, na medida em que questões compositivas, técnicas e plásticas, articuladas entre si e com o sítio transformado em lugar, requerem ações mediadas pelo desenho e pensamento arquitetônico cultural”. A questão da contextualização é tão importante para o atual pensamento sobre o ensino de projeto no país, que a própria formulação do novo currículo mínimo proposta pelo MEC em 1994 assim se pronuncia, no seu iem b.3: “O Projeto de arquitetura, de Urbanismo e de Paisagismo constitui a atividade criadora, quer quanto à arquitetura das habitações e edifícios em geral, quer quanto a projeto de objetos, paisagem, cidades e regiões. Os temas objetivarão problemas de maior interesse social, mediante atenção crítica às necessidades sociais. A contextualização é via de mão dupla; por um lado busca transformar a realidade, por outro facilita o aprendizado por lhe dar base concreta.
Mostrar mais

265 Ler mais

Métodos de trabalho para a etapa de concepção do projeto de arquitetura

Métodos de trabalho para a etapa de concepção do projeto de arquitetura

A adoção de métodos científicos na área de design iniciou-se nas décadas de 1950 e 1960, com os trabalhos de Archer, Alexander e Jones. Estes métodos abordam o problema em design de forma cartesiana. Esta visão determinista não se aplica sempre ao contexto atual, pois restringe e congela as variáveis envolvidas no processo. Além da influência da metodologia utilizada no processo, uma importante variável é a subjetividade do projetista. Assim, é importante abordar o método de forma flexível, diferentemente das principais metodologias trabalhadas em design. Cada método de projeto possui peculiaridades quanto às ferramentas propostas e se caracteriza por apresentar vínculos com o contexto com o qual está inserido e pela articulação com outras áreas do conhecimento. (VIEIRA, 2009)
Mostrar mais

64 Ler mais

A análise de ciclo de vida aplicada ao projeto de Arquitetura

A análise de ciclo de vida aplicada ao projeto de Arquitetura

Reforçando o papel do edifício como um elemento do projecto urbano e da sustentabilidade da cidade, fala-se principalmente de localização e infra-estrutura, qualidade ambi[r]

130 Ler mais

Análise Preliminar de Perigos(APP) em projetos de arquitetura: aplicação e teste...

Análise Preliminar de Perigos(APP) em projetos de arquitetura: aplicação e teste...

A fim de suprir essa nova demanda, os organismos privados e governamentais começaram a trabalhar na formulação de critérios de desempenho para as edificações, sendo, portanto, mais um dado a ser compatibilizado e confrontado com o cenário de custos. Obter a qualidade do produto, pela avaliação de desempenho de cada subsistema, permitiu uma melhora considerável aos projetos de produtos e de edificações. Essa nova abordagem resultou na implantação do processo de produção do projeto de arquitetura, da sistemática do uso de norteadores normativos, da aplicação de ensaios, testes em laboratório de componentes e do uso de aplicativos de simulações na área de conforto em ambientes. Portanto, a identificação de falha deixa de ter um caráter de satisfação da curiosidade do projetista e de sua equipe. Identificar, avaliar e catalogar a origem dos conflitos, desvios ou falhas passa a ser uma tarefa sistemática implementada nos grandes escritórios; dessa forma, estabelece-se que a memória de erros permite novos acertos e não a repetição dos desvios.
Mostrar mais

282 Ler mais

LICITAÇÕES SUSTENTÁVEIS: CONTRATAÇÃO DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS

LICITAÇÕES SUSTENTÁVEIS: CONTRATAÇÃO DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS

definidos no edital com especificações usuais de mercado. Apesar da definição legal, existem muitas dúvidas acerca da caracterização do objeto como um bem ou serviço comum. A legislação não relaciona quais são esses objetos, ficando a critério da Administração, em sua fase de planejamento, verificar se o objeto a ser contratado é comum. Dessa forma, a lei dá margem para a contratação de serviços como projeto de arquitetura, considerados como comuns além de serviços de execução de obra tal como pintura, manutenção predial, entre outros. Assim, ocorre a inversão das fases de habilitação e julgamento, sendo apenas o menor preço o requisito de escolha.
Mostrar mais

