Revisão Bibliográfica Sistemática

Top PDF Revisão Bibliográfica Sistemática:

Identificação de relações entre Melhoria Contínua e Inovação de produtos e processos por meio de revisão bibliográfica sistemática.

Identificação de relações entre Melhoria Contínua e Inovação de produtos e processos por meio de revisão bibliográfica sistemática.

Resumo: A Melhoria Contínua (MC) e a Inovação de produtos e processos são estratégias que geram vantagem competitiva para as organizações, seja em relação ao custo ou à diferenciação. A MC e a Inovação precisam ser gerenciadas de forma a assegurar, no longo prazo, os resultados desejados. Na literatura, são observadas afirmações recorrentes sobre a necessidade de coexistência da MC e da Inovação e de que estas devem estar alinhadas e ser conduzidas de forma colaborativa e complementar. Porém, existe uma lacuna teórica sobre quais são as relações existentes, no âmbito das organizações, que possibilitam a interação e a colaboração desejadas entre os projetos e as pessoas dessas duas áreas. Com o intuito de identificar e analisar essas relações foi realizada uma Revisão Bibliográfica Sistemática da literatura que aponta conexões entre atividades de MC e de Inovação de produtos e processos. Com base nos artigos revisados, foi possível esquematizar as principais relações e apontar as principais práticas gerenciais que as sustentam. Os resultados mostraram que as publicações apresentam relações de escopo bastante diferenciado, porém estas não são devidamente exploradas e desdobradas, sendo possível identificar lacunas para pesquisas futuras.
Mostrar mais

21 Ler mais

Identificando os desafios e as boas práticas para o transporte urbano de cargas, por meio de uma revisão bibliográfica sistemática

Identificando os desafios e as boas práticas para o transporte urbano de cargas, por meio de uma revisão bibliográfica sistemática

Resumo: Objetivou-se com este estudo, identificar, mediante uma revisão bibliográfica sistemática, os desafios enfrentados pelo transporte urbano de carga e as boas práticas que podem ser adotadas, visando os aspectos socioambientais. Identifica- ram-se também os agentes de implantação das boas práticas (poder público ou iniciativa privada). Como contribuição, apon- tam-se a elaboração de um procedimento de revisão bibliográfica sistemática, que foi estabelecido, exclusivamente, para este estudo e a identificação de 26 boas práticas capazes de apoiar a solução de 16 desafios do TUC. O poder público, a iniciativa privada e ambos os agentes podem solucionar 31%, 44% e 25% dos desafios, respectivamente, atuando por meio de 27%, 65% e 8% das práticas. Verificou-se que 81% das boas práticas podem contribuir positivamente, em relação aos aspectos econômicos. A pesquisa limitou-se a uma revisão bibliográfica. Recomenda-se que trabalhos futuros considerem uma pes- quisa de campo para verificar se tais desafios e boas práticas identificados fazem parte da realidade das cidades.
Mostrar mais

11 Ler mais

Fast-fashion: uma revisão bibliográfica sistemática e agenda de pesquisa

Fast-fashion: uma revisão bibliográfica sistemática e agenda de pesquisa

Resumo: O fast-fashion (FF) é considerado uma abordagem e fenômeno de influência mundial, que se adequa às necessidades de um mercado exigente e em constante mudança, por ser um modelo de negócios que resulta de uma mistura de rápida fabricação, flexibilidade, baixo custo e abordagens ágeis de varejo. Nesse contexto, a presente pesquisa busca responder, por meio de uma revisão bibliográfica sistemática, como o FF vem sendo abordado nos estudos científicos publicados até o ano de 2013. Mediante a revisão, foi analisado um total de 82 textos, dentre artigos, dissertações e teses. O método de pesquisa utilizado é caracterizado, quanto aos objetivos, como descritiva, e quanto à abordagem como qualitativa e quantitativa. Após realizar a classificação das publicações, foi possível entender o estado da arte, e assim definir um conceito holístico e o termo adequado para o FF. Como também, propor uma agenda de pesquisa com novos enfoques para futuros estudos dentro do tema abordado.
Mostrar mais

