Solução de reidratação oral

Top PDF Solução de reidratação oral:

Soluções de reidratação oral no modelo de desnutrição e diarreia induzida pela toxina do cólera em camundongos : corregulação gênica e expressão das proteínas  SGTL1, PEPT1, CAT1 e SN2

Soluções de reidratação oral no modelo de desnutrição e diarreia induzida pela toxina do cólera em camundongos : corregulação gênica e expressão das proteínas SGTL1, PEPT1, CAT1 e SN2

Para avaliar o impacto da desnutrição associado à diarreia secretória induzida pela TC, camundongos (n=6) receberam DBR durante 7 dias e TC (1µg/ml) foi injetada 30 min antes de iniciar a perfusão intestinal com as diferentes soluções de reidratação, conforme descrito anteriormente. Animais desnutridos expostos à TC e a seguir, perfundidos por 75 minutos com solução de Ringer modificada (DR+TC) apresentaram aumento significativo na secreção de água (42%) quando comparado ao grupo nutrido exposto à TC(NR+TC). Não se observou diferença significativa no transporte de sódio e cloreto, nem na variação da osmolaridade entre os grupos NR+TC e DR+TC. O grupo DR+TC apresentou menor secreção de potássio (28%) quando com o grupo NR+TC (* P<0,05, Teste t pareado).(TABELA 13, GRÁFICO 12).
Mostrar mais

118 Ler mais

Perfil hidroeletrolítico, ácido-base, metabólico e mineral de vacas da raça holandesa no pós-parto e avaliação da fluidoterapia oral

Perfil hidroeletrolítico, ácido-base, metabólico e mineral de vacas da raça holandesa no pós-parto e avaliação da fluidoterapia oral

geralmente é mais indicada (Smith, 2005). Diversos trabalhos têm sido realizados com o intuito de testar diferentes formulações de soluções para reidratação oral de bovinos (Studer et al., 1993; Goff e Horst, 1994; Visser et al. 2002; Enemark et al., 2009), e consequentemente avaliar o impacto e traçar fundamentos para sua utilização, inclusive como instrumento profilático para vacas com aptidão leiteira de alta produção. Estudo feito nos Estados Unidos recomenda tratamento profilático de vacas recém- paridas, através do fornecimento de fluido oral, com grande quantidade de água contendo uma mistura de eletrólitos (Stokes e Goff, 2001). No ano de 2008, tal procedimento já era adotado em cerca de 20 a 25% das grandes fazendas de produção de leite neste mesmo país (Goff, comunicação pessoal citado por Enemark et al., 2009). Esta prática, entretanto, ainda não é unanimidade e questiona-se o benefício da mesma frente aos riscos, tais como lesões esofágicas e falsa via, durante a passagem da sonda orogástrica e fornecimento da solução. Os defensores desta linha de raciocínio argumentam que se é necessário a utilização de soluções orais profiláticas para assegurar um período de transição satisfatório, algo estaria fundamentalmente errado com o programa de manejo das vacas durante esta fase e que corrigir as falhas, seria o procedimento mais correto a ser adotado (Guterbock, 2004).
Mostrar mais

103 Ler mais

Avaliação do conhecimento de mães sobre terapia de reidratação oral e concentração de sódio em soluções sal-açúcar de preparo domiciliar.

Avaliação do conhecimento de mães sobre terapia de reidratação oral e concentração de sódio em soluções sal-açúcar de preparo domiciliar.

Em nosso estudo, não foi encontrada associação entre os conhecimentos das mães, assim como a concentração de sódio nas soluções analisadas, com o nível socioeconômi- co, grau de escolaridade materna e número de filhos meno- res de 5 anos. É importante mencionar que, na amostra estudada, estas variáveis apresentavam padrão razoavel- mente homogêneo, dentro do espectro do baixo nível socio- econômico, incluindo escolaridade de poucos anos, o que provavelmente concorda com as características da popula- ção das periferias dos centros urbanos brasileiros. Deve-se considerar a possibilidade de que mães com maior grau de escolaridade e melhor nível socioeconômico apresentem maior potencial para preparar soluções sal-açúcar com composição apropriada, caso necessitem e sejam orienta- das para o seu preparo de forma correta. No entanto, estudo realizado em Bangladesh 13 mostrou que mães com educa- ção elementar não apresentaram melhor habilidade para preparar a solução sal-açúcar, após terem recebido infor- mações sobre o seu preparo, incluindo demonstração práti- ca, em relação às mães não-alfabetizadas.
Mostrar mais

6 Ler mais

Concentração de sódio e glicose em soro de reidratação oral preparado por Agentes Comunitários de Saúde.

