Top PDF A pesca no reservatório da hidrelétrica de Balbina (Amazonas, Brasil).

A pesca no reservatório da hidrelétrica de Balbina (Amazonas, Brasil).

A pesca no reservatório da hidrelétrica de Balbina (Amazonas, Brasil).

ictiofauna do Uatumã, na área de Balbina, mostram que a diversidade é extrema- mente baixa, comparável à que se encontrava nesta área, em condições naturais (Eletronorte/LNPA, 1983)..[r]

19 Ler mais

BIOLOGIA DE ANOFELINOS AMAZÔNICOS. XXL OCORRRÊNCIA DE ESPÉCIES DE ANOPHELES E OUTROS CULICÍDEOS NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA HIDRELÉTRICA DE BALBINA - CINCO ANOS APÓS O ENCHIMENTO DO RESERVATÓRIO.

BIOLOGIA DE ANOFELINOS AMAZÔNICOS. XXL OCORRRÊNCIA DE ESPÉCIES DE ANOPHELES E OUTROS CULICÍDEOS NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA HIDRELÉTRICA DE BALBINA - CINCO ANOS APÓS O ENCHIMENTO DO RESERVATÓRIO.

As quatro áreas escolhidas para as coletas de anofelinos e outros culicídeos durante 1994 foram 131 km da BR-174, 50 km da Estrada de Acesso à UHB e 30 km da Estrada Uatumã-Morena e [r]

15 Ler mais

Diversidade de Monogenea (Platyhelminthes) parasitos de Astyanax altiparanae do reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu

Diversidade de Monogenea (Platyhelminthes) parasitos de Astyanax altiparanae do reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu

Os lambaris são relativamente pequenos (10 a 12 cm, quando adultos), e vivem em cardumes. Apresentam valor comercial e são apreciados como alimento, sendo conhecido como “Sardinha-de-água-doce”, e também na pesca esportiva, sendo potencialmente úteis à piscicultura intensiva (Andrade et al., 1985). São onívoros, alimentando-se principalmente de larvas de insetos aquáticos. Vivem na região bentopelágica dos rios e apresentam período reprodutivo longo e anual, sendo a desova do tipo parcelada (Barbieri & Afonso-Marins, 1995; Esteves, 1996; Froese & Pauly, 2011; Azevedo et al, 2007). Por serem coloridos, também são utilizados como peixes ornamentais. São estritamente de água doce, apresentam hábitos diurnos e tem boa visão (Orsi, 2001).
Mostrar mais

12 Ler mais

A pesca e os aspectos reprodutivos da jatuarana escama grossa Hemiodus unimaculatus (Bloch, 1794) na área de influência da usina hidrelétrica de Tucuruí - Pará

A pesca e os aspectos reprodutivos da jatuarana escama grossa Hemiodus unimaculatus (Bloch, 1794) na área de influência da usina hidrelétrica de Tucuruí - Pará

A pesca na área de influência do reservatório da Usina Hidrelétrica de Tucuruí é uma atividade que gera alimento, emprego e renda para pescadores da região. A jatuarana escama grossa, Hemiodus unimaculatus (Bloch 1794) se destaca como uma das principais espécies desembarcadas na região. O objetivo deste trabalho foi analisar as produções de desembarques no período de 2000 a 2008, descrever os ambientes de pesca, localização de cardume, apetrechos e procedimentos de pesca utilizados na captura da espécie na área de influência da UHE Tucuruí. Foram analisadas séries temporais de dados de desembarque (do período de 2000 a 2008) e entrevistas com aplicação de questionários semiestruturados, no período de julho a outubro de 2010, em três regiões da área de influência da UHE Tucuruí (montante, reservatório e jusante) As informações obtidas relacionaram-se ao local e caracterização da pescaria e apetrechos de pesca. A espécie é capturada nas três áreas de influência da UHE Tucuruí durante o ano todo, sendo a montante responsável pela maior produção desembarcada. Picos de produção foram verificados nos meses de maio, junho e outubro, na área a montante, de maio a agosto no reservatório e em janeiro e de maio a junho, na área a jusante. Os melhores locais para a captura dos cardumes são os beiradões e as praias, sendo a malhadeira fixa o principal apetrecho de captura. O principal porto de desembarque de jatuarana está localizado no município de Itupiranga, que fica a montante da UHE Tucuruí. Considerando que a tendência da produção anual desembarcada está aumentando continuamente na área a montante, é reforçada a necessidade de implementar infraestrutura local, visando essa pescaria.
Mostrar mais