28 Ler mais

ALTERNATIVAS SUSTENTÁVEIS PARA VEÍCULOS UTILIZADOS NA ÚLTIMA MILHA DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA

ALTERNATIVAS SUSTENTÁVEIS PARA VEÍCULOS UTILIZADOS NA ÚLTIMA MILHA DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA

Portanto, este artigo visa determinar, por meio de uma revisão bibliográfica sistemática, o estado da arte da literatura científica sobre as novas formas de operações e tecnologias na distribuição da última milha em áreas urbanas, buscando identificar os principais tipos de veículos que, segundo a literatura, podem ser adotados para aumentar a sustentabilidade deste tipo de operação. Como objetivos secundários, pretende-se identificar as principais características dos veículos utilizados na distribuição, as barreiras, oportunidades e benefícios (econômicos, ambientais e sociais) relacionados à sua utilização, bem como a abrangência das distribuições.
Mostrar mais

25 Ler mais

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA SOBRE AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR NO ENSINO SUPERIOR: UMA ANÁLISE COM FOCO NO ENSINO JURÍDICO

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA SOBRE AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR NO ENSINO SUPERIOR: UMA ANÁLISE COM FOCO NO ENSINO JURÍDICO

Este artigo teve como objetivo analisar a produção sobre ambientalização curricular no Ensino Superior do Brasil e do exterior, entre os anos de 2012 e 2018, com foco no ensino jurídico. Nesse contexto realizou-se, por meio da revisão bibliográfica sistemática, uma busca nas bases de dados de pesquisas acadêmicas com o auxílio do software Start. Chegou-se a um resultado de 25 artigos que abordam a importância de ter um currículo ambientalizado. Contudo, esta revisão concluiu que o processo de ambientalização no Ensino Superior, inclusive no ensino jurídico, ainda é incipiente.
Mostrar mais

20 Ler mais

Análise dos modelos e atividades do pré-desenvolvimento: revisão bibliográfica sistemática.

Análise dos modelos e atividades do pré-desenvolvimento: revisão bibliográfica sistemática.

Resumo: Este trabalho tem como objetivo o levantamento sistemático e análise dos modelos e atividades propostos pela literatura para a condução da fase de pré-desenvolvimento de novos produtos, bem como das técnicas e ferramentas adotadas na fase. A Revisão Bibliográfica Sistemática realizada identificou a existência de 10 modelos compostos por diferentes atividades para a fase do pré-desenvolvimento. Estes modelos foram publicados entre 1988 e 2013 e buscam sistematizar o pré-desenvolvimento e orientar os gestores na condução da fase. Observou-se que, embora com nomenclaturas diferentes, atividades como identificação de oportunidades, seleção de oportunidades, geração de ideias, seleção de ideias, desenvolvimento de conceitos, seleção de conceitos e planejamento do projeto, são recorrentes em todos os modelos, concluindo-se, portanto, que estas são essenciais e devem estar presentes na fase de pré-desenvolvimento, independentemente do tipo de produto fabricado ou setor no qual a empresa atua. Também foram identificadas 57 diferentes técnicas, auxiliadas por diversas ferramentas que, segundo os autores, podem ser eficazes para a condução das atividades de pré-desenvolvimento.
Mostrar mais

14 Ler mais

Panorama do design for environment: uma revisão bibliográfica sistemática

Panorama do design for environment: uma revisão bibliográfica sistemática

Com a importância das considerações sobre o impacto ambiental dos produtos em geral, esta pesquisa faz uma Revisão Bibliográfica Sistemática - RBS para o DfE e tem por objetivo analisar a literatura relacionada e circunstanciá-la no âmbito do ciclo de vida. O propósito da análise consiste em classificar as práticas de DfE, identificadas na revisão bibliográfica, no contexto das etapas do ciclo de desenvolvimento do produto, evidenciando assim, sua abrangência e ampla utilização. A RBS é inspirada no roteiro de RBS de Conforto, Amaral e Silva (2011).
Mostrar mais

19 Ler mais

A integração do cliente no processo de desenvolvimento de produto: revisão bibliográfica sistemática e temas para pesquisa.

