Tecidos humanos

Top PDF Tecidos humanos:

Estratégias educativas utilizadas na educação básica para conscientização dos alunos sobre a temática doação/transplante de órgãos e tecidos humanos: revisão integrativa da literatura

Estratégias educativas utilizadas na educação básica para conscientização dos alunos sobre a temática doação/transplante de órgãos e tecidos humanos: revisão integrativa da literatura

A negativa das famílias entrevistadas para autorizar a doação de órgãos e/ou tecidos de seus familiares recém-falecidos chega a 43% no Brasil, segundo o Registro Brasileiro de Transplantes de 2017. Dado preocupante diante dos 32.958 pacientes que aguardam em fila, por um órgão ou tecido. Diante desta realidade, levanta-se a necessidade da conscientização da população, por meio de estratégias educativas que possam favorecer o diálogo sobre a temática, resultando na aceitação no e aumento do número de doações. A literatura sugere que se deve considerar a possibilidade de incluir esse conteúdo no decorrer da formação escolar da criança e do adolescente, uma vez que esses são propagadores naturais na sociedade. O presente estudo teve por objetivo mapear as estratégias educativas utilizadas para a conscientização de escolares da educação básica de crianças e adolescentes, do ensino fundamental e médio, sobre a temática da Doação/Transplante de Órgãos e Tecidos Humanos. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura sobre o tema central, operacionalizada por meio de buscas de artigos com resultados de estudos primários publicados entre 1990 e 2017 no portal PubMed e nas bases de dados SCOPUS, CINAHL, EMBASE, Web of Science, LILACS, BDENF e ADOLEC. As buscas foram guiadas pela pergunta: “Quais são as
Mostrar mais

152 Ler mais

O CONHECIMENTO COMO INSTRUMENTO NO INCENTIVO A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS HUMANOS

O CONHECIMENTO COMO INSTRUMENTO NO INCENTIVO A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS HUMANOS

O projeto de extensão possibilitou uma divulgação sobre a doação de órgãos e tecidos humanos para um grande número de pessoas, principalmente jovens, que por vezes, ainda não estabeleceram uma opinião sobre o desejo de ser ou não doador. Acredita-se que o empoderamento de um indivíduo sobre uma decisão ocorre quando o mesmo tiver informação suficiente para deliberar sobre o assunto. Assim, divulgar, discutir e informar sobre doação de órgãos é um ato de cidadania para com as pessoas que podem ser doadoras, bem como aquelas que necessitam de um órgão. Levar informação à população é fazer com que a informação se difunda.
Mostrar mais

8 Ler mais

Redes de co-expressão entre genes codificantes de proteínas mitocondriais e todos os restantes genes nos vários tecidos humanos

Redes de co-expressão entre genes codificantes de proteínas mitocondriais e todos os restantes genes nos vários tecidos humanos

O Genotype-Tissue Expression é uma base de dados com informação da expressão génica em diferentes tecidos humanos. Esta informação quantitativa foi obtida através da sequenciação de mRNA extraído de tecidos post-mortem de indivíduos acidentados. Os indivíduos elegíveis tinham idades compreendidas entre os 21 e os 70 anos, numa proporção semelhante entre os géneros e eram maioritariamente caucasianos [ LTS + 13 ]. A condição essencial era que a extracção fosse realizada até 24 horas após morte, dado que a degradação do mRNA é muito rápida, variando con- soante a zona do tecido e o tempo isquémico da amosta (intervalo de tempo em que a amostra não tem irrigação sanguínea). Através da disponibilização pública destes dados, é possível aos in- vestigadores aprofundar o estudo na expressão génica e identificar através dos diferentes níveis de expressão quais as regiões mais influentes do genoma e de que maneira podem afectar a expressão dos genes.
Mostrar mais

78 Ler mais

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

However, following the success of this type of procedure, the demand for transplant organs increases faster than the number of donors available; The number of patients on waitin[r]

