Seis Sigma aplicado a serviços

Top PDF Seis Sigma aplicado a serviços:

Seis Sigma aplicado à análise de defeitos na indústria de calçado

Seis Sigma aplicado à análise de defeitos na indústria de calçado

Atualmente, face ao mercado competitivo em que as empresas se encontram, é cada vez mais usual a aposta em programas de melhoria da qualidade. A qualidade é identificada como a aptidão que os produtos e serviços têm para satisfazer as necessidades e expectativas do mercado. Os métodos utilizados para gerir e garantir a qualidade dos produtos e serviços têm evoluído substancialmente ao longo dos anos, aumentando a sua eficácia de modo a adaptarem-se às exigências crescentes do mundo dos negócios (Ganhão & Pereira, 1992). O Seis Sigma é uma metodologia que tem como foco a melhoria dos processos, identificando e eliminando as causas que levam o processo a variar ao longo do tempo, gerando defeitos (Seta – Desenvolvimento Gerencial), e é a metodologia utilizada neste projeto. Neste capítulo será apresentado uma revisão da literatura sobre a metodologia Seis Sigma, descrevendo os conceitos e ferramentas que são utilizadas neste projeto.
Mostrar mais

98 Ler mais

Contribuições do Seis Sigma: estudos de caso em multinacionais.

Contribuições do Seis Sigma: estudos de caso em multinacionais.

A literatura sugere que o Seis Sigma trouxe contribuições sob vários aspectos, tanto no âmbito da gestão da qualidade como também da gestão estratégica. No entanto, ainda há certa escassez de informações sobre esse assunto no cenário organizacional brasileiro. Este artigo visa reduzir essa carência da literatura, mostrando uma visão prática sobre as contribuições decorrentes dos investimentos no Seis Sigma para empresas do Brasil. A relevância de requisitos essenciais – como conceito de qualidade; combinação das abordagens estatística e estratégica; sistematização metodológica; formação de especialistas; e gestão de projetos – é discutida tanto em âmbito teórico- conceitual como prático. O método do estudo de caso foi aplicado para obter o embasamento empírico da pesquisa. Os investimentos no Seis Sigma feitos por duas subsidiárias brasileiras de empresas multinacionais norte-americanas (uma de manufatura e uma de serviços) são apresentados e reforçam a relevância dos requisitos supracitados. Palavras-chave
Mostrar mais

12 Ler mais

A aplicação da teoria do lean seis sigma na prestação de serviços no setor agrícola

A aplicação da teoria do lean seis sigma na prestação de serviços no setor agrícola

É a partir desse sistema novo que se pretende seguir com estudo nessa monografia. Assim, evidencia-se aqui o momento no qual o mesmo foi trazido ao Brasil, em quais empresas e em que áreas foi aplicado inicialmente. Evidencia-se a forma e o método utilizado para se realizar um projeto Lean Seis Sigma, desde o momento da decisão de qual área ou processo na empresa focar-se-á o mesmo, passando por suas etapas de elaboração, até o momento em que mudanças e medidas de controle são promovidas, garantindo a eliminação e bloqueio de problemas no presente e no futuro. Resultados positivos foram obtidos, o que levou à ampliação e difusão dos métodos desse sistema em empresas com atuação em diversos nichos, tais como a agrícola, agropecuária, alimentícia, automotiva, eletrônica, aeronáutica, prestadoras de serviço, têxtil e até mesmo em instituições financeiras.
Mostrar mais

81 Ler mais

Análise comparativa da aplicação do Programa Seis Sigma em processos de manufatura...

Análise comparativa da aplicação do Programa Seis Sigma em processos de manufatura...