A integração do cliente no processo de desenvolvimento de produto: revisão bibliográfica sistemática e temas para pesquisa.

Este artigo apresenta uma revisão bibliográfica sistemática e aponta direções de pesquisa para o tema integração do cliente (IC) no processo de desenvolvimento de produto. Esse tema é considerado relevante na bibliografia das áreas de marketing, qualidade, inovação tecnológica e estratégia competitiva por permitir às empresas conhecerem melhor as reais necessidades do mercado, contribuir para o desenvolvimento de produtos mais adequados ao mercado e usar o conhecimento acumulado pelos clientes. Foram levantados 72 artigos que abordam esse tema no período de 1980 a 2008. O interesse pelo tema, no meio acadêmico, tem aumentado significativamente desde 2002, o que se constata pelo aumento no número de artigos publicados e pela incorporação do tema a capítulos de livros sobre gestão de desenvolvimento de produto. Identificaram-se as seguintes dimensões que compreendem o tema e que predominam nas pesquisas relatadas nos artigos analisados: fundamentos para a integração do cliente no processo de desenvolvimento do produto, critérios para seleção de clientes, tipos de interação entre a empresa e seus clientes e benefícios obtidos com a integração do cliente (IC). Para futuras pesquisas, recomenda-se aprofundar, por meio de estudo de casos e de survey, a compreensão que as empresas têm sobre o tema, as práticas adotadas e as relações e sinergia entre as dimensões, bem como as relações de causa e efeito entre as práticas e o desempenho do processo de desenvolvimento de produto.
Mostrar mais

13 Ler mais

COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO E ARQUIVOLOGIA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA NO CENÁRIO NACIONAL E INTERNACIONAL. :: Brapci ::

COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO E ARQUIVOLOGIA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA NO CENÁRIO NACIONAL E INTERNACIONAL. :: Brapci ::

Resumo: Apresenta-se parte integrante da pesquisa de doutorado que se encontra em andamento, intitulada “A COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO NO CENÁRIO ARQUIVÍSTICO NACIONAL E INTERNACIONAL” que visa identificar a situação da Competência em Informação no universo teórico/científico da Arquivologia em âmbito nacional e internacional no que se refere à formação e atuação profissional, a fim de propor subsídios teórico-práticos que auxiliem o desenvolvimento e a aplicação dessa competência no âmbito da arquivística. O presente recorte objetiva mapear a presença da Competência em Informação no cenário arquivístico nacional e internacional, por meio do método de Revisão Bibliográfica Sistemática (RBS) dividida em dois momentos de busca: primeiramente no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, com o intuito de identificar a relação teórica das temáticas Arquivologia e Competência em Informação, e num segundo momento, identificar a inserção da temática Competência em informação
Mostrar mais

22 Ler mais

Indicadores de desempenho de energia em edifícios de escritório: Estudo comparativo através de uma revisão bibliográfica sistemática / Energy performance indicators in office buildings: A comparative study through a systematic literature review

Indicadores de desempenho de energia em edifícios de escritório: Estudo comparativo através de uma revisão bibliográfica sistemática / Energy performance indicators in office buildings: A comparative study through a systematic literature review

A falta ou ineficiência da gestão de energia é desencadeada muitas vezes por falhas, ou ausência de medições de consumo, análises e correções de desvios, assim como emprego de fontes alternativas. Por esses motivos, este trabalhou buscou através de uma revisão bibliográfica sistemática, identificar estudos que mostrem indicadores de desempenho de energia em edifícios de escritórios, estabelecer relações entre eles e verificar possíveis práticas, tais como de gerenciamento de facilidades e KPIs, que são ferramentas pouco abordadas na literatura brasileira, mas muito importantes para os processos de gestão de energia dos edifícios.
Mostrar mais

18 Ler mais

INCORPORAÇÃO DA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS: UMA ANÁLISE CRÍTICA DIALÉTICA DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA

INCORPORAÇÃO DA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS: UMA ANÁLISE CRÍTICA DIALÉTICA DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA

Este trabalho teve por objetivo analisar de forma crítica e dialética a incorporação da Pedagogia Histórico- Crítica (PHC) por parte das pesquisas em Educação em Ciências (EC). Por meio de uma ampla revisão bibliográfica, realizada com procedimentos diversificados e pautada no Materialismo Histórico-Dialético, identificamos materiais que relacionavam a PHC e a EC, incluindo trabalhos da área de Educação Ambiental. Buscamos artigos publicados em periódicos específicos de EC, dissertações de mestrado, teses de doutorado, capítulos de livros, livros no todo e trabalhos apresentados no Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC). No total, identificamos 80 documentos, sendo cinco artigos de periódicos científicos, 28 trabalhos de congresso, 29 dissertações, dez teses, quatro capítulos de livro e quatro livros no todo. Em um primeiro movimento de tratamento dos dados, realizamos uma caracterização descritiva das pesquisas encontradas, observando a distribuição quantitativa dos diferentes tipos de trabalho ao longo dos anos, a instituição de origem de seus autores e seus respectivos grupos de pesquisa. Em seguida, recuperamos categorias do marxismo e da PHC para analisá-los de acordo com a lógica dialética. Discutimos quatro categorias que permitiram aprofundar o entendimento da PHC e compreender a incorporação dessa pedagogia pelas pesquisas em EC: PHC como teoria histórica, dialética e materialista; a superação da pseudoconcreticidade na PHC; a prática educativa dialética e os momentos didáticos da PHC; a mediação dialética da PHC. Apesar dos meritosos esforços empreendidos pelos autores para trazer essa pedagogia para a EC de forma original e inovadora, as análises desenvolvidas nessas diferentes categorias apontam para alguns aspectos recorrentes: um ecletismo teórico-metodológico que associa a PHC a teorias não pautadas no materialismo histórico-dialético; uma preocupação utilitarista que reduz a PHC à sua forma, identificada como cinco passos estanques, esvaziando-a de seu conteúdo; uma compreensão da prática social como sinônimo de cotidiano, retirando a perspectiva de superação da pseudoconcreticidade; a ausência do sentido de mediação dialética nos cinco passos e quanto ao papel do conteúdo escolar; um esvaziamento do sentido de catarse, entendido como etapa de avaliação ou conclusão de uma sequência didática. Em linhas gerais, observamos uma incorporação da PHC de natureza utilitarista e discutimos as possíveis justificativas e implicações disso para a construção dessa pedagogia na EC.
Mostrar mais

44 Ler mais

Revisão Bibliográfica Sistemática de Grupo para a Cessação do Tabagismo- sob a Abordagem Cognitivo- Comportamental

Revisão Bibliográfica Sistemática de Grupo para a Cessação do Tabagismo- sob a Abordagem Cognitivo- Comportamental

eletrônicos. As revistas onde foram encontrados os artigos são as seguintes: Ciência & Saúde Coletiva (2 artigos); Revista Brasileira de Epidemiologia (1 artigo); Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva (1 artigo); Revista de Saúde Pública (1 artigo); Jornal Brasileiro de Pneumologia (1 artigo) e Revista Brasileira de Terapias Cognitivas (1 artigo). Como pode ser notado, a revista Ciência & Saúde Coletiva possui um número maior de artigos, muito embora não represente um número expressivo, com 2 artigos apenas. Essa revista corresponde a outras Abordagens da Saúde. As demais revistas possuem 1 artigo cada nessa revisão bibliográfica, evidenciando certa igualdade entre o número de artigos entre as revistas. Nessa pesquisa, foram incluídos artigos publicados entre 1999 e 2017, porém somente foram incluídos os artigos a partir do ano de 2005.
Mostrar mais

22 Ler mais

Abordagens metodológicas do design emocional: uma revisão bibliográfica sistemática.

Abordagens metodológicas do design emocional: uma revisão bibliográfica sistemática.