Concentração de sódio e glicose em soro de reidratação oral preparado por Agentes Comunitários de Saúde.

Com relação ao sódio, os ACS tiverem maior percentual de adequação quando utilizaram o método punhado pitada (44,2%), seguido pela colher medida (31,4%) e pela colher caseira (13,7%). Com respeito à glicose, o uso do punha- do pitada foi o que produziu mais soluções ade- quadas (50,0%), seguido pela colher medida e pela colher caseira, ambos com 19,6% de adequação. Os percentuais de adequação simultânea de só- dio e glicose na TRO, segundo a forma de preparo, estão apresentados a seguir na Figura 1. O maior percentual de adequação, seja em constituinte isola- do (sódio ou glicose) ou em conjunto (sódio e glico- se), foi obtido pelo método punhado pitada, segui- do pela colher medida e colher caseira. Assim sen- do, segundo o método de preparo, o percentual de TRO inadequadas variou entre 71,1 a 96,1%, indi- cando que na prática os ACS apresentam grande déficit ao preparar a solução mundialmente reco- mendada para o tratamento da diarreia infantil.
Mostrar mais

8 Ler mais

Indicação da Terapia de Reidratação Oral no setor de emergência: decisão baseada na clínica?.

Indicação da Terapia de Reidratação Oral no setor de emergência: decisão baseada na clínica?.

Duas questões, portanto, parecem nortear a busca ina- dequada pelo Setor de Emergência: uma educacional (que envolve discernimento sobre o conceito de emergência e funções dos níveis de assistência) e outra relacionada a uma aparente insuiciência da atenção básica em fornecer assis- tência adequada. Assim, melhora do acesso e da qualidade dos cuidados primários e secundários, bem como da relação entre os diferentes níveis de assistência, aliada a campanhas educacionais junto à população sobre o uso apropriado dos Serviços de Saúde poderiam ser a solução do problema (34) . A
Mostrar mais

6 Ler mais

Avaliação da analgesia com o uso da mistura eutética de anestésico local (lidocaína e prilocaína) e/ou solução oral de glicose a 25% em recém-nascidos pré-termo durante instalação de cateter central de inserção periférica

Avaliação da analgesia com o uso da mistura eutética de anestésico local (lidocaína e prilocaína) e/ou solução oral de glicose a 25% em recém-nascidos pré-termo durante instalação de cateter central de inserção periférica

According to a recent Cochrane review [40], sucrose is safe and effective at reducing procedural pain from single events in minor procedures in NICU, but this therapy has not previously been studied with regard to PICC insertion. In the present study, there was no difference in the pain score between glucose used alone or in combination with EMLA ® cream. This may be explained by the fact that PICC insertion is not a minor procedure and, therefore, other treatment strategies should be considered. Previous studies have evaluated the use of other options for pain treatment during PICC insertion [25, 41]. Taddio et al. found that morphine or the combination of tetracaine and morphine was more effective than no analgesia in reducing pain in ventilated neonates during PICC placement but pain scores did not differ statistically for tetracaine alone versus no treatment [41]. More recently, Lago et al. conducted a randomized study with 54 neonates comparing a low dose of remifentanil infusion versus a placebo during PICC placement. Both groups also received oral glucose and non-nutritive sucking. The procedure was broken down into separate observation times, as in the present study. The results revealed a significant difference between the remifentanil and control groups in NIPS and PIPP scores during needle insertion. Moreover, the authors reported no episodes of chest wall rigidly, apnea, bradycardia or hypotension. However, more episodes of desaturation occurred in the remifentanil group [25]. All these complications must be weighed when deciding whether to use an opioid like morphine or even remifentanil as an analgesic for PICC placement.
Mostrar mais

151 Ler mais

Umidade ponderal em tecidos de pereira durante o período de dormência sob condições de inverno ameno.

Umidade ponderal em tecidos de pereira durante o período de dormência sob condições de inverno ameno.