12 Ler mais

Percepção do “DNA” da Marca Hering no Ponto de Venda Físico (Lojas)

Percepção do “DNA” da Marca Hering no Ponto de Venda Físico (Lojas)

Este artigo visa demonstrar a importância e a necessidade de inserir o “DNA de marca” no projeto de arquitetura de interiores comercial. São raros os materiais teóricos nesta área, que abordam a importância de desenvolver projetos de ambientes comerciais mais ajustados com o “DNA da marca”. “DNA” este que é formado por elementos que combinam e se recombinam para expressar diferentes identidades. O objetivo foi demonstrar através da aplicação de um questionário, quais aspectos da atmosfera do ponto de venda, diante da percepção dos usuários, apresentavam-se mais condizentes ao “DNA de marca” da Cia Hering. Os apontamentos identificaram de forma geral que os usuários percebem o “DNA da marca” no ambiente e no produto. Entretanto, alguns elementos específicos da atmosfera do ponto de venda apresentaram ressalvas.
Mostrar mais

23 Ler mais

INVESTIGAÇÃO SOBRE APROXIMAÇÕES E SINGULARIDADES NOS MÉTODOS E PROCESSOS DE PROJETO EM ARQUITETURA E DESIGN: DA TEORIA À PRÁTICA DOS ESCRITÓRIOS

INVESTIGAÇÃO SOBRE APROXIMAÇÕES E SINGULARIDADES NOS MÉTODOS E PROCESSOS DE PROJETO EM ARQUITETURA E DESIGN: DA TEORIA À PRÁTICA DOS ESCRITÓRIOS

escritórios cujo o foco pode-se definir segundo três categorias: arquitetura, design e ambos de forma integrada. Assim se define o objeto de estudo da pesquisa, que conta com o levantamento e seleção de cinco escritórios, segundo as categorias citadas, localizados na região sudeste do país, tendo como eixo as capitais dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Cada um dos escritórios foi analisado por meio de comparação verificando os métodos e processos de projetos utilizados, a fim de atestar se, na prática profissional do Brasil, estas atividades possuem interlocuções nos métodos de criação empregados nos projetos. São estas investigações que permeiam a formação do projetista, bem como o seu processo de projetar, que aqui serão abordadas. A relevância deste estudo se afirma no fato de que, apesar de existirem literaturas específicas sobre metodologia de projeto de Arquitetura e metodologias de Design, ambos apresentam similaridades em seus processos de projeto, sejam elas por meio da utilização das mesmas etapas e sequências ou dos métodos empregados.
Mostrar mais

179 Ler mais

O recreio como espaço social - papel da criança nas decisões de projeto,  construção de um inquérito

O recreio como espaço social - papel da criança nas decisões de projeto, construção de um inquérito

Uma vez que dentro do edifício escolar este é o único elemento destinado ao lazer, é da competência de quem projeta e concebe fazê-lo da melhor forma possível, tendo em conta as opiniões, necessidades e prioridades das crianças. Mas como? Pois bem, no que concerne ao exercício de projeto de espaços de recreio, dentro do que se pôde absorver ao estagiar na Divisão de Espaços Públicos da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, conclui-se que na sua grande parte as diretrizes existentes correspondem a normas constantes dos regulamentos que visam unicamente garantir parâmetros relacionados com acessibilidades, segurança e manutenção dos espaços. Logo, tanto esta realidade como a matéria de estudo desta dissertação aponta-nos a necessidade ou o interesse em que se convencionem outros princípios não vinculativos de projeto para este tipo de espaços.
Mostrar mais