11 Ler mais

Estudo da distribuição de elementos vestigiais em tecidos humanos saudáveis e com carcinoma por espectrometria de raios-X

Estudo da distribuição de elementos vestigiais em tecidos humanos saudáveis e com carcinoma por espectrometria de raios-X

Podem distinguir-se dois grupos de elementos: os essenciais ao metabolismo celular e que se encontram na maior parte dos tecidos e fluidos, tal como o P, S, Cl, K, Ca, Cr, Mn, Fe, Ni, Cu, Zn, Se, Br, Rb e Sr; e os elementos não essenciais, dos quais alguns têm carácter cumulativo, tal como Co, As, Cd, Hg, Pb e U. São considerados metais não essenciais, visto não se conhecer nenhuma função metabólica, sendo tóxicos mesmo em concentrações baixas [3-5]. Diferem de qualquer outro composto xenobiótico por não poderem ser sintetizados nem destruídos pelo Homem. Este apenas contribui para o aumento da contaminação [6]. Embora essas substâncias existam também naturalmente na biosfera, elas chegam ao ambiente em maiores quantidades como resultado da poluição provocada pelo Homem. Algumas dessas substâncias desaparecem rapidamente por degradação química determinada pelas condições climáticas ou por degradação biológica de organismos vivos [7]. Contudo, algumas podem resistir e persistir no ambiente por um período de tempo considerável, causando problemas graves se forem muito tóxicas. Destes elementos destacar-se-ão apenas alguns pelo facto de terem efeitos tóxicos mais prenunciados ou por as suas propriedades serem menos conhecidas.
Mostrar mais

281 Ler mais

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

Segundo a Resolução CFM 2.173/2017, a morte encefálica (ME) é caracterizada pela perda completa e irreversível das funções encefálicas, definida pela cessação das atividades corticais e de tronco encefá- lico (…). É estabelecida pela perda definitiva e irrever- sível das funções do encéfalo por causa conhecida, comprovada e capaz de provocar o quadro clínico. O diagnóstico de ME é de certeza absoluta. A determi- nação da ME deverá ser realizada de forma padro- nizada, com especificidade de 100% (nenhum falso diagnóstico de ME). Qualquer dúvida na determi- nação de ME impossibilita esse diagnóstico. Os pro- cedimentos para determinação da ME deverão ser realizados em todos os pacientes em coma não per- ceptivo e apneia, independentemente da condição de doador ou não de órgãos e tecidos  32 .
Mostrar mais

11 Ler mais

Estudo das propriedades magnéticas de tecidos humanos

Estudo das propriedades magnéticas de tecidos humanos

Para além disto, não encontrámos diferenças significativas entre os valores obtidos para tecidos patológicos e não patológicos. Ao nível das artérias coronárias verificámos uma diminuição, devido à interferência das propriedades diamagnéticas dos tecidos. As curvas de MRI permitiram a identificação da mineralogia presente nos tecidos, a determinação das dimensões e concentrações das partículas, pelo que são um método útil, embora seja necessário, num estudo posterior, obter valores de MRI a 77 K e a 273 K, para eliminar a contribuição dia e paramagnética dos tecidos e substâncias sem interesse para as nossas determinações. A força da contribuição diamagnética, originada pela matriz orgânica do tecido, pode ser estimada pela magnetização em função da temperatura 4 . A
Mostrar mais

57 Ler mais

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

Doação de órgãos e tecidos humanos: a transplantação na Espanha e no Brasil

Dos aspectos éticos llaman la atención. Primero, la necesidad de explicitar públicamente y conciliar los intereses de quienes necesitan órganos (y de potenciales donadores) con la opinión de la sociedad en general y, en particular, con la familia de los donadores. El segundo punto se refiere a la articulación sistémica entre legislación, publicidad, capacitación y organización de protocolos, así como el financiamiento adecuado para que el aumento de donadores y trasplantes sea más rápido y con- sistente. No basta con sensibilizar a la población, es necesario también que existan profesionales de la salud capacitados para coordinar eficientemente el proceso de donación, en sus aspectos operativos y humanos. Aunque la población esté predispuesta a la donación de órganos, el país necesita un sistema de trasplante que realmente funcione, de lo contra- rio la donación no se materializa.
Mostrar mais