A reidratação das gemas envolve, necessariamente, a geração de potencial de pressão no ramo, ocasionado pelo efluxo de açúcares solúveis das células parenquimáticas, que atrairá osmoticamente a água para dentro dos vasos do xilema durante o processo de mobilização de reservas. Segundo Leite (2004), a reidratação das gemas ocorre, em geral, um mês antes da brotação, associada à mobilização do amido e ao deslocamento da água junto com os açúcares solúveis. A aceleração do crescimento das gemas se manifesta após a superação da endodormência, por meio da redução e da estabilização dos valores do tempo médio de brotação, obtido pelo "teste de estacas de nós isolados", com aumento no conteúdo de água nas gemas.
Mostrar mais

7 Ler mais

Aperfeiçoamento do uso de hipoclorito de sódio para acelerar a germinação de sementes e a emergência de plântulas de cafeeiro (Coffea arabica L.)

Aperfeiçoamento do uso de hipoclorito de sódio para acelerar a germinação de sementes e a emergência de plântulas de cafeeiro (Coffea arabica L.)

O uso de solução de hipoclorito de sódio na pré-embebição de sementes de cafeeiro, visando à degradação do pergaminho, vem se mostrando uma técnica promissora para acelerar a germinação de sementes, em condições de laboratório. No entanto, há necessidade de aperfeiçoamento da técnica, pois foram testadas, somente, em sementes apresentando grau de umidade de 28%. As sementes de cafeeiro, por serem classificadas na categoria “intermediária” quanto ao comportamento no armazenamento (ELLIS et al., 1990), podem ser armazenadas com umidade de até 48%, tolerando a dessecação até 10%, sendo que em umidades inferiores a esta, ocorre redução da viabilidade. Mesmo podendo ser armazenadas em uma ampla faixa de umidade, as sementes apresentam curta longevidade, sendo que, após quatro a seis meses, elas perdem a viabilidade (VASCONCELOS et al., 1992). Na literatura há controvérsias quanto à umidade adequada ao armazenamento de sementes. Entretanto, parte significativa dos trabalhos mostra maior longevidade das sementes quando conservadas com elevados graus de umidade, normalmente acima de 35% (VALIO, 1976; VOSSEN, 1979; SILVA & DIAS, 1985; ARAUJO, 1988; BARBOZA & HERRERA, 1990; VASCONCELOS et al., 1992; DIAS & BARROS, 1993).
Mostrar mais

82 Ler mais

Terapia de reidratação oral no setor de emergência.

Terapia de reidratação oral no setor de emergência.

Este estudo apresenta algumas limitações. Foi restrito a dois serviços de emergência em Recife, o que limita sua generalização para outros locais e países em desen- volvimento. Além disso, como as análises baseiam-se em estudo descritivo, as associações estabelecidas entre o tipo de hidratação e possíveis determinantes são um tan- to especulativas. Uma vez que a decisão quanto ao tipo de hidratação prescrito envolve múltiplos fatores, outras informações, acerca de variáveis socioeconômicas, nível de educação familiar e tentativas de uso domiciliar dos sais de reidratação oral, por exemplo, podem inluenciar no tratamento. Finalmente, a utilização da deinição do estado de hidratação, de acordo com a visão do médico assistente, pode ser subjetiva. No entanto, não foi obje-
Mostrar mais

5 Ler mais

Bioequivalência de Preparações Comerciais de L-Tiroxina (100 e 200µg): Avaliação em Pacientes Hipotireóideos Previamente Tireoidectomizados.

Bioequivalência de Preparações Comerciais de L-Tiroxina (100 e 200µg): Avaliação em Pacientes Hipotireóideos Previamente Tireoidectomizados.

livre abaixo dos valores mínimos normais (tabelas 2 e 3). A seguir, comparamos a variação dos parâmetros acima sob administração de solução oral de L-T4 (100µg) (considerada como padrão ouro de absorção e biodisponibilidade), comparativamente à variação das mesmas variáveis, quer sob a administração de 100µg de L-T4A (tabela 2) ou 100µg de L-T4B (tabela 3). Não se observou nenhuma diferença significante (ANOVA) entre a preparação de solução oral de L-T4 e os comprimidos de L-T4A (tabela 2) ou de L-T4B (tabela 3). Verificou-se, contudo, que em ambas as apresentações comerciais e mesmo na administração de solução oral o valor médio de TSH endógeno não atingiu nível normal, permanecendo elevado, apesar do T4 livre médio ter alcançado concentração adequada ao fim de 15 dias de administração diária de L-T4. Inter- pretamos esta aparente divergência como havendo, em nível dos tireotrofócitos hipofisários, certo tempo de latência para a resposta da retro-regulação por L-T4.
Mostrar mais

10 Ler mais

Eclet. Quím.  vol.35 número4

Eclet. Quím. vol.35 número4

O presente trabalho teve como objetivo inves- tigar o processo de degradação do medicamento Fosfato Sódico de Prednisolona na forma farmacêu- tica de solução oral por meio de ensaios de degrada- ção forçada, utilizando a metodologia analítica para a quantificação do fármaco (validada para tal finalida- de), avaliando-se para isso, os parâmetros pertinentes à classe II, de acordo com a Resolução nº. 899/2003 da ANVISA, que se refere à classificação do teste conforme a finalidade, ou seja, para análises de ensaio limite para a determinação de impurezas e produtos de degradação em produtos farmacêuticos e matérias-primas, visando também o delineamento da cinética de degradação do fármaco por meio de determinações em tempos pré-determinados até obtenção da degradação máxima.
Mostrar mais

8 Ler mais

HOMOIMPLANTE ORTOTÓPICO DE TENDÃO CALCÂNEO EM CÃES: CONSERVAÇÃO, ASSEPSIA E IMPLANTAÇÃO.

HOMOIMPLANTE ORTOTÓPICO DE TENDÃO CALCÂNEO EM CÃES: CONSERVAÇÃO, ASSEPSIA E IMPLANTAÇÃO.

Estudando a conservação de dura-máter homóloga em glicerina, PIGOSSI (1964) verificou que essa solução, além de ser poderoso anti-séptico, desidrata o tecido, substituindo a maior parte da água intracelular sem, entretanto, alterar a concen- tração iônica das células, protegendo sua integrida- de. Em pesquisa publicada em 1967, PIGOSSI citou que a glicerina reduz a antigenicidade e preserva a textura de peças de dura-máter canina e humana, nela conservadas; concluiu que, além de atuar como agente fixador e desidratante de atuação rápida, a glicerina tem ação anti-séptica com amplo espectro de ação excetuando-se sobre as formas bacterianas esporuladas. INATOMI et al. (1980) avaliaram a implantação de dura-máter bovina e suína, conser- vada em glicerina por mais de seis meses, na bainha do músculo reto abdominal de cães. Os autores de- monstraram que houve aceitação das membranas, pelo hospedeiro, sem sinais de rejeição.
Mostrar mais

6 Ler mais

Efeito da reidratação nos aspectos ecofisiológicos da Copaifera langsdorffii Desf

Efeito da reidratação nos aspectos ecofisiológicos da Copaifera langsdorffii Desf

Resumo – As condições ambientais extremas devido à sazonalidade do Cerrado promovem alterações fisiológicas nas plantas em respostas às condições de estresse. Estresse é o efeito causado por um ou mais fatores externos que levam à deficiência ou diminuição do metabolismo e/ou desenvolvimento da planta. Muitas espécies arbóreas exibem mecanismos morfológicos, fisiológicos e bioquímicos, para superar eventual suprimento inadequado de água, como mudanças no padrão de crescimento, desenvolvimento de órgãos vegetativos, alteração da condutância estomática, ajuste do potencial osmótico dos tecidos e produção de substâncias do metabolismo secundário. O presente estudo teve por objetivo avaliar os aspectos ecofisiológicos de Copaifera langsdorffii Desf. no Cerrado e em sistema controlado a fim de analisar os ajustes da espécie em relação ao déficit hídrico característico do ambiente ao qual a espécie é encontrada. C. langsdorffii apresentou ajustes similares nas relações hídricas nos dois ambientes estudados, com lenta recuperação da condutância estomática após reidratação e resposta imediata do conteúdo relativo de água. O potencial da água na folha de predawn em condições campo não indicou diferença estatística entre as estações seca e úmida, confirmando a capacidade de reidratação noturna dos tecidos independente da estação do ano e da condição hídrica. Em condição de campo, com o acúmulo da precipitação, ocorreu o aumento da condutância estomática, mesmo com valores mais baixos do potencial da água em midday. A eficiência fotoquímica avaliada através dos parâmetros da fluorescência da clorofila a mostra que o rendimento quântico é afetado pelo déficit hídrico, porém esse processo pode ser restabelecido com a disponibilidade de água. Assim, a espécie em estudo apresenta a capacidade de retomar o desempenho fotoquímico assumindo o mesmo valor anterior ao estresse. Atividade enzimática em campo aumentou após o período de estresse e diminuiu em condições hídricas favoráveis. A espécie C.langsdorffii exibiu a capacidade de resposta em relação à restrição de água tanto nos parâmetros de relações hídricas quanto nas reações da etapa fotoquímica da fotossíntese. Portanto, os dados encontrados neste estudo fornecem subsídios para futuros estudos em espécies vegetais que sobrevivem em ambientes contrastantes com extensos períodos de falta d’água.
Mostrar mais

94 Ler mais

Criopreservação de embriões zigóticos de cafeeiro: desidratação e reidratação osmótica

Criopreservação de embriões zigóticos de cafeeiro: desidratação e reidratação osmótica

A conservação dos recursos genéticos vegetais é uma medida importante para prevenção do processo de erosão genética. Bancos de sementes são as formas mais comuns de conservação ex situ, entretanto, sementes de cafeeiro não podem ser armazenadas por métodos convencionais. A criopreservação é uma alternativa viável para conservação em longo prazo de espécies, como o cafeeiro, que produzem sementes intermediárias ou recalcitrantes. O objetivo deste trabalho foi criopreservar embriões zigóticos de Coffea arabica L. cv Catuaí Vermelho avaliando o efeito da desidratação antes da criopreservação, e da reidratação osmótica após o descongelamento. Antes da criopreservação foram testados e determinados os teores de umidade em diferentes tempos de desidratação (0, 15, 30, 60 e 120 min). Após a desidratação os embriões foram criopreservados por uma hora em nitrogênio líquido, e após o descongelamento foram reidratados utilizando solução osmótica. Para avaliação da viabilidade de embriões desidratados e/ou criopreservados, utilizou-se o teste com o cloreto de 2,3,5-trifenil tetrazólio. Embriões não desidratados não sobreviveram ao congelamento. Embriões desidratados até cerca de 20% de umidade que não passaram por uma reidratação osmocondicionada, não germinaram. Embriões desidratados até cerca de 20% de umidade, criopreservados e reidratados lentamente após o descongelamento, apresentaram 98% de germinação. A máxima viabilidade obtida através do teste de tetrazólio foi 75% após 60 minutos de desidratação. Portanto, embriões zigóticos de cafeeiro podem ser criopreservados utilizando desidratação física em sílica gel por 60 minutos (23% de teor de umidade), seguida de reidratação com solução osmótica após o descongelamento. Esse método permitiu a germinação de 98% dos embriões criopreservados.
Mostrar mais

10 Ler mais

Efeitos da temperatura e do volume de água ingerido nodesempenho durante 40 km de ciclismo com intensidade auto-regulada no calor

Efeitos da temperatura e do volume de água ingerido nodesempenho durante 40 km de ciclismo com intensidade auto-regulada no calor

(2008a) repetiram o delineamento do estudo acima alterando somente a estratégia de reposição de líquidos. Apesar da mudança no plano de reidratação, o tempo total de exercício [r]

107 Ler mais

Uso de solução bucal com sistema enzimático em pacientes totalmente dependentes de cuidados em unidade de terapia intensiva.

Uso de solução bucal com sistema enzimático em pacientes totalmente dependentes de cuidados em unidade de terapia intensiva.

Para todos os pacientes foi preenchida uma i cha clíni- ca no momento do exame bucal contendo informações sobre idade, sexo, diagnóstico médico, diagnóstico odontológico, data da avaliação odontológica, medi- cação em uso, nível de consciência, condição das vias aéreas: intubado ou não, cavidade oral - presença ou não de lesão, consistência salivar, motricidade oral, lá- bio, língua, uso de prótese removível: sim-não, supe- rior-inferior-ambas, deglutição: adequada-inadequada, via de suporte nutricional, produto utilizado para higie- ne oral e freqüência. Avaliação bucal após o uso do produto.
Mostrar mais

6 Ler mais

Desenvolvimento de processo piloto para produção de dobradinha (rúmen e retículo bovinos) desidratada

Desenvolvimento de processo piloto para produção de dobradinha (rúmen e retículo bovinos) desidratada

Em relação à maciez final, vê-se claramente que houve diferença significativa entre os tipos de reidratação, sendo que a realizada em água quente apresentou valores de médias (3463,94 kgf e 3414,18 kgf) muito superiores à reidratação com água em temperatura ambiente (1933,09 kgf e 1777,73 kgf) para os cozimentos PP30 e A30 respectivamente, indicando maiores valores de maior força de cisalhamento e , conseqüentemente, maior dureza do produto. Esses resultados podem ser devidos ao processo de reidratação ter sido mais rápido, ocasionando uma menor absorção / retenção de água no produto conforme também citado por Cheftel et al., (1983).
Mostrar mais