70 Ler mais

A hermenêutica de Gadamer e a prática de projeto no ensino da Arquitetura

A hermenêutica de Gadamer e a prática de projeto no ensino da Arquitetura

No trabalho desenvolvido pelos estudantes em dois semestres, percebemos que as condicionantes atuais, tanto físicas como sociais e económicas, se mostraram essen- ciais na forma como se intervém no património existente. Deste modo, desde a escolha dos programas, que tiveram em conta as necessidades sentidas e o enquadramento das valências existentes na área de intervenção e área circundante, até à utilização dos materiais, a realidade presente foi fundamental para equacionar todo o projeto. Em termos práticos estes objetivos concretizam-se, por um lado, através da identificação dos elementos fundamentais do território, interpretando e representando o objeto de estudo, atendendo às especificidades do território, como a morfologia, a tipologia e a implantação do edificado pree- xistente, e, por outro, a partir da construção de um suporte teórico, de referência adequada ao lugar e ao programa a propor (Madeira da Silva et al., 2012b). Tendo como ponto de partida as questões do projeto e do património preexistente, iremos nos concentrar nos conteúdos progra- máticos, que interagem com as questões da reabilitação e se estruturam em torno de linhas temáticas de orientação. No ano letivo 2012/13, o exercício proposto tinha como território os bairros da Liberdade/Serafina enqua- drados pelo Aqueduto das Águas Livres 7 (Figura 1).
Mostrar mais

11 Ler mais

Sustentabilidade e arquitetura: proposta de guia de recomendações de projeto

Sustentabilidade e arquitetura: proposta de guia de recomendações de projeto

Cumprindo o objetivo principal deste trabalho de criar uma ferramenta de auxílio aos arquitetos no desenvolvimento de uma arquitetura mais sustentável, o presente capítulo tratará da proposição de algumas recomendações de projeto ou pontos de partida que possam ser incorporados durante o processo de trabalho do profissional. O capítulo 3 apresentou critérios gerais que podem ser tratados como estratégias de projeto sustentáveis, como por exemplo, a gestão de águas ou resíduos, ou ainda a preocupação com o canteiro de obras. Os vários indicadores de sustentabilidade evidenciam a multidisciplinaridade que deve haver no processo, ou seja, o arquiteto não é o único responsável pela sustentabilidade de uma edificação e seu entorno. Além disso, uma edificação nunca será totalmente sustentável, visto que todo o seu ciclo de vida se baseia no consumo de recursos. Busca-se aqui, amenizar o impacto das construções sobre o meio ambiente, no intuito de sustentar a continuidade da existência das futuras gerações.
Mostrar mais

70 Ler mais

Arquitetura potencial : Nonato Veloso, concursos de projeto

Arquitetura potencial : Nonato Veloso, concursos de projeto

ao longo dessas plataformas acavaladas e desniveladas quatro metros entre si, conectadas por uma grande escadaria e um jogo de rampas. Esses platôs criam uma superfície artificial a partir da topografia existente e das conexões com entorno imediato, dei- xando os acessos ao complexo possíveis em todos os sentidos. Os três equipamentos públicos volumetricamente sobressalen- tes foram dispostos nas escalas, horizontal e a vertical. Sendo o primeiro o teatro, próximo à Avenida Fernão Dias, de formato prismático, projeto já existente e fornecido pelos organizadores a ser locado conforme cada partido concorrente. Volume esse, de compreensão multifacetada, que foi envolto em um “véu” me- tálico, em corten, fixado por uma estrutura em aço, na tentativa de amenizar o impacto volumétrico irregular em relação aos edi- fícios propostos. O segundo é a biblioteca, elemento de leitura monolítica em concreto aparente, se insere de maneira delicada sobre o átrio conectivo das plataformas. Esse objeto arquitetô- nico de ordem horizontal cria um elo receptivo entre a escala humana e a escala vertical da terceira edificação localizada na parte noroeste do lote. O edifício vertical que abriga a câmara municipal, a prefeitura e suas secretarias, se impondo na paisa- gem urbana, cria um marco de escala monumental na cidade. O edifício de 19 andares é inteiramente envolto por painéis de chapa metálica que funcionam com brise-soleil. O complemento do pro- grama de necessidades que exige grande rotatividade de pessoas e garagem coberta, se inserem sob a plataforma elevada.
Mostrar mais

