Sócio-jurídico

Top PDF Sócio-jurídico:

FAMÍLIAS SIMULTÂNEAS: UM DIÁLOGO SÓCIO-JURÍDICO

FAMÍLIAS SIMULTÂNEAS: UM DIÁLOGO SÓCIO-JURÍDICO

Nele serão estudadas as transformações na família, a capacidade de resiliência da família, o valor social da família e o desejo de família e, também, como ponto[r]

29 Ler mais

Transgênicos: uma leitura sócio-jurídico ambiental

Transgênicos: uma leitura sócio-jurídico ambiental

Esta dissertação faz um estudo da situação dos organismos geneticamente modificados no Brasil, no tocante aos conflitos, à legislação e aos instrumentos preventivos. Utiliza o método analítico, apresentando inicialmente idéias elementares sobre o cenário regulatório dos transgênicos nos Estados Unidos, no Canadá, na China e na Argentina, chegando ao Brasil num detalhamento histórico sob o viés jurídico-social, incluindo brevemente as questões técnicas que envolvem a biotecnologia, especialmente a criação de um OGM. Tratando da abordagem jurídica nacional sobre o tema e finalizando com a aplicabilidade dos princípios da precaução e da prevenção, bem como da importância do licenciamento ambiental, estudo de impacto ambiental e zoneamento ambiental como instrumentos preventivos e de gestão ambiental.
Mostrar mais

87 Ler mais

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE O CONTEXTO SÓCIO-JURÍDICO MEDIEVAL

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE O CONTEXTO SÓCIO-JURÍDICO MEDIEVAL

Assim, as diversas bases do direito privado e público, assim como áreas do conhecimento jurídico, como os direitos reais, o direito tributário, o direito comercial, [r]

32 Ler mais

Discriminação feminina e a influência do ethos cristão no desenvolvimento da doutrina da proteção e da legislação correspondente: um enfoque sócio-jurídico-religioso sobre a identidade da mulher

Discriminação feminina e a influência do ethos cristão no desenvolvimento da doutrina da proteção e da legislação correspondente: um enfoque sócio-jurídico-religioso sobre a identidade da mulher

Já no período do Estado Liberal de Direito, passou-se a ver a Constituição como um instrumento de garantia da liberdade do homem, na medida em que limitando as prerrogativas dos governantes, alargava os horizontes protetivos dos direitos individuais. Já naquela época admitia-se que, para que houvesse uma verdadeira eficaz subordinação do Estado ao ordenamento jurídico, seria necessário o reconhecimento de um critério de justiça que transcendesse o direito positivado. Começou-se então a cultivar princípios como o da legalidade, igualdade e separação de poderes. Além disso, reconheceu-se que a liberdade dos cidadãos, por exemplo, afigurava-se como direito fundamental universal, ponto em que parece estar um dos primeiros sinais do surgimento da concepção das normas constitucionais como entidades enfeixadas, cujo liame assegurador de sua harmonia encontrava repouso nos princípios daquele mesmo regime estatal.
Mostrar mais

101 Ler mais

A QUESTÃO DA FAMÍLIA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO SERVIÇO SOCIAL NO CAMPO SÓCIO-JURÍDICO

A QUESTÃO DA FAMÍLIA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO SERVIÇO SOCIAL NO CAMPO SÓCIO-JURÍDICO

Além disso, é abordada a questão da família como objeto de trabalho genérico do Serviço Social, particularmente a intervenção do Serviço Social e o campo da família, infância e adolescên[r]

59 Ler mais

O casamento cigano — Estudo sócio-jurídico das normas ciganas sobre as uniões conjugais

O casamento cigano — Estudo sócio-jurídico das normas ciganas sobre as uniões conjugais

―O desejo, ou inclusive a necessidade de formar uma família e deixar descendência é co-natural à espécie humana‖ (Raposo, 2010, p. 61). A família é o agrupamento social primário, naturalmente constituído, mais importante na sociedade. Segundo Mota Pinto (1992, p. 146 ) ―a família é uma realidade natural e social, cuja existência material, psicológica e moral se manifesta, desde logo, em planos ou domínios da vida estranhos – íamos a escrever anteriores – ao plano jurídico‖. Ela assenta, ainda segundo este autor, num conjunto de comportamentos pessoais e realidades psicológicas e morais, tais como ―o amor, a amizade, a consciência de se formar um grupo, a confiança, a lealdade, a vida em comum, a solidariedade, uma certa identificação com os outros componentes do mesmo agregado‖ que não têm origem no direito, mas que são por este reconhecidos e aceites, daí dizer-se ser o direito da família um direito institucional ou ordinalista.
Mostrar mais

92 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO-ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO-ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL

Objetivos gerais: Contribuir na viabilização do acesso à justiça e aos direitos sociais a partir das demandas dos usuários apresentadas ao EMAJ, tendo em vista fortalecer o processo de construção da cidadania; Qualificar o EMAJ como espaço de articulação entre ensino, pesquisa e extensão do Serviço Social no campo sócio-jurídico, contribuindo para uma formação qualificada e competente do ponto de vista teórico- metodológico, ético-político e técnico-operativo; Objetivos específicos: Proporcionar atendimento qualificado à população usuária do EMAJ na área de Serviço Social; Realizar estudos socioeconômicos a fim de garantir o acesso dos usuários à assistência jurídica; Democratizar as informações e o acesso ao serviço disponível de acordo com a demanda apresentada, para que os usuários do EMAJ tenham e/ou adquiram conhecimento e clareza com relação aos seus direitos; Articular com a rede socioassistencial do município para assegurar a atenção às demais necessidades dos usuários, identificadas pelo Serviço Social; Realizar pesquisas que contribuam para a produção de conhecimento sobre o Serviço Social no campo sócio-jurídico e temas afins; Constituir o EMAJ como campo de estágio em Serviço Social. (EMAJ, 2010).
Mostrar mais

111 Ler mais

Estratificação sócio-econômica em estudos epidemiológicos de cárie dentária e doenças periodontais: características da produção na década de 90.

Estratificação sócio-econômica em estudos epidemiológicos de cárie dentária e doenças periodontais: características da produção na década de 90.

provenientes de estudos sobre os indivíduos são inadequadamente empregados para fazer inferências sobre riscos que afetam o grupo populacional. Além disso, aponta-se que, ao atribuírem um único valor para o grupo de po- pulação, os índices compostos não dedicariam a devida consideração para as desigualdades intra-regionais, como fator de atenuação dos efeitos contextuais da privação social sobre as pessoas mais bem situadas do ponto de vista sócio-econômico dentro do grupo, e de inten- sificação desses efeitos para as demais. Nesse sentido, sublinha-se que, apesar das restrições aos estudos epidemiológicos de dados agrega- dos, reconhece-se sua utilidade como instru- mento efetivo para o desenvolvimento da pes- quisa em saúde 14,15 .
Mostrar mais

6 Ler mais

DM Fabricia Roberta Viana

DM Fabricia Roberta Viana

O programa será implementado por meio do apoio à realização, em escolas e outros espaços sócio- culturais, de ações sócio-educativas no contra turno escolar, incluindo os campo[r]

170 Ler mais

Adoção das condições de moradia em Fortaleza como temática de projeto urbanístico voltado para a resão das desigualdades sócioespaciais

Adoção das condições de moradia em Fortaleza como temática de projeto urbanístico voltado para a resão das desigualdades sócioespaciais

De acordo com o Censo Demográico de 2010 recém-divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geograia e Estatística, Fortaleza conta com aproximadamente 2,5 milhões de habitantes, constituindo-se no 5º município brasileiro em população e na mais densa capital brasileira. Juntamente com outros 14 municípios, compõem a região metropolitana de Fortaleza, a qual segundo estudos do mesmo instituto corresponde a um contingente de mais de 3,6 milhões de pessoas. Esses números ganham maior importância quando abordamos a população segundo algumas variáveis referentes às condições de moradia, as quais ao nosso ver evidenciam a desigualdade sócio-espacial que predomina nesta aglomeração urbana.
Mostrar mais

11 Ler mais

AFORISMOS SOBRE A CULTURA: UMA DISCUSSÃO ACERCA DAS  REPRESENTAÇÕES SIMBÓLICAS NO PENSAMENTO DE VYGOTSKY -  RECONHECENDO PERCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

AFORISMOS SOBRE A CULTURA: UMA DISCUSSÃO ACERCA DAS REPRESENTAÇÕES SIMBÓLICAS NO PENSAMENTO DE VYGOTSKY - RECONHECENDO PERCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O presente artigo tem o objetivo de aproximar ao conceito de Cultura de Clifford Geertz à abordagem sócio- histórica de Vygotsky, em uma tentativa de perceber na abordagem Sócio-histórica elementos que denotem um diálogo entre a psicologia social e a antropologia. Essa relação será retratada através da investigação acerca da questão semiótica estabelecendo o contato a partir da representação simbólica como forma de alcançar os sistemas culturais que envolvem o desenvolvimento da formação do ser humano

11 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA MESTRADO EM GEOGRAFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA MESTRADO EM GEOGRAFIA

, não se chegou a constatar a materialização dos conflitos de territorialidade entre os diversos agentes sociais, visto que os comerciantes e moradores não se constituíram enquanto sujeitos partícipes no processo de elaboração e execução do referido projeto. Em relação às intervenções promovidas pelo governo municipal, pautaram-se em um planejamento mais progressista, onde a participação popular se fez um pouco mais presente. Tais projetos fundamentaram-se nos princípios da reabilitação urbana, que visam qualificar o espaço urbano e melhorar as condições de qualidade de vida e de infra-estrutura para os seus usuários. Apesar de se considerar de extrema relevância o desenvolvimento de projetos com vistas a reabilitar o Centro Histórico de Belém, acredita-se que estes deveriam ser elaborados, a partir de uma análise minuciosa da dinâmica sócio-espacial dos bairros que o compõe e da cidade como um todo, e que estes projetos partam de ações mais integradas entre os órgãos patrimoniais da esfera municipal, estadual e federal, de modo que seus resultados possam garantir uma maior eqüidade e participação dos diversos agentes produtores desse espaço urbano.
Mostrar mais

158 Ler mais

Saberes e práxis em enfermagem .

Saberes e práxis em enfermagem .

Este conhecimento abrange a compreensão do contexto sócio-político das pessoas envolvidas no processo de cuidar em saúde e do contexto sócio-político da Enfermagem e, ainda, a compreensã[r]

7 Ler mais

DOS ATOS NORMATIVOS DO PODER EXECUTIVO COMO INTERFERÊNCIA POLÍTICA NO SISTEMA TRIBUTÁRIO  Rafael Dos Santos Queiroz

DOS ATOS NORMATIVOS DO PODER EXECUTIVO COMO INTERFERÊNCIA POLÍTICA NO SISTEMA TRIBUTÁRIO Rafael Dos Santos Queiroz

No positivismo jurídico exclusivo – PJE, os valores são integrados à interpretação das normas jurídicas (regras e princípios), sem qualquer recurso ao exterior do ordenamento. A norma é posta, como assinala Joseph Raz, segundo as regras secundárias ou de reconhecimento, por uma fonte autorizada (strong social thesis), e os valores inspiradores da norma ou mesmo da autoridade (única fonte do direito para Raz) não acompanham a vida dessa norma jurídica, tarefa que passa à interpretação, a cada ato de aplicação segundo os valores de seu momento. (TORRES, 2011, p. 56)
Mostrar mais

22 Ler mais

Sistema jurídico romanístico e subsistema jurídico latino-americano

Sistema jurídico romanístico e subsistema jurídico latino-americano

os próprios significados nas respectivas línguas, frequentemente até nisso, em estreita conexão com o direito canônico. Na Bulgária, por exemplo, encontramos no século XIII uma tradução em língua eslava do Nomos gheoghikós e da Ekloghé, assim como o referido Syntagma, traduzido em sérvio. Esta perspectiva do fenômeno é ainda mais relevante com referên- cia à Rússia de Kiev, onde primeiramente foi confirmada a existência de extratos fragmentários e, a seguir (século XIII), na Merillo pravednoje (“Justa medida”), a tradução em eslavo antigo da Ekloghé tôn nómon e de capítulos do Prócheiron. Sucessivamente, a fundação de Moscou como “Terceira Roma” e, após a queda de Constantinopla, o reconhecimento de João IV (Ivan, o Terrível) como “Imperador dos cristãos ortodoxos de toda a ecumene” (1561) consolidou a via à recepção da tradição oriental do direito romano codificado, contido em livros, e incrementou a tradução e a reedição de compilações anteriores. Também esta grande corrente con- fluiu para os desenvolvimentos da tradição bolonhesa, ou talvez tenha res- tado como que nela submersa. A Universidade de Moscou, fundada em 1755 e a de São Petersburgo, em 1802, foram ambas precedidas, em Mos- cou, pela Academia eslavo-greco-latina, fundada no século XVII, em seguida rebatizada de Academia eslavo-latina, expressão do esforço para manter unidas e coesas as duas principais correntes da vida cultural do País, relativamente ao que vinha prevalecendo, entre contrastes, a orien- tação em direção ao ocidente. O Código de 1832 (Svod Zakonov) renova a tradição de um direito escrito frente aos costumes relativos às institui- ções medievais. O que vem a se formar é, portanto, uma ciência jurídica forte, de derivação bolonhesa, leitora direta dos códigos francês e alemão (infra); mas a presença do direito canônico deve ser considerada (salien- te-se que a superficialidade desses acenos não é adequada à importância desses acontecimentos orientais relativos ao sistema jurídico romanístico, derivada da mesma base dos Códigos de Justiniano; cfr., para tudo, as con- tribuições da pesquisa Da Roma alla Terza Roma. Roma-Costantinopoli- Mosca, Coleção dirigida por P. Catalano-P. Siniscalco, Napoli, 1983).
Mostrar mais

556 Ler mais

A IMPORTÂNCIA DOS CONTEÚDOS ÉTICOS PARA O DIREITO E SEU PAPEL NA RECUPERAÇÃO DA CRISE DO ENSINO JURÍDICO  Rafael Altoé, Ricardo Alves Domingues

A IMPORTÂNCIA DOS CONTEÚDOS ÉTICOS PARA O DIREITO E SEU PAPEL NA RECUPERAÇÃO DA CRISE DO ENSINO JURÍDICO Rafael Altoé, Ricardo Alves Domingues

Em linhas gerais a Ética pode ser definida como a ciência do bom comportamento, tendo na moral o objeto de estudo a partir do qual identificará princípios gerais que embasarão o agir de cada pessoa. Embora existam padrões éticos comuns a serem observados por todos, é inegável que cada ramo do conhecimento deve ter o compromisso de identificar as manifestações que lhe são próprias quanto à Ética. Nota-se, quanto ao Direito, a importância de uma melhor compreensão da Ética, seja para maior controle da atividade jurídica, seja para que sirva de elemento de melhor definição dos comportamentos que se originarão a partir do Direito. Para tanto, é preciso repensar a importância da ética como disciplina autônoma do ensino jurídico, e qual a postura que se espera do docente e do discente quanto a tal tema.
Mostrar mais