O método foi aplicado nos dois processos sem nenhuma restrição, caracterizando bem cada uma das etapas agregando valor em manufatura e serviços. Porem, no método DMAIC proposto por Antony (2006) especificamente para serviços, comparado com o apresentado no capitulo 2.4.2 por Antony e Banuelas (2002) mais voltado à aplicação em manufatura, encontramos algumas diferenças sucintas em quase todas as etapas. Na etapa de medição (M) verificou-se a dificuldade de acesso ou mesmo escassez de dados confiáveis em serviços. Na etapa de análise (A) verificou-se que o tratamento e tipo de dados em serviços normalmente não seguem a distribuição normal e são do tipo atributivo tratando de defeitos ou defeituosos. A etapa de melhoria ( I ) evidencia uma preocupação maior em serviços para avaliar os riscos associados as possíveis soluções, pois devido a proximidade com o cliente, aumenta-se o risco de que efeitos indesejados cheguem a ele. Finalmente na fase de controle ( C ), verifica-se com maior ênfase em serviços a necessidade de novos padrões para assegurar ganhos em longo prazo, relacionado ações comportamentais das pessoas envolvidas, neste caso chamada como causa sistêmica. Também associado a resistência e gestão de mudanças, reforça-se em serviços a necessidade de identificar o dono do processo e estabelecer as novas regras de controle.
Mostrar mais

137 Ler mais

Redução de contaminações: um projeto de melhoria contínua em ambiente seis sigma

Redução de contaminações: um projeto de melhoria contínua em ambiente seis sigma

The main purpose of the first two projects consists of reducing the number of defects caused by failure modes related to the presence of residues inside the units. On the other hand, the third study was the improvement of response time in the analysis’ laboratory regarding to the technical analysis of units that have residues presence. The main aim of this project was to serve has a “test” to start up a large-scale 6 Sigma project that was initiated in 2014 and will finish in 2016, which aims to restructure the whole claims treatment process, in order to align the future process with the Bosch Car Multimedia’s standards. The two projects on which focused each research were analyzed, and it was identified and implemented a range of opportunities for improvement. Regarding to the obtained results, it was possible to decrease the residues level in the production lines, as well as decreasing the execution time in QMM9 laboratory. These improvements have allowed the reduction of waste, increasing in an effective way the quality of the products and processes.
Mostrar mais

333 Ler mais

Tratamento de água para abastecimento humano: contribuições da metodologia Seis Sigma.

Tratamento de água para abastecimento humano: contribuições da metodologia Seis Sigma.

A princípio, o programa Seis Sigma mostra-se uma importante fer- ramenta para a melhoria contínua e para a padronização dos proces- sos envolvidos na ETA, promovendo a visibilidade das oportunidades de defeito e estabelecendo, por meio disso, padrões de excelência de desempenho. Recomenda-se a realização de estudos mais aprofundados para a verificação prática desta simulação e solução das dificuldades encontradas. Inúmeros são os benefícios para a sociedade, para a admi- nistração das ETAs e para os profissionais envolvidos no setor, como: redução da variabilidade e das não conformidades, redução dos des- perdícios com recursos, melhoria contínua, desenvolvimento de uma metodologia sistemática para a resolução de problemas e aumento da confiabilidade do processo.
Mostrar mais

8 Ler mais

Seleção de projetos Seis Sigma: aplicação em uma indústria do setor automobilístico.

Seleção de projetos Seis Sigma: aplicação em uma indústria do setor automobilístico.

O Seis Sigma vem ganhando, cada vez mais, espaço nas empresas como uma metodologia bastante eficaz à solução de problemas estruturais através da diminuição da variação de processos e fornecimento de produtos e serviços dentro das necessidades dos clientes. A principal forma com que se busca atingir tal objetivo é através do desen- volvimento de projetos de melhorias. Sendo assim, um tema bastante importante a ser discutido é o processo de seleção de tais projetos, que serão gerenciados através desta metodologia. Neste artigo é apresentada uma análise em uma indústria do setor automobilístico, quanto ao seu processo de seleção de projetos Seis Sigma. Deste trabalho foi possível constatar influência positiva do referido processo no desenvolvimento dos projetos, por exemplo, quanto ao tempo médio de desenvolvimento e ganhos financeiros obtidos, o que vem de encontro ao que a literatura tem sinalizado.
Mostrar mais