416 Ler mais

Arquitetura + música como processo de projeto para a composição arquitetônica

Arquitetura + música como processo de projeto para a composição arquitetônica

Parte do embasamento teórico desta pesquisa encontra-se fundamentado nos estudos de Ana Gabriela Godinho Lima, Michael Biggs e Daniela Büchler que dizem respeito à problemática em torno da temática da pesquisa acadêmica em áreas de prática projetual. Em um de seus artigos 5 , os dois últimos autores procuraram estabelecer relações entre a atividade profissional de alto nível (que academicamente é assumida como pesquisa nas áreas de prática projetual), e a pesquisa acadêmica nas disciplinas tradicionais, identificando possíveis aspectos em comum entre ambos os lados. Este trabalho não irá se aventurar por essas questões, mas as colocações aqui apresentadas poderão, quem sabe, servir de combustível para uma pesquisa futura, na medida em que, a partir do pressuposto de Lima (2011, p. 3) de que a arquitetura e as demais áreas projetuais (como o design e as artes) fazem parte de outro tipo de contexto na pesquisa acadêmica, poderia ser válido levar a discussão também para o campo das disciplinas arquitetura e música, no sentido de produção de pesquisa acadêmica em cada área e suas abordagens metodológicas, pois aparentemente parecem existir certas sobreposições epistemológicas entre elas. Em conversa com Büchler com a autora, esta comentara que:
Mostrar mais

195 Ler mais

Arquitetura colonial cearense: meioambiente, projeto e memória

Arquitetura colonial cearense: meioambiente, projeto e memória

Eis aqui, de forma sucinta e explícita, o cerne da formulação arquitetônica e construtiva das edificações cearenses do setecentos: a elaboração de uma arquitetura singela (depois tida como vernácula), mestiça, encontrada tanto no sertão quanto no litoral, intimamente relacionada com o meio físico em todos os sentidos, elaborada a partir de curiosas e eficazes improvisações técnicas, “cuja aparência, despojada e máscula, evidencia atavicamente, se não na forma, mas no espírito, as velhas origens ancestrais trazidas de além-mar” (CASTRO, 1973, p. 5). A manutenção desse “status quo” tecnológico estendeu-se até o final do século XIX, período em que surgem novas técnicas e materiais importados, empregados principalmente nas construções faustosas de Fortaleza, quando a capital já havia estabelecido sua liderança política, econômica e simbólica sobre os demais centros regionais do Estado. Portanto, predicados mais relevantes só serão percebidos nessa arquitetura de autores anônimos se a analisarmos pela ótica da relação do homem com o meio-ambiente, no processo mesmo de transformação da natureza em cultura numa linha de convívio e familiaridade, principalmente se tomado considerando-se o obstinado esforço coletivo de [quatro] “séculos de domínio de uma natureza tantas vezes dócil e outras tantas inesperadamente hostil” (CASTRO, 1973, p. 5).
Mostrar mais

31 Ler mais

Exploração de Espaço de Projeto do Roteamento na Arquitetura IPNoSys

Exploração de Espaço de Projeto do Roteamento na Arquitetura IPNoSys

Quando considera-se o comportamento de um sistema como a IPNoSys, as rotas percorridas pelos pacotes influenciam diretamente no desempenho da arquitetura. É esperado que diferentes métodos de roteamento favoreçam características específicas inerentes ao sistema e apontem caminhos para o desenvolvimento de técnicas mais eficazes em distribuir a execução e extrair resultado na IPNoSys. Para evidenciar como a rota dos pacotes influencia o sistema, propomos três novos algoritmos. A seguir, descreve-se o algoritmo originalmente utilizado na IPNoSys, o Spiral Complement, além de dois novos algoritmos determinísticos e um aleatório.
Mostrar mais

