Serviço Público Federal

Top PDF Serviço Público Federal:

O exame de constitucionalidade da norma de vedação definitiva de retorno do servidor ao serviço público federal por infringência do artigo 132, incisos I, IV, VIII, X e XI

O exame de constitucionalidade da norma de vedação definitiva de retorno do servidor ao serviço público federal por infringência do artigo 132, incisos I, IV, VIII, X e XI

Se o servidor que perde o seu cargo ou função por determinação judicial em sentença criminal pode retornar ao serviço público federal mediante nova aprovação em concurso público, após a regular reabilitação penal, não há qualquer argumento que justifique a vedação de retorno ao serviço público daquele servidor a quem se imputou uma penalidade no âmbito administra- tivo, por mais grave que tenha sido sua conduta. Se o Direito Penal, que existe para tutelar os mais valiosos direitos, permite o retorno, não pode o Direito Disciplinar, respeitados todos os impor- tantes princípios e valores que guarda, deixar de fazê-lo.
Mostrar mais

20 Ler mais

MOTIVAÇÕES PARA A EXPULSÃO DE CONTABILISTAS DO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL BRASILEIRO

MOTIVAÇÕES PARA A EXPULSÃO DE CONTABILISTAS DO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL BRASILEIRO

A corrupção no Brasil é considerada sistêmica, um problema grave e estrutural da sociedade e do sistema político, que enfraquece a moral pública e a legitimidade governamental. Um dos profissionais que possui como incumbência pautar suas ações com base em condutas éticas, podendo contribuir com a diminuição da corrupção no Estado é o contabilista. Contudo, tal profissional também pode estar envolvido em situações de corrupção. Dessa forma, a investigação verificou quais motivos levaram contabilistas à expulsão do serviço público federal brasileiro. Dados secundários foram obtidos por meio do Portal da Transparência do Governo Federal, compreendendo as punições ocorridas entre janeiro de 2003 e fevereiro de 2016, entre os quais foram destacados o fundamento legal que embasou a expulsão, UF e região de lotação, cargo efetivo, eventual cargo ou função de confiança, ano de publicação da portaria de punição, tipo de punição e gênero. Os resultados revelaram que as principais motivações para a expulsão de contabilistas do serviço público federal brasileiro, especialmente por meio de demissões, envolvem práticas de valimento, improbidade administrativa e lesão aos cofres públicos, englobando, principalmente, técnicos em contabilidade, profissionais lotados na região Norte e no Distrito Federal, servidores do sexo masculino e sem cargo ou função de confiança, verificando-se um aumento nas expulsões a partir de 2011. Espera-se que tais resultados subsidiem ações de órgãos representativos a fim de conscientizar os contabilistas presentes no setor público com o intuito de mitigar a ocorrência de atos ilícitos provocados por estes no exercício de sua função.
Mostrar mais

20 Ler mais

Distorções de incentivo ao desempenho e redução de motivação no serviço público federal no Brasil

Distorções de incentivo ao desempenho e redução de motivação no serviço público federal no Brasil

Tanto uma reforma weberiana quanto uma gerencial do presente sistema de carreiras seria, certamente, política e legalmente desafiadora. Mas os dados deste artigo sugerem que elas precisam ser consideradas e debatidas. Nosso trabalho é, sem dúvida, apenas uma exploração inicial dos efeitos das distorções de incentivo no serviço público no Brasil e, portanto, possui limitações. Como observado, a baixa taxa de respostas à pesquisa dificulta a geração de inferências representativas de todo o serviço civil federal brasileiro. Além disso, nossa análise estatística fornece correlações parciais, com base em dados transversais, os quais não necessariamente implicam causalidade. Ademais, nossa variável dependente – motivação para o serviço público – não necessariamente se traduz em maior desempenho no trabalho, embora seja uma correlação frequente, a de motivação no trabalho e desempenho no trabalho (ver Ritz et al. 2016). Nossos resultados são, portanto, indícios do efeito negativo de distorções de incentivo no serviço público federal do Brasil.
Mostrar mais