13 Ler mais

Lean seis sigma: uma contribuição bibliométrica  dos últimos 15 anos

Lean seis sigma: uma contribuição bibliométrica dos últimos 15 anos

O STP, por representar uma forma de produzir cada vez mais com cada vez menos, foi denominado por KRAFCIK (1988) de Produção Enxuta. Termo esse, popularizado pela obra de Womack, Jones e Roos (1990). Em 1997, Womack e Jones publicam o trabalho intitulado por "Lean Thinking" – dois anos mais tarde traduzido e publicado no Brasil como "A Mentalidade Enxuta nas Empresas". O Lean Thinking ampliava as ideias, conceitos e práticas da Toyota, tornando-se efetivamente uma filosofia e uma cultura empresarial, que poderia ser disseminada para empresas dos mais diferentes tipos e setores (WOMACK e JONES, 1997). Assim, pelo fato do Lean Manufacturing (ou Lean Production) poder ser aplicado em diferentes segmentos, uma denominação mais apropriada segundo Werkema (2011a) é Lean Enterprise ou Lean Operations. Arnheiter e Maleyeff (2005) usam o termo Lean Management. Enquanto no presente trabalho, utiliza-se simplesmente Lean.
Mostrar mais

31 Ler mais

INVESTIGAÇÃO EMPÍRICA SOBRE O RELACIONAMENTO ENTRE SEIS SIGMA E PRIORIDADES COMPETITIVAS

INVESTIGAÇÃO EMPÍRICA SOBRE O RELACIONAMENTO ENTRE SEIS SIGMA E PRIORIDADES COMPETITIVAS

O Seis Sigma é um programa de melhoria adotado por muitas empresas para melhorar o seu desempenho nos negócios. No entanto, algumas pesquisas apontam que a relação entre o Seis Sigma e a melhoria da vantagem competitiva não está clara. Nesse contexto, o objetivo dessa dissertação é identificar o relacionamento entre os fatores de implantação do Seis Sigma e as prioridades competitivas em empresas que operam no Brasil. Como etapas, essa pesquisa realizou análises bibliométrica e de conteúdo, análise descritiva e análise fatorial. A pesquisa investigou 45 empresas, por meio de uma survey, para encontrar o relacionamento entre os fatores de implantação do Seis Sigma com as prioridades competitivas no Brasil. Os fatores de implantação identificados foram:“coleta e disponibilização de dados”, “infraestrutura prévia”, “uso de indicadores de desempenho”, “estabelecimento de metas”, “capacidade cultural”, “envolvimento da alta administração” e “pensamento estatístico”. Os resultados apontam para o relacionamento entre os fatores “coleta e disponibilização dos dados”, “infraestrutura prévia” e “capacidade de mudança” com o fator prioridade. Além desse resultado, foi encontrado que as dimensões “confiabilidade” e “flexibilidade” das prioridades competitivas possuem relação com os fatores de implantação do Seis Sigma.
Mostrar mais

101 Ler mais

Seis Sigma na Avaliação Externa da Qualidade em Laboratórios Clínicos

Seis Sigma na Avaliação Externa da Qualidade em Laboratórios Clínicos

O conceito Seis Sigma teve origem na década de 1980 na empresa norte americana, Motorola, como resultado da procura de uma nova métrica e metodologia para melhoria da qualidade. Numa primeira fase, a empresa japonesa de produtos eletrónicos Matsushita, assumiu a seção de produtos de consumo da Motorola e começou a produzir televisores com menos 1/20 dos defeitos existentes nesta secção. Após esta conquista, a Motorola começou a apreender a importância da qualidade. Posteriormente, em 1981, o CEO da Motorola, Bob Galvin, definiu como missão, o alcance de melhorias no desempenho 10 vezes superiores, nos próximos 5 anos. Com os esforços conjuntos de Mikel Harry e Bill Smith, foi desenvolvido um modelo de quatro fases, o MAIC (Measure Analyse, Improve, Control), inspirado no ciclo PDCA de Deming, para a eliminação de defeitos e resolução de problemas.
Mostrar mais

179 Ler mais

Monitoramento de processo seis sigma por gráficos de controle de Shewhart

Monitoramento de processo seis sigma por gráficos de controle de Shewhart

CASARIN, V.A.; LÍRIO, G.W.; SOUZA, A.M. Avaliação do processo de transformação da garrafa PET por meio do gráfico X-barra. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 22., 2002, Curitiba. Anais... Curitiba, 2002. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/publicacoes/>. Acesso em: 07 mai. 2013. CHABUKSWAR, A.R.; JAGDALE, S.C.; KUCHEKAR, B.S.; JOSHI, V.D.;DESHMUKH, G.R.; KOTHAWADE, H.S.; KUCKEKAR, A.B.; LOKHANDE, P.D. Six Sigma: Process of understanding the control and capability of ranitidine hydrochloride tablet. Journal of Young Pharmacists, v. 3, n. 1, p. 15-25, jan./mar. 2011. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S09751483113 10047>. Acesso em: 08 mai. 2013.
Mostrar mais

80 Ler mais

Aplicação da metodologia Seis Sigma na indústria de alimentos congelados

Aplicação da metodologia Seis Sigma na indústria de alimentos congelados

A metodologia Seis Sigma teve os primeiros desenvolvimentos nos finais da década de 1970, quando a empresa tecnológica japonesa Motorola verificou elevados indícios de insatisfação dos seus clientes e que a empresa se encontrava numa posição inferior competitivamente em relação a outras empresas japonesas do mesmo setor, devido ao baixo nível de qualidade dos seus produtos. Para tentar solucionar este problema, Bob Galvin, na altura o CEO da tecnológica, apelou à ajuda de Dorin Shainin e Joseph Duran, duas entidades conceituadas na área da qualidade, sendo que em 1980, o foco principal da Motorola permanecia o nível de satisfação dos clientes. Na tentativa de melhorar a qualidade da sua gama de produtos e consequentemente melhorar a satisfação dos seus clientes, estabeleceu-se a meta de que nos 5 anos seguintes o desempenho atual dos processos de produção aumentaria 10 vezes (Park, 2003).
Mostrar mais

117 Ler mais

Uma exploração dos modelos de uso integrado da teoria das restrições, produção enxuta e seis sigma

Uma exploração dos modelos de uso integrado da teoria das restrições, produção enxuta e seis sigma

Tendo como base o reconhecimento que os métodos Teoria das Restrições (Theory of Constraints - TOC), Produção Enxuta (Lean Production – LP) e o Seis Sigma (Six Sigma - SS) possuem características complementares que podem potencializá-los quando utilizados em conjunto, algumas empresas relatam experiências de aplicação concomitante destes método. Entretanto, o desafio de obter melhores resultados levaram pesquisadores e profissionais a buscarem melhores soluções, resultando, entre outras, em iniciativas de integração. Conhecidas como Integração TLS, estas iniciativas vêm procurando encontrar soluções que permitam compatibilizar características muitas vezes conflitantes entre elas, encontrando um modelo que as unifiquem. O objetivo principal deste trabalho é realizar uma pesquisa de cunho fundamentalmente teórico que investigue tais modelos, avaliando suas características e identificando como tal integração foi viabilizada. A pesquisa teórica é complementada por uma pesquisa de campo com a aplicação de questionários para os autores dos modelos de integração, para as empresas que realizam a implantação dos modelos de integração e para as empresas praticantes da Integração TLS. Esta pesquisa foi direcionada para avaliação dos cinco modelos existentes de Integração TLS, não considerando eventuais integrações com outros métodos de gestão. Também se buscou encontrar na literatura relatos de casos de aplicações destes modelos. Cinco modelos foram identificados, nos quais se constatou que a base de todos eles é a proposição de um processo focalizado de melhoria contínua, com papeis bem definidos para cada método que os constitui. Ao final da pesquisa teórica e pesquisa de campo é proposto um modelo de Integração TLS, concretizando as etapas do método de pesquisa de desenvolvimento teórico conceitual.
Mostrar mais