É explicado um sistema estatístico complexo usado para alcançar os objetivos propostos pelo método, passando pelos três passos citados anteriormente. O méto- do é aplicado num estudo de caso de criação de desenhos para capas de cadernos. Trinta (30) participantes da pesquisa (estudantes de primeiro ano de graduação) e um designer foram envolvidos neste estudo de caso. No estudo de caso, presume-se que os participantes da pesquisa selecionados representam o segmento de clientes alvo. Este trabalho centra-se no desenvolvimento de uma abordagem sistemática para a análise da configuração do produto. Acima de tudo, identificar atributos de produtos relacionados à emoção (percebidos pelos consumidores) não é uma ta- refa fácil no domínio do design emocional. O método proposto desenvolve o mapa mental do cliente para cada tag Kansei para capturar replicações de produtos. No entanto, pode haver muitos mapas mentais diferentes desenvolvidos por diferentes clientes com diferentes origens e gostos. Cada mapa mental pode levar a repetições diferentes, que criam ambigüidade na identificação de alvos. Além disso, quando os objetivos são posteriormente comparados com os produtos, pelos consumidores, diversos resultados de comparação podem ser gerados. Como resultado, os atributos do produto que são principalmente relevantes para uma tag Kansei desejada podem ser abordados. O desenvolvimento de uma cadeia de valor e a construção de uma matriz de atributos não só exigem que os pesquisadores tenham um conhecimento sólido de desejos básicos humanos e necessidades psicológicas, mas também devem ser proficientes no domínio do design do produto.
Mostrar mais

21 Ler mais

Tratamento endodôntico como gatilho para endocardite infecciosa

Tratamento endodôntico como gatilho para endocardite infecciosa

Este artigo é uma revisão bibliográfica sistemática, baseado em 20 artigos (12 artigos de revisões sistemáticas, 3 estudos analíticos descritivos, 2 casos relatados, e 2 Guidelines), visando informar os Médicos Dentistas e os estudantes de Medicina Dentária sobre os perigos de algumas práticas dentárias, os processos desenvolvidos pelas bactérias para chegar ao coração e desenvolver uma Endocardite Infecciosa, e alertar para a necessidade de estabelecer novas recomendações globais para substituir as atuais técnicas obsoletas de prevenção desta doença em constante adaptação.
Mostrar mais

32 Ler mais

Relação público-privado na educação: produção acadêmica sobre o Instituto Ayrton Senna (2002-2015)

Relação público-privado na educação: produção acadêmica sobre o Instituto Ayrton Senna (2002-2015)

Neste artigo são apresentadas conclusões de revisão bibliográfica sistemática de produ- ções acadêmicas sobre a atuação do Instituto Ayrton Senna (IAS) na educação pública, com base na análise de teses, dissertações e artigos publicados no período de 2002 a 2015. O objetivo da pesquisa foi identificar características e contribuições desses traba- lhos, com foco na análise de suas conclusões. O conjunto de trabalhos analisados foi cole- tado em repositórios e bancos de teses e dissertações de instituições de ensino superior, a partir dos descritores Instituto Ayrton Senna, Fundação Ayrton Senna e IAS. Foram selecio- nados 64 trabalhos (24 dissertações, seis teses e 34 artigos). Alguns autores das produções analisadas consideraram as parcerias entre o IAS e os municípios positivas, porém, a maior parte dos autores as considerou negativas, porque inseriram valores mercadológicos na
Mostrar mais

27 Ler mais

A ASCENSÃO DA LÓGICA FINANCEIRA SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA DO CAPITALISMO ACADÊMICO: CONSEQUÊNCIAS PARA A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO

A ASCENSÃO DA LÓGICA FINANCEIRA SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA DO CAPITALISMO ACADÊMICO: CONSEQUÊNCIAS PARA A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO

O presente trabalho explora as maneiras pelas quais uma rede de atores internos (e.g. reitores, professores, alunos, departamentos) e externos (e.g. governos, corporações, órgãos multilaterais, fundações privadas) à universidade – inclusive ela própria – se engaja no processo de redefinição das fronteiras entre o público e o privado, fenômeno conhecido como capitalismo acadêmico. Para tanto, articula estudos sobre teoria das organizações, educação superior e sociologia econômica, e utiliza métodos e abordagens teóricos (revisão bibliográfica sistemática, pesquisa bibliográfica narrativa e análise documental) e empíricos (questionários, imprensa de negócios, redes sociais, estudo de caso, entrevistas). Inicialmente, apresenta-se um panorama das pesquisas sobre a Teoria do Capitalismo Acadêmico, comparando-a com teorias concorrentes/complementares, e propõe-se esquemas de classificação dos estudos de acordo com nível analítico, foco de investigação e resultados. A partir da análise das transformações da educação superior brasileira no nível macroestrutural/organizacional, argumentar-se-á que o capitalismo acadêmico dá seus primeiros passos após a Reforma de 1968; ascende e ganha contornos mais intensos a partir da década de 80; consolida-se a partir da década de 90; instrumentaliza-se nos anos 2000 e, com base nas associações entre o atual governo e o setor empresarial, ameaça assumir uma forma ainda mais agressiva nos próximos anos. Esse processo tem facilitado a entrada de atores do campo das Finanças (bancos, fundos de investimento, gurus da administração, CEOs-celebridade) no campo da educação superior, que encontram nas organizações estudantis espaço para reproduzir narrativas, discursos, práticas e métricas de desempenho alinhadas à lógica financeira, legitimando um novo ethos e influenciando a formação
Mostrar mais

163 Ler mais

Revisão sistemática: uma revisão narrativa .

Revisão sistemática: uma revisão narrativa .

Diante dos grandes debates entre defensores e opositores do método, observamos um número crescente de artigos publicados onde os autores utilizam como desenho de estudo a revisão sistemática com ou sem metanálise. Na ver- dade, é recente a incorporação desse método pelos america- nos. No entanto, autores europeus e canadenses escrevem exaustivamente sobre o assunto, principalmente no Bristish Medical Journal, no The Lancet e no Journal of the American Medical Association. No Brasil é cada dia mais presente a participação dos autores brasileiros, especialmente na área de Saúde Mental, com publicações em importantes periódicos estrangeiros.
Mostrar mais

4 Ler mais

Mesoterapia: uma revisão bibliográfica.

Mesoterapia: uma revisão bibliográfica.

Apesar de ser esse o marco mais conhecido no histórico da intradermoterapia, há que lembrar os experimentos anteriores que embasaram a conduta de Pistor. Eles foram mencionados por Rotunda e Kolodney, em 2006, em um artigo de revisão: em 1884, Koller, um oftalmologista, relatou a sua expe- riência no uso local de cocaína para manejo da dor. Em 1904, Einhorn descobriu um novo anestésico com menor risco de desencadeamento de dependência, a procaína. Em 1925, Leriche aplicou injeções intradér- micas nos espaços intercostais. Em 1937, Aron publi- cou um estudo sobre a injeção intradérmica de uma solução de histamina e concluiu que a injeção intra- dérmica de qualquer produto, em local dolorido, teria efeito analgésico. 3 Porém, foi a partir de Pistor
Mostrar mais

6 Ler mais

ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Este trabalho tem o objetivo de investigar a Alfabetização Científica, identificando como este processo pode ser iniciado em sala de aula e quais os elementos que nos fornecem evidências de que ela esteja, de fato, em desenvolvimento. Contudo, o primeiro obstáculo no estudo da Alfabetização Científica está na própria definição do conceito: muito abordado e discutido na literatura sobre Ensino de Ciências, ainda mostra-se amplo e, por vezes, controverso e diversas são as opiniões sobre como defini-lo e caracterizá-lo (Norris e Phillips, 2003, Laugksch, 2000, Bingle e Gaskell, 1994, Bybee e DeBoer, 1994). Por este motivo, decidimos apresentar uma revisão de importantes estudos na área de ensino de Ciências sobre o tema, com a pretensão de torná-lo mais claro quanto a sua compreensão e mais coeso quanto seus objetivos.
Mostrar mais

19 Ler mais

Amiloidose : revisão bibliográfica

Amiloidose : revisão bibliográfica

Dependendo da natureza bioquímica da proteína precursora amilóide, as fibrilhas amilóides podem depositar-se localmente (amiloidose localizada) ou envolver praticamente todos [r]

71 Ler mais

Show all 10000 documents...