24 Ler mais

Intervenção judicial nas sociedades limitadas em face da liberdade de iniciativa

Intervenção judicial nas sociedades limitadas em face da liberdade de iniciativa

Com o advento do Código Civi de 2002, para exclusão extrajudicial de sócio, passou a exigir o artigo 1.085: (I) previsão no contrato social; (II) deliberação da maioria do capital no sentido de que o sócio está pondo em risco a continuidade da empresa, em virtude de atos de inegável gravidade; (III) assembléia especialmente convocada para esse fim; e (IV) ciência do sócio acusado em tempo hábil para permitir o seu comparecimento e a sua defesa. Contudo, não é qualquer descumprimento de obrigação contratual que legitima a exclusão do sócio. A exclusão, por se tratar de medida de extrema gravidade, exige que o fato imputado ao sócio coloque em risco a continuidade da empresa, e seja capaz de romper o equilíbrio entre a colaboração do sócio e o objetivo comum estabelecido pela sociedade, para que se caracterize como justa causa. Grifou-se. (TJSC, Apelação Cível n.º 489221, Relatora: Desembargadora Janice Goulart Garcia Ubialli, Primeira Câmara de Direito Comercial, Julgamento: 6-2-12).
Mostrar mais

147 Ler mais

O orçamento da seguridade social e a efetividade dos direitos sociais

O orçamento da seguridade social e a efetividade dos direitos sociais

No terceiro capítulo fizemos apreciações acerca dos dispositivos financeiros e orçamentários que orientam a matéria. Partindo de uma análise histórica crítica passamos ao estudo mais especifico do orçamento público, entendido como instrumentos de intervenção na ordem social, necessário ao planejamento estatal nesse âmbito. Após, analisamos a natureza jurídica das leis orçamentárias para definir seu efetivo papel no mundo jurídico, sua importância para a implementação de políticas públicas e para a efetividade dos direitos sociais. Retomando as bases sobre o papel positivo do Estado definidas no primeiro capítulo (que orientaram a formulação de despesas) e o que pontuamos acerca das fontes de custeio concluiremos com uma análise de um segmento específico da lei orçamentária anual brasileira: o orçamento da Seguridade Social.
Mostrar mais

35 Ler mais

A  por pareceres em licitações e a liberdade profissional  Rafael Rodrigues de Andrade, Paulo Lage Barboza de Oliveira

A por pareceres em licitações e a liberdade profissional Rafael Rodrigues de Andrade, Paulo Lage Barboza de Oliveira

O parecer é facultativo quando fica a critério da Administração solicitá-lo ou não, além de não ser vinculante para quem o solicitou. Se foi indicado como fundamento da decisão, passará a integrá-la, por corresponder à própria motivação do ato. O parecer é obrigatório quando a lei o exige como pressuposto para a prática final do ato. A obrigatoriedade diz respeito à solicitação do parecer (o que não lhe imprime caráter vinculante). Por exemplo, uma lei que exija parecer jurídico sobre todos os recursos encaminhados ao Chefe do Executivo; embora haja obrigatoriedade de ser emitido o parecer sob pena de ilegalidade do ato final, ele não perde seu caráter opinativo. Mas a autoridade que não o acolher deverá motivar sua decisão [...].
Mostrar mais

24 Ler mais

DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E O DUMPING SOCIAL  Dandara dos Santos Barros Passos, Vitória Carolina Tavares E Soares

DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E O DUMPING SOCIAL Dandara dos Santos Barros Passos, Vitória Carolina Tavares E Soares

A pesquisa que se propõe pertence à vertente metodológica jurídico-sociológica. No tocante ao tipo de investigação, foi escolhido, na classificação de Witker (1985) e Gustin (2010), o tipo jurídico-compreensivo ou jurídico interpretativo. Para Gustin (2010, p. 28), neste tipo, “utiliza-se do procedimento analítico de decomposição de um problema jurídico em seus diversos aspectos, relações e níveis. (...) São as pesquisas que investigam objetos de maior complexidade e com maior aprofundamento”. Assim sendo, diante do universo complexo e variado do trabalho em condições análogas à de escravos, trata-se do tipo mais adequado à pesquisa proposta.
Mostrar mais

11 Ler mais

Show all 4546 documents...