11 Ler mais

Controle microbiológico de tecidos humanos utilizados para transplantes

Controle microbiológico de tecidos humanos utilizados para transplantes

Pelo exposto ao longo deste trabalho, conclui-se que é comum a contaminação de tecidos coletados para transplante. A origem da contaminação pode ser de diversas fontes, mas principalmente da microbiota normal do doador e do ambiente de coleta. Apesar da grande quantidade de descarte, medidas podem ser tomadas com o objetivo de minimizar a perda. A triagem do doador deve ser feita com bastante cuidado e todos os detalhes devem ser observados. Os testes sorológicos devem ser feitos com metodologias atualizadas verificando, sempre, o período de janela imunológica. No momento da coleta é preciso limpar e desinfetar o ambiente e o corpo do doador. A retirada deve ser iniciada o quanto antes e sempre tomar cuidado para não perfurar os órgãos, pois líquidos presentes no estômago e intestino, por exemplo, podem estar contaminados.
Mostrar mais

62 Ler mais

Criptato de lantanídeo como nova sonda luminescente para histoquímica com lectinas em tecidos mamários humanos transformados

Criptato de lantanídeo como nova sonda luminescente para histoquímica com lectinas em tecidos mamários humanos transformados

Dentro deste contexto, a técnica de Histoquímica com Lectinas vem sendo utilizada em adição a imunohistoquímica como ferramenta auxiliar para diferenciar tecidos normais e transformados. Através de secções de parafina, lectinas são tradicionalmente estudadas via coloração direta ou indireta. Essa técnica é composta por diversas etapas. A desparafinização é realizada inicialmente para remoção da parafina na qual o tecido é embebido. A segunda etapa corresponde ao tratamento enzimático, que possibilita o reconhecimento por lectinas de carboidratos inacessíveis. E, por fim, a etapa de incubação com as lectinas que torna possível o reconhecimento a carboidratos específicos. O grupo de pesquisa Biomarcadores no Câncer utiliza lectinas através da histoquímica como ferramentas auxiliares no diagnóstico e prognóstico de neoplasias benignas e malignas humanas através da caracterização do perfil sacarídico de glicoconjugados celulares. Um grande número de lectinas tem sido empregadas como ferramenta histoquímica no diagnóstico histopatológico em tecidos humanos da cavidade oral (SOBRAL et al., 2010), do cérebro (BELTRÃO et al., 2003), da mama (BELTRÃO et al., 2001, 1998; CAMPOS
Mostrar mais

104 Ler mais

Impacto do marketing dos processos de divulgação nas doações de córneas a um banco de tecidos oculares humanos e avaliação do perfil socioeconômico de seus doadores.

Impacto do marketing dos processos de divulgação nas doações de córneas a um banco de tecidos oculares humanos e avaliação do perfil socioeconômico de seus doadores.

Em função da grande lista de espera para transplantes de córnea, especial atenção tem sido dada pelo Ministério da Saúde à implantação de Bancos de Tecidos Oculares. Assim, foi instituído em setembro de 2001, o Programa Nacional de Implantação de Bancos de Tecidos Oculares, que objetivava gerar as condições necessárias para a implantação de 30 ban- cos de tecidos oculares distribuídos em todo o país. A meta seria ampliar a captação de córneas para fins de transplante, encurtar o tempo de espera em fila e aumentar significativa- mente (multiplicar por quatro nos próximos três anos) o núme- ro de transplantes de córnea realizados no Brasil (1) .
Mostrar mais

6 Ler mais

Tecidos Vegetais

Tecidos Vegetais

16) Os tecidos meristemáticos, presentes nos caules e nas raízes, apresentam grande capacidade de realizar mitose e, por isso, originam todos os tipos de células que compõem uma planta. 32) Nectários, pêlos glandulares e tubos laticíferos são exemplos de estruturas secretoras presentes nas plantas.

6 Ler mais

Banco de tecidos em ortopedia

Banco de tecidos em ortopedia

Outro risco infeccioso que está ligado directamente aos enxertos é a sua contaminação microbiológica quer no momento da colheita, como no período de preparação e conservação e no decurso da sua aplicação clínica. A segurança microbiológica nesta área não levanta preocupações relevantes, dado que pode ser garantida pela qualidade do controlo laboratorial da esterilidade dos enxertos e pelas técnicas físico-químicas de esterilização. Não é motivo de controvérsia aceitar que as infecções que ocorrem em transplantações ósseas alógenos não são causadas, na grande maioria dos casos, pelo enxerto. Estão directamente relacionadas com o acto cirúrgico que é, muitas vezes, complexo e demorado (56). A selecção de um potencial dador de enxertos alógenos obedece a rigorosos critérios epidémiológicos, clínicos e laboratoriais, e constitui uma etapa primordial na metodologia dos Bancos de Ossos e Tecidos, independentemente do método de preparação dos enxertos. É sempre indispensável, inclusivamente nos enxertos que são submetidos a uma esterilização complementar, para evitar uma contaminação significativa que diminua a margem de segurança do método, e para preservar a saúde do pessoal que procede à colheita e à preparação dos enxertos.
Mostrar mais

51 Ler mais

Avaliação do uso de tecidos dentários animais como substitutos a dentes humanos em testes in vitro: revisão sistemática e metanálise

Avaliação do uso de tecidos dentários animais como substitutos a dentes humanos em testes in vitro: revisão sistemática e metanálise

O esmalte é o tecido humano mais duro, composto de aproximadamente 87% de hidroxiapatita por volume na forma de pequenos cristais fortemente agrupados na forma de prismas, que compreendem 95% da massa total do esmalte (RISNES, 1997). O volume restante de 13% consiste em água e compostos orgânicos, como a proteína amelogenina. Os prismas são compostos de um arranjo ordenado de cristais de hidroxiapatita, que são grandes, uniformes e distribuídos de forma homogênea no tecido, o que tem implicações nas propriedades mecânicas do tecido (BRALEY et al., 2007). Diferenças na própria formação dos tecidos entre as espécies pode levar a pequenas variações nessa composição que, embora possam não afetar a dureza dos tecidos, pode resultar em diferentes características como capacidade de dissolução ácida. A geração de dentes de mamíferos, de qualquer espécie, ocorre como resultado de uma série de complexas interações celulares. O desenvolvimento embrionário do tecido mineral pode resultar na incorporação de vários elementos, incluindo magnésio, ferro, zinco, estrôncio, flúor e carbonato (CURZON & CROCKER, 1978), que podem apresentar efeitos diferentes no comportamento do esmalte. Um estudo de 1991 mostrou que o esmalte bovino tem aumento em sua cristalinidade durante a maturação dentária (SYDNEY-ZAX et al., 1991), o que corrobora com os achados de Fonseca et al. (2008) relativos à idade de abate dos animais.
Mostrar mais

70 Ler mais

Aspectos da distribuição de tecidos músculo-esqueléticos de um banco de tecidos

Aspectos da distribuição de tecidos músculo-esqueléticos de um banco de tecidos

The aim of this study is to present the frequency of musculosk- eletal tissue distributions by Banco de Tecidos Salvador Arena since the beginning of its activities, as well as, to eval[r]

4 Ler mais

Aspectos da distribuição de tecidos músculo-esqueléticos de um banco de tecidos.

Aspectos da distribuição de tecidos músculo-esqueléticos de um banco de tecidos.