204 Ler mais

Six Sigma aplicado ao Erro Total das Medições Laboratoriais

Six Sigma aplicado ao Erro Total das Medições Laboratoriais

A meta para o nível sigma futuro proposto no Project Charter foi de 4. Apesar de a mesma não ter sido cumprida, ainda assim, a implementação da nova medida de acção de melhoria permitiu, no entanto, melhorias na qualidade das medições laboratoriais, conseguindo-se uma evolução positiva do erro total e, por conseguinte, do nível sigma para o valor de 3,5. Embora não tenha sido atingida a meta estabelecida, o nível sigma conseguido no teste piloto, após a implementação da medida, está próximo da meta e considerando o nível sigma do período de estudo conclui-se que houve ganhos significativos quanto à determinação do erro total. Contudo, se cumpridas as recomendações indicadas abaixo no capítulo de Recomendações para Trabalhos Futuros é possível optimizar a performance laboratorial. Na determinação das causa-raíz deste problema, para além de estar relacionado, como é sabido, com as condições de ensaio, i.e., com os métodos utilizados, equipamentos, reagentes e calibradores, notou- se parte da contribuição do problema relaciona-se também com os recursos humanos. Nomeadamente, na falta de formação dos profissionais de laboratório, sendo que face a evolução científica que se vive na actualidade, os mesmo não sofrem actualizações de competências proporcionalmente à evolução no campo laboratorial. Este facto foi evidente na ausência de determinação de erro total de alguns laboratórios, não estando sensibilizados para a sua importância como indicador da qualidade.
Mostrar mais

161 Ler mais

Influência da medição de desempenho nos projetos seis sigma : estudos de caso.

Influência da medição de desempenho nos projetos seis sigma : estudos de caso.

Seis Sigma e medição de desempenho são assuntos atuais que estão sendo discutidos e pesquisados tanto pela prática quanto pela academia. O Programa Seis Sigma vem se destacando como um programa de melhoria, com resultados positivos atingidos num curto prazo por meio de Projetos Seis Sigma. No entanto, como em outras abordagens de melhoria, alguns fatores podem influenciar nos resultados desses projetos. Paralelamente a isso, a medição de desempenho exerce um importante papel no suporte aos programas de melhoria, atuando como uma barreira ou facilitador. Nesse sentido, a medição de desempenho torna-se uma condição necessária para o sucesso dos Projetos Seis Sigma. Todavia, uma revisão bibliográfica constatou que não existem trabalhos acadêmicos detalhados sobre esses dois temas simultaneamente. Em vista disso, o objetivo desta tese é investigar a influência da medição de desempenho nos Projetos Seis Sigma com a intenção de destacar os fatores encontrados no desenvolvimento destes projetos. O método de pesquisa escolhido para este trabalho foi o do múltiplos estudos de caso do tipo explanatório. A pesquisa de campo foi realizada em cinco empresas de diferentes ramos da indústria. As evidências empíricas mostram que o desenvolvimento dos Projetos Seis Sigma é influenciado por diferentes fatores, estando alguns deles presentes em mais de uma empresa. Além disso, foi constatado que o desenvolvimento de Projetos Seis Sigma influencia a medição de desempenho, ou seja, existe uma influência recíproca entre Projetos Seis Sigma e medição de desempenho. Um fato observado como um ponto importante para o desenvolvimento dos Projetos Seis Sigma foi o estabelecimento do relacionamento entre as medidas não-financeiras e as financeiras devido à orientação financeira dos Projetos Seis Sigma. Isso significa que esse fator exerce uma grande influência sobre os demais fatores que afetam o desenvolvimento dos Projetos Seis Sigma. Enfim, essa tese contribuiu tanto para a academia quanto para a prática das empresas, pois o conhecimento dos fatores que regem o relacionamento entre a medição de desempenho e os Projetos Seis Sigma pode auxiliar na estruturação de ambos e, com isso, promover a potencialização dos benefícios do Programa Seis Sigma.
Mostrar mais