10 Ler mais

Gerhard Bormann e o Ceará: novos matizes no processo de difusão da arquitetura moderna no Brasil

Gerhard Bormann e o Ceará: novos matizes no processo de difusão da arquitetura moderna no Brasil

Assim, um prévio e preciso estudo dos ambientes que compõem o programa de necessidades, destituído (neste momento) de preocupação com os outros condicionantes, é que dá início à projetação. Somente após os seus pré-dimensionamentos e pré- configurações é que se seguem as demais operações projetuais, como a setorização, o estudo de possíveis articulações entre ambientes, considerações acerca do terreno e suas dimensões, orientação solar, direção da ventilação dominante, exame de hipóteses tipológicas, etc., para, ao final do processo, se alcançar as primeiras proposições de solução. A comparação entre aquele pré-dimensionamento (inicial) e a dimensão final dos cômodos (encontrada no projeto de execução), com insignificante ou nenhuma diferença verificada, ratifica o grau de importância que Bormann atribuía a tal questão.
Mostrar mais

18 Ler mais

O URBANO COMO UMA COMUNIDADE ECOLÓGICA

O URBANO COMO UMA COMUNIDADE ECOLÓGICA

De fato, há ainda outros paralelos entre as perspectivas ecológica e funcionalista, pois ambas não apenas se voltam para os mesmos problemas (a) da manutenção do equilíbrio e (b) do de[r]

32 Ler mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - FAUUnB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - FAUUnB

A idéia de se implantar um renque de pequenas Quadras (240x240m) com gabarito de quatro pavimentos sobre pilotis ao longo da via localizada entre a Vila Planalto e o Palácio da Alvorad[r]

13 Ler mais

O PROGRAMA DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR: PRÁTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO PROJETO AVANÇAR

O PROGRAMA DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR: PRÁTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO PROJETO AVANÇAR

Mesmo proposto no documento orientador do programa, atualmente as escolas que têm turmas do Projeto Avançar não receberam os livros para subsidiarem os professores e alunos, o que torna mais dificultoso o trabalho do professor que atua em sala de aceleração. Na intenção de suprir o livro específico do projeto, os livros didáticos do PNLD são utilizados pelos professores, que promovem a seleção dos conteúdos de várias séries do Ensino Fundamental, buscando priorizar os conteúdos mais relevantes, para atender às particularidades de cada turma. Não é uma tarefa fácil, para quem lida com outras turmas diferenciadas do Projeto e que não tem mais tempo disponível para essa atividade. O Horário de Tempo Pedagógico (HTP) disponível ao professor não é de exclusividade à preparação de material de aula, são realizadas outras atividades, como, atualização do diário digital, atendimento aos pais e formação continuada.
Mostrar mais

117 Ler mais

A importância do estudo das funções e atividades no projeto e dimensionamento da...

A importância do estudo das funções e atividades no projeto e dimensionamento da...

A Ergonomia tem um caráter multidisciplinar e se utiliza, para sua melhor compreensão e aplicação, de diversas áreas do conhecimento, como: Organização do Trabalho, Fisiologia, Sociologia, Psicologia Cognitiva, Psicologia da Percepção Visual, Medicina, Teoria da Informação, Engenharia de Produção, Engenharia Mecatrônica e de Sistemas, Desenho Industrial, Arquitetura e Urbanismo, Comunicação Social, Informática, Cibernética, Telemática, Robótica, Antropologia e Antropometria, entre outras, permeando também por normas técnicas nacionais e internacionais (ABNT, ISO, SAE, DIN, etc.).
Mostrar mais

221 Ler mais

Show all 10000 documents...