A origem dos tecidos foi, na grande maioria dos nossos casos, de doadores de múltiplos órgãos. A integração do Banco de Tecidos com as Organizações de Procura de Órgãos (OPOs) e a estrutura do Sistema Nacional de Transplantes e da Secretaria de Estados da Saúde de São Paulo poderiam explicar esta característica de nossa instituição. A observação de uma demanda crescente nos induz a busca de novas fontes de tecido. A captação em doadores de múl- tiplos órgãos é limitada pela característica do doador, por depender

4 Ler mais

Implementação de um Banco de Tecidos

Implementação de um Banco de Tecidos

“opt-out” rule or presumed consent regime, are therefore interesting for brokers and corporate actors to get access to human tissue material for processing into h[r]

40 Ler mais

Linhas e tecidos: nas tramas de Pirandello

Linhas e tecidos: nas tramas de Pirandello

A única palavra dita por Meo Zezza no conto inteiro, como insurgência contra a acusação, e partir da qual faz-se a narrativa, não cabe bem no conjunto discursivo ao qual Fiorinnanzi atribui a si mesmo e que, frágil frente ao mundo, se faz proteger pela armadura de sempre – a casaca – e pelos objetos que os dedos inábeis, desacostumados a esse novo julgamento (espião!), tateiam na esperança de se certificar. Os objetos são, na ficção do eu e do mundo, elementos fundamentais: “Objetos e outros fenômenos humanos que nos cercam – na verdade todas as coisas dotadas de valor ou significância cultural – são nesse aspecto ‘investidos’ de vida; fazem parte do eu e também o criam” (WAGNER, 2010, p. 30). Cabe ressaltar que o adjetivo “ignaro”, usado pelo narrador para tratar dos dedos que tateiam objetos, pode ser traduzido por “ignorante”, mas conservando o sentido de quem ou o que ignora algo. Fiorinnanzi representa, assim, a inexperiência para ler o mundo além das lentes de uma construção social/individual estabelecida e sedimentada. A ruptura deixa-se entrever – “ladrão!” – e, cego, Fiorinnanzi gira, pressentindo o turbilhão, tateando os elementos mais caros e significativos, constituintes de sua solidez. Os objetos, e especificamente a casaca, no conto, são personagens tanto quanto Fiorinnanzi, são elementos que prendem o indivíduo ao que se considera uma realidade estabelecida. Ainda recorrendo a Wagner,
Mostrar mais

89 Ler mais

Sistema de bioextrusão para a engenharia de tecidos

Sistema de bioextrusão para a engenharia de tecidos

alem da leitura de ficheiros STL independentemente da sua dimensão, gera de forma automática o seu fatiamento e as instruções para a sua produção. Este código foi ainda pensado no sentido de permitir o fatiamento adaptativo e dessa forma se ajustar no futuro as condições de processamento as características mecânicas desejadas para o scaffold. Para teste utilizou-se apenas um material (policaprolactona) bastante utilizado em engenharia de tecidos. Scaffolds com configurações dimensões igualmente diferentes possuindo poros de secção quadrada e de dimensão aproximadamente igual a 650 µm foram produzidos. Com a produção das diferentes estruturas e com a repetição da sua fabricação por diversas vezes foi possível atestar-se a fiabilidade e a reprodutibilidade do sistema. Verificou-se igualmente que no caso do material utilizado as condições de processamento não induzem qualquer alteração química e que do ponto de vista da citotoxicidade induzida a resposta foi bastante boa ao observar-se uma viabilidade celular superior a 80%
Mostrar mais

124 Ler mais

Colheita de Órgãos e Tecidos para Transplantação

Colheita de Órgãos e Tecidos para Transplantação

Monitorização/ terapêutica para potencial dador Terapêutica teve sucesso Não Sim Transferência para enfermaria/ hospital de origem Segue protocolo específico Contacto com o GCCT e[r]

43 Ler mais

Show all 6765 documents...