75 Ler mais

A USINA HIDRELÉTRICA DE BALBINA E AS POPULAÇÕES LOCAIS: UM RETRATO DA COMUNIDADE CARLOS AUGUSTO NOBRE RIBEIRO

A USINA HIDRELÉTRICA DE BALBINA E AS POPULAÇÕES LOCAIS: UM RETRATO DA COMUNIDADE CARLOS AUGUSTO NOBRE RIBEIRO

Sabe-se que a construção de reservatórios apresenta ou pelos menos deveria apresentar diversas finalidades como, por exemplo, controle de inundações, suprimento de água, irrigação, geração de energia, etc. No entanto, observa-se na história do Brasil que são raros os casos em que realmente atendem essas finalidades. Como, por exemplo, o reservatório de Ribeirão João Leite, em Goiânia, com a finalidade de abastecimento de água, reservatórios de contenção de cheias, na Região Metropolitana de São Paulo, dentre outros. O que se nota é a criação de enormes empreendimentos voltados principalmente, a atender a demanda do modelo econômico implantado no país. Para exemplificar, pode-se citar a construção da usina hidrelétrica de Balbina, localizada no estado do Amazonas. A usina hidrelétrica foi construída em local inapropriado, pois o leito do rio não apresentava condições suficientes para gerar a energia que viria alimentar a Zona Franca de Manaus. Prova disso é a caracterização geológica citada no Plano Diretor do Município de Presidente Figueiredo, referente a uma área de relevo praticamente plano. Mas devido ao interesse de grandes empresários e políticos, a construção efetivou-se e trouxe a tona, posteriormente, uma série de impactos ambientais, de ordem biológica, atmosférica, hidrológica e social.
Mostrar mais

103 Ler mais

Qualidade da água do Reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) de Peti, Minas Gerais.

Qualidade da água do Reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) de Peti, Minas Gerais.

De acordo com Martins e Sperling (1997), a queda cada vez mais acentuada de oxigênio à medida que se vai da superfície para o fundo do reservatório se deve ao crescente consumo na mineralização de detritos da biomassa algal morta decantante. Outros fatores concorrem para a queda de OD no perfil de profundidade, tal como a penetração de luz solar e a tendência à concentração das algas na superfície. Naturalmente as maiores diferenças entre as profundidades foram observadas na época de estiagem, quando o reservatório estava mais profundo e nos pontos mais no interior. O mesmo padrão sazonal foi verificado para a condutividade elétrica. No afluente ao reservatório (ponto 1) foi verificada a maior amplitude de variação, entretanto absorvida no reservatório. Nesse parâmetro, a diferença entre as profundidades em comparação Tabela 2 – Precipitação pluviométrica e variação do nível
Mostrar mais

8 Ler mais

UHE MACHADINHO E ICTIOFAUNA: IMPACTOS AO LONGO DOS DEZ PRIMEIROS ANOS APÓS A SUA CONSTRUÇÃO

UHE MACHADINHO E ICTIOFAUNA: IMPACTOS AO LONGO DOS DEZ PRIMEIROS ANOS APÓS A SUA CONSTRUÇÃO

Da mesma forma, como demonstrado pelos resultados, o ano de 2006 também foi caracterizado por uma nova desestabilização da ictiofauna. Nesse caso, a inferência de maior peso tem relação com o esvaziamento do reservatório da UHE Campos Novos, como resultado de medida técnica empreendida por questões de segurança da construção da barragem. Instalada a montante, a liberação de suas águas represadas pôde ser notadamente observada pela elevação do nível do reservatório de Machadinho a valores próximos da sua cota máxima. Vale ressaltar que, em período anterior ao citado evento, o reservatório de Machadinho operava com capacidade inferior ao normal devido ao período de estiagem que acometia a região. Assim, como discutido acima, neste período também se assinala a proliferação de peixes oportunistas devido ao efeito “bottom-up” que foi impulsionado pelo aporte de água rica em matéria orgânica proveniente do esvaziamento do reservatório à montante.
Mostrar mais

18 Ler mais

O PAPEL DA PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

O PAPEL DA PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

O caso de gestão a ser estudado irá discutir sobre as possibilidades de atuação da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil e Educação Inclusiva (PROAE) da Universi[r]

125 Ler mais

MARIA ELIZABETE DE OLIVEIRA O MOMENTO DAS AÇÕES PARA A PERMANÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: VISITANDO A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

MARIA ELIZABETE DE OLIVEIRA O MOMENTO DAS AÇÕES PARA A PERMANÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: VISITANDO A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

Fonte: SIGA, UFJF, 2013. Assim, na figura 10 observa-se que são registrados dados: 1) quanto a identificação do aluno com informações de endereço, CPF, número de matrícula e,[r]

102 Ler mais

A política cultural no início da Revolução Cubana: o caso do suplemento cultural Lunes de Revolución — Outubro Revista

A política cultural no início da Revolução Cubana: o caso do suplemento cultural Lunes de Revolución — Outubro Revista

Citando setores intelectuais e artísticos que não seriam genuinamente revolucionários, Fidel Castro referiu-se implicitamente aos colaboradores de Lunes, que eram acusados de não estar [r]

14 Ler mais

A ACREDITAÇÃO NO SISTEMA FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR E SEUS REFLEXOS NA ROTINA INSTITUCIONAL DA UFJF – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

A ACREDITAÇÃO NO SISTEMA FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR E SEUS REFLEXOS NA ROTINA INSTITUCIONAL DA UFJF – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Universidade Federal de Juiz de Fora União Nacional dos Estudantes.. Breve contextualização ... O caso da Universidade Federal de Juiz de Fora ... Análise dos indicadores da UFJF... A ge[r]

139 Ler mais

Culicoídes (Diptera: Ceratopogonídae) na Amazônia Brasileira. I. Coletas na Usina Hidrelétrica (UHE) de Balbina, Usina Hidrelétrica (UHE) Cachoeira Porteira e Cachoeira dos Espelhos (Rio Xingú).

Culicoídes (Diptera: Ceratopogonídae) na Amazônia Brasileira. I. Coletas na Usina Hidrelétrica (UHE) de Balbina, Usina Hidrelétrica (UHE) Cachoeira Porteira e Cachoeira dos Espelhos (Rio Xingú).

Espécies de Culicoides coletadas na UHE-Balbina, UHE-Cachoeira da Porteira e na Cachoeira dos Espelhos, rio Xingu, usando armadilhas CDC a diferentes alturas com discriminação por s[r]

5 Ler mais

ESCOLAS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – A EXPERIÊNCIA DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO CEARÁ A PARTIR DE 2008. – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

ESCOLAS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – A EXPERIÊNCIA DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO CEARÁ A PARTIR DE 2008. – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O presente capítulo tem por objetivo abordar o contexto histórico nacional e local que impulsionou o Governo Estadual do Ceará, a partir de 2008, a promover a [r]

156 Ler mais

Características morfométricas, rendimentos no processamento e composição centesimal da carne do barbado

Características morfométricas, rendimentos no processamento e composição centesimal da carne do barbado

Este trabalho teve como objetivo avaliar as características morfométricas, os rendimentos e a composição centesimal de diferentes cortes da carne do barbado (Pinirampus pirinampu), proveniente do reservatório de Itaipu. Foram utilizados 55 animais distribuídos aleatoriamente em um delineamento experimental inteiramente casualisado, com três classes de tamanho corporal [menores que 620 g (n = 15), entre 620 e 1.120 g (n = 16) e acima de 1.120 g (n = 24)]. Os animais foram mensurados quanto ao comprimento padrão (CP), comprimento total (CT), comprimento da cabeça (CC), altura da cabeça (AC), comprimento do tronco (CTR), altura do tronco (AT) e largura do tronco (LTR), sendo estabelecidas as relações morfométricas de (CC/CP), (CC/AC), (CP/CT), (LTR/CTR), (LTR/ATR) (ATR/CTR). Em seguida, foram avaliados os rendimentos dos cortes da carne e dos resíduos, denominados: tronco limpo (TL), filé (FILÉ), filé abdominal (FA), cabeça (CAB), vísceras (VISC), nadadeiras, coluna vertebral e pele (NCVP). Foram determinados, ainda, os teores de umidade, matéria mineral, gordura e proteína bruta dos cortes FILÉ e FA. O peso corporal influenciou (P<0,05) as variáveis morfométricas LTR/CTR, LTR/ATR, ATR/CTR, e os rendimentos de TL, FILÉ, CAB e NCVP, porém não influenciou a composição centesimal. Conclui- se que o barbado (Pinirampus pirinampu) possui crescimento alométrico e que o processamento dos animais com peso corporal acima de 620 g proporciona melhores rendimentos das partes comestíveis. Além disso, a composição centesimal da carne sugere o seu potencial para emprego na fabricação de produtos elaborados de forma artesanal ou industrial.
Mostrar mais

10 Ler mais

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Ressalta-se que mesmo que haja uma padronização (determinada por lei) e unidades com estrutura física ideal (física, material e humana), com base nos resultados da pesquis[r]

137 Ler mais

A PERCEPÇÃO DE GESTORES PÚBLICOS SOBRE A GESTÃO NO MUNICÍPIO DE JANAÚBA MG

A PERCEPÇÃO DE GESTORES PÚBLICOS SOBRE A GESTÃO NO MUNICÍPIO DE JANAÚBA MG

No entanto, para se alcançar a eficiência do serviço público, o modelo gerencial de administração propõe, além de melhor planejamento administrativo, a criação de mecanismos d[r]

119 Ler mais

O DESEMPENHO DE ESCOLAS DA REDE ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE PATROCÍNIO – MG NO PROALFA: UMA ANÁLISE DOS FATORES AFETOS À GESTÃO ESCOLAR DE QUATRO CASOS COMPARADOS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O DESEMPENHO DE ESCOLAS DA REDE ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE PATROCÍNIO – MG NO PROALFA: UMA ANÁLISE DOS FATORES AFETOS À GESTÃO ESCOLAR DE QUATRO CASOS COMPARADOS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Na quarta dimensão da entrevista o enfoque foi direcionado à avaliação das políticas públicas educacionais em Minas Gerais. Os respondentes foram questionados quanto ao nível de[r]

113 Ler mais

Estabelecimento de espécies florestais em área de influência de reservatório da usina hidrelétrica - Palmas - TO

Estabelecimento de espécies florestais em área de influência de reservatório da usina hidrelétrica - Palmas - TO

reservatório da Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães, Palmas-TO , para o período de 12 meses........................................................................................................................... 44 Figura 23 Repesentação do resultado do Incremento Médio Anual (IMA) em diâmetro e altura das espécies de Combretum leprosum Mart. e Myracrodruon sp., presentes no experimento realizado às margens do reservatório da Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães, Palmas-TO......................................................................................................... 46 Figura 24: Visão, em 2008, de porção da área experimental, que recebeu o plantio de
Mostrar mais

16 Ler mais

Estudo da CEPAL examina o impacto fiscal da política de estímulo à substituição do parque automotor por veículos elétricos no Uruguai - Mobilitas

Estudo da CEPAL examina o impacto fiscal da política de estímulo à substituição do parque automotor por veículos elétricos no Uruguai - Mobilitas

Bajo estos supuestos, la pérdida de recaudación que se observaba originalmente para el escenario de 5% de participación de vehículos eléctricos en las ventas de 2030 se ve mi[r]

64 Ler mais

DESAFIOS E IMPACTOS DA EXTENSÃO NO ÂMBITO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

DESAFIOS E IMPACTOS DA EXTENSÃO NO ÂMBITO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Em 2008 foram iniciadas na Faculdade de Educação Física e Desportos (FAEFID) as obras para a reestruturação de seu espaço físico. Foram investidos 16 milhões de [r]

109 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados