• Nenhum resultado encontrado

Solo exposto

Florística e fitossociologia da vegetação de um campo sujeito à arenização no sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Florística e fitossociologia da vegetação de um campo sujeito à arenização no sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

... o solo secos provocava a remoção de ...do solo e da cobertura vegetal, causando o aumento significativo das manchas de areia, como observado pela maior cobertura de solo exposto no ...

13

Ecologia da paisagem: mapeamento da vegetação da Reserva Biológica da Serra do Japi, Jundiaí, SP, Brasil.

Ecologia da paisagem: mapeamento da vegetação da Reserva Biológica da Serra do Japi, Jundiaí, SP, Brasil.

... (solo exposto, campo antrópico e reflorestamento homogêneo) e cinco naturais (floresta estacional semidecidual montana dossel uniforme - microfanerófitos; floresta estacional semidecidual montana dossel ...

11

Prognose do uso da terra em ambientes sujeitos à desertificação utilizando Cadeias de Markov e Autômatos Celulares

Prognose do uso da terra em ambientes sujeitos à desertificação utilizando Cadeias de Markov e Autômatos Celulares

... classe Solo exposto, pôde-se observar que esta classe esteve bem próxima em área da classificação de 2005, 51 e 59 km 2 , nesta ...classe Solo exposto, pôde-se perceber um baixo desempenho, ...

69

DINÂMICA DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE DRENAGEM DO RESERVATÓRIO DE ABASTECIMENTO DO SISTEMA JURAMENTO/MG

DINÂMICA DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE DRENAGEM DO RESERVATÓRIO DE ABASTECIMENTO DO SISTEMA JURAMENTO/MG

... do solo nesse estudo, a cobertura vegetal na área de drenagem foi dividida em: Pastagem, Solo Exposto, Água, Mata Ciliar, Cerrado Stricto Senso e Campo Cerrado, Cerrado Denso e Eucalipto, uma vez que ...

15

GEOTECNOLOGIAS NO DIAGNÓSTICO DE CONFLITOS DE USO DO SOLO DE UMA MICROBACIA DO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA - MT.

GEOTECNOLOGIAS NO DIAGNÓSTICO DE CONFLITOS DE USO DO SOLO DE UMA MICROBACIA DO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA - MT.

... Foram criadas cinco classes sendo elas: Floresta, Pastagem, Água, Solo Exposto e Ocupação Urbana. Para cada uma destas classes foram coletadas aleatoriamente Pontos de Controle (PCs) do tipo ROI (Region of ...

9

Monitoramento da cobertura do solo no entorno de hidrelétricas utilizando o classificador...

Monitoramento da cobertura do solo no entorno de hidrelétricas utilizando o classificador...

... 26 entre os Estado de Alagoas e Sergipe. Os autores citam Sachs (1993), que definiu a desertificação como sendo “a degradação da terra nas zonas áridas, semi-áridas e sub-úmidas secas, resultante de vários fatores, ...

107

Influência do uso e ocupação do solo na temperatura da superfície: o estudo de caso de João Pessoa - PB.

Influência do uso e ocupação do solo na temperatura da superfície: o estudo de caso de João Pessoa - PB.

... A Figura 6b mostra aumento da temperatura nas porções sudoeste e sudeste da cidade em relação ao período 20062010. Isso pode ser explicado devido ao fato de essas áreas possuírem grande presença de solo ...

17

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO GEOGRAFIA E GESTÃO DO TERRITÓRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO GEOGRAFIA E GESTÃO DO TERRITÓRIO

... com solo exposto apresentou alguns processos que ocorrem em uma superfície sem cobertura vegetal (ou outra proteção), com encrostamento da superfície, rede de ravinas, pedestais, elevada taxa de transporte ...

118

DINÂMICA DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO LITORAL DE MACAU-RN NO PERÍODO DE 1978 À 2008

DINÂMICA DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO LITORAL DE MACAU-RN NO PERÍODO DE 1978 À 2008

... inundação, solo exposto, águas continentais, caatinga, dunas fixas, dunas móveis e manguezal), que posteriormente foram transformadas em mapas de uso do ...

11

Atributos físico-químicos de um Latossolo do Cerrado brasileiro e sua relação com características dendrométricas do eucalipto

Atributos físico-químicos de um Latossolo do Cerrado brasileiro e sua relação com características dendrométricas do eucalipto

... Tendo em vista o maior interesse agronômico na característica principal da planta (VOL), o destaque ficou por conta dos pares VOL vs pH1 e VOL vs MO2 (Quadro 2), referente às equações (6) e (7) (Quadro 3). Houve variação ...

12

Atributos do solo e componentes produtivos da soja: Uma abordagem linear, multivariada e geoestatística

Atributos do solo e componentes produtivos da soja: Uma abordagem linear, multivariada e geoestatística

... O solo no qual a malha experimental foi instalada é um Latossolo Vermelho Distroférrico típico argiloso, A moderado, hipodistrófico, álico, caulinítico, férrico, muito profundo, moderadamente ácido (Typic ...

74

Atributos físicos de um Latossolo Vermelho correlacionados linear e espacialmente com a consorciação de guandu com milheto

Atributos físicos de um Latossolo Vermelho correlacionados linear e espacialmente com a consorciação de guandu com milheto

... m) por ponto, com locação do ponto da malha centrali- zado entre quatro linhas de cultivo, sendo este método baseado na menor distância entre dois pontos (1,67 m). Todas as plantas da área útil de cada ponto amostral ...

11

Estoque e disponibilidade de nitrogênio no solo em experimento de longa duração.

Estoque e disponibilidade de nitrogênio no solo em experimento de longa duração.

... do solo, conservação da água no solo e reciclagem de nu- ...do solo (Poudel et ...no solo pela fixação biológica realizada pelas leguminosas somada à menor taxa de mineralização do N orgânico ...

10

Correlação linear e espacial entre a produtividade do feijoeiro e atributos físicos de um LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico de Selvíria, Estado de Mato Grosso do Sul.

Correlação linear e espacial entre a produtividade do feijoeiro e atributos físicos de um LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico de Selvíria, Estado de Mato Grosso do Sul.

... do solo indicaram que a distribuição no espaço não foi aleatória, uma vez que suas classes de dependência espacial variaram de 23,3% (baixa para a DS3) a 99,6% (alta para a ...

8

Compactação de um solo de uso florestal submetido ao tráfego de arraste de madeira.

Compactação de um solo de uso florestal submetido ao tráfego de arraste de madeira.

... do solo e a produtividade da floresta. As propriedades físicas do solo avaliadas foram: densidade, porosidade total e resistência mecânica do solo à ...

8

Modelagem da perda de solo por erosão hídrica em Planossolo Háplico / Modeling of soil loss by water erosion in Haplic Planosol

Modelagem da perda de solo por erosão hídrica em Planossolo Háplico / Modeling of soil loss by water erosion in Haplic Planosol

... de solo para os quatro períodos (Figura 2) através da USLE. A perda de solo no P1 (1996-2016) foi de 4,72 Mg ha -1 ano -1 (Figura ...de solo 21,34% maior do que o P4, que foi de 3,89 Mg ha -1 ano -1 ...

9

ASPECTOS
FSICOS E QUMICOS DE ESPCIES ARBREAS NATIVAS E AGRCOLAS COM USO DE
LODO DE ESGOTO DOMSTICO

ASPECTOS FSICOS E QUMICOS DE ESPCIES ARBREAS NATIVAS E AGRCOLAS COM USO DE LODO DE ESGOTO DOMSTICO

... em solo com adição de lodo e cal tiveram um maior crescimento tanto na altura, quanto em sua parte foliar, já as hortaliças, que foram plantadas no solo com lodo, o desenvolvimento foi mediano com exceção ...

13

Compressão do Solo e Profundidade de Semeadura na Emergência e no Crescimento Inicial da Cultura do Milho (Zea Mays L.)Renato de Mello PRADO, Osvaldo COAN, Maria Luiza Perez VILLAR

Compressão do Solo e Profundidade de Semeadura na Emergência e no Crescimento Inicial da Cultura do Milho (Zea Mays L.)Renato de Mello PRADO, Osvaldo COAN, Maria Luiza Perez VILLAR

... Inicialmente realizou-se a sulcação mecânica com auxílio dos carrinhos nos respectivos níveis de profundidade e em seguida foi realizada a semeadura da cultura do milho manualmente em 19/04/99, com auxílio de tábuas com ...

6

Show all 10000 documents...

temas relacionados