32 Ler mais

Estudo do metabolismo dos lipídeos de membranas do cloroplasto e dos genes associados em Vigna unguiculata (L.) Walp. em condição de déficit hídrico e reidratação subseqüente

Estudo do metabolismo dos lipídeos de membranas do cloroplasto e dos genes associados em Vigna unguiculata (L.) Walp. em condição de déficit hídrico e reidratação subseqüente

A expressão de VuDGD1 foi estimulada pela seca leve e moderada nas duas cultivares (Figura 27A), esta superexpressão resultou em aumento no teor lipídico e na incorporação do precursor marcado somente na cultivar tolerante, EPACE (Figura 9 e Figura 12B). Existe por tanto para a cv. 1183 discrepancia entre a expressão, o teor e a incorporação no DGDG de forma semelhante a observada para o MGDG. O aumento na síntese do DGDG durante a seca em EPACE pode em parte explicar a diminuição do teor de MGDG apesar da estimulação da expressão observada, tendo em vista que o DGDG é produzido a partir da galactosilação de uma molécula de MGDG (DORNE et al., 1982; AWAI et al., 2001). Enquanto que em EPACE a seca provoca aumento significativamento do DGDG e leve aumento do PC, dois lipídeos formadores de bicamada, um característico dos cloroplastos e o outro de membranas citoplasmáticas, na cultivar sensível a seca provoca uma forte diminuição tanto do DGDG quanto do PC (Figura 9). O teor desses dois lipídeos continua elevado na cultivar tolerante mesmo durante a reidratação, enquanto que os níveis de planta controle na cultivar sensível não são atingidos mesmo após 48h de reidratação (Figura 9).
Mostrar mais

154 Ler mais

Superação da dormência de sementes de capim colonião.

Superação da dormência de sementes de capim colonião.

Teores de água (%) das sementes obtidos imediatamente após a aplicação dos tratamentos químicos e térmicos, após a reidratação das sementes e durante os 6 meses de armazenamento de semen[r]

8 Ler mais

Pré com solução nutricional oral sobre a imunomodulação e o estresse oxidativo em pacientes submetidas à  total

Pré com solução nutricional oral sobre a imunomodulação e o estresse oxidativo em pacientes submetidas à total

The host’s protective mechanisms are mediated by the ability of immunonutrients in defense mechanisms, such as the inflammatory response and antioxidant capacity. Among the most investigated are glutamine, arginine and polyunsaturated fatty acids derived from fish oil, anti-inflammatory agents which act on the synthesis of eicosanoids and regulate the immune response. This study is clinical, prospective, randomized, controlled, double-blind, aimed to identify whether there is any effect arising from nutraceutical preconditioning with use of a supplement containing L- alanyl-glutamine, and arginine mixture of oils containing fatty acids ω3 (EPA, DHA and ALA) on the oxidative stress and immunomodulation in surgical trauma. The supplement was administered in one dose of 200ml/day during the preoperative period (7 days before surgery) in patients undergoing abdominoplastia. Laboratory evaluations were performed before administration of the supplement (7 days before surgery – T0), before the anesthetic induction (T1), in the 1nd postoperative day (T2) and in the 3nd postoperative day (T3). The sample (25 patients) was divided into 2 groups: SNO1 - skim milk (0% fat) and SNO2 – suplement group: Supplement with ω6: ωγ ratio of 1,4:1 and ω9: ω6 ratio of γ,β:1, Arginine (10g/day), L-alanyl-glutamine (15g/day). Values of lymphocytes, leukocytes, TBARS, glutathione peroxidase activity and concentration of total antioxidants in the three times of both groups were analyzed. There was no statistically significant difference between the control and study groups for variables lymphocytes, leukocytes, TBARS, glutathione peroxidase activity. There was a statistically significant difference between the control group and related to the concentration of total antioxidant study. Therefore, oral nutritional supplements containing L-alanyl-glutamine, arginine and oil mixture with a high ratio ω9: ω6 and low ratio ω6:ωγ containing ωγ acids (ALA, DHA and EPA) has nutraceutical effect of preconditioning the values of total antioxidants in surgical trauma in patients undergoing total abdominoplasty.
Mostrar mais

76 Ler mais

Show all 10000 documents...