28 Ler mais

Análise do processo de decisão de aposentadoria no Serviço Público Federal

Análise do processo de decisão de aposentadoria no Serviço Público Federal

A relação positiva entre o fator flexibilidade de horário percebida pelo trabalhador e intenção de postergar a aposentadoria foi amplamente apontada em estudos anteriores (MENEZES; FRANÇA, 2012; GIELEN, 2009; PENGCHAROEN; SHULTZ, 2010). No âmbito do serviço público federal, incluindo o FNDE, existe a possibilidade de redução da jornada de horário com redução proporcional da remuneração, o que é considerado, por muitos servidores, uma forma de flexibilização, sobretudo quando a jornada de trabalho do serviço público é comparada à da iniciativa privada. Se o trabalhador não for um profissional liberal, ou um empreendedor autônomo, dificilmente encontrará, nas instituições privadas, opções de jornada de trabalho mais flexíveis, tendo em vista a rigidez da legislação trabalhista brasileira que torna arriscado esse tipo de negociação para os empregadores.
Mostrar mais

81 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

A atividade antioxidante na saliva total aumentou após a prova, fato que também pode explicar a redução dos produtos de peroxidação lipídica e também demonstra uma respost[r]

63 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Considerando o potencial clínico e biotecnológico de inibidores de PLA2s, o presente trabalho teve como objetivo purificar e caracterizar química, funcional e estruturalmente um novo i[r]

96 Ler mais

A motivação no serviço público federal: o caso da perícia criminal federal

A motivação no serviço público federal: o caso da perícia criminal federal

Dessa forma, a maioria dos Peritos Criminais Federais que participaram do presente estudo de caso não estão motivados para exercerem suas atividades. A desmotivação verificada decorre de diversos fatores, sendo alguns de ordem técnica, como a falta de um feedback sobre a efetividade dos trabalhos realizados ou a falta de igualdade na distribuição dos serviços; outros de ordem filosófica, como a falta de um espírito de corpo (uma identidade profissional) e de uma autonomia relativizada; ou ainda organizacional, como a falta de reconhecimento, por parte do DPF, da importância da Pericia Criminal Federal, ou, ainda, devido a problemas relacionados à gestão baseada na hierarquia e disciplina.
Mostrar mais

84 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

§ 4º O Colegiado de Curso poderá, a seu juízo, solicitar parecer ao Serviço Médico do CEFET-MG a respeito da solicitação de concessão de regime de estudos especiais e exercícios domiciliares. § 5º As disciplinas ou atividades de estágio curricular e as disciplinas e atividades que requeiram aulas de laboratório ou trabalhos de campo não poderão ser objeto de concessão de regime de estudos especiais e exercícios domiciliares., salvo em situações que, a juízo do Colegiado do Curso, o justifiquem.

17 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

O presente estudo foi delineado com objetivo de avaliar o efeito da competição sobre marcadores de estresse físico (atividade autônoma) e marcadores do balanço re[r]

76 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SEX-DP: controle sem exercício; SEX-DH: obeso sem exercício; EXB-DP: controle exercício de baixa intensidade; EXB-DH:obeso exercício de baixa intensidade; EXM-DP: controle ex[r]

75 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Western blot analysis revealed that diabetic rats had decreased myosin-Va protein levels in the brain (~13 %), as compared to the non-diabetic group, whereas treatment with Vochysia r[r]

80 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Avaliação da atividade antioxidante total do plasma de indivíduos do grupo Placebo (NaCl) ou Nitrato (NaNO3), após três horas de suplementação (pré-teste) e depois do teste [r]

64 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

The main result of the present study was that five days of sodium nitrate supplementation increased basal salivary concentration of uric acid, increased total antioxidant activity duri[r]

66 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

(-)-Cubebin was isolated from the seeds of Piper cubeba L. as previously described (Silva et al., 2007). Doxorubicin (DXR) (Rubidox ® - Laboratório Químico Farmacêutico Bergamo Ltda., Taboão da Serra, SP, Brazil) (CAS 23214-92-8) was obtained from the Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brazil. Ultrapure water (18.2 ΩX) was obtained from a MilliQ system (Millipore, Vimodrone, Milan, Italy). (-)-Cubebin was dissolved in a mixture of 1% Tween 80 (Fluka, Buchs, Switzerland) and 3% ethanol (Neon, São Paulo, Brazil) in ultrapure water. DXR was dissolved in ultrapure water. The solutions were always prepared immediately before use. As an alternative medium, instant mashed potato flakes (Yoki ® Alimentos S. A., São Bernardo do Campo, SP, Brazil) were used. The structural formula of (-)-cubebin is shown in Figure 1.
Mostrar mais

127 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

A produção de mel representa apenas uma pequena parcela do benefício proporcionado pelas abelhas. A polinização por abelhas está presente em 35% da produção agrícola do mundo, exercendo influência em 87% das principais culturas exploradas pelo homem (KLA et al., 2007), perfazendo um valor bioeconômico de 153 bilhões de euros anualmente (GALLAI et al., 2009). Frente a esse serviço natural oferecido pelos polinizadores e principalmente a dependência da polinização pelas plantas cultivadas, desenvolveu-se programas de manejo direcionados ao uso de abelhas em lavouras e pomares. Os Estados Unidos foram os pioneiros na utilização de abelhas em culturas (COSTA-MAIA et al., 2010). No Brasil, Santa Catarina foi o primeiro estado a adotar e se beneficiar do serviço de polinização pelas abelhas, aplicando tal benefício para a produtividade e qualidade dos frutos produzidos pelas macieiras (PICOLLIi,1999; SALOMÉ, 2007).
Mostrar mais

131 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Os conhecimentos utilizados nas aulas de Física na escola foram utilizados pelos alunos como forma de compreender o mundo, fenômenos da natureza com os quais eles convivem, consideramos que o aprendizado transcendeu a aplicação escolar básica, exercícios, atividades e a aplicação deu-se no contexto dos aprendizes. O aluno A4 faz a relação entre potência da onda eletromagnética na transmissão da estação de rádio e a interferência de ondas. Na fala do aluno A20 verifica-se um grande salto temporal saindo de uma época que usavam cartas e o telefone público como meio de comunicação e passando para os tempos atuais com as redes sociais, celulares e internet acessível a quase todas as pessoas. É possível que este aluno não tenha conhecimento de como esses meios de comunicação evoluíram e que as ondas eletromagnéticas são a base das telecomunicações.
Mostrar mais

127 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Madacilina de Melo Teixeira

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Madacilina de Melo Teixeira

Distinções entre os níveis I e II – crianças e jovens do nível II, quando comparados às crianças e jovens do nível I, têm limitações para andar por longas distâncias e e[r]

65 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS

O aparecimento de um percentual tão expressivo: 74% de informantes que preferem o português para ler, se justifica pelo fato da comunidade mundurukú do Amazonas, aqui representada pela amostragem dos colaboradores, não usar mais sua língua de herança. Contudo, entendemos que nas suas respostas já se manifesta grande interesse em voltar a usar a língua mundurukú em suas atividades de letramento. Mesmo não sabendo mais a língua mundurukú, os jovens no programa de formação oferecido pela Universidade Federal do Amazonas, também colaboradores de nossa pesquisa, parecem ter desenvolvido um desejo maior em ler e escrever em sua língua nativa, objetivando, num futuro mais próximo, a retomada de uso de sua língua de forma completa. Nos depoimentos abaixo fica evidenciado o desejo de retomar a língua a partir da escola, embora a responsabilização de realização deste desejo seja delegada à escola e às crianças.
Mostrar mais

107 Ler mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS

Em que pese a atual existência de uma razoável infra-estrutura física, que inclui empresas industriais, portos, estradas, redes de fornecimento de energia e outros insumos básicos, além de receber do estado incentivos fiscais e outros benefícios, a rede ainda não dispõe de uma estrutura institucional capaz de transformar os investimentos realizados em benefícios reais para a população local. Todo o potencial representado pela concentração geográfica de atividades produtivas não se transformou em uma rede de cooperação capaz de estimular o surgimento e o desenvolvimento de vantagens competitivas regionais, em grande parte porque este não é, e nem teria lógica se o fosse, o objetivo das indústrias centrais. O atendimento da necessidade de se organizar as atividades econômicas do arranjo de maneira a se estabelecerem redes capazes de otimizar as complementariedades e coordenar as relações interorganizacionais, permanece sendo do Estado, através de suas esferas de governo municipal, estadual e federal. O que se pode sentir, e tem sido expresso de forma incisiva nos depoimentos dos entrevistados, é a ausência absoluta da atividade reguladora estatal, na forma de políticas públicas destinadas a orientar as dinâmicas interorganizacionais da rede.
Mostrar mais

177 Ler mais

Show all 10000 documents...