233 Ler mais

Fatores críticos para o sucesso do seis sigma:  um levantamento do impacto do tempo de empresa e do treinamento na indústria alimentícia

Fatores críticos para o sucesso do seis sigma: um levantamento do impacto do tempo de empresa e do treinamento na indústria alimentícia

Os componentes-chave para o sucesso na implantação do Seis Sigma estão relacionados ao envolvimento da alta administração, infraestrutura organizacional, treinamento e ferramentas estatísticas (HENDERSON; EVANS, 2000, VAN IWAARDEN et al. 2008, BRUN, 2011). Nesse mesmo sentido, Snee (1990) aponta que o Seis Sigma depende de uma combinação de oito características, incluindo resultados finais criados, liderança, ativa participação da alta administração, aplicação disciplinada do DMAIC, conclusão rápida do projeto (3-6 meses), definição clara dos objetivos, estabelecimento de formação e infraestrutura para os Master Black Belt, Black Belt e Green Belt, aplicação de estatística robusta focando resultados na melhoria dos processos e que impactem os clientes.
Mostrar mais

24 Ler mais

A Melhoria da Qualidade Suportada na Metodologia Seis Sigma: o Caso da Tecnimaster

A Melhoria da Qualidade Suportada na Metodologia Seis Sigma: o Caso da Tecnimaster

A metodologia Seis Sigma utiliza ferramentas de qualidade padrão tais como a FMEA, gráficos de causa e efeito e o controlo estatístico do processo (Breyfogle, 2003; Schroeder, 2008). Estas ferramentas incluem muitas das sete ferramentas clássicas do controlo da qualidade e as ferramentas para diagnóstico e formulação de problemas (Schroeder, 2008). O método DMAIC é consistente com o modelo de resolução de problemas por fases do ciclo PDCA e, coloca nova ênfase, na integração de ferramentas específicas em cada uma das fases do método. O ciclo DMAIC (ver fig. 2.5, p. 31) é repetido continuamente, de forma a melhorar a qualidade do processo. Note-se que, atingir o desempenho correspondente ao Seis Sigma é raramente o objectivo e, raras vezes, este é atingido (Dassau et al., 2006). No caso que se pretende tratar neste trabalho, é exactamente isto que se passa. De facto, como se poderá constatar no desenvolvimento subsequente, a melhoria que se conseguiu obter no processo escolhido não atinge os seis sigmas. Contudo, além de não ser esse o propósito inicial, não invalida que se tenha atingido o objectivo proposto, tanto mais que, atingir melhorias ao nível dos seis sigmas exige recursos de tempo e financeiros não compatíveis com a capacidade da empresa em estudo.
Mostrar mais

147 Ler mais

APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS LEAN E SEIS SIGMA NUMA INDÚSTRIA DE SISTEMAS DE FIXAÇÃO

APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS LEAN E SEIS SIGMA NUMA INDÚSTRIA DE SISTEMAS DE FIXAÇÃO

Por outro lado, outra métrica importante para o âmbito deste projeto centra-se no nível de sucata registado. Tendo sempre em consideração os requisitos do cliente, o nível de sucata é proporcional aos custos de produção, sendo por isso obviamente indesejável. Como tal, é importante analisar as causas de não conformidade dos produtos fabricados, sendo necessário primeiramente a medição da percentagem de produtos não conformes fabricados. Nesta fase do ciclo DMAIC, pretende-se quantificar o nível sigma do processo, o qual tem como base o valor de DPMO identificado no controlo da qualidade, sendo, neste caso, esse controlo feito no processo de escolha. Tendo em conta que todos estes dados são informatizados na empresa, a sua obtenção é fácil e considerada viável, pelo que a sucata obtida no processo de escolha no ano de 2012 foi, em média, de cerca de 2,36%, ou 23.600 DPMO (anexo A). Com base neste valor de DPMO, conclui-se que o nível sigma associada a este processo é de 3,47.
Mostrar mais

183 Ler mais

Teoria das Restrições, Lean Manufacturing e Seis Sigma: limites e possibilidades de integração.

Teoria das Restrições, Lean Manufacturing e Seis Sigma: limites e possibilidades de integração.

Acredita-se que na pesquisa científica, em geral, o primeiro passo é procurar trabalhos anteriores com preocupações similares (Biolchini et al., 2005 apud Silva, 2009). Assim sendo, uma relevante fonte de coleta de dados para esse estudo foi a revisão sistemática da literatura. Para Khan et al. (2001), a principal vantagem de usar um método de revisão sistemática é que fornece informação sobre a efetividade de intervenções ao identificar, avaliar e sumarizar os resultados de uma quantidade de dados não tratáveis de outra forma. Essa pesquisa usou como base os trabalhos de Silva (2009) e o estudo de Tranfield et al. (2003). As etapas do procedimento adotado para revisão da literatura foram: i) extrair palavras-chave a partir do problema de pesquisa: as palavras em inglês e em português escolhidas foram Lean Manufacturing, sistema toyota, produção enxuta, Lean Production, Seis Sigma, Six Sigma, Teoria das Restrições e Theory of Constraints; nesse caso, fez-se a combinação possível aos pares das palavras-chave nos campos de busca do título e resumo das bases de dados, exemplo: Lean Manufacturing & Six Sigma, Lean Manufacturing & Theory of Constraints e assim por diante; ii) definir as bases de dados para busca de publicações: pesquisou-se em Emerald, Springer Link, Scopus, Ebsco, Proquest, Scielo-BR, Scielo- Internacional, IBTD, Periódicos Capes, UMI, ENEGEP e SIMPEP; iii) definir horizonte de tempo de busca: pesquisou-se entre 1995 e 2011; iv) analisar títulos e resumos das publicações: foram analisados 836 trabalhos e a quantidade analisada em cada base de dados está detalhada na tabela do Apêndice 1; v) decidir entre a inclusão ou exclusão da publicação na pesquisa; vi) fazer análise, síntese e a inclusão das informações na pesquisa: essa discussão está consolidada na seção 4 deste estudo, onde os trabalhos com foco alinhados aos objetivos propostos no início da presente pesquisa foram inseridos. Cabe destacar, conforme apresentado na Tabela 2, que a pesquisa nas bases de dados mostra um número maior de publicações versando sobre Lean e Seis Sigma em relação ao número de publicações sobre TOC e Lean e TOC e Seis Sigma. A integração entre TOC e Seis
Mostrar mais

17 Ler mais

Aplicação da metodologia seis sigma para melhoria contínua da qualidade em uma indústria alimentícia

Aplicação da metodologia seis sigma para melhoria contínua da qualidade em uma indústria alimentícia

Abstract: Competitiveness between companies requires that they look for alternatives not only in guaranteeing better products for customers, but also with regard to the production process without waste and high costs. This paper presents the implementation of the Six Sigma methodology as a means of obtaining better results in the quality of the production process and as an organizational change towards problem solving. The research was carried out through a case study, in which data and relevant information were collected for the proposition and implementation of improvements. The DMAIC model was used to coordinate the stages, as well as the use of quality tools within each stage. It is noteworthy that satisfactory results were obtained in relation to the elimination of the ham weight problem out of specification, the increase in the sigma level from 1.16 to 3.24, as well as the knowledge provided to all employees in the sector about the importance of making improvements, remain as a first step towards changing the sector.
Mostrar mais

29 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados